~cecifrazier

cecifrazier
Nyan~~
Nome: Cecília Frazão
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

O que é "ler" e "escrever"?


Postado

O que é "ler" e "escrever"?

O que você acha da leitura? E da escrita? Claro, quem nunca precisou ler aquela questão da prova várias vezes para entender ou precisou criar um texto sobre determinado assunto? Sinceramente, eu não gostava de fazer nada disso. Achava chato, irritante, e pensava: "no que isso vai interferir na minha vida?"

Nunca imaginei que isso me mudaria tanto.

Quando você lê, você abre as portas para um mundo novo, um mundo totalmente diferente do seu. Viaja por águas desconhecidas e mundos mirabolantes, entra na onda do autor e passa a se empolgar com cada palavra impressa nas páginas de um livro ou digitada no computador. Ler é algo totalmente incrível, e ainda é mais incrível quando aquele assunto consegue te prender de tal forma que você fica completamente viciado.

E agora, falemos sobre a escrita.

Escrevo desde quando me entendo por gente, provavelmente uns seis ou sete anos. Escrevia em meu diário palavras inocentes e incorretas, mas posso afirmar que era meu modo de "sair" do mundo. Adorava criar canções e depois cantá-las em frente ao espelho, sonhava em escrever músicas de sucesso e esse tipo de coisa.

Aos nove e dez anos, já escrevia histórias com um roteiro formado. Eram contos sobre o que eu mais gostava na época: Sonic. Nossa! Como eu adorava aquele ouriço azul! Escrevia no meu singelo caderno da Hello Kitty ou qualquer outro desenho infantil, apenas escrevia. "Sonic e os Vampiros", essa foi minha primeira história. Infelizmente, acho que perdi o caderno, mas se eu encontrar, certamente postarei um trecho aqui.

Aos onze anos, escrevia longos textos sobre meu desenho favorito na época: My Little Pony. Eram histórias sobre minha OC (Original Character), chamada "Blue Sky". Eu não colocava ponto final! As frases nunca acabavam, com vírgulas e mais vírgulas. Sinceramente, quando releio até me dá dor nos olhos. Porém, minha primeira história sobre o desenho se chama "A Viagem para Ponyville", eu dou boas risadas quando a leio. Aqui vai um trechinho:



E finalmente chegamos aos doze anos, idade onde conheci o mundo das fanfics. Minha primeira fanfic foi "Amor pela pessoa errada", que está até hoje no Nyah!Fanfiction. Escrevi essa fanfic baseada em uma situação em que passei na época, minha primeira "desilusão amorosa". O mais engraçado, é que eu tinha doze anos! Ah, coitada de mim. A história teve apenas seis capítulos porque eu fiquei completamente sem inspiração para terminá-la. Em seguida, aos treze anos, escrevi "Dias quentes na Califórnia", também no Nyah!Fanfiction e com apenas dois capítulos.

Por fim, aos quatorze anos, criei "Dicotomia - Undertale", ainda em andamento até o dia da publicação deste jornal. Além dela, também escrevo "Redtale - Undertale", "Dissonância - Undertale" e mais recentemente "Mafiatale", com a Usagi17. (Aquela gótica trevosa -q)

Em suma, apenas gostaria de dizer que tanto a leitura quanto a escrita, podem abrir sua mente de uma tal forma que você vai se sentir atraído por esse mundo, as ideias vão tinir em sua mente e quando perceber vai estar completamente apaixonado por ler e escrever. A imaginação do ser humano não tem limites, então use-a com sabedoria, tenha ideias mirabolantes e absurdas, crie, imagine, pense, faça tudo! Porque você é capaz.

Escutando: The Neighbourhood
Lendo: a vida no escuro, de Tânia Alexandre Martinelli
Assistindo: Girls in The House
Comendo: Pizza
Bebendo: Água

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...