~LaNereida

LaNereida
Yumi
Nome: Lara
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 27 de Dezembro
Idade: 17
Cadastro:

Ficha - Inside Beast


Postado



► Nome:

Ayumi Toomura


► Idade:

16 anos - 27 de Dezembro - Capricórnio


► Aparência:

Aya tem o corpo delicado, sua pele é pálida e macia como pêssego, tem as curvas bem delineadas e jeitosas. Tem 1,70 m de altura e pesa apenas 58 kg. Seus cabelos são extremamente compridos e vão até pouco abaixo de sua bunda, eles são negros com alguns fios azulados, o que da a impressão de eles serem roxos as vezes. Tem rosto fino, bochechas rosadas, olhos azuis acinzentados com um leve toque róseo, nariz fino e lábios grossos. Seus ombros são medianos e acompanham o formato do seu corpo, tem seios fartos, coxas médias assim como seus quadris e cintura fina.







► Personalidade:

Ela é muito bipolar, irritante, teimosa, rebelde, chata, mal-humorada, estressada, anti-social, tímida, amorosa, carinhosa, grossa. Prefere animais do que crianças, nunca levou muito jeito com as mesmas. Se faz de sonsa muitas vezes, embora já tenha entendido a muito tempo.
É bem durona, mas por dentro tem um coração mole, sabe dar conselhos como ninguém, mas não sabe segui-los. Não se apaixona fácil, mesmo sendo muito grossa e chata, é ao mesmo tempo extrovertida, animada e pervertida, mesmo não mostrando quase esse seu lado por conta da timidez.
É extremamente intelectual, rápida com raciocínio e inteligente mas muitas vezes esconde esse lado. Fala tudo na maior sinceridade e tudo o que pensa na mair pura verdade “nua e crua”. Não se intimida facilmente, sua vida foi dura com ela e ela teve que aprender a se virar cedo, então não venha com dramas e choros no ombro dela o que você provavelmente vai receber será uma cara de desaprovação e mal-humor.
Ela é muito ciumenta, nunca admite e sempre tenta se controlar mas quando da suas crise, aguenta que você vai escutar e muito, mas isso dificilmente ocorre, ela costuma ser mais reservada, ficar um pouco brava com a pessoa até ela se tocar o que está acontecendo. Perfeccionista, costuma fazer tudo do seu jeito, quando aceita a ajuda de alguém se a pessoa coloca um fio fora do lugar ela refaz tudo. Tímida, não costuma falar muito é bem reservada e prefere fazer as coisas nas escondidas sem ninguém saber e por isso muitas vezes acaba se ferrando.
Gentil, sempre tenta fazer de tudo para agradar os outros, está sempre feliz e de bem com a vida e não deixa nada atrapalhar isso, desde que não queiram mexer em seu passado. Inteligente, está sempre tentando novas formas para desvendar o que acontece. Esperta, nunca deixa nada passar despercebido. Hábil, seu melhor amigo é seu corpo, como ela mesma diz.


► Gostos:

Gosta de frutas, doces, lugares quentes, ler, escrever, caminhar, ficar sozinha, brincadeiras, mordidas, desafios lógicos, dançar, escutar música, passear com os amigos, brincadeirinhas pervertidas que nunca passam além de brincadeiras, gravar os seus momentos mais importantes de alguma forma (seja escrevendo, tirando fotos).


► Desgostos:

Não gosta de lugares apertados e pequenos, que a desafiem, pessoas que batam de frente consigo e que digam que ela está errada. Não suporta pessoas grossas e arrogantes, que gozem da cara dela ou que a chamem de louca por ela não ter opiniões muito normais. Principalmente odeia que reparem apenas em seu físico ou em seus seios, coisa que acontece com muita frequência.


► Hobbies:

Está sempre treinando, para melhorar suas habilidades na luta, adora escrever, por si só passava o dia olhando as folhas de um caderno preenchendo as páginas em branco. Fica tirando fotos o tempo todo, mas adora transforma-las em desenhos, ama cozinhar e vive andando de noite.


► Manias:

Ela é uma péssima mentirosa e morde os lábios quando tenta mentir, cruza os braços quando fica nervosa ou ansiosa, costuma mexer nos cabelos e olhar muito para baixo quando esta tímida ou com vergonha e costuma bater o pé quando está sem paciência.


► Qualidades:

Gentil, sempre tenta fazer de tudo para agradar os outros, está sempre feliz e de bem com a vida e não deixa nada atrapalhar isso, desde que não queiram mexer em seu passado. Inteligente, está sempre tentando novas formas para desvendar o que acontece. Esperta, nunca deixa nada passar despercebido. Hábil, seu melhor amigo é seu corpo, como ela mesma diz.


► Defeitos:

Ela é muito ciumenta, nunca admite e sempre tenta se controlar mas quando da suas crise, aguenta que você vai escutar e muito, mas isso dificilmente ocorre, ela costuma ser mais reservada, ficar um pouco brava com a pessoa até ela se tocar o que está acontecendo. Perfeccionista, costuma fazer tudo do seu jeito, quando aceita a ajuda de alguém se a pessoa coloca um fio fora do lugar ela refaz tudo. Tímida, não costuma falar muito é bem reservada e prefere fazer as coisas nas escondidas sem ninguém saber e por isso muitas vezes acaba se ferrando.


