• A Different World •


Postado








ησмє cσмρłєтσ
麗華 (れいか) - Reika: Significa "Linda flor"
内親王 - (ないしんのう) - Naishinnou: Significa "Princesa imperial"

【Seu título completo é 秋篠宮麗華内親王殿下 (Akishino-no-Miya Reika Naishinnou Denka), que em uma tradução literal, significa "Sua Alteza Imperial Princesa Reika de Akishino", mas como é uma nomenclatura muito grande, ela opta por usar apenas seu nome + seu título de princesa imperial.】




αρєłı∂σs
Rei-chan, Uruha¹, Hana² e Ohime-chan³.

¹ O primeiro kanji de seu nome (麗) pode ser lido tanto como "Rei" quanto como "Uruha". Seu pai costumava chamá-la desta forma, então ela sente um carinho especial pelo apelido. Laito e algumas das garotas de vez em quando abreviam esse apelido, chamando ela apenas de Uru-chan ou de U-sama.
² É a forma como o segundo kanji de seu nome (化) é lido, e significa "Flor".
³ Significa. literalmente, "Princesinha".




ı∂α∂є
17 anos



∂αтα ∂є ηαscıмєηтσ
14 de fevereiro de 1999



sıgησ
Aquário



тıρσ sαηgυíηєσ
O-【O Negativo】



ηαcıσηαłı∂α∂є
Japonesa




αραяêηcıα






Reika, que mede exatos 1,60 m de altura e pesa 50 kg, possui cabelos castanhos e lisos que lhe caem até pouco abaixo da altura de sua cintura em um corte degradê, seu rosto de traços bonitos e bem desenhados é composto por um par de olhos grandes e arredondados, emoldurados por cílios longos e espessos com belas orbes verdes, um nariz pequeno e levemente arrebitado, bochechas são suavemente proeminentes e boca pequena de lábios rosados em formato de coração que escondem seus dentes brancos e bem alinhados.
Seu corpo, apesar de ser magro, esguio e desprovido de músculos, é muito belo, possui medidas impecáveis e curvas muito bem delineadas, seus seios são fartos, firmes e redondinhos com atraentes mamilos rosados, sua barriga é chapada, a cintura é bem fina, os quadris levemente largos, bumbum modesto, coxas fartas e pernas muito bem torneadas, com mãos e pés que acompanham toda a delicadeza de sua estrutura física.
E não dá para deixar de notar a beleza de sua pele, tão branca que chega ser translúcida em alguns pontos, tão macia quanto as pétalas de uma flor, totalmente livre de qualquer imperfeição e dona de um cheirinho característico que mistura os aromas de rosas e morangos, o que, apesar de parecer uma combinação enjoativa, é muito agradável ao olfato de todos que se aproximam da bela princesa.





