~LadyPacifist

LadyPacifist
Nome: =^-^=
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

+Ficha: Desaparecidas, em torno de pesadelos.+


Postado

+Ficha: Desaparecidas, em torno de pesadelos.+



★(`'•.¸(`'•.¸ ℱicнα ¸.•'´)¸.•'´)★

✾NOME & SOBRENOME : ✾

Michiyo Despair

[Significado de Michiyo: O caminho]
[Significado de Despair: Desespero]


Os pais de Michiyo sempre gostaram de nomes japoneses, queriam algo que saísse do padrão. Então muito antes da garota nascer combinaram que o nome da criança seria em japonês – apesar de sua nacionalidade não ser esta. - assim que a garota nasceu, demorou um pouco para escolherem um nome que encaixasse com o sobrenome da família Despair (Desespero) até que a tia de Michiyo chegou com um nome que combinaria de forma “perfeita”. O Caminho do Desespero, é um significado um tanto... Ruim.
Quando a garota tinha idade o suficiente – lá pelos cinco anos. – passou a ter um certo remorso em falar seu sobrenome. Pois quem iria querer ser amiga de uma pessoa que tem o nome de “Caminho do Desespero”?



✾IDADE:✾

16 anos.

[Data de nascimento: 25/07]
[Signo: Leão.]



✾NACIONALIDADE:✾

Britânica.




✾PAIS EM QUE VIVIA:✾

Inglaterra.



✾APARÊNCIA:✾






✾DESCRIÇÃO DA APARÊNCIA:✾

Michiyo tem sedosos cabelos vermelhos, que vão até um pouco acima dos ombros – alguns centímetros acima, para dizer a verdade. - e apesar do cabelo dela ser curto, dá para fazer alguns penteados. Sua franja é repartida em duas partes, sendo perfeitamente arrumada mas com alguns fios rebeldes que teimam em ficar no meio. Os olhos da garota têm um tom roxo intenso e brilhante, que ganham um grande contraste por causa de seus longos cílios negros. As bochechas de Michiyo têm uma leve coloração rosada, natural, dando-lhe um ar inocente e até mesmo um pouco fofo e esse leve “rubor” em seu rosto destaca-se mais por causa de sua pele alva, então quando a garota cora a sua vergonha fica muito evidente e quase impossível de disfarçar. O corpo da ruiva não é ruim, ela possui seios nem tão fartos e nem tão pequenos, do tamanho perfeito, possui todas as curvas nos lugares certos (Algumas vezes chega a agradecer por ter usado espartilho, apesar de detestá-lo), as coxas da jovem são fartas e bem delineadas, antigamente tinha uma gigantesca vergonha de seu belo corpo pois atraia olhares lascivos de velhos nobres insuportáveis. Os traços de Michiyo são delicados e sua beleza é exuberante.




✾PERSONALIDADE :✾

A personalidade de Michiyo Despair pode ser definida com muitas palavras e algumas delas são: Irritante, rancorosa e arrogante ou confiável, fofa e atrapalhada. Isso tudo depende de quem está conversando com ela.
Michiyo como qualquer pessoa tem um lado personativo um tanto “ruim”. Com as pessoas que não confia, não gosta ou não conhece direito a ruiva é alguém insuportável e irritante. É um tanto séria, e sabe como portar-se muito bem, exigente e na vista dos outros muito “metida”, repetindo várias vezes palavras como ‘Bastardo.’ ‘Idiota.’ ‘Imbecil’ e sempre mostrando o quanto “é superior” e seus talentos. Sempre que alguém que não lhe agrada a elogia, ela cora mas olha para o lado para não deixar mais evidente o rubor de sua face e se alguém perguntar algo como:
“- Está envergonhada?” (Ou qualquer coisa que tenha haver com seu constrangimento.) ela apenas dá uma curta risada sarcástica e vira de costas, dando uma resposta educadamente fútil e no final sai rapidamente da vista da pessoa. Indo para algum lugar onde possa “expor” o quanto ficou envergonhada. Michiyo recusa-se a buscar ajuda daqueles que não confia ou gosta e em situações de “debate”, sempre tenta achar argumentos melhores e mais inteligentes e quando seus “argumentos” falham, a garota fica extremamente envergonhada e tenta mudar de opinião rapidamente.

