~Myloka

Myloka
Naruhina Queen
Nome: Camila | "Miloca" | Myl | Mila | Milinha | Kami | Marida da Ingrid
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: Nova Iguacu, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 23 de Dezembro
Idade: 25
Cadastro:

Konoha Hiden - Capítulo 5 (Traduzido)


Postado



Prólogo
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4

Tradução do japonês: cacatua
Tradução do inglês: NHBR



A relação entre elas


Com apenas um olhar, Haruna Sakura sabia que este presente era único. É isso, pensou ela, não há melhor presente de casamento do que isso!

Ela esteve procurando por presentes – deliberadamente –dentro de sua loja de moda favorita quando seus olhos pousaram sobre uma maravilha: Um porta retrato ú-n-i-c-o.

A cor, a forma, mesmo os pequenos detalhes esculpidos no design, tudo sobre ele coube aos gostos de Sakura perfeitamente. E quase a fez sentir como se o porta-retrato foi feito apenas para que pudesse ser comprado por ela.

Sakura era do tipo que absolutamente tinha que comprar itens ú-n-i-c-o-s. Ela decidiu que não deveria comprar um presente que não quisesse para si mesma. Se você não gosta do presente que compra para si, você realmente não pode estar pensando em dar a outros, não é?

Ahh, se eu pudesse, eu realmente gostaria de decorar meu quarto com este. Ela não podia ajudar, mas acho que, se eu tive algo bonito como este no meu quarto, eu estaria ansiosa para voltar para casa todos os dias ...

Mas, honestamente, a maior razão Sakura tinha gostado do porta-retrato era porque era ú-n-i-c-o. Não tinha outras duplicatas. Ele era único no mundo, algo que ninguém mais teria.

Era um presente de casamento depois de tudo, por isso seria desastroso se alguém comprasse a mesma coisa que ela. Mas enquanto ela comprasse esse porta-retatro ú-n-i-c-o, ela não teria que se preocupar com mais ninguém comprando o mesmo presente.

Mesmo se acontecesse de alguem dar ao casal um outro porta-retrato, não seria igual a esse, e seu presente ainda seria superior em sua singularidade.
A esse respeito, tanto quanto sabia, ninguém estava pensando em comprar um porta retato para o casal.

Capitão Yamato, por exemplo, tinha o hobby de ler livros sobre design de arquitetura e construção.

"Mobiliário para coincidir com a sua nova casa ..." Yamato murmurou com sua habitual expressão vazia em seu rosto ", ou, não, talvez seja a nova casa própria que eu deveria ..."

Em seguida estava Sai, que tem um talento para desenhar .. Ele tem estado extraordinariamente entusiasmado, falando como ele passa as suas noites acordado para pintar o casal como um presente de casamento.

Ela por acaso se cruzou com Sai pela manha. Aconteceu que ela o viu absolutamente estagnado no meio da rua. Encarando paralisado, perplexo, horrorizado para o branco rolo em suas mãos. A sua arte tinha desaparecido por completo

"Sakura ..." Sai disse aturdido. "O pássaro voou para longe ... para o céu ..."

Como no mundo seu chakra acabou transbordando para sua tinta? Sai tinha sido um pouco entusiasmado demais, se você perguntasse a Sakura.

De qualquer forma, no final do dia todos estavam escolhendo presentes que refletiam seus próprios hobbies ou habilidades. Então Sakura decidiu comprar uma lembrança elegante como um presente, algo que iria agradar sua natureza feminina. E assim, seus olhos tinham pousado no porta-retrato mencionado acima.

O porta-retrato era perfeito. Era um presente que se tornaria precioso em um momento, algo que não poderia ser deixado sem uso. Além disso, você não teria que sequer fazer uma escolha sobre a parte mais importante do porta-retrato: a foto que seria exibido dentro. Essa escolha foi deixada para os destinatários.

Sakura imaginou o porta-retrato ficando orgulhosamente em um canto da sala de Naruto e Hinata. Eles poderiam colocar sua foto do casamento enquadrada no porta-retrato, ou talvez um dia uma foto de seu filho recém-nascido. De qualquer forma, seria lindo.

As memórias felizes preservadas no porta-retrato iria vigiar sua futura vida feliz. O casal estaria sorrindo em sua foto, e sorrindo na vida real, sempre que olhasseou para a foto.

Por alguma razão, só de pensar fez Sakura se sentir feliz também. Suas bochechas se curvaram com um sorriso.

Este era definitivamente único. Seria o melhor presente de casamento.

Sakura estendeu a mão para o porta-retrato, e-

Encontrou outra mão do outro lado do porta-retrato.
Sakura bruscamente tentou puxar o porta-retrato da mão da outra pessoa com uma excelente força . No entanto a outra parte tentou fazer a mesma coisa ao mesmo tempo.

O porta-retrato tremeu entre eles, sem se mover desde as direcções iguais, mas opostos de força.

Os olhos de Sakura seguiu a mão do intruso para olhar para o rosto de seu dono.