ρєяsσηαłı∂α∂є
À julgar pela aparência, Reika parece ser uma garota fria, prepotente e arrogante, que se acha muito melhor do que as demais pessoas por causa de seu QI elevado e de seu status social, porém é como dizem, “não julgue o livro pela capa”, pois os adjetivos que melhor definem essa princesa são: maluquinha, impulsiva, imprevisível e geniosa.
Ela é o tipo de pessoa que vive cada momento de sua vida intensamente e que faz todas as coisas do seu jeito e à seu tempo, sem se preocupar com o resultado de suas ações ou com o que outras pessoas irão pensar de si.
É muito sincera e honesta em relação ao que pensa e ao que sente, portanto faz e fala tudo o que tem vontade e o que ela acha que é o certo à ser dito ou feito, e com Reika não há meia verdade ou coisas não ditas, pois ela é direta, curta e grossa, e não dá a mínima para opiniões alheias ou se suas falas e ações irão irritar ou incomodar alguém.
Porém não se engane, pois apesar de passar essa imagem despreocupada, desinteressada e elétrica, a morena é muito perspicaz, observadora e inteligente, e se a situação exigir, ela saberá se mostrar decidida, objetiva e persistente, ainda mais quando se trata de sua liberdade de expressão, de seu ponto de vista e de seus objetivos.
Geralmente ela é comunicativa, extrovertida e descontraída, adora atrair a atenção de todos para si, coisa que acontece quase naturalmente por causa de seu charme e carisma, e Reika também ama fazer brincadeiras e provocações para animar o ambiente em que está, é educada, gentil e atenciosa à seu modo, porém esse tratamento não é para todos, já que por ser muito perfeccionista, intuitiva e seletiva, ela analisa todos que se aproximam de si com apenas um olhar, e é simplesmente fria, hostil e sarcástica com aqueles com quem seu gênio não se bate.
Sua personalidade também depende bastante de seu humor, então se ela estiver de bom humor, tudo ocorrerá nas mil maravilhas e ela será quase um doce de pessoa, mas se estiver de mal humor, siga meu conselho e fique o mais distante dela o possível, pois nunca se sabe quando um dardo irá voar diretamente em sua direção, tendo como alvo sua cabeça.
Ela adora fazer amizades, e quando realmente gosta de uma pessoa, Reika se apega com muita facilidade e tende à se comportar como uma mãe para tal pessoa, sempre preocupando-se e tomando as dores e problemas desse ser para si mesma, e tal como uma criança com seu primeiro e único melhor amigo, ela é carinhosa, superprotetora e não mede esforços para fazer aquela pessoa sorrir, coisa que é meio inesperada vinda de si, mas que acontece de forma natural, pois se tem algo que ela detesta é fingir.
Outro fato sobre si é que, apesar de ter um rostinho meio inocente, ela é muito pervertida e não tem vergonha alguma de admitir isso, muito pelo contrário, Reika adora fazer provocações de teor malicioso, diz coisas em duplo sentido de propósito e gosta de usar roupas que destacam ainda mais seus atributos físicos, tudo no intuito de ser atraente aos olhos de quem lhe interessa, porém boa parte do que ela faz é inconsciente, como por exemplo lamber lentamente a ponta dos dedos ou umedecer e morder os lábios enquanto encara alguém fixamente.
Em resumo, mesmo que ela sempre se mostre positiva e inabalável, Reika possui um lado igualmente frágil e sensível, e apesar de ter uma personalidade forte, imprevisível e sexy, ela ainda conserva certa ingenuidade e infantilidade. Não confia facilmente em alguém e não é qualquer um que é capaz de lhe enganar, porém é certo que ela se deixa levar facilmente por sentimentos como a boba sensível e idealista que é, apesar de não admitir.




нısтóяıα
Sua alteza imperial, a princesa Reika de Akishino, nascida em 14 de fevereiro de 1999, é a segunda filha do Príncipe Akishino (Fumihito) e de sua esposa, a Princesa Akishino (Kiko), a segunda neta do imperador Akihito e da imperatriz Michiko e tem dois irmãos mais velhos, a princesa Mako de Akishino e o príncipe Hisahito de Akishino.
Como tal, ela foi educada praticamente desde seu nascimento para agir de acordo com seu status social e a fazer somente o que lhe era ditado de forma passiva e submissa, porém Reika não demonstrava predisposição nem vontade de agir de tal forma.
Apesar de carregar a mesma natureza sincera e gentil de sua mãe, a garota tinha um forte senso de liberdade e de determinação em si, ou seja, desde o momento em que Reika demonstrou dificuldades em obedecer regras e em se comportar de acordo com o que ditavam para si, ela se mostrou a ovelha negra, a fruta podre na impecável árvore da família imperial, e isso fez com que ela tivesse uma infância complicada e uma relação não tão boa com os familiares.
Ela fingia não ligar para o desprezo que recebia, e focava toda sua atenção em seus estudos, mas como ela é o que pode-se chamar de criança excepcional, ou seja, tem um nível de QI acima da média, ela aprendia qualquer coisa com extrema facilidade, e isso fazia com que ela perdesse o interesse pelas coisas com facilidade também, porém não foi assim no caso da música, e esse amor se desenvolveu quase de forma natural em si.
Seus pais pensaram que ela logo perderia o interesse nisso, mas começou a se tornar um problema para eles quando ela decidiu que queria seguir uma carreira como musicista, e é claro que seu pai foi contra; para ele, Reika tinha que fazer uma faculdade séria, assim como os irmãos, e adaptar-se à idéia de se casar com seu primo, filho do irmão mais velho de seu pai, porém ela não aceitava tal coisa, por isso um belo dia, mais exatamente em seu aniversário de 16 anos, ela pediu para ser emancipada.
Claro que isso não foi bem aceito por sua família, mas eles acabaram cedendo por medo do escândalo ser ainda maior, e então a garota juntou suas coisas e o pouco dinheiro que ganhou por conta própria, vendendo algumas de suas músicas para artistas independentes e gravadoras, e saiu da casa dos pais, alugando um pequeno apartamento em Tóquio e começando sua vida de garota normal ali, e ela pretendia se matricular em uma academia de música e, quem sabe, formar uma banda.




