~Myloka

Myloka
Naruhina Queen
Nome: Camila | "Miloca" | Myl | Mila | Milinha | Kami | Marida da Ingrid
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: Nova Iguacu, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 23 de Dezembro
Idade: 25
Cadastro:

Sakura Hiden - Capítulo 5 (Traduzido)


Postado





Prólogo
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4

Do inglês de : OrganicDinosaur
Tradução para espanhol: Krnessa
Tradução: BabyVy



Ao lado de Sai, ambos foram para o escritório do Hokage. Kakashi e Ino estavam na sala. Ino tinha um olhar um tanto exausto no rosto.

"Ino? Ai esta você."

"Sim, foi algo que eu queria tentar. Fui à sala de divisão de comunicação com o Kakashi-sensei, mas..."

"A divisão de comunicação?" Sakura tinha uma expressão de dúvida no rosto. Kakashi sentou-se a mesa, e, em seguida, respondeu:

"Foi com o 'Shindenshin no jutsu' de Ino. Ela pensou que poderia tentar entrar em contato direto com o Sasuke a partir daqui. Nós tentamos, mas..."

"Como pensavamos, é impossível..." ino deu de ombros enquanto falava. "Talvez se a gente soubesse sobre a localização atual do Sasuke-kun ou algo assim, mas estamos apenas à procura de suposições neste mundo imenso. Foi como imaginamos... impossível. Estou um pouco cansada." Enquanto a Ino falava, ela mostrou a lingua. Quando o clã Yamanaka usou o shindenshi no jutsu, que exigiu uma considerável habilidade para concentrar, ele não pode ser usado por longos períodos de tempo.

"Fora isso, o que vocês estavam fazendo?"

Sai respondeu a pergunta de Kakashi.

"Eu tenho que te dizer uma coisa, sensei"

"Mmm?"

"É algo sobre o impostor do Sasuke... A AMBU pode estar ligada ao incidente."

"O que?"

Os olhos de Kakashi aumentaram.

Sai continuou.

"Eu ouvi de Sakura. Que o impostor foi avistado ultimamente... ele tem não só sua aparência, mas também o chakra de Sasuke"

"Essa é a conversa com o Gaara"

"Como a Sakura disse, parece possível extrair o chakra do cabelo ou pele. O chakra em que estava em volta do falso Sasuke poderia ter sido produzida desta forma."

"Cabelo ou pele Huh?" Kakashi murmurou. A expressão dele ficou pensativa. "Claro, isso poderia ser um ponto cego."

"Bem, essa questão é apenas uma hipótese. Se fosse dessa maneira, então Sasuke-kun nem sequer saberia sobre isso. Isso explica como a cópia de Sasuke está aparecendo em vários lugares."

Sakura estava um pouco impaciente com o Sai, que estava sendo impertinente.

Então Kakashi disse:

"Bem, uma hipótese é apenas uma hipótese. Mas como a ANBU está envolvida nisso?"

"O informante disse algo perturbador... Imediatamente após a Grande Guerra, no Vale do fim, e também na ponte, onde Danzo-sama lutou com o Sasuke, a ANBU de Konoha foi investigar."

"A ANBU?"

"Sim. Nesses locais, parecia que alguns ANBU coletaram fragmentos de terra e rocha."

"Por que trazer com eles essas coisas?... Ah" No meio de suas palavras, Ino percebeu uma coisa.

Algo semelhante havia acontecido com a Sakura ao mesmo tempo.

"Entendo. Eles queriam material com as informações individuais de Sasuke-kun"

Enquanto a Sakura murmurava, Sai balançou a cabeça lentamente com um "Hmm”.

"Certamente, se eles foram para esses locais, seria fácil para eles obterem coisas como cabelo ou pele de Sasuke."

"Além disso, também houve sangue" Sakura acrescentou em sua mente.

De qualquer forma, no vale do fim, Naruto e Sasuke esgotaram toda a sua força durante sua batalha. Foi lá que eles estabeleceram sua luta. Ambos perderam um braço por causa dessa batalha. E assim, seu sangue e tecidos de seus corpos estavam no local.

