~LaNereida

LaNereida
Yumi
Nome: Lara
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 27 de Dezembro
Idade: 17
Cadastro:

Ficha - Doll Show


Postado

Ficha - Doll Show


Nome completo:
Lara Gamma Megaron

Lara – Grego – Ninfa do lácio, foi considerada pelos Gregos como a Deusa do silêncio eterno.
Gamma – Inglês – Vem da luz que uma estrela emite.
Megaron – Grego – Grande espírito.
“ O grande espírito de luz da Ninfa do Lácio. “

Idade:
18 Anos - 27 de Dezembro - Capricórnio

Aparência:
Lara tem o corpo delicado, sua pele é pálida e macia como pêssego, tem as curvas bem delineadas e jeitosas. Tem 1,70 m de altura e pesa apenas 58 kg. Seus cabelos são extremamente compridos e vão até pouco abaixo de sua bunda, eles são castanhos com alguns fios dourados, o que da a impressão de eles serem num tom um pouco acobreados as vezes. Tem rosto fino, bochechas rosadas, olhos azuis acinzentados com um leve toque verde, nariz fino e lábios grossos. Seus ombros são medianos e acompanham o formato do seu corpo, tem seios fartos, coxas médias assim como seus quadris e cintura fina.






Personalidade:
Ela é muito bipolar, irritante, teimosa, rebelde, chata, mal-humorada, estressada, anti-social, tímida, amorosa, carinhosa, grossa. Prefere animais do que crianças, nunca levou muito jeito com as mesmas. Se faz de sonsa muitas vezes, embora já tenha entendido a muito tempo.
É bem durona, mas por dentro tem um coração mole, sabe dar conselhos como ninguém, mas não sabe segui-los. Não se apaixona fácil, mesmo sendo muito grossa e chata, é ao mesmo tempo extrovertida, animada e pervertida, mesmo não mostrando quase esse seu lado por conta da timidez.
É extremamente intelectual, rápida com raciocínio e inteligente mas muitas vezes esconde esse lado. Fala tudo na maior sinceridade e tudo o que pensa na mair pura verdade “nua e crua”. Não se intimida facilmente, sua vida foi dura com ela e ela teve que aprender a se virar cedo, então não venha com dramas e choros no ombro dela o que você provavelmente vai receber será uma cara de desaprovação e mal-humor.
Ela é muito ciumenta, nunca admite e sempre tenta se controlar mas quando da suas crise, aguenta que você vai escutar e muito, mas isso dificilmente ocorre, ela costuma ser mais reservada, ficar um pouco brava com a pessoa até ela se tocar o que está acontecendo. Perfeccionista, costuma fazer tudo do seu jeito, quando aceita a ajuda de alguém se a pessoa coloca um fio fora do lugar ela refaz tudo. Tímida, não costuma falar muito é bem reservada e prefere fazer as coisas nas escondidas sem ninguém saber e por isso muitas vezes acaba se ferrando.
Gentil, sempre tenta fazer de tudo para agradar os outros, está sempre feliz e de bem com a vida e não deixa nada atrapalhar isso, desde que não queiram mexer em seu passado. Inteligente, está sempre tentando novas formas para desvendar o que acontece. Esperta, nunca deixa nada passar despercebido. Hábil, seu melhor amigo é seu corpo, como ela mesma diz.
Esses seus dois grandes lados vieram dos seus pais: o lado meigo de sua mãe e o cinismo de seu pai; A garota é completamente louca, as vezes algumas pessoas a acham pior que seus pais, por ela conversar com vozes que vem da sua cabeça, começar a gargalhar do nada de algo extremamente ridículo e estar sempre tirando sarro de forma cínica, sarcástica ou extremamente irritante de coisas completamente sem noção.


