~taerotismic - Clan Fantasy

taerotismic
#meme_queen™
Nome: 彡.𝐵𝒾𝒶 ღ 彡
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 23 de Maio
Cadastro:

❝f i c h a s ♡


Postado



Comecemos lembrando de não copiar ou se inspirar no trabalho alheio e desmerecer o sangue, suor e lágrimas gastos pela amiga, ok? Todos nós somos capazes de criar bons personagens c:

Autores, como aqui não há ordem, por favor, utilizem o ctrl+f e copiem o nome da sua fanfic com as letrinhas colocadas por mim no comentário ao entregar a ficha.

Antes mesmo de lerem, espero que gostem!



ɢɪʀʟ ɢʀᴀᴢʏ ❞




❝Eu sobrevivi porque o fogo dentro de mim brilhava mais
do que o fogo ao meu redor❞
Joshua Graham

;𝒷𝒶́𝓈𝒾𝒸𝑜;



Nome Completo;

Kim Ha-Neul
김하늘
Ha-Neul significa "céu" ou "paraíso"



Apelidos;

Hannie
Pessoas próximas chamam-na de Hannie, embora ela não se importe, realmente, com quem usa esse apelido, e não se importaria se sempre fosse chamada assim, visto que tem muito gosto por ele. Não há um motivo especial para ser chamada assim, é apenas um derivado carinhoso de seu nome.

Meanie
Apelido dado pelas integrantes e só por elas assim chamada, Ha-Neul recebeu-o por, de tempos em tempos, ter uns momentos de "frieza", geralmente quando acaba de acordar ou quando simplesmente não está interessada em um assunto e ignora completamente as outras meninas. Seu jeito irônico e sua habilidade de criar discórdia entre as amigas – de brincadeira – ajudaram na hora de criá-lo. Ps: Meanie é um derivado infantil de "Mean" em inglês, que significa "má". Logo, "Meanie" é, literalmente, "malvada".

Yaegiya
Apelido, assim como Meanie, dado pelos integrantes, mas usado não só por elas mas também para alguns outros amigos e seus futuros (?) fãs. Yaegiya significa, em coreano "bebê", e foi criado com o argumento de que, apesar de Ha-Neul não demonstrar – ou, pelo menos, tentar –, ela é um verdadeiro bebê/criança por dentro.



Data&Local de Nascimento;

31 de maio de 1999 Daegu, Coreia do Sul



Idades;

17 anos ocidentais e 18 anos orientais



Signos;

Gêmeos & Coelho



Cidade onde vive;

Seul, Coreia do Sul



Tipo Sanguíneo;

B positivo



Sexualidade;

Bissexual



;𝓋𝒾𝓈𝓊𝒶𝓁;



Aparência;

Mostrar Spoiler: imagens&gifs;

















Haneul possui cabelos originalmente da cor castanho claro, mas que foram tingidos por sugestões de alguns amigos – e ela não se arrependeu. Eles são naturalmente lisos e foram recentemente cortados em uma franja reta e certinha que cobre suas sobrancelhas feitas. Seus olhos, de cor castanho escuro, constantemente são apontados por serem grandes e arredondados. Sua pele é clara, não demais, e suas bochechas são brevemente rosadas e "cheinhas" – apesar de ouvir muito que são "adoráveis", ela ainda se sente um pouco insegura. Seu nariz é fino e embonecado, algo que gosta em si mesma. Não possui cílios tão grandes quanto gostaria, mas, em compensação, eles são bastante volumosos; e possui uma boca pequena composta por lábios carnudos. Suas medidas não são extremamente pequenas, mas muito menos extravagantes, e sim possui um equilíbrio entre ambas. Mede 1,65 centímetros e pesa cerca de 49 quilogramas.



Estilo de roupa;

Haneul tem preferência por saias, vestidos e shorts – soltos, na maior parte do tempo –, não pela feminilidade, mas pelo conforto. Por isso mesmo evita ao máximo calças jeans e qualquer blusa que esteja colada demais ao seu corpo. Entretanto, isso é casualmente, no dia-a-dia – ou seja, o desconforto não é existente quando tem que usar profissionalmente, especialmente porque não vai prestar muita atenção em seu conforto, e sim nas apresentações/etc. É completamente apaixonada por botas de salto e tênis de cano alto, apesar de não dispensar saltos e sandálias. É conhecida como a rainha dos moletons, seja calça ou blusa de frio, e tem, no mínimo, cinco de cada no armário. Contudo, no dia-a-dia, costuma usar suas saias e shorts, seja com blusas, tops, ou moletons, sempre acompanhada de seus tênis e botas. Às vezes, também opta por usar leggings.

Mostrar Spoiler: imagens;










Responda, em relação a seu personagem, se ela pretende ou seria capaz de...

;mudar o cabelo?
Sim. Sempre se apegou muito ao cabelo até pintá-lo pela primeira vez, desde então, está disposta a fazer mudanças.

;fazer tatuagem?
Sim. Já imaginou-se na possibilidade e, se tivesse alguma, provavelmente faria uma pequena, com algum significado para si, no pulso ou na nuca.

;colocar piercings?
Na verdade, ela já teve dois, e hoje permanece com apenas um. Teve uma hélix no nariz aos 15 anos, que rapidamente "cansou" e parou de usar, e outra na orelha direita, que gosta bastante e não pretende tirá-la. Entretanto, ela não pensa ou pretende colocar mais piercings.

;utilizar lentes?
Sim, não tem nenhum problema com isso. Acha-as lindas, apesar de não usá-las no dia-a-dia.



;𝓅𝑒𝓈𝓈𝑜𝒶𝓁;



História;

Nasceu em Daegu e foi a partir dos quinze, dezesseis anos que fez o possível para seguir o seu sonho. Sua família em geral não lhe dava o maior suporte, mas não é como se fossem expulsá-la de casa por um sonho que provavelmente não se realizaria. Pela falta de suporte, Ha-Neul costumava se sentir sozinha dentro de sua casa, então, durante alguns meses, um tempo que seus pais acreditaram que ela estava passando por uma fase de rebeldia, fazia de tudo para permanecer o maior tempo possível longe de sua casa. Não que não amasse seus pais, muito pelo contrário. Mas, ao fazer alguns amigos, até um amigo mais especial para si, descobriu que não estava sozinha. Passar por momentos assim, principalmente durante a adolescência, era normal. Teve que lidar com alguns problemas que, até hoje, ninguém sabe sobre, envolvidos com, principalmente ansiedade/fobia social, algo que tentar trabalhar com sozinha desde lá. Foi quando, aos dezesseis anos, o seu melhor amigo, um que tinha o mesmo sonho que ela, lhe fez uma proposta irrecusável: fazer uma audição para uma empresa que havia conseguido entrar. Então, fez uma proposta com seus pais: caso não passasse na audição, desistiria de tudo e iria para uma faculdade, como todos desejavam. A maior surpresa para a família foi quando Ha-Neul realmente havia conseguido uma vaga como trainee e, já a maior surpresa para a menina, foi quando sentiu-se um pouco mais apoiada por sua família. Tirando esta parte de sua vida, não ocorreu nada de extremamente relevante em sua vida. Era uma criança, estudante e pessoa totalmente normal. Claro, até seus quinze anos.



Personalidade;

Uma de suas características mais marcantes é a sinceridade. Claro, não é como se não soubesse a linha limite entre sinceridade e falta de educação, mas é que seu jeito honesto reflete muito em suas ações do dia-a-dia. Por exemplo, caso goste de alguma conversa, vai ser uma das mais falantes entre as pessoas, caso esteja entendiada ou não goste do assunto, simplesmente não participa. Por causa disso, é muito procurada quando as pessoas precisam de um conselho, pois sabe que a loira não vai mentir para fazê-los ficarem bem, muito pelo contrário, ela vai falar a pura e crua realidade na cara delas e depois ajudar a pessoa a passar por tudo isso ao seu lado. Apesar de ser possível passar uma falsa impressão de antipática por ser tão sincera, Ha-Neul possui vantagem sobre isso: seu enorme carisma. Simpática e divertida, ela possui um jeito de ser que conquista todas e qualquer pessoa. Possui esse "dom" desde criança, e se sente até lisonjeada por possuir algo naturalmente que muitas pessoas não conseguem mesmo tentando.

Ha-Neul pode passar uma imagem tímida quando conhece as pessoas porque sempre costuma ouvir em vez de falar, mas, na verdade, é porque é uma pessoa extremamente observadora, especialmente com pessoas novas. Por isso, facilmente percebe pequenos detalhes e sabe mais do que mostra. Até aí, Ha-Neul pode parecer ter aquela personalidade genérica, mas a menina é uma caixinha de surpresas. Cheia de energia e positividade para espalhar – exceto quando está com sono –, ela pode ser considerada um pouco escandalosa, até ser comparada a um tomboy, apesar de possuir características que contrariam. Evita ao máximo espalhar isso para qualquer um por um motivo que é desconhecido até para si mesma, mas é muito, muito gentil. Ha-Neul é o tipo de pessoa que facilmente sairia de seu caminho sem pensar duas vezes para ajudar alguém, qualquer um.

Geralmente exibe uma imagem fixa, considerando as palavras forte e sorridente como fundamentais. Ha-Neul odeia mais do que qualquer coisa, demonstrar fraqueza ou qualquer coisa assim. Desde parar de andar por ter batido o mindinho até chorar por algum acontecimento. Principalmente chorar, na verdade. Ha-Neul detesta chorar na frente das pessoas, por isso é algo extremamente raro de se ver. E, misturando com a sua capacidade de se emocionar facilmente, torna algo difícil para ela. Ao mesmo tempo que é uma pessoa de coração mole, sincera e até uma "bebê chorona", insiste em manter pose de durona não só para se proteger, mas para proteger as pessoas com quem se importa acima de tudo. Ela sempre foi protetora, sempre se importou muito – até demais – com os outros. E, por isso, criou na sua cabeça que não deve esboçar o mínimo de tristeza sequer que seja na frente dessas pessoas especiais. Então, caso Ha-Neul "quebre" na frente de alguém, é por dois motivos unidos: ela confia completa, absoluta e cegamente nessa pessoa e ela não aguenta mais segurar tudo sozinha.

Com seus amigos, é muito carinhosa e divertida. É do tipo que abraça enquanto brinca de xingar a pessoa. Apesar de ter tudo para ser considerada o pai ou o avô da família, é justamente o contrário quando está com eles: é a criança do grupo nessas horas, e age de uma forma que faz qualquer um, até seus melhores amigos, duvidarem que ela realmente tem dezessete anos. Mas isso some completamente quando ela é incomodada por eles no período da manhã – deveria ser proibido chegar perto da menina antes de ela ir dormir ou depois de acordar. Apesar de sempre estar cheia de comentários irônicos – normalmente bem humorados, mas há suas exceções –, quando está com sono ela fica, digamos, "atacada". Não o bastante para ofender alguém, mas o bastante para ter um coro de "Oh"'s toda vez que usa o sarcasmo ao seu favor. Mesmo assim, eles sabem que ela se importa mais com eles do que consigo mesma, e que ela pensa que eles são quem deveriam ser defendidos, quando Ha-Neul é a que mais precisa de proteção ali.

É claro que, como qualquer um, Ha-Neul, assim como é cheia de qualidades, é cheia de defeitos. Alguns deles já foram citados, e mais um é sua teimosia. Mas ela é teimosa de um jeito que ninguém é teimoso. Possui a teimosia de uma criança, bate o pé até o fim, mas, caso veja que está errada, corre para se desculpar sem nenhuma vergonha ou hesitação. Aprendeu, desde pequena, que é preciso reconhecer seus erros, e honestamente não entende quem se recusa a pedir desculpas para alguém. É muito curiosa, e mesmo isso podendo ser uma qualidade em muitas horas, também chega a ser um defeito, principalmente por ser muito perspicaz e, somando à sua sede por sempre mais informações, pode acabar descobrindo coisas que não gostaria de saber.



Gostos & Desgostos;

gostos;

⭐ café;
⭐ doces;
⭐ animais;
⭐ livros;
⭐ música;
⭐ abraços;
⭐ cantar;
⭐ dançar;
⭐ presentear os amigos;
⭐ se sentir protegida;
⭐ da cor verde-água;
⭐ ajudar as pessoas;

desgostos;

⭐ demonstrar tristeza;
⭐ negatividade;
⭐ mentiras;
⭐ qualquer preconceito;
⭐ pessoas arrogantes;
⭐ salada;
⭐ ver o seu peso;
⭐ ter ataques de pânico;
⭐ aranhas;
⭐ bonecas de cera;
⭐ a tristeza de seus amigos;



Medos & Fobias;

medos;

⭐ escuro completo;
⭐ falhar em algo;
⭐ bonecas de cera;

fobias;

⭐ aracnofobia;
⭐ atelofobia;



Manias;

⭐ batucar os dedos nas coxas quando ansiosa/distraída;
⭐ estalar a língua no céu da boca enquanto conversa;
⭐ fazer caretas estranhas, percebendo ou não;
⭐ deitar a cabeça no ombro dos amigos;
⭐ irritar os amigos, principalmente os mais velhos, para chamar sua atenção;



Hobbies;

⭐ estudar astrologia;
⭐ aprender outros idiomas e culturas;
⭐ ler;
⭐ desenhar;



;𝓇𝑒𝓁𝒶ç𝑜̃𝑒𝓈;



Família;

Kim Soo-Hyun | 17 anos



— Soo-Hyun é o irmão gêmeo de Ha-Neul e o seu melhor amigo. Não que sempre possuem uma ótima harmonia, sempre brigaram durante toda a vida, mas o surpreendente é que os pais não precisavam se envolverem na briga. Ambos facilmente se reconciliavam. Sempre foram extremamente grudados, tanto que foi – e é – muito difícil passarem a ser ver menos desde que Ha-Neul tornou-se uma trainee. Entretanto, sua relação nunca mudou. Na verdade, Soo-hyun sente um orgulho imenso de sua versão feminina, depois de tudo o que passou – sabe de todos os detalhes, principalmente por ter a apoiado tanto. São extremamente unidos, se protegem de tudo, vivem de brigas e brincadeiras bobas e se conhecem melhor do que ninguém. Isso é muito perceptível ao ver que Soo-Hyun é um dos poucos que sabem quando Ha-Neul não está bem. A ligação que possuem um com o outro é indescritível, e o laço, inquebrável. Procuram se falar todos os dias, não importa a situação, seja por mensagem, ligação ou Skype. Sentem muito a falta um do outro.

Ji-Hye | 41 anos



— Ha-Neul já confiou mais em sua mãe do que o faz agora, principalmente depois por ter passado por aquele período turbulento de sua vida sem ter seu apoio. Entretanto, isso não muda o amor que ambas sentem uma pela outra. A relação delas pode ser um pouco conturbada por ambas terem a personalidade forte, mas nada que não se resolva depois. Recentemente, Ji-Hye anda melhorando seu modo de agir com sua filha e aumentando sua fé nela. Ha-Neul não guarda ressentimentos e não sente nada além de gratidão pela mãe que lhe deu uma infância tão boa estar consertando seus erros. A cada dia, a relação delas melhora cada vez mais. Elas se falam sempre que podem, cerca de três ou quatro vezes por semana, dependendo da rotina de cada uma, e Ji-Hye, às vezes, rouba o celular do filho para conversar com ela.

Jong-Ki | 40 anos



— A relação com o seu pai é um pouco parecida com a da mãe atualmente, entretanto, muito mais próxima. Jong-Ki, apesar de não ter colocado muita fé nela assim como a mãe tempos atrás, sempre foi uma pessoa muito mais calma e ouvinte. Escutava os desabafos quando Ha-Neul se disponibilizava para tal e deixava uma barra de chocolate em cima de sua cama sempre que ela voltava tarde para casa e/ou brigava com sua mãe. Se arrepende de não ter dado o suporte que a filha precisava na época e já falou isso para ela, que o desculpou na hora. Agora, tudo o que Jong-Ki sente por sua filha é orgulho, e não um sentimento agoniante de que ela terá seu sonho destruído.



Amigos;

Bae Ji-Young | 19 anos



— Ha-Neul e Ji-Young são amigas desde que se conhecem por gente. Literalmente. Ambas afirmam que não se lembram de nenhum momento de suas vidas que não estavam uma do lado da outra. Isso até chega a causar ciúmes nos irmãos das duas. Elas são unidas de uma forma que chega a dar inveja. Ji-Young, juntamente de seu irmão, sabe perfeitamente quando a amiga não está bem, e vice-versa. Elas se entendem completamente, mas são totalmente diferentes. Enquanto Ha-Neul não é praticamente nada segura, Ji-Young é cheia de confiança, por exemplo. Mas elas se completam como ninguém.

Coi Sun-Mi | 18 anos



— Se conheceram há três anos por meio de Ji-Young, já que ambas querem seguir a carreira de modelo. A amizade não é tão longa quanto a de Ha-Neul e Ji-Young, mas elas são muito unidas. Enquanto as duas são como crianças, Sun-Mi é quem mantém todas na linha, mantenho seu papel perfeito de mãe do grupo, sempre com seus sermões na ponta da língua e sempre pronta para cozinhar para elas, que praticamente dependem de comida pronta. Sun-Mi é muito inteligente, e vive ajudando Ha-Neul quando ela tem dificuldades em matérias de escola ou quer lhe perguntar algo, quase sempre sobre astrologia.

Shin Jae Hyun | 17 anos



— Jae Hyun, ou "Jae Jae", como Ha-Neul costuma o chamar apenas para irritá-lo, é o primeiro, único e melhor amigo do sexo masculino que ela possui. Começou com uma paixonite no fundamental que o menino possuía por ela – que até hoje se pergunta "como?" –, mas que, conforme a amizade deles crescia, o sentimento transformou-se em um puro amor de amigos. Desde que Jae Hyun revelou isso para Ha-Neul, morrendo de medo da resposta, se surpreendeu com a sua reação, que foi quando sua amizade melhorou. Os dois adoram skinship e já foram muitas vezes confundidos como um casal, mas já se acostumaram, tanto que nem se importam mais. Jae Hyun é brincalhão, mas muito inteligente e é o diário humano de Ha-Neul, que conta absolutamente tudo para ele.

Min Yoongi | 24 anos



— Lembra do "amigo especial" de um tempo atrás de Ha-Neul? Então. Yoongi e Ha-Neul passaram um bom tempo juntos, praticamente todos os dias, e isso os aproximou de uma forma enorme. As pessoas costumam dizer que foram feitos um para o outro: esforçados, fortes, observadores, dotados de um humor irônico e corações gentis. É claro, Yoongi e Ha-Neul insistem em fingir que vão vomitar quando dizem isso, e isso somente mostra o quanto são íntimos. Os dois possuem uma ligação como Ha-Neul possui com seu irmão, e podem dizer que o outro está mal só por uma mensagem de texto. Ha-Neul é uma típica "amiga inconveniente", que o liga onze horas da noite para refletir sobre baleias e se elas têm sentimentos, enquanto Yoongi é muito protetor e a trata como um bebê. Consequentemente, por conhecê-lo, Ha-Neul acabou tornando-se uma grande amiga dos membros do grupo dele.