Havia também a ponte onde Sasuke e Danzo tinham lutado. Foi a mesma situação no Vale do fim: o cabelo e sangue de Sasuke estavam disponíveis. Além disso, se eles coletaram imediatamente após a Guerra Mundial Shinobi, a "frescura" de materiais que continham informações pessoais de Sasuke deviam ser altas.

No entanto, Kakashi falou:

"Você entende os aspectos técnicos disso, mas se eles separaram coisas como cabelo e pele de Sasuke das coisas que eles trouxeram de volta com eles. Depois disso, eles haviam extraído o Chakra deles desde então. Não seria difícil rever?"

"Eu acho que este é um trabalho complicado."

Sakura disse. No entanto, este foi o trabalho da ANBU.

Sakura tentou se lembrar da ocasião no vale do fim. Quando a batalha terminou, Naruto e Sasuke estavam deitados em cima da enorme estátua destruída. Enquanto Sakura estava curando os seus braços, Kakashi estava sorrindo enquanto observava atentamente. E então como um novo sentido de esperança para a nova era, eles deixaram o vale para trás. Em seguida, a equipe ANBU desceu naquele vale. Isso aconteceu logo depois que Sakura e seus companheiros tinham ido embora. Eles removeram parte dos fragmentos de terra e rocha juntos. Eles estavam procurando por "pegadas" de Sasuke.
Se eles assumiram que era a forma de como a ANBU realmente operam, então Sakura sentiu nada mais do que uma sensação desagradável, para a escuridão do seu trabalho.

"Eu me pergunto o que a ANBU quer fazer... Por que fazer o impostor Sasuke-kun ser visto em vários lugares?" disse Ino.

"Eu também não entendo o que querem. Mas se eles são a ANBU, o que podemos supor é que eles usaram esse método para criar um falso Sasuke... Kakashi sensei?" Sai falou quando ele se virou para ver o rosto de Kakashi. "Talvez isso explique como os caras que me atacaram estava coberto com chakra bijuu."

“Em outras palavras, os materiais que a ANBU reuniu tinham informações individuais de um Jinchuuriki. E assim produziu o chakra de uma besta com caudas?”

"Você crê que isso seja possível?... Que alguém pode cobrir-se com o chakra de outra pessoa? Esse é um ponto em comum entre os dois incidentes."

"O homem que está sempre atrás de Kido, é o ninja médico Magire. Ele pode estar sob as ordens de Kido, e não seria estranho se eles estavam tentando investigar esse tipo de técnica."

"É... espere um segundo. Eles nem sequer mencionaram nada sobre esses dois caras."

Ino a interrompeu. E como a Sakura nem sequer tinha ouvido falar sobre a história, ela estava confusa demais.

"Umm, e o chakra da besta de caudas... o que você quer dizer?"

"Ah... desculpe... bem, eu me pergunto como devo explicar..." Depois Kakashi coçou a cabeça, juntou as mãos com um som de "pan¹".

"Ah, bom. Primeiro de tudo... a partir deste momento vocês três estão no mesmo time."

"Eh?"

"Eh?"

Ino e Sakura olharam para ele. Sai então falou calmamente:

"Certamente, é provável que nós estejamos perseguindo o mesmo inimigo a partir de agora. Nesse caso, o melhor é agirmos como uma equipe e compartilhar informações”.

Nota¹: A tradução foi feita do espanhol, por tanto, "Pan" significa pão, deixei como esta pois ficaria sem nexo.

" Então, sobre ... o inimigo? "

Sakura perguntou, e depois Sai respondeu:

"Kido Tsumiki é da ANBU. E depois dele esta Magire. Até agora eu identifiquei ambos como suspeitos".

Kakashi e Sai tinha investigado os incidentes em que o Senhor feudal e do Conselho Honrosa foram atacados.

Quanto aos incidentes de ataques, havia uma grande possibilidade de que eles têm sido usados como uma farsa para aumentar o orçamento da ANBU. Além disso, enquanto Sai estava no processo de investigação, assassinos tinha sido enviado para o ataque. Aqueles assassinos foram cobertos com o chakra Bijuu.