ραя
яєıjı sαkαмαkı





яєłαçãσ cσм σ ραя
De qualquer perspectiva que se olhe, Reika e Reiji formam um casal totalmente estranho, afinal ela exala vivacidade, animação e expressividade enquanto que ele é frio, mecânico e reservado, porém nada é como parece... Ao menos não quando se trata desses dois.
Inicialmente ela sente medo do garoto, assim como sente de todos os outros vampiros, e por isso tenta fugir dele de todas as formas possíveis, mas à medida em que começa a conhecê-lo e a perder o medo de seu lado sádico, ela se mostra indiferente ao fato de ele ser um vampiro e muda um pouco sua forma de tratar ele, na verdade, Reika toma as rédeas do relacionamento de ambos, fazendo Reiji depender inteiramente dela, e assim eles começam à se relacionar.
Mas não pense que eles já se amavam ou algo do tipo, por que não, eles ainda não se amavam ou sequer sentiam algo um pelo outro, longe disso, a relação de ambos era algo como uma troca de favores, afinal Reika não daria de forma alguma seu precioso e doce sangue à Reiji de graça, então os dois construíram uma relação mestra-servo.
E todos, principalmente os vampiros, riam muito quando ouviam a garota chamar o rapaz de “Sebastian”, o fazendo agir como se fosse um mordomo e o forçando a servi-la, e realmente isso era a coisa mais engraçada de se ver, afinal Reiji sempre fazia caretas ou dava as coisas erradas à ela de propósito, e então eles discutiam até que Shu os fizesse calar.
Porém com o passar do tempo ela percebeu que ele a olhava com certo desejo, o que fazia ela rir chamar ele de apelidinhos fofos como “Quatro-olhos Lolicon”, "Sanguessuga pervertida", "Nerd tarado" e coisas do tipo, porém não fazia nada além puxá-lo pela gravata, aproximando a boca dele de seu pescoço e dando liberdade para ele fazer o que quisesse, e então os dois terminavam na cama. Yeah, eles são bem práticos.
Se demoraram a descobrir que estavam apaixonados um pelo outro? Bem, ele não, por mais incrível que pareça, mas Reika ainda levou algum tempo para ver que era tão dependente de Reiji quanto ele era de si.




яєłαçãσ cσм σs sαkαмαkı

sнυ
Inicialmente, após observar a forma como o loiro se comportava por algum tempo, Reika o considerou alguém insignificante, um preguiçoso, mas apreciava o gosto musical do rapaz e sua tranquilidade, então apesar de não fazer questão nenhuma, era educada e gentil com ele nas raras vezes em que precisava falar com o mesmo.
Mas com o passar do tempo e com a convivência, ela reviu seus conceitos sobre Shuu e passou a gostar da companhia silenciosa do mesmo, então é normal vê-los dividindo o fones de ouvido enquanto conversam sobre música ou apenas cochilando um próximo ao outro.