Com quem gosta, ela é bem adorável e tende a ser mais solta e fazer algumas piadas sem sentido algum. Adora receber abraços, pois se sente acolhida de adorada e sempre estará disposta a receber e dar abraços. Michiyo é muito desajeitada, e deixa isso mais evidente com seus amigos próximos, várias vezes pode se encontrar caminhando e do nada “puft” ela cai no chão(A mãe da garota já a repreendeu diversas vezes por causa deste comportamento inadequado). Ela é inteligente, mas se colocar alguma equação complexa na frente da jovem ruiva, ela apenas encarará o papel fixamente por um longo tempo sem saber o que fazer, sempre preferiu literatura à matemática ou física. Adora ler poemas e livros de histórias, os livros que a garota normalmente lê são romances pois sempre sonhou em encontrar alguém que fizesse seu coração palpitar como alguns escritores da época escreviam, ou até mesmo ter um romance proibido como Romeu e Julieta(Mas cada vez que ela pensa no assunto de “Romeu e Julieta” ela desiste desta história, já que o casal morre no final. Michiyo desejava ter um final feliz). Sempre faz de tudo para seus amigos ou pessoas próximas, usando muita força de vontade para realizar algum pedido deles e fica muito frustrada quando não têm êxito, só aceita opiniões das pessoas que gosta – mesmo que não lhe agrade a ideia de alguém “opinar” suas ações.
Algo ruim que Michiyo tenta não demonstrar as pessoas próximas, é seu gigantesco ciúmes, a ruiva é extremamente possessiva e fica muito irritada e até mesmo agindo de forma nada elegante – digamos um pouco “bruta”. – quando está sentindo o “abominável” ciúmes. Há poucas pessoas que sabem o quão ciumenta é a garota, pois essas poucas pessoas conseguiram fazer com que Michiyo chegasse ao limite da pose de “amiga liberal”(Seus amigos na época).
Ela é hiperativa e não consegue parar um momento quieta, sempre tem que estar fazendo algo, o tédio é o pior inimigo de Michiyo e quando ela está entediada e não têm nada que possa tirar-lhe dele, a garota deixa os modos de dama e começa a fazer coisas muito perigosas e indecentes – ela escalava árvores e ficava pendurando-se nelas, essas coisas. Tudo sem seus pais saberem. - a ruiva é totalmente dispersa com sua saúde e quando adoece ignora e esconde o quão mal está se sentindo, até que seu corpo chegue ao limite e ela fique realmente doente, de cama por vários e vários dias. Também é bastante narcisista e caprichosa, em ambos os lados de sua personalidade “Agradável” e “desagradável” mas tenta ao máximo não deixar essa sua parte narcisista estragar a imagem de seu lado gentil e legal.
As vezes Michiyo é bem infantil quando se trata de alguns assuntos, também fica bem ignorante. Sabe aquelas crianças que você diz, briga, explica e elas não entendem? Então, esta é a ruiva quando está incomodada com algo(A maioria das vezes a infantilidade vem junto com o ciúmes) e ela começa a falar as coisas sem pensar, coisas que sempre se arrepende.




✾GOSTOS & DESGOSTOS:✾

◩Gostos:◩

➢Doces.

Agarota ruiva tem uma enorme paixão por alimentos adocicados, em especial bolos e tortas. Ela está com um humor para baixo? Dê a ela uma torta de limão com chocolate, verá um genuíno sorriso nascer nos lábios de Michiyo
➢Chá.

Michiyo todos o dias toma chá e no mesmo horário, as cinco da tarde(“O chá das cinco”, que clichê, não é mesmo?) era este o horário que ela lanchava com sua família. Todos os chás a agradam, menos o chá preto, possui uma antipatia enorme com chá preto mesmo assim toma. Quando estavam lhe explicando coisas sobre a atualidade, ela ficou curiosa em saber o que são “chás de saquinho” e assim que provou ficou revoltada, pois o gosto não é o mesmo de sua época... É até fraco demais.

➢Música clássica.

É uma das paixões da jovem, sabe tocar piano com perfeição e um pouco de violino. Mas tem vergonha de tocar violino na frente de outras pessoas, pois sabe o básico e somente uma música completa, um dos objetivos de Michiyo é conseguir tocar este instrumento assim como ela toca o piano.[/
i]
➢Vestidos elegantes e bonitos.

