Assassinas de Aluguel - Ficha


Postado



Te caçarei até a morte Su-ba-ru!
*Psychopath alert!*



Nome: Naomi Mori

Significado: Naomi significa “meu deleite”, “minha doçura” ou “aquela que é bonita e honesta”, “a honestidade bela”| Mori significa bosque

Idade: 17

Peso e altura: Pesa 53kg e mede 1,69

Aparência :

















Naomi tem longos cabelos lisos que nas pontas são levemente ondulados, seus longos cabelos sempre possuem alguns fios rebeldes. Eles tem uma coloração roxa; e ela vive alternando entre deixa-los presos em uma rabo de cavalo ou deixando-os soltos. É dona de um lindo par de orbes de um azul escuro e profundo, totalmente hipnotizante e misteriosos; ambos possuem cílios longos e volumosos, que deixam seus olhos ainda mais bonitos. Seus lábios são pequenos e levemente carnudos, eles possuem uma coloração rósea que puxa para o avermelhado. Suas bochechas são levemente coradas. Seus traços são delicados e bem desenhados, dando-a uma aparência ainda mais feminina.
Seu corpo é bem curvilíneo, seus seios e glúteos são medianos porém bem firmes e redondinhos. Suas coxas são moderadamente grossas. Sua pele é branquinha e macia, com apenas algumas imperfeições.

Personalidade:

Naomi sempre prefere ficar quieta, porque fazendo isso ela fica mais concentrada e consegue captar muito mais coisas do que captaria conversando que nem uma não sei o que! Porém também é bem sociável, sempre com diversos assuntos para se conversar, sendo sociável adquiriu uma grande habilidade de manipulação, já que conversando com os outros facilmente consegue saber da vida deles em dias. Sem falar que ela é uma grande observadora! Sempre atenta a tudo, quase não perde um movimento, tem que ser realmente muito bom para fazer algo sem que ela perceba. Ela é muito engraçada, e sempre que pode faz alguma piadinha para quebrar a tensão.
Poderia dizer que seu segundo nome é teimosia! Porque quando essa menina encasqueta com algo, não há ninguém que a tire da cabeça! Ela insiste até o último segundo. Ela também é corajosa e determinada, então se ela tiver que fazer algo, vai lá e faz, vai até o fim sem nunca olhar para atrás.
Naomi é uma garota super inteligente, tanto que, foi passada três anos á frente quando estava no oitavo ano, sendo assim, já até saiu da escola. Ela usa e abus de sua inteligência! Ela é calculista e extremamente estrategista, sempre cuidando muito bem para não pisar em falso, e se pisar, já terá um plano arquitetado para sair dessa, afinal, criatividade também é uma de suas habilidades. Ela costuma ser bem calma para fazer essas coisas, sabe esperar como ninguém.
Ela tem um pavio não muito longo, digamos que ela é até que bem tolerante, porém é extremamente explosiva! Quando a irritam de verdade, ela começa a gritar com a pessoa, começa a jogar as coisas na cara dela e ainda se torna agressiva! Coisa que ela evita de acontecer no máximo, já que ela descontrolada é um imã para desastres. Ela é uma pessoa extremamente fria, tanto que o remorso para ela quase não existe, ela também não se importa de deixar de falar com alguém porque a pessoa já não importa para ela, é como se ela esquecesse tantos anos de amizade apenas por uma briga ou algo do tipo.
Ela é ignorante pra caralho! Ela é respondona e grossa com qualquer um que já tenha um nível de intimidade tipo: colega de classe para mais! Ela sempre responde como se fosse muito óbvio - o que na maioria das vezes é, mas eles não tem culpa dela já ser bem inteligente -. Sempre com um sorrisinho sarcástico no rosto, o que dá ainda mais uma vontade de dar uns belos tapas na carinha dela.
Ela é muito radical com todas as decisões que ela toma, já que ela não se importa de abrir mão de certas coisas já amedronta alguns, vai que ela decide joga-los ao mar apenas para fazer algo que a beneficie. Ela é muito séria, isso já se percebe pela sua cara , que, sempre que está concentrada e falando sério é totalmente inexpressiva.
Ela não se apaixona facilmente, agora imagina amar?! Porém algo que fode com a vida dela, é que ela não consegue dizer um "eu te amo" se realmente não ama a pessoa, e ela precisava de trabalhos para seduzir as pessoas e quando chegava a hora ela só ficava no ''e-e-eu..." e nunca dizia, ela simplesmente não consegue enganar as pessoas dessa maneira. Porém quando ela ama um lado totalmente novo dela se mostra, ela começa a sorrir mais, começa a ficar mais sentimental e acredite, ela consegue ser adorável! E ela odeia isso, porque... Ela não é assim normalmente! Isso assusta ela, porque ela não sabe lidar com isso de maneira alguma.

