~Meives

Meives
Nome: Alice
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil
Aniversário: 25 de Dezembro
Idade: 17
Cadastro:

My Precious Gift - Em fabricação


Postado

My Precious Gift - Em fabricação

~"Seus olhos me deixam sem ar, seria medo ou paixão, Shu?




♡ Nome Completo:
Cattleya Lieber Melo
Cattleya é o nome de um gênero de orquídeas de flores grandes e vistosas, muito popular, com inúmeros híbridos intergenéricos. Antigamente era possível vela no mato espalhada. Agora ela só pode ser cultivada na Colômbia. Sua mãe colocou esse nome nela por ela mesma amar essa especie de flores. Sua mãe falava que todos os dias quando ela acordava ela via aquelas flores pela janela no quintal de sua casa quando ela era pequena, e quando ela colocou os olhos nela, ela lembrou das flores de sua infância e assim a batizou com esse nome.

Lieber é um sobrenome Hierosolimita, ou seja de quem nasceu em Jerusalém. Os sobrenomes das pessoas que moram em Jerusalém, são palavras que juntadas com outras da nele. Lieber significa "Que ama" é uma junção de palavras que formou um sobrenome:Há dezenas de milhares de sobrenomes judeus utilizando a combinação das cores, dos elementos da natureza, dos ofícios, cidades e características físicas. (Sobrenome de parte de Pai)

Melo:Significa “ave”, “mel”, “adoçar” ou “aquele que é doce”.Melo é um sobrenome típico da língua portuguesa, derivado a partir do apelido de D. Soeiro Reimondes, conhecido como “o merlo” ou “melro”. Merlo é o nome de uma ave bastante popular no continente europeu, caracterizado pela sua pelagem negra e bico laranja. Algumas pessoas associam o significado de Melo com a palavra “mel”, que possui uma conotação relacionada com tudo aquilo que é “doce”. No entanto, não existe uma confirmação dos etimologistas sobre este significado. (Sobrenome por parte de Mãe)



♡ Apelidos:
Tlleya:
{O motivo desse apelido é bem simples, quando ela chegou na escola no seu primeiro dia de aula. Ela não foi muito de fazer amigos, então uma menina chamada Beatrice, chegou nela a chamando de Tlleya, a mesma ficou curiosa sobre esse tal apelido, porem não o motivo. Beatrice a puxou para conhecer seus amigos, e assim todos os alunos começaram a chama-la assim}

Rose:
{Apelido dado por seu pai, que na maioria das vezes as chama de "My Rose", ou seja "Minha Rosa". Seu pai a chamou assim depois de seu nascimento. E então acabou virando costume, e se um dia ele chamar ela de Cattleya pode saber que a coisa vai ficar feia para o lado dela.}

Mel:
{Todos com quem ela tem intimidade a chamam assim, ela gosta e se sente confortável perante esse apelido. Seu irmão Miguel que costuma chama-la assim com mais frequência, e toda vez que ele chama ela a mesma falta se derreter com a fofura extrema dele}

Boneca:
{É o apelido que Darien seu ex-namorado colocou nela, por ela se parecer com uma "boneca", bem essa era a desculpa que ele dava. Ela gosta desse apelido, e se senti triste toda vez que ela ouve pois lembra ele. E lembra de não poder explicar a ele o motivo dela nunca ter aparecido no dia do aniversário dele.}

Princesa/Hime:
Esse apelido ela não gosta. Foi dado pelo seu par para irrita-la. Ela não gosta porque lembra a Daichi e a seu pai. Mas, com o tempo ela se acostumou. Mas quando ele usa esse apelido em uma frase que não deve tipo:
"Você é minha Princesa. Se lembre disso"
E ai pronto ela fogo saio pela boca da Cattleya

Esquilo:
{Esse apelido também foi dado pelo par, por ele achar el muito chata e barulhenta, ela não gosta desse apelido, fica cão raiva toda vez que ouve. Ela não se considera irritante, mas considera ele um chato }




♡ Idade/Data de nascimento/ Signo:
Ela tem 18 anos. Ela nasceu no dia 01 de Fevereiro de 1998 as exatas 03:45 da madrugada, ela nasceu em um dos meses mais frios de Jerusalém quando se fazia apenas -2,4 graus abaixo de zero, era um mês com muita neve oque é um pouco raro. Seu signo regente é de Virgens| Ascendência: Sagitário | Lua em: Escorpião.



♡ Aparência:




O que pode se dizer da aparência de Cattleya é bela, como já diz seu nome é dona de uma beleza pura e linda como a neve ela é dona de uma beleza elegante porem delicada, e muitos acham atraente e tentadora.

Cattleya é dona de longos cabelos na tonalidade de um castanho bem escuro, que podem ser comparado com a cor de um chocolate amargo ou o céu a noite completamente escuro, eles são bem brilhos e muito bem cuidados, oque faz com que sejam sedosos e exalem um cheiro de morango silvestre. Eles são tão longos que chegam ate a metade de suas coxas, e que se crescer mais ele pode varrer o chão quando ela for andar e isso pode acontecer já que eles crescem bem rápidos e suas pontas são cortadas em V. Eles são extremamente lisos, que quando passam a mão nele, os fios negros deslizam pelos dedos, e graças a ele ser bem penteado nem um nó fica preso em algum dos dedos. Sua franja de forma desigual sendo dos lados maior e do meio menor, a parte do meio chega quase que na ponta do nariz, e as do lados chega ate o tamanho da boca. Ela costuma usar o cabelo solto só que com duas pequenas marias chiquinhas dos dois lados do cabelo
Um rosto angelical um pouco redondo e delicado com leves maças naturais em seu rosto.
Seus olhos impactantes na tonalidade azul esverdeado, mas as vezes eles ficam empatados entre o azul turquesa e o verde esmeralda, dependendo da luz do ambiente a cor de seus olhos ficam azuis ou verdes, eles são muito belos oque faz com quem os olhe pensem que eles estão ali lendo suas almas e vendo seus pecados, oque faz com que eles fiquem desconfortáveis, porem não conseguem parar de olha-los e fiquem perdidos naquela imensa piscina azul-esverdeado.
Longos e grossos cílios que destacam seus olhos oque os deixam mais elegantes e misteriosos.
Ela tem lábios pequenos porem carnudos oque faz com que sejam bem convidativos aos olhos masculinos, eles possuem uma cor natural de pêssego e são bem macios, e "doces" como quem já os experimentou diz.
Suas sobrancelhas são finas e bem feitas, não tem nem um fio a mais ou a menos, ela é bem bonita oque dar uma bela modelada em seu rosto.
Sua pele é mulata, na cor de caramelo escuro que puxou de sua mãe, sem marcas, sem imperfeições. por conta de sua pele escura, seus olhos se destacam ainda mais, e graças a ela, quando a mesma se machuca não aparece uma marca roxa, só que o seu rosto é tomado pelo vermelho quando a mesma fica envergonhada ou com raiva.
Seu nariz é fino e pequeno um pouco arrebitado.
Dona de um sorriso bem bonito que muitos dizem "iluminar" o seu dia.
Seus pés e mãos são pequenos e delicados perfeitos para seus corpo.
Tem unhas grandes e fortes que a mesma sempre as deixa cortadas de forma oval e as deixa com base ou um esmalte com glitter.









O corpo de Cattleya é escultural e cheio de curvas, e apesar de ser nova ele já é bem evoluído o que faz com que seja atraente e elegante e oque traz olhares de desejo ou inveja para cima da mesma.

Ela é dona de seios fartos, mais para ela é "razoável", ela não liga para o tamanho deles os acha bonitos, eles tem de a cerca de oitenta e quatro centímetros oque faça que seja uma das primeiras coisas que um homem olha nela, e eles são rígidos e firmes, e eles costumam balançar quando ela anda, e isso ela não gosta.
Dona de pernas grossas e torneadas e de um quadril largo sendo ele de oitenta e três centímetros, suas penas são belas e longas e livres de qualquer imperfeição seja celulite, estria entre outros, oque atrai muitos olhares para elas também tanto homens quanto mulheres.
Ela é dona de curvas muito belas e delicadas oque faz com que seu corpo seja bem modelado e perfeito e bem atraentes.
Dona de ombros curtos e braços finos.
Tem um bumbum bem farto mais não exageradamente ele é empinado e redondo.
Sua cintura é fina e modelada e muito bem feita e cheia de formas perfeitas.
Dona de uma barriga chapada e lisa apesar de a mesma comer muito ela pesa apenas 50kg um peso dos sonhos de qualquer garota.
Sua aparência pode ser confundida com a de uma modelo, porem a sua altura a entrega, ela tem apenas 1,66 de altura sendo assim bem baixinha porem mais alta que algumas.



♡ História:
-Eu estarei narrando a história, e pode ser que ela fique um pouco longa. Já que irei contar tudo desde o inicio, antes de Cattleya nascer"


Ano de 1995.


Uma jovem brasileira chamada Rebeca. Conseguiu sua bolça de estudos e foi estudar no exterior. Para alguém que morava no Rio de Janeiro, se mudar para Jerusalém foi uma grande mudança. Seus pais ficaram preocupados com o fato dela estar indo para um lugar completamente estranho, e completamente sozinha. Mas, ela foi mesmo assim. Chegando lá, ficou no apartamento que a escola pagava para ela. Apos uma semana sem nem mesmo sair de seu comodo. Ela toma a decisão de explorar uma cidade tão bela quanto essa.

