~lisamanobs - Clan Fantasy

lisamanobs
/.dreamer.\
Nome: ❥비앙카❞ ━gosto de me shippar com as amiguinhas♡
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 23 de Maio
Idade: 14
Cadastro:

◤ Ficha ↬ Destinos Cruzados ◢


Postado

◤ Ficha ↬ Destinos Cruzados ◢

❝ Se os seus sonhos não te assustam,
eles não são grandes o bastante.❞


Eu entrego meu destino a você, Shu Sakamaki.

↬ Nome & Sobrenome ↫

Miyuki Amaya Hara

Miyuki ⇢ felicidade.
Amaya ⇢ chuva noturna.
Shimizu ⇢ água pura.

Ps: Na verdade, o nome de Miyuki é composto. Ela se chama Miyuki Amaya, e mesmo que sempre tenha achado isso estranho, não tem vergonha de seu nome.


↬ Apelidos ↫

Miyu ⇢ É chamada assim pela maioria das pessoas que conhece - exceto pelas góticas com medo de aproximação que não a chamam por nenhum apelido -, e é usado simplesmente porque Miyuki gosta. Ela gosta de ser apelidada, embora não seja boa em inventar apelidos. Até está mais acostumada a ser chamada de Miyu, sendo que às vezes, quando é chamada pelo seu nome em si, chega a pensar que não estão falando consigo.
Yuki ⇢ Esse é um apelido inventado pela mãe, e não é todo mundo que a chama dessa forma. Quando ouve este apelido, Miyuki leva um susto e fica alguns segundos fora da realidade, por causa da nostalgia que sente. Não impede as pessoas de a chamarem assim por causa do passado, até gosta.
Uva ⇢ Apelido dado por, ninguém mais ninguém menos, do que Ayato Sakamaki. Claro, ao ver a menina, ele não pôde deixar de pensar neste apelido. Miyuki não se irrita muito com esse modo de chamar, mesmo que essa seja a intenção do vampiro. Até se acostumou com ele. De vez em quando é chamada de "Uvinha", mas em raros momentos mesmo, apenas quando Ayato vê que ela está irritada com algo e inventa de provocar ainda mais.

↬ Idade ↫

17 anos. Nasceu no dia 1 de junho de 1998, sendo do signo Gêmeos.

Ah, e se fosse para comparar sua personalidade à astrologia, Miyuki seria designada como uma pessoa de várias personalidades ou simplesmente "bipolar". Uma frase que ela costuma dizer é:
"Eu não mudo de personalidade, apenas mostro todas as pessoas que posso ser."

↬ Nacionalidade ↫

Por incrível que pareça - julgando por ser nome -, Miyuki não é japonesa. Apesar de ser filha de japoneses, nasceu no Chile e, com apenas 4 anos, mudou-se para o Canadá. Com isso, aprendeu a falar três línguas: japonês pelos seus pais, espanhol e inglês.

↬ Aparência + Descrição ↫

Ela é a Kyouko Kirigiri, do anime/jogo Danganronpa.

↠ Quando criança: [Up, assim como outra leitora que mandou a ficha, encontrei por acaso essas fotos e me senti obrigada a colocar]







↠ Aparência









Miyuki possui longos cabelos que, ao nascer, eram brancos, porém ganharam uma cor arroxeada com o tempo. Eles alcançam o início de suas coxas, além de serem lisos - e sedosos - e estarem quase sempre soltos, mas com algumas poucas mechas trançadas junto de um laço preto, formando um penteado um tanto inusitado (é bem claro em certas imagens, principalmente na terceira e na segunda). Sua franja é reta e lisa, que cobre parcialmente suas sobrancelhas angulosas e sempre feitas, além de geralmente preenchidas com lápis.

Seus olhos possuem uma cor roxa marcante, mais escura do que a de seu cabelo. Apesar de serem bastante brilhantes, Miyuki consegue "controlar" o que eles expressam. Por exemplo, se quiser demonstrar coragem mesmo estando com medo, consegue vestir uma expressão forte (mas, ao contrário de algumas poucas pessoas, seus batimentos cardíacos e seu rosto rubro não são... controláveis). Ambos possuem uma característica puxada e acompanhados de seus longos e cheios cílios, parece que lhe dá um ar felino, meio predador. Miyuki, vai lá competir com o Ayato

Sua pele clara, macia e sensível dá a impressão de ser de mentira. No entanto, os roxos e os arranhões que ganha - por ser extremamente desastrada - provam que é real, somando à sua enorme facilidade de ficar vermelha. Juntamente com seu rosto delicado, Miyuki pode ser comparada à uma estátua de boneca, daquelas rodeadas por cordas vermelhas, intocáveis e frágeis. Seu nariz, brevemente arrebitado, é pequeno, assim como sua boca, que é composta por lábios carnudos e rosados. Suas bochechas, rosadas e com maçãs proeminentes, possuem duas covinhas fundas, dando-lhe um ar angelical.

