• Devil's Desire •


Postado






Mostrar Spoiler: τнє cяαzy ı∂σł



ησмє:
雪乃 (ゆきの) - Yukino: a ser como a neve; pura, inocente, branca e clara.
月山 習 (つきやま) - Tsukiyama: Montanha da lua.



αρєłı∂σs:
Yuki-chan: É a forma como seus pais se referem à si. Ela não gosta nem desgosta.
Yukinon: É a pronúncia de seu nome de forma melosa. Ela não gosta nem desgosta.
Tsukki: É uma abreviação de seu sobrenome. Ela não gosta muito, mas não reclama.
Uruha: Apelido dado à si por seu pai. Seu kanji (麗) significa "Delicada, bela e graciosa". Ele também a chama de Uru-chan e de U-sama. Ela realmente gosta desse apelido.



ı∂α∂є:
16 anos



∂αтα ∂є ηαscıмєηтσ:
14 de dezembro de 2000



sıgησ:
Capricórnio



тıρσ sαηgυíηєσ:
A+ 【A Positivo】



ραís ∂є σяıgєм:
Japão
【Mais exatamente em Yokohama, Kanagawa.】



αραяêηcıα:








∂єscяıçãσ ∂є αραяêηcıα:
Yukino possui uma aparência delicada e frágil, como uma boneca de porcelana articulada, expressiva e de estrutura física pequena, com seus 1.54 de altura e 46 kg, que são muito bem distribuídos em seu corpo.
Sua pele é extremamente pálida, quase translúcida em alguns pontos, livre de imperfeições como cicatrizes ou sinais, dona de uma maciez sem igual e exala um perfume natural que se assemelha ao aroma de jasmim.
Seus cabelos são extremamente lisos e macios em um tom naturalmente acinzentado, e lhe caem em um corte curto e irregular que chaga até pouco abaixo de sua nuca.
Seu rosto de traços delicados e bem desenhados é composto por grandes olhos arrendondados emoldurados por cílios longos e espessos donos de orbes belíssimas em um tom azul gelo, um nariz pequeno e afilado, bochechas levemente protuberantes e uma boca pequena de lábios rosados em formato de coração que escondem seus dentinhos pequenos e bem alinhados.
E apesar de ser japonesa, seu corpo não segue em nada o padrão asiático; mesmo pequeno em proporções, ele é totalmente esculpido e bem desenhado, com curvas e medidas invejáveis, um belo par de seios fartos, cinturinha fina, abdomên chapado, quadris largos, bumbum modesto, coxas fartas e pernas muito bem torneadas, com mãos pequeninas de dedos finos com unhas compridas e pés delicados.


