~Cake-San - Clan Impossibile

Cake-San
A girl a little crazy
Nome: ???
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 15 de Dezembro
Idade: 15
Cadastro:

Ficha - Between Gods And Humans


Postado

Ficha - Between Gods And Humans

Come on, come on, turn the radio on
It's Saturday and I won't be long
Gotta paint my nails, put my high heels on
It's Saturday and I won't be long


Meu sangue pertence a Deméter, mas meu coração pertence a você, Subaru Sakamaki



Nome Completo:

Samantha Joanne Johnson Gomes

Samantha: Significa “flor que tem o nome de Deus”, “limite” ou “término”. Samantha é um nome de origem incerta, podendo ser um nome de origem Grega, Hebraica ou Sânscrita. Esse nome já tinha sido escolhido desde o início por seus pais exatamente por eles gostarem do nome e pelo significado.

Joanne significa “Deus é cheio de graça” ou “agraciado por Deus”. Joanne é um nome feminino, pode ser considerado uma variante de Joannes que por sua vez é considerado uma variante grega de João. Esse nome foi dado a Samantha em homenagem a sua falecida irmã gêmea que morreu durante o parto e com isso, mantiveram o nome para a outra garota.

Johnson: Significa “meu filho é um dom de Deus”, “filho daquele que é abençoado por Deus”. O nome Johnson é uma palavra composta, formada pelo nome John e pela palavra son. Em inglês e em escocês significa son of John (filho de John). Em francês é uma variação de John, João em português, que por sua vez significa “a graça ou a misericórdia de Deus”, “agraciado por Deus”. Sobrenome da mãe de Samantha.

Gomes: Significa "filho do homem". O nome Gomes vem de Gomo ou Gome, palavra que teria origem do latim. Outra provável teoria para a origem do nome vem do visigótico Guma, que também significa "homem". Sobrenome do pai de Samantha





Apelidos

Sam - Diminutivo do seu primeiro nome, dado por seu pai - Ela gosta do apelido, porém restringe ser chamada assim apenas por quem ela conhece por ser mais "casual"

Anne - Diminutivo de seu segundo nome, o apelido foi dado por sua avó - Ela ama o apelido, porém deixa só seus amigos a chamarem assim exatamente por ser um apelido mais "casual"

Cake - De todos é seu apelido mais diferente, ele foi dado por uma amiga de infância de Samantha - Mesmo adorando esse apelido, só seus melhores amigos podem a chamar assim por ser algo mais especial e diferente

Sammy - Outro diminutivo de seu primeiro nome, o apelido foi dado por uma ex amiga sua - Ela adorava o apelido, mas passou a odiar ele quando viu que a garota que ela considerava amiga era na verdade uma garota falsa

Janne - Um outro diminutivo de seu segundo nome, esse apelido fora dado pela mesma ex amiga do apelido anterior - Ela adorava o apelido, passou a odiar pelo mesmo motivo ao anterior.





Idade:

Samantha Joanne nasceu no dia 15 de Dezembro de 1999, tendo assim 16 anos e sendo do signo de Sagitário, com Ascendente de Câncer e sua Lua de Áries. Ela não acredita em astrologia e horóscopo, acabando por se entediar quando alguém fala sobre isso com ela.





Nacionalidade:



Samantha é Inglesa, mais precisamente da cidade de Liverpool - Inglaterra





Aparência:

























Samantha possuí longos cabelos castanhos e lisos, eles vão até um pouco abaixo de seus joelhos, eles tem esse enorme tamanho devido a insistência da garota em não os cortar, apenas aparar as pontas e nada mais. Os cabelos de Cake são belos e agradáveis de se tocar, são macios e sedosos, ela cuida muito bem deles, sempre os mantendo bem hidratados. Os cabelos de Sam são muito resistentes a química de produtos, tintas, progressivas e outros processos não danificam em quase nada seus cabelos. Cake costuma deixar seu cabelo solto ou em uma longa trança, nunca em um penteado diferente.
A franja da garota é irregular, porém sem tirar nem um pouco de charme ou beleza da garota, alguns fios as vezes acabam por cobrir um dos olhos dela, as vezes dando um ar misterioso a Sam.