"Chakra das bestas de caudas...”.

Assim que a Sakura murmurou, Ino falou:

"Bem... por isso parece que Kido e seus companheiros foram para o Vale do fim e coletaram materiais que havia informações individuais de Naruto também. E então extraíram o chakra da Kyuubi"

"Mas quando aqueles sujeiros que me atacaram, estavam cobertos com chakra, só tinham apenas uma cauda..."

"Talvez não haja relação com o número de caudas"

Sakura disse.

"Mesmo para Naruto, foi em relação à medida que ele afrouxou o selo. Desta forma, o número de caudas em que apareceu era diferente."

"Bem, eu acho que é bom nós termos esse tipo de adaptação, já que vocês é uma equipe improvisada, isto não deverá sair mal, certo?"

As circunstâncias não se encaixam bem, mas Kakashi estava falando livremente.

"Por favor, não nos insulte, sensei", disse Ino.

Sai continuou.

"Entendo. Embora você dissesse que foi improvisada, Sakura e eu estávamos originalmente na mesma equipe. Mas eu não estou preocupado sobre como trabalhar juntamente com a Ino".

"Certo, Ino?" Sai a chamou, e o rosto de Ino, de repente ficou vermelho por um momento.

"É... isso é verdade! Vai ser uma vitória fácil!"

Porque a Sakura entendia os sentimentos de Ino, ela riu e sorriu um pouco.

"Sinto muito por tirar sarro de vocês... bem, o que eu quero dizer é que eu gostaria de trabalhar com vocês lá fora. Mas em vez disso, parece estarei fazendo isso, e trabalhando em outras obrigações", enquanto Kakashi falou, ele bateu suavemente no chapéu de Hokage. Em seguida, ele endureceu seu rosto e continuou:

"Quanto ao incidente, os suspeitos a serem perseguidos são Kido e Magire, é claro. Mas, por outro lado, eu permiti a decisão arbitrária da ANBU. Então, em parte, sou responsável. Nesse sentido, peço desculpas a você meninos”.

Sakura e seus colegas olharam para o rosto de Kakashi.

"Estou planejando imediatamente revisar o estado atual das coisas sobre a organização ANBU. Uma vez que não é óbvio externamente, vou discutir muito sobre isso. É por isso que eu vou confiar a parte de Kido e Magire a vocês”.

Sakura e seus companheiros simultaneamente responderam com: "Sim, senhor!".



"Nós não seremos a equipe Ino-Shika-Chou. Seremos uma equipe improvisada: Ino-Saku-Sai", disse Ino.

"Parece ruim." Sakura respondeu.

"Parece estranho, mas tudo bem. Enquanto o nosso trabalho em equipe é bom" Sai assentiu.

Os três deixaram o escritório do Hokage. Primeiro de tudo, eles mudaram de localização para o telhado do hospital de Konoha. Lá eles organizaram os seus planos para mais tarde.

"Vou continuar observando o comportamento de Kido um pouco mais."

"Quanto a nós... O que devemos fazer? Acho que devemos investigar o comportamento do Sasuke impostor." Enquanto Ino falou, olhou para a Sakura.

"Isso é verdade. Mas se a ANBU realmente obteve material com as informações individual de Sasuke-kun... devemos considerar essas áreas e olhar mais longe que isso. Por enquanto, é apenas uma história que Sai ouviu de seu informante."

“Entendo. Mas como é que vamos investigar minuciosamente isso?”

"Eu estava pensando sobre isso, porque a ANBU tentou recolher cabelo e sangue de Sasuke-kun... deveriamos ir e investigar essas áreas. O Vale do fim, e essa ponte... Eu tenho um palpite sobre isso.”

"Mmm. Para remover o chakra, eles deveriam ter usado bastante cabelo e sangue. Então, eles deveriam ter ido a vários lugares para obter essas amostras, certo?"

"Mas onde?" Ino disse.

"Se nós alargarmos o âmbito fora da aldeia, não tenho certeza de onde. Mas se ficarmos dentro do intervalo da aldeia... A casa de Sasuke imediatamente vem à minha mente. Depois, há lugares como o Santuário Naka²."