【Personagem: Anastasia
【Anime: The [email protected]: Cinderella Girls



ρєяsσηαłı∂α∂є:
Yukino pode ser definida como maluquinha, impulsiva, imprevisível e geniosa. Ela é o tipo de pessoa que vive intensamente e que faz todas as coisas do seu jeito sem se preocupar com o resultado de suas ações ou com o que outras pessoas irão pensar de si.
É muito sincera e honesta em relação ao que pensa e ao que sente, fazendo e falando tudo o que tem vontade e o que ela acha que é o certo à ser dito ou feito, é direta, curta e grossa se necessário, e não liga para opiniões alheias ou se suas falas e ações irão irritar ou incomodar alguém.
Mas não se engane, pois apesar de passar essa imagem despreocupada e elétrica, a albina é muito perspicaz, observadora e inteligente.
Ela é simpática, comunicativa, extrovertida e descontraída, adora fazer brincadeiras e provocações para animar o ambiente em que está, acabando por atrair a atenção de todos com seu charme e carisma, é educada, gentil e atenciosa à seu modo com as pessoas mais íntimas, porém esse tratamento não é para todos.
Por ser muito intuitiva e seletiva, ela analisa a pessoa com apenas um olhar e será sarcástica, fria e hostil com aqueles com quem seu gênio não se der, e irá ignorar totalmente aqueles quem julgar "insignificantes" demais, e além disso, ela possui um lado extremamente rancoroso, competitivo e vingativo, que não irá pensar duas vezes antes de ferrar com a vida de alguém e que é capaz de quase tudo para isso, mas só aqueles que realmente ganham sua inimizade conhecem.
Sua personalidade também depende bastante de seu humor, então se ela estiver de bom humor, tudo ocorrerá nas mil maravilhas e ela será um doce de pessoa, mas se estiver de mal humor, saia de perto.
Nesses dias, quando tudo parece que não vai funcionar para ela, Yukino prefere se isolar em um canto onde possa descontar sua irritação em algo mais produtivo do que em pessoas que ela gosta, pois da mesma forma que sua sinceridade é uma qualidade na maior parte do tempo, nesses momentos é seu pior defeito, e mesmo que ela deteste discussões, ela possui uma língua bem afiada e seu orgulho não permite que ela deixe que alguém saia com a última palavra.
E também pode-se dizer que, apesar de ser muito pacífica, ela é uma pessoa movida por seu ego. Tudo gira em torno de si mesma e ela sequer percebe isso, porém todo esse egoísmo está presente em cada simples ato dela, desde coisas como ser possessiva até a querer todas as atenções para si.
Mas não confunda o egoísmo inconsciente dela com falsidade, afinal ela adora fazer amizades, não por números, mais sim por medo de se sentir sozinha, e quando realmente gosta de uma pessoa, seus sentimentos são genuínos; ela se apega com muita facilidade e tende à se preocupar com a pessoa até demais com tal pessoa, tomando suas dores e problemas para si mesma, e tal como uma criança com seu primeiro e único melhor amigo, ela é carinhosa, super protetora e não mede esforços para fazer aquela pessoa sorrir, as vezes se importando mais com seus amigos do que consigo mesma.
Porém ela não é tão bobinha quanto faz parecer, e se a situação exigir, ela saberá se mostrar decidida, objetiva e persistente, ainda mais quando se trata de sua liberdade e de suas convicções, além disso, apesar de ter um rostinho de criança e alguns aspectos infantis, ela é muito pervertida e não tem vergonha alguma de admitir isso.
Pelo contrário, a pequena Yuki adora fazer provocações, diz coisas em duplo sentido de propósito e usa roupas que destacam ainda mais seus atributos físicos, e ela simplesmente vê malicia em quase tudo, tanto que a frase que ela mais usa é “Na vida nada se perde, tudo se shippa”, e isso por que ela, literalmente, shippa tudo e todos, desde fone com celular até as pessoas ao seu redor, porém boa parte das coisas "sexys" que ela faz é inconsciente, como por exemplo lamber lentamente a ponta dos dedos ou umedecer e morder os lábios enquanto encara alguém fixamente.




нısтóяıα:
Nasceu em Moscou, na Rússia, mas sua família mudou-se para o Japão quando ela tinha apenas alguns dias de vida, tanta era a pressa de seus pais que ela só foi registrada já em solo japonês, e desde então vivia em um bairro de classe média de Yokohama com seu pai, Hideki Tsukiyama, um biomédico, e sua mãe, Nastya Zidkova, uma ex-modelo.
E apesar de ter aparência de gaijin, exatamente como a mãe, Yukino era muito querida por todos os seus vizinhos por causa de seu jeito meio espontâneo e cativante, e também por isso era bem popular na escola em que estudava e fazia sucesso na região por causa das apresentações que fazia com algumas amigas, tanto na escola como em eventos e concursos.
Foi dessa forma que ela foi descoberta por um produtor musical, que achou a garota, que na época tinha apenas 13 anos, muito bonita e talentosa, e assim ela se tornou trainee de uma famosa companhia de entretenimento japonesa, debutando em 2016 com mais quatro garotas em uma girlband chamada [email protected], que rapidamente ganhou fama entre os japoneses, e agora está conquistando pouco a pouco seu lugar entre os k-idols na Coréia e também em outros lugares do mundo.




єsтıłσ:
Yukinon não tem um estilo definido, é algo que varia entre "geek", "slim fit" e "girlie".
【Para ver alguns looks dela, consulte o tópico Extras.】



єsтıłσ мυsıcαł:
Pop, rock e clássica



qυαł(ıs) мúsıcα(s) ∂єscяєѵєяıαм α ρєяsσηαgєм?
Kill'Em with Kindness - Selena Gomez
Chandelier - Sia
Carousel - Melanie Martinez




gσsтα:
Observar as estrelas
Andar à cavalo
Ficar ao ar livre
Jardins
Flores, árvores e plantas
Ler
Escrever histórias ou poemas
Desenhar
Ouvir música
Cantar
Dançar
Tocar piano, violino e violão
Assistir filmes e séries
Horror, terror, thriller psicológico e SciFi
Praticar esgrima, kendô, krav maga, taekwondo, karatê e jiu jitsu
Viajar
Rock, clássica e pop
Comer doces
Espadas, katanas e adagas
Mangás e HQs
Animes e cartoons
Pessoas e coisas fofas
Videogames
Dias frios / Neve
Gatos