História:

Naomi nasceu em uma família de classe média, vivia em uma casinha normal com seus pais. Sempre fora filha única, sendo assim era o amorzinho de sua família. Sempre ia para a escola e fazia tudo direitinho, era uma ótima aluna e amiga. Sua vida era perfeita para ela, tinha tudo o que queria, uma família, amigos, boas notas, estava tudo tão perfeito que ela não acreditava que era verdade.
Porém isso não durou muito, com seus seis anos, sua vida já começou a dar sinais de que de lá para frente nada seria um mar de rosas. Seus pais agora brigavam todos os dias, e ela só podia observar seu pai surrando sua mãe enquanto eles discutiam. E isso voltou a acontecer várias e várias vezes, até uma hora em que a sua mãe caiu no chão e bem... Não levantou mais, não piscava, apenas parecia olhar vidradamente para Naomi enquanto escorria sangue de sua boca. Ela definitivamente havia morrido. Naomi não aguentou, ela correu até o seu pai em lágrimas, socava ele com a sua pouca força enquanto gritava com ele sobre o acontecido. Ela..Não acreditava em como sua vida tinha mudado do dia para a noite.
Seu pai esperou ela se acalmar, enterrou a mãe dela no quintal, pegou as malas e Naomi e fugiu da cidade, nunca mais dando sinais. Quando Naomi acordou estava em uma casa de fazenda no meio do nada, seu pai a olhava de uma maneira estranha e assustadora, bem, já deve saber o que aconteceu né? Ela fora estuprada por aquele monstro até fazer quatorze anos. E ele a obrigava a agir normalmente, indo para a escola como se nada tivesse acontecido, mesmo com aquele tanto de marcas roxas por todo o seu corpo... Ela se achava suja.
Porém o ódio que ela sentia por ele um dia a dominou, ela arquitetou o plano perfeito para acabar com a vida daquele desgraçado de uma vez por todas. Ela prendeu seus pés e mão em uma cadeira que era grudada no chão ( que ficava no porão ), ela tirou toda as roupas dele, e esperou que ele acordasse. Quando ele acordou deu um sorriso achando que ela estava fazendo uma ''surprezinha'' para ele - ela quis vomitar nessa hora -. Porém ele logo trocou esse sorriso nojento por um semblante de dor quando ela enfiou uma faca na coxa esquerda dele. Ela começou a girar aquela faca como se fosse a coisa mais fascinante do mundo. Bem, não irei detalhar muito essa noite, mas só posso dizer que ele não só perdeu as partes dele como a vida também, ela o desmembrou por inteiro.
Depois disso ela saiu de casa, voltou para sua antiga cidade para viver em um bairro favelado, afinal, ela já sabia exatamente o que iria fazer por lá, ela tinha descoberto naquela noite que a vocação dela é para desmembrar pessoas, pedacinho por...Pedacinho! E bem, ela conseguiu um trabalho ralé de assassina, até que conforme sua fama de fazer um ótimo trabalho foi aumentando até que ela "subiu de classe" nessa coisa toda. Já estava podre de rica devido a tantas cabeças que ela fez questão de cortar e entregar aos seus empregadores!

Porque decidiu virar uma Assassina?:

Ela viu que não teria graça, e muito menos sentido ela continuar seguindo sua vidinha depois de tanta morte que a rodeava, e como ser um bom assassino de aluguel dá muito dinheiro, ela simplesmente decidiu que iria viver assim. Afinal, pelo menos ela poderia se divertir com o som dos ossos sendo quebrados, das balas estourando os crânios, de toda a sinfonia maravilhosa que a morte lhe proporcionava!

Gosta:

➵ Ler, livros de romance, ficção e mistérios.

➵ Ouvir uma boa música, porém prefere os gêneros indie e rock.

➵ Chocolates, ela é viciada em chocolates!

➵ Observar as pessoas.

➵ Ouvir os sons que ela faz quando está matando ou torturando alguém.

➵ Uma boa conversa, pessoas com um bom desafio sempre atraem ela.

➵ Escrever, porém não tem tido muito tempo para isso.

➵ Ficar afiando suas facas.

➵ Dias frios e nublados.

➵ Rosas.

Desgosta:

➵ Preconceitos.

➵ Que joguem na cara o seu passado, mas não é como se qualquer um soubesse dele.

➵ Vagem.

➵ Pessoas arrogantes demais.

➵ Sons muito altos e incômodos.