Sam tem um belo rosto, seu queixo é pequeno e fino. Seus olhos são grandes e dourados, reluzentes e brilhantes. O nariz da garota é pequeno, fino e levemente pontudo, tendo assim, uma aparência um tanto "delicada". Os lábios de Cake são cheios e carnudos, dando assim uma beleza um pouco mais "Adulta" quebrando um pouco a inocência que seu nariz e suas bochechas dão.
As bochechas de Samantha são levemente avermelhadas, dando uma aparência um pouco mais fofa a ela


A pele de Cake é branca levemente bronzeada, sendo um de seus detalhes mais peculiares, ela possui esse tom de cor devido aos anos que passou em alguns países de clima tropical. Ela tem 1,78 de altura, tendo assim uma altura considerada mediana a alta.
O corpo de Sam é bastante avantajado, seus seios são fartos e belos, a prima da garota diz que eles também são "macios e gostosos de apertar" devido a ela já ter feito isso em brincadeiras das duas. As pernas dela são bem definidas e as coxas muito bem torneadas, o bumbum da garota é grande, duro e empinado, combinando com as belas curvas de seu corpo.
Porém, nem tudo são apenas perfeições, devido há um problema durante o parto, Samantha tem a perna esquerda menor que a direita, e por causa desse "Defeito" ela é manca.





Personalidade:

Samantha é uma garota bem humorada, vê-la triste é algo muito raro, a alegria dela é contagiante, ela costuma fazer todos a sua volta sorrirem. Brincalhona, ela adora fazer todos a sua volta sorrirem e se alegrarem, se alguém está triste, Cake faz o que consegue para tentar a animar, desde caretas e piadas até cócegas e se a pessoa continuar triste, ela apela para sua carta secreta, piadas ruins, essas piadas sempre fazem alguém triste rir pelo fato da piada ser ruim. Desastrada, é normal ver ela tropeçando nos próprios pés, no ar ou até mesmo acabar tropeçando por causa de seu cabelo entrando em frente a perna, ela usa desse seu lado desajeitado para seu bem e ao de todos a sua volta, mesmo que sem querer, ela acaba fazendo alguém rir junto dela por causa de seus tropeços.

Sam é uma garota bastante tímida, ela acaba por gaguejar bastante perto de pessoas desconhecidas, mas sem deixar de perder a pose. A educação e elegância de Cake são algo bastante exuberantes, mesmo com ela sendo um tanto desajeitada, ela consegue se controlar e se portar bem, independente da ocasião. Devido a sua timidez, a garota tem alguma dificuldade para falar em público, o que na verdade a atrapalha um pouco na hora de ter que falar para muitas pessoas ao mesmo tempo. Além de tudo, Samantha tende a corar facilmente, um simples elogio a faz ficar vermelha.

Carinhosa, doce e fiel, três palavras que definem bem o modo que Sam trata seus amigos e amigas, haja o que houver, ela vai sempre estar ao lado deles em momentos tristes ou felizes, bons ou ruins, chegando as vezes a assumir a culpa de algo para os proteger. Mesmo que seu amigo esteja errado e ela saiba disso, ela vai defender essa pessoa. Muitos a acham tola por defender a pessoa mesmo que ela esteja errada, ou assumir a culpa por algo que não fez, mas ela acaba por ignorar isso, o que importa é proteger seus amigos.
Se alguém está triste, seja lá qual motivo for, ela vai ficar com essa pessoa, tentando a animar e assumindo parte da dor para si. Segredos que são confiados a ela, nunca vão ser revelados a ninguém, o que segredo que a ela foi confiada, vai ficar com ela até no túmulo


Determinada, Samantha nunca vai desistir do que quer, ela vai lutar e dar seu máximo para conseguir isso do jeito justo e limpo, nunca trapaceando ou difamando alguém para o conseguir. Apesar de tudo, Cake é ciumenta com seus amigos, sempre que os vê falando com alguém que ela não gosta, ela já fica com ciumes.

Sam é ciumenta e agressiva com qualquer amante ou garota que dê em cima de quem ela ama, mas a agressividade dela não se resume apenas a tapas e socos normais, Cake é capaz de matar qualquer uma que passe dos limites, como ela mesma diz "sou obsessiva sim e quem tiver problema, azar". Honesta, ela detesta mentir, isso as vezes pode lhe cair como um defeito mas ao mesmo tempo como uma virtude, pois ela pode acabar sendo honesta e sincera demais





Pai/Mãe Olimpiano:



Deméter





HIstória:

Samantha nasceu em Liverpool, Inglaterra, a mãe de Sam estava grávida de gêmeas, porém, a segunda criança, a qual iria receber o nome de Joanne, morreu durante o parto, enforcada pelo cordão umbilical. Em memória a pequena que nem chegará a nascer, a mãe de Sam acrescentou o nome de Joanne ao nome da bebê que ficou viva, no caso, Samantha. Cake não escapou ilesa, por causa de um erro e complicações na hora do parto, algo causou uma mudança, que fez com que a perna esquerda da garota fosse menor que a direita, a deixando manca. Desde bebê, Sam via e ainda consegue ver sua falecida irmã, Joanne, ainda conseguindo também falar com ela, como se a alma da irmã a acompanhasse sempre