Preferência Sexual:
Bissexual

História:
Seus pais se casaram ainda jovens, os mesmos passaram nove anos tentando ter um filho, mas por diversas vezes sua mãe teve abortos naturais. Quando ela finalmente engravidou de Lara, foi uma festa, sua família estava completamente feliz, mesmo eles vivendo um amor proibido. Durante os cinco primeiros meses a gravidez ocorreu de forma normal, a garotinha era saudável assim como sua mãe, porém tudo logo se complicou, a gravidez passou a ser de risco assim que a mulher descobriu uma pequeno problema no pulmão que poderia acabar levando a sua morte se continuasse com a gravidez.
Aos oito meses a moça sofreu uma parada cardíaca e no hospital acabou falecendo, a criança foi salva porém lhes deram pouco tempo de vida. Achando que a filha não sobreviveria, e que não aguentaria a pressão, o pai da mesma a deixou no hospital e sumiu sem deixar rastros, porém a cada dia que passava a garotinha lutava para sobreviver, e essa luta estava sendo vencida por ela.
Ao sair do hospital foi deixada em um orfanato, onde viveu sendo tratada como um completo lixo, era obrigada a trabalhar, comia de má forma, se fazia algo de errado por minimo que fosse apanhava, por muitas vezes foi presa dentro de quartinhos apertados e escuros (por isso a claustrofobia), a obrigaram a assistir filmes de terror as vezes apenas para espanta-la com fantasias de palhaço ou espantalho e ainda era odiada por algumas outras meninas por causa de seus cabelos incomuns e seus olhos. O que para alguns aquilo era algo especial, para ela era um carma, um fardo que era obrigada a carregar. Dentro do orfanato apenas uma mulher e um homem a tratavam com delicadeza e amor, uma mulher chamada Maryan e um homem chama Demitry, mas a mesma os chamava de mãe e pai.
Ela cresceu fugindo para treinar artes marciais, tirar suas fotos, para poder passear, conhecer novas pessoas e ver como o mundo realmente era. Em uma tarde, enquanto Lara (ela tinha treze anos aqui) tirava fotos de árvores no parque, ela acabou esbarrando em Allison que por acaso estava indo fazer um piquenique com seus pais. Com o impacto as duas meninas caíram no chão e a câmera da menina acabou destruída, para recompensa-la, Allison a chamou para se juntar a eles e as duas acabaram virando grandes amigas. Desde então, sempre que conseguia Lara visitava a sua única amiga, elas passaram um ano inteiro criando uma amizade extremamente forte.
Em seu aniversário de quatorze anos, Lara foi a casa de Alli para que as duas saíssem juntas e acabou ganhando uma pequena festinha simples de aniversário, com um bolo e as pessoas que ela considerava como uma segunda família (depois de Demitry e Maryan), nesse dia Alli deu a ela uma câmera profissional de presente. E quando voltava de uma de suas “saídas casuais escondidas”, ela encontrou todos do orfanato mortos, pareciam terem sido atacados por animais selvagens, as crianças foram levadas. O único sobrevivente foi Demitry, que após o acontecimento a adotou como sua filha.
Dois anos se passaram e Demitry se casou com uma mulher chamada Janessa, uma amiga de infância do mesmo que por acaso foi seu primeiro amor. A mesma sempre sonhou em ter uma filha porém, por problemas de saúde ela se tornou infértil após ter ser primeiro filho: Sean, com quem Lara tem uma ótima convivência e não desgruda do mesmo, e ao começar a conviver com Lara ela e Demitry decidiram adotar mais uma criança, mas dessa vez um menino de cinco anos chamado Jonathan, Janessa os trata da melhor maneira possível sendo sempre uma boa mãe e estando ao lado dos dois em tudo e mesmo Lara tendo aprendido a amar a mulher como sua mãe, ela nunca se esquece de Maryan.


O que estava fazendo, com quem e onde estava antes de ser capturado:
Estava voltando do centro da cidade num momento de crepúsculo entre fim de tarde e início de noite quando acabou passando por uma viela onde ela viu alguns gatos presos dentro de uma pequena armadilha, por ser extremamente apaixonada por animais, ela foi até os mesmos, mas quem acabou em uma armadilha foi ela. Lara foi pega no instante em que soltou os gatos.

Como reage em situações de desespero?
Fica extremamente irritada e se revolta, assim que descobre acaba explodindo e quebra tudo que vê na sua frente, é como se um misto de dor, raiva e medo estivessem dentro de si tentando enlouquece-la. Ela se esconde no lugar mais longe o possível de todos que a enganaram (nem que seja atras de uma pedra) apenas para chorar e ficar sozinha.

Tem algum vício ou hábito?
Ela coloca um pedaço de chocolate na boca quando fica nervosa. Ela é uma péssima mentirosa e morde os lábios quando tenta mentir, cruza os braços quando fica nervosa ou ansiosa, costuma mexer nos cabelos e olhar muito para baixo quando esta tímida ou com vergonha e costuma bater o pé quando está sem paciência.

Alguma Doença/Alergia?
Ela tem asma.

Medos e fobias:
Ela tem claustrofobia, só de pensar em ficar presa sua respiração ja falha e ela começa a ter ataques de pânico. Ela tem medo de palhaços e de espantalhos. Ela também tem um certo trauma de ser muito tocada.

Se considera um predador ou uma presa?
Presa.

É capaz de fazer de tudo para sobreviver?
Sim.

Sabe que o seu personagem pode morrer/ficar ferido a qualquer momento certo?
Sei!

Algo a mais?
Tatto:
Coxa direita:

Coxa esquerda:



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...