kαηαтσ
Ela o acha estranho, manipulador e mimado, porém também o acha "bizarramente fofo", e como Reika adora coisas fofas, o roxinho até escapa da garota nos primeiros dias, mas assim que ela perde aquele medo inicial, ele fica na mira dela, e como Reika é um ser livre de vergonha na cara, não está nem aí, o abraça mesmo contra sua vontade e aperta suas bochechas sempre que o vê, e Kanato a detesta por isso no início.
Porém, com o passar dos dias, ele cede ao charme e à animação da garota, que passa à vê-lo como um irmão mais novo apesar de Kanato ser mais velho e indiscutivelmente mais alto e também a se preocupar com ele, tanto que quando o vê tristonho ou mais calado do que o normal faz de tudo para arrancar nem que seja um sorriso pequeno do garoto e quando o vê tendo um acesso de raiva é a primeira a tentar pará-lo, mesmo que saia da discussão triste ou machucada.
Além disso, Reika realmente adora mimar ele, fazendo todas as suas vontades e cozinhando os doces mais deliciosos que sabe fazer só para agradá-lo.




łαıтσ
Inesperadamente, Laito é o primeiro vampiro da mansão Sakamaki de quem Reika gosta.
Para ela, de todos, ele é o que mais é sincero e espontâneo em seu modo de agir e de ser, e isso faz com que ela sinta mais confiança nele, de alguma forma. E claro, por que os dois são pervertidos, e pervertidos se atraem
Claro que ela detesta o jeito bruto do ruivo no começo, porém depois que se acostuma à isso, até ri das coisas que ele fala e faz, e não dá a mínima para quando ele a chama de Chichinashi ou de Bitch-chan, as vezes até devolve a ofensa de forma humorada ao chamá-lo de coisas como Henachoko (fracote), Yowamushi (banana), Shiaiatama (cabeça de fósforo) ou de Akai oni (demônio vermelho).
Eles vão, aos poucos, construindo uma amizade firme e sincera, sem interesses por parte do ruivo e sem medos por parte da garota, um confia no outro para contar qualquer coisa e ele simplesmente cria certo sentimento de proteção por ela, já que ela é uma das poucas pessoas que realmente o entendem.



αyαтσ
Eles não são muito próximos um do outro, mas tem uma boa relação.
Reika, particularmente, não gosta muito do jeito egocêntrico e muito convencido do garoto, mas pensa que essa é uma característica marcante do trigêmeo mais velho, então não fala nada sobre isso.
Ambos conversam ocasionalmente, trocam ideias e, de vez enquando, Ayato se junta à ela e Laito para zoar com o restante do pessoal da mansão.




sυвαяυ
A relação entre ela e o Sakamaki mais novo não é quente nem fria, é neutra.
Reika não gosta nem desgosta do rapaz e o mesmo vale para ele, já que nunca trocaram mais do que alguns cumprimentos e poucas conversas, todas muito rápidas e ocasionais, porém ela vê que, de todos os Sakamaki, de alguma forma Subaru é o mais sensível, e isso faz com que ela o admire secretamente, porém o jeito explosivo do rapaz faz com que ela fique receosa em se aproximar e os dois acabarem se matando.




мєłнσя αмıgα?
Par do Kanato



ƒαмíłıα
αραяêηcıα:

ησмє:
Príncipe Akishino (Fumihito)
ı∂α∂є:
42 anos
яєłαçãσ:
Ele é um homem extremamente sério e rígido, muito apegado à seus valores morais e tradições, então a relação dele com Reika está longe de ser boa. Eles raramente se falavam, e quando isso acontecia, Fumihito não fazia o tipo de pai que demonstra muito afeto, então ele só falava e fazia o necessário. Claro que ele não é tão insensível quanto parece, e realmente ama sua filha caçula, porém desaprova o jeito dela e as escolhas que ela fez.
sтαтυs:
Vivo


αραяêηcıα:

ησмє:
Princesa Akishino (Kiko)
ı∂α∂є:
40 anos
яєłαçãσ:
Kiko era exatamente igual à sua pequena quando mais nova, antes de casar-se com Fumihito, então vê a própria imagem quando olha para a garota, e isso torna a relação entre as duas mais fácil, apesar de esta ser meio complicada pela influência que o pai tem em sua mãe. Ela sempre fazia o possível para amenizar as coisas entre Reika e Fumihito, além de que se esforçava para ajudar a filha, mesmo que só pudesse fazer isso longe dos olhos do marido, e é por isso que Reika ama sua mãe mesmo achando que ela está errada em viver sob o controle de seu pai e da família dele, mas ela realmente não sabe o que seria de si sem o pouco apoio que recebeu dela.
sтαтυs:
Viva