"Mm. Bem, esses dois lugares parece provável", disse Sai.

"Se buscavam novos cabelos de Sasuke-kun, é provável que a ANBU fosse ao Santuário Naka em vez de sua casa." Sakura disse.

"Mm... mas o que devemos fazer?" Ino cruzou os braços e olhou para o espaço.

"Especialmente se estavam procurando cabelo... Eu acho que nós deveríamos ir para lá. No Vale do fim, foi lá que recolheram o sangue de Sasuke. Bem, pelo menos eu acho que há uma grande probabilidade de que eles poderiam ter chegado lá. Mas, enquanto a busca no Santuário Naka pelo cabelo de Sasuke-kun teria sido esperada que não fosse tão fácil né?"

"Está tudo bem se nós formos olhar, deve ser lá. Acho que eles deveriam ter ido para investigar pelo menos uma vez... justo imediatamente após a Grande Guerra."

Naquela época, talvez ninguém tivesse notado a ANBU perto do Santuário Naka. Sakura sugeriu que este foi o momento em que eles pareciam ter obtido.

"Se havia alguém que tinha visto, pelo menos teriam provas circunstanciais."

"Tudo bem. Vamos tentar isso", Como Ino concordou, os três haviam decidido então suas atividades.

"Em intervalos regulares, vamos nos reunir para trocar informações. Não importa o quão trivial seja a evidência, continuaremos a recolhê-la. Entraremos na busca de Kido."

Sakura e Ino assentiram enquanto escutavam as palavras de Sai.

Embora fosse uma equipe improvisada, começou a operar de qualquer jeito.

Era bom que eles pudessem trabalhar juntos. Em vez de se preocupar desnecessariamente em seu quarto, sua mente agora estava tranquila. Sakura pensou sobre isso.

"Além disso, eu posso fazer isso pelo bem de Sasuke-kun"

Quanto a Sakura, essa era a maior coisa que ela poderia pensar sobre isso.

Kido estava irritado. Ele tinha movido com sucesso o impostor de Sasuke de maneira que foi visto em todo o mundo.

"Por que não volta?"

Era impossível que o verdadeiro Sasuke não saiba sobre estas circunstâncias. Kido não estava feliz com a 'não-reação' de Sasuke. Parecia como se o Sasuke não estava prestando atenção para o que Kido estava tentando fazer. Porque isso foi o que sentiu sua falta de ação. Mas enquanto Kido estava com raiva, uma idéia engenhosa veio a sua mente.
Se ele tomou esta medida, Kido não só aumentou a possibilidade de que Sasuke volte à aldeia, mas também seria um bom material para os planos de Kido.

"Vamos dar o próximo passo"

Kido estava conversando no escritório. Afastados de Magire, havia vários executivos. Os executivos estavam usando máscaras ANBU.

"Esta mulher..."

Enquanto ele falava, Kido agilmente apertou sua mão direita. Um momento depois, uma kunai perfurou a parede, fixando uma foto na parede.

"Seqüestrem-na. Ela é a parceira de Sasuke, uma mulher chamada Sakura Haruno. Se a mulher desaparecer, e Sasuke descobre, acho que ele volta para a aldeia."

"Se for esse o caso. Quer dizer que nós também podemos matá-la?" Disse um executivo diferente.

"Isso causaria um maior impacto sobre este jovem não seria assim?"

"Não, não a matem" Kido disse. Ele sorriu um pouco e então continuou.

"Não imediatamente."

No início, Sakura e Ino tiveram dificuldades com sua investigação.

Primeiro de tudo, o lugar chamado Santuário Naka estava localizado nos arredores da aldeia. Em torno desse local, não havia muitas casas também.

Além disso, o calendário também foi uma barreira, uma vez que elas estavam perguntando sobre eventos que aconteceram imediatamente após a grande guerra.

Já tinham se passado mais de dois anos desde o fim da grande guerra. As memórias das pessoas sobre os eventos também tinham começado a desvanecer-se.