Aos seus dois anos, Sam e seus pais se mudaram para o Brasil, país de origem do pai de Sam e da família dele, a pequena e sua mãe tiveram dificuldades para se adaptar principalmente a linguagem, já que Cake já tinha aprendido a falar, mas apenas inglês e a mãe da garota não falava português. Com o tempo, as duas foram se acostumando, porém, mesmo com a mudança, a mãe de Sam continuou ensinando inglês para ela e a garota continuou aprendendo português na escola.

Samantha morou no Brasil até seus 12 anos, quando ela e seus pais tiveram de se mudar para o Japão por causa do emprego de ambos. Ao chegar lá, ela teve dificuldades para se adaptar com o fuso-horário e com o clima do lugar, afinal, ela já havia se acostumado ao clima quente do Brasil.

No mesmo ano em que se mudou, uma coisa ruim veio a acontecer, Sam foi atacada e sequestrada por um psicopata e algumas horas depois ela foi salva por alguém que ela acabou não conseguindo saber quem foi, mas, infelizmente não escapou ilesa. Mandada para o hospital em caso muito grave, o tempo em tortura lhe rendeu muitos problemas, ela teve parte de sua barriga cortada, sofreu lesões graves na coluna e teve uma pequena rachadura no crânio, além de uma grande perca de sangue.

Esses ferimentos lhe renderam três longos anos de coma profundo, quando ela veio a despertar, tinha perdido boa parte de suas memórias. No tempo durante o coma, seu pai foi morto pelo psicopata que havia sequestrado Samantha e a mãe da garota morreu por problemas de saúde, deixando assim, Sam sozinha no mundo. A herança que ela conseguiu foi a casa que eles moravam no Japão e 2/4 de todo o dinheiro de seus pais mais todas as ações, a outra metade do dinheiro foi dividido entre os avôs maternos e paternos da garota. Por não se lembrar de nenhum parente além de seus pais e uma mulher que a visitava todo dia a noite durante o coma, Sam acabou por ficar morando em Tokyo. Enquanto a garota ainda estava em coma, seus pais conheceram Deméter, a mulher que todo dia visitava Samantha, assim descobrindo que ela, a garota era filha não apenas deles, mas também de Deméter e que, quando ela dizia que estava vendo a Joanne e que falava com ela, era verdade e não apenas imaginação dela.





Familiares/Pessoas que fizeram parte da História:



Joanne - Irmã Gêmea de Sam ~Morta durante o parto, porém o fantasma dela continua ao lado da irmã, só podendo ser vista por ela e só podendo interagir com ela.

Idade - Se estivesse viva teria 16 anos

Personalidade - Não muito diferente de Sam, Joanne seria uma garota bastante alegre, porém seria um pouco mais cabeça quente que a irmã, se irritando muito facilmente. Com a irmã, ela é doce, gentil e protetora, mesmo só podendo interagir com a Sam e ninguém mais





Stefani Germanotta Johnson - Mãe de Samantha ~Morta por doença cardíaca

Idade - Morreu aos 36 anos

Personalidade - Era uma mulher divertida, adorava contar piadas para alegrar todos. Stefani era uma mulher um pouco ciumenta e muito protetora, principalmente com sua filha, por causa do problema que ela tem na perna, sendo fria com todos que falam mal de sua filha





John Ferreira Gomes - Pai de Samantha ~Assassinado enquanto tentava se vingar do sequestrador de sua filha

Idade - Morreu aos 38 anos

Personalidade - John era um homem um tanto frio e sério, facilmente guardava rancor de quem apresentasse ameaça a sua família, os sorrisos do homem eram um tanto raros para com que não o via perto da esposa, ela o fazia rir com muita facilidade





Gostos:



Nadar; Um dos esportes que a garota mais gosta de praticar, as muitas vezes que ia a praia quando morava no Brasil foram ótimas para ela praticar, ela costuma relaxar nadando, porém já chegou a competir e ganhar competições de natação



Lutar; Principalmente Boxe, treinada por seu pai desde pequena, ela sempre soube se defender bem em uma briga se necessário, o que muitas vezes lhe foi muito útil, ela pratica muito por diversão, mas ela é boa com isso