ηãσ gσsтα:
Ser acordada
Ser menosprezada
Ser ignorada
Ser interrompida
Que mexam com o que é seu
Que machuquem as pessoas que ela gosta
Ficar sozinha
Ficar sem doces
Perder uma aposta
Não poder fazer o que quer
Receber ordens
Pessoas falsas
Bullying
Matança sem motivo
Poluição sonora
Desordem
Lugares pequenos, escuros e apertados
Palhaços
Cachorros
Morangos




мє∂σs/тяαυмαs/ƒσвıαs:
Tem medo de perder as pessoas que são importantes para si ou de decepcioná-los. Tem trauma de agulhas, de elevadores, de hospitais e de palhaços. Tem fobia de cachorros (Cinofobia), de ficar sozinha (Monofobia), de palhaços (Coulrofobia) e de lugares pequenos, escuros e apertados (Claustrofobia).



нσввıєs:
Observar as estrelas
Acampar
Andar à cavalo
Fazer jardinagem
Ler
Escrever histórias ou poemas
Cantar
Dançar
Compôr
Tocar piano, violino ou violão
Desenhar
Cozinhar
Fazer compras
Jogar videogames
Praticar esgrima, kendô, krav maga, taekwondo, karatê e jiu jitsu
Polir sua coleção de espadas, katanas e adagas




мαηıαs:
Falar sozinha quando acha que ninguém está olhando
Morder o lábio inferior, a ponta do dedão ou mexer nos cabelos quando está nervosa
Bater os dedos sobre a mesa quando está ansiosa
Pressionar o dedo indicador no lábio inferior quando está pensativa
Enrolar uma mecha de cabelo no indicador quando está criando algo (ela sempre faz isso)
Corar quando está muito constrangida ou quando está pensando em coisas pervertidas
Socar alguma coisa quando está com raiva
Comer doces e se afogar em sorvete quando está triste
Arrumar as coisas quando está muito ansiosa ou muito irritada com algo
Cantar no chuveiro, quando está cozinhando e quando está fazendo faxina
Tomar café da manhã assistindo desenhos animados ou animes
Ler sentada de cabeça para baixo
Desenhar pessoas que ela acha que são bonitas
Fazer doujinshis yaoi com os Sakamaki e os Mukami como personagens




ραя:




ѵαı ƒıcαя cσм αłgυм ρєяsσηαgєм αłéм ∂σ sєυ ραя:
Se possível, com o Ruki.



яєłαçãσ cσм σ ραя:
Eles são um casal totalmente estranho, afinal Yukinon exala vivacidade e animação enquanto que Reiji é frio e reservado, porém nada é como parece... Ao menos não quando se trata desses dois.
Inicialmente a albina sente muito medo do garoto, assim como sente de todos os demais vampiros, e é óbvio que Reiji se aproveita disso para atormentar a vida da garota nos primeiros dias, mas à medida em que Yuki começa a conhecê-lo de fato e a perder o medo do lado sádico do maior, ela se mostra indiferente ao fato de ele ser um vampiro.
Na verdade, a partir daí é ela quem toma as rédeas do relacionamento de ambos, fazendo Reiji depender inteiramente dela.
E não, eles ainda não se amavam ou sequer sentiam algo um pelo outro, longe disso, a relação de ambos era algo como uma troca de favores, afinal Yukino não daria de forma alguma seu precioso e doce sangue à Reiji de graça, então os dois construíram uma relação mestra-servo.
E todos, principalmente os vampiros, riam muito quando viam a garota baixinha chamando o rapaz de “Sebastian”, o fazendo agir como se fosse seu mordomo e servi-la, e realmente isso era a coisa mais engraçada de se ver, afinal Reiji sempre fazia caretas ou dava as coisas erradas à ela de propósito, e então eles discutiam até que Shu os fizesse calar.
Mas com o passar do tempo ela percebeu que ele a olhava com certo desejo, o que fazia ela rir chamar ele de apelidinhos fofos como “Quatro-olhos Lolicon”, "Sanguessuga pervertida" e coisas do tipo, porém era tudo o que dizia antes de puxá-lo pela gravata e aproximar a boca do rapaz de seu pescoço, dando liberdade para ele fazer o que quisesse, e os dois terminavam na cama. (É, ela é bem prática.)
Se demoraram a descobrir que estavam apaixonados um pelo outro?
Bem, ele não, por mais incrível que pareça, mas Yukino ainda levou algum tempo para ver que era tão dependente de Reiji quanto ele era de si.