Ela passeou praticamente por toda a cidade em só um dia. Ela foi em museus, teatros, ate mesmo no centro cultural. Lá ela ficou encantada com a cidade, afinal a mesma era bastante religiosa. Durante seu trajeto pela cidade, ela encontra Miguel. Um rapaz que nasceu em Jerusalém. Ele era mais velho que ela dois anos. O mesmo logo se tornaria sargento do exercito. Ele impressionou muito ela, e ela ele. Miguel de primeira jogou muitas cantadas para sima de Rebeca, e pesar de estar funcionando, ela não deu nem um sinal de tal interesse. Ele acabou que mostrou para ela o restante da cidade para ela.

Ele conseguiu convence-la a sair com ele na próxima quinta-feira, ele a levou em um restaurante que ficava no centro da cidade, que no qual os pais dele eram donos, durante o "encontro", deles. O irmão mais velho de Miguel, mais conhecido como Lucas. Ele deu em sima da Rebeca na maior cara de pau possível. E isso deixou Miguel estressado, pois sempre ele fazia isso, e sempre acabava levando as garotas que despertassem o interesse de Miguel para acama dele. E por mais incrível que parecesse para ele. Rebeca dispensou Lucas, oque o deixou muito surpreso, e ate mesmo o próprio Lucas, que encarou isso como um desafio.

Com o tempo se passando. Rebeca e Miguel começaram a namorar depois de dois messes de encontros, e dois messes de encheção de saco da parte de Lucas. E por algum motivo, Lucas acabou que pro começar a gostar de Rebeca, mesmo ela dando nem um tipo de bola pra ele. Mas o mesmo nunca desistiu. Iria traz dela ate no inferno se necessário. Pois ele não admite perder para seu irmão mais novo. Ai ficou aquele típico triangulo amoroso. Porem um lá era intruso, já que ninguém o havia chamado.

O tempo foi se passando ainda mais. E nem davam mais bola para Lucas. Ele acabou indo para um convento de padres. Oque fez muitos se espantarem, afinal ele ere Cristão, e nunca iria para a Católica de repente. Mas respeitaram a decisão dele. Dois anos de namoro, e Miguel pediu rebeca em casamento, e é claro que ela aceitou. Eles nunca souberam, mas, quando Lucas descobriu, ele ficou com ódio, pois, ele havia perdido para seu irmão e isso jamais tinha acontecido.

A lua de mel deles foi no Havai, mais logo retornaram para Jerusalém. Miguel finalmente se tornou sargento, e Rebeca se formou em Astronomia. Eles começaram a viver juntos numa espaçosa casa no interior, longe de muita bagunça que era a cidade grande. Quando Rebeca tinha acabado de ter feito 21 anos, ela descobriu estar grávida. Foi uma felicidade para toda a família......Menos para Lucas que ficou ainda mais irado. Durante nove messes Rebeca recebeu acompanhamento médicos, além de ter desejos muito diferentes, um dia ela acordou no meio da noite, com desejo de comer melancia com manteiga. Miguel só acordou quando ouviu quando ele ouviu barrulhos da cozinha. Quando desceu achou sua mulher, e quando perguntou oque ela estava fazendo, e quando ela contou, ele quase teve um treco, e quase vomitou. Oque foi engraçado. Quando Rebeca estava com seis messes de gestação, ela acabou escorregando e caindo de costas, e ela teve de ir ao hospital, apesar de ter doido e dado o maior susto em todos. O bebê estava bem, só que ela deveria tomar mais cuidado se não podia perder a criança. Numa madrugada cheia de neve, Rebeca acorda com contrações, e quando conta a Miguel o mesmo pula da cama como um gato. E a leva ao hospital novamente, ela já estava com nove messes, e foi rapidamente atendida. Miguel ficou la na sala de parto com ela, quase desmaiando mais ficou. E assim depois de 32 longos minutos, e as exatas 03:32, nasce Cattleya, uma menina linda, que pesava lindos 3kg. Ela puxou a cor da pele da mãe, os olhos do pai entre outras características de um e de outro. Três dias depois eles voltaram para casa, e agora com uma nova moradora. Na hora de escolher o nome de Cattleya, demorou um tempo, ate que dois dias depois do seu nascimento, sua mãe viu uma flor no canto de seu jardim, e logo a reconheceu como Cattleya, uma orquídea que ela sempre via na casa de sua avó, e sempre a considerou magnifica, ela achou estranho. Pois ninguém nunca a tinha plantado ali, ela veio e brotou sozinha, então dai veio a ideia do nome.

Com o tempo, eles repararam algo. Com dois anos, Cattleya não falava e muito menos atendia pelo nome. Então a levaram para uma consulta, e descobriram que Cattleya era deficiente aditiva, e por isso não falava e nem respondia. Então eles resolveram ensina-la a ler desde de pequena, e então ela se comunicava com eles através de palavras escritas, e desenhos feitos pela mesma. Desde de pequena Cattleya tem uma mania de tirar foto, de toda a sua vida, para recordar, e a mesma fala que "Temos que gravar esses bons momento, pois o tempo passa muito rápido. E logo tudo estará somente na lembrança"

Aos cinco anos ela entrou no seu primeiro ano escolar. E ao chegar na sala escreveu no quadro "Olá! Me chamo Cattleya. E sou deficiente auditiva, mas mesmo assim espero que nos demos bem". De inicio tudo foi bem, ate que os alunos ficaram estranhando quando ela não atendia eles, e pensam que ela os ignorava de forma proposital, então resolveram importuna-la e a chamando de esquisita. Quando seus pais finalmente compraram, o aparelho que iria ajuda-la a ouvir, Cattleya ficou tão feliz, quando ouviu a voz de seus pais pela primeira vez, que chorou, e ela ate mesmo falou e começou a cantar em diferentes lugares da casa, seus pais acharam a coisa mais fofa, pois ela era bem afinada. Cattleya quando foi com o seu aparelho pela primeira vez, todos estranharam, e tiveram a brilhante ideia de pegar e ficar jogando de um lado para o outro, e os mesmos se divertiam quando vinham ela desesperada atrás do aparelho. E sempre acabavam quebrando, e foi assim com três aparelhos seguidos. Seus pais acabaram indo na escola escondido, para ver oque acontecia com os aparelhos. E lá viram, uma rodinha ao redor de Cattleya, jogando o pequeno objeto de metal, de um lado para o outro. Então eles agiram logo, e acabaram com a festa. Eles interrogaram as crianças para saber quem havia começado com a brincadeira de mal gosto. E descobriram ser Nicolas, um pequeno garoto loiro, que não aceitava a diferença de Cattleya, seus pais começaram a querer tratar isso com os pais do menino, e fazer com que ele fosse expulso, e se necessário levar isso para o tribunal. O menino já estava chorando bastante e pedindo desculpas, e então quando seus pais iam fazer oque pensaram, Cattleya entra na sala onde estavam, com um papel na mão escrito "Esperem. Eu perdoo ele", tais palavras lidas, deixaram seus pais pasmos, Cattleya foi ate o menino que chorava no chão, e o levantou e com um pequeno pano secou as lágrimas dele com um grande sorriso no rosto.

Depois disso seus pais não fizeram mais nada. Além de tira-la da escola e coloca-la em outra. Nessa nova escola Cattleya nem teve a coragem de se apresentar, mas, desta vez os alunos vieram ate ela. Uma menina de cabelos laranjas e olhos lilases quase um violeta. A menina chegou em Cattleya, e perguntou;

-Ei! Qual é o seu nome?

-Hum?......Ca-cattleya.

-Cattleya? Que diferente!. Vou te chamar de Tleya. Venha!

Ela acabou puxando Cattleya de um jeito bruto. E a levou a um grupo de crianças, lá ela conheceu Daichi, um menino que tinha vindo do Japão, e Matt, um americano que veio para Jerusalém deis de que era pequeno. Daichi nem se quer por um instante parou de encarar Cattleya. Depois dai eles fizeram uma amizade muito duradoura, que logo depois se tornou outra coisa.

Desde sempre, Cattleya e sua "turminha" vivem entrando em confusão. Um dia eles colocaram, pimenta no café da professora mais odiada da escola. Colocaram manteiga na corda do ginásio.
Cattleya mesmo depois de começar a ouvir. Ela continuou a desenhar e a pintar. Seus traços melhoraram muito aos seis anos. Se tornaram mais realistas e precisos, oque deixou seu pai e sua mãe maravilhados com tal coisa. Cattleya teve o costume de desenhar, e desenhava todo o dia de madrugada pois era quando tinha inspiração, e todos estavam dormindo oque ajudava em sua concentração.

Aos oito ela foi posta em uma escola de dança do ventre. Acabou desenvolvendo talento, para tal dança tão cheia de detalhes. E também foi colocada em uma escola de canto, seus pais perceberam como sua voz era bonita, mas, por conta de não usa-la com muita frequência quando pequena, ela ainda precisava ser desenvolvida.

Quando Cattleya tinha dez anos, sua mãe engravidou de um menino, seu nome é Benjamim, ele nasceu em um dia chuvoso, e nesse dia seu pai não estava, oque fez Cattleya ficar desesperada, porem passou por tudo, sorrindo, pois prometeu a seu avô antes dele morrer, que mesmo nos momentos de dificuldade, ela iria sorrir, tanto que durante seu enterro ela ficou sorrindo o tempo todo, nem um familiar seu a repreendeu pois sabiam da promessa. Por fim ela conseguiu ajuda e chamou uma ambulância, e então sua mãe foi para o hospital e conseguiu ter Benjamim, que era praticamente a cara de seu pai. E quando seu pai chegou, faltou ter um ataque, assim que viu sua esposa com um bebé nos braços.