Seus olhos se encontraram Yamanaka Ino.

"Ino, solte isso ...!" Sakura gritou alto puxando com toda a força.

"Você que solte, Sakura ...!" Ino estava puxando com toda sua força também.

Sakura e Ino eram amigas muito próximas. Desde que eram crianças, elas tinham sido amigas, e elas tinham sido rivais.

Ainda no outro dia, que tinham sido colocados em uma missão como uma equipe. Tinha sido uma tarefa muito repentina, mas elas trabalharam juntas perfeitamente, com uma cooperação sem falhas. Elas praticamente respirava em sincronia.

Porém imaginar que elas tinham chegado à mesma loja, ao mesmo tempo, e estendeu a mão para o mesmo item no mesmo instante ... era como se destino estivesse puxando uma brincadeira com elas. Elas não podiam ter arranjado um melhor tempo se tivessem planeando de ante mão.

Talvez elas realmente estivessem respirando em sincronia.

Se tivesse sido um homem e uma mulher, eles poderiam muito bem terem se apaixonado. Talvez minusculos corações estariam saltando e batendo em torno deles.
Infelizmente, a única coisa que Sakura e Ino estavam saltando neste momento eram chamas e faíscas de uma guerra iminente.

Levou apenas um olhar para o rosto de Ino para Sakura perceber que suas intenções eram as mesmas que a dela. As mulheres eram boas em perceber esse tipo de coisas. Ino provavelmente percebeu isso também.

Nós duas queremos comprar isso como um presente de casamento ...!

Cada mulher entendeu a intenção da outra imediatamente, e uma luta feroz começou.

"Eu- encontrei ele- primeiro ...!" Ino disse entre dentes cerrados.

"Eu fui- mais rápida- obrigada ...!" Sakura respondeu, colocando toda a força que tinha para puxar.

Sempre que ela e Ino ficava assim, ela não podia deixar de sentir a concorrência feroz de sua amizade de infância flamejando à vida.
O porta-retrato começou a tremer entre elas a partir da pressão da força que era exercida igualmente forte em ambos os lados.

Mas, eu agarrei com a mão direita! Sakura pensou consigo mesma, interiormente gargalhando de alegria.

As chances de vitória foram articulando em suas posições. Sakura tinha agarrado o porta-retrato com a mão direita, e Ino tinha agarrado com a esquerda.

Não havia de nenhuma maneira do aperto frágil da mão esquerda de Ino pode resistir ao poder esmagador da minha mão direita!

"Shannaro!" Sakura gritou, e colocar toda a sua força em sua mão direita. O porta-retrato deslizou para fora do aperto de Ino em um movimento suave.

"Ahh! Oqu- que você está fazendo ?! Me dê isso de volta! "Ino ferozmente protestou.

Mas Sakura era uma mulher adulta. Ela ignorou as reclamações estridentes de Ino com um ar de compostura madura.

A conversa de ambas serem rivais ou algo do gênero era algo de um passado distante. Agora, Sakura tinha ultrapassado Ino em tudo. Sakura segurou o porta-retrato em suas mãos e sentiu o brilho da vitória inchar em seu peito.

"Você é tão bruta!", Disse Ino, "Uma idiota com a força bruta!

"Quem você está chamando de idiota ?!" Sakura ficou furioso, inconscientemente apertando as mãos em torno do porta-retrato nas mãos.

Ssakura tentou recuperar a compostura e agir como uma mulher madura, de cabeça fria, crescida.

"H- haha. Ino, você sabe que eu sou a melhor nin-médico em toda a aldeia, certo? O jutsu médico de alta qualidade que eu uso requerem controle de chakra muito preciso. Para me chamar de idiota seria um pouco sem sentido ... é porque eu sou tão execelente no controle chakra que eu posso trazer para fora uma resistência superior aos outros. Minha força comprova o quanto de um terrivelmente excelente nin-médico eu sou. Mas bem, Ino, eu suponho que, mesmo se você usou jutsu Shintenshin e entrasse no meu corpo, você nunca seria capaz de puxar esse nível de controle de chakra, hein? "

"Ugh ..." Ino deu um passo para trás, fazendo um som irritado no fundo de sua garganta.

Eu ganhei. -Sakura pensou - de Ino certo, é melhor para você recuar agora.

Sakura virou as costas para Ino indo para a caixa registadora, e nesse momento-

"Ah, a propósito, Sakura, você certamente não pensar em dar um porta-retrato para Naruto e Hinata como presente de casamento, agora, não é?" Ino gritou com um tom sarcástico terrivelmente. "Você não está, certo? Você não poderia pensar em dar-lhes um presente tão ruim. "
"OQUE ?!" Sakura parou em seu caminho, voltando-se para olhar para Ino sem pensar.

Mas, no minuto em que viu o sorriso malicioso no rosto de Ino, Sakura viu através dela completamente.

Ah, como era ingênua, Ino.