[i]Como é citado, ela gosta bastante de se arrumar e ficar bonita.

➢Chuva.
Na melhor do que um passeio na chuva, sentir as frias gotas terem contato com a pele e as roupas e cabelos ficarem encharcados. Michiyo definitivamente ama chuva, sempre que possível ia dar uma voltinha e nessas “voltinhas” ela pensava em tudo – seus problemas em geral. -

➢Dias mais frios.
Nada melhor do que tomar chá no frio, sentar-se a beira da lareira lendo um belo romance. Definitivamente outono e inverno, para a ruiva, são as melhores estações. Além da primavera, pois ela gosta do jeito que as flores colorem o tudo.

➢Coelhos.

São fofos e tem pelo macio. De todos os animais que Michiyo gosta, coelhos estão no topo da lista, sempre que vê um coelho fica acariciando-o e dando cenouras, dentre outras coisas.

◩Desgostos:◩

➢Calor.

Quem gosta de suar? Para a ruiva, o único lado bom do calor é poder nadar mas tirando isso. Ela detesta calor.

➢Locais barulhentos.

Quando Michiyo está tentando raciocinar ou até mesmo organizar seus pensamos, em um lugar com muito barulho ela vai se desconcentrar. Tende a tapar os ouvidos com as mãos e fechar os olhos quando isso acontece, a garota fica muito irritadiça quando não está conseguindo chegar a um resultado para suas perguntas próprias por conta do barulho.

➢Matemática.

Mesmo se souber calcular, nunca consegue gostar de matemática. Quando sua mãe tentava ensina-la, a ruiva fazia um enorme esforço para manter-se motivada a resolver os cálculos.

➢Mentiras.

Apesar de todos mentirem na vida, ela detesta. A garota aceita que ela mesma minta, porém não gosta que os outros mintam para ela. (Algo bem errado da parte de Michiyo, mas ela está ciente disso.)

➢Perder.

Sim, Michiyo é extremamente competitiva e quando perde fica extremamente emburrada com isso, chegando até mesmo ficar um pouco “bruta” com a pessoa que lhe ganhou e demora alguns dias para aceitar a derrota.

➢Ser tratada como uma criança.

Por mais que as vezes as atitudes de Michiyo sejam um pouco... Infantis, ela acha que não têm necessidade para tratar-lhe como uma criança. Fará de tudo para mostrar o quanto é crescida.

➢Passar vergonha.
Ela detesta, mas é algo que sempre ocorre com Michiyo. Sempre acontece algo para deixa-la constrangida e ela detesta isso, sempre tenta evitar mas acontece.




✾MANIAS & VICIOS & FOBIAS & MEDOS & TRAUMAS:✾

◩Manias◩

Franzir as sobrancelhas e começa a enrolar as pontas dos cabelos quando está mentindo, é meio que automático e ela não percebe.
Morder os lábios e prender a respiração quando quer falar algo que não pode.

◩Fobias◩

Claustrofobia. -Pavor de lugares apertados- (Explicação na história)
Escotofobia – Pavor de escuro- (Explicação na história)

◩Medos◩

Aranhas. Não chega a ser aquele enorme medo, porém ela tem...Está mais para nojo. Ela não se apavora quando vê uma aranha, mas se tiver que matar, Michiyo fica hesitante e com medo que a aranha pule em si.
Um pouco de medo de altura, nada muito exagerado.