Escrever; Quando Sam quer ficar sozinha, ela costuma pegar os fones de ouvido, uma caneta ou lápis e um caderno, se sentando em um lugar e escrevendo histórias enquanto escuta músicas



Cantar; Normalmente o faz para tentar se esquecer de problemas, mas ao mesmo tempo para encantar a todos e a si mesma com sua bela voz



Tocar violão; Ela aprendeu a tocar sozinha, normalmente quando não está fazendo nada, ela costuma escrever canções ou até mesmo tocar/fazer covers de músicas conhecidas



Dançar; Ela acaba por levar a fala "dance como se ninguém estivesse vendo" um pouco a sério demais, ela não quer saber se está dançando bem ou não, o que a importa é estar se divertindo, as vezes as danças "diferentes" dela podem ser um pouco contagiante, fazendo outros dançarem junto dela



Doces; São quase um vicio, ela ama comer doces, sempre que pode está comendo uma barrinha de chocolate, gummy bears ou qualquer outro doce que ela goste





Desgostos:



Ficar entediada; Ela simplesmente odeia, por isso está sempre procurando algo para fazer, ficar apenas observando o nada a incomoda muito



Ser irritada; Sua falta de paciência a limita muito a aturar qualquer provocação, isso as vezes a leva a ter "Ataques de diva", mandando um par de dedos do meio e alguns palavrões



Falta de criatividade; Ela fica muito irritada quando quer escrever mas não tem criatividade, ela fica batendo o lápis na mesa ou balançando a perna tentando pensar em algo





Doenças/Vícios

Samantha tem uma deficiência, sua perna esquerda é menor que a direita por causa de um problema que ocorreu durante o parto, com isso ela é manca, tendo de usar um tipo especial de bota ortopédica para amenizar um pouco essa diferença, mas ela acaba por ficar manca, menos do que o normal



Ela é viciada em doces, em especial Gummy Bears, ela quase sempre está com um pacotinho de doces por perto para comer, ela desenvolveu esse vício por causa de alguns problemas, na infância, ela tinha falta de açúcar no sangue, com isso, ela começou a comer doces e acabou por estar sempre comendo e viciando





Hobbies:



Escrever; De longe o que ela mais gosta de fazer para passar o tempo, ela se senta em um canto com lápis/caneta e papel, ou uma máquina de escrever e começa a criar histórias, ela já tem dois livros finalizados, porém apenas seus pais já os leram, ela não tem coragem de mostrar para ninguém



Compor músicas; As vezes, quando ela não está muito no clima para escrever, ela pega seu violão e começa a compor, ela já chegou a escrever algumas músicas, mas ela não considera algo que ela faria profissionalmente e sim como um passatempo.



Jardinagem; Algo que os pais dela estranharam inicialmente, ninguém da família da garota tinha muita afinidade com plantas, porém, a garota desenvolveu esse gosto sozinha, desde pequena ela gosta de cuidar de jardins, não se importando em se sujar de terra, ela consegue fazer, com um curto tempo, uma pequena flor quase morta, se tornar exuberante novamente.





Talentos



Plantas; Sam tem belas habilidades com plantas, em questão de meses ela consegue transformar um pequeno canteiro em uma bela e grande plantação, ela consegue saber o tempo exato para aguar as plantas e quando está quente demais, sendo necessário mais água. Muitos dizem ser loucura, mas as plantas chegam a crescer mais rapidamente e mais fortes e saudáveis com a presença dela.



Equilíbrio; Sua deficiência é algo que passa longe de a interferir com isso, ela tem um ótimo equilíbrio, algo extremamente gracioso e que a auxilia muito em questão de luta



Força; Desde pequena, essa foi uma das habilidades que a garota mais treinou junto do equilíbrio, como ela aprendia boxe, força era um dos requisitos para ela ficar melhor na luta, com isso, ela sempre treinava muito





Medos:



Palhaços; Não se sabe ao certo como ela desenvolveu esse medo, mas ela odeia palhaços, não chega a ser uma fobia, mas ela não gosta nem um pouco deles



Solidão; A falta de amigos, de família e de alguém que a ame é uma ideia que assusta Sam, a facilidade com qual ela criou fortes laços com as garotas é algo que ela acha que não sobreviveria se perdesse.



Facas; Das poucas memórias que a restaram, uma delas não lhe é muito agradável, uma curta cena da tortura, quando o homem que a sequestrou fazia alguns cortes de faca nela.





