~whiskey

whiskey
.a #1 fa de itazura na kiss
Nome: ㅤ cherry.:
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

(tcr/+


Postado

"People change their minds. You hate someone today, but
you may become fond of that person tomorrow"
Naoki Irie

+ i just wanna one love +



・゚*。nome e apelido❀*ೃ
Irie Satomi
(Satomi nunca teve apelidos, infelizmente)

❀*ೃ idade・゚*。
18

・゚*。nacionalidade❀*ೃ
Japonesa.

❀*ೃ personalidade・゚*。

Considerada a número 1 do Japão, Satomi não é nenhuma brincadeira. Seu QI equivale a 200, e pode resolver qualquer questão ao mesmo tempo em que você diria “arroz”. Não costuma trocar muitas palavras com as pessoas, mantendo-se sempre atrás de um livro, respondendo comentários com ironia pura. Irrita-se com pessoas que são demoradas a entender as coisas, logo pelo fato de que tem muita facilidade em entender tudo (Satomi apenas precisa ler ou ouvir algo, para decorar rapidamente). Costuma ser arrogante com pessoas que em sua opinião são “inconvenientes” para a sua vida.

Mas, mesmo com todo seu jeito fechada e fria, costuma demonstrar em pequenos atos a afeição pelo próximo. É alguém que desconhece sentimentos (sabe o que são e como são produzidos, apenas isso), e por isso, demora a entendê-los.

・゚*。aparência❀*ೃ


Satomi tem cabelos castanhos, que sob a luz do sol tornam-se claros, como o caramelo. Tem um rosto bem desenhado, com traços delicados e olhos grandes. Seu corpo eh pequeno, e não possui, apesar de toda sua idade, muitas curvas acentuadas.
Há quem diga que a garota foi uma boneca de porcelana em sua vida passada.

❀*ೃ breve história・゚*。

Satomi nasceu no dia 21 de Novembro de 1998, em Tokyo, Japão. Filha do dono de uma grandiosa empresa, e de uma tenista famosa no exterior, nunca lhe faltou nada na vida. Apenas, é claro, um humor alegre – tal que seria impressionante a menina não o ter, afinal, ambos seus pais tinham um grande carisma e alegria contagiante –.
Satomi era uma criança calada, não interagia com seus coleguinhas e por isso, não possuía amigos. Enquanto meninas de 12 anos se preocupavam em sair com garotos, Satomi entrava de cabeça em feiras de ciências e grandes projetos, sempre ganhando nota máxima – com um detalhe: ela não precisava estudar para tal.

Nunca passou por situações difíceis, ou medo de alguma nota. Viveu em seu perfeito ritmo, sem emoções ou sentimentos extremos. Desde pequena rejeitou afeição alheia, cartas de amor ou convites para sair. Não que isso mudou quando Satomi fez 18 anos.

Seu pai queria um sucessor, e, a garota era sua perfeita escolha. Porém, para ela que era boa em tudo, trabalhar em um escritório lhe parecia uma ideia entediante, fácil demais. Foi uma surpresa que, dois meses após terminar o Ensino Médio, Satomi decidisse tornar-se médica. Era a única coisa que para ela, que poderia fazer tudo, lhe deixava intrigada e excitada. Não foi um espanto que ela passou na prova de admissão para a faculdade de medicina.
Mas, antes que pudesse revelar para sua família o destino que escolhera, sua mãe, angustiada por Satomi nunca ter tido interesse romântico, a inscreve para o tal “The Cupid Reality”.

・゚*。gostos e desgostos❀*ೃ

satomi gosta de:

ೃ tênis.
ೃ livros (nada de romance, conteúdo)
ೃ música clássica
ೃ cachorros
ೃ desenhar

satomi não gosta de:

ೃ pessoas lentas.
ೃ camarão.
ೃ porões
ೃ ser interrompida.

❀*ೃ orientação sexual・゚*。
Heterossexual

・゚*。um(a) namorado(a) perfeito(a) seria…❀*ೃ
Irônico seria dizer que alguém perfeito para Satomi seria o oposto da garota. Alguém alegre e positivo, grudento a certo ponto de ela achar irritante. Uma pessoa que reconhece seus sentimentos e os faz despertar em Satomi.

❀*ೃ outras informações・゚*。

❀ morre de medo de porões, tem claustrofobia.
❀ é alérgica a camarão.
❀ decora tudo que lê ou ouve pela primeira vez.
❀ sabe cozinhar perfeitamente bem.
❀ é fluente em japonês, coreano e inglês.
❀ seu QI é 200.

❀*ೃ・゚*。



・゚*。nome e apelido❀*ೃ
Alice Kim
(Costumam chama-la de Ali ou Lice).

❀*ೃ idade・゚*。
18

・゚*。nacionalidade❀*ೃ
Sul-Coreana, Americana.