Finalmente no terceiro dia após as duas terem começado sua investigação perto do Santuário Naka, elas ouviram uma história substancial.

" Aconteceu de eu notar a ANBU! Eu acho que havia cerca de três pessoas! "

A pessoa que disse isso era Rock Lee.

“ Quando você os viu? ‘’

Perguntou Sakura.

" Eu acho que foi cerca de dois anos atrás. "

Lee respondeu.

" Eu ocasionalmente venho por esta área, enquanto eu vou correr. Eu fui hoje da mesma forma. Bem, não é geralmente uma área bastante deserta? Por isso que eu me lembrei que eu notei a ANBU naquele dia. Bem ... mas ... Isso é porque a ANBU aparece em qualquer lugar, e isso depende da missão, certo? É por isso que eu nem sequer pensei que foi especialmente suspeito. "

Sakura e Ino trocaram olhares e assentiram.

" Sakura-san e Ino-san, o que vocês estão investigando? Se está tudo bem pra vocês, eu posso ser super útil!? "

Mesmo que Lee tivesse se oferecido, Sakura e Ino suavemente se esquivaram de uma resposta com "Claro. Se algo acontecer, vamos pedir-lhe ajuda. "

Lee também era semelhante à Naruto no qual tinha uma tendência em estar com pressa. Mas para as coisas que Sakura e Ino estavam fazendo por agora, que era estar trabalhando na coleta de evidências, as duas pensavam que Naruto e Lee seriam inadequados para o trabalho.

À noite, Sakura e Ino se encontraram com Sai. Hoje, eles iriam se encontrar juntos para apresentar um relatório sobre os resultados do trabalho do dia. Como ela estava voltando para casa, Sakura caminhou ao longo do caminho rapidamente. Porque apesar de ter sido trivial, eles tiveram resultados.

Se eles pudessem comprometer Kido, pouco a pouco, isso seria conectado a poupar Sasuke. Apenas pensando sobre isso, a força de vontade de Sakura foi reabastecida.

" Eu disse para me deixar ir! "

De repente, ela ouviu uma voz irritada. Sakura parou de andar surpresa. Isso veio de algum lugar próximo de um beco que ficava perto de casa.

Sakura espiou dentro do corredor. Já era noite, mas desde que a luz dos postes estavam brilhando um pouco, ela não estava em completa escuridão.

Um homem estava sendo preso ao solo por vários outros homens. Os homens que estavam pressionando-o para baixo usavam máscaras da ANBU.

" Isso é o suficiente, deixe-me ir! "

" Cale-se! Você é suspeito de ser um terrorista! "

" Eu estou dizendo que não sou eu! "

Entre as vozes que estavam discutindo, Sakura se lembrou da voz de quem estava sendo preso.

" Sasuke-kun!? "

Sakura aumentou a voz.

" Sakura !? "

O homem que estava sendo colocado para baixo, então levantou o rosto.

Como esperado, era Sasuke.

" Por favor, diga a eles. Quando voltei pra vila, de repente eu fui atacado. Eles estão dizendo que eu matei terroristas e tal ... "

Ela tentou dizer-lhes para por favor deixar ele ir, mas Sakura suprimiu sua voz.

‘’ Espere. Você é realmente o Sasuke-kun? ‘’

Sakura perguntou-lhe cautelosamente. De qualquer forma, ela estava sempre pensando no impostor Sasuke. Isto é, até hoje, quando ela estava hesitante sobre isso. Não importava o que, ela estava se tornando cautelosa e desconfiada sobre ele.

Sasuke pegou bruscamente uma curta respiração.

" É como eu estava dizendo. Você esqueceu o rosto de seu companheiro? Tente dar uma olhada melhor em mim. "

Havia um demônio à espreita dentro de suas observações enquanto ele falava.

No momento em que Sakura reflexivamente olhou nos olhos de Sasuke, seu campo de visão distorceu como uma névoa.

-- Genjutsu ...!

Ela não foi capaz de se levantar. Mas não era um forte genjutsu extenso. Ela instantaneamente restaurou seu perturbado chakra de volta ao normal, e depois recompôs sua postura.