Fobias:



Nictofobia; Ela desenvolveu essa fobia ainda pequena, quando começou a dormir sozinha, no escuro, ela acabava por ver vultos e coisas se movendo sozinhas, o medo permaneceu junto dela conforme crescia e ele apenas tendia a aumentar, ela não consegue ficar sozinha em um lugar sozinha por nada, se isso acontece, ela entra em completo desespero





Traumas:



Escuro; O trauma e fobia se deram as diversas vezes que ela tinha de ficar em seu quarto sozinha durante a noite antes de dormir, ela via vultos e coisas se movendo sozinhas, isso acabou por ser algo que ela levou para a via toda.





Segredos

O sequestro

O fato dela poder conversar com o fantasma de sua irmã

Sua real tentação de matar ~Que ela acaba por se segurar muito





Música que a define:

Cheap Thrills - Sia



Letra

Come on
Come on (turn the radio on)
It's Friday night and I won't be long
Gotta do my hair (I put my make up on)
It's Friday night and I won't be long

Till I hit the dance floor
Hit the dance floor!
I got all I need
No I ain't got cash!
No I ain't got cash!
But I got you baby

Baby I don't need dollar bills to have fun tonight
(I love cheap thrills...)
Baby I don't need dollar bills to have fun tonight
(I love cheap thrills...)
But I don't need no money
As long as I can feel the beat
I don't need no money
As long as I keep dancing

Come on, come on, turn the radio on
It's Saturday and I won't be long
Gotta paint my nails, put my high heels on
It's Saturday and I won't be long

Till I hit the dance floor
Hit the dance floor!
I got all I need!
No I ain't got cash
No I ain't got cash
But I got you baby

Baby I don't need dollar bills to have fun tonight
(I love cheap thrills)
Baby I don't need dollar bills to have fun tonight
(I love cheap thrills)
But I don't need no money
As long as I can feel the beat
I don't need no money
As long as I keep dancing

(I love cheap thrills!)
(I love cheap thrills!)
I don't need no money
As long as I can feel the beat
I don't need no money
As long as I keep dancing

(Oh, oh)

Baby I don't need dollar bills to have fun tonight
(I love cheap thrills)
Baby I don't need dollar bills to have fun tonight
(I love cheap thrills)
But I don't need no money
As long as I can feel the beat
I don't need no money
As long as I keep dancing

Na, na, na, na, na, na, na
(I love cheap thrills)


Tradução - Diversão barata

Vamos lá
Vamos lá (ligue o rádio)
É sexta-feira e eu não vou demorar
Tenho que fazer o meu cabelo (eu coloco a maquiagem)
É sexta-feira e eu não vou demorar

Até eu chegar na pista de dança
Chegar na pista de dança
Eu tenho tudo o que preciso
Não, eu não tenho dinheiro!
Não, eu não tenho dinheiro!
Mas eu tenho você, querido

Querido, eu não preciso de grana para me divertir hoje
(Eu adoro uma diversão barata)
Querido, eu não preciso de grana para me divertir hoje
(Eu adoro uma diversão barata)
Mas eu não preciso de dinheiro
Enquanto eu sentir a batida
Eu não preciso de dinheiro
Enquanto eu continuar dançando

Vamos lá, ligue o rádio
É sábado e eu não demorarei
Tenho que fazer as unhas, colocar o salto
É sábado e eu não demorarei

Até eu chegar na pista de dança
Chegar na pista de dança
Eu tenho tudo o que preciso
Não, eu não tenho dinheiro!
Não, eu não tenho dinheiro!
Mas eu tenho você, querido

Querido, eu não preciso de grana para me divertir hoje
(Eu adoro uma diversão barata)
Querido, eu não preciso de grana para me divertir hoje
(Eu adoro uma diversão barata)
Mas eu não preciso de dinheiro
Enquanto eu sentir a batida
Eu não preciso de dinheiro
Enquanto eu continuar dançando

(Eu adoro uma diversão barata!)
(Eu adoro uma diversão barata!)
Eu não preciso de dinheiro
Enquanto eu sentir a batida
Eu não preciso de dinheiro
Enquanto eu continuar dançando

(Oh, oh)

Querido, eu não preciso de grana para me divertir hoje
(Eu adoro uma diversão barata)
Querido, eu não preciso de grana para me divertir hoje
(Eu adoro uma diversão barata)
Mas eu não preciso de dinheiro
Enquanto eu sentir a batida
Eu não preciso de dinheiro
Enquanto eu continuar dançando

Na, na, na, na, na, na, na
(Eu adoro uma diversão barata)





Música dela e do par:

