~Melyssa_

Melyssa_
Rosuda
Nome: Louise Oliver
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Patos de Minas, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 9 de Novembro
Idade: 18
Cadastro:

Lembranças


Postado

Lembranças

Eu nunca fui de postar jornal, apenas em casos especiais. Esse é um deles.

Hoje é uma data ruim para mim. Uma data que me marcou de uma forma que eu nunca quis ser marcada. É estranho dizer isso, mas quando me falaram que já nascemos com um prazo de validade, eu não me importei. Afinal, eu deveria? Eu reconheço que no final, todos partimos, mas a dor e a hipótese de experimentar isso realmente, de perder alguém, é horrível.

Eu amei alguém, amei de uma forma que eu me sentia forte, imortal e corajosa. Eu não sentia medos, receios. Não havia dúvida, tampouco incertezas. Era livre, seguro e maravilhoso. Único seria a palavra mais correta. A sua volta durou apenas duas semanas, mas valeu a pena esses 14 dias. Valeu muito a pena cada momento, cada promessa, cada plano, cada palavra, cada brincadeira, cada "eu te amo". Valeu muito a pena.

Dia 22 de maio de 2014, às 20:32 eu recebi a notícia de que o homem que eu tanto amava, estava morto. Minha primeira reação foi olhar fixamente para essa mesma tela. Eu lembro que eu ri de nervoso e reli aquelas palavras inúmeras vezes. Então a respiração falhou, minhas mãos tremiam e o coração doeu. Se partiu e os cacos desceram em formas de lágrimas. Intensas, molhadas e dolorosas lágrimas.

Depois desse dia, eu nunca mais fui a mesma. Meu coração se endureceu e o luto me consumiu. Eu nunca amei ninguém, não como o amei. Meus amores eram amores intensos, mas nada comparado àquilo. Era mais calmo, brando e real.

Por muitos dias me perguntei se haveria a possibilidade de tudo isso ser apenas um nada. Apenas uma brincadeira de alguém que não tinha o que fazer. Mas em meu coração, tudo foi e será real, sendo verdade ou não. E então eu escutei a seguinte frase: "Você não é fraca, Luiza. Não foi fraca em amar alguém virtualmente, pelo contrário. Você teve força para amar o imaginário e ser fiel a ele." isso me ajudou, me mostrou um novo caminho.

Hoje, dois anos depois de um dos dias mais horríveis da minha vida, eu posso dizer que finalmente segui em frente. Não o esqueci, isso nunca será possível, mas hoje sei lidar com o fato de que ele sempre esteve comigo. Mesmo vivo, não estando fisicamente, ele estava ao meu lado todos os dias, por mensagens, fotos e coração. Hoje nos falamos por uma rede diferente, hoje ele está vivo em minha mente e inteiro no meu coração.

Obrigada, Arthur, por ter me proporcionado esse sentimento. Obrigada por me fazer feliz. Obrigada por sempre estar comigo. Obrigada por ser meu.

Para sempre sua Iza-Chan, para sempre sua.

#Thuiza

Escutando: Heaven
Lendo: -
Assistindo: -
Jogando: -
Comendo: -
Bebendo: -

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...