► Medos/ Traumas/ Fobias:

Ela tem claustrofobia, só de pensar em ficar presa sua respiração ja falha e ela começa a ter ataques de pânico. Ela tem medo de palhaços e de espantalhos.


► Par:


Reiji Sakamaki


► Relação com o par:

De início mas sempre que brigam o Reiji admite que está errado (na maioria das vezes), para tentar equilibrar o relacionamento e evitar qualquer outro desentendimento, a Aya perdoa, mas sempre faz ele pagar enquanto estão brigados, costuma deixar ele com ciumes por ter muitos amigos e a vezes pede ajuda pra algum, mas com o tempo eles começam a ter uma relação completamente sincronizada. De inicio eles podem se entender muito bem, mas se desentendem bastante, ele por ser grosso e ela por ser meiga, mas depois que realmente descobriram o que sentiam um pelo outro quase não se desgrudam mais. A Aya tem mania de morder os lábios, e isso sempre provoca o Reiji porque ele sempre diz que ama os lábios dela.

Ela é a única pessoa que consegue acalma-lo, mesmo ele se negando e ele é a única pessoa com quem ela se solta pra valer sem medo de errar. Ela é a única que sabe diferenciar os sentimentos dele, afinal ele é tão frio que ninguém consegue nem imaginar se ele vai falar oi pela manhã e quando ele esta bravo ou chateado costuma se isolar (mais ainda), coisa que já é comum pra ele mas ela percebe.
Eles podem ter vários problemas, talvez por no inicio ele não ter contado a ela o que era, e ela não gostar nada de mentiras, mas quando estão juntos, principalmente a sós, costumam ultrapassar uma pouco timidez e deixa-la de lado e as vezes (quase sempre) fazem algumas brincadeirinhas quentes (mas sempre acabam parando antes que role algo mais pelo fato da Aya ainda ser virgem).



► Relação com as irmãs:

Ela dificilmente faz inimizades, por estar sempre de bom humor, adora conversar com todas e sempre escuta quando elas desabafam consigo, é uma ótima conselheira e está sempre tentando ajudá-las ao máximo, mas odeia quando fazem drama pro seu lado, costuma dar uma patada ou simplesmente dizer a verdade na cara delas sem medo de magoá-las ou deixá-las brava. Mas não a subestime ou a deixe de lado, ela não gosta e acaba sempre ficando irritada com a pessoa por isso.


► Relação com o pai:

Eles dois são como amigos inseparáveis, eles se entendem e sempre estão conversando ou tentando se entender melhor, as vezes ela acaba tendo pequenas brigas com ele por causa do Reji, mas nada que afete sua amizade. As brigas geralmente são causadas por pequenas crises de ciumes que seu pai tem.


► Reações / Ações ao:

• Saber que será enviada á um internato:

Fica um pouco nervosa, não aceita essa ideia nem um pouco, acha que tudo isso é ridículo e que ela que deveria escolher para onde quer ir. Logo aceita isso ao ver que podem surgir novas oportunidades para si mesma.


• A ter a noticia que sua mãe havia falecido:

Fica extremamente irritada e se revolta, assim que descobre acaba explodindo e quebra tudo que vê na sua frente, é como se um misto de dor, raiva e medo estivessem dentro de si tentando enlouquece-la. Ela se esconde no lugar mais longe o possível de todos que a enganaram (nem que seja atras de uma pedra) apenas para chorar e ficar sozinha.


• Descobrir os vampiros:

Ficou nervosa de inicio, seu maior pensamento era que eles eram grandes mentirosos, traidores e falsos. Mas logo começou a ficar estérica, seus pensamentos sobre os tais vampiros voltaram e junto com isso seu medo o que a torna cega, e faz querer mata-los não só por serem vampiros, mas por terem traído sua confiança quando mentiram, e era isso que ela mais queria, deixar seus ossos virarem pó com o calor do sol enquanto ela apenas dava seu simples sorriso sarcástico, era como que a vontade de matar, de se transformar em uma sanguinária fria a tomasse, mas ela mesma não via que isso a fazia pior que eles.


• Estivesse apaixonada:

De inicio ela surta um pouco e se nega, morre de medo de se apaixonar por isso nunca ter acontecido e tenta ao máximo esquecer a história e esquece-lo, deixar tudo o que pensa para trás. Mas aos poucos nota o quão difícil está ficar longe dele e dos pequenos pensamentos que tinha do mesmo e logo se entrega.


• Se seu par também estivesse apaixonado:

Fica bem tímida, apesar de adorar a "notícia", é como se toda vez que o olhasse seu corpo congelasse, ela mal consegue falar e suas bochechas coram totalmente. Ela se aproxima mais dele e acaba tendo alguns ataques de nervosismo as vezes. Ficaria totalmente imóvel, completamente feliz, seu coração não para de pular e parece que vai sair pela boca, mas tem um pouco de medo de se entregar e seu cérebro interfere um pouco em seus sentimentos a deixando um pouco nervosa, mas no fim acaba se deixando levar por suas emoções.


► Sabe que vossa personagem está sobre o meu controle e que após a confirmação desse tópico farei oque bem entender com a mesma?

Sim!!



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...