Jackson Wang | 22 anos



— Por conhecer Yoongi, conhece Namjoon, e por conhecer Namjoon, Ha-Neul acabou conhecendo Jackson, e foi como "amizade à primeira vista". Ela não costuma deixar de fazer sua observação nas pessoas que acaba de conhecer, mas Jackson foi um caso à parte. Os dois se deram extremamente bem logo de cara, e não demorou a estarem sendo retardados juntos. Jackson já foi apresentando-a para todos os membros de seu grupo e, apesar de ela ter ficado encantada com eles e vice-versa, os que mais se deu bem foram BamBam e Jaebum.



Inimigos;

Im Sun Kyung | 17 anos



— Ha-Neul a conheceu por Jae Hyun e não gostou dela logo de cara. Ela tinha sorrisinhos demais, analisadas demais, olhares demais e agarrava demais o seu amigo – e sim, estava com ciúmes. Provavelmente via em Ha-Neul uma rival, já que fazia de tudo para desviar a atenção do amigo dela para si. E, como Jae Hyun não era lerdo, e sim muito inteligente, não demorou mais do que alguns encontros com alguns amigos e elas para perceber. Ao perceber a tentativa de afastá-los, o menino não pensou duas vezes em cortar a amizade, mas Sun Kyung não desistiu de importunar Ha-Neul. De repente, ela resolveu que quer ser modelo e ainda ser amiga de suas amigas. Mas Ha-Neul procura evitar discussões, embora sempre devolva suas afinetadas.



Par;

Kim Taehyung | 21 anos




Depois que foram apresentados por Yoongi, Taehyung e Haneul eram apenas amigos. Grandes e melhores amigos, mas apenas amigos. Não havia nada além disso até um certo ponto quando os seus amigos passaram a encontrar detalhes que, de acordo com ambos, não estavam, realmente, ali – como olhos brilhantes, sorrisos grandes e bochechas vermelhas sempre que falavam um do outro. Desde lá, as tentativas de fazer ambos finalmente pararem de enrolação são inúmeras e não parecem que vão parar. E, quando pensaram que estavam perdendo a paciência, Haneul e Taehyung admitiram para si mesmos que realmente estão apaixonados. Mas o outro ainda não sabe disso, e esse é o problema. Nunca estiveram em um relacionamento antes e são muito tímidos para darem o primeiro passo. Eles continuam sendo grandes amigos idiotas, com bochechas vermelhas e corações acelerados, mas ainda assim, grandes amigos.

Par Secundário/Reserva: Park Jimin



Colegas de banda;

É muito amiga de cada uma, e sempre está lá quando alguma delas precisa de ajuda em qualquer coisa. É aquela que sabe quando estão mal e é o ombro para chorar de todo mundo, além de ser aquela que todos buscam sugestões, pois saberem que ela sempre é sincera. Ha-Neul é, quando não está em seu modo grumpy, aquele tipo de amiga que fica brincando de irritar as outras, principalmente as mais velhas, para animar o ambiente ou só chamar a atenção delas. Pode até soltar um "Yah" de vez em quando, parecendo que não sabe que vai levar um tapa por isso. É louca por abraçá-las ao mesmo tempo que é louca para ficar apertando as nádegas essa palavra é muito engraçada delas e sair correndo.



Manager;

Ela ficou nervosa no início, por isso, tratou-a com um respeito que nem parecia ser a menina descontraída que era. Entretanto, com o tempo, ao ver que ela(e) não era um bicho de sete cabeças, relaxou e passou a agir como ela mesma ao redor da(o) manager, sempre brincando com esta(e).



Como se comporta em...

;treinos;
Durante as pausas, costuma ser a menina de sempre, provavelmente fazendo alguma brincadeira ou irritando alguma das membros, como sempre. Entretanto, durante o treino em si, fica completamente concentrada e não perde o foco por nada. Só passa a brincar durante as coreografias, por exemplo, se a brincadeira tiver começado por alguma das outras meninas.

;entrevistas;
Não costuma ser a que mais fala, mas muito menos a mais calada. Fala mais quando o assunto a interessa ou quando é direcionado a si, mas, caso não seja algo que a envolva muito, é possível que apenas faça um comentário, geralmente engraçado, uma vez ou outra.

;premiações;
Ao receber prêmios, ela não tem o costume de falar alguma coisa por morrer de vergonha, em vez disso, costuma ficar batendo palmas como uma foca sem perceber – e depois faz piada de si mesma nas redes sociais quando vê isso – e sorrindo como uma criança. Já quando grupos que ela gosta ou que é amiga dos membros, costuma ser uma verdadeira fangirl, comemorando, batendo palmas com um sorrisão no rosto, além de cantar e dançar sem se importar com nada.

;com outros idols;
É extremamente tímida com todos – tirando seus amigos – e sempre procura evitar iniciar uma conversa ao máximo possível. Mas, ao mesmo tempo, vai ficar incrivelmente feliz se algum iniciar assunto com ela, que alegremente vai tentar continuar a conversa sem gaguejar. Apesar da timidez, facilmente faz amigos com quem tem paciência de iniciar a conversa, e com idols não é diferente.



Já tinha tido algum relacionamento?

Não, e nunca sentiu muita necessidade. Sempre teve outras metas em mente.



;𝒶𝓇𝓉𝒾́𝓈𝓉𝒾𝒸𝑜;



Nome Artístico;

Haneul



Como foi descoberta?

Não estava em seus planos, mas Haneul foi convencida por Yoongi a fazer uma audição para a empresa.



Quanto tempo já tem de trainee?

Apenas um ano e alguns meses.



Cor que representa;

Amarelo; a cor da luz, do calor, otimismo e alegria.



Como se veste;

Haneul mistura o conforto ao estilo. Ela tem muita preferência por saias e calças jeans, blusas soltas e moletons, e tênis e botas. Claro que não despreza as outras peças, mas é mais vista por estas. Apesar de não ser seu objetivo, adota um estilo mais infantil, sem muita ausência de cores – embora adore estar de preto da cabeça aos pés de vez em quando –, mas sem sapatilhas por não ser muito fã delas. Adora meias 8/4 e bonés cobrindo os cabelos.














Demonstrações;

Vocal | Demi Lovato (Solo)



Dança | Yu Kagawa (Youtuber)



Rap | Euaerin (Nine Muses)





Posições;

;❀ vocalista;
principal

;❀rapper;
guia

;❀dançarina;
guia



Atividades extras;

Atriz



Tem redes sociais? Se sim, como as usa?

Possui Instagram e Twitter, ambos com o user @khannie. Não é tão ativa no Instagram, onde normalmente posta selcas com legendas aleatórias, normalmente algum comentário divertido ou dizendo o que está fazendo. Já no Twitter, costuma ser mil vezes mais ativa, está online 24/7. Posta selcas, vídeos, conversa com os amigos – e, sem querer, acaba dando uma interação desejada pelos fãs – e responde suas mentions sempre que pode. É conhecida, também, por saber todos os memes que existem na internet. Devido à isso, algumas pessoas acreditam que Haneul chega a stalkear os Twitters dos fãs, mas ela nunca confirmou isso apesar de ser bem provável, porque ela sabe das coisas.



Tem fã-clube pessoal?

Royals, e sua cor é a verde.

Ela escolheu o nome Royals (realeza) porque, usando suas palavras, todos os seus fãs são incríveis e devem ser tratados como realeza.

A escolha da cor foi por carregar o significado de algo que ela disse uma vez: enquanto Haneul será a alegria deles (amarelo), eles serão a sua esperança (verde).



Denominação;

Fake Angel

Nome dado por Haneul ter uma inocente aparência de anjo, mas, superficialmente falando, de angelical não tem nada.



;𝒻𝒾𝓃𝒶𝓁;

Um exemplo de "problema" que sua personagem poderia se envolver;

Haneul sempre se cobrou muito de si mesma, e isso afeta muito em si. Cobra de si, principalmente, melhoras no rap e na aparência. Sua forma de agir, sua aparência e até sua resistência física, podendo envolver algo como fraqueza, tontura ou até desmaio por causa de cansaço ou até por estar comendo pouco. Ficaria mais calada, mais na dela, o que não é muito comum. Os netizens provavelmente teriam diferentes reações: ou achariam que ela está "mudando", interagindo pouco, ou ficariam preocupados com ela. De uma forma ou de outra, é possível que resulte em alguma polêmica.

Outra coisa, caso a primeira não tenha agradado, é a sociabilidade de Haneul. Apesar de um pouco tímida, ela faz amizades facilmente, e qualquer coisa é motivo de rumores para algumas pessoas. Por isso, simples conversas ou sorrisos amigáveis podem resultar em rumores ou até um escândalo.



♬❀ — Se quiser, sugira um nome para o fandom do grupo. // criatividade mandou lembranças



Curiosidades;

Ela gosta de ler fanfictions;
Morre de vergonha de admitir, mas se fosse escolher seu tipo ideal (masculino), seria Jackson Wang;
É viciada em videogames;
O único emprego que já teve foi de babysister durante toda a sua vida, por isso se dá bem com crianças;
É muito próxima dos membros dos grupos BTS e GOT7, mas principalmente de Yoongi, Taehyung, Jackson, BamBam e Jaebum;
Se não beber café pela manhã, fica emburrada e quieta o dia inteiro;
Possui um anel de amizade com sua melhor amiga, Ji-Young;
Sua cor preferida é amarelo;
Já experimentou prender o cabelo e trocar de sala com seu irmão gêmeo, mas foram pegos e levados pela diretoria, apesar de não se arrependerem nem um pouco de terem tentando;
Ela ama astrologia, mas se fosse escolher outra carreira além da música, focaria na atuação;
A primeira coisa que repara em uma pessoa é o sorriso;



;𝓅𝒶𝓇𝒶 𝑜 𝒶𝓊𝓉𝑜𝓇;



Leu as regras?

Sim!



Vai comentar?

Claro.



Sua personagem agora está em minhas mãos, concorda com isso?

Sim!




ᴏʀʟᴅ ɪᴅᴇ ❞






ɴᴏᴍᴇ ᴏᴍᴘʟᴇᴛᴏ;

Park So-Mi



ᴀᴛᴀ & ʟᴏᴄᴀʟ ᴅᴇ ɴᴀsᴄɪᴍᴇɴᴛᴏ;

Nasceu no dia 5 de abril de 1999; 27/05/1999; em Busan, Coreia do Sul



ɪᴅᴀᴅᴇ;

17 anos ocidentais; 18 anos orientais



ᴘᴀʀᴇ̂ɴᴄɪᴀ;



So-Mi possui cabelos feitos de fios lisos com ondulações nas pontas, originalmente da cor castanho claro, entretanto, recentemente foram pintados, então ela é atualmente loira e está muito feliz com a mudança, porque a nova cor combinou muito com seu rosto. Seus olhos são grandes, arrendondados e tão escuros que as pupilas se misturam ao preto de suas íris. Sua boca é delicada e rosada, assim como suas bochechas. É magra e possui curvas na medida certa, sem exagero ou escassez.





Mostrar Spoiler: imagens;






ʜɪsᴛᴏ́ʀɪᴀ;

A infância de So-Mi não foi algo muito diferente de outras crianças comuns. Amava sua família, apesar de houverem desentendimentos de vez em quando. Era difícil quando, aos sete anos, as brigas dos pais começaram apenas para terminar quase três anos depois e, durante esse tempo, quem ficou sem brigar uma única vez foi ela e seu irmão – gêmeo, para ser mais específica. "Clone" também é uma boa palavra. Basicamente a menina de cabelo curto. Foi nessa época que eles se uniram mais do que nunca e permanecem assim até os dias atuais. Os dois se protegem muito e são muito amigos um do outro.

Até seus doze anos, So-Mi estava convencida de que seria ser fotógrafa, assim como sua mãe. Desde pequena, sempre amou pegar as câmeras ou celulares para tirar fotos e estas ficavam consideravelmente boas para sua idade. Sua mãe até mesmo a ensinou algumas coisas, feliz pelo interesse da filha. Entretanto, foi pouco antes de completar treze anos que ela percebeu o que realmente queria. Ao ir em uma apresentação de dança pública, foi como amor à primeira vista. So-Mi simplesmente ficou parada, estática, hipnotizada pelo o que aquelas pessoas estavam fazendo. Foi muito rápida ao anunciar que queria entrar em aulas de dança, e assim fez. Começou apenas com balé, mas então decidiu fazer dança contemporânea, street dance e sapateado. Claro que a sua rotina ficou cheia demais, então teve que abrir mão de alguma dessas aulas. Não muito feliz, fez apenas alguns meses de sapateado e teve que sair, convencida pela mãe, que estava preocupada com tantos esforços da filha.

Um ano depois, aos seus quatorze anos, acostumada com a sua nova rotina, So-Mi decidiu que queria, ainda, fazer aulas de canto. Contudo, sabia que a dança que fazia não era em uma academia barata, e não queria colocar coisas demais nas costas dos pais. Mesmo assim, durante esse tempo, seu amor não só pela dança, mas pela música também, cresceu tanto que não estava disposta a desistir por qualquer coisa. Juntando a quantia semanal de dinheiro que recebia dos pais para o almoço – comendo menos e/ou levava comida de casa –, foi capaz de conseguir uma boa nota após aproximadamente dois meses, e foi quando falou com os pais. Aquele dinheiro que tinha poderia pagar por duas aulas e, até lá, conseguiria juntar ainda mais para eles não precisarem gastar tanto dinheiro. Sua surpresa foi quando os pais, orgulhosos dela, mesmo concordando com o seu plano, resolveram aumentar um pouco o dinheiro que a filha ganhava – claro, para o irmão dela também.

E deu tudo certo. So-Mi conseguia pagar as suas próprias aulas de canto e descobriu algo que não sabia: para alguém que nunca havia cogitado cantar para viver, ela possuía uma ótima voz. Não ocorreu nada de muito relevante até ela fazer quinze anos um ano depois e, negando presentes ou a cirurgia que algumas meninas de sua idade fazem ao completar essa idade, So-Mi pediu uma única coisa: fazer audição para uma empresa de entretenimento. Acabou que ela havia pesquisado antes, e quando viu que a YG estava abrindo audições, não pensou duas vezes. E foi assim, aos seus quinze anos, que So-Mi tornou-se uma trainee.



ғᴀᴍɪ́ʟɪᴀ;

Jihyun || 42 anos || Mãe



Jihyun sempre foi o tipo de mãe que apoiaria tudo o que os filhos desejassem fazer da vida, mas, infelizmente, foi diferente com So-Mi. A preocupação de mãe falou mais alto do que a independência da filha – que é grande –, e, apesar de não ter feito muita coisa para impedir, sempre se encontra com um pé atrás na carreira dos sonhos de So-Mi, praticamente não percebe o quanto o apoio de sua mãe lhe faz falta. Jihyun quer sempre manter contato, mas, às vezes, esquece que a filha tem uma rotina cheia e acabam tendo algum desentendimento, mas não são muito sérios, por isso não costumam durar muito tempo. Ter a confiança e o orgulho da mãe, agora, tornou-se mais um dos motivos pelo qual So-Mi quer continuar fazendo o que faz.

Jong-Suk || 17 anos || Irmão



Jong-Suk sempre apoiou muito a irmã quando ela, aos quatorze anos, o contou que queria seguir uma carreia musical, mas o fez jurar segredo, o que ele fez sem pensar duas vezes. Eles são muito próximos e confiam muito um no outro, por isso, a primeira pessoa que passou pela cabeça de So-Mi para saber sobre a música foi ele, e foi um alívio quando ele lhe deu um apoio tão grande. Os dois não passam muito tempo sem se falarem, até porque os dois ainda estão na escola, no terceiro ano. Quando acontece de não se verem, sempre acabam se falando por Skype, celular ou por mensagem mesmo, mas sempre procuram falar um com o outro, nem que seja apenas uma conversa de dez minutos.

Min-Jun || 41 anos || Pai



Enquanto a mãe é tão preocupada e o irmão adora mostrar o quanto a apoia, o pai de So-Mi, Min-Jun, é um pouco mais neutro. Quando soube sobre o que a filha queria fazer, ditou todas as coisas que vão ou que poderiam acontecer, juntamente a tudo que estaria abrindo mão, e, quando So-Mi não relutou nem por um instante, Min-Jun sentiu um enorme orgulho em si. So-Mi havia pensado e, apesar de tudo, não desistiria por nada. Apesar de não demonstrar tanto quanto o irmão dela, ele está muito orgulhoso da filha – demonstra com pequenas coisas, como mensagens repentinas ou presentes com cartões escrito um "Parabéns!". Não se falam muito, mas quando falam, as conversas são enormes e muito boas para animar So-Mi em seus piores dias.



ᴇʀsᴏɴᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ;



Ela possui uma personalidade que contradiz a si mesma; aparenta ser um livro aberto ao mesmo tempo que esconde os seus sentimentos e apesar de distraída, nota pequenas coisas que geralmente passam despercebidas.

So-Mi é aventureira e energética, sempre está dispostas a fazer coisas diferentes e até arriscadas. Não que seja a pessoa mais corajosa do mundo, entretanto, prefere enfrentar seu medo do que viver com ele. Um exemplo disso é quando tinha medo de altura, foi uma decisão sua pular de asa delta e, apesar de todo o pânico que sentiu, hoje não sente tanta coisa quando o assunto é ficar em grandes alturas. Procura aproveitar-se de todas as oportunidades que recebe, buscando não se arrepender de nada no futuro. Pode aparentar não ter medo de nada, mas essa "máscara" cai se algo bobo, como ser presa em um simulador de casa mal-assombrada, acontecer.

Devido à sua disposição a tentar coisas novas, So-Mi tende a ser uma pessoa muito adaptável, e não costuma esquentar a cabeça com coisas pequenas. É o tipo de pessoa "está no inferno, abrace o diabo", e geralmente lida bem com as coisas que chegam até ela. Pode parecer não se importar muito por causa disso, mas essa aparência não é verdade.

So-Mi é uma pessoa conhecida por, apesar de um pouco tímida, divertida e boba, parecendo irradiar alegria e bom humor todos os dias – exceto no início da manhã, quando acorda, que fica quieta e encarando um ponto fixo na parede. Procura ser sempre o mais positiva possível e, caso aconteça de, alguns dias, não estar com vontade de sorrir o tempo todo, se esforça para continuar sendo a mesma de sempre, usando o humor para esconder os seus sentimentos.

É verdade que ela consegue reparar em pequenas coisas que ninguém mais nota em outras pessoas, mas ao mesmo tempo consegue ser incrivelmente distraída, principalmente quando está com a cabeça cheia ou quando está sozinha, sempre sonhando acordada, com a cabeça nas nuvens, e, consequentemente, até um pouco desastrada. É bastante criativa, contudo, sua criatividade vem de repente, em picos de energia aleatórios, por isso, pode estar tomando banho ou ser tarde da noite, mas So-Mi sempre aproveita ao máximo essas horas.

Por ser alguém que sempre está tentando ajudar os outros e pensando neles em primeiro lugar, So-Mi pode não somente acabar sendo manipulada sem perceber, como também pode ser o tipo de pessoa que sempre faz de tudo para agradar os outros, raramente colocando suas vontades em primeiro lugar e se importando além do que deveria para a opinião alheia, e pode fracassar ao gerir suas próprias necessidades. Entre outros defeitos, So-Mi, com tanta determinação, torna-se uma pessoa teimosa, que sempre tenta provar o seu ponto e bate o pé até convencer alguém. Mas, ao mesmo tempo é muito honesta, por isso, ao contrário de muitos, não dá tanta importância ao orgulho na hora de pedir desculpas e admitir seu erro – mas, claro, apenas com a razão provada.