Imediatamente depois, ela sentiu uma presença por trás.

「――!」

Quando ela tentou olhar por cima do ombro, ela sentiu uma dor da picada de formigamento na nuca de seu pescoço.

Era a sensação de ser injetado com algum tipo de droga.

Não havia qualquer poder fluindo em seus joelhos. Perdendo sua força, ela então entrou em colapso. Ela caiu e foi colocada com o rosto para baixo no chão.


De inicio, ela teve dor de garganta.

Com o início da dor, ela sentia que ela aos poucos foi recuperando a consciência. No ombro e no quadril dela, havia uma sensação fria e dura.

Ela percebeu que algo como ela rolou no chão com uma postura antinatural: Ela estava tentando mover as mãos e os pés, mas ela não podia.

Ela abriu os olhos lentamente. Atualmente ambas suas mãos atadas atrás das costas. Ambos os tornozelos foram imobilizados e presos por um metal de contenção física semelhante também.

Ela sentiu um pouco enjoada, mas cedeu depois de algum tempo.

O quarto tinha nada, mas de concreto. Estava vazio e espaçoso.

Na parte da frente era uma porta de ferro enferrujado. Não havia janelas, então ela não tinha certeza se ela estava no subsolo.

Ela nem sabia quanto tempo tinha passado desde que ela tinha sido sequestrada.

Ela não podia quebrar as restrições físicas ou tentar colocar força em ambas as mãos. Sua força ainda não estava funcionando bem.

Quando ela tinha sido sequestrada, algo foi injetado em seu pescoço. Talvez esse fosse seus efeitos.

Na porta de ferro, havia uma pequena janela. Ela viu que alguém estava espreitando por lá. Ele usava uma máscara ANBU.

"Ela está acordada. Informem ao Kido-sama "

Depois ele falou essas palavras, ela ouviu os passos de outra pessoa que estava indo embora.

O guarda com a máscara tinha dito 'Kido-sama'. Ela provavelmente estava em um dos esconderijos de Kido. Suas memórias voltavam de quando ela foi sequestrada.

Era um estratagema barata. A ANBU foram capturar Sasuke, que havia retornado para a aldeia. Tal coisa não poderia ter acontecido perto da casa de Sakura.

Sakura estava suspeitando desde o início. Mas ela foi descuidada por um momento. Para um shinobi, um momento como esse seria fatal.

――Isso realmente não foi bom, eu...

Sakura fechou os olhos.

Ela estava envergonhada de si mesma por ser apanhada por um truque tão simples.

Ela ouviu vários passos.

A porta se abriu e entrou um homem narigudo. Ao lado dele estava um homem de pele clara, que usava um monóculo.

O homem de nariz adunco estava usando um casaco em cima de suas roupas de missão. O homem com o monóculo estava usando um vestido branco. Atrás dos dois homens foram dois ANBU mascarado em modo de espera. Do outro lado da porta, parecia que duas pessoas foram estando o protetor sobre Sakura.
O homem narigudo estava usando um casaco em cima de suas roupas de missão. O homem com o monóculo estava usando um vestido branco. Atrás os dois homens estavam dois ANBU mascarados no modo de espera. Do outro lado da porta, parecia que duas pessoas estavam montando guarda sobre Sakura.

"Então você é Kido, hein?"

Sakura falou com o homem narigudo. A voz dela se engasgou um pouco.

"É isso mesmo, Haruno Sakura. Você *****, você não sabe sobre o paradeiro de Uchiha Sasuke? "

"...O paradeiro de Sasuke-kun? Eu quero perguntar sobre isso... ".

Ela estava em uma postura que tornava difícil de falar. Ela rolou como uma lagarta, e o inimigo olhou para baixo em cima dela. Sakura foi humilhada, então ela tinha um olhar triste em seus olhos.

"Então quem fabricou... um impostor de Sasuke... e faze-lo ser observado em vários lugares... foi você..."

"É isso mesmo. Nós pensamos que homem iria retornar para a aldeia, se fizéssemos isso. Mas ele não retornou. É por isso que nós seqüestramos você."

