Um recado importante sobre o ódio gratuito


Postado

Um recado importante sobre o ódio gratuito

Ok, esse é meu primeiro jornal aqui em quase 2 anos de conta. É, o assunto é mesmo sério para que eu resolva sair da inércia e falar alguma coisa. A questão é que eu tenho percebido um aumento no número de fics exalando ódio gratuito a certos personagens e/ou características, principalmente personagens femininas.

"Ain Midori, mas não pode nem odiar um personagem mais?"

Eu estaria sendo hipócrita se dissesse que não, porque sim, eu odeio certos personagens, amo outros, é natural. Mas o ódio nesses casos não é gratuito: não odeio uma personagem x por ela ter seios pequenos, ou uma personagem y por ter seios grandes, ou a personagem z por ser uma "vadia" (um conceito tão arcaico e tão ruim que vocês deveriam mesmo abolir). Existe um motivo sólido por trás disso (uma personalidade desagradável, ações ruins etc).

Então sim, eu acho que devemos parar com essa coisa de querer humilhar personagens por características físicas, ou conceitos machistas. Para quem não sacou a indireta ainda, quero que parem de usar o termo "tábua" em relação à Sakura por ter seios pequenos, ou "vadia", que se aplica a ela e à Karin, as mais afetadas. Não, elas não são "vadias", porque isso nem existe: se uma garota decide ter ou não namoradxs, ficantes, ou encontros de uma noite só, isso é problema dela, e ninguém deve, JAMAIS, humilhá-la pela quantidade, grande, pequena ou nula, de pessoas com quem ela esteve.

Acabo de (tentar) ler uma fic que recebi de divulgação, que, já no primeiro capítulo, começa tentando rebaixar a Hinata, a chamando de "peituda desmiolada" e coisas do tipo. Essa é uma ofensa que chega a um nível pessoal: eu tenho seios grandes. E para a surpresa do público, eles não anulam minha capacidade intelectual. Sim, eu entendo que às vezes a gente tenha preferências por um tipo de corpo x ou y, mas exaltá-lo não significa rebaixar os outros: todos os corpos são bonitos e devem ser apreciados.

Estou dizendo que nunca fiz isso? Não. Eu já disse, não quero ser hipócrita. A sociedade é machista, queira eu ou não, e esses conceitos estão entranhados em nós, são ensinados desde sempre, que "garotas boas casam virgens", "ser magra ou com seios pequenos é feio", etc e etc, mas a internet está aí para nos fazer crescer, questionar paradigmas e tudo mais. Podemos mudar, mas a escolha é nossa. Vocês podem continuar aí, nessa de viver em guerra com outras mulheres, ficcionais ou não, disputando um prêmio que eu nem sei qual é, porque eu estou fora dessa.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...