Medos/ Traumas / Fobias:

➵ Não gosta que toquem muito ela, porque ela sente um arrepio como se aquele monstro do seu pai estivesse a tocando.

Doença?:

➵ Apenas Misofonia - que ela está tratando -.

Habilidades:

➵ Agilidade.

➵ Inteligencia

➵ Uma boa estrategista.

➵ Tem uma força normal...

➵ Bons reflexos.

➵ Boa audição.

➵ Boa em combate a distância e corpo a corpo!

Qualidades:

➵ Sincera ( ou seria um defeito? ).

➵ Quando é para ser amiga, é uma ótima amiga, acredite nisso!

➵ Inteligente.

➵ Engraçada.

➵ Conselheira.

➵ Criativa.

➵ Determinada.

➵ Corajosa.

Defeitos:

➵ Egoísta até o último fio de cabelo.

➵ Possessiva até demais.

➵ Agressiva.

➵ Pavio curto

➵ Ignorante

➵ Teimosa.

Arma:


Três kunais, mas usa elas apenas quando precisa arremessa-las.



Uma faca leve, é a que mais costuma usar, usa para cortar qualquer área do corpo, mas gosta de enfia-la no estomago já que quando ela tira vem algumas tripas para fora que grudam na faca.



Duas pistolas calibre 38 de cano longo. Usa quando precisa, mas não gosta muito porque faz barulho demais!



Dirige?: Sim

Bebe bebidas com álcool?: Sim, porém não costuma beber porque sabe que isso a deixa um pouco alterada
Segredo:

➵ Ela matou todos os seus ex-namorados, porque quando esses poucos garotos a deixaram ela ficou triste e descontrolada demais. Assim ganhando um apelido de viúva-negra.

Relação com...

O Par :

Ela acha Subaru um mistério talvez... Parece que ele não consegue esconder muito um lado visivelmente tsundere que ele tem. Ela acha isso fascinante, como ele pode ser ruim e bonzinho ao mesmo tempo, é realmente curioso, e ela espera descobrir mais sobre isso.
Viu também que ele é bem estressadinho, e ela até acha graça disso, porque se ela tivesse tal força tem quase certeza de que quebraria tudo pela frente também! Mas ela tem até um certo medo de ser atingida por esses ataques, mas está planejando uma maneira de acalma-lo caso aconteça quando ela estiver por perto, porque não seria nada bom se ela tomasse um desacerto desses!
Ela vive o observando - já que faz parte do seu trabalho -, e notou que ele não fala com ninguém, e parece nem ter amigos... É até que estranho, as vezes ela se pega pensando o que se passa na cabeça dele em todas essas horas e horas em que ele fica apenas quieto..
Ela de certa maneira entende algumas ações dele, porque, pensa bem... Querendo ou não ele é fruto de um incesto correto?! É compreensível que ele tenha se isolado e até mesmo se ache sujo, e ela sabe disso muito bem! Ela até o acha forte o bastante por ainda poder ser bonzinho com alguns.
Porém tenta não se apegar ou se interessar demais nesse ser chamado Subaru, afinal, ela está lá para mata-lo, e criar laços com ele seria o seu pior erro.

Os Sakamakis

Ayato Sakamaki:

De longe é o que ela mais gosta, sabe, ele é todo energico e vive fazendo piadinhas com os outros, sem falar nos apelidinhos que ele ''carinhosamente'' dá a todos! Ele é hilário, mas bem, ele também é bem arrogante uh?! Isso algumas vezes incomoda Naomi pelo fato dele se vangloriar toda hora. Mas fora isso sempre que pode dá um jeito de sumir com seu takoyaki apenas para vê-lo irritado procurando quem foi, e se ela não fosse boa em ser inexpressiva já estaria denunciando a tempos que ela fez algo!
Porém as conversas com ele até agora são as que mais duram, porém ela sempre fica esperta já que ele é um sádico desgraçado! E com eles todo o cuidado é pouco!

Kanato Sakamaki:

Kanato, o yandere! Ela simplesmente toma todo o cuidado do mundo com ele, até porque nunca se sabe quando ele vai começar a fazer birra para conseguir algo, e muito menos se ele vai querer te transformar em uma boneca de ceira, e bem, Naomi está muito bem da maneira que está, certamente não daria uma boneca muito boa não é mesmo?!!!
Ele é bem mimado e visivelmente não tem uma mente muito boa, tanto que ele é um loucasso psicótico, vive falando com o Teddy e... Bem é estranho. Então tenta não errar em nada o que fala para ele, qualquer deslize é a morte!