яєłαçãσ cσм σs συтяσs мєηıησs:

sнυ sαkαмαkı
Inicialmente, após observar a forma como o loiro se comportava por algum pouquíssimo tempo, ela o considerava alguém insignificante, um preguiçoso, mas apreciava o gosto musical do rapaz e sua tranquilidade, então apesar de não fazer questão nenhuma, era educada e gentil com ele nas raras vezes em que precisava falar com o mesmo.
Mas com o passar do tempo e com a convivência, Yukino revê seus conceitos sobre o loiro e passa a gostar da companhia silenciosa de Shu, então é normal vê-los dividindo o fones de ouvido enquanto conversam sobre música ou apenas cochilando um próximo ao outro.




αyαтσ sαkαмαkı
Eles não são muito próximos um do outro, mas tem uma boa relação.
Yukino, particularmente, não gosta muito do jeito egocêntrico e muito convencido do garoto e do palavreado vulgar que ele costuma usar, mas pensa que essa é uma característica marcante do trigêmeo mais velho, então não fala nada sobre isso.
Ambos conversam ocasionalmente, trocam ideias e, de vez enquando, Ayato se junta à ela e Laito para zoar com o restante do pessoal da mansão.




łαıтσ sαkαмαkı
Como ambos tem uma personalidade um pouco muito parecida nos quesitos “falta de vergonha na cara” e “perversão”, Yukino e Laito se dão muitíssimo bem depois que a albina consegue perder seu medo inicial dos vampiros.
Ela realmente gosta do ruivinho e adora conversar com ele, tanto que pode passar horas e horas fazendo isso sem se cansar, afinal pervertidos se entendem, e além disso, ambos possuem uma sintonia desgraçada para inventar pegadinhas e estão sempre juntos por trás das brincadeirinhas de mal gosto que ocorrem na mansão.




kαηαтσ sαkαмαki
Ela o acha estranho, manipulador e mimado, porém também o acha "bizarramente fofo", e como Yukino adora coisas fofas, o roxinho não escapa da garota, e ela não está nem aí, o abraça mesmo contra sua vontade e aperta suas bochechas sempre que o vê, e ele a detesta por isso no início.
Porém, com o passar dos dias, ele cede ao charme e à animação da albina, que passa à vê-lo como um irmão mais novo e a se preocupar com ele, tanto que quando o vê tristonho ou mais calado do que o normal faz de tudo para arrancar nem que seja um sorriso pequeno do garoto e quando o vê tendo um acesso de raiva é a primeira a tentar pará-lo, mesmo que saia da discussão triste ou machucada.
Além disso, ela realmente adora mimar ele, fazendo todas as suas vontades e cozinhando os doces mais deliciosos que sabe fazer só para agradá-lo.




sυвαяυ sαkαмαkı
A relação entre ela e o Sakamaki mais novo não é quente nem fria, é neutra.
Yukino não gosta nem desgosta do rapaz e o mesmo vale para ele, já que nunca trocaram mais do que alguns cumprimentos e poucas conversas, todas muito rápidas e ocasionais, porém ela vê que, de todos os Sakamaki, de alguma forma Subaru é o mais sensível, e isso faz com que ela o admire secretamente.




яυkı мυkαмı
Em um primeiro momento, algo no jeito introspectivo de Ruki faz com que ela sinta medo de se aproximar dele, e isso não muda mesmo quando ela começa a perder o medo dos demais vampiros.
Yukino não sabe explicar, mas sente um arrepio na espinha toda vez que ouve a voz do vampiro, por isso sempre fazia o possível para não ficar próxima à ele, mas isso mudou quando um dia, sem querer, ela ouviu ele falando sozinho sobre o medo que ele sentia de não ser o que KarlHeinz procurava, o tal Adam.
Isso mexeu com ela de uma forma profunda, afinal ela não imaginaria que ele, que parece ser tão intimidador, pudesse ter preocupações como aquela, então ela passa a tentar fazer amizade com ele de todas as formas possíveis.
Ruki se incomoda com isso no início, mas com o tempo e muita insistência por parte de Yuki ele vai deixando ela se aproximar, e os dois se tornam algo bem próximo à amigos, e é claro que isso incomoda certo Sakamaki, já que ela não economiza nos abraços e nos beijos no rosto de Ruki.




kσυ мυkαмı
A relação de ambos é uma mistura de amor e ódio.
Yukino realmente não liga para o fato do garoto ser um mimado, egocêntrico e narcisista, até acha isso meio fofo nele, porém não suporta seu lado extremamente sádico e bipolar, então enquanto ele estiver de bom humor, ela o suporta, até mesmo gosta de cantar e dançar com o idol, mas quando ele está atacado os dois brigam como cão e gato, e ela não tá nem aí pro fato dele ser um vampiro, até por que ela tem os truques dela, como sua lindíssima e afiada katana, que aliás ela sabe manipular muito bem.