Sakura estava familiarizado com as táticas usuais de Ino. Ela estava degradando o porta-retrato então sakura iria decidir não compra-lo. Ino tinha visto que ela não poderia ganhar contra a força bruta de Sakura, então agora ela estava tentando ganhar com palavras.

No entanto, esse movimento não daria certo.

"O que você está dizendo?" Sakura retrucou. "Você estava desesperada para comprar este apenas um minuto atrás!"

"Eugh ... I-isso ..."

Fraco. Realmente fraco, Ino. Você é sempre assim, se alguém aponta a menor falha no que você disse, você fica pertubada imediatamente.

"Isso é algum senso de moda horrível que você tem, tentando desesperadamente comprar algo que você pensou que era ruim." Sakura disse, dando o golpe final.

Ino tinha miseravelmente ficado preso em uma armadilha de sua própria fabricação.

"E-eu particularmente não disse que estava indo para comprá-lo ...!" Ino protestou.

"Então por que você estava segurando-o tão freneticamente? "
"I- isso é ... lixo, sim, lixo. Eu pensei que era algo que alguém tinha jogado fora e queria jogá-lo fora! "

"Que desculpa rasa! Por favor, como seria lixo em uma prateleira no meio de uma loja ?! "

Sakura de repente tornou-se ciente de um empregado da loja que veio entre elas.

"Uhm, clientes honrados," O funcionário falou educadamente, "Eu sinto muito, mas você estão perturbando os outros clientes ..."

Argh, de alguma forma, ela levantou a voz sem perceber. Sakura rapidamente virou-se para se desculpar com o empregado

"E-eu sinto muito ..." Sakura cutucou o lado de Ino com o cotovelo. "Vamos, Ino, você pessa desculpas também. Graças a você, temos sido um incômodo ... "

"Desculpe? A culpa é sua por fazer tumultuo e gritar, não é?! E Sakura empurrou Ino de volta. "Veja o que você diz!"

Sakura e Ino olhou uma para a outra, e no instante seguinte, ambas tinham pulado para a outra. Suas mãos agarraram e puxaram uma a outra, cabelo e roupas como elas lutaram.
"Em primeiro lugar, as coisas aconteceram assim porque você se intrometeu!"

"Eu continuo dizendo a você, eu encontrei primeiro!"

"Clientes honrados!" O funcionário entrou em pânico tentou vir entre eles. "Por favor, desista, clientes honrado!"

Ironicamente, este foi o único momento onde Sakura e Ino se deu bem.

"CALA A BOCA!" Ambo gritaram para o empregado, feroz, com expressões demoniacas em seus rostos.

Um silêncio mortal caiu sobre a loja. Parecia que o tempo tinha parado.

O empregado que tinha tentado interferir entre elas tinha deixado cair sua mandíbula.

Mas no instante seguinte, suas características endurecido.

No momento que Ino e Sakura voltaram a seus sentidos, pediram desculpas em vozes miudas, já era tarde.
Ambas foram expulsas para fora da loja.

--------------------------------

Mas ... só porque elas foram expulsos, não significava que a sua discussão tinha parado.

"Olhe o que você fez! Eu não posso acreditar que eu realmente tenha sido expulsa para fora da loja! "

"Olhe o que você fez! Mesmo que eu finalmente tenha encontrado um bom presente de casamento! "

Sakura e Ino estavam discutindo com vozes elevadas no meio da rua, sem se importar com quaisquer olhos curiosos que iria parar para ver sobre o que era a barulheira.

"Encontrou?" Ino zombou, "Oh, isso é uma boa maneira de colocar arrancando algo das mãos de alguém com sua força bruta! Em primeiro lugar Sakura, você nunca pode se comprometer com qualquer coisa! Você não tem um coração ou vontade de compromisso, apenas a força bruta e nada mais! Realmente você não tem jeito! "

"Desculpe ?! Ter um coração não tem nada a ver com isso! Faça-me um favor e pare de dizer coisas aleatórias só porque eu sou melhor que você em tudo! "

"Desculpe ?! O que quer dizer, você ser melhor, em tudo? Quando se trata de qual de nós é mais feminino, eu sou definitivamente a que ultrapassa você !"

“Feminilidade ? “ sakura falou com escárnio “ onde ? Você é chamativa e espalhafatosa”
"Ah, uma má perdedora!" Ino cantou. "Quando se trata de aparência, senso de moda, Arranjo de flores, e de cozinhar, eu sou melhor em tudo só uma daquelas coisas! Oh, mas quando se trata de ter força sobre-humana, certamente que a vitória é sua. "

Ino, sua porca ...!

Uma veia latejava na testa de Sakura. Mas, ela não tinha perdido ainda.

"Oh? Eu sei cozinhar muito bem, você sabe? E quando se trata de coisas como aparência ou senso de moda, apenas coisas estúpidas para se preocupar. Você sabe, é por causa desse tipo de coisa, que é tudo o que você pensa, não a faz ser boa. "Sakura deu, um dramático suspiro exagerado, balançando a cabeça em falsa-decepção. "Só porque as pessoas nunca vão olhar para você e ver uma mulher inteligente como eles fazem comigo, não significa que você deve me atacar.."