"A fim de... fazer o Sasuke-kun... voltar para a aldeia...?"

- (É por isso que eles) me sequestraram...?

"Você e esse homem são uma dupla. Você está no mesmo time. Vocês não eram companheiros e que lutaram na Grande Guerra juntos? Se ele souber que você desapareceu, aquele homem provavelmente retornaria à aldeia."

"Hmm, eu me pergunto sobre isso. Porque Sasuke-kun é realmente calmo e sereno. Mesmo que ele saiba que desapareci--"

"...Ele não iria voltar para a aldeia" Ela tentou continuar, mas uma pequena dor viajou por todo o peito de Sakura.

--Eu sei que o Sasuke-kun... realmente não vai voltar

- Mesmo que parecendo que eu desapareci, eh....

Ela pensou que ela queria que ele voltasse. Mas ela imediatamente tirou esse pensamento. Isso não é bom. Isso significa que se o Sasuke retornar, então ele vai cair na armadilha quando ele atende às expectativas desses caras. É por isso que Sasuke não deve voltar.

――Mas Se ele não voltar, então significa que Sasuke-kun não me preocupa tanto...

Ela sentiu um desejo por Sasuke, mas também se sentia ansiosa sobre Sasuke. A mente de Sakura estava confusa.

"Se ele não voltar..."

Kido continuou a falar.

"É uma história simples. Nós apenas vamos matar você. Se ele ouvir que o seu cadáver foi encontrado, ele provavelmente ainda vai voltar como o esperado. Pelo menos, para o funeral".

"Nesse caso, tente me matar agora!"

Ela pensou que ela poderia arrancar as algemas na raiva, mas sua força ainda não funciona bem.

"Acho que é melhor não fazer coisas fúteis"

O homem com o monóculo - Talvez este homem era chamado de Magire, o ninja médico que tinha falado.

"A injeção que colocamos em seu pescoço faz com que seus músculos fiquem dormentes. Simultaneamente, é uma droga que faz o chakra ficar difícil de moldar. É melhor se você ficar calma e se deitar ai. Dessa forma, você não estará perdendo força física. Isso é tudo."

"Ku..."

Sakura serrou seus molares.

Então Kido falou:

"Nós não vamos matá-la imediatamente. Porque o ideal é nós matarmos você diante dos olhos dele."

Sakura olhou no rosto de Kido.

"Na frente de Sasuke-kun...?"

"É isso mesmo. Dessa forma, a qualidade dos seus olhos irá melhorar"

Enquanto ele falava, Kido aproximou-se e mostrou seu maior sorriso.

"A qualidade... de seus olhos...?"

――do Que eles estão falando...?

Kido expressou um sorriso maligno quando falou.

"――O clã Uchiha é um clã que ama profundamente. Devido a essa tendência a amar profundamente, é dito que os membros dos Uchiha são concedidos uma poderosa força ocular. Você também sabia disso, certo?"

「…… 」

"Importantes membros da família, companheiros, amantes - Se um deles fossem mortos na frente de seus olhos, ninguém seria ferido pela dor. Mas, no caso do clã Uchiha, isso não é tudo o que acontece. Seu profundo pesar excessivo afeta seus nervos ópticos, e concede a força em seus olhos "

「……」
"Com a sua tristeza, raiva e tristeza... suas habilidades oculares podem ser aguçadas ainda mais. Não há dúvidas sobre isso. É por isso que você vai ser morta diante dos seus olhos"

Sakura respirou.

"Para fazer uma coisa dessas... O que vocês...?"

"Uma droga de Sharingan" disse Kido.

"Usando os olhos daquele homem como ingredientes, vamos produzir drogas. Se alguém beber da droga, em seguida, eles serão capazes de usar o Sharingan. Vai vender bem. "

A risada de Kido 'kukku' rastejou pelo chão de concreto.


Houve uma batida na porta.

Sai parou de tomar banho.

No intervalo entre as batidas, ele também podia ouvir uma voz que estava gritando 'Sai'. A voz parecia ser de Ino.