ᴜʀɪᴏsɪᴅᴀᴅᴇs;

Suas cores preferidas são o branco e o azul;
Está aprendendo a tocar violão;
Gosta do 7, o número da perfeição;
A primeira coisa que repara em alguém é o sorriso;
É muito boa na maior parte das matérias da escola, exceto física;
Além do coreano, sabe falar inglês, espanhol e está aprendendo o japonês;
Sempre que está estressada, triste ou desmotivada, ela dança;
Recentemente, começou a aproveitar seus picos de criatividade para compor músicas, mas tem vergonha de torná-las públicas;
Possui duas hélix na orelha direita;
Ama fazer covers;



ᴏᴍᴏ ᴛʀᴀᴛᴀ ᴏs ᴀᴍɪɢᴏs & ɪɴɪᴍɪɢᴏs?

Amigos


Com o seu carisma sendo mais forte do que a timidez, So-Mi normalmente conquista as pessoas com facilidade, entretanto, não são todos quem ela considera, realmente, seus amigos, embora não seja uma pessoa cheia de exigências. Tudo o que exige em uma amizade é suporte e sinceridade, o resto, para ela, é lucro. So-Mi considera os amigos a sua família, e faria tudo e mais um pouco por eles. Sempre é vista como a amiga brincalhona e que faz todos rirem, nunca é vista séria, exceto quando é um assunto sério e, principalmente, quando envolve seus amigos. É uma verdadeira confidente e uma ótima ouvinte, no entanto, não é muito boa em conselhos, por causa disso, prefere dar apoio emocional em vez de soluções para algum problema. Adora cuidar deles, mas ama ser cuidada, apesar de não exigir isso de ninguém. É a criança do grupo, e, apesar de serem raros, tem alguns momentos em que muda de papel e torna-se a mãe ou o pai entre os amigos.

Inimigos


So-Mi não faz o tipo de gente que guarda rancor ou cria ódio por alguém. Segundo ela, não tem tempo de odiar ninguém, ou seja, é gostar ou simplesmente não se importar. Apesar de evitar os considerados inimigos, não é rude, porque educação é diferente de falsidade. Caso a cumprimentem, ela cumprimentará de volta, mas não tenta fazer nenhuma conversa com tal pessoa durar por mais de cinco minutos.



sᴇxᴜᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ;

Heterossexual, mas apoia aberta e orgulhosamente a comunidade LGBT.



ɪᴘᴏ ɪᴅᴇᴀʟ;

"Eu nunca fui rígida com algo como o meu tipo ideal, nunca me importei muito com isso. Tudo o que eu quero é uma pessoa que me faça rir, cuide de mim e saiba quando me apoiar e me dar um choque de realidade. Sei que, quando era mais nova, queria que ele fosse moreno, com a pele um pouco bronzeada e bem mais alto do que eu. Mas, agora, se fosse falar fisicamente, eu gostaria de um sorriso bonito. Eu realmente reparo e gosto muito de sorrisos."

"Não é um padrão, mas se eu tiver que escolher alguém, seria o Baekhyun, do EXO. Ele é uma pessoa boa e tem um sorriso muito bonito."



ʀᴏᴍᴀɴᴄᴇ;

Jeon Jeongguk or Jungkook || Group - BTS || 19 anos ocidentais; 20 anos orientais





Personalidade: Jungkook é tímido – apesar de ter perdido uma grande parte de sua timidez com o passar do tempo – e, de acordo com os membros, possui uma personalidade muito gentil, é fofo e deixa claro aquilo que gosta e não gosta. Não costuma falar muito. Embora queria parecer viril, é, na realidade, só um urso de pelúcia gigante – 1,78 metros, exatamente. É chamado de "Golden Maknae[i]" por ser extremamente talentoso, inclusive, é muito em desenho e sabe andar de skate. É, pelo o que é possível ver pelos vídeos, também um tanto competitivo e pode agir convencido quando ganha alguma coisa – um jogo, por exemplo – ou quando é elogiado, apesar de dizer não se achar bonito. Gosta de irritar os amigos imitando-os. Ele diz que gosta de ser o [i]maknae porque ele tem a vantagem de agir infantilmente. É uma criançona, na realidade, e sempre é completamente confortável em ser bobo – por isso há tantos memes dele espalhados na internet.

So-Mi já conhecia Jungkook desde até mesmo antes do debut de seu grupo. É uma amiga de infância de Jimin, e foi através dele que conheceu o menino e o resto dos membros, tornando-se uma amiga próxima deles. Por ele ser tão tímido, especialmente antes de estrear, e So-Mi sendo um pouco tímida também, a amizade entre ambos não foi imediata como aconteceu com os outros, mas sim aos poucos, à medida que todos encontravam algum tempo para encontrarem-se. E, quando finalmente encontravam-se confortáveis, acabaram se tornando inseparáveis – isso já depois de eles debutarem, e foi quando os dois passavam algumas noites conversando por Skype ou celular –, até porque são os que possuem a idade mais próxima, então é mais fácil de se darem bem. Isso não passou despercebido pelos outros, que passou a provocarem os dois mais novos do grupo, dizendo coisas como que pareciam ou deveriam ser um casal, deixando-os envergonhados. O que poucos sabem, é que So-Mi e Jungkook já se beijaram uma vez, uma única vez. So-Mi contou apenas a Jimin, seu diário humano, que desde então varia entre provocá-la, brincar de cupido e agir como um irmão mais velho protetor. Ela e Jungkook tentam evitar pensar nesse acontecimento o máximo possível, mas é impossível ele não vir à mente da menina às vezes.

Os dois agem como melhores amigos, como já dito antes. Brincam, se desafiam e se provocam, mas também dão apoio e cuidam um do outro. Apesar de, na maior parte do tempo estarem sendo as criançonas que realmente são, sem nada para atrapalhar, é comum que ajam momentos em que fiquem tímidos um com o outro, como elogios, aproximações que ultrapassam os limites do seguro e demonstrações de carinho e/ou preocupação. So-Mi deseja muito falar sobre o que aconteceu com Jungkook, mas teme que isso estragará a forte amizade que possuem, por isso, tenta se contentar com o que tem. Ainda não sabe se deveria ficar feliz por serem amigos ou triste porque é isso o que eles sempre serão.





sᴛᴀɢᴇ ɴᴀᴍᴇ;

Somi



ʟɢᴜᴍ ᴛɪᴘᴏ ᴅᴇ ᴘʀᴏʙʟᴇᴍᴀ ϙᴜᴇ ᴘᴏᴅᴇʀɪᴀ ᴇɴᴛʀᴀʀ;

Um tipo de problema mais coerente seria, provavelmente, algo relacionado à sua saúde, como exaustão ou dietas muito rígidas. Somi tem esse perfeccionismo quando o assunto são as coisas que gosta de fazer, e tende a se sobrecarregar e colocar pressão demais em si mesma. Além disso, possui a autocrítica, por isso, caso alguém a critique, há enormes chances de que ela já tenha dito isso para si mesma antes. Coisas como passar noites em claro ensaiando coreografias ou a sua voz são extremamente comuns para ela, que não vê nenhum problema nisso, mesmo que as integrantes, preocupadas, lhe digam que não é saudável e que deveria parar. Tonturas ou até desmaios em público são coisas que poderiam causar polêmica e fazer os internautas criarem teorias, desde as mais leves, prováveis e corretas até as mais absurdas. Isso pode ser causado por esforço exagerado ou mesmo por alguma dieta não saudável que resolveu seguir.



ᴇ ϙᴜᴀʟ ᴇᴍᴘʀᴇsᴀ ғᴀᴢ ᴘᴀʀᴛᴇ?

YG Entertainment



ᴛɪᴠɪᴅᴀᴅᴇs ᴇxᴛʀᴀs;



ᴀ ᴛ ʀ ɪ ᴢ;

Atuando, participou de dramas como Cinderella and the Four Knights (2016, personagem principal) e Twenty Again (2015, personagem secundária), entre outros.

s ᴏ ʟ ᴏ ﹙﹖﹚;

Os inúmeros covers que Somi gosta de fazer trouxeram atenção à sua voz, que, apesar de, obviamente, não ser como a da main vocalist do grupo, é denominada como "angelical" – imagino como o tom da IU na música Palette. Somi disse para os fãs que estava pensando e, talvez o pedido deles se realizaria. Mas, até o momento, nada mais foi anunciado, por isso ainda há dúvidas sobre o início sua carreira solo, se realmente acontecerá.

ᴍ ᴀ ɪ s;

Quando tem dias livres, aproveita alguns deles para fazer trabalho voluntário em orfanatos, asilos e ajuda comunidades que resgatam animais de rua. Procura manter-se por trás da câmera nessas horas, mas sempre há alguém que a encontra.



ᴏᴍᴏ ғᴏɪ ᴅᴇsᴄᴏʙᴇʀᴛᴀ/ᴇɴᴛʀᴏᴜ ɴᴏ ɢʀᴜᴘᴏ?

Por meio de uma audição presencial aos seus quinze anos, nada fora do comum ou especial.



ᴏᴍᴏ ᴀɢɪᴜ/sᴇɴᴛɪᴜ﹣sᴇ ᴄᴏᴍ ᴀ sᴀɪ́ᴅᴀ ᴅᴀs ɪɴᴛᴇɢʀᴀɴᴛᴇs? ᴇ ᴄᴏᴍ ᴀ ɪɴᴛʀᴏᴅᴜçᴀ̃ᴏ ᴅᴇ ᴜᴍᴀ ɴᴏᴠᴀ?

Somi ficou muito abalada. Teve algumas tentativas de conversa com elas, mas, no final, sabia que tinha que respeitar suas decisões, e assim fez. Os ensaios e apresentações ficariam – e ficaram – vazios sem elas. Somi tentou ao máximo passar positividade para as outras integrantes e confortá-las, mas, internamente, estava tão mal quanto elas. Sentiu uma mistura de tristeza e uma pequena raiva de pensar que estivesse sendo traída, entretanto, expulsou esse último sentimento mais rápido do que ele chegou.

Ao saber que uma nova integrante seria introduzida, Somi ficou surpresa por um pouco tempo, como se a sua ficha não tivesse caído. Contudo, ao voltar para a realidade, tentou ao máximo passar por cima da timidez e ser o mais receptiva possível, querendo fazer a nova menina sentir-se confortável e no lugar certo. Sabe o quão assustador é ser a novata, e fez tudo e mais um pouco para a integrante se sentir bem perto dela e das outras meninas.



ᴏᴍᴏ ᴀɢᴇ ɴᴀs ᴅɪᴠᴇʀsᴀs sɪᴛᴜᴀçᴏ̃ᴇs ᴄᴏᴍᴏ ɪᴅᴏʟ?

Em situações como entrevistas e programas de variedade, é natural que Somi seja a mais quieta no início, lentamente adaptando-se à situação e soltando alguns comentários – geralmente brincadeiras – que tomou coragem para falar por causa da timidez. Então, é lentamente que ela vai se soltando, e mostrando o quanto ela pode ser divertida, louca e boba.

A forma como o seu jeito de agir nos shows muda é muito comentada entre as pessoas. Somi, durante as coreografias e principalmente quando é a sua vez de cantar/rap, ela torna-se extremamente concentrada, como se estivesse em outro lugar, e às vezes, caso o conceito seja fofo, pode acontecer de ela quase se esquecer das expressões leves que é recomendado carregar no rosto. Apenas nas coreografias mais "soltas" e voltadas ao freestyle que ela permite-se brincar no palco, com as integrantes e os fãs.

É muito carinhosa e divertida com os fãs, que alega serem suas almas gêmeas. Ama fazer lives, seja para falar algo que já havia planejado ou responder algumas perguntas, apenas conversando e interagindo com eles. Procura dar tanta atenção aos fãs nacionais quanto aos internacionais, e é muito apreciada por isso. Trata os fãs como amigos, mas de um jeito tão natural que parece que se conhecem há muito tempo. Tem um amor e carinho enorme por eles.

Somi nunca pensou em falar demais com outros idols, exceto os que já tem amizade, por isso, geralmente são apenas cumprimentos e sorrisos, até porque a possibilidade de ela gaguejar na primeira conversa é enorme. Contudo, os que têm vontade e paciência de, realmente, criar uma amizade com a menina, se surpreendem – principalmente os que não assistem lives ou vídeos – com o tanto que ela é aberta e solta com aqueles com quem tem intimidade.



ʀᴇᴘʀᴇsᴇɴᴛᴀ ϙᴜᴀʟ ᴄᴏʀ?

Azul claro

O azul claro significa harmonia, abertura e frescor. É a cor mais fria das cores frias, proporciona às pessoas uma sensação amigável e estimula a criatividade.



ᴏsɪçõᴇs;

Dançarina principal, rapper guia, sub-vocal



ᴇʀsᴏɴᴀ;

The Sunshine

Mostrar Spoiler: ♡ o b s ♡


ᴛɪᴘᴏ sᴀɴɢᴜɪ́ɴᴇᴏ

O+

ᴀʟᴛᴜʀᴀ

1,65 metros

ᴘᴇsᴏ

49 quilogramas






ᴀssʜᴜᴘ ᴅᴜғғ ❞




[ . . . ᴍ ᴇ s s ᴀ ɢ ᴇ ғ ᴏ ʀ ᴡ ᴅ ᴜ ғ ғ . . . ]

ɴᴏᴍᴇ sᴏʙʀᴇɴᴏᴍᴇ;

Clara Gomes Rodriguez



ᴘᴇʟɪᴅᴏ;

Barbie Apelido dado graças à sua semelhança na aparência com a boneca. No início, Clara o detestava sem nenhum motivo aparente, apenas uma implicância. Entretanto, conforme o tempo passou, ela acostumou-se com a denominação e atende automaticamente ao ser chamada assim.

Sunshine Começou como uma brincadeira pela personalidade brilhante e, literalmente traduzindo, "ensolarada" – sunshine em inglês significa raio de sol, mas essa tradução é demais. Mas, gradualmente, mais e mais pessoas passaram a chamá-la assim com mais frequência.

Loira Esse apelido surgiu por uma viagem internacional do WDUFF, onde, em um país, chegou a ser cômico o número de vezes que se referiam à ela como "Loira" – como, por exemplo, ouviram pessoas falando dela e dizendo "a loira", "aquela loira", e conversando com ela, diziam coisas como "qual é o seu nome, loirinha?", e até um menino pequeno chamou-a de "moça loira". Desde então, o apelido tornou-se comum.

Clara não possui muitos apelidos fixos ou tão populares quanto estes, mas ela sempre acaba ganhando um novo, principalmente por passar por muitas situações engraçadas que resultam em diferentes nomes dados à ela.



ᴀᴛᴀ ᴅᴇ ɴᴀsᴄɪᴍᴇɴᴛᴏ;

7 de abril de 1998 07/04/1997



ɪᴅᴀᴅᴇ;

19 anos



sɪɢɴᴏ;

Áries



sᴇxᴜᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ;

Bissexual



ɪᴅᴀᴅᴇ ɴᴀᴛᴀʟ;

Sete Lagoas, Minas Gerais



ʟᴛᴜʀᴀ ᴇsᴏ;

52 quilogramas e 1,60 centímetros



ɪᴅɪᴏᴍᴀs ϙᴜᴇ ғᴀʟᴀ/ғʟᴜᴇ̂ɴᴄɪᴀ;

Inglês Fluente. Por ser um idioma importante e fundamental, possuir tantos jogos nele e simplesmente pelo gosto de aprender, Clara tem um inglês praticamente perfeito, quase sem sotaque. Aprendeu por cursos e escola, além de sempre ter mantido contato com a língua por meio da internet.

Mandarim Fluente, mas, ao contrário do inglês, há um pouco mais de sotaque que ela tenta corrigir. Aprendeu não só por amar a Ásia em geral, mas também por estar pensando no futuro, aproveitando que a China é uma das maiores potências mundiais. Fez cursos aos quinze anos, foi difícil, mas conseguiu.

Coreano Básico. Clara atualmente está aprendendo o idioma apenas por gosto e vontade de conhecer o país – além de estar ansiosa para entender absolutamente tudo o que dizem nas letras das músicas. Costuma usar seu tempo livre para estudá-lo.

Além do português, é claro, sua língua nativa. Além disso, quando terminar de aprender o coreano, Clara pretende aprender japonês, para finalmente entender os jogos e animes. Ela não é uma máquina, claro, e provavelmente passará por dificuldades, mas sua força de vontade é muito grande.



ᴘᴀʀᴇ̂ɴᴄɪᴀ;

Photoplayer: Sage Tullis

Mostrar Spoiler: ♡imagens






ᴇsᴄʀɪçᴀ̃ᴏ ᴅᴀ ᴘᴀʀᴇ̂ɴᴄɪᴀ;

Clara é a personificação do padrão de beleza americano, mas nem tanto do brasileiro. Ela parou de crescer entre treze e quatorze anos, mas, apesar de estar longe de ser alta com seus 1,60, já se acostumou a ser uma das baixas entre as amigas, até faz brincadeiras com isso. Suas pernas, são de um tamanho padrão, não sendo tão longas quanto gostaria que fossem. Está acostumada a ouvir que pesa mais do que parece, mas isso é porque seus 52 quilogramas são bem distribuídos em seu corpo. Possui curvas balanceadas entre pequenas e grandes, nada diminuto ou exagerado. Possui a cintura fina, barriga lisa e medianas coxas torneadas. Seu quadril, também mediano, possui algumas pequenas listras brancas – estrias – na pele. O busto, assim como o resto das curvas, é balanceado entre o pouco e o muito.

Possui a pele – infelizmente – clara demais para quem vive em um país como o Brasil, entretanto, agradece por conseguir bronzear-se em vez de parecer uma pimenta – exceto nas bochechas, que sempre abusam da vermelhidão quando Clara fica exposta aos mínimos raios de Sol. Seu rosto, nas áreas do nariz e abaixo dos olhos, é pintado de pequenas e claras, porém visíveis, sardas, as quais ela nunca consegue encontrar o que os outros vêem de fofo. Possui cílios de tamanho mediano, porém bastante cheios, que dão bastante destaque aos seus olhos azuis profundos contornados por uma auréola escura. Sua boca é pequena, mas composta de lábios cheios e avermelhados, como se tivesse passado algo sobre eles. Suas sobrancelhas são arqueadas e Clara é um tanto obcecada por elas, sempre mantém o maior cuidado. Possui um nariz de boneca, pequeno e um pouco arrebitado. Seus cabelos são loiros naturais, claros com a raiz um pouco escurecida. Eles chegam até seus ombros em algumas leves e quase imperceptíveis ondas. Seus dentes são brancos e perfeitamente alinhados, mas isso graças a um longo sofrimento de dois anos com aparelho na boca.



ᴇʀsᴏɴᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ;

Apesar de aparentar ser sempre extrovertida, Clara é muito tímida, o que surpreende as pessoas que ainda não falaram diretamente com a menina. Por esse motivo, pode dar a primeira impressão de uma menina quieta e certinha que pede desculpas quando solta um palavrão e fica vermelha com piadas ambíguas, entretanto, está bem pelo contrário. De verdade, a aparência de anjo que possui contradiz muito a sua personalidade.

