~Myloka

Myloka
Naruhina Queen
Nome: Camila | "Miloca" | Myl | Mila | Milinha | Kami | Marida da Ingrid
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: Nova Iguacu, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 23 de Dezembro
Idade: 25
Cadastro:

Boruto: Naruto the Movie Novel - Capítulo 1 (Traduzido)


Postado



Boruto: Naruto the Movie Novel:
Prólogo


>>> Outras Novelas da Série Naruto


Filho de um Herói


Traduzido por: ~BabyVy
Do Original em Inglês: Cacatua.


Havia um jovem garoto que sempre olhava seu grande pai por trás.




.

Seu pai era um herói.

Ele não era um herói comum.

Ele era um herói que salvou o mundo.

Mesmo dentro da sucessão de Hokage que tinha durado sete gerações, o nome de seu pai era o tipo que seria escrito em ouro, um herói entre os heróis.

O Sétimo Hokage, Uzumaki Naruto.

Esse é o nome de seu pai.

É um nome incrivelmente ofuscante... e forte também.

.

Seu pai não era apenas responsável de cuidar de sua própria família.

O garoto não era uma criança para não conseguir entender esse fato.

"Mas, é por isso que eu continuo dizendo a você... que isso não é uma boa desculpa para não olhar o meu caminho sabe..."

Mas, era inevitável que o garoto acabaria se sentindo assim, ninguém o repreendeu ou ele se repreendeu por esses sentimentos.

A maior parte da aldeia da folha foi configurada por edifícios residenciais cercados por grandes quantidades de natureza.

Havia lugares dentro dessa natureza onde viviam pessoas que trabalhavam na produção agrícola, ou lugares onde as pessoas forneciam algumas das muitas disposições de natureza, a madeira não seria a última.

As residências daquelas pessoas não passavam de pequenas ilhas no interior do imenso oceano que atendia pelo nome de uma floresta.

O menino, Uzumaki Boruto, agora estava correndo por aquela enorme floresta.

Ele era um garoto que tinha herdado o cabelo dourado de seu pai e os olhos azuis, e lembrava sua mãe com suas suaves características faciais.

Na sua testa estava sua bandana, o que era prova de ser um ninja, brilhava radiantemente.

Ele se tornou um genin - o nível mais baixo de shinobi - porque ele queria correr atrás de seu pai, ou porque ele queria se separar de seu pai?

Boruto ainda não tinha certeza.

Nem sua mãe ou pai já lhe tinham dito para se tornar um ninja, mas não houve engano de que isso era o esperado.

Não – ele mesmo, quando ele era bem mais jovem, ele definitivamente tinha pensado que queria ser um ninja como seu pai.

Mas agora, eu sou...

"Boruto, não viaja!"

"Não estava viajando!"

A pessoa que estava correndo ao lado dele era um genin que estava em sua equipe de três pessoas, sua colega de classe, Uchiha Sarada. Óculos de características grossas e cabelos pretos, uma menina triste. Ultimamente, ela se tornou bastante popular entre seus colegas ninja do sexo masculino, mas se você perguntasse como era a sua companheira de infância, Boruto em seguida diria... "Ela só ficou um pouco mais alta ultimamente, ela é a mesma Sarada de sempre, não é?".

"Boruto, vai na frente".

A pessoa que falou agora era Mitsuki, outro membro de sua equipe.

Seu sobrenome era desconhecido.

Ele não era alguém de Konoha.

Ele apareceu inesperadamente na academia e, em seguida, em algum lugar ao longo do tempo se tornou um cara que sentia como se sempre pertencesse à classe, alguém que se sentia como um espírito protetor de um conto de fadas.

Bem, as organizações ninja tinha muitas segredos, e a comunicação com o outro lado não era difícil, por isso não era surpresa ter um shinobi cuja linhagem não era conhecida. Isso era o que seu professor, Konohamaru tinha dito.

Era provável que algo assim era um caso da realidade.

Quando Boruto correu, ele fez um selo com as mãos.

'Técnica dos Clone das sombras!'

Em um instante, os números de clones do Boruto tinham mudado para três.

A técnica dos Clone das sombras, que permitiu uma pessoa usar seu chakra para fazer três cópias de si mesmo, que tinham sua consciência, era Naruto, a especialidade do pai de Boruto. O fato de que Boruto poderia dominar esta técnica, que já tinha sido banida no passado esse era um sinal de seu talento raro.

Mas, o motivo de ninguém causar um rebuliço sobre isso era porque Boruto é 'filho de Uzumaki Naruto'.

O filho de Naruto aprender os Clones das sombras era tão natural como um falcão voando através do céu e não merecer ser contemplado por isso.

Era algo que irritava Boruto, em grande medida.

Ele saltou para cima.

Ele passou por cima da floresta verde, e encontrou o céu azul espalhando-se diante de seus olhos.

Nas hortas perto das florestas, um animal preto e branco estava mastigando enquanto comia os produtos dali.

Não havia nenhuma vegetação deixada nas serras ao redor.

Era uma cena despreocupada, mas do ponto de vista do agricultor não havia nenhuma graça nisso. Se ele não conseguisse qualquer compensação da vila de Konoha, então ele não seria capaz de passar o inverno.

Era uma situação natural, onde ninjas são solicitados para fazer missões de rank D.

"Você tem certeza que devastou o lugar, não é...? Eu sou seu oponente, seu panda de merda!"




Os Três clones de Boruto desceram fizeram uma exibição orgulhosa.

Ele estava com sua kunai pronta na mão.

"Esse é um urso*, então...", disse Sarada.

"Oqu...?"

Seu amigo de infância sempre foi incomodado por pequenos detalhes.

