~Lullaby

Lullaby
Nome: Kika | Lullaby Maria da Silva Custódia
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: Covilhã, Castelo Branco, Portugal
Aniversário: 10 de Dezembro
Idade: 21
Cadastro:

5 razões porque alguém que comentava (favoritava) as tuas fanfics deixou de o fazer


Postado

(E razões porque não o deixou de fazer)



Hello :) Decidi fazer uma lista de "razões" (segundo o que eu acho), que tenta explicar porque é que quem comenta/lê/favorita fanfics, por vezes o deixa de fazer. (Não, prometo que não é porque o teu nível de escrita subitamente caiu, ou porque o leitor, de repente, decidiu ser mal educado).
A maior parte de pessoas que eu conheço no site, e que segue os meus jornais, é ficwriter (e leitor), logo deve-se rever em algum destes pontos.
Com vocês, a lista, espero que gostem ~

1 -Tal como tu tens uma vida, “em off”, os teus leitores também têm uma. Não, eles não deixaram de ler as tuas fanfics porque desistiram de tentar compreender as tuas epifanias de futuro escritor, ou a fase de escrita romanesca pela qual andas a passar. Todos temos meses complicados, que nos roubam tempo. Tem paciência, quando as pessoas simpáticas que leem as tuas histórias tiverem tempo, certamente voltarão a comentar. (Mas não esperem que comentem tudo o que não leram durante esse mês).

2- Se alguém segue com regularidade as tuas fanfics, é porque gosta do que escreves, e, provavelmente, do teu estilo e género de escrita. Mudaste de estilo ou de género? Então talvez seja normal terem perdido um ou outro comentário ou favorito.
Mas, não, a qualidade da tua escrita não diminuiu, nem és péssimo a escrever outros géneros, senão naqueles onde te sentes mais à vontade.
Todos temos a nossa preferência. Se um leitor “segue” as tuas histórias, porque sabe que escreves coisas “doces” e fofas e com classificação livre, se calhar não se irá sentir muito confortável a ler algo teu com uma linguagem mais pesada e virado para um público maior de idade.
Claro que há ficwriters, ao qual já somos devotos, e seguimos e comentamos e lemos tudo e mais alguma coisa. Mas esses são casos especiais. O tempo, hoje em dia mais que nunca, é um bem precioso, e não vamos gastá-lo a ler coisas que não são do nosso estrito interesse.

3- “Parece que quanto mais fanfics adiciono, menos pessoas leem”. Pois é. Postar regularmente fanfics não é má ideia, e mantém o interesse aceso daqueles que guardam tempo para ler as tuas histórias, mas postar três ou quatro fanfics no mesmo dia pode não ser assim uma ideia tão boa. E uma ideia ainda pior é não postar nada durante seis meses, e, um dia, chegar ao site e tomem lá 20 histórias para ler, seres doces e feitos de arco-íris.
Um grande número de fanfics para ler, do mesmo autor, num só dia, satura o leitor. E não importa se cada fanfic só tem 500 palavras. Mais vale postar uma num dia e outra no outro.
Quanto ao desaparecer, e depois aparecer, com uma série de fanfics, vejam a coisa por este lado: seria estranho se uma revista mensal parasse de circular no mercado, por meses, e depois aparecesse, com os outros números todos, durante o tempo em que esteve inativa, para comprar.
Não há tempo, não há dinheiro. Uma pessoa gosta de dividir o seu dia por horários, por “tarefas a fazer”. Não vai deixar a loiça por lavar acumular durante 4 dias, para depois fazer tudo no quarto, mas sim fazê-lo dia a dia. O mesmo se passa com as fanfics.
Tens 10 histórias para postar no canal? O melhor seria exibi-las em 10 dias, no mínimo.

4- Se não vês o teu caso nos pontos 2 e 3, ainda há outras razões a ter em conta. Postas textos com regularidade, num género mais ou menos semelhante ao que sempre escreveste. Mas no entanto deixaste de comentar/ler/favoritar as fanfics daqueles que liam as tuas histórias.
Ninguém é obrigado a ler o que o outro escreve, só porque este lê e comenta as tuas fanfics, no entanto todos gostam de comentários e da história do dar-receber.
Há casos e casos, e se fossemos ler tudo de todos aqueles que leem, e comentam, as nossas histórias, não tínhamos mãos nem tempo para o fazer. Todavia, uma ou outra vez, é simpático da tua parte ires dar uma vista de olhos numa história daquele teu leitor que está sempre a fazer comentários maravilhosos; ou voltares a dar atenção às histórias daquele teu leitor, cujos textos adoras, mas há já algum tempo andas com preguiça de ler.
Se deixas de comentar histórias que antes comentavas, ou se nunca comentaste obra alguma, de alguém que está sempre a deixar algo nos teus textos, às vezes essa pode ser a causa de se perder um ou outro comentário/lida, ou, pior, leitor.

5- “A falácia da repetição”. Este ponto é quase o oposto do 2. Às vezes a fonte do problema da perda de leituras é estares sempre a bater na mesma tecla. Manter um género constante é bom. Mas estar constantemente a escrever textos sempre da mesma coisa, ou dos mesmos acontecimentos, ou sentimentos, por vezes é frustrante, para quem lê.
É bom manter o nosso leque de opções aberto. Se numa semana escreves acerca de algo triste e mais pessoal, porque na próxima semana não escrever algo mais alegre e para descontrair?
Os jornais também não vivem sempre da mesma notícia.


E pronto, chegou ao fim (aleluia, não é? q), espero que se tenham gostado. Se tiverem mais sugestões, botem nos comentários 8D


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...