Ficha (Vectors).


Postado

Ficha (Vectors).

Ficha:

Nome: Enrico

Local de nascimento: Segóvia, Espanha.

Aparência: Ruggero Pasqualleri (Pesquisa lá, to com preguiça de descrever).

Personalidade: Enrico no resumo seria comparado como o ar. Inicia-se como uma leve e calma brisa, sendo transformado em um furacão raivoso. Se mantém como uma pessoa calma, onde vem sempre a usar isto para se aproximar das pessoas. Um jovem de rosto inofensivo, mas não se engane, por trás de um anjo, o coração demoníaco se esconde.
Bom estrategista, e ótimo crítico, não deixa nada escapar, sempre tem uma resposta sensata, e vive filosofando. Usa sua fofura, e seus grandes olhos estilo gato de bota, para conseguir o que quer. Ele tem beleza e sensualidade, e ele sabe disto. Atiça homens e mulheres, e os coordena a seu favor. Dificilmente passa do ponto, dificilmente se descontrola, porém, querendo ou não, as vezes o dificil aparece, e então, saiam de perto.
Com seu descontrole, é capaz de ferir até quem não queria, se torna agressivo, e está inundado pela ira, querendo a qualquer custo, destroçar aquilo que ocasionou sua ira.
É gentil com quem ama, e finge ser com quem não lhe agrada. Se aproxima, e como uma sangue-suga, usufrui de todos os segredos da pessoa.
Um rapaz doce, e com a voz mais suave que o mel. Ele vai mexer com o consciente de muitos.

Habilidades: Lábia, sua lábia é uma grande habilidade. Com ela, ele vai longe. Consegue informações que até mesmo ele duvida, é uma ótima capacidade de ter o que quer, ele engana facilmente. Além, ele sabe fazer um coquetel de frutas, que é difícil alguém dizer que não gostou, porém, com a história de sua avó (Logo explicarei), vez ou outra, dependendo de com quem, o coquetel está batizado, ou estando afrodiziaco, ou com sonífero, ou até mesmo veneno.

Sexualidade: Bisexual. Ele sempre diz que quer aproveitar cada rosto bonito, cada corpo sexy. Ele se interessa muito por pessoas inteligentes.

Gostos:Pessoas inteligentes, café, piscina, mordida nos lábios, beijar. Música animada, provocar rivais e crushs, pavê, coquetéis.

Desgostos: Que o ignorem, leite, altura, pessoas que falam de mais coisas desnecessárias.

Como costumava se portar com as outras cobaias: Ele queria ser adorado, mas na verdade tinha medo delas, sabia que todas elas tinham algo de errado, e poderia se ferir, portanto, usava sua lábia, para ser amigo de todos, e por vez, ficar longe de encrenca, onde se ele fosse o culpado, facilmente convenceria que fosse outra pessoa. Ele era o dono das marionetes, e os tratava como tal, por medo de que se voltassem contra ele.

Como se portava com os soldados: Ele sempre jurou que iria matá-los, pelo menos os seguranças. Muitas vezes chorava (escondido, pois odeia chorar na frente dos outros), pois os tiros doíam, mas ele aguentava. Ele gravava cada rosto de cada segurança, e por Deus, ele jurava imensamente que iria matá-los. Ele tentava fugir, mas eles sempre o prendiam, o que o deixava com mais ira.

Como se portava em relação aos homens de jaleco: Ele já se dava mais melhor com eles, cujo criou até afeições por alguns em especial. Mas não se sabe se tudo é verdade, ou apenas mas uma das lábias de Enrico.

Aceita par? Lógico.

Qual a matéria que se saía melhor nas aulas ministradas no laboratório? Psicologia.

Acredita em Deus ou alguma força superior? Não mais.

Está ciente que posso fazer o que quiser com seu personagem se for para o bem da estória? Sim, estou.

Algo mais?
Eu nem tinha visto que não tinha 'história', ia colocar que a avó dele era expert em venenos, e o enisnou a como criar os coquetéis. Enfim, não sei se as crianças tiveram certos momentos com a família, pois se sim, poderia ter esses pequenos traços na memória dele, em que ele se lembra desta avó. Mas se não, desconsidere, ele apenas sabe criar os coquetéis, hehe.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...