Um dia ela foi para a casa de sua avó passar o verão. Ela adorava ir para lá. Sua avó a ensinava muitas coisas, ela ensinou Cattleya, a tocar harpa e piano, costurar e a cuidar de flores e de saber distinguir cada uma . Durante sua "estadia" lá Cattleya, acabou quebrando um seu braço esquerdo, quando caiu de sima de uma arvore, tentando alcançar uma maça que ela queria que por queria pegar tal fruta. Então apos isso ela teve de voltar para casa na cidade.

Aos doze, seus pais repararam na inteligência da garota, que não saia do nove e dez. Então resolveram fazer um teste de QI com ela. E descobriram que a mesma tinha 210 de QI . Com sua facilidade de aprendizado, ela conseguia falar além do Hebraico o latim, grego, francês, russo, alemão, turco, português, inglês e Japonês, pois a mesma sempre foi fissurada em aprender outra línguas.

Desde sempre ela ama musica, e então quando foi num concurso, ela viu uma mulher tocando um sax-alto, e ficou apaixonada pelo som do instrumento. Que insistiu tanto para que seu pai lhe desse o instrumento, e ele acabou dando um tenor que era a paixão dela. A mesma não queria nem a pau entrar em uma escola de musica. Ela queria prender sozinha, seus pais falaram que isso seria impossível. Pois sax era um instrumento muito complexo, mas ela disse que iria mostrar que ela conseguia. E não é que ela conseguiu? Em menos de dois messes, ela conseguiu vira no instrumento, uma "mestre" tocando desde alto a bariton mas, seu favorito é e sempre será o tenor. Oque fez muitos calarem a boca quando viram oque ela fazia com o instrumento.

Quando tinha quatorze anos, ela ganhou um cachorro e o chamou de Aren. Seu irmão mais novo Benjamim, tinha medo de cachorro, mas depois de conviver com Aren ele parou com o medo. Benjamim começou a frequentar a escola de Catlleya aos cinco anos, então eles iam para a escola e voltavam juntos. Ate que quando eles estavam voltando da escola juntos, eles estavam passando por uma faixa de pedestre, e um carro veio para sima deles em alta velocidade. O homem que dirigia o carro tinha acabado de assaltar um banco, e tinha viaturas atras deles. Benjamim congelou no meio da rua já que ele estava andando na frente de Cattleya. Então ela foi ate ele e o empurrou e então seu corpo colidi-o com o carro e ela caiu inconsciente.

Quando ela acordou duas semana depois, seus amigos e seus pais estavam ao redor da cama dela. Eles fizeram algumas perguntas. E descobriram que ela não se lembra quase de nada antes dos seus doze anos. Oque deixou sua mãe desesperada, e seus amigos triste, e seu irmão se sentindo culpado. Ele ate mesmo pediu desculpa a ela, e mesmo com ela não lembrando muito bem dele, ela disse que o acidente não foi culpa dele e falou que ia fazer de tudo para se recordar. Diferente de muitas pessoas que perdem as memórias, Cattleya não ficou atordoada, ela ficou calma pois sabia que estava cercada de pessoas que a amavam e estariam ali para oque der e vier. Com o tempo ela se recordou de boa parte de sua vida, só não sobre ela mesma, era como se ela mesma fosse uma personagem esquecida de sua própria história. Ela sabe que ela não é a mesma antes do acidente, e que muitos ainda esperam que ela volte. Mas graças a suas fotos suas memórias voltam aos poucos.

Aos dezesseis anos, ela e Daichi saíram para um encontro. E depois de DEZ encontros ela aceitou namorar com ele. Só que nunca se beijaram, como ambus são crentes eles esperam ate que estejam prontos. Cattleya tem o costume de cantar em coral e solo na igreja em que ela frequenta. Ela e seus amigos ainda entram em confusão, fazendo brincadeiras no meio da rua, fazendo uns aos outros pagarem mico, sem ligar para as reprovações, afinal são jovens tem que viver. Teve um dia que eles literalmente pararam o transito, era São Valentin(dia dos namorados), e eles saíram nas ruas entregando flores e chocolate, para todos desde de crianças, casados, solteiros e idosos, fizeram isso ate mesmo no transito, e ao invés de brigarem com eles, o pessoal gostou, e eles acabaram chamando muita atenção apesar de não ser isso oque eles queriam. Também teve uma vez que eles empurrarão o guarda na piscina do colégio e depois saíram correndo e não foram apanhados.

Mesmo tendo muitos talentos seu sonho sempre foi fazer medicina veterinária. Pois sempre amou de paixão os animais, e ela não sabe outra profissão que cairia nela, claro que tem seu diploma de musica mas, seu sonho não pode ser mudado.

Aos dezessete uma noticia abalou sua família. Começou uma guerra entre o estado Islâmico e os Judios, e seu pai teve de ir para a guerra uma guerra sobre religião. Seu coração doeu quando viu o carro vir buscar seu pai era como se ela nunca mais fosse velo. Seu tio Lucas, um homem que nunca viu, retornou para Jerusalém, e ninguém sabe o porque mais não ligaram. Ele ficou de cara ao ver como Cattleya parecia com sua mãe, e de um modo isso fez com que ele não gostasse dela. Ele também falou que a igreja em que ele "congregava" estava sem dinheiro e então veio para cá em busca de emprego. Cattleya não gostou desse seu tio de primeira, e seguiu ele ate a sua "igreja'. E viu que ele mentia, não da história de ser padre, a igreja estava muito bem, e descobriu um podre dele, ele levava para a cama as freiras do local e tentava abusar das crianças de lá. Lucas viu que ela o seguia e a ameaçou e disse que se ela contar para alguém, algo de muito ruim iria acontecer com sua querida mãe e seu irmão. E ela não fez nada, má estava pronta para contar na noite de natal.

Durante um bom tempo, ela e sua família mandavam cartas para seu pai, e o mesmo sempre respondia. Ate que ele parou de responder oque fez com que todos pensassem que ele estava morto, mas não Cattleya ela sabia que ele estava vivo e bem. Com o temo, a guerra começou a ficar mais perigosa, então foram obrigados a sair de Jerusalém, então Cattleya e sua família foram para a casa dos pais de sua mãe no Brasil no Rio de Janeiro. Daichi e seus amigos voltaram para o seu lugar de origem, porem eles prometeram se ver no natal.

Cattleya gostou realmente do Brasil. Só que é difícil de se acostumar com um novo ambiente completamente barrulhento. Seu tio e seus avos por parte de pai vieram para o Brasil junto a ela e sua mãe e irmão. Sua preocupação com seu pai nunca se cessou. Ela ficou feliz de poder ver seus avos novamente depois de muito tempo.

E então já havia se passado um ano, e nada de seu pai. Cattleya com seus dezoito anos, estava já no terceiro ano de sua faculdade. E o natal seria a uma semana, e ela iria contar toda a verdade e das ameaças de seu tio nesse dia. E ele descobriu, e fez um acordo com um homem, um acordo para sumir com Cattleya, e é claro que a pessoa aceitou, pois assim o plano dele de conseguir conquistar Rebeca, iria por água a baixo com Cattleya ali. O homem deu dinheiro a seu tio pelo favor que ele estava fazendo para ele, mas seu tio disse que ele é que o estava ajudando.

E enfim era natal. Seu tio por parte de mãe falando se era pavê ou prá comer, sua tia perguntando sobre os namorados, crianças roubando comida da mesa antes da hora. Na fora do normal, a não ser falta que seu pai fazia. Então durante a festa ela avistou Daichi e seus amigos, eles realmente vieram. Durante a festa bem na hora que ela ia chamar a atenção de todos, Daichi a chama para um lugar afastado, e diz que é hora do presente dela. Ele estava com as mãos atrás das costas escondendo algo. Ele pediu para que ela ficasse de olhos fechados, e que não era para ela olhar se não um raio a mataria. Ela fez isso e esperou, e então sentiu outro pingente além daquele dado por seu ai sendo posto em seu pescoço. Quando ela abriu, não tinha mais um colar de Cattleya e agora tinha outro, um coração de ouro que abre e coloca uma foto em dentro. Ela ficou maravilhada com o pingente, e logo viu sua oportunidade. Ela disse que também tinha um presente para ele, era para ele também fechar os olhos. Ele fez isso, e ela sorriu, e então se aproximou dele de vagar e depois aproximou o rosto dele do dela e o beijou, isso o deixou mega surpreso. E quando terminou de beija-lo, ele estava muito corado, porem sorridente.

Os dois voltaram para a festa de mãos dadas, e Beatrice já estava com aquela cara de safada e Filipe nem ai só com a cara de "Isso ai garoto". Na hora que Cattleya ia falar com todo mundo, seu tio a chamou num canto para conversarem, e esse canto era o lado de fora da casa, onde tinha um carro preto e um homem. Ele disse que o homem estava ali para leva-la para buscar seu pai que estava no aeroporto. Ela acabou caindo, na conversa dele, porem ela ia chamar sua mãe para que fizessem uma surpresa para seu pai para quando ele chegasse. Porem seu tio não deixou e falou que ela precisava ir agora se não o aeroporto fecharia e ele iria ficar lá sozinho. Ela acabou vendo lógica, então entro no carro, e então uns minutos depois sua visão ficou turva e tudo ficou preto.

Caso escolha Cattleya, aqui esta algo sobre o fim da guerra.

Cattleya, estava em frente a televisão, observava de forma bem atenta. Todos estavam encarando ela e se perguntando o motivo dela esta assistindo o jornal que falava sobre a guerra de um lugar tão distante. Era o fim da guerra e estava mostrando aqueles que estavam retornando para suas casas. Como estava em Hebraico ninguém entendeu, ate que começaram a dublar aqueles soldados que entrevistavam. Cattleya buscava seu pai, em todos os lugares, ate que ela o viu, e os jornalistas foram ate ele.
-E agora com o fim da guerra! Oque o senho ira fazer?
-Bom!. Eu já perdi o natal ano novo com a minha família. Mais com certeza não irei perder o aniversário da minha filha., mais velha E é claro ver todos, afinal estou morrendo de saudade.
Cattleya sorria como nunca tinha sorrido em toda a sua vida. Lágrimas de alegria caiam de seus olhos era a primeira vez que ela chorava na frente de outras pessoas. Ela se levanta e vai para o seu quarto, sorrindo toda feliz da vida. Falando palavras em outra língua que alguns nem sabiam qual era.