"É realmente um urso cruel que apenas se parece com um panda!!" disse Sarada¹

"Vai ser fácil, fácil" Boruto disse "É apenas um panda coxo, você sabe!"

"Eu estou dizendo a você que ele é um urso!! Vai ser ruim pegar leve, Boruto seu cabeça-oca!!"

Estritamente falando, o urso-panda é uma espécie independente pertencente ao gênero de urso-panda, da família ursidae, Infraordem arctoidea e da subordem Caniformia de carnívoros. Da mesma forma que o urso pertence ao gênero ursus, da família ursidae de carnívoros, o panda pertence ao gênero do panda gigante, subordem do panda gigante, da família ursidae de carnívoros. Nesse sentido, você poderia chamá-los de espécies relacionadas².

Mas, como Mitsuki diz: "Não importa quem seja, não é?"

Esse era o caso atual.

"Neste momento," Mitsuki disse, "a primeira prioridade da nossa equipe é levar isso... um urso panda para Konohamaru-sensei!"

No entanto, o urso panda agiu primeiro.


"GUAAAAAAAHHHHHHH!"

Com um rugido, o urso panda voltou-se para eles e começou a correr,

Parecia que não tinha medo de pessoas.

O que significava que se ele foi deixado sozinho, não havia como dizer que tipo de lesões ele poderia causar aos aldeões.

O peso do corpo de um urso panda está perto de uma tonelada.

Correr até ele não era diferente de um pedregulho correndo em sua direção.

"!"




Ao lado de Boruto, Mitsuki tinha estendido os braços como se fossem feitos de corda.

Ele não pretendia derrubar o urso panda sozinho.

Pelo contrário, como um laço, os braços de Mitsuki cercou as pernas do urso panda para impedir a sua carga.

"SHANNA... O q...?!"

Sarada, que tinha estado a ponto de atacar com a força sobre-humana que ela herdou de sua mãe, viu-se bloqueada por Boruto.

"Oraaa!" Os dois Kage Bunshin de Boruto atingiram o urso panda no rosto.

Ele não tinha a intenção de derrubar o animal com aquele golpe - embora fosse possível que ele podesse ser apagado com o soco de Sarada, derrubar o animal não era o objetivo de sua missão.

O urso panda que tinha sido atingido no rosto, no mesmo lugar onde os nervos sensíveis estavam reunidos em seus olhos e focinho, soltou um grito surpreso, e começou a fugir com a velocidade de um raio.

Perfurando um golpe através das camadas volumosas de gordura do urso panda era impossível para os seres humanos, sem aumentar sua força com chakra, mas quando se tratava de apenas deixá-los sentir dor, era certamente possível.

Animais selvagens não querem morrer, afinal de contas.

Os seres humanos eram os únicos que caminhavam em direção à morte certa, mesmo que não queiram morrer.

"Veja!" O rosto de Boruto explodiu em um sorriso sarcastico para Sarada, "Foi fácil, tomei cuidado com o panda!"

Ele não odiava Sarada.

Não era nada disso.

Não é isso, mas, simplificando, os olhos de Sarada estavam sempre vigiando, então ele queria ficar bem na frente dela.

"Rivalidade" é o que era.

Provavelmente.

Boruto correu atrás do panda.

"Como esperado do filho do Sétimo Hokage, e neto do Quarto... Eu me pergunto se Boruto um dia vai se tornar Hokage também...?" Mitsuki comentou.

Ele não estava sendo sarcástico.

Sarada sabia disso também.

O indescritível jovem Mitsuki sempre disse tudo o que se passava em sua mente. Ele era o tipo de pessoa que era chamado de "alguém que não consegue entrar no clima".

"Alguém que não consegue entrar no clima é valioso." Konohamaru-sensei disse uma vez, no passado. "Se todo mundo limitasse e dissesse de acordo com o clima, em seguida, toda a sua organização poderia cair na ruína sem que ninguém percebesse o que estava acontecendo, porque eles estavam todos indo no fluxo do humor. As organizações precisam de pessoas que dão argumentos justos e que não serão afetadas pelo clima. Especialmente aqueles que são ninja. O Sétimo Hokage é assim também. Não importa qual seja a situação, ele nunca tenta encaixar o humor, e sempre fala a verdade".

Bem, certamente havia um lado ruim de nunca entrar no clima também, mas não era que Mitsuki era incapaz de ser atencioso com suas palavras. Era só que na maioria das vezes, ele não escolhe ser. Ele sempre escolhe a solução mais correta, tinha um olhar perplexo no rosto quando outras pessoas não.

Era por isso que as palavras que tinham acabado de sair da boca de Mitsuki eram uma observação objetiva.

Boruto havia bloqueado o movimento de Sarada, simultaneamente controlou seus dois kage bushin, e conseguiu dar um golpe no ágil panda.

Acima de tudo, não era técnica de um genin.

Suas ações eram de um chuunin... não, talvez até mesmo de classe jounin.

Mas...

Enquanto Uzumaki Boruto era filho do famoso Naruto, Uchiha Sarada era a filha do famoso Sasuke e da Sakura.

Ela não podia perder para ele por algo assim.

Não, não era mesmo uma questão de sangue.

Era uma questão de vontade de um shinobi.

"Quem vai se tornar Hokage sou eu!!!!" Sarada correu atrás de Boruto também.

60 km/h.

Essa é a velocidade de um urso em movimento de ataque.

Era por isso que era inútil as pessoas normais fugirem de um urso. E, naturalmente, uma vez que o urso panda era um parente próximo, a velocidade era igual, ou melhor, ainda mais do que a de um urso.

Boruto e os outros ainda poderiam acompanhar o urso panda, porque no entanto, enquanto eles fossem jovens ainda eram ninjas.

Boruto, Sarada e Mitsuki, os três davam meia volta ao redor do panda enquanto o levavam para a frente.