Miyuki possui o corpo delicado, além de medir apenas 1,65. Tem seios medianos - assim como seu quadril -, porém não são coisas tão incríveis comparados à algumas atrizes pornô ~~~~he- e cintura fina. Já as coxas são torneadas e bem fartas, e o bumbum é arrebitado e mediano.

↬ Personalidade ↫

Miyuki possui uma personalidade contraditória um tanto difícil de entender por isso essa biografia aqui, não só pelos outros, mas por ela mesma também. É como se ela tivesse várias personalidades.

Com a mente infantil e divertida, Miyuki nunca deixa o sorriso e as piadas de lado. Gosta de ser aquela pessoa que deixa as pessoas à sua volta felizes, e se esforça para isso, tanto que aparenta nunca estar triste - mas isso é apenas porquê não quer mostrar tristeza simplesmente para não afetar os outros - e sempre coloca um sorriso no rosto. Mesmo assim, tal como uma criança, quando algo a afeta de verdade - o que é difícil, pois Miyu não abaixa a cabeça por quase nada -, não consegue esconder seus sentimentos, já que seus sorrisos ficam claramente forçados e ela fica distante. É bem óbvio todas as vezes que ela esconde algo, porém não desiste de sua atuação, já que odeia preocupar os outros. Extremamente otimista e positiva, é considerada pelas pessoas que convivem com esta como a alegria e a esperança.

Calma é uma palavra que combina muito com Miyuki, já que a sua capacidade de não surtar em certos momentos chega a impressionar. Sempre fala de uma forma tranquila e sem gritar. Raramente grita ou eleva o tom de voz, e quando o faz, pode dar um certo susto às pessoas que estão acostumadas à Miyu perfeitamente calma. Entretanto, apesar de ter uma grande calma, ela possui uma língua extremamente afiada e não luta para controlá-la, podendo ser absurdamente irônica. Quando está realmente irritada, Miyuki sabe fazer as palavras doerem e faz isso sem nenhum pudor.

Mesmo que pareça uma criança perto às pessoas próximas, Miyu é uma pessoa muito madura, e isso pode deixar alguns surpreendidos, já que esta sempre age de forma boba. Só que, nos momentos necessitados, é uma ótima conselheira e amiga, continua leal às pessoas e fica ao seu lado até o fim. É sempre honesta e sincera, e essa sinceridade pode chegar a ser excessiva em algumas horas, já que Miyuki abomina tanto a mentira, que geralmente diz a verdade sem pensar duas vezes - só ameniza a fala de vez em quando.

Pacífica e neutra, Miyuki detesta brigar com as pessoas, e por isso sempre acaba sendo aquela que ameniza os conflitos entre os outros. Em sua opinião, em vez de as pessoas ignorarem umas às outras, ambas deveriam agir como pessoas convenientes e conversar. Além disso, simplesmente detesta quando uma pessoa começa a ficar brava com alguém ou com ela do nada, e ainda se recusar a contar o motivo. Essa é uma das poucas coisas que conseguem deixar Miyu irritada em questão de poucos segundos, e sua forma sarcástica e um tanto fria aparece em um piscar de olhos.

Como uma verdadeira leitora nata, Miyuki nunca tira as mãos de um livro. Para lá e para cá, sempre é encontrada com um livro diferente na mão, e toda semana quer comprar um novo mesmo quando ainda não leu todos os seus. É apaixonada com histórias, e ama deitar no colo de alguém enquanto mexem em seu cabelo e lhe contam uma história. Quando Miyu é interrompida enquanto lê ou ouve música, se sente muito incomodada e é muito capaz de responder à pessoa de forma seca e até mesmo grossa. Quando ouve música e alguém inventa de ir conversar com ela, ela não tenta continuar a conversa ou até mesmo não responde - apesar de fazer isso apenas com aquelas com mais proximidade.

Mesmo com um alto nível de maturidade, Miyuki é uma pessoa absurdamente teimosa, e sempre insiste em seus pensamentos e opiniões. Ninguém pode lhe fazer mudar de ideia com facilidade, só porquê ela sempre é considerada uma pessoa "legal e fofa~~", como dizem as pessoas de seu antigo colégio, não significa que é facilmente influenciável. Mas é honesta, tão honesta que se provarem que estava errada, Miyu admite o erro, muda de opinião e ainda passa por cima do orgulho e pede desculpas. Mas isso somente se provarem seu erro, caso contrário, bate o pé até o fim.