♡ Personalidade:
GENEROSIDADE, CORTESIA, INFLUÊNCIA, CARIDADE, COMPANHEIRISMO e INTELIGENCIA.
Isso é o que sempre fez parte da personalidade de Cattleya


*Sua generosidade já é percebida na infância, desde muito cedo já sabe dividir, entende a necessidade dos outros e sente-se bem ajudando como pode. Liga-se a profissões onde possa exercer este seu lado. Sempre pensando num mundo melhor, não poupa energia ao participar de atividades de cunho social. Busca atividades rentáveis também, mas não sem um propósito de ajudar o maior número de pessoas possível. Sempre à vontade em todos os ambientes, não carrega em si preconceito de qualquer origem. Muito hospitaleira, raramente se fecha no seu mundinho, por isso está sempre disposta a lutar por seus ideais e de seus amigos também. Como são muito levadas pela emoção, as vezes parecem pouco confiáveis em tomar decisões, pois não conseguem julgar com uso da razão. Manter os pés no chão e mais determinação faz com que as pessoas não vejam seus objetivos como utópicos.

*Trabalhadora, incansável, muito dinâmica, inteligente e criativa, possui muita disciplina e está sempre disposta a colaborar sem outra intenção que não seja a de ajudar os outros. Com sua praticidade consegue executar quaisquer tarefas cansativas e monótonas, daquelas que a maioria das pessoas costumam recusar. Não admite ser interrompida quando está trabalhando, e é critico por demais com si mesma e com outros.
analítica, equilíbrio, dever moral, compaixão, bondade, consciência, um grande conselheiro e generosidade, é também a corporificação da autoridade e da lei. Cultua sua autoridade natural e preserva seu senso de justiça.

*Cattleya é uma garota simpática acima de tudo, que apesar de várias coisas ruins ocorrendo ela consegue ser uma pessoa calma, raramente encontram-se brava, uma pessoa que em todos os momentos consegue carregar um belo sorriso em seu rosto, uma garota calma, que mantém a paciência quando a dos outros já esta esgotada, compreensiva, entende os outros em tudo o que eles estão passando, doce, amigável e confiante no que faz, ajuda nos outros no que for preciso sempre que pode, a garota sempre pensa nos outros antes de si mesma, pode até perder um dia para fazer uma pessoa sorrir novamente, é uma garota confiável, que todos podem se abrir, é uma mulher que gosta de fazer as coisas certas, uma mulher doce e gentil, super. educada, uma mulher tão fofa quanto sua mãe.

*Sabe aproveitar as oportunidades da vida; não perde a noção de realidade, ao mesmo tempo em que sabe ter como meta o infinito; e recomenda que usemos armas que estão ao nosso alcance, principalmente a originalidade, criatividade e habilidade em qualquer tarefa. Aponta para as possibilidades de sucesso, a versatilidade, o esforço incansável e a capacidade de influenciar pessoas. Força de vontade é o que não lhe falta para conquistar seus objetivos, sempre com caminhos novos pela frente. Para saber que rumo seguir, utilize a intuição e auto confiança
Cultivando mais a prudência e a paciência atinge estado de sabedoria, manter-se informada e exercitar isso lhe proporcionam muitos momentos felizes. Espirito dedicado de muito conhecimento e conquistas nos campos da filosofia, teosofia e ciências

*Raramente se torna tímida mais quando fica ela cora violentamente e fica sem saber oque fazer começa a falar muito rápido e falta enfiar sua cabeça em dento de um buraco, é amorosa e gentil e bem inocente com costuma ter nem um tipo de pensamento ou ato malicioso, inteligente ao extremo, ela também não e de se estressar mais quando fica estressada infla as bochechas e vira o rosto, ela fica sem jeito na presença de uma pessoa de sexo oposto ela não sabe como começar um assunto mais logo ela se acalma e conversa normalmente com a pessoa, ela não é muito boa em distinguir sentimentos por isso nunca se sabe se esta apaixonada ou não, ela não é nem um pouco preguiçosa e tem muita energia e sempre esta a fazer algo, ela também é muito aventureira e curiosa ela gosta de se arriscar e quando esta curiosa sobre algo a mesma vai atrás e descobre mais as vezes acaba ficando encrencada por causa de sua curiosidade e isso resulta em ter que dar uma desculpa. Ela tem um grande conhecimento em artes e musicas sendo as duas coisas que ela mais ama.

*Ela não gosta de ver pessoas tristes, gosta de ver o sorriso no rosto de cada um, e as vezes se torna meio palhaça para conseguir um. Consegue alegrar qualquer um com seu jeitinho, mesmo que possa parecer complicado, ela não desistirá até conseguir arrancar um sorriso sincero da pessoa. Por ter um grande coração, até no dia de São Valentim, ela distribui chocolates a todos na praça, juntamente com uma rosa, para que ninguém se sinta solitário.

*Adora atenção e contato físico, na verdade necessita dele. Gosta de abraços, até mesmo de desconhecidos, ou até mesmo um simples toque das mãos, isso a acalma. Conversa com todos, até mesmo com aqueles de quem não gosta, mas por educação, não por falsidade. Ela tem uma espécie de "detector de gente falsa" se esse detector apitar, com certeza a pessoa não vale a pena. Se apega muito fácil as coisas e pessoas, o que pode vir a se tornar um problema para ela. Está sempre com um sorriso suave no rosto, se ela não sorrir, com certeza algo de errado aconteceu com ela, algo que a machucou muito.

*Catlle é muito agitada, beirando a hiperatividade. Ela simplesmente não consegue ficar muito tempo sem fazer nada, isso a incomoda demais, ela acha que ira enlouquecer. É aventureira, gosta de conhecer novos lugares, experimentar novas sensação. Sua mente é uma caixinha de surpresas, ela vive tendo ideias malucas que você nunca imaginaria, mas um maluco bom, que o faz se encantar ainda mais por ela. Cattle também é desbocada, muito. Não mede as consequências do que fala, simplesmente solta o que lhe vem a cabeça. Na maioria das vezes ela arranca risadas das pessoas por isso, por isso não se importa, mas também consegue se meter em diversas confusões.

*Desastrada, Catlle do tipo que vivi batendo o dedo mindinho nos móveis, que sempre acaba se cortando acidentalmente com tesouras de poda, ou tropeçar e cair de cara no chão. Mas a dor não parece lhe incomodar, ela é muito mais forte do que aparenta. Não gosta de chorar, prefere disfarçar dando um sorriso sem graça, até mesmo triste, mas nunca recorreria as lágrimas. Ela se sente muito mais frágil quando deixa as gotas rolarem por se rosto, como se qualquer coisa possa quebra-la em questão de segundos.

*Tão sonhadora. Ela sonha que seus personagens de livro se tornem reais, que ela possa viajar para um mundo completamente diferente. E ela pode. Sempre que abre um livro, Cattle faz uma verdadeira viagem para o universo daquelas linhas. Ela se desliga de tudo a sua volta, uma bomba poderia cair ao seu lado e ela não notaria. Tem um lado preguiçoso e manhoso, odeia acordar cedo, mesmo já estando acostumada a isso. Quando alguém a irrita ela infla as bochechas e faz biquinho.

*Não é do tipo que julga os outros pela aparência, não liga para essas frescuras. Trata todos da mesma fora, com carinho e gentileza. Não liga para padrões de beleza, nem com relação ao outros, tão pouco com ela. Não anda por ai com roupas da moda, e sim com aquilo que acha melhor, mais confortável. Para ela as roupas que você usa não mudara quem é por dentro, e é isso o que importa. Maquiagem com certeza não é com ela, o máximo que ela consegue fazer em si é passar rímel e batom. Também não gosta de penteados elaborados nos cabelos, mas sempre esta com um lacinho diferente prendendo as madeixas.

*Não é do tipo barraqueira, ela não busca confusões ou brigas, mas se alguém a provocar, ela responderá com a mesma intensidade. Não abaixa a cabeça para ninguém, não importa o quanto a pessoa se ache superior. Não é tão inocente assim, ela sabe o que é certo e errado, não se deixa enganar ou persuadir com facilidade. Ela até pode parecer bobinha, mas com certeza não é. Nunca faria nada par magoar ninguém, muito menos alguém com quem ela se importa.

*Não se importa quando as pessoas a chama de criança ou coisa do tipo. Ela sempre diz que prefere ser uma criança alegre e sonhadora, do que uma adulta superficial e robótica. Ela não dá a mínima para o que as pessoas pensam dela, o que vale é ela ser ela mesma, nunca mudaria seu jeito de ser para agradar os outros.

*As vezes ela consegue ver beleza em cenários que você jura serem pior do que o inferno. Ela passa aquela sensação de que tudo vai dar certo e sorri mesmo se o mundo estiver acabando, não porque acha que tudo vai passar ou porque sabe que vai para um lugar melhor, mas porque, se ela sorri, mesmo que seja apenas na confusão, todos ao seu redor parecem se acalmar.