Konohamaru-sensei estava um pouco à frente deles.

Konohamaru era um jounin que era o neto do terceiro Hokage, Sarutobi Hiruzen. Ele era um shinobi veterano que dava a impressão de uma lâmina afiada.

Desde que ele era mentor do Boruto e dos outros, você pode entender as expectativas ligadas aos três.

Havia uma arma envolvida ao redor de seu braço, algo como uma luva de ferro³, que Boruto nunca tinha visto antes.

Konohamaru virou a ponta da luva de ferro para o panda.

"GUOOOH... !?"

Era uma sombra.

Uma sombra tinha contido sombra do panda e ele parou de se mover.

Não houve qualquer necessidade de usar o fio forte habitualmente utilizado para imobilizar animais perigosos para conectar com a sombra do panda.

"Muito obrigado, muito obrigado." Os aldeões repetindo, elogiando-os uma e outra vez.

Não era razoável.

Se eles viessem alguns dias mais tarde, a vila poderia ter desaparecido. Não, mais que isso, foi definitivamente sorte que eles haviam pego o urso panda antes que pudesse descobrir o que gosto a carne humana tinha.

"A equipe de resgate virá e lidará com o resto", disse Konohamaru.

"Uhm... Konohamaru-sensei..." Sarada estava olhando para Konohamaru com uma expressão perplexa.

"Mm?"

"A técnica que utilizou para parar o urso... era a técnica oculta do Clã Nara, o Kageshibari, não era....?"

"Sim." Konohamaru verificou que os aldeões estavam fora de alcance, e então sacou a arma. "É uma ferramenta ninja do modelo de uma luva que atira jutsu".

Na mão esquerda, ele segurava um pergaminho de papel que parecia ser do tamanho de uma pequena bala. Eles não pareciam diferente de balas que a arma ninja chamado Dankyuu que atirava com corda.

"... Tão legal!" Boruto não conseguia controlar o tremor animado de seu coração enquanto ele olhava para a arma. Ele era um garoto que gostava de mecânica. Ele também gostava de armas. Não havia nenhuma maneira que ele pudesse dizer "não" a uma máquina que era uma arma.

"Esta é a nova ferramenta ninja dos boatos?"

"Você tem ouvidos aguçados, Mitsuki.", disse Konohamaru: "Sim, este é um protótipo da Divisão de Ferramentas Ninja Científicas. O valor dos dados dentro desse mesmo protótipo era mostrado dentro da missão desta vez".

"Esses são realmente pequenos pergaminhos... você está dizendo que tem jutsu dentro deles?"

"Você pode selar o jutsu dentro dessas coisas. Agora, eles têm o Kageshibari do Shikamaru-san selada neles".

'Entendo...' Sarada pensou consigo mesma acenando com a cabeça em silêncio. Se esse jutsu pertencia ao jovem chefe do clã Nara, Shikamaru, então não seria estranho ser utilizado.

Konohamaru tirou um dos pergaminhos que sobraram.

"Se este é meu rasengan então..."

Um rasengan surgiu na mão direita de Konohamaru.

No passado, Naruto o pai de Boruto tinha aprendido a técnica de ninjutsu do mestre Jiraiya, e então Naruto ensinou ao Konohamaru. Era uma técnica que poderia destruir as coisas através da produção de um redemoinho de chakra altamente denso.

Boruto não poderia fazer o rasengan.

Ele tentou fazê-lo uma ou duas vezes, mas ele não foi capaz de compreender como começar a formá-lo. Ele não conseguia entender os detalhes mais delicados da gestão de chakra.

Konohamaru trouxe esse mesmo rasengan, e selou dentro do pergaminho na sua mão esquerda.

"Você pode fazer isso..." Konohamaru tirou a luva. Ele carregou o pergaminho na parte mecânica da manopla. "E então você pode atear-lhe fogo!"

Assim que as palavras saíram da boca de Konohamaru, o rasengan foi disparado pra fora pela borda afiada da manopla. Ele derrubou inúmeras árvores, subindo como um vendaval forte.

"WOOOOOOOOAHHH!"

Boruto ficou incrivelmente impressionado.

Para disparar um rasengan pela sua mão, mesmo Naruto necessitou de treino substancial e uma combinação de liberação vento. Mas se você usasse esta ferramenta ninja, você pode atirá-lo em um único segundo.

Mesmo a sangue frio Sarada não conseguiu esconder sua surpresa.

"Isso é... isso é incrível." Ela disse. "Qualquer pessoa pode usá-lo?"

"Sim..." Konohamaru respondeu. "Não importa se você tem o chakra necessário ou não... sendo mais extremo, não importa nem mesmo se você não fosse um ninja."

"Konohamaru-sensei." Mitsuki puxou a manga do Konohamaru.

O professor não percebeu, e continuou com sua explicação. "A trajetória do jutsu não é controlado por seu chakra, então não há o problema dele ser desviado do alvo um pouco, embora..."

"Um pouco" não era a frase para se usar.

Parecia que o rasengan de Konohamaru tinha ido para longe do alvo. As árvores que o rasengan destruiu tinham desabado sobre a coisa mais próxima ao lado deles: a casa do fazendeiro.

"..................."

Konohamaru viu os aldeões que haviam cercado o urso panda agora voltando-se para encará-los com flamejantes olhos irritados.

Uma voz familiar ecoava na TV LCD.

Quando todas as TVs tinham se transformado em LCD? Boruto tentou puxar através de suas memórias.

Na memória mais distante que ele podia lembrar, pensou que a televisão do Ichiraku costumava ser um monitor CRT. Era ainda um CRT? Mas, então, não poderia receber sinais digitais, certo? Então assim significava que já havia mudado para uma de LCD. Não, talvez tenha sido um LCD desde o início?