E isso torna-se bem óbvio ao conhecê-la melhor, passando pela barreira criada por sua timidez. Clara é uma pessoa extremamente brincalhona e idiota, sempre está sorrindo e/ou rindo e fazendo as pessoas ao seu redor fazerem o mesmo. Ela possui um espírito aventureiro, por isso, sempre está indo atrás do que não deve e se metendo em problemas – mas que, de alguma forma, sempre consegue escapar ilesa. É exatamente o tipo de pessoa que faria alguma coisa só por terem lhe dito que não deveria fazê-lo. Raramente segue as regras, somente quando é estritamente necessário. Isso não deve-se à rebeldia não, e sim por causa do desejo de liberdade que ela possui. É como se fosse movida à adrenalina, sempre perseguindo aquilo que faz o seu coração acelerar.

Clara é consideravelmente competitiva, apesar de sempre se esforçar para isso não torná-la egoísta. Adora ganhar e se exibir por isso apenas para irritar os amigos – coisa que adora fazer –, mas é bastante honesta: se ela perder, perdeu. Claro que não significa que a menina não insistirá em uma revanche. É muito persistente, tão persistente que pode torná-la um pouco teimosa, mas tem mentalidade o suficiente para saber a hora de passar por cima do orgulho e admitir quando está errada.

É bastante viciada em café, o que pode torná-la hiperativa, e por isso é bastante comum vê-la fazendo vídeos ou lives às duas horas da manhã, ou até praticando para uma apresentação. Não dorme mais do que nove horas e prefere desse jeito – de acordo com ela, "para que dormir se poderia estar fazendo algo mais divertido?" e ainda com um sorriso malicioso estampado na cara. Apesar de geralmente estar sempre acordada e bastante elétrica, é uma pessoa especialmente noturna, que é como seu horário de pico, onde tem uns surtos de criatividade repentinos.

Mesmo sendo uma pessoa muito ansiosa e que morre de tédio em filas de espera, batendo os pés como uma criança, é muito difícil Clara ter um surto de raiva. Não por ela ser a pessoa mais paciente do mundo, mas sim por possuir autocontrole e altruísmo. São bastante poucas as vezes que entra em uma briga e, quando entra, é porque lhe disseram ou fizeram algo realmente sério, seja pessoal ou não. Por parte do altruísmo, é que Clara sempre, em todas as situações, tenta pensar nos outros e, consequentemente, colocando-se em segunda lugar. Não se importa muito com isso, porque gosta muito de ajudar as pessoas e alegrá-las. Mas também é humana e, quando fica irritada, nunca se sabe se é necessário sentir medo ou culpa.

Há mais uma contradição em sua personalidade: apesar de apaixonada por filmes, jogos e brincadeiras de terror, Clara se assusta muito facilmente, e é provavelmente por causa desses seus surtos de medo durante gameplays de terror que as pessoas gostam tanto de assisti-las. Finalmente, ela é bastante distraída e vive com a cabeça nas nuvens, consequentemente nunca olha para onde anda e é muito desastrada, por isso, é muito comum vê-la com uma pequena marca roxa nova no braço todos os dias.



ʜɪsᴛᴏ́ʀɪᴀ¹;

Clara era imprevisível literalmente desde seu nascimento, nascida durante o meio de uma madrugada em Minas Gerais. Ela é a segunda filha mais nova, tendo os gêmeos mais velhos Helena – mais chamada de Lena – e Matheus, ambos de, atualmente, 23 anos, e a caçula Isabella de, agora, 12 anos. Foi um pouco complicado para Rafael e Lara, os pais, cuidarem de quatro filhos, principalmente tendo dois encrenqueiros na família, vulgo Clara e Matheus, que não podiam serem deixados sozinhos, caso contrário era certo de que fariam alguma coisa errada e digna de sermões. Apesar de terem mais quatro pessoas na família, Clara sempre foi encantada com Isabella e vice-versa, por isso sempre passaram muito tempo juntas e a penúltima filha sempre cuidou muito da irmã mais nova.

Mesmo com todo o carisma apresentado aos amigos e à família, Clara sempre fora muito tímida desde pequena e, por causa disso, nunca teve muitos amigos na escola. Nada muito grave chegou a acontecer além de algumas provocações vindas de três ou quatro colegas de sua sala que sempre possuíam alguma vítima gravadas em suas mentes de doze anos. Clara alegremente ignorava-as até que resolveram mudar o alvo para uma de suas melhores amigas, então não pensou duas vezes antes de enfrentá-las. Acabou indo para a diretoria ao empurrar a menina no chão e ganhando uma advertência, mas nunca se arrependeu do que fez. Até ganhou o apoio do pai e dos irmãos quando contou sua parte da história, por mais que a mãe ainda tentasse argumentar, dizendo que não deveria bater nas pessoas. Depois disso, os professores acharam melhor separar as duas de sala e, desde lá, não houveram mais cochichos ou provocações. Muito pelo contrário; Clara até fez mais amigos por causa de sua ação em defesa à amiga, apesar de que a outra menina permaneceu procurando jeitos de infernizar a vida da outra até o fim da escola por ter a feito de idiota em público. Clara sentia bastante raiva sim, mas preferiu ignorar e não tomar outra advertência. A partir daí, nada de incomum ou realmente diferente aconteceu em sua vida até seus dezesseis anos.



ʜɪsᴛᴏ́ʀɪᴀ²;

Clara sempre foi uma menina muito fã de qualquer coisa que tenha relação à internet e, acima de tudo, jogos. Antes, preferia ficar no anonimato e só jogar por si só, chamando os amigos de vez em quando, mas acabou que, um dia, resolveu dar as caras – vozes – em um jogo online e foi por causa de todo o carisma que Clara esbanjava todas as vezes que voltava àquele jogo, agora sempre comunicando-se com os outros jogadores – e ignorando as exclamações surpresas por ser uma mulher e, ainda mais, uma mulher ótima no videogame –, que recebeu o convite de se juntar ao Wasshup Duff. Possuía em torno de dezesseis anos na época, e tinha essa pessoa com quem sempre conversava naquele mesmo jogo – com todo o cuidado, claro –, e acabou que ela era alguém da equipe do canal com o pensamento de que Clara seria uma boa ideia.



ᴍɪɢᴏsɪɴɪᴍɪɢᴏs;

﹢; amigos;

Alice Carvalho 20 anos



Elas são amigas desde que a loira entrou na escola e, por acaso, Alice é a amiga que Clara defendeu quando tinha por volta de onze e doze anos. São extremamente unidas e variam entre protegerem-se com suas vidas e fazerem com que a outra passe vergonha, ainda rindo da desgraça alheia à distância. Alice atualmente é estudante de psicologia e uma aluna muito esforçada, mas sempre encontra tempo para a melhor amiga.

Sara Martins 20 anos



Clara, Alice e Sara já se conheciam há muito tempo, entretanto, apenas no primeiro ano do Ensino Médio, a primeira começou a conversar mesmo com a até então desconhecida. Clara acabou criando amizade com Sara que, naturalmente, tornou-se amiga de Alice. Apesar de não se conhecerem há tanto tempo quanto Clara e Alice, Sara possui uma amizade forte com as outras e tem o costume de agir como uma mãe. Atualmente estuda arquitetura na universidade.

Leonardo Mendes 19 anos



Leonardo foi um dos colegas de classe antigos de Clara e Alice que quis aproximar-se da primeira simplesmente por ter adorado a primeira ter empurrado aquela menina implicante do colégio. Os três aproximaram-se, de início, conversando de vez em quando, entretanto, conforme o tempo passou, tornaram-se bons amigos e até hoje riem de como e por quê a amizade deles começou. Leonardo hoje estuda Ciências Biológicas, focando na Biologia Marinha.

Equipe do Wasshup Duff



Para Clara, eles são todos como uma grande família, e possui um carinho especial por terem aceitado uma menina tão nova e tão tímida na equipe, acreditando em seu potencial mesmo quando ela mesma não o fazia.

﹢; inimigos;

Amanda Alvarenga 20 anos



Clara recentemente descobriu que a menina que pensou ter se livrado assim que pisou para fora do colégio pela última vez – ficando, assim, livre dos olhares feios e falsidade pelo resto da vida – havia criado um canal no youtube de maquiagem e jogos e, ainda por cima, citou o Wasshup Duff, comentando que estudou com uma das pessoas de lá. Obviamente queria atenção, entretanto, Clara permanece ignorando a sua existência, apesar de morrer de raiva ao vê-la agindo com a mesma falsidade da escola.



ɢᴏsᴛᴀ/ɴᴀ̃ᴏ ɢᴏsᴛᴀ;

﹢; gosta;
Café | Dançar | Doces | Música | Jogos | Ler | Pelúcias | Dias frios | Seriados | Fanfictions | Skinship | Fazer as pessoas rirem | Família&Amigos | Gravar vídeos&Fazer lives | Filmes e jogos de terror, apesar de morrer de medo

﹢; desgosta;
Salada | Mentiras/Falsidade | Ser subestimada | Grande parte dos filmes românticos cheios de drama | Hospitais



ᴇᴅᴏsғᴏʙɪᴀs;

Medo de escuro;
Aracnofobia;
Atelofobia



ᴀɴɪᴀs;

Sorrir mordendo o lábio;
Pular nas pessoas como cumprimento;
Fazer bico quando está pensando;
Mania de limpeza



ᴏsᴛᴜᴍᴇsʜᴀ́ʙɪᴛᴏs;

Beber café de manhã e de noite;
Tirar fotos das pessoas em segredo;
Respirar fundo e contar até três antes de gravar um vídeo/live;



sᴜᴀs ʀɪɴᴄɪᴘᴀɪs ɪɴsᴘɪʀᴀçᴏ̃ᴇs;

Alan Ferreira; youtuber
Selena Gomez



ғᴀᴛᴏs;

Clara sabe andar de skate;
Ela é um pouco ciumenta;
Achou alguma coisa quebrada? Foi ela;
Prefere filmes de terror do que romance;
Ama que mexam em seu cabelo;
Está sempre lendo fanfics;
Ela não costuma beber, mas quando bebe, bebe mesmo;
Tem vários tipos de risadas, entre elas, somente uma é silenciosa;
Ama torta de limão;
Só fica mal-humorada quando não toma café de manhã;
Gosta muito de dançar e é uma boa dançarina



ᴀʀᴄᴀs﹐ ɪᴄᴀᴛʀɪᴢᴇs﹐ ᴀᴛᴜᴀɢᴇɴs﹐ ᴜᴛʀᴏs;

Uma tatuagem no antebraço que carrega, para ela, uma representação de liberdade.





ϙᴜᴇ ᴏᴄᴇ̂ ᴇ́ ɴᴏ ᴀssʜᴜᴘ ᴜғғ;

Gamer



ᴄᴏʀᴅᴏ ᴏᴍ ᴏ ϙᴜᴇ ᴏᴄᴇ̂ sᴄᴏʟʜᴇᴜ ɴᴀ ᴀᴛᴇɢᴏʀɪᴀ ɴᴛᴇʀɪᴏʀ﹐ ᴏ ϙᴜᴇ ʀᴇᴛᴇɴᴅᴇ ғᴀᴢᴇʀ ɴᴏ ɢʀᴜᴘᴏ?

Clara costumava fazer vídeos de gameplays mais leves e engraçados, mas, quando resolveu fazer um vídeo especial, atendendo o pedido dos inscritos e trazendo um jogo de terror que a fez repetir a cada segundo que ia perder a voz qualquer hora por tantos gritos, percebeu o quando agradou o público e pensou; por quê não continuar com eles, se gostam tanto desse tipo de vídeo? E essa foi a pior escolha dessa vida. Atualmente, a maior parte dos vídeos e lives repentinas anunciadas às duas horas da manhã no Twitter são feitos de jogos de terror.



ᴀʀ ʀᴏᴍᴀ̂ɴᴛɪᴄᴏ;

Jackson Wang – 23 anos – GOT7





ᴏᴜᴘʟᴇ ʀɪɴᴄɪᴘᴀʟ;

Clakson



ᴏᴍᴏ ɪ́ᴅɪᴀ ʀᴇᴀɢᴇ ᴀᴏ ʀᴇʟᴀᴄɪᴏɴᴀᴍᴇɴᴛᴏ?

A mídia se dividiu em duas: uma parte divertidamente apontava os dois como almas gêmeas devido às personalidades semelhantes e a outra não poupava xingamentos à Clara, não só por estar namorando Jackson, com tantas fãs que sonham em estar com ele, mas também simplesmente por ser estrangeira. Ela chegou até a ser ameaçada. Por causa disso, Clara chegou a passar um curto período de tempo – porém maior do que o normal – sem fazer suas lives, com medo do hate que poderia receber, e isso chamou a atenção não só do namorado, mas dos fãs dela também. O apoio e a força que Jackson lhe deu somado ao fato de que fãs de todo o mundo literalmente subiram uma tag no Twitter para animá-la após esta comentar sobre a pressão que estava sofrendo fizeram Clara voltar com toda a animação possível. Quando a poeira abaixou e os fãs de Jackson já estavam mais acostumados com a ideia – ainda com mais pessoas passando a apoiar o casal –, foi quando Clara pôde acalmar-se de verdade.



ᴇsᴇᴊᴀ ᴇʀ ʟɢᴜᴍᴀ ᴇɴᴀ sᴘᴇᴄɪᴀʟ ɴᴀ ғᴀɴғɪᴄᴛɪᴏɴ?

— Cenas em que Jackson gosta de provocar Clara, seja fazendo-a passar vergonha ou por causa de sua inexperiência – não exatamente por causa disso, mas só por causa de sua vergonha em admiti-la. Gosta de ver as bochechas dela ficarem vermelhas.
— Jackson e Clara encontrando fãs de ambos na rua enquanto saem juntos.



ʀᴇʟᴀᴄɪᴏɴᴀᴍᴇɴᴛᴏ ᴏᴍ...

Par romântico;

Os dois agem como melhores amigos. Brincam, se desafiam e se provocam, mas também dão apoio e cuidam um do outro. Clara e Jackson são, de longe, os mais divertidos entre seus grupos de amizade, e a união dos dois foi, na visão dos amigos, mais problemas causados pelos diabinhos para eles terem que cuidar. São uma dupla inseparável e, se estão com sorrisinhos e risinhos demais, pode ter certeza que aprontaram alguma coisa. Quem normalmente toma os primeiros passos é Jackson, porque Clara ainda se sente um pouco tímida, principalmente por causa do que sente.

Mídia;

Clara é uma pessoa aberta à mídia e facilmente comunicável, entretanto, não é ingênua. Procura analisar suas palavras antes de usá-las, seja em uma entrevista ou rede social, porque sabe que existem pessoas apenas aguardando qualquer coisa que possa transformar-se em algo grande. Ela é educada e simpática, mas sempre toma cuidado para não falar algo polêmico.

Fichas;

Clara apegou-se tanto à todos que fazem parte do canal nesses três anos que fez parte dele que arrisca dizer, sem pensar duas vezes, que eles fazem parte de sua família. Importa-se muito com eles, e são próximos o bastante para que ela possa ser quem realmente é sem medo.

Produtores do canal;

Gosta e os respeita bastante, até por eles sempre fazerem um trabalho tão bom, como ela diz o tempo inteiro.

Inscritos;

Como dizer de um modo sutil? Clara é louca por eles. Tanto que existem várias piadas e memes dizendo coisas como "A Clara e os inscritos entram em outra disputa sobre quem ama mais/chora mais/se preocupa/cuida mais". É bastante ativa nas redes sociais, em especial no Twitter, onde adora respondê-los e compartilhar coisas como fanarts e memes – sejam dela ou de outro integrante do WDUFF. É o tipo de pessoa que se recusa a sair de um evento sem que tenha falado, tirado foto ou coisas do tipo com todos eles.

Haters;

Clara os ignora na maior parte do tempo, sempre procura dar-lhes o mínimo de atenção possível. Caso tenha algum hater em público, Clara procura ignorar qualquer coisa e os trata com a mesma simpatia e carisma que trataria qualquer desconhecido. Sente-se bem em retribuir o ódio com gentileza. Não são inexistentes, mas são poucas as vezes que ela se encontra chateada por algum comentário negativo. Tem que ser algo pesado para isso acontecer.



ᴀɪ ϙᴜᴇʀᴇʀ;

( ) Ecchi
( ) Hentai
( ) Shoujo
(✗) Tudo







ᴘᴏᴄᴀʟɪᴘsᴇ ᴜᴍʙɪ ❞




Nome e Sobrenome

Park Yun Mi Park é o nome da família. Yun Mi também é bastante conhecida apenas por "Yun" ou "Minnie" - sendo o último um apelido para os mais íntimos.

Data de Nascimento

30.12.1999 30 de dezembro, às 5:40; Capricorniana. 16/17 anos.

Cidade e País Natal

Ulsan, Coreia do Sul.

Aparência

Bae Su-Ji {Suzy}





Yun possui cabelos longos com algumas leves ondulações, da cor castanho escuro, quase preto. Seus olhos, da mesma cor do cabelo e, de bônus, tendo um notável eyesmile, são consideravelmente grandes - se comparados a boa parte dos orientais -, enfeitados por cílios escuros de tamanho mediano, porém bastante volumosos. Com traços femininos e abonecados, possui pele lisa e clara - sem chegar a ser pálida -, bochechas rosadas, nariz pequeno e sobrancelhas claras, mas não finas demais. Sua boca é pequena e desenhada, contendo lábios razoavelmente cheios e avermelhados, por onde mostra sua voz doce, considerada muito aguda por si mesma, embora as pessoas tentem lhe convencer do contrário. Mede entre 1,63 e 1,64 metros e pesa cerca de 48 quilos. Não tem curvas demais e nem de menos, está em um equilíbrio entre ambos, tendo seios e coxas medianas, cintura fina e uma silhueta bonita. Carrega um aroma um tanto peculiar de violeta, um cheiro feminino e delicado, no entanto, intenso.

Personalidade

Introvertida e quieta é a primeira impressão que passa: Yun, apesar de ser diferente com os amigos, é muito tímida ao conhecer outras pessoas, gaguejando e ficando envergonhada com facilidade por causa disso. Mesmo que já tenha ouvido que fica "fofa" quando isso acontece, tudo o que ela acha é que ficar assim ao redor de pessoas novas é horrível. Não são muitos os que têm paciência para ganhar intimidade dela e tirarem essa timidez dela, mas os que possuem, são extremamente valorizados por Yun. Tem um apreço enorme pelos que escolheram ficar com ela em vez de irem embora na primeira chance. Uma coisa leva à outra: é daquelas pessoas que valoriza mais os amigos do que a si própria - uma vez que sua confiança também não é das maiores, mas ela sobrevive, não é como se tivesse depressão ou algo do tipo.

A mudança em sua personalidade é bem visível depois de um certo tempo não muito grande de convivência. Yun, quando vê que alguém está disposto a se aproximar dela, faz o possível para passar por cima da timidez, e costuma conseguir. Já mais à vontade, ela se torna falante - coisa que surpreende as pessoas que não a conheciam - e mostra ter um ótimo senso de humor, sendo capaz de quebrar o gelo e melhorar o humor das pessoas à sua volta. Animada e positiva, Yun sempre procura ser otimista em todas as situações - nem que seja por fora, apenas para animar os amigos, quando por dentro pode estar bem ao contrário. Além disso, é uma pessoa bastante carinhosa: ama abraços, afeto, tudo, e costuma abraçar os outros simplesmente porquê quer um abraço. Entretanto, mesmo com toda essa mudança em seu jeito de ser, Yun ainda é tímida com qualquer um em certos momentos, como quando é encarada, elogiada ou coisas do tipo - principalmente elogiada.

