~Migury_Sakamaki

Migury_Sakamaki
Nome: Isabella Almeida
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 25 de Julho
Idade: 21
Cadastro:

Ficha Fanfic "O Passado Esquecido - Interativa"


Postado

Ficha Fanfic "O Passado Esquecido - Interativa"

Meu sangue pertence a você Shu Sakamaki

Nome

Amaya Satou (nome atual) Amaya Mori (Nome século 18)

Apelido

May-chan

Aya-chan


Idade

18 anos

03/04/1998

Áries


Aparência

Saori Kido de "Os cavaleiros do zodíaco"

Amaya possui longos cabelos lisos de cor arroxeada, que chegam até sua cintura com a franja caindo sobre seus olhos. Seus olhos são azuis turquesa podendo ser comparado com a profundeza dos oceanos de tão claros que são podendo se perder na profundezas de um oceano cristalino. Sua pele branca destaca seu rosto fino de bochechas e lábios rosados. Amaya possui um corpo esbelto cheio de curvas de ombros largos, seios fartos, cintura e quadril finos, coxa grossas e torneadas de mãos e pés pequenos e delicados. A mesma possui um delicado aroma de rosas que exala de sua pele por conta do hidratante que passa toda manhã além do delicado gosto de morando que sua boca possui devido seu gloss labial








Personalidade


Amaya pode ser vista como uma pessoa introvertida, intuitiva, sentimental, exploradora e cautelosa. Amaya tem dificuldade de fazer amizades sempre se mostrando uma menina tímida que prefere ficar na dela, mas quando você conquista a amizade dela pode ter certeza que será uma amizade duradoura e verdadeira. Amaya é uma garota intuitiva que ache mais pelo sentimento do que pela lógica. Sempre coloca seus sentimentos em primeiro lugar ignorando completamente o racional. Amaya pode também ser vista como uma garota curiosa e inovadora. Sempre procura inovar, reciclar (como a mesma diz) outras ideias mostrando um lado criativo de sua parte. Amaya é uma garota cautelosa. Ela nunca entra em um "território inimigo" sem antes ter analisado cada possibilidade. Sempre pensa no bem dos outros e por isso toma cuidado quando se trata de fazer algo importante ou até mesmo contra as regras. Amaya é vista como "a irmã mais velha" entre suas amigas por ser muito protetora. Amaya não é do tipo que entra em briga, mas se mexerem com alguém que lhe é importante pode ter certeza que ela vira o verdadeiro demônio. Forte e determinada Amaya nunca desiste de seus princípios lutando até o fim por eles. Amaya sempre mantém um sorriso gentil e doce em seu rosto mostrando sempre seu lado doce e amável a todos. Ela evita ao máximo falar palavrão, mas de vez em quando solta alguns.

História do passado século XVII


Amaya vinha de uma família pobre que viviam em um vilarejo localizado no meio de um bosque. Sua mãe, Sakura Mori, trabalhava como empregada e seu pai, Ren Mori, trabalhava como jardineiro nas mansão de monarcas e aristocratas.
Amaya vivia uma vida simples porem feliz e isso era tudo para ela. Desde nova ajudou sua mãe em casa e sempre se esforçou em tudo para seus pais não ficarem com muito peso nas costas. A partir dos oito anos Amaya passou a trabalhar em uma loja de floricultura que pertencia a uma de suas vizinhas e toda tarde ia a um campo de flores, um pouco afastado do vilarejo, colher algumas flores para a loja. Foi em uma dessas tarde, quando Amaya tinha dez anos, que Amaya conheceu Shu.
Daquele dia em diante Amaya e Shu se tornaram bons amigos e passaram a se encontrar quase todos os dias naquele campo florido. Amaya se tornou o porto seguro de Shu. Era nela que ele encontrava refugio quando algo de ruim acontecia. Passaram a compartilhar segredos e com isso Amaya descobriu a verdadeira identidade de Shu, mas, ao contrario do que o loiro pensava, ela aceitou perfeitamente quem ele era e não tinha medo do mesmo.
Aos quinze anos Shu pediu Amaya em namoro e ela ficou mais do que feliz em aceitar. O namoro era as escondidas já que seus pais não aceitariam esse tipo de relacionamento. Foi em um de seus encontros as escondidas que Shu e Amaya decidiram fugir para viverem juntos, mas o pai de Shu descobriu tudo e estava mais do que disposto a acabar com isso.
Em uma noite de inverno Shu foi ao encontro com Amaya, mas acabou por encontrar seu pai no meio do caminho. Karl iria matar Amaya, mas o mesmo não deixou. Shu se encontrou com a arroxeada que o esperava no local de sempre. Naquela noite Shu matou Amaya para que seu pai não fizesse isso.