A coisa mais preciosa para um ninja são suas memórias. A palestra de Konohamaru passou pela cabeça de Boruto.

"... Não seria bom se nós não pudessemos continuar a proteger a paz e a prosperidade que trouxe a nossa sociedade altamente avançadas de informação. E agora, os Exames Chuunin que se aproximam é realizado em conjunto com as cinco aldeias... você tem algum comentário a fazer para todos os candidatos Genin Naruto-san?". A bem vestida, bonita de rosto e popular entrevistadora na tela estendeu seu microfone com um sorriso no rosto.

Boruto sabia para quem ela estava direcionando o microfone sem a necessidade de olhar.

Era seu pai.

"Há três coisas importantes! Trabalho em equipe, e força de vontade... "Os olhos de Naruto olhava pensativo para a esquerda e para a direita.

Ele provavelmente não conseguia pensar em uma terceira opção.

Papai sempre foi assim.

Ele não era um orador eloqüente como Gaara ou Shikamaru.

Boruto pensou que seu pai deveria ser mais auto-consciente.

Coisas como Boruto levantar-se de manhã e se esquecendo de colocar suas meias e acabar sendo repreendido por sua mãe, isso seria solucionado se Boruto fosse um pouco menos esquecido, também".

"A força de vontade!", disse Naruto na tela. “Todo mundo faça o seu melhor!"

"... Acontece é que eram duas coisas, não eram?" O apresentador continuou falando. Ela tinha a habilidade de um profissional. "Obrigado por seu maravilhoso comentário. Enviamos a todos com esta transmissão ao vivo hoje".

O Naruto na tela LCD desapareceu com um puf!

Tinha sido um de seus clones das sombra.

Não era muito surpreendente.

Estar ciente da consciência paralela de seu Kage Bunshin que começava a fazer o trabalho era muito difícil, mas criou uma possibilidade para "a mesma pessoa" fazer várias coisas ao mesmo tempo.

Mesmo neste momento, Naruto estava, provavelmente, em vários lugares como locais de construção ou campos de treinamento, na realização de tarefas diárias.

Naruto poderia fazer tantos Kage Bunshin porque ele tinha uma grande reserva de chakra.

Seu pai teve essa reserva porque um espírito chamado de "Bijuu" estava dentro de seu corpo.

Boruto tinha ouvido cuidadosamente sobre como seu pai tinha sofrido desde o nascimento por causa de suas circunstâncias, de sua mãe, bem como outros adultos.

Mas isso…

"Oi, você está me ouvindo, Boruto?!" Naruto agarrou.

"Sim, eu estou ouvindo."

Ao lado da TV que tinha sido mostrando a notícia, havia uma montanha de pilhas de café vazios, latas e pacotes de bebidas nutritivas transbordando.

Essa era a compensação para realizar o feito sobre-humano de integrar a consciência de um número incontável de Kage Bunshin e tomar decisões para cada um deles.

"Papai quem está aqui agora é provavelmente um Kage Bunshin também, não é?", disse Boruto.

"Este é o escritório do Hokage! Como se eu pudesse, eventualmente, ser um! E nesta situação, você não deveria me chamar de papai, mas de Hokage ou Sétimo!"

Naruto tinha ficado com raiva por um tempo agora.

Bem, Boruto pensou que era natural que ele estivesse chateado.

Eles tinham causado tantos danos anteriormente que seria justo chamar a sua missão de um fracasso.

Não tinha sido bom o Konohamaru sensei usar o Sexy no Jutsu para enganar todos e fugir também.

É por isso que todos os membros da equipe Konohamaru estava em apuros.

De vez em quando, o nosso sensei age como uma criança e se deixa levar...

Boruto estava ciente de que se seu pai não repreendêsse-lo completamente aqui, iria mostrar favoritismo a seu filho. Ele também entendeu o raciocínio por trás do problema de ser chamado ao escritório do Hokage também.

Se ele visse o ponto de vista de seu pai, ele provavelmente estaria com raiva também.

E foi exatamente por isso que Boruto se sentiu irritado.

Seu pai não estava vendo o quadro inteiro.

Uzumaki Naruto era realmente alguém que priorizou o raciocínio de um adulto sobre todo o resto?

"Oh, bem..." Boruto demorou, "Era uma missão muito simples, senhor! Eu poderia ser colocado numa missão como esta sozinho, sabe!"

"O trabalho em equipe e força de vontade são coisas preciosas para um shinobi!" Naruto disse, "Com três pessoas a cooperar na formação também é..."

"Mesmo que eu não faça nenhum treinamento, eu já posso fazer três Kage Bunshin, estilo Vento e estilo Raio, e ultimamente estilo Água também!"

Estes eram fatos.

Uzumaki Boruto era um prodígio.

Se tentasse alguma coisa, ele poderia fazê-lo.

Um monte de gente disse que, enquanto havia as grandes reservas de chakra que tinha herdado de seu pai, que era provavelmente o sangue Hyuuga que tinha herdado de sua mãe Hinata. Os Hyuuga era o mais famoso clã de Konoha. Não era estranho para esse tipo de gênio se manifestar a partir do sangue da senhora Hyuuga Hinata.

Esse talento não era surpreendente.

Este é o porque de não ter nenhum valor na avaliação também.

Era assim que as coisas eram?

"Konohamaru!" Naruto surtou. Sua voz zangada podia ser ouvida, mesmo à distância. "O que você tem a ensinado a ele esse tempo todo...?!"

"Uh, não, eu, haha." Konohamaru riu nervosamente.

"Isto não tem nada a ver com o sensei, não é?!!" Boruto ergueu a voz.




Não era isso.

Não era isso o que Boruto queria ver.