Todos à sua volta costumam pensar que Yun é um livro aberto, mas é exatamente ao contrário. Ela é muito boa em esconder seus próprios sentimentos - embora seja uma péssima mentirosa, o que é um tanto irônico e meio sem sentido. Ela não sabe mentir em situações como, por exemplo, se o vaso preferido de sua mãe quebrou: embora tente disfarçar, é bem óbvio saber se foi ela ou não. Porém, é ótima em esconder sentimentos. Ela pode estar morrendo por dentro e ninguém vai saber, ou pode estar surtando internamente e permanecer calma e/ou com um rosto neutro. Um de seus defeitos é esse: faz uso dessa sua característica para guardar as coisas para si mesma e não preocupar os outros.

Outro de seus defeitos/qualidades é a inocência. Não só a inocência de ser considerada como o "bebê do grupo", mas também por confiar com facilidade, podendo ser considerada brevemente ingênua. Mas essa sua ingenuidade só se faz presente quando pessoas não confiáveis são mentirosas perfeitas, caso contrário, Yun consegue facilmente dizer se pode ou não confiar em alguém - ela é muito boa em saber se as pessoas estão mentindo ou não, apenas por olhar. Emocionalmente frágil, Yun pode ser bem sensível e se sentir repreendida apenas pelo tom de voz de alguém, como uma criança. Não gosta que gritem consigo, e exatamente por isso não grita com ninguém. Quando perde a paciência e fica nervosa, pode até acabar gritando no calor do momento, mas então respira fundo, conta até dez e pede desculpas.

Apesar de ser um pouco orgulhosa, Yun possui uma mente muito flexível. Ela consegue ver os dois lados de uma briga, por isso, brigas com ela ou perto dela nunca duram muito, também por ela em si ser uma pessoa pacífica. Quando não está errada, até tenta conversar com a pessoa, mas se recusa a correr atrás da pessoa que acha que está certa, mesmo não estando. Quando é a errada, Yun, depois de refletir sobre a discussão e ver que a outra pessoa era a certa, vai até ela, se desculpa timidamente e ainda muda de opinião: é muito, mas muito honesta. Entretanto, isso é só quando ela tem provas de que está errada, caso contrário, bate o pé até o fim - consegue ser bastante teimosa. Bastante sincera, Yun não tem problema em falar verdades que as outras pessoas normalmente não falariam. É uma das que os amigos vão em um momento difícil. Não para conselhos - Yun definitivamente não sabe dar conselhos direito: é um "vai ficar tudo bem" ou uma biografia inspiradora, não tem meio termo, com ela não existe cinza -, mas sim para a aura confortante, animada e carinhosa que possui.

Toda a sua vida, Yun foi considerada: frágil, adorável e que precisa ser protegida 24/7, e por esse motivo, sempre se sentiu um tanto subestimada. Sempre era aquela colocada atrás do muro e, apesar de saber - e ficar feliz por isso - que as pessoas só se preocupam com ela, Yun gostaria que lhe deixassem agir por si mesma uma vez na vida, não necessariamente ficar na liderança - porque é muita pressão -, mas tomar as rédeas de alguma coisa e mostrar o seu potencial em algo em vez de ficar só na sombra. Não mente: gosta de ser protegida, se sente importante, mas, às vezes, superproteção é meio sufocante.

Resumo da História

Nascida em uma família de classe média/alta, Yun nunca se sentiu no direito de reclamar de nada. Tinha uma vida boa e fazia aulas de dança e inglês - hoje, fluente. Seus pais viajavam muito, não só por causa do trabalho, mas por diversão também. Por costumarem viajar nos dias em que Yun tinha aula, ela passava grande parte do tempo na casa de Hayun, sua vizinha e uma de suas atuais melhores amigas, que morava sozinha em uma casa perto da sua. Por causa disso, Yun passou a quase morar junto com ela - até quando os pais voltavam de viagem -, e até fazia pequenos trabalhos para ajudar nas despesas.

Yun pretendia fazer faculdade de medicina, mas ela nunca esqueceu o quanto a música - canto e dança, para ser mais precisa. Dança, principalmente - lhe fazia bem, e abriu o jogo de uma vez com os pais, que eram os que queriam que fizesse a faculdade de medicina. Eles não acreditaram em seu potencial de primeira, mas resolveram apoiá-la mesmo assim.

Aos 14 anos, havia entrado para uma empresa de entretenimento, sendo colocada como dançarina e cantora. Treinou por dois anos, intercalando com o colégio, quando o Apocalipse começou. Com os pais dela viajando sem dar notícias e Hayun morta, Yun sobreviveu em um grupo, fugiu, e reencontrou um amigo de infância, com quem vêm sobrevivido.

Família

Choi Jiwoo - mãe. Status desconhecido.

Park Jung Suk - pai. Status desconhecido.

Amigos

Shin Hayun, 19 anos. Eram vizinhas e muito amigas, e Hayun estava fazendo faculdade de Engenharia. Ela morreu no caminho de volta da faculdade, pouco depois de ter falado no celular com Yun.


Lee Haneul, 20 anos. Apesar da diferença de idade, são amigas desde o colégio, mantém constante contato até hoje, mas Haneul teve que se mudar de cidade ao terminar o colégio. Yun não tem notícias dela desde que o Apocalipse começou, então não sabe se está viva ou não.


Yeon Jong Ho, 19 anos. Um amigo de infância que não via há alguns meses, que era aspirante a ator. Eles se reencontraram desde que Yun conseguiu fugir do grupo em que estava, e têm sobrevivido desde lá.


É do tipo que já se tocou do que está acontecendo?

Sim, não foi muito difícil para Yun entender a situação; embora ainda pense - e deseje - que possa acordar de um sonho a qualquer momento.

Armas e Objetos

Yun prefere utilizar armas brancas. Facas, bastões e canivetes são exemplos dessas armas. Possui uma arma simples e alguns pentes de bala, mas a usa apenas em emergências. Em geral, sua preferência são facas e, o mais usado - e "querido" - por si, um taco de beisebol da cor rosa bebê que já era seu - costuma receber olhares estranhos pela cor dele, mas simplesmente dá de ombros e sorri quando isso acontece. É personalizado, com grandes pregos estranhamente organizados na parte superior, para ser mais útil na hora de usá-lo. Não costuma levar suas armas dentro da mochila: coloca a arma na cintura, o canivete - que é para outras horas - escondido dentro da bota/sapatos em geral e o taco vai na mão mesmo.

O que carrega na mochila?

Tem um kit médico de sobrevivência improvisado, composto de band-aids, gaze, esparadrapo, aspirina, álcool, alfinetes e pinça - tudo porquê passou em um hospital não muito tempo depois do apocalipse. Carrega os produtos de higiene que consegue, tais como papel higiênico, escova de dente e absorventes. Já alimento, apesar de fazer muito peso, acaba tendo que ser obrigada a pegar comida enlatada - mas sempre confere a validade de sua comida preferida quando vai procurar - e carrega uma garrafa de água.

Já fez parte de algum grupo? Se sim, por que saiu/foi expulso?

Sim. Foi bem no início, e como Yun estava despreparada - emocionalmente, pelo menos -, não pensou duas vezes antes de se juntar a um grupo de uma mulher e três homens. Passou apenas alguns dias com eles, mas foi o bastante para decidir que preferia morrer sozinha a sobreviver com eles. Já pensava em tomar essa decisão simplesmente porque não mostravam serem tão bons quando diziam, e fugiu na mesma noite em que o líder do grupo atirou em um dos outros homens, o único que Yun não tinha medo - apesar de não ser amiga dele -, porque o questionou.

Que tipo de coisas come/bebe?

Yun bebe de tudo, de tudo mesmo, embora prefira água, chás e café, e raramente, mas muito raramente mesmo, beba álcool, principalmente por ser menor de idade. Já sobre comida, ama massas, carnes e fast food. Não come nada que venha do mar, apenas com exceção de sushi - e sushi apenas, nada de peixe "normal".

Qual era a sua profissão?

Pretendia fazer faculdade de medicina, mas, caso passasse na audição da empresa, jogaria tudo para o alto e se dedicaria a esse sonho.

Estado Civil

Solteira.

Couple/Casal

Kim Taehyung.

Estilo musical e músicas preferidas

Yun não possui um gosto musical preferido, exatamente por ser uma pessoa de gostos variados. Mas, entre todos, prefere o pop, k-pop e rock. Músicas preferidas: [I'm A Mess - Ed Sheeran], [Human - Christina Perri], [Gasoline - Halsey], [Tomorrow - BTS], [Cry Baby - Melanie Martinez], [Ugly - 2NE1]

Algum talento?

Canto | Cozinhar | "Detectar" mentiras

Palavra-Chave

₩e love Kuri Kuri

THE END




ɴᴇʀᴄʏ ❞




Pizza

𝓝ome 𝓒ompleto

𝓙enn 𝓡oselyn 𝓛awrence

𝓙enn É um nome de origem galês e variante de Jennifer. Pode significar tanto "justa" quanto "boa".
𝓡oselyn De origem inglesa, é a junção dos nomes Rose e Lynn e tem como significado "Bela rosa".
𝓛awrence Um nome originado do francês e latim, que significa "coroado de louros".

𝓐pelido

𝓙ennie / 𝓙enny Independente se for usado de maneira carinhosa ou provocativa, Jenn sempre atende a esses apelidos de bom grado. São duas das formas mais populares de ser chamada, e não se importa com quem a chame dessa forma: próximos ou não, amigos ou não, que ela goste ou não.
𝓡ose / 𝓛ynn Já esses são dois, derivados de seu segundo nome, de seus preferidos. Apenas os considerados íntimos a chamam assim, e apesar de Jenn gostar de ambos apelidos, tem uma certa preferência por Lynn, provavelmente por ser menos comum do que Rose.
𝓛awrence Sim, o seu sobrenome é considerado um apelido. Ao contrário do que a maior parte das pessoas imagina ao pensar em se dirigir a alguém pelo sobrenome somente, Lawrence é usado apenas pelos íntimos dos íntimos. Ela tem uma afeição enorme a esse apelido e a quem a chama assim.
𝓑arbie Está muito acostumada a ser chamada assim desde pequena por causa de sua aparência e de seu cuidado com ela. Enquanto algumas pessoas o utilizam de forma irônica – mesmo que ela não poderia se importar menos –, outras usam mais de uma maneira divertida. Ela gosta do apelido e pode causar uma leve surpresa por sempre saber que, ao ouvir "Barbie", sabe na hora que é com ela.

𝓘dade

𝓟ossui 17 anos completos, e faz aniversário no dia 31 de maio ⇝31.05
𝓖eminiana, com ascendente 𝓒âncer e lua em 𝓛ibra.

𝓟hotoplayer

𝓜argot 𝓡obbie

𝓐parência





𝓞 apelido "Barbie" realmente faz jus à sua bela aparência, sendo dotada de uma beleza digna de vilã de filme colegial clichê – olhares e suspiros já foram acostumados por Jenn. Seus cabelos são de um loiro bem claro, quase platinados, e caem abaixo dos ombros, quase na altura dos seios, em cascatas, alternando entre o ondulado e o liso – algumas vezes com cachos, principalmente quando os prende. Os olhos, azuis intensos com auréolas pretas ao redor da cor balanceada entre clara e escura, chamam atenção não apenas pela coloração, mas pelo enorme brilho que possui. Alternando de acordo com a situação, suas grandes íris podem ser muito expressivas – no entanto, são poucos que param para prestar atenção no sentimento que seus olhos carregam de verdade. Acompanhados de longos e um tanto cheios cílios, pode ser comparada à uma boneca, juntamente à suas maçãs no rosto mais proeminentes, carregando sempre uma coloração avermelhada. Seu nariz, pequeno e levemente arrebitado, já foi vítima de rumores de cirurgia por maldade alheia, e mesmo que Jenn saiba que não é verdade, não sente a necessidade de dar satisfação à pessoas desse tipo. Sua boca, pequena e composta de lábios carnudos e rosados – sempre cobertos por algum batom –, ostenta uma de suas características mais belas: o sorriso, aberto, brilhante, branco e sincero, acompanhado dos seus olhos, que se fecham quando a menina sorri.



𝓒om o andar seguro, postura firme e falar confiante, Jenn pode passar a imagem de intimidadora para alguns, mas não se importa tanto com isso. Muitas vezes surpreende porquê, apesar de possuir traços faciais marcantes, fortes – sem deixar a feminilidade de lado –, sua voz é aveludada e de timbre delicado. A pele, branca, macia e lisa, deixa claro o cuidado que recebe pela possuinte. Possui um corpo na medida certa, com seios, pernas e glúteos medianos, nada muito pequeno e nem muito avantajado, sendo um detalhe bem notado é a sua cintura fina e delicada. As unhas, bem feitas, de tamanho mediano, não possuem cores certas, se Jenn gostou de uma cor, não importa qual seja, não se incomoda de usá-la.

𝓟ersonalidade



𝓙enn, assim como transparece, exala confiança por onde passa. Com a postura impecável, aparenta conseguir fazer tudo o que quiser e sabe como correr em salto alto como nenhum ser humano poderia ser capaz. Costuma ouvir que as pessoas ficam indecisas entre sentir medo dela ou admirá-la. Bem arrumada, confiante e bonita, Jenn sempre dá a perfeita impressão de "má, mas nem tão pouco", uma menina mimada de filme, daquelas amadas pelos meninos e odiada pelas meninas. Por isso, acaba deixando as pessoas confusas quando se mostra ter uma boa educação, simpatia – embora não signifique sair sorrindo para qualquer um que esbarre na rua – e não analisar alguém de cima abaixo ou revirar os olhos a cada cinco minutos. Não é do tipo que liga para pessoas implicantes ou apelidos pejorativos. Qualquer um que quiser brigar com ela, é preciso muito esforço, porquê uma coisa que Jenn possui é autocontrole. Não significa que não perca a calma, muito pelo contrário, mas explodir não é da sua natureza. A única forma de irritá-la de verdade é cutucando uma ferida aberta sua ou de algum amigo seu. Caso contrário, tudo o que ela faz é ignorar – sabe que não pode controlar o que os outros pensam.

𝓒om um senso de humor expandido e irônico, Jenn costuma fazer muitos comentários sarcásticos, tomando cuidado para não ser inconveniente ou maldosa; mesmo que, de qualquer forma, pode acabar passando essa impressão para os que não a conhecem. Apelidos zombeteiros são extremamente comuns por parte dela, mas isso pode ser considerado um bom sinal. Se Jenn começa a dar apelidos engraçados e sarcásticos à alguém, significa que está se apegando à uma pessoa. Ela não costuma se apegar em alguns dias, mas quando vê que alguém está reunindo paciência para tentar se aproximar dela, já ganha muitos, muitos pontos. E, quando Jenn se apega, ela se apega mesmo. Já tendo uma natureza altruísta, ela é capaz de colocar todas as necessidades de tais pessoas acima das suas: ela é a melhor amiga que alguém pode ter. Claro, não é sempre que percebem o quanto Jenn é boa. As pessoas estão sempre tão ocupadas vendo seus defeitos e definindo quem ela é sem nem ao menos conhecê-la direito, que suas qualidades podem passar despercebidas. Mas isso não importa para Jenn, desde que seus amigos a reconheçam, não mostra se importar nada com a opinião alheia.

𝓒omo já dito antes, Jenn possui a natureza altruísta. Ganhou, desde o seu nascimento, uma enorme empatia, e sente a necessidade de ajudar todos, desde os mais próximos até os que a odeiam. É comum que a olhem como se aprontasse alguma coisa quando oferece ajuda, e até alguns de seus amigos mais próximos já desconfiaram dela no início da amizade. A loira age como isso não a atingisse, mas para alguém que parece não se importar com o que sai da boca de ninguém, ela é bastante sensível, e a pose de durona e forte dela não passa de uma máscara. Entretanto, sempre continua sendo a menina sorridente e sarcástica que todos conhecem – e aprendem a gostar, embora a própria não sabe como consegue conquistar as pessoas só com sua presença –, mas que ninguém parece notar o peso do mundo refletido em seus olhos sempre tão transparentes, ou que toda a confiança exalada é apenas sujeira jogada para debaixo do tapete. Porém, ao mesmo tempo, Jenn é muito sincera e honesta, principalmente entre queridos para si, e é a procurada quando alguém precisa de uma conversa que seja, simultaneamente, objetiva e sincera, provavelmente até profunda, dependendo do assunto.

𝓐ssim como qualquer adolescente, Jenn adora ir contra tudo e todos, mas não por rebeldia – nunca vai longe demais. Bebe de vez em quando e já tentou fumar uma vez – e odiou, engasgou com a fumaça e hoje brinca que viu a morte por um segundo –, mas coisas como drogas ou fugir de casa, nem que seja por um, dois dias, nunca experimentou e não pretende. Ela é curiosa ao extremo, tem sede por respostas e não para até encontrá-las, sendo consideravelmente boa em dedução e coisas do tipo. Jenn não costuma sair exibindo sua inteligência para Deus e o mundo, mas adora um bom debate – principalmente, adora ganhar um bom debate. Um tanto competitiva, Jenn gosta de ganhar e esfregar a vitória na cara dos outros logo depois. Não significa que seja uma má perdedora: perdedores ruins são orgulhosos e possuem o ego inflado, e Jenn foge disso. Claro, ela tem o seu orgulho e existem horas que não quer soltar a mão dele, mas não é como se ele fosse grande o bastante para a atrapalhar em algo.

𝓓ona de um senso de justiça enorme, Jenn tem a plena consciência de que todos são iguais e devem ter os mesmos direitos. Machistas, homofóbicos, racistas ou qualquer tipo de preconceituosos não só lhe causam repulsa, como também pena. Pena de "pessoas de mente pequena que descontam suas frustrações nos outros", palavras dela. Gosta da natureza e de animais – animais, principalmente animais –, além de ser muito boa com crianças. Ao contrário da maior parte das pessoas, gosta de ficar sozinha e não se incomoda com isso. Aproveita a sua própria companhia, e só quem também se sente assim sabe como é libertador, e não antissocial, como já foi acusada muitas vezes. É uma otimista oficial, e é sempre possível encontrar esperança até nas piores coisas quando se está com ela. Possui um espírito jovem de alegria contagiante, e quem escolheu ficar do lado dela mesmo com seus defeitos tem a oportunidade de ser infectado pela verdadeira criança que Jenn se transforma quando está perto de pessoas de sua confiança.