yυмα мυkαмı
Ambos não se davam muito bem no começo, na verdade ela não foi com a cara dele, mas mudou de ideia ao ver que ele era tão viciado em doces quanto ela e que também gostava de jardinagem.
Desde então Yuki procurou se aproximar do garoto, pouco a pouco ganhando a confiança dele, e agora é bem comum vê-los juntos, porém eles não conversam muito, apenas gostam de comer cubos de açúcar e cuidar do jardim juntos.




αzυsα мυkαмı
Assim como Kanato, o Azu-chan também conhecido como “emo masoquista” também se encaixa no seu conceito de “bizarramente fofo”, então ela gosta de o abraçar e de conversar com o garoto, que se dá bem com ela de cara, já que ele adora ter as atenções sobre si.
Yukino, sempre que o vê, faz brincadeiras para tentar arrancar sorrisos de Azusa, conversa com ele sobre adagas e katanas e o mima de todas as formas possível, porém não é tão próxima ou apegada à ele quando é de Kanato.




яєłαçãσ cσм αs мєηıηαs:
Como ela é um ser naturalmente animado e falante, Yukino não tem dificuldades em fazer amizade com as outras garotas, e apesar de gostar mais de umas do que de outras, trata todas igualmente.
É superprotetora, atenciosa e carinhosa à seu modo, mas também é uma verdadeira amiga para todas as horas e sempre estará disponível para atender um pedido que lhe for feito.
É uma boa ouvinte, uma ótima conselheira e sempre tem uma ideia para dar, mesmo que essa ideia nem sempre seja boa.
Além disso, ela é do tipo que está disposta à tudo por suas amigas, as apoia sempre que elas estão em apuros e as protege quando elas estão ameaçadas de qualquer forma, mesmo se isso custar seu próprio bem estar ou colocá-la em risco.




cσмσ ѵαı яєαgıя qυαη∂σ ∂єscσвяıя qυє sãσ ѵαмρıяσs:
Ela fica totalmente assustada! Jamais passou por sua cabeça que criaturas como vampiros pudessem existir fora dos livros e séries, e então começa a procurar formas de se afastar dos "sanguessugas digievoluídos" e de fugir daquele lugar.



яєαçãσ qυαη∂σ ∂єscσвяıя σ ραssα∂σ ∂σ sєυ ραя є σ ρσяqυê ∂є єsтαя łá:
Ela vai ficar surpresa ao descobrir a história de Reiji e, de certa forma, vai sentir pena dele, afinal ninguém merece passar pelo que ele passou, mas vai ficar realmente confusa quando descobrir como se encaixa em tudo isso.
Para ela, coisas como essa só acontecem na ficção, e como já está confusa o suficiente, demora algum tempo para digerir esse fato.




яєαçãσ ασ ѵєя σ ραя cσм συтяαs мєηıηαs:
Ela deixa seu ciúme mais do que visível. Abraça e beija o seu vampiro descaradamente e, se tiver oportunidade, vai direto à garota que está cercando "o que é dela" e fala "gentilmente" para ela se afastar.
Quando ela consegue se livrar da garota, quem sofre é Reiji, já que ela faz desde greves de sexo à ficar sem falar com ele, mas nada que uma boa conversa com Laito não resolva. (Por que sim, ela ouve mais o Laito do que o Reiji)




sαвє qυє sє ηãσ cσмєηтαя cσм ƒяєqυêηcıα є cσм яєłєѵâηcıα sυα ρєяsσηαgєм ρσ∂є мσяяєя:
Sei sim, monamu, mas não se preocupe, o tiu sempre comenta! ✌(ツ)



αłgσ мαıs?
Além do japonês, ela fala mais três idiomas com fluência: Inglês, francês e coreano
Aprendeu sozinha a tocar piano, violino e violão
Tem certa fascinação por astrologia
É alérgica à morangos
Sempre usa esse colar que ganhou de sua mãe no dia em que ela fez seu primeiro live, e ele é realmente importante para ela, então ela nunca tira do pescoço








Mostrar Spoiler: єxτяαs

• lσσks cαsυαıs •








• lσσks ∂є sαıя •







• υηıƒσямє •





• lσσks ραяα ƒєsтα / вαıłє •








• ρıjαмα •





• lσσks ραяα ρяαıα •



• ησıѵα •






Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...