Como foi sempre uma pessoa cheia de ideias - e livros à sua volta -, Miyuki é cheia de sonhos e expectativas. Possui tantas crenças que é difícil saber de qual religião ela é. Por exemplo, ao chegar na mansão, Miyuki não ficaria tão espantada ao saber que vampiros realmente existem. Pelo contrário, ficaria extremamente feliz - mesmo que ela não goste da ideia de servir de comidinha papinha para vampiros - e o seu hábito de inocentemente acreditar em tudo o que vê e ouve aumenta ainda mais.

Embora possa ser considerada madura, algumas características infantis prevalecem. Além de sempre colocar as esperanças alto demais - e esperar muito das pessoas -, Miyuki confia demais. Ela, como uma pessoa de "coração de ouro", pensa que todo mundo é como ela, que ajuda sem pedir nada em troca e não quer o mal para ninguém.

Um pouco talvez muito desastrada, Miyuki lembra-se de que desde pequena, sempre teve esse lindo dom, e é capaz desde tropeçar nos próprios pés até dar de cara com a parede e só perceber isso 5 minutos depois. Apesar de ser diariamente desastrada - e possuindo um péssimo senso de direção -, consegue ser ainda mais enquanto está distraída ou quando tem algo tomando conta de sua cabeça.

Miyuki possui muitos momentos considerados fofos pelas pessoas. Ela diz coisas fofas, faz caras e expressões ou simplesmente age de modo que fazem os outros quererem apertar suas bochechas - junto daquelas "malditas" (como dizia uma amiga sua, que era apaixonada por tais) covinhas -, e tudo isso, na maior parte do tempo, sem perceber. Não nota quando faz uma voz de criança, ou quando faz um bico infantil inflando as bochechas. Simplesmente age dessa forma naturalmente.

↬ História ↫

Aika Hatoshi era uma mulher famosa em uma pequena cidade no Chile, tendo seu pai como prefeito - e sua família inteira era japonesa. Bonita e rica, chamava a atenção de todos por onde passava, mas sua atenção foi desviada para a pessoa que menos chamava atenção dentre tantas pessoas. Yuri Hara, um simples turista que vivia com uma enorme câmera na mão e tirava foto do chão. Sua família - de classe média - inteira vivia no Japão, e ele sempre saía em viagens pelo mundo.

E foi assim que Miyuki Amaya Hara nasceu, sendo ensinada desde pequena que o amor sempre chega junto às pessoas mais improváveis.

Tivera uma infância feliz, morava com os seus pais em uma casa no interior, longe da cidade grande e era praticamente uma fazenda. Possuía quatro cachorros, dois gatos e um papagaio, que apesar de amá-lo, jurava que um dia iria cortar a língua daquele animal para ele parar de cantar às 5 horas da manhã. Apesar de não ter levado uma vida cheia de luxos e não ter usado suas vantagens como "a neta do prefeito", ganhou, de bônus, várias desvantagens. Amigas falsas, fofocas, boatos e apesar de todos os elogios que recebia, não se conformava com a falsidade das pessoas.

Mas estava tudo bem, pois tinha sua família, uma família enorme. A família alegre e bagunceira de Yuri e a família um tanto rígida, porém amável de Aika. Miyuki aprendeu várias coisas com elas, dentre elas aprendeu a sempre olhar para o lado bom das coisas, ser educada com tudo e todos e que tudo o que ela precisava era amor para ser feliz. Resumindo: Miyuki teve uma infância cheia de aprendizados, o que resultou na pessoa cheia de surpresas que é hoje.

Tudo pareceu acabar quando, aos 13 anos, sua mãe morreu em um acidente de carro quando voltava do trabalho. Miyuki era absurdamente próxima a ela, e acabou entrando em uma depressão profunda logo nova. Não queria fazer nada além de ficar definhando na cama. Com seu pai não foi muito diferente: Yuri passou a beber, e muito. Ainda trabalhava de manhã, mas de tarde ficava bebendo o tempo inteiro, seja em casa ou não. Não tratava mal a filha, sabia que ela não tinha culpa de nada, e em seus momentos sóbrios, dizia algumas palavras de conforto. Mas apesar de tudo, Miyuki precisava de alguém presente.