𝓞utra característica muito forte sua é a persistência. Desistir é uma palavra inexistente em seu vocabulário, e acredita que sempre há uma saída, outro jeito. Essa sua persistência pode se transformar em teimosia, tornando Jenn uma das pessoas mais irritantemente teimosas que qualquer um pode conhecer. Ela pode ter tantas qualidades, é altruísta, empática, divertida, otimista e persistente, mas um defeito que nunca parece abandoná-la é o seu jeito teimoso. Jenn é uma pessoa com fé no mundo, e apesar de não ser o tipo de pessoa que vai à Igreja todos os domingos, acredita não só em Deus, como em destino – mas sabe que pode mudá-lo. Fisicamente vaidosa, Jenn gosta de cuidar da aparência exatamente por nunca ter se achado tão bonita de cara limpa. Contradizendo completamente a maior parte de sua personalidade, ela fica muito sem graça e tímida quando elogiada ou quando algum garoto inventa de ir puxar assunto com ela. Carinhosa, Jenn adora mostrar afeto por meio de contatos físicos e, embora respeitando as pessoas que não se sentem confortáveis com isso, sente a necessidade de ajudá-las a saírem da sua bolha.



𝓗istória

𝓕ilha de Kevin e Richter desde os 14 anos de idade, ser filha adotada era algo bem óbvio. Entretanto, isso nunca foi muito importante para ela. Claro, queria saber quem era sua família biológica, por quê não está com ela e o que aconteceu – coisa que nem os seus pais sabem –, mas estava feliz e satisfeita com a família que tinha, e não sentia em posição de pedir por mais. A única coisa que lhe incomodava era a sua falta de memória. Tudo o que Jenn lembrava era de passar um ano inteiro no orfanato até dois homens sorridentes irem conversar com ela. Não se lembra de mais nada, nada de sua antiga família ou de sua infância, e esse sentimento agoniante, para ela, é como uma corda ao redor do pescoço. Quanto mais ela tenta se soltar, mais apertada fica. Até mesmo os funcionários do orfanato não sabiam de nada; só disseram que uma pessoa misteriosa, carregando-a nos braços – porque estava desacordada – a deixara ali junto de um papel com informações básicas sobre esta. Tirando o vazio que sentia ao pensar nisso, teve uma vida normal dentro do possível.

𝓙enn nunca teve problemas na escola. Muito pelo contrário, sempre teve notas boas e muitos amigos, até demais. Entretanto, não é como se não soubesse que metade deles estão ali por puro interesse. Talvez por sua popularidade, talvez pela família bem remunerada, ou simplesmente por terem vontade de infernizar um pouco a vida dela pelas costas. Mas, claro, Jenn não se importava: o truque era não se importar – ou pelo menos fingir que não. Sempre fora uma boa atriz, de qualquer forma, poderia enganar quem quisesse. Ou seja, nada e ninguém parecia a atingir.

𝓔la sabia que metade da escola daria tudo para ter a sua vida. Beleza, popularidade, amigos, família e boas notas e condições. Porém, metade da escola não sabia o quão sufocante era ter que lidar com falsidade, um passado incerto e pressão para ser perfeita de pessoas que nem sabia o nome. Mas, claro, ninguém nunca saberia, porque Jenn não se importava. A única e verdadeira amiga que possuía, Charlotte – carinhosamente chamada de Charlie por Jenn, e chamada de Elsa para irritá-la, devido aos seus olhos claros, cabelos platinados e pele quase pálida –, era a única com quem se abria completamente. Nem os seus pais, por quem Jenn daria a vida sem pensar duas vezes, a conheciam como a loira a conhecia.

𝓣udo ia da mesma forma. Pelo menos, até receber uma carta que viraria seu mundo de cabeça para baixo.

↠ O resto vai estar no segredo, espero que não tenha problema ↞

𝓕raquezas 𝒆 𝓜edos



𝓐 sua maior fraqueza é, sem dúvidas, a família. E família, para Jenn, não é apenas seus pais biológicos, adotivos, os pais deles ou os irmãos. Para ela, família é quem fica ao seu lado não importa o quê, a aceita do jeito que é e a apoia todas as horas, o resto é só resto – ligação sanguínea, para ela, não significa nada. Kevin, Richter, Charlie, seus amigos – seus verdadeiros amigos – e qualquer um que faça valer a pena é a sua família. A sua outra fraqueza, agora não psicológica, é ver sangue. Claro que não passa mal uma vez por mês, óbvio, mas caso veja alguém com um ferimento com muito sangue – alguém vivo, principalmente –, faz o possível para não ter que olhar e correr o risco de desmaiar ali mesmo. Mas, caso a pessoa precise de ajuda, está disposta a tentar ignorar o mal estar para socorrê-la.

𝓢eus maiores medos são de aranhas e bonecas de cera, especificamente, visto que não tem medo de outros insetos e gosta de bonecas de pano e pelúcias. Entretanto, não chega a ter fobia ou perigo de desmaiar com estes. Jenn só tem a impressão de que bonecas de cera ficam a observando e planejando planos malignos. Já aranhas, não tem um motivo específico, só tem medo mesmo. Não costuma entrar em pânico nessas situações (exceto as do primeiro parágrafo), porque além de não ser um medo irracional, não gosta de sair espalhando seus medos para as pessoas.

𝓖osta

𝓓ias chuvosos, acompanhados de pilhas cobertores, dois potes pipoca, xícaras café e livros são os seus preferidos. Gosta de clima frio – frio não, gelado – e adora a neve, seja para dormir ou fazer anjos, bonecos e guerras. Ama animais, reais ou de pelúcia, crianças e natureza. Contradizendo a sua boa forma, Jenn ama comida como batatas fritas e fast food, além de ser louca por doces. É como se, por não se lembrar de ter tido uma infância, está a vivenciando agora. Gosta de mitologia grega e filmes de terror e ação. Para não acabar dormindo no meio, os filmes românticos têm que ser muito bons. Sempre carrega livros grossos junto de si, geralmente de ficção científica. Gosta de cantar e dançar, embora não costume mostrar esses seus gostos para as pessoas. Como sua carreira, ainda está indecisa entre cantora ou atriz, mas tem certeza de uma coisa: ficar trancada em um escritório está fora de questão.

𝓝ão 𝓰osta

𝓟essoas fúteis, autocentradas e sem algum assunto interessante para conversar. Apesar de não ter nada contra dias ensolarados, calor demais a incomoda profundamente. Não gosta de saladas, tirando as de frutas. Falta de higiene é algo que Jenn costuma ser bem chata, desde limpar a parte inferior das unhas até lavar o rosto – os olhos, principalmente – depois de dormir. Abomina monotonia, por isso a maior parte dos empregos que tantas pessoas desejam não são opções para ela, assim como não costuma ter paciência para filas. Negatividade é algo que procura sempre manter uma boa distância, ou então simplesmente transformá-la em positividade.

𝓞pção 𝓼exual

𝓗eterossexual.

𝓟ossibilidade 𝓭e 𝓻omance?

𝓢im, por favor ♥



𝓢egredo

𝔁𝔁𝔁𝔁

𝓢e 𝓸 𝓼eu 𝓹ersonagem 𝓽ivesse 𝓾m 𝒆steriótipo, 𝓺ual 𝓼eria?

𝓞 contraditório "cordeiro em pele de lobo" ↠ Esperta e sarcástica por fora, mas sensível e gentil por dentro.

𝓔stá 𝓬iente 𝓭e 𝓺ue 𝓼eu 𝓹ersonagem 𝓽em 𝓬hances 𝓭e 𝓶orrer?

𝓒om certeza.

𝓜ais 𝓪lguma 𝓬oisa?

𝓐cho que não c:





ᴡᴇʟᴠᴇ ғ ғɪғᴛʜ ɪᴇᴄᴇs ❞




●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●

__ 𝚙𝚛𝚒𝚖𝚎𝚒𝚛𝚊 𝚙𝚊𝚛𝚝𝚎 __

ʟɪɴᴋ ᴅᴏ ᴘᴇʀғɪʟ

https://spiritfanfics.com/perfil/megumichann



ᴘᴏssᴏ ᴛᴇ ᴘᴇᴅɪʀ ᴇᴍ ᴀᴍɪᴢᴀᴅᴇ?

Claro!



●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●

__ 𝚜𝚎𝚐𝚞𝚗𝚍𝚊 𝚙𝚊𝚛𝚝𝚎 __

ɴᴏᴍᴇ

Isabelle Kim » [ nome estrangeiro ]

Kim Cho Hee » [ nome coreano ]

Mostrar Spoiler: significados ♡

O nome Isabelle partilha do mesmo significado de Isabel, do hebraico Izebel, que quer dizer "casta", "pura"
Cho Hee carrega o significado de "beleza e alegria"




ɴᴏᴍᴇ ᴇᴍ:

» Hangul;
김초희

» Chinês;
金礎熙

» Japonês;
ギムチョフイ



ᴅᴀᴛᴀ ᴅᴇ ɴᴀsᴄɪᴍᴇɴᴛᴏ

02/05/2001



ɪᴅᴀᴅᴇ

16 anos ocidentais & 17 anos orientais



sɪɢɴᴏ

Áries & Cavalo



ᴛɪᴘᴏ sᴀɴɢᴜɪ́ɴᴇᴏ

[✘] B



ɴᴀᴄɪᴏɴᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ

Cho Hee é canadense com dupla nacionalidade sul-coreana por parte de mãe.



ᴘᴀɪ́s ᴇ ᴄɪᴅᴀᴅᴇ ᴅᴇ ᴏʀɪɢᴇᴍ

Ottawa, Canadá



ᴀʟᴛᴜʀᴀ ᴅᴀ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ

1,64 metros



ᴘᴇsᴏ ᴅᴀ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ

48 quilogramas



ᴏʀɪᴇɴᴛᴀçᴀ̃ᴏ sᴇxᴜᴀʟ

Heterossexual



ᴘᴇʀsᴏɴᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ ᴅᴀ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ

Isabelle destaca-se por ser tantas pessoas em um corpo só.

Ela é uma menina animada e brincalhona. Apesar de que, mesmo não sendo introvertida, é tímida o bastante para parecer uma pessoa quieta quando encontra-se com alguém pela primeira vez. Mas não se engane: Isabelle é uma verdadeira diabinha. Resolve fazer uma festa do pijama em cima da hora, invade o quarto alheio quando não consegue dormir, adora dar sustos nos amigos e faz parte do tipo de pessoa que mandaria uma mensagem para alguém às duas horas da manhã com alguma piada idiota, meme, ou perguntando-se se as baleias têm sentimentos. E não é só por sempre ter algo engraçado a dizer que a torna uma máquina de risadas: Cho Hee é extremamente lerda, e pode demorar muito se uma pessoa lhe contar algo com duplo sentido – apesar de não possuir a mente mais limpa do mundo – ou coisas do tipo.

Entretanto, é melhor não confundir a lerdeza dela com ingenuidade, porque Isabelle é brilhante. Dotada de uma malícia rara, pode não ser muito boa em matemática, mas é algo idiota de se dizer que ela não é inteligente. Porque ela é, e muito. É bastante intuitiva, consegue ler as pessoas e situações como um livro aberto, mas também pode acreditar tanto nesta sua intuição, que acaba esquecendo que nem sempre estará necessariamente correta. É uma pessoa facilmente adaptável, por causa de seu espírito brincalhão e descontraído, costuma moldar-se à diferentes situações sem muitos problemas.

Apesar de sempre tentar ser uma pessoa mais do tipo pé no chão, Cho Hee nunca consegue impedir seus pensamentos de sempre caírem para o lado mais positivo possível que existe para alguma situação ou alguma pessoa. Por causa disso, tende a ter expectativas muito altas e acabar se decepcionando no final; de vez em quando, pode acabar não enxergando a realidade como ela realmente é, e sim como imagina em sua cabeça. Mas há uma vantagem: é uma pessoa muito esperançosa, e além de isso influenciar positivamente os outros, também lhe deixa muito mais determinada a conquistar o que quer. É persistente, tanto que chega até a ser um pouco teimosa. Não é difícil para ela aceitar quando contrariam suas opiniões, mas realmente detesta quando tentam doutriná-la.

Isabelle pode parecer preguiçosa e irresponsável por, às vezes, acabar deixando as coisas para última hora – acredite, ela é ótima trabalhando sob pressão, tanto que é surpreendente a sua calma, porque costuma ser bastante agitada e ansiosa, até um pouco insegura –, entretanto, acredite, ela é mais esforçada do que muitas pessoas quando o assunto é algo que ela aprecia. É pouco exigente com as pessoas à sua volta, e isso volta completamente para si mesma depois: juntando a exigência consigo mesma e seu perfeccionismo, qualquer crítica que alguém dê a ela, as chances de a menina já ter dito isso para si mesma são grandes.

Apesar de bastante competitiva, Cho Hee é muito honesta e uma boa perdedora – apesar de odiar esse termo. Também sabe admitir quando está errada, mesmo que isso geralmente demore um pouco para acontecer, porque ela está sempre pensando e repensando. É bastante corajosa, apesar de preferir ser uma boa pessoa com todos, não tem medo de estufar o peito para alguém que atacou seus amigos – são raras as situações que revida ao lhe direcionarem ofensas, porém não são nulas. A menina possui um enorme espírito de liderança, e mal parece ela mesma quando toma o controle das coisas, surpreendentemente exibindo uma aura imponente toda vez que incorpora seu "lado líder". Tem um coração enorme e, apesar de sempre tentar fracassadamente agir como "A" adulta, é e sempre será uma verdadeira criança por dentro.



ɢᴏsᴛᴏs

Cho Hee tem como suas maiores paixões a dança, música e chás. Gosta de aproveitar um dia frio e chuvoso, o seu tipo preferido, bebendo um chá debaixo das cobertas, abraçada com um de seus inúmeros animais de pelúcia e vendo suas séries favoritas. Talvez também lendo um bom livro, mesmo que seja um tanto exigente na hora de escolhê-los, ainda possui um amor enorme por viajar dentre as páginas. Gosta muito de virar noites jogando videogame e comendo pipoca de manteiga. Não costuma sair de casa com muita frequência, apenas se for necessário ou para ir em lugares que despertam bastante seu interesse, como parques de diversão, cinema, festas, parques infantis, entre outros. Adora que mexam em seu cabelo e que a abracem, gosta bastante de skinship. Compõe músicas em seu tempo livre, normalmente acabando frustrada por culpa de seu perfeccionismo, mas não pretende desistir até conseguir escrever algo que lhe agrade. Gosta de desenhar, mas não mostra seus desenhos para muitas pessoas. Ama filmes de terror, são seus preferidos.



ᴅᴇsɢᴏsᴛᴏs

Isabelle não suporta receber ordens ou ser diminuída por pessoas que não sejam seus superiores – pessoas mais velhas e/ou em um cargo mais alto profissionalmente. Odeia perder, é muito competitiva, mas se esforça ao máximo para que isso não a torne egoísta. Um pouco justiceira, ela detesta qualquer tipo de discriminação ou preconceito. Não gosta muito de sair de casa, a não ser que seja para um lugar de seu gosto, ou que apenas faça companhia. Não suporta quando colocam uma salada na sua frente, mas teve que acostumar-se com isso com o tempo, apesar de raramente conseguir conter suas caretas. Ela sempre tenta se controlar, mas pessoas que pensam carregar toda a razão lhe tiram do sério. Não gosta de pessoas arrogantes, bebidas azedas demais e, acima de tudo, que a subestimem. Possui também um enorme desgosto por mentiras e falsidade.



ғᴀᴠᴏʀɪᴛᴏs

Cor; Roxo
Animal; Cachorro
Comida; Macarrão
Salgado; Pipoca
Doce; Sorvete
Número; Sete
Música; Butterfly - BTS
Programa; Não possui
Dorama; Hwarang e Descendants of the Sun
Filme; Train to Busan e Monstrons S.A
Série; American Horror Story e The Walking Dead
Mangá; Orange e Suki-tte Ii Na Yo
Anime; Death Note e Suki-tte Ii Na Yo
Instrumento; Piano



ᴘᴇʀsᴏɴᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ ɢᴇʀᴀʟ

Energética ━ Brincalhona ━ Criativa ━ Esperançosa ━ Inteligente ━ Competitiva ━ Honesta ━ Otimista ━ Perfeccionista ━ Autocrítica ━ Ansiosa ━ Lenta ━ Determinada ━ Esforçada ━ Intuitiva ━ Persistente ━ Teimosa ━ Imprevisível ━ Dinâmica



ᴍᴀɴɪᴀs

━ Batucar as unhas em algum lugar quando está ansiosa
━ Morde o lábio sempre que pensativa
━ Começa a "bater" nas pessoas quando tem uma crise de riso



ᴠɪ́ᴄɪᴏs

━ Chás
━ Balas de gelatina



ʜɪsᴛᴏ́ʀɪᴀ

Isabelle cresceu cercada por arte. A sua família materna era formada, em grande parte, por artistas relativamente conhecidos. Sua mãe é uma pianista e cantora que costumava tocar em simples cafés todos os dias, mas hoje é sempre convidada a fazer aparições em restaurantes mais prezados e por uma quantia de dinheiro muito maior. Foi cantando em um café que conheceu o pai de sua futura filha, que imediatamente apaixonou-se pela voz da desconhecida que mal recebia a atenção dos clientes do estabelecimento. A avó, seja por coincidência ou não, também era uma cantora, mas o piano foi escolha unicamente da filha. O avô gostava de uma boa música, mas, acima de tudo, amava pinturas, por isso valoriza tanto os desenhos feitos pela neta.

A família de Isabelle – como prefere ser chamada – consiste em seus pais e sua irmã gêmea, entretanto, ambas só possuem uma única coisa em comum: o sorriso, e mais nada, seja na personalidade ou no físico. Apesar de serem tão diferentes, nunca chegaram a darem uma a outra o tratamento de silêncio por mais de três dias. A família sempre lhe dissera para, quando tivessem problemas, que resolvessem entre si. Talvez seja por isso e por mais alguns fatores que as meninas cresceram como irmãs tão unidas, contudo, como meninas tão independentes. Para Chloe – ou So-Hyun –, o seu futuro sempre estivera muito claro: queria descobrir um novo planeta. Atualmente, faz faculdade de Astrofísica e é a segunda melhor aluna entre todos os outros.

Mas foi completamente diferente para Cho Hee. Ela já quis ser muitas coisas, dentre elas, cirurgiã, psicóloga, escritora, designer gráfica, entre outros, mas nenhum desses desejos durou muito mais do que três meses. E foi assim que, aos onze anos, depois de assistir um musical que a deixou hipnotizada, criou mais um desejo: queria ser uma cantora. Mas não uma cantora como dessas "normais", queria dançar também. Dessa forma, a primeira coisa que veio na cabeça da família era o estilo musical coreano. Era um caminho perigoso e arriscado, mas era necessário deixar que a filha fizesse suas próprias escolhas e era o dever deles, como pais, apoiá-la independentemente do que escolheria. Isabelle demorou para finalmente dizer "sim". Sempre fez aulas de canto e tinha uma ótima voz. Fez alguns anos de balé, mas depois descobriu que gostava de danças mais agitadas. Entretanto, foi só depois daquele musical que percebera o quanto gostava de música.

A família viajou até a Coreia do Sul, na casa dos avós maternos de Cho Hee, depois de alguns meses, quando ela já tinha doze anos. A menina queria esperar mais para fazer uma audição, mas os pais sabiam que, além de ela já estar mais do que preparada, ela poderia se arrepender se esperasse mais. Isabelle recebeu um apoio enorme de todos, e até fizeram uma festa quando receberam o email de aprovação da empresa, e ela nunca poderia expressar o quanto era grata de ter a família que tinha, pois sabia que era algo que nem todos podiam ter. Houve uma briga séria entre as irmãs quando elas perceberam que teriam que mudar-se para o país e apenas voltar para o Canadá nas férias – uma acusando a outra de egoísta. Mas, no final, aquilo acabou unindo-as ainda mais.