Ino não fez mais do que recuar.

“Ahh, Sakura na verdade , pensando sobre isso , eu hoje apenas tive um pensamento . Alguém que tem uma grande cabeça quanto a sua,quando somente as características que a redime são a força bruta , esse tipo de mulher nunca será pedida em casamento certo? Isso é deplorável. ”

"Nunca será pedida ?! Isso é o que eu deveria estar dizendo a você! "

"Eh? Oh, eu sinto muito, Sakura. Eu não disse isso sobre você em particular, mas eu acho que eu acidentalmente acertei o alvo, hein? Eu vou pedir desculpas se eu feri seus sentimentos "

"Você ..."
Talvez Ino trouxera um assunto tão incrivelmente sensível desde o seu argumento era originalmente sobre presentes de casamento, mas que era apenas muito longe. Foi um golpe baixo.

"Mas bem," Ino continuou. "Eu acho que é meio óbvio que apenas uma boa cabeça e força bruta não são suficientes para garantir que você vai ser uma noiva."

O que você é, um mestre do sarcasmo? Sakura pensou, mas respondeu sem encolhido.

"Eu continuo dizendo a você que eu posso cozinhar! E a minha cozinha tenho certeza de ser pelo menos melhor do que a sua, Ino. "

"Perdão? Sakura, você não pensa seriamente que alguém como você pode me vencer na cozinha, não é? "

"Obviamente eu faço. Estou confiante de que eu não poderia perder para você! "

"Tudo bem então. Vamos ver quem é realmente melhor! "

Ino e Sakura olharam uma para a outra.

De alguma forma, o resultado de seu orgulho e teimosia tinha se transformado em uma competição culinária.

Presentes de casamento, o porta-retrato, todo o resto foi jogado para fora da janela e esquecido completamente. Nem se importaram em como as coisas tinham chegado a isso.

A única coisa que alimentou as duas mulheres era fazer tudo ao seu alcance para limpar aquele sorriso presunçoso do rosto de seu rival.

----------------------------

Sakura e Ino.

O confronto de cozinha que iria colocar ambos os seus orgulhos femininos na linha já tinha começado.

O prato estrela do confronto: pílulas de soldado.

Pílulas de soldado eram pequenas massas, transportáveis de conservas que shinobi gostavam de usar.

Alimentos com saldos elevados de nutrientes foram amassados e desidratado em bolas redondas. Eles foram muito conhecido e amplamente utilizado em todas as partes do mundo shinobi como uma ração padrão militar.

No entanto, o mundo das pilulas de soldado era inesperadamente profundo.

Não seria um exagero dizer que o número de diferentes tipos de pilula de soldade eram iguais ao número de pessoas que as fizeram. Isto era porque os ingredientes utilizados nas pilulas de soldados, bem como o seu tamanho, variou de fabricante para fabricante.

Por exemplo, havia aqueles que fizeram pilulasde soldado utilizando ingredientes listados em uma receita secreta que tinha sido proferida em seu clã por gerações. E havia também aqueles que torná-los tão grande que eles eram do tamanho de uma bola de arroz. E então havia aqueles que fizeram pilulas de soldado para consumo animal, e não seres humanos.

Pílulas de soldado eram um tipo de alimento cujo conteúdo foi alterado por muitos, muitos fatores. A tradição da família para a receita, preferências, condição física, táticas, comprimento da missão, as condições meteorológicas ... todos esses fatores foram para a fabricação de uma única pílula de soldado.
Foi por isso que Ino e Sakura tinham decidido que a pílula de soldado seria o prato para seu desafio de cozinha.

Era rápido de fazer, e fácil de comer. A ampla gama de sua receita também permitiu Sakura e Ino para exibir suas diferentes personalidades e habilidades, e de forma rápida e facilmente determinar qual foi superior.

Sakura tinha comprado seus ingredientes, ido para casa, e imediatamente comeceçado a trabalhar na criação de uma pílula de soldado.

Ela derramou todos os seus ingredientes na tigelas, e colocou toda a sua concentração em esmaga-los com um pilão de madeira. Primeiro, havia sementes de gergelim, amêndoas e nozes. Todos os ingredientes que eram comumente usados em Konoha.

"Só você esperar e ver!" Ela murmurou enquanto moía os ingredientes. "Eu vou te mostrar que quando se trata de cozinhar, a minha capacidade é definitivamente mais elevada!"

Todos os ingredientes usados em pílulas soldado foram geralmente preparados da mesma maneira: moidos até que eles se tornassem um pó.

Sakura adicionou os ingredientes usados mais frequentemente, mel e pedras doces, continuando seu trabalho. Conforme moía os ingredientes juntos, seus pensamentos voltaram para seus dias de Academia.