*É muito receosa com relação aos sentimentos, ela não gosta de dar confiança e entrada as pessoas para o seu coração. Acha que no fim vai acabar decepcionada e machucada. Sempre que ela acha que "algo mais" possa rolar entre ela e outra pessoa, Catlle ergue suas defesas, para impedir que ela se magoe. A única vez que ela ignorou o sinais de alerta em sua mente, e decidiu confiar plenamente em uma pessoa, e se machucou
Ela é um pouco "doida", pode ser visto de vez em quando ela falando sozinhas coisas aleatórias, ela gosta de dar apelidos sendo eles bons ou maus, gosta de arranja encrenca de vez em quando e tenta sempre descobrir tudo sobre uma pessoa que ela se interesse e nisso é muito boa. Ela é protetora e faz tudo por quem gosta.

*Ela é uma garota extremamente caseira, de forma que ela até parece uma "dona de casa" por seus passatempos incluírem limpar, arrumar, cozinhar entre outras tarefas caseiras. Se não for para ir a escola ou comprar alguma coisa você dificilmente vai vê-la sair da área da casa por conta própria. Ela é a pessoa menos fresca que você vai conhecer em questão de vaidade (não, não é um elogio, ela é daquelas que pode sair de casa com calça de moletom, chinelo e uma blusa de pijama no meio da noite para ir na loja de conveniência), mas é extremamente fresca quando se trata de natureza. Aproxime qualquer inseto dela que ela não vai se aproximar mais de 10 metros (ela não tem boas experiências com eles... ela já acordou com uma aranha no rosto e um grilo já pulou em sua boca quando ela bocejava).

*Catlleya é o tipo de garota de coração grande e puro. Ela sempre é gentil com as pessoas, mesmo com aquelas que não conhece, e está sempre com um lindo sorriso no rosto. Gosta de ajudar os outros em tudo o que precisem. Ela sempre prefere ver o melhor das pessoas, de qualquer pessoa. Seus sonhos são muito maiores até que ela, mas ela não se importa. Sonhar vale a pena. É sarcástica e gosta de fazer piadas bobas sobre as coisas, até mesmo as mais terríveis.

*Graças a sua criação ela se tornou uma garota religiosa, mas não força ninguém a acreditar nas mesmas coisas que ela e é bem mente aberta (se você tem uma suposição melhor sobre como o universo foi criado ela vai te ouvir alegremente, mas ela é teimosa e difícil de se convencer), mas ela reza com frequência, normalmente sem palavras, mas você vai ver ela fechar os olhos e murmurar algumas coisas com as mãos sobre o peito de vez em quando. Apesar de não parecer ela possui muito orgulho e fica bem emburrada e irritada quando tentam lhe diminuir (claro que ela vai até tentar deixar passar, mas não garanto que ela não vai ser sarcástica, irônica e cínica com você por algum tempo)

*Justiceira, ela não suporta atitudes desonestas, abusos ou injustiças e luta contra isso com unhas e dentes. Não pense que, porque ela é calma e amável, ela vai ficar encolhidinha esperando alguém resolver o problema. Ela sabe que, no tipo de mundo que vive, não existe uma coisa tão linda quanto "tudo pode ser resolvido na conversa". Algumas pessoas, se você conversar com elas, sequer vão prestar atenção e vão rir da sua cara. Alguns já sabem que estão errados e continuam porque querem se divertir e não ligam pro resto. Como convencer alguém assim? Esse pensamento seria apenas inocência. O mundo é difícil, e apenas ter fé de que tudo vai dar certo não vai concertar nada. Tente fazer certo o máximo que puder da maneira certa, e se não houver outra escolha busque outra maneira de resolver. Seu pai lhe dava longos sermões graças a esse pensamento.

*Cattleya é apegada as pessoas mas, não a bens materiais. Se ela perder algo tipo, o celular, um livro, uma pelúcia. Ela ira ficar bem triste, porem se recupera logo. Mas, isso se torna exceção quando se trata de pessoas com quem ela tem muito afeto, e conviveu a sua vida inteira. Ela fica muito afetada quando alguém morre, sendo capaz de ficar dias sem falar ou ate entrar em depressão.

*Ela é do tipo que sofre sozinha, ela prefere ao invés de incomodar as pessoas ao seu redor com suas lágrimas. Ela odeia chorar em publico, então ela sempre procura um lugar calmo para chorar, onde não tenha ninguém. Ela é capaz de suportar muitas coisas, e sempre com um sorriso no rosto, porem por dentro ela chorra profundamente. Então quando esta triste, seu sorriso é vago, sem brilho, sem alegria evidente, um sorriso falso e fosco.

*Então Cattleya é uma menina de carate formado. Sendo que aprendeu muito com seus pais e com o mundo.
Mais cuidado ela pode ser perigosa, ela é doce e gentil, mas a vida ensinou a ela que muitas pessoas não são confiáveis como antigamente e o mundo esta cada vez mais podre, ela pode ser extremamente fria e ríspida e ate mesmo capaz de machucar alguém.

*Brincalhona adora fazer pegadinhas, e zoar com os outros, gosta de se sentir livre. Poder sorrir quando quiser, e é muito alegre, gosta de se arriscar e sentir adrenalina em suas veias.

*Audaciosa e inovadora, corre atrás de seus sonhos, mesmo que muitos falem que seja impossível. Ela acredita em si mesma, e cré que um dia seus sonhos serão conquistados. Ela fala que não se deve desistir, agarre qualquer oportunidade que vier, faça sua existência valer a pena, corra atrás não deixe para amanhã oque você pode fazer para mudar o mundo hoje. Ela diz que deve ter perseverança em tudo e não desistir nunca, se erra, tente novamente, e se errar de novo, tente ate conseguir. Ela não é otimista ou pessimista e sim realista, ela não foge da realidade, mesmo ela sendo dura. Ela acredita que se pode fazer tudo, mas é claro se você correr atrás. Ela fala que não é assim como é hoje porque nasceu, ela correu atras, sua cede por conhecimento foi enorme deste de pequena. E é para sermos nós mesmos sem ligar para as outras pessoas, pois á vida é sua e não dos outros, e mande catar coiquinho aquele que dizer o contrário. E então ela também acha que devemos ser mais livres, pois se não tentarmos, como saberemos se isso é o certo?




♡ Qualidades:

Bondosa - Ela não consegue ignorar o pedido de ajuda seja de quem for.

Inteligente - Exatas, por assim dizemos, ela é de raciocínio lógico, e aprende em segundos oque muitos iriam demorar horas para aprender.

Gentil - Ela não liga para quem quer que seja você, e precisar ela ira ajudar.

Protetora - Ela é uma pessoa que protege tudo e todos que nos quais ela acredita.

Talentosa - Cheia de talentos, ela aprendeu tudo oque esteve ao seu alcance durante sua vida.

Sorridente - Sempre com um grande sorriso no rosto, que alegra o dia de muitos

Boa conselheira - Qualquer um que queira um ombro amigo, um conselho sobre qualquer coisa, saiba que Cattleya é a melhor pessoas para isso.




♡ Defeitos:

Sem paciência - Ela se estreça de uma forma muito rápida, e acaba reagindo de uma forma bem engraçada, e el fala que se ela ganhasse dinheiro toda vez que ela diz algo sarcástico estava rica.

Sincera - Isso acaba se tornando um defeito pois ela é sincera ao estremo.

Infantil - Ela é bem infantil quando quer, e gosta de brincar na chuva como uma criança.

Atrapalhada - Vive caindo pelos lados. Se machucando pois na maioria das vezes não olha para onde anda.

Desinteressada - Ela não se interessa por quase nada, então na maioria das vezes ele desliga seu aparelho que a faz ouvir, e finge esta ouvindo, então entra no modo automático tipo :Hum, ham, tá ou sei!.




♡ Gosta:
Dançar - Ela ama dançar, dança de forma graciosa e sensual é de deixar um louco (brincadeira)

Tocar saxofone, hapa e piano - Dois instrumentos ai são diferentes para uma menina de 18 anos tocar mais ela gosta, na verdade os ama, se sente bem tocando eles.

Cantar - Dona de uma voz mozzo-soprano, nem grave nem aguda, seu tom de voz é lindo além de ser bem afina, ela canta sempre que pode, (sua voz é da cantora Whitney Houston)

Cozinhar - Ela cozinha tudo, desde tortas pesadas a macarons frágeis.

Desenhar - Ela desenha de uma forma muito realista, sendo que consegue desenhar tudo desde pessoas, animais a paisagens.

Pintar - Ela ama passar cada pincelada no quadro branco deixando tudo mais belo e colorido isso a deixa mais feliz.

Tirar foto - Isso ela adora, ama fazer álbuns de fotos recordando tudo oque ela sente falta.

Animais. - Ama de paixão, todos os animais, ainda mais cachorros, ela simplesmente os acha demais.

Livros - O seu livro favorito que é Alice no pais das maravilhas, amada imortal(saga), a menina que roubava livros, filhos do eden, fallen(saga), o menino de pijama listrado, diário de Anne Frank ect.... Ela acha que ler é fundamental e não vive sem ler um por dia, ela viaja na história (ela já chorou pela morte de um personagem)

Flores/Jardinagem 󾠨 — além de amas flores e rosas, Catlleya ama cultiva-las, cuidar delas.

Origamis — ela sempre faz quando está entediada

Escrever - Ela gosta bastante, escrever histórias, musicas e poemas é uma modo de se entreter.




♡ Desgosta:
♡ Maltrato ao meio ambiente ou animais - Ela da um sermão no primeiro que ela ver fazendo isso,

♡ Chorar - Ela detesta chorrar sendo sozinha ou perto das pessoas, pois prometeu ao seu avô que jamis iria chorar e iria sorrir sempre.

♡ Pessoas falsas, mandonas, metidas, egocêntrica e arrogante - Ela não gosta disso, acha algo realmente hipócrita e acha aquelas pessoas que tem isso idiotas.