O período de trainee foi bastante difícil para ela. Com apenas doze anos e tendo vivido uma vida muito feliz até lá, não sabia o quanto as pessoas poderiam ser ruins. Não sabia que tantas pessoas fingiriam ser suas amigas apenas para atingi-la pelas costas, que tentariam estragar tudo para ela, que não podia confiar em todos, que usariam suas fraquezas contra ela e, acima de tudo, não sabia que tudo aquilo pelo qual estava passando apenas a fortaleceria. Cho Hee é cheia de fraquezas e ainda mais inseguranças, mas, pelo menos, aprendeu a ser menos ingênua, mais esperta e a parecer – pelo menos fingir – ser confiante. Todos os problemas só lhe deram mais vontade de alcançar seu prezado sonho, e ela só queria ver a cara de todas as pessoas que duvidaram dela no passado.



ᴀᴍɪᴢᴀᴅᴇ

O que é amizade para a sua personagem?
Isabelle sempre pensou em amigos como uma segunda família, uma família que podemos escolher. Alguém em que ela pode confiar cegamente. Lealdade é a base da amizade, em sua opinião. Para ela, amigos de verdade são os que dizem que tudo dará certo e, mesmo se não der, eles sempre estarão ao seu lado; ela mesma tem o costume de dizer isso para os seus amigos. Ela não consegue imaginar uma vida sem seus amigos ao seu lado.

O que NÃO é amizade para a sua personagem?
Acima de tudo, a falta de lealdade. Cho Hee vê a lealdade aos seus amigos como umas das coisas mais importantes do relacionamento e, por isso, sempre pensa duas vezes antes de perdoar uma pessoa desleal a ela. Não suporta mentiras e amigos que criticam demais uns aos outros, que não se apoiam. Interesse é uma das coisas que mais odeia. Para ela, se não for ser um amigo de verdade, um grande amigo, que nem se aproxime.

Idol’s com quem sua personagem irá fazer amizade:
Jeon Jungkook (BTS)
━ Foi por causa de Jimin que Isabelle e Jungkook se conheceram, e imediatamente tornaram-se melhores amigos, apesar da timidez inicial de ambos. Gostam de virar noites jogando videogame juntos ou mandando mensagens um para o outro, geralmente sem sentido e retardadas, mas muito engraçadas e que fazem ambos terem que segurar o riso para não acordarem os companheiros de quarto. São bastante unidos, mas além de abraços, guardam os discursos mais emocionais para as horas necessárias, já no dia-a-dia, vivem se ofendendo divertidamente. Talvez o motivo pelo qual Jungkook sente-se tão confortável perto de Isabelle seja porque ela é bastante descontraída e, apesar de ele sempre querer protegê-la, ela sempre acaba ralando o joelho e, em vez de pedir por ajuda por estar ardendo, começa a assoprar o machucado como uma criança, como se fosse melhorar, rindo e batendo palmas como uma foca.

Kim Yugyeom (GOT7)
━ Depois de um tempo de amizade com Jungkook, ele resolveu apresentá-la a Yugyeom, seu "segundo melhor amigo" – pelo menos foi esse o jeito que Isabelle fez o menino chamá-lo por estar com ciúmes do amigo –, e eles tornaram-se bons amigos, não tão bons quanto Jungkook e ela, mas o bastante para estarem sempre grudados quando se vêem. Ambos possuem uma relação bastante parecida no quesito de ambos estarem extremamente confortáveis um com o outro, mas enquanto Isabelle e Jungkook jogam videogame, conversam a noite inteira e vão comer fast food na madrugada, ela e Yugyeom vão andar sem rumo no shopping, rindo alto e fazendo desconhecidos lhe olharem como se tivessem algum problema mental. Bom, talvez tenham. Os três adoram combinar de saírem juntos, especialmente para jogar boliche e apostarem entre si.

Tzuyu (Twice)
━ Isabelle e Tzuyu possuem uma amizade forte, como verdadeiras irmãs. Elas conheceram-se ao estarem ambas na fila de um banheiro público lotado. Começaram a conversar na fila após a trainee reconhecê-la e, para o seu alívio, não gritar em um lugar tão cheio, porque atrairia atenção demais. Mas ela não foi a única ao perceber quem era, e foi então que elas realmente tornaram-se amigas: Isabelle ajudou a idol a evitar ser cercada na rua por alguns adolescentes. A amizade aconteceu de forma tão repentina que nenhuma das duas consegue explicar direito como ocorreu, mas só sabem que, de um dia para o outro, viam-se agindo como melhores amigas de longa data. Elas são o diário humano uma da outra.


Como se tornar amiga de sua personagem:
Conquistar a simpatia de Isabelle é algo bastante simples. Basta ser simpático e/ou educado e isso já é o suficiente para causá-la uma boa impressão. A amizade também não é muito complicada. Cho Hee faz amigos com facilidade, mas o único "porém" é que demora um pouco para confiar tudo sobre si completamente a eles. Ela gosta de ser amiga de qualquer tipo de pessoa, desde que seja uma boa pessoa – sendo isso bem claro ou não – e não seja desleal. Só quer alguém de confiança com quem possa ter bons momentos e ser idiota sem se sentir julgada. Alguém que tenha paciência de lidar com sua inicial timidez e dificuldade de se abrir totalmente no início da amizade também é bastante importante, pois ela não se sente segura contando coisas pessoais para quem não confia totalmente.

Como não se tornar amiga de sua personagem:
Uma boa primeira impressão é importante, mas não fundamental para Isabelle. Ela valoriza mais o que as pessoas são do que elas aparentam ser. Por isso, sempre procura conhecer mais os outros antes de resolver que não seria capaz de ser amiga de alguém. Porém, há certas características das quais a menina prefere manter distância. Não gosta de pessoas que usam as outras para se sentirem melhores ou conseguirem o que querem. Não tem nada contra ambição, mas não gosta quando outras pessoas são os "degraus" das outras. Pessoas arrogantes e autocentradas também tiram a sua paciência.

Como ela se comporta diante dos amigos?
Com os amigos, Isabelle é extremamente boba e divertida. Sempre está procurando algo para fazer com eles, como serem gordos juntos e comerem uma pizza enquanto jogam videogame ou assistem televisão. Está mais do que disposta a passar por cima de sua falta de vontade de sair de casa para ir a certos lugares apenas para lhes fazer companhia. É animada e divertida, até um pouco escandalosa e muito, muito irritante – adora irritar os amigos –, mas é uma amiga de ouro, e não vai sair do lado deles por nada. É confiável e um ótimo apoio, mas como não é muito boa em sugerir o que fazer para sair de alguma situação, prefere dar apoio emocional e só sugere quando tem algo bom em mente.

Como ela se comporta na frente de estranhos?
Cho Hee é bastante educada e cheia de sorrisos tímidos, porém amigáveis, para estranhos. Dá "bom dia", "boa tarde" e "boa noite" para todos, pergunta como foram ou está sendo seu dia com um interesse adorável. Tudo isso passando por cima da timidez e fazendo ao máximo para não gaguejar e ignorar a vermelhidão nas bochechas como se não estivesse lá. Quando se trata de estranhos, prefere escutar do que falar, dizendo alguma coisa somente quando lhe é perguntado.

Sua personagem tem algum inimigo? Se sim, quem?
SIm, uma modelo sul-coreana de sua empresa chamada Choi Hae Ji. Uma menina apenas um ano mais velha que um dia fingira ser a sua amiga apenas por puro interesse – interesse no quê?, Isabelle ainda se pergunta – e a outra não pensou duas vezes antes de acabar com a "amizade". Às vezes acabam se vendo no corredor e, quando Hae Ji lhe manda um olhar fulminante, Cho Hee faz o seu máximo para manter-se o mais indiferente possível. Só se falam se for estritamente necessário, normalmente elas só preferem fingir que a outra não existe.

Qual é a característica única dela em uma amizade?
A lealdade. Os amigos dela sabem que, seja o que for, Isabelle sempre estará lá para eles.



ᴀᴘᴀʀᴇ̂ɴᴄɪᴀ

Photoplayer: Park Hye Min | Park Pony (Ulzzang)



Mostrar Spoiler: imagens ♡






Isabelle tem uma aparência um pouco madura para sua idade. Possui olhos e cílios grandes, boca pequena, porém com lábios cheios, carnudos e rosados, assim como suas bochechas, naturalmente avermelhadas. Tem as sobrancelhas bem feitas e angulosas, cabelos longos com algumas ondas e pele clara, porém não pálida. Seu corpo possui curvas balanceadas, na medida certa. Possui uma franja que sempre estão intercaladas entre caindo sobre seu rosto e arrumadas junto aos outros fios. É muito bonita e poderia até ter uma aparência intimidadora se não fosse pelo seu sorriso angelical acompanhado de fundas covinhas e olhos fechados.



ғᴀᴍɪ́ʟɪᴀ ᴅᴀ sᴜᴀ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ

Kim So-Hyun//Chloe Irmã Gêmea 15 anos

São muito unidas. Por possuírem gênios tão distintos, brigas são muito comuns, mas elas sempre acabam se redimindo. Entretanto, confiam muito uma na outra, vivem brincando de se provocar e defendem uma a outra com unhas e dentes.



Park Ji Hye//Natalie Mãe 42 anos

Natalie é uma máquina de conselhos, totalmente ao contrário de Isabelle. A mãe é muito doce e calma, mas assustadora quando fica realmente irritada. Normalmente, carrega uma aura leve e carismática, o que a leva a conquistar muitas pessoas.



Kim Si-Won//John Par 40 anos

John é o mais brincalhão entre todos da família, e o mais otimista, apesar de parecer tão sério quando se trata de seu trabalho como advogado. Ele também é apelidado de "escravo" entre as mulheres da casa, porque sempre faz o que elas pedem sem reclamar, até com um sorriso no rosto, apesar de ser bastante protetor.





ɴᴜ́ᴍᴇʀᴏ ᴅᴀ sᴏʀᴛᴇ

Quatro



ᴅɪғɪᴄᴜʟᴅᴀᴅᴇs ɴᴏ ᴅɪᴀ ᴀ ᴅɪᴀ

Cho Hee tem um problema em aceitar críticas. Costuma recebê-las muito bem, mas passa o resto da semana refletindo e pensando demais, apesar de disfarçar muito bem. Ainda há um pouco de timidez sobrando dentro da menina, ainda é difícil conversar com desconhecidos olhando-os diretamente nos olhos o tempo inteiro, mas sempre se esforça ao máximo, tanto para parecer confiante quanto respeitosa.



ғᴀᴄɪʟɪᴅᴀᴅᴇs ᴅᴏ ᴅɪᴀ ᴀ ᴅɪᴀ

Permanecer positiva, principalmente quando são seus amigos que precisam. É também, apesar de tímida, muito receptiva, e consegue fazer alguém se sentir confortável ao seu lado com facilidade, até por ela esbanjar sorrisos e sinceridade. Tem uma facilidade enorme em se adaptar à novos diferentes e situações, além de se sentir bem com desafios impostos à si, e não pressionada, porque pensa em tudo como uma grande aventura que terá um final feliz, apesar de não ser sempre assim.



ɪɴsᴘɪʀᴀçᴀ̃ᴏ ᴅᴀ sᴜᴀ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ

BTS ━ GOT7 ━ IU ━ Demi Lovato ━ Justin Bieber ━ Selena Gomez



●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●

__ 𝚙𝚎𝚛𝚏𝚒𝚕 𝚊𝚛𝚝𝚒́𝚜𝚝𝚒𝚌𝚘 __

ɴᴏᴍᴇ

Belle



ᴘᴀᴘᴇ́ɪs ϙᴜᴇ ᴘᴏᴅᴇ ᴇxᴇʀᴄᴇʀ ᴇᴍ ᴜᴍ ɢʀᴜᴘᴏ

Pode ser vocalista e dançarina, seja como principal ou líder. Também pode ser compositora. E, caso não tenha nenhuma personagem mais apropriada para o papel, visual. Se acontecesse de ela ser rapper, o que não é muito provável, seria guia/de apoio, e com bastante esforço de sua parte.



ᴅɪғɪᴄᴜʟᴅᴀᴅᴇs

Fazer beatbox, raps muito rápidos – são como trava-línguas para ela, mas que se esforça pois já lhe disseram que sua voz é relativamente boa para o rap, só falta bastante treino – e manter o tom de voz baixo; não grave, mas simplesmente baixo.



ғᴀᴄɪʟɪᴅᴀᴅᴇs

Danças complexas, composição de música, notas altas e manter a voz estável mesmo enquanto faz passos de dança mais complicados. Também é boa em modelagem, sabe fazer as fotos saírem de forma natural.



ʜᴀʙɪʟɪᴅᴀᴅᴇs

Atuar ━ Tocar piano ━ Breakdance (também conhecida como breaking ou b-boying)



ᴏ ϙᴜᴇ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ғᴀʀɪᴀ sᴇ sᴜʀɢɪssᴇ ᴜᴍ ʙᴏᴀᴛᴏ sᴏʙʀᴇ ᴇʟᴇ:

Primeiro, Cho Hee ficará assustada, principalmente se o boato for inventado. Como aquilo tudo aconteceu? Tentaria ao máximo permanecer calma, e exteriormente estaria mesmo, mas por dentro estaria uma verdadeira bagunça, divida entre chorar e gritar, ficar triste ou irritada. Ao final de tudo, por precaução, não tomaria nenhuma medida até que a empresa achasse que era sério o suficiente para dar atenção à tal. Apenas depois de resolvido que apareceria nas redes sociais novamente, pedindo desculpas aos fãs pelo sumiço, agindo alegremente, como se nada tivesse acontecido, mas ainda chateada.



ᴏ ϙᴜᴇ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ғᴀʀɪᴀ ᴄᴀsᴏ ᴀʟɢᴜᴇ́ᴍ ᴏ ᴄʀɪᴛɪᴄᴀssᴇ ᴘᴜʙʟɪᴄᴀᴍᴇɴᴛᴇ:

Tendo como Selena Gomez uma de suas ídolas, é natural que Cho Hee aprenda alguma coisa com ela. Uma delas foi a não ligar para o ódio gratuito recebido ou, pelo menos, tentar. Simplesmente sorriria para a pessoa e a elogiaria ou agradeceria pela "sugestão" com toda a sinceridade existente nela. Dependendo da crítica, é provável que Cho Hee fique remoendo-a em sua cabeça, mas fará ao máximo para agir como se não fosse nada e acabar se metendo em problemas caso pareça frágil.



ᴏ ϙᴜᴇ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ғᴀʀɪᴀ ᴀᴏ ʀᴇᴄᴇʙᴇʀ ᴜᴍᴀ ʙʀᴏɴᴄᴀ﹕

Ficaria de cabeça baixa, concordando com a fonte da bronca e pedindo milhões de desculpas. Caso realmente tivesse feito algo para merecer, claro. Faria ao máximo para parecer forte, mas os olhos, sempre direcionados ao chão, estariam lacrimejando e, ao finalmente estar sozinha, Cho Hee deixaria as lágrimas saírem. Não se importa em pedir desculpas ou reconhecer o erro, mas levar uma bronca sempre fora algo que lhe deixa sensível.



ϙᴜᴀʟ ᴇ́ ᴀ ᴄᴀʀᴀᴄᴛᴇʀɪ́sᴛɪᴄᴀ ᴍᴀʀᴄᴀɴᴛᴇ ᴅᴏ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ﹕

Fisicamente, o sorriso. Na personalidade, como sempre parece estar pronta para qualquer coisa, chame isso de animação ou força.



ᴏʙᴊᴇᴛɪᴠᴏs

Finalmente poder debutar, dar orgulho aos seus pais e mostrar do que é capaz para todos que a subestimaram e/ou que a subestimam.



sᴏɴʜᴏs

Transmitir mensagens através das músicas, principalmente incentivando as pessoas a perseguirem seus sonhos e também criticando coisas que não concorda na sociedade. Quer ajudar as pessoas e ser reconhecida pelo seu talento. Conhecer seus artistas favoritos e se tornar uma atriz. Espera que seus fãs sintam orgulho dela e que eles sejam muito unidos, entre si e com o grupo.



ᴄᴏᴍᴏ sᴇʀɪᴀ ᴇʟᴀ ᴇᴍ ᴜᴍ ᴘʀᴏɢʀᴀᴍᴀ﹕

No início, será uma das mais quietas, tímida. Entretanto, conforme o programa for acontecendo, Cho Hee se soltará aos poucos até mostrar quem realmente é, divertindo todos com o seu carisma e bom humor, também sempre brincando e provocando as amigas. É respeitosa com os apresentadores, mas não deixa o seu lado descontraído de lado, sendo uma das meninas que mais conseguem a simpatia deles.



ᴄᴏᴍᴏ sᴇʀɪᴀ ᴇʟᴀ ᴇᴍ ᴜᴍ sʜᴏᴡ﹕

Quando está performando no palco, Cho Hee torna-se outra pessoa, totalmente focada, principalmente quando é a sua parte de cantar, que parece que foi para outra realidade. Mas, quando estão simplesmente interagindo com os fãs, é a menina de sempre, divertida e descontraída. Gosta de se agachar e tocar nas mãos dos fãs e brincar com eles. Ao contrário de algumas meninas, só faz aegyo quando a obrigam, porque sente muita vergonha; além disso, gosta de rir da cara das amigas quando elas são as que o fazem. Caso se emocione, é pouco provável que consiga segurar as lágrimas e, apesar de fazer de tudo para escondê-las, sempre acaba atraindo mais atenção de alguma forma.



ᴄᴏᴍᴏ sᴇʀɪᴀ ᴇʟᴀ ᴜᴍᴀ ᴇɴᴛʀᴇᴠɪsᴛᴀ﹕

Sozinha, não costuma falar muito, apenas responde quando se dirigem à ela e faz um comentário de vez em quando. Já as perguntas diretas, Cho Hee tenta ser sincera ao máximo, mas sempre é cuidadosa medindo suas palavras. Sobre as perguntas, é a mesma coisa com as amigas, exceto por ser o contrário de quieta quando está em sua companhia.



ᴄᴏᴍᴏ ᴇʟᴀ ʀᴇᴀɢɪʀɪᴀ ᴀᴏ ᴘᴇʀᴅᴇʀ﹕

Cho Hee tenta ao máximo não parecer decepcionada e/ou chateada, lembrando-se a cada cinco segundos que seu sorriso não podia sair do rosto, parabenizaria os vencedores e deixaria as emoções e as inseguranças para depois, quando estivesse sozinha. Ao final, tentaria ao máximo pensar pelo lado positivo e ver a situação como uma lição a ser aprendida.



ᴄᴏᴍᴏ ᴇʟᴀ ʀᴇᴀɢɪʀɪᴀ ᴀᴏ ɢᴀɴʜᴀʀ﹕

Demorará um pouco para cair a ficha e perceber que ganhou. Mesmo tentando se controlar em consideração às pessoas que não estão na mesma situação, o enorme sorriso não sairá de seu rosto dentro de aproximadamente oitenta e quatro anos. Tentaria fazer um discurso, mas acabaria se embolando toda pela animação e então só diria um alto "obrigada" antes de sair saltitante.



