The Diary - Ficha


Postado



-A


❀ Ficha ❀

>> Personagem escolhido: <<

Ex-namorado da Charlotte.

>> Nome: <<

Connor Avery Rosier.

>> Apelido: <<

Não possui.

>> Idade: <<

19 anos.

>> Aparência: <<



Connor tem cabelos castanhos lisos naturalmente, os mesmos estão sempre arrumados e aparentemente penteados, além de serem sedosos e macios. Ele tem a pele branca, porém, quase sempre bronzeada pelo sol. Suas sobrancelhas estão sempre incrivelmente organizadas e as mesmas são da mesma cor de seu cabelo e grossas. Ele tem o nariz fino e delicado, lábios finos e rosados que escondem dentes perfeitamente brancos e alinhados, além de ter olhos incrivelmente verdes, este é o maior destaque do seu rosto, possui o maxilar travado e o rosto em um formato quadrado.

Por fim, Connor tem um corpo atlético, possuindo braços musculosos e sua barriga lisa e definida. Mede 1,75 cm e pesa 70 kg.

>> Personalidade: <<

A impaciência é quase sempre a primeira coisa que se nota na sua personalidade. Connor não tem paciência para absolutamente nada, seja para esperar alguém atrasado ou para aguentar todo mundo falando no ouvido dele. Porém, não é como se ele saísse batendo em todo mundo por isso, primeiro ele retoma a calma respirando fundo e contando até 10, quando isso não funciona ou ele já aguentou demais, ele simplesmente explode e acredite, não é divertido ficar perto dele quando isso acontece, pois Connor acaba sempre xingando e ofendendo o outro, atingindo até assuntos mais sensíveis.

O orgulho é algo que não se pode esquecer de mencionar nele, Connor odeia pedir desculpas primeiro numa briga, mesmo quando sabe que está errado. O orgulho próprio pode ser algo bom, pois ele acredita estar em um determinado nível e não desce dele por "quem não merece", além de não aceitar ser ofendido sem retrucar, mas também pode ser ruim, pois este pode prolongar uma briga, aparentemente, boba. Connor pede desculpas apenas quando o provam que está errado e ele mesmo se sente arrependido.

Perfeccionista e organizado, chegando até a ser um pouco sistemático. Connor odeia coisas desorganizadas e que não estão ou não seguem uma ordem, sempre que vê algo assim, não importa onde esteja, ele vai lá e arruma. Ele também não aceita nada menos que a perfeição, não é porque ele se acha melhor ou quer se mostrar superior, ele apenas se sentiria extremamente desconfortável se não fosse assim. Altamente inteligente, Connor sempre prova a sua inteligencia de algum modo.

Ele também é muito perspicaz, por trás de sua aparência, está escondida uma mente rápida, sempre atenta a tudo que ocorre ao seu redor e com um raciocínio dedutivo assustador. Connor, mesmo que possa não aparentar, é muito sensível, motivo dele desvendar tão bem as pessoas -que combinado com sua atenção a tudo se torna algo medonho-, já que consegue saber o que elas estão sentindo e também dele se mostrar desconfiado quando acaba de conhecer alguém, sossegando apenas quando tem certeza das intenções desse "alguém" com ele. Connor se apega muito rápido as pessoas, por isso mostra desconfiança e certo desdém por elas no início. Além disso, é um excelente mentiroso, consegue dizer mentiras como se estivesse falando a verdade.

Ele consegue tirar qualquer um do sério com sua teimosia. Adapta-se muito fácil a qualquer situação. Tem uma força de vontade incrível e uma grande capacidade para lidar com situações difíceis sem se abalar ou demonstrar fraqueza. É muito imprevisível, nunca se sabe o que esperar do rapaz, pode vir tanto a orgulhar como decepcionar alguém. Connor presta atenção no motivo das pessoas de tomarem certas atitudes. Ele gosta de entender como a mente funciona porque assim é mais fácil de ganhar confiança dos outros. Ele também é vidrado em saber das coisas, pois isso lhe passa uma sensação de segurança. Quando Connor sabe o que a pessoa sente, como ela funciona, o que a move, torna-se fácil saber de suas intenções. Sensível para perceber os sentimentos e vontades dos outros. Também é bastante perceptivo, daqueles que consegue notar as coisas que por vezes passam despercebidas por outros.

>> História: <<

Nascido dia 11 de março, em uma família de classe alta e influente, nunca faltou nada para Connor, financeiramente e materialmente falando. Connor é filho de políticos, seu pai, Leonard Jaeguer Rosier é um Deputado Federal e sua mãe, Mary-Anne Avery Rosier é Governadora. Para o primogênito e o filho caçula, Liezel Avery Rosier, o mundo deles foram os grandes portões da enorme casa até os 10 anos, quando os pais decidiram largar os professores particulares e coloca-los em uma escola, uma cara e bem conceituada escola.

A relação de Leonard com o filho mais velho, Connor, nunca foi boa. Desde pequeno, o primogênito mostrava uma personalidade forte e difícil de lidar, o que gerou diversos conflitos entre os dois, principalmente porque o filho nunca apresentou interesse em seguir a carreira política como os pais, ao invés disso, queria fugir dos planos do pai e fazer o que ele gostasse. Mesmo assim, Connor sempre se esforçou em ser o melhor em tudo que se dedicava e fazia, para tentar fazer o pai se sentir orgulhoso dele e quem sabe, parar de brigar com ele, embora tudo até hoje tenha sido em vão.

>> Sobre o personagem: <<

>> Gostos: <<

- Bebidas geladas
- Café
- Xadrez
- Truco
- Qualquer jogo de baralho que exista
- Biologia
- Matemática
- Química
- Rock
- Doces
- Inverno
- Ler livros
- Escutar música
- Cuidar do seu cabelo
- Jogar vídeo game

>> Desgostos <<

- Pop
- Comidas azedas ou amargas
- Tudo que é apimentado
- Bajulação
- Chá
- Pessoas burras
- Pessoas lerdas
- Verão
- Primavera
- Pão integral
- Filosofia
- Sociologia
- Coisas desorganizadas

>> Hobbies <<

- Estudar e jogar jogos de tabuleiro ou baralho.

>> Curiosidades <<

- Tem um leve medo de sapos e abelhas.
- Ele só anda com seu motorista.
- Seu pai faz questão dele ser acompanhado pelos seguranças aonde vai.
- Ainda possui um sentimento não correspondido pela Charlotte.

>> Seu personagem tem algum segredo confidencial? Se sim, envie por mp. <<

Não.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...