Coisas como a política entre um superior e subordinado no rank ninja... esta não era toda a imagem.

"Como um shinobi," Naruto continuou: "O importante é...!"

... Bem, ele não tinha pensado que seu pai iria entender.

"Mais importante" Boruto interrompeu, "Como um pai, hoje é um dia importante... você sabe o que quero dizer, certo?"

Boruto bateu a mão contra a mesa de seu pai, tentando fazer seu rosto tão severo quanto possível. Não que ele pensava que seu pai veterano teria medo de algo como isso, mas o espírito de luta era importante para os rapazes.

"Se mesmo você esquecer o aniversário da minha irmã, então eu não vou te perdoar."

Quando Naruto deixou o próprio aniversário de Boruto passar em branco porque estava atarefado, era imperdoável, mas Boruto perdoou-o.

Mas a sua pequena irmã Himawari, ela ainda era muito mais jovem do que ele.

Ela não seria capaz de entender a diferença entre um pai e um Hokage.

"..."

O rosto de Naruto finalmente parecia aflito.

Se Boruto não tivesse sido capaz de ver a expressão de dor, ele teria se incomodado.

Agora, vendo aquele rosto era a coisa mais importante para Boruto.

Foi por isso que Boruto não foi capaz de perceber que, ao lado dele, Sarada estava olhando para seu perfil com uma expressão um tanto triste.

A atmosfera tensa foi quebrada pela chegada de Katasuke, o líder da Divisão de Ferramentas Ninja Científicas.

Ele era o tipo de homem que usava roupas do tipo "cabeça de ovo" escrito tudo sobre eles, e para piorar as coisas, uma gravata borboleta. Ele era alguém que se destacou na época do Sétimo.

"Vim para recorrer a você, sétimo, como o líder da Divisão de Ferramentas Ninja Cientificas." Katasuke começou a falar sem ligar para a presença de Boruto e o resto da equipe Konohamaru. "Nós queremos que você dê permissão para a nossa ferramenta ninja científica a ser utilizada nos exames Chuunin deste ano".

Com uma postura extremamente exagerada, Katasuke tirou aquela mesma luva de antes. Ela tinha um revestimento de cromo, parecia sólida e elegante. Ele fez com que as shuriken arranhadas e desgastadas que pendiam nas paredes parecessem antiquadas e ridículas.

"Se nós padronizarmos e produzirmos em massa esse desafio que pode liberar o ninjutsu de um shinobi superior, então não haveria a necessidade de um Genin passar por um treinamento severo, e a gama de jutsu individual de cada pessoa vai aumentar exponencialmente! Vai ser extremamente agradável aos olhos durante a execução como bem..."

A resposta de Naruto foi à queima-roupa.

"Não."

"Por que, Hokage-sama?"

"Os exames Chuunin não é uma performance... Eles são para criar shinobi" Naruto disse "Eu reconheço que a ferramenta é útil, mas se usarmos algo assim nos exames Chuunin, não haverá um exame sobre a sua utilização, não é mesmo? Alias, atualmente, o dispositivo não é usado de forma contínua em pelotões. "

Era o som do raciocínio de Naruto.

Os exames Chuunin avalia a capacidade para assumir o comando como um líder de pelotão.

As pessoas muitas vezes mal entende isso, mas a diferença entre um genin e um chuunin não estava na luta, na capacidade ou na força da batalha.

A qualidade desejada de um shinobi que sofreria em missões secretas era a capacidade de trazer de volta seus subordinados vivos e realizar a sua missão com sucesso. Maior do que o posto de um ninja Chuunin eram suas excelências nas batalhas individuais como um adicional e nada mais.

Então se o desafio se tornou uma arma ninja padrão usada entre genin, foi só então que viria um dia quando haveria perguntas no exame Chuunin cobrindo técnicas e conhecimentos da luva, porque naquele tempo a arma estaria em uso contínuo em pelotões. No entanto, isso não era o caso no momento.

No entanto, Boruto não conseguia entender o raciocínio de Naruto.

Ele pensou que se fosse uma ferramenta útil, então era melhor usá-lo.

A chegada da paz tinha permitido a tecnologia militar secreta ser lançada para o público consumidor, de repente, e o feedback da tecnologia militar tinha dado à luz ao mundo da inovação tecnológica.

Para Boruto, que havia crescido no meio de tudo isso, a precaução de seu pai era as ações desonestas da geração mais velha tentando controlar o novo.

Parecia que seu pai não estava enfrentando adequadamente a nova era.

"Nossa época é diferente da sua." Boruto estalou. Não querendo olhar para o rosto de seu pai por mais tempo, ele desvencilhou do alcance de Konohamaru, e saiu do quarto.


A voz de Naruto gritou atrás dele, mas nada mais que isso.

Aquele que veio para o corredor depois de Boruto não era Naruto ou Konohamaru, mas sim Katasuke.

Não era como se eles não se conhecessem.

Eles tinham uma quitação de assistência mútua.

Ser o filho do Hokage não era tão ruim. Havia benefícios colaterais.

"Os dados para o novo trabalho" Disse Katasuke, à procura do grosso cartão de memória de negócios desajeitadamente. Boruto casualmente guardou no bolso.

"Como sempre, obrigado! Eu vou estar contando com você para os dados para o seguinte software também".

"Claro... a propósito, jovem mestre, você está pretendendo entrar nos exames Chuunin também?"

No momento em que Boruto ouviu as palavras 'Exames Chuunin', azedou o terrivelmente humor dele.

Nada havia mudado desde que ele se tornou um genin.

O que aconteceria se ele se tornasse um chuunin?

“… Não vou entrar."

"Ah bem, isso é uma pena..." Katasuke foi usado para isto. Ele usava um sorriso encantador mesmo com o flash de mau humor de Boruto, ele aceitou.