ᴄᴏᴍᴏ ᴇʟᴀ sᴇ ᴠᴇsᴛɪʀɪᴀ ᴘᴀʀᴀ sᴀɪʀ ᴇᴍ ᴘᴜ́ʙʟɪᴄᴏ﹕

Geralmente usa saias e vestidos, até mesmo no frio, aproveitando para usar meias altas. Gosta muito de botas e tênis, raramente usa sandálias, e quando usa, é apenas em situações realmente casuais. Ama essas roupas consideradas femininas, mas evita o "frufru" ao máximo. Gosta também de shorts de cintura alta e blusas soltinhas. Colares e laços são seus acessórios favoritos. Além disso, é a rainha dos moletons, tem, no mínimo, uns dez no armário.



ᴄᴏᴍᴏ ᴇʟᴀ sᴇ ᴠᴇsᴛɪʀɪᴀ ᴘᴀʀᴀ ᴜᴍ ᴘʀᴏɢʀᴀᴍᴀ﹕

Usaria praticamente as mesmas roupas que usaria para, por exemplo, ir a um shopping, mas com cuidado para usar peças mais arrumadas e sociais.



ᴄᴏᴍᴏ ᴇʟᴀ sᴇ ᴠᴇsᴛɪʀɪᴀ ᴘᴀʀᴀ ᴜᴍᴀ ᴇɴᴛʀᴇᴠɪsᴛᴀ﹕

Roupas mais sociais do que usaria em um programa. Uma das raras ocasiões em que usa calças jeans e abandona seus amados moletons para optar por algo um pouco mais formal.



ᴄᴏᴍᴏ ᴇʟᴀ sᴇ ᴠᴇsᴛɪʀɪᴀ ᴘᴀʀᴀ ᴜᴍ sʜᴏᴡ﹕

Prefere usar saias (dependendo das coreografias, com um pequeno short de ginástica por baixo), croppeds, shorts de cintura alta, blusas soltas, botas confortáveis e tênis de cintura alta.



ᴄᴏᴍᴏ ᴇʟᴀ ʀᴇᴀɢɪʀɪᴀ ᴄᴏᴍ ᴏs ғᴀ̃s﹕

Cho Hee, apesar de ser bem uma rainha do fanservice, não entende muito bem essa nominação. Ela apenas trata seus fãs como os vê: uma enorme família. Preocupa-se verdadeiramente com eles, os ama, e não tem medo de mostrar. Ama todos: desde os mais tímidos até os que chegam na sua frente e dão um grito. Também procura comunicar-se bastante com eles nas redes sociais. Prefere não fazer aegyo e opta apenas por corações com os dedos, mas quem resiste aos pedidos dos fãs? Não ela.



●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●

__ 𝚟𝚒𝚜𝚞𝚊𝚕 __

ᴅɪᴀ ᴀ ᴅɪᴀ





ᴇᴠᴇɴᴛᴏs





ғᴇsᴛᴀs





ᴘᴜʙʟɪᴄᴀᴍᴇɴᴛᴇ





ᴄᴀsᴜᴀʟᴍᴇɴᴛᴇ





ᴘɪᴊᴀᴍᴀ





ɢᴀʟᴀ





●▬▬▬▬▬๑۩۩๑▬▬▬▬●

__ 𝚌𝚘𝚞𝚙𝚕𝚎 __

ᴘᴀʀ

Park Jimin BTS





ᴄᴏᴍᴏ sᴇ ᴄᴏɴʜᴇᴄᴇʀᴀᴍ:

Isabelle conhece uma cafeteria em Seul não muito movimentada e que definitivamente deveria ser mais popular, a qual ela frequentemente visita quando tem tempo livre. Pode-se imaginar a surpresa da menina quando viu Park Jimin entrar no lugar. Estava coberto da cabeça aos pés, entretanto, ela facilmente o reconheceu. E tem mais uma coisa: ela é e sempre foi uma grande fã do grupo dele, o que deixou-a em uma situação complicada. Queria muito falar com ele, pedir uma foto ou só um sorriso, qualquer coisa, mas tinha dois problemas: ela não queria incomodá-lo e seria bastante difícil falar e não chorar como queria fazer. Foi quando Jimin percebeu a menina ansiosa na mesa ao lado, apertando a caneca com o café até os dedos ficarem brancos, apertando os lábios e com os olhos lacrimejando. Não pôde deixar de perguntar se ela estava bem, e Belle, quase sentindo o coração parar, respirou fundo e respondeu em uma voz baixa e trêmula, tanto que perguntou-se se Jimin conseguira ouvi-la: "Eu sou uma fã."

Jimin não pareceu incomodado, deu um sorriso que fez a menina derreter por dentro e fez de tudo para acalmá-la. No final, até tirou uma foto com ela. Depois desse dia, ficaram um bom tempo sem se ver, mas Cho Hee sempre voltava àquela cafeteria, sentava-se na mesma mesa e bebia o mesmo chocolate quente de sempre. Foi quando ela tinha perdido as esperanças de ver o ídolo novamente que ele apareceu, sentou-se na mesma mesa de antes e, apesar de surpreso ao vê-la, sorriu e cumprimentou a menina, fazendo-a dar um grito interno quando percebeu que lembrava de seu nome. Foi com curtos diálogos que ambos foram perdendo a timidez e, a partir daí, um novo sentimento foi nascendo.



ᴄᴏᴍᴏ sᴇ ᴄᴏᴍᴘᴏʀᴛᴀᴍ ᴇᴍ ᴘᴜ́ʙʟɪᴄᴏ:

É verdade que, em público, os dois automaticamente ficam mais tímidos e tomam um tempo até se soltarem de verdade, e um com o outro não é diferente. Quando não falaram nada sobre o relacionamento para o público, agem como se fossem amigos próximos, mas sempre se preocupando se alguma hora vão parecer próximos demais. Coisas como abraços, olhares, sorrisos e alguns cochichos podem ou não passar despercebidos pelos fãs. Se oficializarem o namoro, é provável que ambos se soltem um pouco mais, sentindo mais liberdade em brincar, provocar – zoar – um ao outro e ficarem mais próximos, sem tanta cautela.



ᴄᴏᴍᴏ sᴇ ᴄᴏᴍᴘᴏʀᴛᴀᴍ ᴀ sᴏ́s:

São definitivamente mais soltos. Belle e Jimin dividem-se entre serem o casal eleito mais fofo do ano ou o mais divertido. Os dois são tímidos, mas não resistem a segurar as mãos um do outro e se abraçarem. É comum ouvirem que as pessoas sentem inveja do jeito que se olham, e, quando acontece de alguém dizer isso, eles ficarão vermelhos em segundos. Mas, por outro lado, também são muito brincalhões quando se soltam. Gostam de brincar e provocar, seja um contra o outro ou se juntando para ir contra alguém. Até brincam de "lutinha" – depois de Isabelle mostrar que está completamente bem com isso, já que Jimin é bastante protetor – como bons amigos. Os dois gostam de ir ao karaokê juntos e propositalmente fazerem o pior dueto que alguém já viu apenas para se divertirem. Também gostam de ligar música alta, comerem pizza e fazerem passos de dança estranhos. Há um pequeno ciúme por parte de ambos: Isabelle simplesmente por não ser muito segura, e Jimin sempre reclamando de ela estar ficando próxima demais dos outros integrantes.



ɴᴏᴍᴇ ᴅᴏ sʜɪᴘᴘ

O público se divide entre chamar o casal de Chomin e Bellmin



ɪʀᴀ̃ᴏ ᴀssᴜᴍɪʀ:

Não de início. Primeiro: assumiriam apenas com o consentimento de ambas empresas, óbvio. Segundo: preocupam-se com a opinião dos fãs. Então, para tomar a decisão, eles decidiram olhar na internet ao pesquisarem as interações que já fizeram, e ficaram positivamente surpresos com o resultado. O público ficou encantado com o modo que se conheceram – um pouco clichê, mas apaixonante. Uma fã e um ídolo. Talvez não fosse tão impossível, e isso conquistou grande parte dos fãs – claro que não todos. Encorajados, iriam sim assumir.



ᴇʟᴀ sᴇʀᴀ́ ɪɴᴛᴇʀᴇssᴇɪʀᴀ:

Não



ᴇʟᴀ ɪʀᴀ́ sᴇ ᴀᴘᴀɪxᴏɴᴀʀ ᴘᴏʀ ᴏᴜᴛʀᴏ:

Não



ᴄᴏᴍᴏ sᴀ̃ᴏ sᴇᴜs sᴇɴᴛɪᴍᴇɴᴛᴏs ʀᴇʟᴀᴄɪᴏɴᴀᴅᴏs ᴀ ᴇʟᴇ

Isabelle nunca havia entrado em um relacionamento antes; nunca nem ao menos teve um amor platônico por mais de duas semanas. Por isso, quando começou a sentir tudo o que lia nos livros – frio no estômago, suor frio e coração acelerando –, sentiu-se confusa e, acima de tudo, assustada. Ela sentia que não podia sentir-se dessa forma por algum motivo. Provavelmente, a insegurança falando mais alto. Entretanto, tudo aquilo ia embora quando estava com Jimin. Ele a tratava de um jeito que lhe fazia sentir segura, coisa que nunca havia sentido, seja consigo mesmo ou com os outros. Surpreendeu-se com a facilidade com que se abriu a ele e com que ele a aceitou. Principalmente, sente-se protegida e segura, ao mesmo tempo que sente-se assustada com a intensidade do que sente. Nunca, em sua vida inteira, sentiu seu coração acelerar tanto ao tocar no nome de alguém. Nunca gostou da ideia de envelhecer, mas se fosse com Jimin, estaria tudo bem.



ϙᴜᴀʟ ᴇᴍᴘʀᴇsᴀ sᴜᴀ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ᴇ́ ᴛʀᴀɪɴᴇᴇ?

YG Entertainment







ɪᴛᴀɴɪᴄ ❞


Mostrar Spoiler:


Você pula, eu pulo, lembra?


Nome Completo + Apelido

Cameron Beaulieu

— É normalmente chamada apenas de Cam – ou Cammy, para aqueles que desejam provocá-la, apesar de ela não realmente se importar muito –, até prefere que dirijam-se à ela dessa forma.

Idade

17 anos

Aparência





Cameron é dona de uma beleza angelical; ela possui olhos azuis extremamente claros, enfeitados com cílios cheios e uma auréola negra circulando a íris. Seus cabelos são da cor loiro claro, estes que são lisos, mas que caem em cascatas de ondas a partir da altura de seu ombro até quase a sua cintura. Sua boca é pequena, mas seus lábios são carnudos, rosados, assim como suas bochechas, dando-lhe uma aparência embonecada. Não é muito alta e isso a incomoda um pouco, medindo cerca de 1,63 metros. O corpo da menina não é cheio ou escasso de curvas, mas possui medidas balanceadas.

Photoplayer

Dove Cameron

Nacionalidade

Nasceu em Manchester, Inglaterra

Classe Social

1ª Classe

História

Pode-se dizer que Alec e Emilly tiveram mais sorte do que muitos outros casais. O casamento fora arranjado poucos anos depois de ambos atingirem a maioridade e, apesar de ter sido necessário abrir mão de tantas coisas, inclusive de pessoas que amavam, ambos encontrarem uma boa amizade um no outro foi algo muito importante. Um ano depois do casamento, Cameron nasceu, e o casal, naquele momento, apaixonaram-se verdadeiramente. Não tanto quanto no passado por outras pessoas, mas sim, se amavam.

Cameron cresceu como qualquer outra criança em sua posição: sob regras e mais regras. É claro que tinha um lado positivo; sempre teve a plena consciência que sua condição era melhor do que muita gente e, por isso e mais por saber que seria julgada até o fim de sua vida e acabaria com as chances de encontrar um homem interessado – não que se importe com isso, e sim sua família –, permaneceu em silêncio esse tempo todo. Mas nem tanto.

Sobreviveu graças aos amigos que fez. Não os cheios de falsidade que são convidados para as festas de seus pais, mas sim os verdadeiros. Sempre teve o costume de combinar com eles de fazerem alguma coisa, nem que seja apenas ficarem conversando e comendo, e isso sempre acontecia no meio da noite, quando os pais de Cameron estavam dormindo – ela escapava e voltava apenas quando o Sol estava prestes a nascer. Disso, ela cresceu com um espírito aventureiro sem igual.

Seus pais, principalmente sua mãe, desejam encontrar um pretendente para sua filha. Apesar de eles mesmos terem sido forçados a casarem-se, agora, seguem o mesmos caminhos dos pais sem pensar duas vezes. Cameron costuma de dizer que sofreram uma lavagem cerebral, pois ambos são muito diferentes das histórias que contam para ela sobre quando tinham a sua idade.

Família

Alec Beaulieu | 38 anos | Pai | Empresário



Alec é extremamente compreensivo e Cameron sempre vai até ele quando precisa de conselhos. São muito amigos um do outro e raramente discutem. Claro, exceto quando o pai toca em dois assuntos: casamento e condições das mulheres. Alec é muito menos machista do que a maior parte dos homens da época; ele não as vê como incapazes, entretanto, as enxerga como o sexo frágil, que devem ser protegidas, e isso irrita Cameron profundamente. Mas, geralmente, são bastante unidos e Alec sempre sabe o que fazer ou o que dizer quando a filha está irritada ou chateada com algo.

Emilly Beaulieu Rodriguez | 38 anos | Mãe | Atriz



Cameron e Emilly são muito diferentes e, ao mesmo tempo, muito parecidas. As duas têm personalidades fortes, contudo, possuem pontos de vista totalmente diferentes, e isso causa muitos argumentos entre elas, geralmente amenizados pelo pai. Emilly segue as regras rigidamente, enquanto Cameron constantemente as quebra. Podem brigar bastante, mas é verdade que ambas se amam, apesar de tudo. Cameron admira muito o fato de sua mãe ter ido contra todos e se recusou a abandonar seu trabalho como atriz, e Emilly, apesar de não falar para ela, enxerga-se muito na filha.

Personalidade

Original e cheia de humanismo, Cameron tem um espírito rebelde muito desenvolvido e é atraída pela defesa de grandes causas e valores como a liberdade, a igualdade e a justiça. Ela é bastante sociável, não entende o significado de "solidão" nem quando está sozinha. É divertida e sempre tem algo em mente, por isso, com ela, é praticamente impossível sentir-se entendiado. A loira é dotada, frequentemente, de uma mente brilhante e inteligência singular. Sob uma aparente frieza, Cameron é, na verdade, uma pessoa muito sensível.

Ela dá aos outros sem contar e sem esperar nada em troca. É bastante gentil, mas não ingênua, sabe identificar quando estão tentando lhe enganar ou manipular. Cameron tem opiniões e ideias sobre tudo e ama, antes de toda e qualquer coisa, ser livre. Quer seguir seus caminhos, suas ideias, e o futuro que ela imaginou para si mesma, não que os outros imaginaram para ela. Ela é extremamente independente, honesta e leal, especialmente em suas amizades, por isso, detesta qualquer tipo de mentira e busca ser sincera sempre que possível.

Apesar de tudo, Cameron é imprevisível e tende a contrariar muito. É uma pessoa que prefere mais a descontração, mas ainda é alguém com muito carinho para distribuir. Ela odeia rotina e imitações, gosta de coisas novas e dinamicidade. Detesta promessas e pessoas vazias. Gosta de lutar por suas causas, ter bons amigos e diversão. Pode receber alguns olhares estranhos por pensar diferente, mas ela apenas possui uma mente avançada para o período em que vive.

Orientação Sexual

Heterossexual

Medos & Manias

[ Medos ]
— Medo de aceitar tudo como os seus pais fizeram;
— Medo de se sentir presa por muito mais tempo;
— Medo de perder os pais;

[ Manias ]
— Segurar na mão dos amigos sem perceber;
— Cantar em alto e bom som quando está sozinha;
— Dar abraços fortes e repentinos, mas calorosos;

Gostos & Desgostos

[ G ]
— Animais;
— Cantar;
— Crianças;
— Ler;
— Ir contra tudo e todos;
— Ajudar as pessoas;
— Aventuras;

[ D ]
— Receber ordens;
— Arrogância;
— Falsidade;
— Injustiça;
—Discriminação;
— Regras;

Como se sentiu ao estar no Titanic

Ficou extremamente animada. Era algo novo, e Cameron ama novidades. A "filhinha do papai", como alguns a vêem, parecia mais uma criança no Natal no momento que pisou no navio. Já fazia uma lista do que faria ali, começando por conhecer cada cantinho dali, desde os quartos da primeira classe até os dormitórios da terceira, não se importando muito com o que sua mãe pensaria.

O que espera da viagem

Sendo sincera consigo mesma, Cameron não esperava uma coisa muitoextravagante. Claro, estava animada por ser sua primeira vez em um navio, e forçou-se a pensar positivamente. Decidiu que se, por acaso, achasse que a viagem não era emocionante o bastante, ela a faria ser.

Sua relação com os outros passageiros

Cameron não é tímida, isso é um fato. Por isso, por volta do segundo dia, praticamente metade do navio já a conhecia. Seja da primeira, segunda, terceira classe ou os funcionários dali. Chegou até a aparecer na cozinha, oferecendo ajuda e alegando que sua mãe a ensinara alguns truques muito bons na hora de cozinhar. Basicamente, seria educada, mas carismática e amigável acima de tudo.

Deseja par? Se sim, relação com o mesmo

Sim.
— Surpreendentemente, Cameron, a menina que não tem vergonha de ninguém, torna-se bastante tímida quando o assunto é relacionamento e/ou sentimentos. Nunca, mesmo com suas "fugidas", teve algum tipo de relação emocional ou física com alguém, nada passou de alguns selinhos com um amigo só por experimentar. Tudo o que Cameron precisa e imagina em alguém é que essa pessoa escute e se interesse verdadeiramente por suas teorias e "viagens", alguém que a proteja e cuide dela, alguém que seja carinhoso, mas saiba não tirar a liberdade de ninguém, e que seja divertido o bastante para entrar em suas brincadeiras e aventuras, porque é assim que Cameron agiria em um relacionamento.

Como irá agir diante do naufrágio

A primeira coisa que Cameron procurará fazer é manter a calma. O desespero é a última coisa que precisa em momentos como esse. Tentaria sempre ajudar as pessoas que cruzaram seu caminho, como o usual, recusando-se a deixar alguém para trás. A loira terá sempre um objetivo em mente: encontrar seus amigos e seu pai.

Curiosidades & Fatos

— Ama ler livros antigos;
— Ela sabe falar francês e gosta de praguejar nesse idioma quando vê que não há alguém por perto que o fale;
— É boa em desenhar, mas não costuma mostrar os desenhos para os outros;
— Nunca passou de entrelaçar os braços com ninguém fora de sua família;
— Gosta de usar pijamas masculinos/blusões quando não sai de casa/quarto;
— Tem mais dificuldade em andar de saltos muito altos do que mostra;
— Sempre quis ter um cachorro de porte grande, mas nunca foi permitida

Favoritou a fanfic?

Sim.

Ciente de que agora seu personagem nos pertence?

Com certeza!




ɢᴏʟᴅᴇɴ ᴄᴏᴀsᴛ ❞


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...