Let Me Love You - Ariana Grande feat. Lil Wayne



Letra

I just broke up with my ex
Now I'm out here single, I don't really know what's next
But I ain't even trippin', I'mma chill and sit back
And I know they will be coming
From the right and the left, left, left
I just broke up with my ex
You're the one I'm feeling as I'm laying on your chest
Good conversation got me holding my breath
And I don't normally say this but goddamn
You're the best, best, best

And if it feels right, promise I don't mind
And if it feels right, promise I'll stay here all night

Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you

As I'm laying on your chest
I'll be out here thinkin' 'bout it, boy, it's just a guess
But something just keeps telling me I'm better than the rest
And I ain't tryna rush you, but goddamn
I'm a mess, mess, mess

And if it feels right, promise I don't mind
And if it feels right, promise I'll stay here all night

Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you

I say, "Girl, you need a hot boy"
She say, "you need to stop fuckin' with them thots, boy"
I say you need a real nigga she said yes Lord
And what you need your ex for? I'm triple X, Lord
Okay, Ariana my little mama, goodbye to the good girl
My ex tripping, it's no Biggie, I 2pac shook her
I'm laid up with my new thing
She lay her head on my new chain
Then the mood change
My name change from Lil Wayne to Ooh Wayne
Oh Lord, she grinding on this Grande
Oh Lord, I'm drowning, I'm gonna need that coast guard
And when it comes to that nigga, I give her amnesia
She just looking for love
She says she single and I'm her feature, oh my God

(You're no good, but it's time I love you, baby)
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
Tunechi, Mula baby
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
(But it's time I love you, yeah, yeah, ah)
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
She's looking for love
(I'm looking for love)
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
She's looking for love
(You're looking for love baby)
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
She's looking for love
Just let me lo-o-o-o-o-o-o-love you, you
(I'm looking for love babe)
She's just looking for love
She's just looking for love

I'mma give her that love
He gon' gimme that love
She's just looking for love
Boy, I'm looking for love, baby
I'mma give her that love
I'mma give her that
I'mma give her that


Tradução - Deixa eu te amar

Acabei de terminar com meu ex-namorado
Agora estou aqui solteira, não sei o que acontece agora
Mas nem estou preocupada, vou ficar na boa e relaxar
E eu sei que eles virão
Da direita e da esquerda, esquerda, esquerda
Acabei de terminar com meu ex-namorado
Você é quem estou sentindo, deitada em seu peito
Conversa boa me fez perder o fôlego
Eu não digo isto sempre, mas caramba
Você é o melhor, melhor, melhor

E se parece certo, prometo que não me importo
E se parece certo, prometa que ficará aqui a noite toda

Só deixa eu te amar, te amar
Só deixa eu te amar, te amar
Só deixa eu te amar, te amar
Só deixa eu te amar, te amar

Enquanto estou deitada em seu peito
Fico aqui pensando, garoto, é só um palpite
Mas algo me diz que sou melhor do que as outras
Eu não estou tentando te apressar, mas caramba
Estou uma bagunça, uma bagunça, uma bagunça

E se parece certo, prometo que não me importo
E se parece certo, prometa que ficará aqui a noite toda

Só deixa eu te amar, te amar
Só deixa eu te amar, te amar
Só deixa eu te amar, te amar
Só deixa eu te amar, te amar

Eu digo, "garota, você precisa de um cara gostoso"
Ela diz, "você precisa parar de transar com as vagabundas"
Eu digo "você precisa de alguém real", ela diz "Sim senhor"
Para quê você precisa do seu ex? Eu sou o Triplo X, Senhor
Ok, Ariana, minha pequena gata, diga adeus à garotinha
Minha ex tá viajando, sem importância, mexo com ela
Estou feito com minha escolha nova
Ela deita sua cabeça em minha nova corrente
Então a atmosfera muda
Meu nome muda de Lil Way para Aah Wayne
Oh Senhor, ela se faz nesse Grande
Oh Senhor, estou me afogando, vou precisar do salva vidas
E quando se trata daquele cara, dou amnésia para ela
Ela só está procurando por amor
Ela diz que está solteira, sou sua parceira, oh Deus

(Você não vale a pena, mas está na hora de te amar, baby)
Só deixa eu te amar, te amar
Tunechi, Mula baby
Só deixa eu te amar, te amar
(Mas está na hora de te amar, yeah, yeah, ah)
Só deixa eu te amar, te amar
Ela está procurando o amor
(Estou procurando o amor)
Só deixa eu te amar, te amar
Ela está procurando o amor
(Você está procurando o amor, baby)
Só deixa eu te amar, te amar
Ela está procurando o amor
Só deixa eu te amar, te amar
(Estou procurando por amor)
Ela está procurando por amor
Ela está procurando por amor