História do século XXI

Amaya foi abandonada por seus pais ainda recém nascida. Deixada para morrer Amaya acabou sendo encontrado por um senhor de idade. Ren Satou era um senhor de 55 anos (quando encontrou Amaya) dono de uma grande empresa de eletrônicos do Japão. Nunca se casou, e muito menos teve filhos, Ren adotou a pequena Amaya como sua mais nova filha e futura herdeira da empresa Satou. Amaya cresceu recebendo amor e carinho de seu "avô", como ela o chamava, e nunca soube que foi abandonada. Seu avô lhe contou que seus pais morreram em um acidente de carro quando ela era recém nascida. Desde nova foi tratada como a futura herdeira da empresa e isso a levou a ter diversas aulas desde pequena para se tornar uma grande empresaria. Seu avô não aprovava tantas aulas já que a pequena acabava perdendo a liberdade de ter uma infância normal, mas a própria jovem dizia que não via problema em se esforça. Amaya teve aulas de etiqueta, música (piano, harpa, flauta transversal, violino e violão), economia, esgrima, culinária, pintura, entre outras aulas. Amaya sempre se dedicou aos estudos com o intuito de ser a melhor e deixar seu avô orgulhoso. Por conta disso Amaya acabou não conhecendo muitas crianças e muito menos teve amigos nessa época. Aos 15 anos Amaya se torna uma das melhores auxiliares da empresa de seu amado avô que se encontrava doentes nos últimos dias. Aos dezesseis anos Amaya perdeu seu avô e passou a ser a dona da empresa. Aos dezoito anos Amaya sofreu um golpe em sua empresa e perdeu tudo o que a fez ser despejada de sua casa. Sem ter para onde ir Amaya acaba sendo abordada por Tougo Sakamaki que a “adota” e a leva para morar na mansão Sakamaki.

Par



Shu Sakamaki

Como age com:

Família

Amaya sempre tratou muito bem seu "avô" que sempre foi carinhosos e amoroso com ela.

Amigos

Trata todas com muito amor e carinho. Gosta de pensar que elas são parte de uma nova família que ela esta construindo na mansão (isso inclui os meninos). Se comporta como uma irmã mais velha perto delas e sempre esta disposta a ajuda-las em qualquer coisa. Amaya é como uma juiz entre as brigas das meninas sempre tentando ver o lado de cada uma para então chegar a uma decisão. Também é super protetora com as mesmas sendo que entra até me briga se for para defender as meninas.

Os Sakamaki

Reiji

Por ser o mais responsável entre os irmãos Amaya acaba lhe tratando com muito respeito e sempre lhe ajuda seja em relação as meninas ou em algo ligada a mansão. Apesar de o tratar assim Amaya não se sente bem perto dele e só o ajuda quando é necessário. Prefere manter distancia e só o procura quando esta com duvida em algo ou se realmente precisar da ajuda dele. Não trocam muitas palavras e muito menos olhares é como se eles ignorassem a presença um do outro na maior parte do tempo

Ayato

Amaya é sempre alvo das brincadeiras de mal gosta de Ayato pelo simples fato de ser tímida perto dos meninos. Odeia seu lado possessivo e orgulhoso e por isso mantém distancia ao máximo. Os dois tem muitas desavenças já que Amaya sempre tenta proteger as meninas deles especialmente as noivas de Ayato, Kanato e Laito o que cria uma tensão entre os quatro

Kanato

Amaya acha o jeito psicopata e chorão de Kanato muito kawaii e por conta disse vive o mimando. Sempre cozinha alguns doces para o menor e isso os faz se aproximarem. Amaya vê Kanato como se ele realmente fosse uma criança e por isso o trata com muito amor e carinho. Não julga ele por sempre estar andando e falando com seu urso e muito menos mente para ele sempre é sincera com todos os irmãos, mas com Kanato é mais