♡Amêndoas - Ela não gosta acha realmente amargo e se sente mal toda vez que come.

♡Perder em jogos - Ela é competitiva e odeia perder, e isso ela acha infantil, mas vai ser assim ate o final da sua vida, ela detesta perder algo.

♡Ver alguém precisando de ajuda e não poder ajudar - Isso ela acha terrível pois sempre ajuda todo mundo.

♡ Ser magoada, ferida - Isso ela não admite, por isso vive com um pé atras.

♡ Jaca - Essa é a unica fruta que ela não gosta acha muito fedida e é difícil de tirar o cheiro da mão.

♡Pessoas andando de vagar na frente dela - Pronta ai uma coisa que ela odeia, e tem vontade de passar por sima dela, ou fazer ela cair e pisar na cabeça da pessoa.

Ser contrariada. - Ela não gosta, pois ela sabe que esta certa então para que adianta argumentar?

Receber ordens de alguém. -Ela simplesmente odeia, ai daquele que tentar mandar nela, ela simplesmente vai transformar a vida da pessoa num inferno. Não na verdade ela vai fazer a pessoa querer ir para o inferno o mais rápido o possível, pois quando Cattleya fica zangada, ate o Diabo senta para aprender umas técnicas. Então eu acho melhor não pisarem no pé dela é tipo não mexe com quem ta quieto. E se essa pessoa pensa que é ruim, é porque não viu Cattleya entrar em ação.




♡ Habilidades físicas:
Ela é rápida quando quer tipo quando tiver perseguindo alguém.

Graças as aulas de dança do ventre ela pode se esticar facilmente e se enfiar em qualquer lugar.


Ela é silenciosa, graças a sua curiosidade ela ela já espionou muita gente e então sebe ser invisível e aparecer de repente.

Boa em esgrima, seu avô a ensinou para se proteger, muitos acham que ela é fofinha e doce, mas se mexer com ela acabou a farra:


Ótima em tiro ao alvo e arco em flecha, ela apendeu a atirar com seu avô quando ele casava, ela desenvolveu a capacidade de atirar de muito longe, sendo de arco e flecha a armas.




Ela consegue ficar dez minutos em baixo d'água. (e esta treinando para ficar mais)



♡ Manias:
Enrolar uma mecha de seu cabelo no dedo indicador.


Bater o pé no chão quando esta nervosa.

Morder o dedão quando estiver envergonhada e olhando para baixo um pouco corada:


Acordar de madrugada para desenhar(pois é quando ela tem inspiração e tem silencio)


Morder a ponta da caneta, lápis ou pincel enquanto pensa noque desenhar.

Orar todos os dias antes de ir dormir.

Olhar as estrelas e falar os nomes de todas as constelações.





*♡ Vícios:
Bala de café- Ela adora e vive com uma na boca.


Morangos:


Musica clássica.

Jogos de tabuleiro.

Desafios-Ela adora ser desafiada e sempre faz de tudo para ganhar.

Bichinhos de Pelúcia.

Pirulito saber maça.

Chocolate quente.

Acordar de madrugada e desenhar.




*♡ Doenças:
Asma - Vive com uma bombinha.

Alergia a poeira e a cogumelos.



♡ Hobbies:
Tocar piano:


Tocar saxofone:


Tocar harpa

Tirar foto:


Observar a neve caindo:


Ouvir musicas


Costurar, ela simplesmente adora, e pode passar a tarde inteira fazendo isso, para aqueles que ela gosta realmente ela sempre faz um cachecol com a cor favorita da pessoa.



♡ Talentos:
Dança do ventre - Ela dança mesmo não ta nem ai, mas é claro em um lugar apropriado.




Tocar seus instrumentos.

Desenhar, ou pintar - Tanto que seu quarto era cheio de desenhos a lápis na parede.


Cantar

Cozinhar.



♡ Segredos:
Ela não contou para ninguém que tem um namorado(só para sua melhor amiga)

Ela não falou que é surda.

Não contou sobre sua origem, e nem de sua família.

Também não conta sobre sua asma.




♡ Medos/Fobias:
Aranhas - Ela odeia simplesmente odeia.

Medo de ver sangue.

Medo de galinhas - Sim ela tem medo desse animal, tanto que ela tem vergonha de admitir.




♡ Traumas:
Palhaços - Seus pais a levaram a um circo quando pequena e ela morreu de medo dos palhaços.

Altura - Ela tem medo de chegar a beira de prédios ou qualquer coisa que seja alta - Pois ela um dia ficou presa o terraço de um prédio, e ficou com medo de cair toda vez que olhava para baixo.



♡ Par:

Shu Sakamaki



♡ Como age com: ♡

♡ Par:
De inicio, Cattleya não ira acreditar que esta noiva. Ela não vai olha-lo como um futuro marido, e sim como um irmão mais velho. Afinal ela ainda ama Daichi. Ela o vê mais como um irmão que um noivo, como eu disse no inicio. Eles também não são parecidos em quase nada, ela é ativa, ele é um dorminhoco, ela é gentil ele é sarcástico. Mais é como muitos falam;
"Os opostos se atraem"
Dentre todos da mansão Shu foi oque mais lhe chamou atenção talvez seja o fato dele ser o mais preguiçoso entre todos e nem ligava para nada, ela queria saber o porque dele ser daquele jeito e quando perguntou ao mesmo ele apenas disse que ele era assim e ponto final, mais ela não desistiu e começou a se interessar mais pelo mesmo e ela começou a tentar se aproxima mais dele sendo gentil e amigável com ele mesmo ele sendo do jeito que ele é, mais não era muito bem sucedida, e quando ele disse que não tinha nada a saber sobre o mesmo ela desistiu oque não é muito comum.
Eles costumavam brigar por alguns motivos bem bestas, ele não gostava da intromissão dela, e sempre a dava patadas, ate um dia que ela não aguentou e disse: Eu pensei que existisse coisa boa em todo mundo mas você, sinceramente me deixou decepcionada, eu sei que você não gosta dessa história de noiva, nem eu gostei, mas, eu queria que sejamos pelo menos conhecidos, pois eu não me vejo casada com alguém que eu não sei nem mesmo um pouco.
E então a relação deles virou apenas uma relação de mordida, perversão(da parte dele), e mais nada, as vezes eles se esbarram nos corredores da escola pois ambus matam aula. Quando ele morde ela, a mesma tem vontade de matar ele, eles brigavam muito era possível ouvir a discussão deles pela casa, ele não gritava é claro porque ele acha que isso o deixa casando.
Eles ficam se dando apelidos ela o chama de preguiça loira, ou múmia pervertida, e ele a chama de Esquilo(por achar ela irritante). Ele sempre a manda calar a boca e ela fica com raiva e revida, ate um dia que ele começou a rir da cara dela e ela ficou vermelha mais depois riu junto.
Ela se segura, para não meter a mão na cara dele, afinal ela pode acabar quebrando o pulso. Ela vai perceber que ele não muda, e então não vai mais tentar conversar com ele, afinal ninguém pode mudar ninguém. Ela não vai mais tentar se aproximar dele, vai dar espaço para ele, e deixar ele como sempre ele quis: sozinho.
E vai melhorar muito. Eles vão parar de brigar. Mal vão trocar uma palavra com o outro. Ela vai fingir que ele nem se quer existe. Um dia Shu vê o pingente de coração de Cattleya jogado em sima da cama, e então o abre e vê a foto de Daichi e ela. Ai ele vai perceber o tipo de relação que eles tinham.
Cattleya, não contou a ele sobre Daichi e nem a ninguém, afinal isso não é da conta de outras pessoas.
Eles vão retornar a se falar. Pois não vão poder fingir que o outro não existe para todo o sempre. Então ela vai dar o primeiro passo, e falará;
-Muito prazer. Me chamo Cattleya.
Ele vai achar isso interessante com certeza, mas, quem sabe dar uma tentativa?
Um dia ela estava cantando sozinha no quintal olhando para o nada e ele foi ate ale e num vulto ele estava deitado no colo dela e ela parou de cantar oque o deixou com raiva e falou "continue", e ela continuou a cantar e por um motivo desconhecido ela começou a acariciar os cabelos loiros de Shu.(Algum motivo não, ela tem mesmo uma mania de fazer isso)

Apos começarem a se dar bem:
Cattleya irá o considera como um irmão mais velho(que no qual ela ira se casar). Vai adorar passar um tempo com ele e conversar com ele. Vai pedir a opinião dele sobre seus quadros, as vezes ate cantará para ele ou tocará algum instrumento. Eles brincam um com o outro mas, sempre tem uma briguinha quando ele tenta dar uns pegas nela. Ele deve saber que ela o vê como um irmão oque pode o deixar zangado já que ela é noiva dele, afinal é estranho se casar com alguém que tem esse tipo de sentimento por você .Eles se dão bem afinal de tudo, as vezes eles são encontrados rindo pelos cantos oque deixa todos pasmos pois eles brigavam muito e isso foi uma grande transformação da parte deles. Ela agora gosta de telo por perto pois já se acostumou com sua presença, mais ainda o considera um loiro pervertido. Ela ainda não sente nada assim, forte por ele mais se dom bem, e de pouquinho e pouquinho vai começara gostar dela.

Assim que ela começar a gostar dele:

E aos pouco ela foi começando a sentir algo pro ele oque a deixou meio sem saber oque fazer pois quando ele chegava perto dela seu coração faltava saltar do seu peito e ela não sabia oque era e quase marcou uma consulta no cardiologista para saber oque era, mais antes de a mesma percebesse ela estava completamente apaixonada pelo o loiro mais preguiçoso do mundo suas amigas repararam por ela.