Vou dar esse amor para ela
Ele vai me dar esse amor
Ela está procurando por amor
Garoto, estou procurando por amor, baby
Vou dar esse amor para ela
Vou dar para ela
Vou dar para ela





Par



Sakamaki Subaru





Relações:

Com o par

A garota conheceu Subaru em um momento não muito bom, ela andava pela cidade durante a noite, chorava devido ao fim de seu relacionamento que tinha durado um bom tempo. Ela andava chorando, não olhava para nada além do chão e com isso acabou esbarrando no garoto e caindo no chão, Subaru mesmo irritado, estendeu a mão para ajudar ela a se levantar e ela acabou por aceitar.



Dias se passaram, por mais que ela tentasse, não conseguia se esquecer do albino, logo, sem saber, encontrar aquele garoto e informações sobre ele se tornou uma obsessão.



Cada vez mais que o tempo passava, a obsessão dela aumentava, ela não conseguia esquecer, dessa vez, ela estava determinada a acabar com tudo que estivesse em sua frente, a impedindo de conseguir o que queria



Sam chegou a matar várias pessoas, em busca do misterioso albino, passando dias sem dormir ou comer, indo parar no hospital diversas vezes por causa dessa perseguição maluca por Subaru. Tempos depois, ela obteve informações sobre ele.



Um dia, enquanto ela se recuperava, tentando o esquecer, ela acabou por conhecer as outras garotas, isso fez o albino desaparecer de sua mente, porém por pouco tempo. Em outra noite, ela andava pela cidade, passeando, quando se deparou com o albino novamente, esse reencontro dos dois durou pouco, a garota acabou por sair correndo e esbarrando nele, saindo correndo em seguida sem pedir desculpas. Quando Subaru deu por si, sua faca havia desaparecido, Cake tinha a roubado



Foi ai que a ficha começou a cair, Samantha começou a notar tudo que ela fez por causa dessa obsessão. Triste e arrependida, tentou diversas vezes acabar com sua vida, todas falhas, levando ela apenas ao hospital. Em uma noite de lua cheia, em um parque que estava vazio, ela tirou a faca de Subaru do bolso, levantando ela com as duas mãos e mirando em seu próprio pescoço, chorando, ela estava prestes a se matar, mas foi impedida pelo albino, que segurou sua mão a tempo.
Ela contou tudo a ele, os dias que passou o procurando, toda sua obsessão por ele durante aquele tempo, ela queria acabar com tudo, mas ele a impediu. Cake notou que tudo que ela fez, era não por uma obsessão sem motivo, mas porque tinha se apaixonado por Subaru, ela não sabia explicar o porque, mas no primeiro encontro, ele a tocou de certo modo.
Os encontros dos dois se tornaram muito mais frequentes que o normal, mas os encontros deles nunca foram muito bons, a garota reagia completamente envergonhada pelo que fez e Subaru se sentia culpado







Com as outras semideusas:



Sam se da muito bem com todas as garotas do grupo, no começo, a garota teve algum problema para se enturmar entre elas por causa de sua timidez, mas com o tempo ela conseguiu conversar mais abertamente com todas.






Com os outros:



Shuu não tem tanta paciência com Sam, ele diz que consegue aturar ela dependendo de como ela está ou do que está fazendo. Quando ela está conversando com as outras garotas, ele se mantem um pouco afastado por causa do "barulho" causado por elas, digamos que ele não a acha desagradável, mas não gosta muito dela



Reiji não se dá muito bem com Samantha, a deficiência dela o incomoda pela diferença exatamente no tamanho das pernas dela e por causa de ela acabar por mancar sempre que anda. A garota possuí raiva de Reiji exatamente por esse "preconceito" que ele tem por causa de sua deficiência



Ayato, com sua personalidade e seu enorme ego, estão sempre a irritar a garota, tentando a inferiorizar por causa de sua deficiência, porém, ela quase sempre cala a boca dele mostrando que a diferença entre o tamanho de suas pernas não a interfere em nada



Como a avó de Samantha dizia para ela, o melhor caminho para o coração de um homem é pelo estomago, mesmo com a personalidade instável do arroxeado, ela consegue se limitar a talvez não ser a próxima "vítima" disso, estando sempre preparada com doces caseiros feitos por ela mesma



Laito é a pedra no caminho de Sam em algumas horas, assim como Ayato, ele também a rebaixa, mas sem deixar de lado seu toque malicioso em frases. Essas provocações do ruivo a tiram do sério, fazendo ela se irritar, gritar, xingar e se chegar em certo ponto, até bater nele