Se passara um ano. Miyuki fez tratamento, fora praticamente obrigada a fazê-lo por sua avó paterna, Nara, que facilmente descobrira o estado da neta. Após estar ligeiramente curada da depressão, Yuri também resolveu mudar, mas de uma forma diferente. Decidiu que moraria na Rússia, sozinho. Só faltava Miyuki se ajoelhar para ele não ir, mas não foi o bastante. Claro que ninguém culpava ninguém, exceto a menina, que se culpava, não pela morte da mãe, mas por ser tão parecida com ela, principalmente os olhos. Deveria estar machucando Yuri ficar perto dela, mas ele também não sabia do maior medo da menina: o abandono.

Então Miyuki foi morar com sua família materna. Foi um tempo muito bom, mas decidiu morar com a família paterna, aos 15 anos, porque não era muito fã de todo aquele luxo que recebia. Sabia e gostava de pegar sua própria comida, arrumar seu próprio quarto e não ficar rodeada de empregados o tempo inteiro. E por lá viveu até os 17 anos, que foi quando sua tia, Hana, acabou descobrindo uma doença mortal, e como a família paterna passou a não gostar da outra desde que Yuri começou a beber e, de acordo com eles, deixar a filha de lado, não lhe deu a quantia de dinheiro necessária, mas uma boa parte.

E foi aí que Miyuki conheceu Karl Heinz, que de algum jeito, acabou sabendo da história da menina - talvez simplesmente pelos moradores da região, já que em cidade pequena do interior todo mundo se conhece - e deu-lhe uma proposta. Se fosse morar com seus filhos - e sem dizer o propósito de forma clara -, faria questão de pagar o tratamento completo no melhor hospital do país. É claro que Miyuki aceitou. Era Hana, sua tia, da família. Ela amava todos ali, e por isso não podia ser egoísta com eles.

↬ Gostos ↫

❥ Livros, principalmente de ficção, romance, mistério e até terror.
❥ Café. Digamos que Miyuki é viciada na bebida, e talvez isso seja a causa de algumas noites em claro.
❥ Qualquer coisa relacionada à fantasia, ao sobrenatural, tudo em que as pessoas não acreditam.
❥ Animais e crianças. Além de sempre ter sido rodeada de animais, trabalhava como babá desde os 12 anos para os vizinhos para ganhar um dinheiro próprio - e se sentir uma adulta -, e a partir daí passou a criar um amor por crianças.
❥ Contos de fadas.
❥ Comidas doces e apimentadas. Sim, os gostos de Miyuki são bem contraditórios, assim como ela.
❥ Inverno, neve e chuva,
❥ Natureza em geral.
❥ Ajudar as pessoas.

↬ Desgostos ↫

❥ Dias muito calorentos, principalmente por causa do suor.
❥ Injustiça e preconceito.
❥ Quando os outros agem com pessimismo. Sempre dá um tapa no rosto - literalmente - de gente que age assim.
❥ Machismo. Ela é uma grande feminista e defende seus princípios com unhas e dentes.
❥ Acordar cedo.
❥ Lição de casa. Surpreende as pessoas por nunca fazer nada e se sair bem nas provas, mas é porque ela dá muito duro estudando.
❥ Pessoas egoístas.

↬ Acredita em destino? ↫

Sim! Miyuki acredita que o destino foi algo marcado desde o momento que damos nosso primeiro suspiro e até quando paramos. Acha que tudo acontece por um motivo, por isso é quase impossível vê-la arrependida de algo. Acha que nasceu destinada à alguém, destinada à um lugar, à uma vida. Porque, independente do que queremos, o destino sempre nos dá o que precisamos. (PQP EU ACABEI DE INVENTAR ESSA FRASE ESTOU MUITO ORGULHOSA DE MIM MESMA)

↬ Medos/Fobias/Traumas ↫

O seu maior medo, como disse antes, é o de abandono, e ele apenas aumentou quando seu pai foi embora.

Ela também possui medo de escuros, espíritos ruins e de não ser uma boa pessoa. Sim, ela tem medo disso e acredita - também por ser religiosa - que precisa ter um coração bom para ter um futuro bom - basicamente, acredita no carma e no céu.

↬ Manias ↫

∞ Morder o lábio inferior quando está pensativa, distraída ou entediada.
∞ Fechar os olhos - e provavelmente dormir - quando mexem em seu cabelo - algo que ama.
∞ Andar com os braços entrelaçados com a pessoa que estiver ao seu lado, qualquer pessoa.

↬ Hobbies ↫

∞ Desenhar, principalmente ao ar livre.
∞ Ler, também prefere ao ar livre.
∞ Cantar, apesar de ter vergonha de sua voz. Não só cantando, mas falando também. Acha fina demais.
∞ Miyuki gosta de cuidar do jardim de todos os lugares, e adora quando sai toda suja. Entretanto, não gosta de chamar de jardinagem, pois é "coisa de tio", de acordo com ela.