◩Traumas◩

~Serão explicados na história.~


✾HISTÓRIA:✾

Michiyo cresceu numa família feliz, rodeada de pessoas boas. Uma criança com ótima vida, que ganhava tudo o que desejava, nunca vai entender o conceito de “família ruim” no sentido literal. Quando menor a ruiva se comunicava melhor com as pessoas e fazia amizades facilmente, mas conforme o tempo foi passando ela foi se tornando a garota um tanto... Difícil de lidar, que é hoje.
Sempre teve uma ótima convivência com Vincet, adorava ser a filha mais nova e ter várias regalias a mais por causa disso, quando soube que Becky estava grávida novamente a garota ficou levemente chateada com isso e não queria de modo algum que a sua mãe desse a luz ao mais novo. Essa foi a primeira vez que Michiyo demonstrou grande egoísmo, brigou com seus pais e disse coisas muito cruéis, o que deixou tanto Elliot, quanto Becky pasmos com a reação negativa da jovem. Claro que aquilo foi somente uma fase, pois assim que o irmãozinho nasceu ela achou-o fofo mas mesmo assim demorou até admitir que estava tudo bem.
Quando a jovem completou dez anos, seu “círculo” de amigos ficou bem restrito, ficando somente a socializar com duas amigas e um garoto. Pois os seus antigos amigos, pessoas aleatórias, falaram que Michiyo é realmente o que o seu nome diz “O caminho do desespero”, somente porque estavam passando por fazes um tanto... Ruins na família. Porém ela não foi abalada por causa disso, sempre foi ciente sobre o seu nome e que uma hora ou outra alguém iria surgir com este assunte, mas por as pessoas que disseram eram antes as pessoas que ela andava, não pôde deixar de se sentir um pouco frustrada com a situação. Certo dia, uma de suas amigas veio apresentar-lhe um garotinho Derick, um garoto de cabelos loiros e olhos vermelhos, tão gentil e adorável, que a ruiva simpatizou rapidamente com o rapazinho passando a se importar mais com ele do que com os outros amigos – Um gesto errado da parte da garota ruiva. Os tempo foi passando-se, não, Michiyo não se apaixonou por Derick ou coisa do tipo, sempre viam-se como irmãos muito unidos e praticamente visitavam a casa um do outro todos os dias.
Michiyo então certo dia soube que os pais de seu “irmão” haviam falecido em um naufrágio, enquanto viajam para resolver coisas no exterior. Mesmo sendo muito tarde da noite quando descobriu, insistiu para alguém leva-la até a moradia de Derick, precisava ir ver o grande amigo e consolá-lo mesmo sabendo que as coisas não ficariam bem nunca e que ele não iria superar isso. No meio do caminho, na carruagem, a garota remexia-se inquieta no banco de couro vermelho, perdida em seus devaneios até que algo veio na cabeça da jovem. “– E se for por minha causa que os pais dele morreram? Afinal ‘O caminho do desespero’ é o significado do meu nome. Posso ser amaldiçoada...” Essa possibilidade a deixava aflita a ponto de chorar e querer se desculpar com o loiro infinitas vezes, quando chegou lá pediu para seus pais irem para casa e não se preocuparem, afinal os tios de Derick estavam com o loiro, hesitantemente o casal assentiu e foram para casa. Ela, ao ver o amigo sentado em um dos sofás de cabeça baixa, quis por algum motivo chorar por vê-lo tão triste – nunca aprendeu a lidar com situações tensas. – foi até o garoto em passos largos e rápidos, envolvendo os braços em volta de Derick, dando-lhe um longo abraço. Michiyo estranhou o fato de não ver nenhuma lágrima vinda do “irmão”, talvez ele estivesse segurando-se?
“- Derick... – A ruiva murmurou aflita, olhando para o loiro com certa pena.
-...- O garoto nada disse, simplesmente começou a rir do nada. – Não me olhe assim, Michi.
- Está rindo? – Michiyo indagou um tanto surpresa.
- Sim, sim. Por que não estaria? – Derick gargalhava histericamente, curvando-se para frente sentindo a barriga começar a doer.
- Porque seus pais morreram! – Exclamou um tanto alterada com a reação do loiro. Arqueando uma de suas sobrancelhas ao ouvir as risadas se cessarem.
- É, eu sei. – Disse num tom baixo. – Mas é algo natural da vida, não é mesmo? Pessoas vem pessoas vão, amanhã eu ou você podemos não estar vivos. – Respondeu dando de ombros. – Você têm doze anos, deveria saber disso.
- Eu... Eu... – Michiyo não sabia o que responder, estava frustrada por tudo aquilo estar acontecendo e até mesmo um pouco irritada ao ver a reação aparentemente tranquila do filho do falecido casal.
- Michi, não faça esta expressão. – Ele apertou as bochechas rosadas da garota. – Vamos nos divertir, tenho algo para lhe mostrar,
- Certo, desculpe. – A ruiva abriu um sorriso amarelo.”