Ruki e Sam não se dão nada bem, o modo dele tratar as garotas como gado é algo que a irrita, a falta de paciência dela para com o garoto é muito grande, nem mesmo o gosto para livros chega a aproximar os dois, muito pelo contrário, os dois discutem muito facilmente



O relacionamento de Kou e Sam é relativamente neutro, eles não se gostam mas não se odeiam, a distancia é algo realmente presente. A garota, desconfiada, tem receio de se aproximar e com isso, barra qualquer chance de "avanço" do loiro



Yuma e Cake são o exemplo de péssimos meios-irmãos, mesmo que apenas pela mesma mãe Olimpiana. Ela adora irritar e atrapalhar o garoto enquanto ele faz algo, assim como ele a irrita e atrapalha. Vivem discutindo quase sempre, é tecnicamente normal vendo eles gritando um com o outro



Samantha tem um pouco de medo de Azusa, o lado masoquista dele é algo que a garota nunca viu na vida, mesmo negando, ela acaba ficando agoniada vendo ele se ferir, resistindo o máximo para não gritar mandando ele parar de o fazer.





Relação com a mãe Olimpiana:



Antes de conhecer Deméter pessoalmente, Samantha já a admirava muito, tanto por ser a deusa das plantações quanto por toda a história contada sobre Deméter, Perséfone e Hades. Além de tudo que acontecera em sua história.
Em uma viagem de férias a Grécia, a garota chegou a ver um culto a deusa, encantada, a garota fez uma promessa que plantaria algo todo ano, até o infeliz dia da morte de seus pais. Assim foi feito, todo ano, a garota plantava uma macieira e algumas flores. Durante a primavera, todas se enchiam de beleza e a árvore de frutos, porém no ano em que seus pais morreram, todas as flores e a bela macieira começaram a secar e quando a garota voltou para sua casa, viu a árvore e as flores secas em plena primavera, mesmo com o solo molhado devido a chuva recente, trazendo assim o fim de sua promessa.
Quando conheceu Deméter, Cake e ela viraram realmente quase mãe e filha, Deméter, protetora e calma, sempre doce com Samantha e a garota, sempre com admiração para com sua mãe e com carinho para a mesma





Perguntas


❥O que faria se...:

❥Descobrisse que é uma semideusa?

Ela ficaria completamente confusa, de inicio acharia que era uma piada, mas com o tempo acabaria por aceitar a ideia de não ser humana, chegando assim a entender o motivo de ver algumas coisas "diferentes" como o fantasma de sua irmã

❥Descobrisse seus poderes?

A alegria tomaria conta dela, claro, com limites, mas ela ficaria feliz com isso

❥Se visse coisas estranhas mesmo sem saber o quê?

Ela não chegaria a estranhar, na verdade ela estaria "acostumada" com a ideia devido a ela poder ver o fantasma de sua irmã, ela acabaria por não se assustar com coisas estranhas

❥Se sentisse apaixonada?

Por ser um sentimento que ela nunca teve na vida, ficaria completamente confusa, achando ser só algo qualquer, mas com o tempo, ela começaria a entender o que era esse sentimento, sentindo-se envergonhada por tudo o que fez enquanto achava que era algo qualquer

❥Se alguma semideusa tivesse uma rivalidade com você?

Ela não levaria a semideusa como uma inimiga, na verdade ela trataria sua rival bem, exceto se ela faltasse com respeito com sua pessoa, a garota perderia a paciência, assim a tratando como uma real inimiga

❥Descobrisse que poderia morrer nessa guerra?

Ela não voltaria atrás, sua determinação não permitiria a garota voltar em meio ao ponto que estava, não teria medo da morte, mas evitaria ao máximo pensar que isso talvez fosse acontecer

❥Aceita que suas personagens estão em nossas mãos?

Sim, eu aceito

❥Sabem que se não comentar em três capítulos seguidos a personagem vai sumindo e não tendo mais atenção na fic, podendo até morrer?:

Sim, estou ciente disso





Curiosidades sobre a personagem:

Sam não tem nenhuma calça jeans, não gosta

Ela está sempre com um bloco de notas e lápis, para sempre que ela tem uma ideia para história ou música, ela anotar

Cake tem dois dentes de leite, algo que não sabem ao certo como aconteceu

Samantha tropeça de 2 a 5 vezes por dia, nunca menos ou mais que isso, porém nenhum deles é proposital




❥Fim❥


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...