Sai colocou sua cueca. Enquanto secava o cabelo com uma toalha, ele se dirigiu para a porta da frente.

Quando ele abriu a porta, Ino estava ali.

"Sai, me desculpe...... es-espera um pouco!"

O rosto de Ino instantaneamente ficou vermelho.

"po-por que você não está vestindo roupas!?"

"Desculpe. É porque eu estava tomando banho"

De uma forma ou de outra ele pensou que sua aparência seria ótima mesmo que para Ino, não parecia ir mais além. Não só ela estava ficando com raiva, mas também era estranho que seu rosto tivesse ficado vermelho.

"Além disso, o que está acontecendo? Ainda é cedo"

Quando Sai perguntou a ela, Ino voltou a olhar para ele de novo. Seu rosto ainda estava vermelho, mas sua expressão facial estava tingida de tensão.

"Sakura se foi"

"Sakura?"

Sai parou de mexer a mão que estava segurando a toalha.

Ino então falou:

"Esta manhã, eu fui para a Clínica de Cuidados da Saúde Mental mais cedo do que o habitual. Havia papéis que deveriam ser concluídas por nós duas. Mas a Sakura não foi. Mesmo assim eu fui a sua casa, e ela não estava lá. Então eu tentei sentir seu chakra, eu não pude percebê-lo em nenhum lugar..."

Sai respirou.

"É provavelmente Kido e seus companheiros, hein"

"Eu também acho"

"Vamos procurar por ela"

Enquanto Sai falava, ele voltou para o seu quarto.


Ele rapidamente colocou suas roupas de missão, e chamou a Ino que estava esperando na porta da frente.

"Se eles querem obstruir nossa investigação, deveriam ter a matado imediatamente nessa instância. Já que a Sakura desapareceu, ela foi raptada por eles".

Ele organizou os preparativos, e depois voltou para onde estava Ino.

"E o Kakashi-sensei?"

"Ele ainda (não sabe sobre isso)" Ino disse, sacudindo a cabeça."

"Você não deveria relatar a ele com seu Shintenshin?"


Enquanto Sai falava, Ino assentia. Ela imediatamente fez um selo para usar o jutsu.

Depois de algum tempo, as mentes de Kakashi, Ino, e Sai estavam conectados através do Shintenshin no Jutsu (Técnica / Troca de Mente).

"Sensei, a Sakura foi seqüestrada"

Ino explicou a situação.

"Com Sai, nós dois vamos sair para procurar por ela agora"


"Você tem reforços?"


A voz de Kakashi transmitiu em ambas as suas mentes.

"Estou dizendo que por enquanto, muitos foram enviados em missões. Nós estamos limitados no número de pessoas que podemos mobilizar imediatamente..."

"Vai ficar tudo bem só a gente"

Sai disse.

"Sakura certamente ainda está viva. Mas uma busca em grande escala na aldeia e sem interrupções faça com que, talvez, aqueles caras matem Sakura imediatamente."
"Eu sinto muito, mas eu vou confiá-la a vocês"

Kakashi disse se desculpando.

"Eu também quero ir lá, mas o Raikage estava no rádio sem fio há pouco tempo atrás. Foi sobre querer levar o Sasuke para interrogatório. Descuidadamente, ele falou sobre se era melhor realizar uma reunião dos cinco Kage sobre isso. Temos a intenção de aguardar por um tempo e discutir as circunstâncias."
"Sensei, por favor, deixe-nos a lidar com isso. Sakura é uma de nós"

Depois que Sai falou, Ino lançou o jutsu.

"Nós dissemos que iríamos procurar... mas onde?"

Perguntou Ino.

"Nos últimos 10 dias, eu estive observando Kido. Sei de vários lugares onde esse homem deve estar. Vamos lá"

"Mas eles não sabem que Sai já foi investigá-los? Se fosse algum lugar que o Sai sabia, então eles não iriam prender a Sakura lá, certo... ".
Sai assentiu. Ino tinha um ponto.

"Há algo que eu estou considerando. Mas é uma forma um tanto forçada de fazer as coisas."

"Vamos", disse Sai. E então Sai começou a se mobilizar.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...