Ela o acompanhou até o jardim, brincaram de diversas coisas até que uma hora o loiro estava correndo e caiu, rapidamente a ruiva veio o “socorrer”, extremamente preocupada e assim que ajudou o irmão – de coração. - a levantar, percebeu que lágrimas escorriam por suas bochechas, Derick cerrou os punhos trincando os dentes.
“- E-Ei, se machucou? Algo dói? – Michiyo perguntou desesperada, analisando o loiro para verificar se algo sangrava.
- Sim, Michi. –Soluçou. – Tudo dói. Eu estou sozinho. – Disse em um tom de voz melancólico.
- Não está sozinho. – Respondeu, segurando a mão do loiro. – Você tem o resto de sua família e tem seus amigos e eu.
- Mas todos vão me deixar! – Gritou um pouco alterado.
- Eu não vou jamais lhe deixar, Derick. – Michiyo disse confiante, vendo os olhos vermelhos do garoto se fixarem nos seus.
- Mesmo? – Indagou, com a voz trêmula. Ela assentiu, abrindo um sorriso dócil. – Não confio em você. Mas tudo bem, farei com que você nunca me deixe, Michi. Jamais. – Ele riu de leve, empurrando a ruiva no poço que eles estavam próximos.”

O poço era pequeno, e havia água para “amortecer” a queda da jovem Michiyo mas de algum jeito depois um tempo o poço estava vazio, conversou com Derick e implorou para o amigo tirá-la daquele local mas o loiro de olhos avermelhados apenas riu e colocou algo para tapar o buraco do poço, deixando-a totalmente no escuro. Ela recebia alimento, Derick sempre descia algumas comidas e bebidas dentro de um balde e a ruiva comia, sempre que ouvia a voz do loiro tentava o convencer para tirá-la dali, aquelas “paredes” de pedra e o escuro estava começando a sufocar a ruiva e deixa-la em pânico. Michiyo não sabe quanto tempo se passou desde o ocorrido, mas sabe que não foi longo – talvez duas semanas. - seus pais a resgaram e ficaram mais zelosos quanto a ruiva, que passou a der um incrível medo de escuro e pavor de ficar em lugares muito apertados. Apesar de não ter sido “grande coisa” a garota realmente ficou traumatizada com o ocorrido, mas jamais quis ver Derick como alguém ruim. Com quinze anos, a ruiva perdeu os pais em um acidente de carruagem, enquanto viajavam para visitar um amigo da família, Michiyo perdeu a memória mas sobreviveu.




✾PARENTES:✾

◩ Mãe de Michiyo◩


Becky Despair, a mãe de Michiyo. O sobrenome “Depair” vem da família do marido, o sobrenome de solteira de Becky é “Scarlet”. A beleza da mulher é exuberante, as cores vermelho e preto são suas favoritas e constantemente a ruiva era vista usando essas tonalidades de vestido, um tanto exagerada a sua paixão pelo vermelho porém combina com a aparência da mulher. Pele alva, nariz arrebitado e lábios pálidos – que a maioria das vezes estão cobertos por uma camada de batom vermelho. - Os cabelos da mulher são longos e lisos, a franja da mulher é repartida em duas partes e é mais “rebelde” que a franja de Michiyo. Seus olhos são azuis, como duas safiras brilhantes que se destacam perfeitamente por causa de seus cílios longos e negros. O corpo de Becky é atraente, típico de uma mulher, seios levemente fartos, cintura fina e pernas bem torneadas.
Embora ela pode parecer fria e egoísta quando lida com os outros, Becky se preocupa muito com os filhos. Ela também tem muita força de vontade e persistência, é teimosa, recusa-se a recuar de qualquer situação enquanto ela não estiver resolvida. Para a ruiva, mexer com seus três filhos é uma coisa inadmissível, e dependendo da situação a ruiva recorre a métodos normais, mas em situações com mais “urgências” ela não hesitará em recorrer à chantagem, violência, extorsão ou quaisquer outras que faça a pessoa que ameaçar machuca-los se arrepender e nunca mais pensar na possibilidade te tocar seus filhos. Ela é uma Condessa um tanto assustadora, sua personalidade é forte e isso dá para ver quando conhece a ruiva.
A expressão de Becky normalmente parece maldosa ou irônica, porém ela é uma ótima mãe. Só que exige muito de sua filha do meio, Michiyo, que por ser a única mulher da família deseja ensina-la a ser uma boa dama e as vezes acabava brigando com a ruiva menor por causa de seu jeitinho desastrado e algumas maneiras ruins dela. Porém adorava quando a filha não gostava de alguém, porque aí mostrava que educou a sua filha de forma correta... Apesar de Michiyo ser um pouco sem-educação algumas vezes.

