Han Sun Hee - Ficha


Postado

Han Sun Hee - Ficha

- Nome: Han Sun Hee, mas seu irmão a chama de Sun ou SunSun.

- Idade: 16 anos

- Photoplay: Lee Sung Kyung, fotos no início e fim da ficha.

- Por que quer entrar na seleção? Ela pretende na verdade promover a paz entre a Nova Ásia e Illéa. Mas, isso não significa que romances não possam acontecer (e_e)

- De qual casta sua família era antes do sistema de castas cair? Casta 2.

- Defina em poucas palavras sua personalidade: ~~ eu sei que vc pediu poucas palavras, mas depois como disse que eu podia fazer do meu jeito eu não me contive huahuahua ~~
Han Sun Hee é, num geral, uma menina meiga, doce e fofa, chegando até a ser inocente em certos momentos.
Não importa o quão mal esteja se sentindo, ela sempre estará com um sorriso no rosto. É capaz de forçar um riso, inclusive, para mostrar aos outros que está bem.
Sun Hee consegue ver beleza nas coisas mais pequenas da vida, como dançar descalça, patinar de meias pelo quarto e chuva. Han Sun Hee ama chuva, ama tomar banho de chuva e rodopiar sem parar enquanto a chuva cai do céu e vem sobre sua pele, pinicando um pouco e lhe dando uma infinita sensação de prazer. Sun Hee simplesmente ama a chuva.
Possui um talento vocal incrível. Ama cantar, essa é a coisa que mais ama no mundo, ficando para trás apenas de comer chocolate.
Ah, comer chocolate é seu vício. Ela simplesmente ama chocolate.
Sonha em se apaixonar, mas tem medo de sair machucada, pois ela é frágil. Quer amar e ser retribuída, quer viver um romance digno de um livro e quer encontrar seu príncipe encantado, o amor de sua vida que a amará de um jeito louco e nunca a abandonará.
Sun Hee gosta muito de ler, principalmente os livros de romance.
Han Sun Hee é bem romântica, quer encontrar o príncipe encantado.
Se seus sorrisos dados apenas para agradar as pessoas ao seu redor são bonitos, os verdadeiros são ainda mais. Quando Sun Hee sorri, um sorriso de verdade, é como se nada mais importasse no mundo. Seu sorriso é realmente lindo.
Ela possui Eye Smile. Quando sorri, seus olhos se fecham e parece que ela não enxerga nada. Isso só torna seu sorriso mais charmoso (ex: Eye Smile da Tiffany – SNSD. Puro amorzinho)
Sun Hee é bem inocente em certos momentos, chegando a ser um pouco irritante de vez em quando por causa disso. Mas Sun Hee odeia irritar as pessoas e isso pode ser um problema.
Han Sun Hee seria a menina mais fofa de toda a seleção, a kawaii, a que as pessoas bateriam o olho e teriam a certeza de que: sim, ela é fofa pra caramba.
Sua cor preferida é azul claro, bem claro, um azul bebê. Suas cores preferidas na verdade são claras, cores com tons pastéis.
Ela ama bichinhos, principalmente ursos pandas. Ela tem uma touca de urso panda que ama usar no frio.
Sim, Sun Hee é kawaii até na hora de se vestir.
Han Sun Hee é bem extrovertida, você sempre a verá tentando conhecer gente nova e puxando papo com alguém.
Aliás, uma ótima pessoa para se bater papo é ela.Han Sun Hee adora conversar, na verdade ela é bem tagarela, bem mesmo.
Han Sun Hee é fofa, tagarela, kawaii, boa conselheira e engraçada. Ama ajudar os outros e é bem humilde e caridosa, mesmo que nunca tenha sabido o que é pobreza, se compadece muito dos necessitados e os ajuda de todo o coração.
Han Sun Hee quer que seu primeiro beijo do modo mais romântico possível. Sun Hee também tem um diário no qual escreve coisas que nunca contaria para ninguém.
Sun Hee gosta muito de compor músicas e elas são, todas elas, românticas e extremamente fofas. O tipo de música que te dá vontade de vomitar arco-iris de tanta fofura e romantismo.
Sim, ela é muito fofa. Muito, muito fofa. Acho que já disse isso muitas vezes, mas essa é uma parte que tenho que frisar na ficha dela e que é a característica principal dela: fofura.
SunSun é tida como uma das maiores musicistas de Illéa. Ela toca com perfeição, perfeição esta que aprendeu com a avó. É uma pianista excepcional, e violinista também. Tocar é uma das coisas que mais gosta no mundo. Na verdade, a terceira que mais gosta no mundo.
Ah, Sun Hee é bem irresponsável. Ela faz certas coisas sem pensar nas consequências, por isso acaba se ferrando depois. Irresponsabilidade é seu nome do meio.
Menina prendada: sabe cozinhar, costurar, pintar, bordar, dançar e mais coisas do tipo.