E ela é a única menina que sabe que o verdadeiro nome de Shu e Ririe e ela adora passar um tempo com o mesmo e as vezes eles acabam dormindo juntos(não da quele jeito mais quem sabe), e ela tenta fazer ele se mover mais e viver a vida mais pois ela sabe que eles só tem essa e devem viver cada dia como se fosse o ultimo, e ela vai tentar ajudar ele em tudo oque ele precisar sem excitar e ela percebe que quando ela esta conversando com alguém ou melhor com um garoto ele esta lá observando ela, e desde de o inicio ela percebeu que ele a encarava discretamente e ela ficava sem jeito.




♡ Os outros ♡

*Sakamakis


♡ Reiji Sakamaki
↪Sua relação com Reiji é um tanto curiosa, eles se falam e não se falam, bem como os dois gostam de livros eles tendem a se dar bem, porem Cattleya não gosta do jeito muito chatinho e certinho do rapaz, porem não tem nada contra ele, e acha legal quando ele tenta por ordem nos irmãos. Ela não o obedece e o deixa com raiva, No fundo ela sabe que Reiij é louco para lhe aplicar uma punição que ela nunca esqueceria, mas ela sempre se safa e vai continuar sendo assim.↩

*


♡ Ayato Sakamaki
↪Com Ayato a relação é bem legal, ambus gostam de ver o "circo pegar fogo" e eles não perdem nem se quer uma oportunidade de fazer isso, Ayato gosta de sacanear com Cattleya mais a mesma não deixa barato, ela o considera um irmão, e adora cozinhar junto dele, e principalmente fazer pegadinhas ela. Eles se dom alguns apelidos como: Brigadeiro da parte dele, e cabeça de tomate da parte dela.

*


♡ Laito Sakamaki
Laito foi um dos primeiros com quem ela conversou ela de primeira pensou que ele era uma garota e chegou para ele e disse "Moça" e todos da sala caíram na gargalhada, e quando ela descobriu que ele era um garoto ficou extremamente sem graça e pediu desculpa varias e varias vezes, e ele começou a rir e perguntou para ela se ela queria que ele provasse sobre a sua masculinidade e ela respondeu se afastando do mesmo "Nã-ão precisa já acredito" e ela decorou o nome dele errado em vez de laito era fala Kaito.
Quando Laito chama as garotas de Bitch-chan ela vive o repreendendo, okay, ela concorda que todos podem ser do jeito que querem, mais chamar as garotas de Bitch-chan? Ela não concorda muito com isso, apesar de as vezes dar algumas risadas com as falas do garoto, ela apenas acha que ele deve ser um pouco menos "tarado", mais tirando toda essa gracinha que ele tem para cima de suas amigas, ela o acha um cara legal, e tenta aproximar-se dele o máximo que pode mais não muito.

*


♡ Kanato Sakamaki
Kanato e Cattleya dão-se bem, Kanato sempre encantou Cattleya com toda a fofura que o garoto possuía, gosta de conversar com ele, sempre foi muito atenciosa ao garoto, do jeito que vivem, até da para se pensar que um esta apaixonado pelo outro, mais o que realmente ha entre os dois, é uma grande amizade, Cattleya trata-o com muita bondade e doçura, sempre foi muito simpática com o garoto, vivem sempre brincando um com o outro e estão sempre conversando, é muito raro vê-los discutindo, pois com a grande amizade que ha entre os dois, não é fácil vê-los discutindo, são amigos, e sempre contam um com o outro. Mais quando ele surtou do lado dela, rapaz era como se o capeta entrasse no corpo dele e depois saísse.

*


♡ Subaru Sakamaki
Incrivelmente, ela e Subaru tem uma relação tão boa, talvez porque ele se irrete facilmente e ela não Ayato diz que se tiver uma briga entre ambos, Subaru só vence por ser vampiro, porque se fosse humano ambos iam morrer tentando se matarem. Eles conversam bastante, e muitas vezes concordam com as mesmas coisas. Cattleya diz que ele lembra muito seu irmão mais novo Benjamim.

*

Mukamis:


♡ Kou Mukami
Ela sabe que ele esconde algo por atras daquela mascara de boa pessoa, mais ela não vai se meter pois para ele fazer isso deve ter um bom motivo mais gosta do Kou o acha bem legal e bem humorado e gosta de brincar com ele, e ele as vezes pede para ela cantar para o mesmo e ela faz isso. Ela gosta da voz dele, apesar de não ser uma fã de carteirinha dele.

*


♡ Azusa Mukami
Ela o acha muito fofo igual a Kanato, porem ele dá mais medo, ela vive tentando fazer com que ele pare de se machucar, e ela fala que não pode fazer isso que isso é errado, mais ele não liga, então ela o se isso o faz feliz oque ela tem a perder, ela também gosta de conversar com ele apesar que o mesmo fale baixo ele a traz uma sensação de calma.

*


♡ Ruki Mukami
Não e de falar muito com ele, mais eles as vezes conversão sobre livros, sobre arte eles se dão bem apesar de tudo ela gosta de ficar com ele quando esta lendo pois ele não diz nada e nem ela, mais a companhia dele é até que boa e isso oque ela acha. Ele é legal e o acha bem maduro.

*


♡ Yuma Mukami
Ele adora estressar ela e ele consegue ela as vezes tenta se controlar mais não consegue ele a irrita demais, mais eles as vezes conseguem aturar um ao outro e ela as vezes faz doces com ele, eles também conversão sobre rosas principalmente as vermelhas, eles falam sobre flores e hortaliças.



♡ As outras noivas:

Tímidas: Ficará curiosa sobre ela mais respeitará seu espeço pois sabe que ser uma pessoa tímida é um pouco complicado.

Pervertida: Ira se segurara para não rir de cada besteira que sai da boca dela, mas, ela sabe que mesmo ela sendo pervertida tem um bom coração e nunca se afastaria de alguém só por ela ser tarada.

Moe: A achara super fofa, e tentará não beliscar ela, sera bem amiga dela pois ela AMA pessoas fofas pois lembra a um bichinho de pelúcia.

Inteligente: Com certeza essa será com quem ela ira mais conversar. Falaram sobre suas teorias sobre o universo, conversaram de forma formal porem extrovertida e ira adorar falar sobre opiniões de todo o tipo seja de exatas a filosofia.

Tsudere: Ela sente o cheiro de longe de um tsudere, e ira se dar bem com quer que seja, pois sabe que podem duros por fora mas, são moles por dentro;

Pessimistas: Ela dá um sacode nela se for preciso, e tenta fazer ela enxergar o mundo de uma forma diferente, tipo que nem tudo é tão ruim.




♡ Tem alguma melhor amiga?
Cattleya é a melhor amiga da noiva de Yuma



♡ Uma frase que a define:
"Guarde coisas boas em fotos. Pois logo, o tempo irar passar e só na lembrança tudo irar ficar" -Cattleya



♡ Músicas:

♡ Dela:
Story of My

[youtube]http://https://youtu.be/xDykJ7BjV5I[/youtube]

[color=#330099]Written in these walls are the stories
That I can't explain
I leave my heart open
But it stays right here empty for days

She told me in the morning
She don't feel the same about us in her bones
It seems to me that when I die
These words will be written on my stone

And I'll be gone gone tonight
The ground beneath my feet is open wide
The way that I've been holdin' on too tight
With nothing in between

The story of my life I take her home
I drive all night to keep her warm and time
Is frozen (the story of, the story of)
The story of my life I give her hope
I spend her love
Until she's broke inside
The story of my life (the story of, the story of)

Written on these walls
Are the colors that I can't change
Leave my heart open
But it stays right here in its cage

I know that in the morning now
I see us in the light upon a hill
Althought I am broken
My heart is untamed, still

And I'll be gone gone tonight
The fire beneath my feet is burning bright
The way that I've been holdin' on so tight
With nothing in between

The story of my life I take her home
I drive all night to keep her warm and time
Is frozen (the story of, the story of)
The story of my life I give her hope
I spend her love
Until she's broke inside
The story of my life (the story of, the story of)

And I've been waiting for this time to come around
But baby running after you
Is like chasing the clouds

The story of my life I take her home
I drive all night to keep her warm and time
Is frozen
The story of my life
I give her hope (give her hope)
I spend her love
Until she's broke inside (until she's broke inside)
The story of my life (the story of, the story of)
The story of my life
The story of my life (the story of, the story of)
The story of my life


Tradução:

Escrito nessas paredes estão as histórias
Que eu não consigo explicar
Deixo o meu coração aberto
Mas ele fica bem aqui, vazio por dias

Ela me disse de manhã
Ela não sente o mesmo em relação a nós nos seus ossos
Parece que quando eu morrer
Essas palavras estarão escritas na minha lápide

E eu vou embora, embora hoje à noite
O chão por debaixo dos meus pés está aberto
O jeito que aguentei firme
Com nada entre nós

A história da minha vida, a levo para casa
Dirijo a noite toda para mantê-la aquecida e o tempo
Está congelado (a história da, a história da)
A história da minha vida, dou esperança à ela
Gastei o seu amor
Até que ela estivesse despedaçada por dentro
A história da minha vida (a história da, a história da)

Escrito nessas paredes
Estão as cores que não eu consigo mudar
Deixo o meu coração aberto
Mas ele permanece na sua gaiola

Eu sei que está de manhã agora
Nos vejo na luz sobre a colina
Apesar de eu estar destruído
Meu coração ainda é intocado

E eu vou embora, embora hoje à noite
O fogo debaixo dos meus pés está queimando
O jeito que aguentei firme
Com nada entre nós