◩Pai de Michiyo◩


Elliot Despair, o pai de Michiyo. Um sedutor homem esguio de pele pálida e cabelos platinados, o sobrenome “Despair” vem da família do albino. Michiyo têm os olhos da coloração dos olhos do pai, roxos, mas os da jovem garota são mais “vibrantes”.
O Conde quando está com pessoas que não gosta ou não tem intimidade, é retratado como um homem distante, frio e enigmático, até mesmo um tanto assustador por conta de seu olhar e tom de voz, algumas mulheres sabem a beleza que o homem possui deixando Becky, a esposa de Elliot enciumada. O albino é super protetor com os filhos, ama-os incondicionalmente e quando está com família e amigos chega a ser mais descontraído mesmo assim é calado, bem diferente da ruiva maior. Tenta ao máximo fazer com que as esposas e os filhos estejam contentes e detesta quando alguém fala algo um tanto “inapropriado” sobre sua esposa, deixa-o um pouco irritadiço.
Sua convivência com Michiyo, a filha do meio, é ótima. Eles passavam juntos quando a garota era menor, mas conforme o tempo foi passando e a jovem ruiva foi crescendo aproximidade passou a não ser tanta, porém ela ainda é muito ligada com o pai. Elliot ensinou a jovem a tocar piano, Becky estava ensinando a filha a tocar violino. Adorava ver o entusiasmo e o brilho das orbes arroxeadas da garota ao tocar uma música, acha que a filha tem um jeito adorável e que lembra-o a maioria das vezes Becky quando era jovem
.

◩Irmão mais velho de Michiyo◩


Vincet Despair, o irmão dois anos mais velho de Michiyo. Um rapaz de pele branca, com cabelos ruivos, como a mãe e olhos roxos como os do pai, as vezes poderia ser comparado como o irmão-gêmeo da jovem, mas a diferença entre ambos é evidente.
Ele fala de maneira educada e é bem inteligente, adora provocar a irmã e desafiá-la com desafios matemáticos – sabendo o quanto ela é ruim. - e Michiyo devolve isso com desafios que envolvam literatura, por justamente saber que Vincet não é muito bom nisto. Os dois ruivos são muito grudados, Michiyo faz de tudo para agradar o mais velho e adquirir vários elogios vindo dele. O mais velho detesta as atitudes que a irmã exibe quando não gosta ou não conhece direito alguém e sempre a corrige quando está por perto, o rapaz teme com que a sua desastrada irmã se machuque em uns dos seus diversos tropeços. É bastante protetor, detesta que alguns rapazes tentem “azarar” sua irmãzinha, afinal têm ciúmes de irmão e não consegue imaginar a jovem ruiva com alguém. Apesar de Michiyo ter sido prometida ao seu melhor amigo, que é filho de outra família com bastante dinheiro.
Vincent tem uma “noiva prometida”, a filha da irmã de sua mãe, sua prima. Annelise Morgan, ambos não desejam se casar no momento e nem no futuro, não conseguem se ver como marido e mulher e sim só como primo e prima. Porém são bastante unidos e as vezes, quando Annelise o visita dão a entender aos outros em volta que estão apaixonados, mas não estão.

◩Irmão mais novo de Michiyo:◩


[b]T[/b]homas Despair, o irmão caçula de Michiyo e Vincet. Têm cabelos brancos como o pai e olhos azuis como a mãe, um garotinho com a aparência fofa. O albino é agitado e alegre, sempre é visto com um enorme sorriso no rosto, é bastante inteligente para a sua idade – nove anos.
O garoto é bastante apegado aos irmãos, admira o mais velho por sua inteligência e cavalheirismo e meio que negligencia Michiyo por ser meio “bobinha” e era visto chama-a constantemente de “Irmã idiota.” Mesmo assim não pode deixar de admirá-la por seus grandes esforços e seu jeito de ser, não gosta de ver a ruiva chateada e a maioria das vezes quando estão interagindo à sós, só entre si, ele demonstra o seu lado de menino fofo. Não gostava da ideia da irmã ter um noivo, sempre ficava grudado na irmã quando o noivo da ruiva ia até a mansão Despair. Adora tocar violino e faz amizades com facilidade, adora doces e seu favorito é bolo de chocolate.