- Elabore um resumo ~~ pequeno ~~ sobre a história dela: Filha de pai político e mãe atriz, Sun Hee fora criada em berço de ouro. Sempre tivera tudo o que queria, e raramente diziam "não" para a menina. Isso poderia sim, influenciar em sua personalidade e lhe tornar uma menina mimada, egocêntrica e fútil. Mas, para nossa surpresa, é difícil até ver alguém mais gentil, honesta e bondosa do que ela.
Sua avó Yura gostava muito de tocar piano e todos os dias Sun Hee sentava ao seu lado e a observava, maravilhada. Aquilo gerou, na pequena Sun, o interesse pela música. E, quando ela começou a aprender, não parou mais. Tanto é que é tida como a melhor pianista de Illéa.
Passou a infância tendo como único amigo o irmão 4 anos mais velho, Han Jin Chang, ou simplesmente Jin, como ela o chama. Os dois ficaram muito apegados e ele é MUITO superprotetor com ela. Portanto, nunca machuque Sun Hee, se não quiser se machucar mais ainda.
Jin Chang seguiu os passos do pai, e virou diplomata. Seu objetivo no momento está sendo promover a paz entre a Nova Ásia e Illéa, os dois reinos que não tem uma relação tão boa assim. Que na verdade, nunca tiveram uma boa relação.


* Eis um breve resumo da família dela, coloquei só porque os Han são bastante influente no país ~~ tanto em Illéa quanto na Ásia ~~
- Nickhun: pai, político. Os dois não são tão próximos quanto Sun Hee gostaria que fossem. Apesar de tudo, ele a ama e só quer seu bem. Já foram mais próximos, mas a grande quantidade de viagens do pai e sua distância com a família ultimamente impede um pouco as coisas. E o papo de Nickhun fazer um jogo com a filha já planejando um futuro para ela que a mesma não quer também complica muito.
Nickhun também é muito facilmente influenciado pela esposa, o que deixa Sun Hee com bastante raiva.
- Yang Mi: mãe, atriz. Yang Mi é uma mulher bem fútil e materialista, e Sun Hee e elas não se dão tão bem assim. Ás vezes, brigam. Não há muito o que falar sobre elas.
- Yura: falecida avó, morreu de leucemia quando Sun Hee tinha apenas 10 anos. Han Sun Hee sente falta dela.
- Han Jin Chang, ou simplesmente Jin, irmão de Sun Hee. É um diplomata 4 anos mais velho (20 anos) que seguiu o caminho que seus pais criaram pra ele, diferente da irmã. Jin e ela são melhores amigos, e ele é EXTREMAMENTE superprotetor.
- Oh Hae Young: irmã, atriz. 31 anos. Assim que fez 18 anos, se mudou para a Nova Ásia para estudar teatro, e com 21 anos se casou, casamento este feliz e que dura até hoje. Possui um menino de um ano apenas, sempre quis ter filhos mas só conseguira agora por dificuldade de engravidar. As duas não se veem muito, mas ás vezes trocam cartas. Jin e Hae Young são mais próximos porque Jin está vez ou outra na Nova Ásia, mas Sun Hee e ela se veem, no máximo, uma vez por ano.
Pretende ir para Illéa passar as férias.
- Oh Do Kyung: cunhado e advogado, 34 anos. Casou-se com Hae Young e possui uma bela família agora. Sun Hee gosta muito do homem e, pra ela, se Hae Young estiver feliz, ela estará também.
- Oh Akira: sobrinho de Sun Hee e fruto do amor entre Do Kyung e Hae Young. Um ano.

- Responda em poucas palavras como se fosse a sua personagem:

1. Em uma prova de roupa acidentalmente a serva a espeta com um alfinete, qual seria a sua reação? Eu daria um gritinho de susto, depois me desculparia por gritar, e daria um riso despreocupado de a serva pedisse desculpas. Afinal, fora apenas um acidente. Não havia do quê se desculpar.

2. Os fins justificam os meios? Do que você seria capaz de fazer para chamar a atenção do príncipe? Jogaria sujo? Eu NUNCA jogaria sujo,os fins não justificam os meios e eu tenho uma coisa chamada caráter. Para chamar a atenção do príncipe eu apenas... serei ela mesma. E isso já basta por si só, afinal Ahren precisa gostar de mim pelo que eu sou.

3. Nos conte como foi a sua reação ao saber da Seleção do Príncipe e o que levou você a se inscrever.
Por vir de uma família de políticos e diplomatas, era espero que eu ajudasse de alguma forma o meio.
Ao saber da seleção, minha mãe praticamente me obrigou a me inscrever. Isso era algo que eu não fazia a mínima questão, mas ao ver minha família colocando coisas do tipo “é uma ótima oportunidade” eu aceitei.
O que fez com que eu me inscrevesse? Quero promover a paz entre a Nova Ásia e Illéa.
Ao saber que havia sido escolhida, fico até que bem feliz para quem não estava querendo participar.
É claro, você nunca leu livros de romance? O castelo era um lugar digno de um contos de fadas... Era uma possibilidade uma história de amor que me envolvesse, que nem nos livros.
Não que eu tenha gritado, pulado ou esperneado, nem nada disso. Eu apenas... sorri ao saber da notícia e derrubei no chão o chocolate quente que bebia ao saber da notícia, tão surpresa que fiquei. E, no dia seguinte, fiquei dando risadas bobas ao vento.











































Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...