Os engenheiros não eram pessoas freqüentemente hipócritas. Eles eram hábeis em apresentações, teve excelente sociabilidade e fortes habilidades de comunicação. Mesmo entre os mais jovens engenheiros, agindo chamativamente não era algo que tem elogiado.

"Tenho certeza que todo mundo teria gostado de ver as verdadeiras habilidades do jovem mestre." Katasuke continuou, "Especialmente... seu pai."

As orelhas de Boruto se contraiu um pouco com a palavra "pai".

"Isso faz o Hokage... assistir os exames Chuunin?"

"Claro que ele faz." Katasuke sorriu alegremente.
Sangue carmim salpicado sobre a fortaleza de mármore.

Com um grito alto como um javali ou porco, o pescoço de um gigante de pele terrivelmente verde saiu voando.

"Inojin! Dois orcs¹ foram nessa direção!"

"Eu vou cuidar deles!"

O rapaz muito jovem, vestido com uma túnica branca pura, Yamanaka Inojin, levantou o bastão de carvalho verde em sua mão, fez uma lança relâmpago que voou pelo corredor, penetrando os dois orcs à frente.

"Com isso, a maior parte deste nível deve estar completa...".

O jovem espadachim coberto de armadura de prata brilhante, Nara Shikadai, olhou atentamente o corredor.

"Nn... !?"

Com a treinada percepção de Shikadai conseguiu ouvir o tremor fraco que vinha do corredor supostamente claro.

'Um som que eu mal posso registar mesmo com minhas habilidades...! Quatro patas... e a velocidade... isso é ruim!'

Apareceu lentamente uma cabeça gigante com mais de 10 metros de comprimento. Era um lagarto gigante, de quatro patas com asas de morcego e escalas de obsidiana.

Era um dragão negro.

E um antigo dragão, ainda por cima! Merda, existe a rara chance de 1% de correr de um desses, mas aptidão a velocidade é de 20...!

Se seu ácido derramasse sobre eles, então não havia dúvida de que a leve blindagem de Inojin tanto quanto a forte blindagem de Shikadai evaporariam.

Era uma pena, mas Shikadai começou a considerar em cancelar a missão e recuar com a experiência de nível baixo que tinham conseguido. E naquele momento...

"Você não deve recusar um presente que está abandonado, sabe!" Boruto, que tinha limpado os orcs do outro corredor, havia aparecido no flanco de Shikadai.

"E-ei." Shikadai gaguejou.

"Eu estou dizendo que eu vou lidar com ele."

"Não, você é um guerreiro da luz não é?" Shikadai protestou "Seu nível de luta contra esse cara é o pior!"

"Deixa comigo!"

"Boruto!" Inojin gritou.

Apesar das advertências de Inojin e do Shikadai, Boruto correu direto para os olhos do dragão gigante.

"GOOOOOOOOOOOOOON!"

A mandíbula gigante do dragão se abriu.

Uma corrente de ácido explodiu, o suficiente para encher o corredor inteiro.

'Ele está morto...?'

Shikadai, que tinha deslizado para trás de outra parede para se proteger, olhou cuidadosamente para fora, mas não viu o corpo tragicamente morto de Boruto.

"Vamos!" Boruto gritou. Algum tempo antes Shikadai tinha notado, ele pulou para o focinho do dragão. Boruto tirou fora os olhos do dragão com as duas espadas em suas mãos.

"O-O qu...?!" Shikadai exclamou "Esta é uma operação de armadura leve nível 3 e duas espadas de domínio 5, e ainda por cima, ambidestria e domínio de uma mão!"

"As espadas em suas mãos são de 'Shadow Weaver (sombras tecelãs)' e não são "Law Bringer (Portador da lei)'." Inojin observou. "Ele seria incapaz de exercer ambos sem pelo menos ter o nível 75 de habilidade em esgrima de mãos duplas."

"Eles são os mais recentes equipamentos de expansão, não são?!"

Em frente ao par atordoado, Boruto balançou a espada amaldiçoada em uma mão, e uma espada de luz na outra, dividindo o enorme dragão negro.

O alarme soou, e as palavras 'missão completa' apareceram na cena de luta fictícia.

"Tudo bem!" Boruto gritou com seu console de videogame portátil na mão. "Dê uma olhada nesse monstro raro e extinto!"

"Foi incrível, incrível." Inojin disse: "Obrigado, Boruto."

"Você fez bem, nivelando-se a esse ponto.", Disse Shikadai.

"não, não, não, é apenas habilidade." Boruto respondeu.

Yamanaka Inojin e Nara Shikadai eram os amáveis amigos ​​de Boruto. Depois que terminam as suas missões, eles tinham algum entretenimento modesto jogando diante de seus videogames portáteis em um canto da loja Burger Shop.

O rápido avanço da tecnologia de computador tinha dado à luz jogos eletrônicos que trouxe diversão nunca antes considerada. O prazer de se tornar outra pessoa em um mundo virtual e ir em aventuras, tinha firmemente capturado os corações das crianças.

"Tudo bem, depois vamos tentar o avançado Monster Quest que foi entregue na semana passada! Lá tem a armadura que foi colaborada pelo Ichiraku!"

"Parece bom". Disse Inojin.

"... Boruto."

Boruto, que tinha tentado pegar a próxima fase, de repente encontrou sua visão obscurecida por um monte de documentos oficiais. Ele olhou para cima para ver o sorriso calmo de Mitsuki.

"Parece que você participa ativamente nos jogos também, hein". Mitsuki comentou.

"O que há com você, Mitsuki... Eu disse que não queria entrar!" Boruto tinha um olhar francamente mal-humorado no rosto.