A história da minha vida, a levo para casa
Dirijo a noite toda para mantê-la aquecida e o tempo
Está congelado (a história da, a história da)
A história da minha vida, dou esperança à ela
Gastei o seu amor
Até que ela estivesse despedaçada por dentro
A história da minha vida (a história da, a história da)

E eu estive esperando por esse momento chegar
Mas querida, correr atrás de você
É como perseguir as nuvens

A história da minha vida, a levo para casa
Dirijo a noite toda para mantê-la aquecida e o tempo
Está congelado
A história da minha vida
Dou esperança à ela (dou esperança à ela)
Gastei o seu amor
Até que ela estivesse despedaçada por dentro
A história da minha vida (a história da, a história da)
A história da minha vida
A história da minha vida (a história da, a história da)
A história da minha vida


Hall of Fame



Yeah, you could be the greatest
You can be the best
You can be the king kong banging on your chest
You could beat the world
You could beat the war
You could talk to God, go banging on his door

You can throw your hands up
You can beat the clock
You can move a mountain
You can break rocks
You can be a master
Don't wait for luck
Dedicate yourself and you can find yourself

Standing in the hall of fame
And the world's gonna know your name
'Cause you burn with the brightest flame
And the world's gonna know your name
And you'll be on the walls of the hall of fame

You could go the distance
You could run the mile
You could walk straight through hell with a smile
You could be the hero
You could get the gold
Breaking all the records
That thought never could be broke

Do it for your people
Do it for your pride
Never gonna know if you never even try
Do it for your country
Do it for you name
'Cause there's gonna be a day

When you're standing in the hall of fame
And the world's gonna know your name
'Cause you burn with the brightest flame
And the world's gonna know your name
And you'll be on the walls of the hall of fame

Be a champion
Be a champion
Be a champion
Be a champion
On the walls of the hall of fame

Be students
Be teachers
Be politicians
Be preachers

Be believers
Be leaders
Be astronauts
Be champions
Be true seekers

Be students
Be teachers
Be politicians
Be preachers

Be believers
Be leaders
Be astronauts
Be champions

Standing in the hall of fame
And the world's gonna know your name
'Cause you burn with the brightest flame
And the world's gonna know your name
And you'll be on the walls of the hall of fame

(You can be a champion)
You could be the greatest
(You can be a champion)
You can be the best
(You can be a champion)
You can be the king kong banging on your chest

(You can be a champion)
You could beat the world
(You can be a champion)
You could beat the war
(You can be a champion)
You could talk to God, go banging on his door

(You can be a champion)
You can throw your hands up
(You can be a champion)
You can beat the clock
(You can be a champion)
You can move a mountain
(You can be a champion)
You can break rocks

(You can be a champion)
You can be a master
(You can be a champion)
Don't wait for luck
(You can be a champion)
Dedicate yourself and you can find yourself
(You can be a champion)
Standing in the hall of fame

Tradução:

Sim, você poderia ser o maior
Você pode ser o melhor
Você pode ser o King Kong batendo em seu peito
Você poderia vencer o mundo
Você poderia vencer a guerra
Você poderia falar com Deus, ir bater à sua porta

Você pode jogar as mãos para cima
Você pode vencer o relógio
Você pode mover uma montanha
Você pode quebrar rochas
Você pode ser um mestre
Não espere pela sorte
Dedique-se e você se encontrará

De pé no hall da fama
E o mundo conhecerá seu nome
Porque você queima com a chama mais brilhante
E o mundo conhecerá seu nome
E você vai estar nas paredes do hall da fama

Você poderia ir a distância
Você pode correr a milha
Você poderia andar sobre o inferno com um sorriso
Você poderia ser o herói
Você poderia pegar o ouro
Quebrando todos os recordes
Esse pensamento nunca pode ser quebrado

Faça-o por seu povo
Faça-o por seu orgulho
Nunca vai saber se você nunca tentar
Faça-o por seu país
Faça-o por seu nome
Porque haverá um dia

Quando você está em pé no hall da fama
E o mundo conhecerá seu nome
Porque você queima com a chama mais brilhante
E o mundo conhecerá seu nome
E você vai estar nas paredes do hall da fama

Seja um campeão
Seja um campeão
Seja um campeão
Seja um campeão
Nas paredes do hall da fama

Seja estudantes
Seja professores
Seja políticos
Seja pregadores

Seja crentes
Seja líderes
Seja astronautas
Seja campeões
Seja verdadeiros buscadores

Seja estudantes
Seja professores
Seja políticos
Seja pregadores

Seja crentes
Seja líderes
Seja astronautas
Seja campeões

De pé no hall da fama
E o mundo conhecerá seu nome
Porque você queima com a chama mais brilhante
E o mundo conhecerá seu nome
E você vai estar nas paredes do hall da fama

(Você pode ser um campeão)
Você poderia ser o maior
(Você pode ser um campeão)
Você pode ser o melhor
(Você pode ser um campeão)
Você pode ser o King Kong batendo em seu peito

(Você pode ser um campeão)
Você pode vencer o mundo
(Você pode ser um campeão)
Você poderia vencer a guerra
(Você pode ser um campeão)
Você poderia falar com Deus, ir bater à sua porta

(Você pode ser um campeão)
Você pode jogar as mãos para cima
(Você pode ser um campeão)
Você pode vencer o relógio
(Você pode ser um campeão)
Você pode mover uma montanha
(Você pode ser um campeão)
Você pode quebrar rochas

(Você pode ser um campeão)
Você pode ser um mestre
(Você pode ser um campeão)
Não espere para dar sorte
(Você pode ser um campeão)
Dedique-se e você pode se encontrar
(Você pode ser um campeão)
De pé no hall da fama

[img][/img]


♡ Par:
love like you do



Letra:
You're the light, you're the night
You're the color of my blood
You're the cure, you're the pain
You're the only thing I wanna touch
Never knew that it could mean so much, so much

You're the fear, I don't care
Cause I've never been so high
Follow me to the dark
Let me take you past our satellites
You can see the world you brought to life, to life

So love me like you do, lo-lo-love me like you do
Love me like you do, lo-lo-love me like you do
Touch me like you do, to-to-touch me like you do
What are you waiting for?

Fading in, fading out
On the edge of paradise
Every inch of your skin is a holy grail I've got to find
Only you can set my heart on fire, on fire
Yeah, I'll let you set the pace
Cause I'm not thinking straight
My head spinning around I can't see clear no more
What are you waiting for?

Love me like you do, lo-lo-love me like you do
Love me like you do, lo-lo-love me like you do
Touch me like you do, to-to-touch me like you do
What are you waiting for?

Love me like you do, lo-lo-love me like you do
Love me like you do, lo-lo-love me like you do
Touch me like you do, to-to-touch me like you do
What are you waiting for?

I'll let you set the pace
Cause I'm not thinking straight
My head spinning around I can't see clear no more
What are you waiting for?

Love me like you do, lo-lo-love me like you do
Love me like you do, lo-lo-love me like you do
Touch me like you do, to-to-touch me like you do
What are you waiting for?

Love me like you do, lo-lo-love me like you do
Love me like you do, lo-lo-love me like you do
Touch me like you do, to-to-touch me like you do
What are you waiting for?


Tradução:


Você é a luz, você é a noite
Você é a cor do meu sangue
Você é a cura, você é a dor
Você é a única coisa que quero tocar
Não sabia que podia ser tão importante

Você é o medo, eu não ligo
Pois eu nunca estive tão extasiada
Me siga até a escuridão
Deixe eu te levar além do céu
Você vai ver o mundo ganhar vida, vida

Então me ame como só você faz, me ame como você faz
Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me toque como você faz, como só você faz
Pelo que está esperando?

Você aparece e some
No precipício do paraíso
Cada pedacinho de sua pele é um Santo Graal que procuro
Só você faz meu coração pegar fogo, pegar fogo
É, vou te deixar guiar o caminho
Pois eu não estou pensando direito
Minha cabeça está girando, não cosigo enxergar direito
Pelo que está esperando?

Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me toque como você faz, como só você faz
Pelo que está esperando?

Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me toque como você faz, como só você faz
Pelo que está esperando?

Vou te deixar guiar o caminho
Pois eu não estou pensando direito
Minha cabeça está girando, não cosigo enxergar direito
Pelo que está esperando?

Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me toque como você faz, como só você faz
Pelo que está esperando?

Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me toque como você faz, como só você faz
Pelo que está esperando?




♡ Agora, sua personagem estará em nossas mãos, você aceita isto?
Sim!



♡ Irá acompanhar a fanfic? Saiba que se não comentar por três capítulos seguidos (sem avisos) sua personagem morrerá, tem consciência disto?
Sim estou consciente de minhas ações





♡ Roupas ♡
Seu estilo é elegante e sexy, adora a cor vermelha e preto, e sempre gosta de usar roupas com renda, ela acha a coisa mais fofa do mundo.

♡ Casual: (Usa no dia-a-dia)








*

♡ Formal









*

♡ Dormir:
Um vestido bem leve branco com um laço rosa.




*

♡ Banho:





[/centro]



Algo mais:
Cattleya é destra.
Cattleya quando esta entediada ou focada ela desliga seu aparelho de audição para não ouvir nada, ou ate mesmo para não ouvir gente chata no pé do seu ouvido.
Caso queira saber algo mais sobre a familia dela é só me chamar.
Seu tipo sanguíneo é A +.
O pingente que sua mãe deu: Um pequeno colar de ouro, passado de geração a geração pelas mulheres da família de sua mãe, Cattleya nunca tira.


O pingente que Daichi deu:


Daichi mora no Japão, e se quiser coloca-lo na escola de Cattleya será bem interessante, tipo :
"Agora, a merda fica seria.

Só isso tchau, mas caso queira saber mais alguma coisa é só chamar.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...