↬ O que faria... ↫

Se descobrisse que estaria apaixonada?
No início, Miyuki ficaria confusa, achando que tem algo estranho acontecendo. Para você ter uma ideia, ela associaria à tudo, menos à amor. A sua vontade de agarrar Shuu na frente de todos mesmo, ela considerava apenas como desejo, já que ele era lindo e qualquer uma sentiria isso. Quando descobre o que finalmente sente, Miyuki fica sem saber o que fazer. Quando o olha, rapidamente desvia o olhar com o rosto rubro. Apenas em um toque se arrepia, e sorri só de pensar nele. Quando ele sorri para Miyuki, ela sente como se o seu coração fosse parar. Enfim, todos esses sentimentos juntos. E, talvez, seja um pouco pior para Miyu, já que ela costuma sentir tudo com mais intensidade do que os olhos.

Se o destino realmente existisse?
Miyuki ficaria feliz, pois poderia jogar na cara de todos os que duvidaram dela, que ela estava cer-ta, e eles er-ra-dos (leia isso cantando). Ela se sentiria ainda mais curiosa para saber sobre tudo, já que é uma de suas teorias preferidas. Não mais uma teoria agora, ele realmente existe.

Se descobrisse que vampiros existem e que está cara a cara com eles?
Ela, primeiramente, ficaria animada. Começaria a dizer coisas como "Eu sabia, eu tinha certeza!" e depois vai pedir para algum deles abrir a boca. Claro, isso tudo antes de saber que eles não são tão legais quanto pensar ser. Mas Miyuki não desiste: de tempos em tempos, costuma fazer algumas perguntas apenas para saciar sua enorme curiosidade.

↬ Estilo ↫

Conhece Pastel Goth? Essa é a Miyuki. É basicamente a frase "dark but so lovely". Nesse estilo, as cores pastéis se misturam com cores pretas e brancas, emo góticas diferente. Pode ser considerado algo irônico, já que mistura características doces e inocentes com outras mais fortes, talvez agressivas. Miyuki é apaixonada por saias - que não passem do joelho -, vestidos e shorts curtos. Não é muito fã de calças, apenas se for legging. Ama combinar coisas incombináveis: uma coroa de flores com uma blusa preta, com estampa de cruz. Miyuki pode ser comparada à uma tumblr girl, se você parar para pensar. Ama saltos, porém é fã mesmo de botas e de tênis com cano alto. Não é muito de usar sapatilhas, pois a machucam sempre. Adora acessórios originais, como orelhas de gato e óculos geek - ela usa quando vai ler de noite. Só tem uma regra principal: nunca use laranja!

Detesta andar com saias ou vestidos que chegam depois do joelho, a não ser que seja para alguma situação formal. Usa e abusa de saias rodadas, sempre das cores branco, preto ou xadrez. Blusas, para ela, serve qualquer uma que se ajuste à combinação. Ama qualquer tipo de bota, independente de como ela é. Tênis, apenas de cano alto. Miyuki também possui um amor enorme com roupas de colegial, principalmente aqueles coletes que aparentam ser esportivos. Pastel Goth pode parecer estranho, mas se ajusta muito bem à Miyuki. Ao contrário da maioria das pessoas que adotam esse estilo, Miyuki detesta usar tanta roupa de uma vez.

O casaco colegial que eu citei:


Pastel Goth





↬ Par ↫

Shuu Sakamaki ♥



↬ Música que defina sua personagem + Trecho que combine com ela ↫

https://youtu.be/lf_wVfwpfp8

Eu sei o que eu vim fazer
E isso não vai mudar
Então vá em frente e mande sua conversa
Pois eu não vou morder a isca
Estou aqui fazendo o que eu gosto
Estou aqui trabalhando dia e noite
E se minha verdade não for verdadeira o bastante
Sinto muito por você, querido


↬ Música do par ↫

https://youtu.be/ykaSl4s8uXU

↬ Frase que a defina ↫

❝ Viva não para que sua presença seja notada, mas para que sua falta seja sentida. ❞
~
coloquei duas pq sou rebelde

❝ Às vezes, precisamos de fantasia para sobrevivermos à realidade. ❞

↬ Hentai? ↫

Yup.

↬ Algo mais? ↫

Nop c:

QUEM É DESESPERADA AQUI?

♥ Espero que tenha gostado ♥

Escutando: ♥ BTS ♥

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...