As aulas de Kunoichi da academia, incluindo o ensino da jovem kunoichi sobre coisas como arranjo de flores e cerimônia do chá. Você tem que aprender uma ampla gama de informações sobre cultura e comportamento. As classes existiam para que uma kunoichi pudesse facilmente se infiltrar em território inimigo sem ser detectado, por isso o seu comportamento e conhecimento não trairia sua natureza interna. Você não poderia crescer para ser uma kunoichi bem sucedido se você não sabe agir como uma mulher normal.

E essas muitas aulas de Kunoichi , naturalmente, incluía cozinhar.
Ino tinha brilhado brilhantemente dentro da aula de culinária, sempre realizando suas receitas ao pé da letra.

Sakura, por outro lado, não podia segui-los tão facilmente.

Naquela época, Sakura tinha olhado com anseio de aspiração Ino, sempre popular.

Mas agora, as coisas são diferentes.

Como kunoichi, e como uma mulher, Sakura tinha continuado a crescer e melhorar suas habilidades. A pessoa que ela costumava admirar antes, em seguida, tornou-se alguém que ela poderia enfrentar, lado a lado. E agora, Sakura tinha tomado um passo após o outro para mover para a frente, mais longe do que Ino tinha.

"Ino ... na cozinha, e em qualquer outra coisa que vem a minha maneira, prepare-se para dar uma boa olhada nas minhas costas!" Sakura disse furiosamente, cheio de espírito de luta quando ela acabou de moer com o pilão de madeira.

Ino tinha dito que ela nunca iria se tornar uma boa noiva-, Sakura não estava disposto a deixar isso barato. Ela absolutamente não podia se dar ao luxo de perder nesta batalha. Em primeiro lugar, Ino estava apenas se deixar levar na felicidade de começar a se dar bem com Sai recentemente. Sakura não ia perder contra essa felicidade inconstante.

Você está indo para obter um bom gosto da ira de uma mulher em florescimento! Sakura pensou sombriamente.

Cozinhar pode ter sido um pouco diferente do que o assunto real que tinha acendido sua raiva, mas de qualquer forma foi uma vitória. E Sakura tinha preparado um plano que garantiria sua vitória.

"Fufufu ... é isso." Sakura deixar um sorriso perverso se aproximar de seu rosto, segurando o ingrediente que era a chave para seu sucesso.

O ingrediente em questão era pudim.

Sakura tinha associado com Ino desde a infância. Ela sabia tudo sobre o grande amor de Ino para pudim. Na verdade, ela sabia tudo de gostos e desgostos de Ino.
Para um shinobi, informação era tudo. Não era arrogante para Sakura pensar que ela ia ganhar, quando ela tinha perfeito conhecimento dos gostos de Ino.

Repleto de excesso de confiança, Sakura jogou o pudim em sua pasta de pilula de soldado. Vangloriando-se, ela misturou com um sorriso alegre.

"Com, isto minha vitória é garantida!"

Tudo o que restou após esta foi moldar a massa em uma bola de tamanho adequado e desidratar.

Em um curto espaço de tempo, especial com sabor de pudim doce a pílula de soldado de Sakura estava completa.

---------------------

Algum tempo depois, nas proximidades da loja que tinham sido expulsa ...

Ino já estava de pé no lugar que tinha prometido estar em uma das principais ruas de Konoha.

Os olhos de Sakura conheceu Ino, e Ino soltou um largo sorriso.

"Então você apareceu afinal, Sakura." Ino disse, "E aqui eu estava começando a pensar que você percebeu que não era páreo para mim e fugiu."

Aposto qualquer coisa que ela chegou propositalmente cedo só para que pudesse dizer isso para mim ...! Sakura pensou interiormente, estalando a língua.

A razão pela qual ela pensou isso era porque Sakura tinha chegado exatamente no horário que prometeu para se encontrarem. Ela tinha decidido que nunca se atrasaria como o kakashi- sensei

Que coisa sem sentido para fazer ...

Mas, Sakura não estava indo ser provocada por pequenos truques como este. A vitória para este jogo estava dentro da palma de suas mãos. Ino podia se gabar enquanto podia.

"A vitória vem para aqueles que levam o seu tempo.", Disse Sakura como ela enfrentou Ino. Sua compostura era magnífico, e ela estava totalmente confiante em sua vitória iminente.

"Tudo bem então, o nosso jogo já começou." Disse Ino serenamente. "Então, para garantir que o jogo seja justo, vamos dar nossas pílulas de soldado a um terceiro que vai julgar qual é o mais delicioso."

"Hein ?!" Sakura ficou boquiaberto. "Você não vai comer isso ?!"

Em um único instante, a vitória realizado nas mãos de Sakura tinha reduzido a pó e escombros.

"Obviamente, não." Os olhos de Ino estavam arregalados de surpresa com a reação de Sakura. "Mesmo se comessemos as pílulas uma da outra, há uma grande chance de que nenhuma de nós estaria disposta a entregar a vitória. É por isso que precisamos de um terceiro que será o juiz. "

O raciocínio de Ino estava certo. Sakura teve um ponto cego. E pensar que Ino não iria comer a pílula de soldado... Sair para comprar pudim foi inútil. Passar pelo trabalho de fazer pílulas de soldado com o sabor favorito da Ino estava agora completamente, absolutamente inútil.