Shu Sakamaki:

Shu, o preguiçoso! Ela o vê na maioria das vezes naquela bendita sala de música, sempre, ouvindo música é claro! Se não tivessem a dito certamente nunca iria nem cogitar a ideia dele ser o mais velho dentre todos os outros. Ela acha que ele é todo tedioso porque no passado devem ter exigido muito dele, só pode né?!
Mas ele também é um tarado, e que do nada pode começar a ficar bem agressivo, então ela toma um certo cuidado, tenta puxar assunto porque fica igualmente curiosa sobre o que se passa na cabeça dele.

Raito Sakamaki:

Ele gosta de fazer piadinhas igual a Ayato, porém o que os diferencia é que Laito não suporta de maneira alguma ser contrariado, é como se ele se achasse o reizinho dessa coisa toda. Sem falar que ele é outro pervertido de merda que adora ficar passando a mão nos outros. Não é preciso nem dizer que Naomi mantém uma certa distância dele por causa desse tipo de ação né?!

Reiji Sakamaki:

Aah, o Reiji... Ela acha totalmente CHATO esse monte de regras que ele cria, ela ainda não sabe como alguns ainda seguem essas coisas... Sem falar que esse jeito todo certinho e formal dele o faz parecer o mais velho, coisa que para ela, bem, não faz diferença já que não importa a idade que eles tenham devem ser milênios mais velhos que ela!
Ele é arrogante e orgulhoso demais, outra coisa que a incomoda bastante. Mas como todos os outros é.... Sadista, porém o mais curioso é que ele parece masoquista também, ela conversa com ele normalmente, ele que fique com as formalidades dele, mas se ele começar a corrigi-la irá haver desentendimentos!

Com Ayka :

Como todas as outras, não há o porque de tratar de modo diferente. Tenta conversar normalmente, fazendo piadinhas e sendo ela mesma, mas se ela ficar séria e fazendo cu doce ela vira as costas e vai arrumar o que fazer, já que não está ali para aguentar mocinhas fazendo dramas. Se não quiser ser amiga bem, se quiser amém...

Com as outras parceiras:

Tenta conversar com elas, sempre tentando puxar assunto e coisas do tipo, fazendo piadinhas para quebrar tensão e coisas do tipo. Porém se ela perceber que uma delas não quer conversa não irá insistir, já que não é inconveniente á esse ponto.
Se pedirem conselhos ela os dará de boa, se quiserem ser amigas podem tentar ué, porém se quiserem inimizade ela apenas ignora, não precisa colecionar mais inimigos do que ela já tem.

Com Tougo/ Karl Heinz:

Sinceramente não gosta nem um pouco de Tougo, o acha manipulador demais, usando seus filhos e esposas como cobaias para seus experimentos... Só fala com ele quando preciso, não o venera mas também não o diminui. Porém realmente, não gosta dele!

Como reagiria se...

( Irei colocar como se fosse ela falando sobre okay?! )

Matasse alguém?:

Haam... Uh, normal? É que tipo, não é como se fosse a primeira vez... Mas sempre acontece aquela coisinha de remorso depois, mas a minha sorte é que o remorso para mim passa que nem vento!
Mas é aquela coisa toda! Adrenalina, loucura, talvez até uma pitadinha de satisfação... É simplesmente... Mágico.
Mas se eu tiver escolha opto por não matar, sabe, deixar a ponto de morrer é muito melhor.

Se apaixonasse por sua caça?:

Creio que isso não aconteceria, até porque estou sendo paga para mata-lo, ele é apenas um alvo, e algo que eu aprendi nesses anos de ''trabalho'' é que NÃO SE DEVE SE APAIXONAR POR CAÇAS! Mas acho que eu iria rir como uma louca, até porque não é possível eu ter sido tão vulnerável a ponto de deixa-lo me seduzir! Mas bem, acho que isso atrapalharia demais no meu trabalho, mas eu sei que de maneira alguma não devo me apaixonar por ele, isso é impossível, né...?

Ser capturada?:

Não iria expressar nada para eles, não daria esse gostinho. Se duvidar cuspo na cara deles que nem naqueles filmes! HAHA! Mas bem, se eles me machucarem muito fica difícil de não expressar nada, até porque eu sou humana, meu corpo é frágil sabe?!
Mas eu não iria abrir a boca para colaborar com eles, custe o que custar, sei que fazendo isso posso me ferir mas bem, não falar nada também a minha única forma de tentar sobreviver ali.

Aceita que sua personagem estará em minhas mãos podendo ser torturada, assediada tanto física quanto sexualmente?: Sim, use e abuse. Mas com carinho viu?!

Algo a mais?:



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...