❀*ೃ personalidade・゚*。

Curiosa. Essa é a palavra que poderia definir Alice – pensando assim, seu nome lhe cabe perfeitamente bem, se entendes do que estou falando, é claro –. Tudo pode lhe causar uma comichão de curiosidade, e com certeza ela irá colocar perguntas ao vento. Assim como é curiosa, tem todas as palavras na ponta da língua, e podemos dizer que seu dom é deixar todos sem palavras. Alice é uma garota mais de palavras do que atitudes, e poderia convencer alguém a fazer qualquer coisa, apenas conversando com a pessoa.

Consegue facilmente captar mentiras no ar, e, desgosta de pessoas mentirosas e trapaceiras. Afinal, Alice gosta do justo e honesto, dando valor extremo ao bom caráter. Por isso, está sempre na defesa de quem precisa, e merece. Mesmo a magoando, Alice deixará o passado para trás e se você for merecedor, será melhor do que você foi a ela.

O tédio é seu pior inimigo.

É um tanto brincalhona e divertida, e podemos dizer que não tem talento nenhum para piadas, afinal, as suas são horríveis. Costuma ser sentimental e tem uma queda por dramas, gostando de citar frase de seus filmes favoritos. Isso! Podemos dizer que esse é seu vício, a cada dia ter uma frase retirada de um novo filme que ela vira. Gosta de deixar boas impressões nas pessoas, e contagiá-las no começo. E com isso percebemos que Alice não é tímida, tampouco fica no seu cantinho quieta. “Quieta?”, essa palavra é definitivamente, o contrário de Alice Kim, a menina curiosa, contagiante e impulsiva.

・゚*。aparência❀*ೃ


Alice tem rosto pequeno, com bochechas salientes que, em contraste com seus dentes dianteiros um pouco alongados, fazem-na ficar semelhante a um esquilo. Tem olhos estreitos e brilhantes, a boca bem desenhada dando-a um ar angelical. Seus cabelos são de um castanho escuro, cortados acima dos ombros, e uma franja alinhada acima a suas sobrancelhas lhe dão um ar delicado. É de estatura baixa, com braços e pernas finas.

❀*ೃ breve história・゚*。

Alice nasceu no dia 2 de Junho de 1998, em Busan, Coréia do Sul. É filha de um escritor americano (Creio que achamos quem escolheu o nome da menina), e uma enfermeira coreana. Por conta da ausência dos pais, Alice foi criada por uma babá, que sempre lhe contava histórias da biblioteca de seu pai, exatamente às 20hrs da noite. Era aquela mulher que dava conta das perguntas incessantes de Alice, e que tinha a paciência certa para respondê-las quantas vezes fosse necessário, até ela entender.

Assim que cresceu, Alice começou a ajudar seu pai com suas obras. Ela era, de acordo com ele, sua “fonte de inspiração”. Compartilhar aqueles momentos, entre palavras e narrações, fez crescer na menina o sonho de ser como seu pai, um fabricador de histórias. Aos 15 anos, ela recebe a notícia de que, a caminho de uma editora, seu pai foi atropelado, e morreu na hora. Foi um completo choque para Alice e sua mãe.

Talvez, aquele foi o estopim para ela. Queria honrar o trabalho de seu pai, faze-lo orgulhoso de onde estivesse. Passou sua juventude organizando ideias, sem tempos para pensar que aquela era o momento para “novas experiências”. Enquanto pesquisava na internet algo relacionado à sua obra futura, deparou-se com o enunciado do The Cupid Reality. Não! Não estava carente, muito menos com o coração solitário, porém, queria obter novas experiências, descobrir os motivos que levam os humanos a fazerem certas escolhas. Por isso, que naquele dia chuvoso, ela clicou naquele site.

・゚*。gostos e desgostos❀*ೃ
Alice gosta de:

❀ literatura.
❀ dramas.
❀ honestidade.
❀ jujubas (ela chegou a decorar o sabor de cada cor).
❀ gatos
❀ xadrez
❀ charadas

Alice não gosta de:

ೃ mentiras.
ೃ tédio.
ೃ filmes de terror.
ೃ carnes em geral (é vegetariana).

❀*ೃ orientação sexual・゚*。
Bissexual.

・゚*。um(a) namorado(a) perfeito(a) seria…❀*ೃ

Alguém paciente o suficiente para aguentar todas as suas perguntas, seu caráter impaciente e vivaz. Uma pessoa carinhosa e divertida, que não gosta do frio e o morno não lhe agrade, e que acima de tudo, supere suas expectativas, e pela primeira vez, a deixe sem palavras.

❀*ೃ outras informações・゚*。

゚*。 tem abissofobia (ou seja, medo de abismos).
゚*。 quando era pequena, tinha um gato chamado Mimi (o nome originado de Alice no País dos Espelhos).
゚*。 tem aicmofobia (medo de injeções e objetos pontudos).
゚*。 quando era pequena, as crianças na escola tiravam com ela, chamando-a de louca (por conta do conto Alice no País das Maravilhas).
゚*。 tem a mania de anotar tudo que lhe parece interessante.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...