αραяêηcıα:

ησмє:
Príncipe Hisahito
ı∂α∂є:
19 anos
яєłαçãσ:
Hisahito tem uma personalidade bem parecida com a do pai, com a diferença de que ele é introspectivo, inexpressivo e não gosta de se expor. Mas, ao contrário do que se espera, ele possui uma ligação realmente muito próxima com Reika, mesmo estando à quase um ano fazendo faculdade no exterior. Ambos se comunicam sempre que podem através de e-mails, mensagens ou skype, e Hisa sempre dá um jeito de saber como vida da sua imouto-chan está, mesmo de longe, a apoiando de todas as formas possíveis. E Reika não faz diferente. Ela se orgulha muito de seu irmão por ele simplesmente ser um gênio em astrologia e não esconde isso, dizendo à todos como uma mãe orgulhosa, mas sempre está preocupada com ele, e é claro que ela não demonstra, mas sente muito a falta da presença do maior em seu dia a dia.
sтαтυs:
Vivo


αραяêηcıα:

ησмє:
Princesa Mako
ı∂α∂є:
17 anos
яєłαçãσ:
Mako e Reika não conseguem se dar bem, por mais que a mais nova tente, então a relação entre elas é meio hostil, por parte de Mako. Ela, por ser mais velha, carrega todas as responsabilidades que sua posição social trás e não pode fazer nada para mudar isso, como Reika fez, então ela tem certa inveja da irmã mais nova, e isso faz com que viva a implicar com ela, principalmente quando soube que seu pai quer casar Reika com Haruhito. Ela tem uma paixonite pelo primo.
sтαтυs:
Viva

+ συтяσs ραяєηтєs:

Príncipe Naruhito - 44 anos - Tio


Princesa Masako - 42 anos - Tia


Príncipe Haruhito - 18 anos - Primo (E possível noivo)


Imperador Akihito - 64 anos - Avô


Imperatriz Michiko - 62 anos - Avó



gσsтσs
Observar as estrelas
Ficar ao ar livre
Jardins
Flores, árvores e plantas
Ler
Escrever histórias ou poemas
Desenhar
Ouvir música
Cantar
Dançar
Tocar piano, violino e violão
Assistir filmes e séries
Horror, terror, thriller psicológico e SciFi
Praticar esgrima, kendô, karatê e jiu jitsu
Colecionar espadas, katanas e adagas
Viajar
Rock, clássica e pop
Comer doces
Mangás e HQs
Animes e cartoons
Pessoas e coisas fofas
Videogames
Jogos de tabuleiro (Xadrez, dama, etc)
Jogar dardos
Dias frios / Neve
Gatos




∂єsgσsтσs
Ser menosprezada
Ser ignorada
Ser interrompida
Que mexam com o que é seu
Que machuquem as pessoas que ela gosta
Ficar sozinha
Ficar sem doces
Receber ordens
Pessoas entediantes
Mentiras
Desonestidade
Poluição sonora
Desordem
Lugares pequenos, escuros e apertados
Palhaços




тяαυмαs
Tem trauma de agulhas, de elevadores, de hospitais e de palhaços.



ƒσвıαs
Tem fobia de cachorros (Cinofobia), de ficar sozinha (Monofobia), de palhaços (Coulrofobia) e de lugares pequenos, escuros e apertados (Claustrofobia).



αłgσ мαıs?
Reika possui inteligência excepcional, com QI de 180 e memória fotográfica
Além do japonês, ela fala mais três idiomas com fluência: Inglês, francês e coreano
Aprendeu sozinha a tocar piano, violino e violão
Tem certa fascinação por astrologia por causa de seu irmão mais velho
É alérgica à amendoim e à cachorros
Sempre usa esse colar que ganhou de Hisahito no dia em que ele viajou para Londres.









Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...