"A julgar por sua reação, Sakura ... não me diga que ..." Ino estava fixamente olhando para Sakura, um sulco entre as sobrancelhas. "... Você não colocou veneno na pílula de soldado, não é?"

"Eu nunca faria uma coisa dessas!"

Agora isso foi demais. Como poderia duvidar de sua própria melhor amiga Ino?
"Eu me pergunto ..." Ino disse, "Bem, de qualquer maneira, tudo bem. Então, eu acho que deveríamos ter Chouji como o juizChouji . "

"E- Espere um minuto! Chouji o seu companheiro de equipe! "

"É Chouji, quando se trata de comida, ele nunca vai mentir, você sabe? Ele não vai distorcer os fatos para tomar meu lado. Assim, quando se trata disso, Chouji seria o juiz mais confiável, não é? "

Bem, quando ela colocar dessa maneira, qualquer um concordaria. Sakura se viu concordando ao raciocínio de Ino.

"Tudo bem então, eu vou ir e trazer Chouji. Eu o vi por aqui em algum lugar apenas há um tempo atrás. "Ino disse, e desapareceu.

Pouco tempo depois, Sakura podia ouvi-la voltar, provavelmente com Chouji no reboque desde que ela foi constantemente jorrando coisas como "apenas venha e depressa!" Ou "esta é uma oportunidade para comer algumas culinária caseira legais, você sabe", E outras coisas.

Soou como Chouji estava colocando alguma resistência para o cargo de juiz.

Com certeza, Chouji veio lentamente no campo de visão de Sakura, sua forma gigante que está sendo arrastado para a frente por uma insistente Ino . Seu rosto parecia incrivelmente sombrio. Ino estava definitivamente forçando-o a participar.

"Espere, Ino." Ele estava protestando, "Eu vim até aqui para comer sorvete."

"Está tudo bem, está tudo bem. Você sempre diz que você tem um estômago separado para deserto, não é? "

"Sim. É por isso que eu estou dizendo que eu já comi a sobremesa ... Oh, Sakura. "Os olhos de chouji desembarcou na outra garota, e ele imediatamente começou a pedir ajuda. "Ino não me entende muito bem. Ela quer me fazer algum tipo de cobaia para uma pílula de soldado. Salve-me, por favor. "

"Então, Ino," Sakura disse, "Que pílula é que vamos dar a ele em primeiro lugar?"

Sakura esperava que Chouji diria algo como "Oh merda, você está nisso também!", Mas em vez disso, ele virou-se manso.

"Oh, bem, acho que vou ter um estômago separado para pilulas de soldados também ..." Chouji disse tal coisa sonoridade confiável.

Sakura sentiu-se tranquilizado. Ino estava certo. Chouji com certeza gostaria de ser um juiz justo e imparcial para ambos.

Além disso, mesmo se Ino não comer a pílula de soldado, não muda o fato de que o pudim iria fazer o gosto doce e delicioso. Ela ainda seria capaz de vencer. Sakura cerrou os punhos com força.

"Ok então, Chouji, você pode comer as pílulas e diga-nos qual é o mais delicioso?"

Ino entregou Chouji a pilula de soldado que tinha feito, e Sakura fez também.
Chouji olhou para as pilulas de soldado quetinha em ambas as mãos, os olhos cintilando de um para o outro. Ele levou a pilula de soldado de Sakura para a boca em primeiro lugar, e deu uma mordida. Ele estava julgando, então ao invés de comer a única coisa, ele só mordeu metade.

"Ist... isto é ..." Os olhos de Chouji tinha crescido grande como pratos de jantar.

Sakura esperou sua reação e ...

"Delicioso! Este é realmente delicioso! É incrivelmente doce, e está levandopara longe toda minha fadiga completamente! "

Chouji estava tão feliz, ele imediatamente jogou a outra metade não consumidos da pílula soldado em sua boca. Ele não parou por aí, mesmo arrancar as pílulas soldado extras Sakura tinha feito das suas mãos, e devorando alguns deles também .

"Tudo bem!" Sakura piou, levantando o punho no ar.

Dê uma boa olhada, Ino. Esta é uma exposição de minhas habilidades reais!

Reação positiva do Chouji tinha sido obviamente inesperada. Ino estava olhando para ele com um olhar horrível no rosto, e Sakura podia ouvir molares da mulher rangendo.

"Que tal?" Sakura perguntou-lhe: "Talvez você deve apenas aceitar a minha vitória agora?"

"Cho-Chouji," Ino estava perturbado. "Vamos, apresse-se e comer o meu também."

As bochechas de chouji ainda estavam recheado com soldado pílulas de Sakura, mas ele rapidamente estalou de Ino soldado pílula também. Ele jogou a coisa toda, não fazê-lo pela metade neste momento.