◩Tia de Michiyo:◩


Emilly Morgan, tia de Michiyo, irmã gêmea do pai da ruivinha – por mais que não pareça. – casou-se com Oliver Morgan e teve Annelise Morgan. Uma mulher de aparência jovem, pele alva, cabelos brancos, olhos arroxeados e um belo corpo.
Emilly é alguém gentil e compreensiva, preocupa-se demais com todos em sua volta e ama demais o irmão-gêmeo – amor fraternal, claro. – e seus sobrinhos. Ficou super empolgada ao saber que Becky teria seu primeiro filho, e desde que Vincet nasceu a mulher de cabelos platinados esteve presente, ela foi quem deu o nome a pequena ruivinha de “Michiyo” e ficou muito animada quando os pais da garota aceitaram a opção. Michiyo adora a tia, ela para a ruiva é como se fosse sua melhor amiga que lhe ajudará em todos os problemas.



✾ESTILO DE ROUPAS:✾

Quando Michiyo “acordou” e ficou sabendo sobre as roupas modernas, tentou pesquisar sobre e por mais que achasse roupas belas e agradáveis julgava que faltava um tom mais “Clássico”. Então, depois de perguntar para várias e várias pessoas diferentes e pesquisar – inutilmente, pois não encontraria a resposta que desejava. – em livros, encontrou algo chamado “Lolita” e depois de algum tempo o estilo “Vitoriano” querendo imediatamente roupas do estilo “Lolita Vitoriano”, no inicio ficou levemente incomodada por usar vestidos curtos –porque naquela época, ela adorava usar vestidos compridos. – porém aos poucos foi se adaptando. E também teve um certo conflito em usar roupas intimas normais, já que naquela época usava-se um espartilho. Mas conforme o tempo foi passando e ela foi convivendo com as pessoas da época atual, ela passou a usar roupas normais... Sabe, "na moda".




✾TIPO DE SANGUE E CURIOSIDADES SOBRE ELE:✾

O tipo sanguíneo da ruiva é A-

✥Curiosidades✥
Para os vampiros, o gosto do seu sangue dão é doce mas não é amargo, é meio termo e agradável. Não chega a ser tãooo viciante mas não perde seu sabor que deixa um pequeno gostinho de “Quero mais”.




✾CURIOSIDADES SOBRE A PERSONAGEM✾
➢ As cores favoritas de Michiyo são roxo e amarelo.
➢ É anêmica.
➢Michiyo fica com a garganta irritada se ficar falando alto por muito tempo.
➢ Tem 1,61cm de altura.
➢Escreve com a mão direita.
➢Michiyo escreve romances, inclusive com cenas “indecentes”, ou seja, pervertidas.
➢A ruiva lembra-se de relance de um garoto loiro de olhos vermelhos, mas não consegue se lembrar quem ele é.



✾PAR:✾

Ayato Sakamaki.


Mostrar Spoiler: Sobre mim

JÁ FAVORITOU?

Faz tempo XD

JÁ COLOCOU EM SUA ''BIBLIOTECA''
Sim.

LEU AS REGRAS?
Sim li as regras.
Yuri Koneko possui 17 anos, loira, olhos castanhos e possui uma personalidade explosiva.

CONFIA EM MIM?
Claro.

ACEITA HENTAI, LEMON E ECCHI?
Opa, claro que sim ¬u¬

SABE QUE SUA PERSONAGEM ESTÁ EM MEU TOTAL COMANDO E QUE PODE SER ABUSADA SEXUALMENTE, TORTURADA, PUNIDA E MORTA

Sim.

ACEITARÁ OS TERMOS QUE PASSAREI PARA TODAS?
Claro <3

VAI DETALHAR?
Sim \o/

VAI COMENTAR EM TODOS OS CAPÍTULOS?
Claro que sim *u* e comentários gigantes! Mesmo se eu não for aceita.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...