Foi em parte porque ele tinha tomado as palavras de Mitsuki sarcasticamente, mas também porque Sarada estava ao lado de seu companheiro de equipe e por algum motivo não o divertiu.

"Fomos convidados por Konohamaru-sensei". Disse Sarada.

"Três pessoas seria o princípio geral para a seleção dos exames Chuunin." Mitsuki explicou "Se você não está listado abaixo, não seremos capazes de entrar."

Era o raciocínio soando.

Era mais do que apenas não ser capaz de oferecer-se sem uma equipe de três. Boruto não participaria dos exames e fechou a porta na cara de Mitsuki e de Sarada ser promovida também.

Alguém que ainda não podia trabalhar em um único pelotão não teria chance de ganhar o direito de ser um capitão.

"Como se eu me importasse". Boruto retrucou.

Boruto, neste momento, não estava ciente do valor da coisa em questão.

Isso foi algo que irritou muito a jovem de óculos.

"Escute aqui". A mão direita de Sarada agarrou o colarinho de Boruto, levantando-o da cadeira de plástico barata do Burger Shop. "Tornar-se Hokage é o meu sonho... e você está ficando no caminho...!"

Os olhos sérios de sarada estavam fixados em Boruto com apenas alguns centímetros entre eles.

Era o que ela tinha de fazer para enfrentar seu sonho que a fúria foi tão profunda.

"Para mim, se tornar Hokage é...!" Boruto sacudiu a mão fina de Sarada.

A palavra 'Hokage' fez Boruto querer explodir. Ele não conseguia entender quem diz querer ser o Hokage.

"!"

"... Algo que eu não quero a todos!" Boruto terminou.

Essas palavras enfureceu Sarada de novo.

Paf! Ela bateu a mão contra a mesa, destruindo-a parcialmente. Shikadai e Inojin rapidamente se moveram para salvar o consoles do jogo.


"Hokage não é um cargo herdado!" Ela retrucou.

"Ohh, não me diga!" Boruto retrucou "É a sua deixa se quiser ser Hokage, mas é melhor ficar sozinha a sua vida toda! Porque vai causar uma série de problemas para qualquer um ao seu redor!"

"..."

Não estavam mesmo chegando a um acordo, mas Sarada tinha começado a analisar o por que de Boruto estar tão zangado e ficou em silêncio.

No entanto, o significado por trás desse silêncio não alcançou Boruto, que ainda estava embrulhado em fúria.

"Boruto..." Inojin falou, com o console nas mãos, farto de ver seus dois amigos de infância brigarem. "Nós não podemos continuar sem uma equipe de três, você sabe...? provavelmente não seremos capazes de vencer o próximo chefe sem você".

"Ah..."

Boruto tinha perdido a vontade de jogar esses jogos.

"Eu vou dar a vocês meus dados, então...", disse Boruto. "Ela encurta e facilita as coisas".

"Não..." Inojin protestou "Não seria adequado ter algo assim."

"Está bem. Mesmo assim alguém me deu isso."

"Eh?"

Por um momento, Inojin e Shikadai pareceram confusos, e depois, eventualmente, decepcionados.

"... O que". Shikadai murmurou, "Você estava usando uma porcaria de cheat (fraude)."

Ambos os meninos se levantaram com uma aparência incrivelmente fria em seus olhos.

"Eh... vocês estão indo para casa?", Perguntou Boruto.

"Sim..." Shikadai respondeu. "É porque é divertido subir de nível laboriosamente pelas costas de sua mãe, sabia..."

Os olhos de Shikadai mostrava desprezo para Boruto.

Era um olhar crítico justamente dado a alguém que tinha ganhado os resultados do trabalho duro dos outros através de métodos desleais.


Mas, naquele momento, Boruto não entendia o significado por trás disso.

O velho do Burger Shop perdoou a destruição da mesa porque Boruto era filho do Hokage.

O incidente o fez sentir-se envergonhado, por isso Boruto agora estava olhando para o céu, bebendo um pouco do café preto da máquina de café em frente a sua loja favorita.

Era bom, não muito amargo e não tão doce, mas Boruto pensou que beber esse tipo de coisa era algo que um adulto faria, então ele bebeu.

"Precisamos entregar pelo menos nas aplicações... um trabalho em equipe seria bom, Boruto." Mitsuki disse enquanto bebia um café expresso. O olhar na cara dele disse que ele poderia continuar falando assim o dia todo.

"Hei," Sarada falou, olhando fixamente para Boruto.

Ele não sabia por que estavam acompanhando-o. Não, pelo contrário, ele sabia, mas ele estava fingindo que não.

Ela não estava louca como há algum tempo atrás. Ela estava preocupada com Boruto, e ele sabia disso.

Mesmo Boruto não era insensível o suficiente para desprezar alguém que estava mostrando esse tipo de bondade.

"Hei, Boruto..." Sarada estava olhando para ele através de suas lentes "Vamos mostrar os nossos lados incríveis ao Hokage-sama nos exames!!!!

Ele iria vê-lo.

Seu pai iria vê-lo.

Algo tinha acontecido, um tempo atrás.

Ele tinha feito algumas pichações chamativas no monumento Hokage e sido repreendido por seu pai.

Isso foi antes dele mesmo se tornar um genin.

"Há momentos em que eu não posso ser apenas o seu pai".

Essas foram as palavras de seu pai.

Ele entendia.

Boruto não achava que ele queria descaradamente atrair a atenção de seu pai da mesma forma que ele tinha naquela época.

Mas, ao mesmo tempo, ele pensou que queria surpreender seu pai, para agarrá-lo pelo pescoço e fazê-lo olhar o seu caminho.

'Lados incríveis'.

Boruto não sabia qual era o seu lado incrível, mas ele era um gênio, afinal.