Ele enfiou três, quatro mais de pílulas de soldado de Ino. Talvez fosse para que ele pudesse prová-lo corretamente, uma vez que alguns das pilulas de soldado de Sakura ainda estavam em sua boca.

"Sim ... sim ... sim ...!" Os olhos de chouji estavam arregalados como pires, e ele estava balançando a cabeça com fervor. "Incrível! Estes são realmente doces e deliciosos também! "

Chouji engoliu suas bochechas cheias de pilulas de soldado com um gole enorme. Um sorriso incrivelmente satisfeito derivou em seu rosto.

Ino tinha ficado incrivelmente trabalhada e animada, pressionando-o para obter respostas.

"Então, qual é? Qual é o mais delicioso? Vamos. "
"Hmm ... eles são ambos muito doce e delicioso, por isso é realmente difícil de dizer qual é o melhor." Chouji murmurou. Ele inclinou a cabeça para o lado em perplexidade, cruzando os braços enquanto ele mastigava.

Um após o outro, mais de pilulas de soldade de Ino e Sakura surgiu em sua boca, sendo cuidadosamente mastigados e julgados.

"Sim, eu acho que eles são grandes. Eles são ambos doce e delicioso. Sim, realmente delicioso. Delic-geugh. "Pernas de chouji amassado debaixo dele, e ele entrou em colapso. O sangue foi escorrendo de suas narinas.

"Oh não!"

"Oqu- espera- que há de errado ?!"

Chouji tinha ido completamente mole no chão, com os olhos arregalados. Um único comprimido soldado caido fora de sua mão inerte no chão, e ao ver que era um dos Ino, Sakura soltou um grito.

"Veneno!" Ela gritou. "Ino, você! Você colocou veneno nele, não é ?! "

"Como se eu fosse fazer isso! Que tipo de pessoa você acha que eu sou ?! "

"E-qualquer forma, precisamos dar-lhe ajuda médica! Chouji, voltar a seus sentidos! "

A boca de Chouji se abriu ao som da voz de Sakura.

"Mesmo que eu tenho que fazer ... muitos ... grandes companheiros ..." Ele murmurou incoerentemente, o sangue escorrendo por seu nariz.

"O que está acontecendo ?! A sua vida está passando diante de seus olhos ?! "

"Nãããããão, Chouji não morre!" Ino gritou, "Sakura, rapidamente, faz alguma coisa!"

Ino estava chorando, mas Sakura nem sequer entender como Chouji tinha começado assim. Examinando Chouji, ele parecia estar em perfeita saúde. A única causa possível para seu estado era inconfundivelmente as pílulas soldado que tinha comido.

"Não ... não me diga ..." Sakura engoliu em seco. "Um veneno ...desconhecido...?"

Sakura estava olhando fixamente para Ino com um olhar de arrepiar os cabelos em seu rosto.

"Por que você está desconfiado de mim ?!" Ino gritou.

"Ele se tornou assim depois de comer sua pílula soldado ..."

“É possivel que os efeitos das suas pílulas tenham causado mal!”

"Mas eu nunca iria colocar qualquer veneno!"

"Eu fiz ... tantos ... companheiros ..." Chouji delirantemente murmurou.

"Isto é mau! A vida de Chouji está passando diante de seus olhos outra vez! "

"Não temos tempo para discutir sobre isso ...!", Disse Sakura para si mesma, e reuniu sua determinação.

Ela estendeu a mão para um dos soldados pílulas de Ino.

"O que você vai fazer ?!"
"Eu preciso descobrir o que está neste, e esta é a melhor maneira de fazê-lo", disse Sakura, e cuidadosamente puxou a pílula soldado mais perto de pressioná-lo contra sua língua. "Se houver algum veneno neste, então a minha língua, provavelmente, ficar dormente ..."

Ao invés de comê-lo de imediato, que era melhor para prová-lo e verificar primeiro.

"Eu continuo dizendo que eu não coloquei qualquer veneno nele! Ugh, honestamente! "Ino estendeu a agarrou uma pílula soldado também, exceto este era Sakura. Ela lambeu a pílula também. "É possível que o seu é o que é estranho!"

Sakura cuidadosamente testado a pílula soldado, mantendo-o contra sua língua. Suor frio na testa, mas ela manteve a pílula no lugar séria.

Por um tempo, as coisas ficaram em silêncio.

Sakura quebrou cuidadosamente a pílula soldado em sua mão a pequenos pedaços. Ao vê-la fazer isso, Ino timidamente fez o mesmo. Ambos colocar pedaços muito pequenos da pílula soldado para as suas línguas, rolando-os ao redor.

"... É delicioso."

"... Sim."

Ambas jogaram os restos das pilulas de soldado na boca, incapaz de conter-se.

"O que é isso ... esse sabor, é incrivelmente delicioso!" Sakura não podia sequer tentar esconder sua surpresa enquanto mastigava.

"O meu também, eu amo este sabor!" Ino não conseguiu esconder a sua surpresa, também.

