~Maori-san

Maori-san
Outsoar the Rainbow
Nome: Maori
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 8 de Março
Idade: 18
Cadastro:

Ursos


Postado

Ursos

Quando crianças, associamos a palavra "urso" à objetos com olhos brilhantes e compostos de um material felpudo. Alguns seguram em suas patinhas dianteiras pequenos corações ou travesseiros com transcrições amorosas. Logo sabemos que aquele não é um animal perigoso. Há também muitas animações digitais, personagens de quadrinhos e outros produtos da marketing kids que promovem esse doce e fofo ser vivo a modo caracteristicamente infantil.

Mas esta inocente imagem projetada é distorcida quando descobrimos pela primeira vez em nossa jornada de aprendizagem que, na realidade, ursos são predadores selvagens que invadem acampamentos e devoram cestas de piquenique com um chapéu engraçado! (brincadeira kk). Descobrimos que ursos são animais perigosos, vivendo em florestas com árvores gigantes e geralmente se alimentando de peixes...Também somos alertados a nunca se aproximar de um urso, especialmente se ele estiver sob as duas patas traseiras. (essa regra não se aplica caso ele vestir um chapéu engraçado!)

Podemos catalogar este fato como Propaganda Enganosa? Bom: sim e não.

É certo que existem exemplos mais apropriados ao meu texto, como leões e vacas, mas ao meu ponto de vista os ursos são muito mais frequentes e nunca imaginei uma vaca em pelúcia nas mãos de um bebê. (Exceto aquela da Parmalat, é tão incomum que eu já imaginei).

E todo esse texto foi inspirado numa pergunta que uma garotinha me fez hoje.

"Ursos são perigosos?"

Obviamente respondi que sim, por menores que sejam as chances dessa crianças encontrar com um urso algum dia que não seja em zoológicos, é melhor adverter por precaução.

"Mas se ursos são perigosos, por que eu tenho tantos de pelúcia? Por que eu ganho tantos ursos da minha família?"

Juro que, por longos trinta segundos, eu não soube oque responder. Pois naquela manhã, a mesma criança já havia me questionado "Por que as pessoas mentem que o Papai Noel existe?". E sou sensata o suficiente para não influenciar os pequeninos a odiarem a mídia (Elas que façam isso por conta própria algum dia...) Foi o momento ideal para usar meu já empoeirado dom para cuidar de crianças e explicar que "apenas os de mentirinha não são perigosos" e distraí-la com algum brinquedo para não me fazer mais perguntas difíceis.

Aliás, mentiras são mesmo necessárias em nossa vida? Eis a questão.

Escutando: Perguntas das quais não posso responder

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...