Ele deve ter algo assim.

"Agora que você mencionou," Boruto trouxe à tona o assunto porque seu humor tinha melhorado um pouco, "O seu pai vai vir assistir?"

No entanto, a reação de Sarada era visivelmente indiferente. Ela deu um escárnio com um 'hmphf' enquanto polia seus óculos.

"Como se aquela pessoa que não poderia se tornar Hokage viria."

"Não, meu pai mencionou algo antes...", disse Boruto. "que o Sasuke-ojichan era o outro Hokage".

"O sétimo esta sendo humilde!" Sarada estalou.

As posições de ataque e defesa na conversa deles tinham mudado completamente.

Uma criança saiu da loja de conveniência e olhou fixamente para os dois. Uma mulher que se parecia com seu pai apressadamente puxou a criança de lado. No geral, não era uma conversa para os dois filhos de heróis lendários.

"Ele não estava sendo humilde, apesar de tudo". Disse Boruto.

Boruto não se importava com Hokages, mas havia algo diferente sobre zombar Sarada. Seu pai tinha dito que Sasuke era alguém que pudesse enfrentar o mundo como oponente em uma luta. Boruto se perguntou por que esse tipo de shinobi não poderia se tornar Hokage... e por que o outro tipo de homem era Hokage.

Mas então, Boruto pensou, papai provavelmente ergueu a escada política, e Sasuke-san provavelmente não tinha nada a ver com coisas assim.

Mitsuki deu um pequeno suspiro e ficou entre o par gritante.

"Eu digo que Sasuke-san é o único shinobi que pode lutar em igualdade com o sétimo". Disse.

"Quem te disse isso?" Boruto e Sarada perguntaram ao mesmo tempo.

Mitsuki deu um pequeno 'hmph', com o rosto inexpressivo geralmente mostrando um raro vislumbre de orgulho.

Bem, isso é... ".

"É?"

"Meu pai, é o mais surpreendente do que os seus, é o único que me disse..."

Por um momento, nem Boruto nem Sarada compreendeu o significado por trás disso.

Mitsuki era uma pessoa extraordinária, mas ele não era o tipo de pessoa que tinha alguma coisa a ver com blefes infantis deslavados.

O que significava que Mitsuki tinha a convicção de que seu pai realmente superava Naruto e Sasuke.

Não era o mesmo que alguns jovens mimados diriam 'o meu pai é mais forte que o seu!'.

"O que foi?" Seu companheiro de equipe de pele clara inclinou a cabeça para o lado perplexo, talvez porque Sarada e Boruto estavam encarando ele estranhamente.

"Não... é que..."

"?"

"Seu pai..." Boruto disse "Desculpe, mas eu nunca ouvi falar dele."

"Eu ainda não ouvi falar dele também". Acrescentou Sarada.

"Ohh!" Mitsuki bateu palmas. Ele era tão despreocupado como se tivesse esquecido de mencionar um pequeno detalhe. "Meu pai é..."

Neste exato momento, algo aconteceu com um timing perfeito.

As orelhas de Boruto ouviram uma voz tão quente quanto o sol.

"Irmãozão!"

"Himawari!"

Em frente a eles, sua jovem irmã, Uzumaki Himawari, estava animadamente acenando com a mão.

Atrás dela estava sua mãe, Hinata.

Boruto não se importava mais sobre a história do pai de Mitsuki.

Todo o rosto de Boruto se iluminou com um sorriso.

Sarada que estava próxima a ele foi pega de surpresa e sentiu o peito involuntariamente pulsar com a visão de tanto carinho desenfreado. Era a materialização da bondade vívida realizada dentro de Boruto. Era definitivamente algo que ele tinha herdado de seu pai Naruto, uma bondade que poderia derreter o coração de qualquer um.

"Desculpa, mas eu vou chegar em casa primeiro!" Disse Boruto, e saiu correndo.

Sarada assistiu a essa visão por trás o tempo todo.

"E pensar que Boruto poderia fazer esse tipo de rosto também". Mitsuki murmurou em plena seriedade, mas não ficou claro se Sarada o ouviu.

Era fascinante olhar por trás de Boruto.

E, sem dúvidas, se parecia com a visão por trás do Sétimo.



Notas:

Nota¹: Ursos, realmente são muito mais agressivos que pandas, quem são tão preguiçosos que são raramente agressivos. É por isso que Sarada está alertando o Boruto que não é um panda que estão enfrentando, mas um urso que parece um panda.

Nota²: Não sei sei como vão se referir essa tradução no filme, se a Sarada vai explicar isso, pois são palavras que nunca ouvi e não consegui formar uma frase melhor para vocês (fiz o possível) então... entendam como: "O urso nasceu parecendo um panda e o Boruto se confundiu" seria a melhor tradução para isso... Vejam essas palavras difíceis e seus significados nos links: Ursidae, Arctoidea, Caniformia, Ursus.
Peço desculpas se essa parte não teve muito sentido '-', não consegui dar tanto sentido a essa frase.

Nota³: Não sei se é realmente uma luva de ferro, mais uma vez peço que não interpretem mal a tradução com o filme, pois pode ser descrito de uma forma diferente ou parecer outra coisa.

Nota¹: Kage Shibari: Imitação das sombras

Nota¹: Orc ou Ork (termo vindo do latim Orcus, um dos títulos de Plutão, o senhor do mundo dos mortos), aparece nas línguas germânicas e nos contos de fantasia medieval como uma criatura deformada e forte, que combate contra as forças "do bem" uma raça semelhantes aos humanos. Este conceito foi popularizado no romance de Tolkien, O Hobbit e O Senhor dos Anéis, e virou recorrente em jogos de RPG de mesa ou RPG eletrônico.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...