Não houve qualquer veneno em tudo. Em vez disso, a pilula de soldade de Ino era o sabor favorito de Sakura: branco anmitsu bola. Em outras palavras, era apenas um doce, o mesmo que Sakura era.

Então, por que ...?

Assim como Sakura estava pensando, Chouji subitamente levantou de volta em seus pés.

"Chouji, você está bem ?!"

"Ahh, que me surpreendeu." Disse Chouji, limpando o sangue que foi derramado pelo nariz. "Meu açúcar no sangue, de repente subiu ... .huh, e pensar que eu ainda tive um sangramento no nariz."

Então, isso é o que tinha sido: açúcar no sangue. Agora que Chouji disse , Sakura entendeu também.

Era verdade que ambas as pillas de soldado eram incrivelmente doce. E isso foi apenas uma pílula soldado individual. Chouji tinha comido grandes quantidades de ambos, e tudo de uma vez . Não admira que o açúcar repentino em seu sistema o tenha deixado mal.

E ele mencionou que comeu sobremesa antes disso, também. Não importa o quanto de um grande comedor Chouji era, ficando com muito mais açúcar do que ele precisava de uma só vez o fez passar mal.

"Ahhhhh, eu estou tão feliz, então isso é o que era ..." Ino soltou um enorme suspiro de alívio. Sakura olhou para ela, e a mulher parecia que o peso do mundo tivesse saido de seus ombros.
"Sim, isso é tudo o que era. Mas você sabe, depois de comer essas pílulas de soldado, eu realmente sinto que eu comi pudim real e branco anmitsu bola. Hmm, depois disso, talvez eu vou ir e comer algumas castanhas doces? "

Sakura e Ino olhou para Chouji, pasmo.

"Chouji, você sabe que vai se matar assim ?!"

"Está tudo bem." Chouji respondeu. "As coisas que eu acabei de comer já foi digerido por agora."

"Isso é algo que normalmente não seria possível ..." Ino olhou para Chouji, atordoado. "Chouji, você é realmente incrível ...".

"Mas ei, Ino." Sakura se virou para perguntar à mulher. "Por que você teve o trabalho de fazer a pílula de soldado do meu sabor favorito?"

Ino era a única que tinha dito que elas deviam fazer um terceiro imparcial provar as pílulas de soldado, para ser justo, então o que foi isso? Sakura estava muito curioso sobre a resposta.

Ino tinha um olhar desconfortável em seu rosto.

"Nenhuma razão em particular ... Eu só pensei que talvez seria bom se eu te desse alguns para comer em algum momento talvez ..."

Pff, como se.

Ino tinha pensado ao longo das mesmas linhas exatas como Sakura, e dada a pílula de soldado o mesmo sabor como o alimento favorito de seu oponente.

Assim, no final do dia, o seu argumento de que tinha começado em chegar no mesmo porta-retrato, tinha terminado nelas tramando a mesma estratégia exata de cozinhar.

Pensando na coincidência absurda, Sakura não podia ajudar, porém começar a rir.

"Ahahahaha, o que é com isso? No final, você ainda teve a mesma estratégia que eu ".

Ino foi pego em riso de Sakura, e começou a rir também.

"Fufu, bem, nós estamos saindo juntos por um longo tempo depois de tudo. Quantos anos que passamos juntos? Eu acho que sei tudo o que você pensa. "

"Nós dois fazemos.", Acrescentou Sakura.

Ambos estavam de frente para o outro e rindo tão forte que eles estavam segurando em seus lados. Eventualmente, Sakura se acalmou, e limpou os dedos em suas calças.
"Ok, então, como alguém que pensa da mesma forma que você, eu posso dizer alguma coisa?"

"O Quê?"

"Você não acha que se nós duas procurar-mos para um presente de casamento juntas, seríamos capazes de encontrar algo muito melhor do que um porta-retrato?"

"Naturalmente. Se nós combinamos meu senso de moda com o seu, ninguém poderia ter uma chance! "Ino disse, com uma piscadela e um sorriso.

"Tudo bem!" Sakura lançou um punho de energético no ar. "Então vamos ambas ir e encontrar o melhor presente de casamento!"

Ino sorriu com a visão. "Honestamente, Sakura ... você realmente se tornar uma força a ser reconhecida." Ela estava olhando para Sakura com um olhar melancólico e de repente sério em sua face. "Você costumava ser uma chorona nos velhos tempos ... As pessoas estavam sempre chamando você 'menina testa' ou 'revolução testa', e você começava a chorar imediatamente toda vez ..."

"Espere um pouco, Ino!", Exclamou Sakura. "O que você quer dizer com 'revolução testa' ?! Não basta fazer-se de repente com nome que uma pessoa nunca foi chamado! pensando bem, você só achou esse nome agora, não é ?! "

Ino estendeu a língua para ela.

"WHA você! Volte aqui agora! "

"Ahahaha, aprenda a levar uma piada!"

Ambas as vozes se misturavam no caos de Konoha , mas elas soavam inequivocamente feliz.

Sakura e Ino.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...