Laito

Poderia resumi-lo como sendo o irmão mais pervertido e sem escrúpulos de todos. Laito a irrita profundamente e sempre a provoca com piadas e gestos com segunda intenções. Amaya simplesmente foge de Laito, não quer encontrar com ele nem na hora das refeições e quando são obrigados a ficarem no mesmo ambiente ela se mantém a distancia. Pode se dizer que Laito lhe dar um medo único que os outros irmãos não lhe dão: o de ser estuprada

Subaru

Amaya não sabe como se portar perto do albino. Sempre que tenta se aproximar ou falar com ele o mesmo acaba tendo um ataque de fúria o que a deixa um pouco assustada e com raiva. Ela realmente tenta se amigo do mais novo, mas ele parece fazer de tudo par afasta-la. Só quando ela perde a paciência e grita e briga com ele que o clima entre eles muda. Subaru passa a trata-la melhor e até tentar seu ser amigo. No final eles se tornam melhores amigos ambos querendo proteger um ao outro

Par

Amaya e Shu eram incapazes de trocar uma palavra se quer. Amaya por que era tímida de mais e se via incapaz de falar qualquer coisa sem gaguejar ou ficar vermelha e Shu por que não tinha interesse mesmo. Com o tempo, já acostumados com a presença um do outro, Amaya passa a se aproximar de Shu sem medo de gaguejar ou ficar vermelha. Passa a tratá-lo com amor e carinho o mimando de certa forma. Pode-se dizer que Amaya é a primeira a sentir algo pelo loiro e isso afeta no modo como ela o trata. Com um sentimento mais forte pelo loiro crescendo dentro de si Amaya passa a se distanciar com medo de se machucar ou ser usada. Shu de inicio não vai ligar pelo distanciamento da mais nova, mas com o tempo vai sentir saudade dos carinhos e dos mimos da mesma o que lhe deixa um pouco perturbado.
Shu sente o medo e a perturbação de Amaya e por isso se torna mais carinhoso e protetor com a mesma o que só os faz se aproximarem mais um do outro.


Gosta

Música - adora ouvi-las e cantá-las, lhe passam uma sensação de liberdade. Música é simplesmente sua paixão

Tocar piano e flauta transversal - são seus instrumentos favoritos

Rosas azuis – são suas flores favoritas

Observar o luar - Amaya pegou esse gosto por conta de uma história que seu avô lhe contava, em que a deusa da lua descia para a Terra para se encontrar com seu amado

Pintar - Amaya pinta o que sente, se esta triste faz uma pintura triste, se esta alegre faz uma pintura alegre. Pintar a leva a libertar suas emoções

Lugares calmos e abertos - Amaya nunca gostou de lugares barulhentos ou cheio de pessoas. Lugares calmos a deixa relaxada

Ler – Amaya adora literatura. Quando esta lendo ela entra em um mundo completamente novo e fora dos limites da realidade


Não gosta

Lugares barulhentos e fechados - Lugares assim lhe passam insegurança

Pessoas falsas e interesseiras - Amaya sempre esteve cercada de pessoas assim e por isso sabe quando alguém esta sendo sincero ou não

Brigas - Amaya foi criada com tanto amor que acaba simplesmente não entendendo o porquê de as pessoas brigaram

Piscina e praias - Amaya não sabe nadar


Sonhos

Se tornar uma compositora e cantora de sucesso.

Se tornar professora de música


Roupas:

Casual











Pijama





Roupa que utilizava no século XVIII






Descrição do estilo

A maioria de suas roupas são composta por vestidos brancos que vão até a metade de suas coxas. Por ter sido criada para ser a futura herdeira das empresas Satou ela sempre teve que se mostrar elegante e refinada por isso a maioria de suas roupas são vestidos ou roupas mais formais


Medos / Fobias / Traumas

Amaya tem medos de insetos e anfíbios e lugares fechados e escuros

Amaya tem aracnofobia, claustrofobia e acluofobia


Quer Hentai ?

Sim ^^

Uma pergunta:


Qual o tipo de sangue de sua personagem? É doce , azedo ?

AB+ e é doce e viciante (de acordo com Shu)


Você sabe que sua personagem está nas minhas mãos e posso fazer o que quiser com ela ?

Sim ^^

Algo mais ?

Não


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...