• Ficha para a Fanfic "Lover Conflict" •


Postado


ทσмє cσмρℓєτσ:
Yukino Tsubaki

αρєℓi∂σs:
Yuki-chan, Yukicchi e Yukinon.

i∂α∂є:
16 anos

αραrêทciα:
Yukino é relativamente baixinha, com seus 1.54 de altura, e pesa 46 kg, que são muito bem distribuídos em seu corpo. Sua pele é extremamente pálida, quase translúcida em alguns pontos, livre de imperfeições como cicatrizes ou sinais, dona de uma maciez sem igual e que exala um perfume natural que se assemelha ao aroma de jasmim. Seus cabelos são extremamente lisos e macios em um tom acinzentado e lhe caem em um corte irregular até pouco abaixo de sua nuca. Seu rosto é composto por grandes olhos arrendondados emoldurado por cílios espessos, e possuem orbes belíssimas em um tom azul gelo, um nariz pequeno e afilado, bochechas levemente protuberantes e uma boca pequena de lábios rosados em formato de coração. E apesar de ser japonesa, seu corpo não segue em nada o padrão asiático, é totalmente esculpido e bem desenhado, com curvas e medidas invejáveis. A garota é dona de um belo par de seios, cinturinha fina, quadris largos, bumbum modesto, coxas fartas e pernas muito bem torneadas, tudo proporcional à sua altura.







ρєrsσทαℓi∂α∂є:
Yukino pode ser definida como maluquinha, impulsiva, imprevisível e geniosa. Ela é o tipo de pessoa que vive intensamente e que faz todas as coisas do seu jeito sem se preocupar com o resultado de suas ações ou com o que outras pessoas irão pensar de si. É muito sincera e honesta em relação ao que pensa e ao que sente, fazendo e falando tudo o que tem vontade e o que ela acha que é o certo à ser dito ou feito, é direta, curta e grossa se necessário, e não liga para opiniões alheias ou se suas falas e ações irão irritar ou incomodar alguém. Mas não se engane, apesar de passar essa imagem despreocupada e elétrica, a albina é muito perspicaz, observadora e inteligente. Ela é simpática, comunicativa, extrovertida e descontraída, adora fazer brincadeiras e provocações para animar o ambiente em que está, acabando por atrair a atenção de todos com seu charme e carisma, é educada, gentil e atenciosa à seu modo com as pessoas mais íntimas, porém esse tratamento não é para todos. Por ser muito perfeccionista, intuitiva e seletiva, ela analisa a pessoa com apenas um olhar, e é simplesmente fria, hostil e sarcástica com aqueles com quem seu gênio não se bate.
Sua personalidade também depende bastante de seu humor, então se ela estiver de bom humor, tudo ocorrerá nas mil maravilhas e ela será um doce de pessoa, mas se estiver de mal humor, saia de perto. Mas mau humor é coisa rara na vida da albina, e mesmo se estiver de mal humor, não há coisa que ela mais goste do que ter alguém para conversar ou com quem possa fazer algo. Ela adora fazer amizades, e quando realmente gosta de uma pessoa, se apega com muita facilidade e tende à se comportar como uma mãe, sempre preocupando-se com a pessoa e tomando suas dores e problemas para si mesma. Tal como uma criança com seu melhor amigo, ela é carinhosa, superprotetora e não mede esforços para fazer aquela pessoa sorrir, as vezes se importando mais com seus amigos do que consigo mesma. Porém ela não é tão infantil quanto faz parecer. Se a situação exigir, ela saberá se mostrar decidida, objetiva e persistente, ainda mais quando se trata de sua liberdade. E, apesar de ter um rostinho de criança e alguns aspectos infantis no seu jeito de ser, ela é muito pervertida e não tem vergonha alguma de admitir isso. Pelo contrário, Yuki adora fazer provocações, diz coisas em duplo sentido de propósito e usa roupas que destacam ainda mais seus atributos físicos, porém boa parte do que ela faz é inconsciente, como por exemplo lamber lentamente a ponta dos dedos ou umedecer e morder os lábios enquanto encara alguém fixamente. Mas, ao fim, seu lado infantil sempre ganha. Yukino teve muito pouco contato com mundo, conhece alguns tipos, como pessoas falsas e interesseiras, porém apesar de ter uma personalidade forte e imprevisível ela ainda é muito ingênua. Não confia facilmente em alguém, mas se deixa levar por aparências como a boba romântica e idealista que é, apesar de não admitir.


нisτóriα:
A origem de Yukino é visivelmente estrangeira. A garota carrega os traços delicados que herdou da mãe, uma bela mulher de origem russa chamada Nastya Zidkova. A história de vida dessa mulher é bem comum, afinal quem nunca ouviu em sua redondeza histórias sobre moças bonitas, mas que são estrangeiras ou de família humilde, que são perseguidas e violentadas? Nastya com certeza não foi a primeira, muito menos a última, mulher gaijin a sofrer esse tipo de violência. Ela veio sozinha para o Japão com poucas coisas na mala e grandes sonhos na cabeça, mas teve isso tudo destruído por seu vizinho do apartamento ao lado, um homem inescrupuloso e imoral, que ao fim de tudo, nem sequer pagou pelos danos que causou na vida da garota. Com sua moral manchada e um trauma que dificilmente esqueceria, a albina deixou aquele lugar e partiu para tentar continuar a vida em outro lugar, mas o nojo que tinha de si mesma só tomou propôrções estratosféricas quando ela descobriu estar carregando uma criança fruto daquela noite de pesadelo. Não tirou a bebê por ser cristã, porém jamais se passou por sua cabeça ficar com ela, tanto que assim que deu a luz, viajou por horas até onde sabia ficar um orfanato, a abandonando ali sem nenhum pingo de sentimentos como culpa, remorso ou hesitação. Nastya seguiu seu caminho, e a pequena criança ainda passou horas ali, no último degrau em frente à porta do orfanato. Era um dia frio, e nevava levemente quando uma das funcionárias do local a encontrou com os lábios já arroxeados devido ao frio e as bochechas rosadas úmidas pelas lágrimas quentinhas que rolavam por ali. E foi por causa disso que lhe deram o nome de Yukino. Ela foi criada e educada lá com as demais crianças e foi adotada duas vezes. A primeira vez quando tinha 1 ano por um casal de médicos, porém ela só ficou com eles até seus 4 anos, quando eles se divorciaram. Yukino voltou para o internato, mas dois meses depois foi adotada, agora por um cantor e uma pianista. Ela teve os melhores pais que poderia querer durante o tempo em que pôde conviver com ambos, e foram Hiroshi e Lynn que fizeram com que a paixão por música nascesse no coraçãozinho da pequena albina. Eles ensinaram à ela tudo o que podiam e lhe deram todo o amor que ela jamais recebeu antes, porém eles foram tirados de si por um acidente de avião. Novamente ela voltou ao orfanato, porém ela não quis mais ser adotada. Não aceitava a ideia de ter outros pais além dos seus pais, os Matsumoto, porém Eiji Tsubaki soube chegar ao coração de Yuki, que não esquece um momento sequer das pessoas que mais lhe amaram, porém ela abriu um espaço para o homem bondoso, que não adotou só a si, mas também algumas de suas amigas do orfanato.

ραr:
Masaomi Asahina


rєℓαçãσ cσм α ƒαмíℓiα:
▶▶ irмãs: Para ela, o laço que tem com suas irmãs é algo realmente importante, por isso ela as valoriza muito e tem um forte senso de lealdade para com cada uma delas, além de ser superprotetora e se preocupar excessivamente com cada uma delas, e é nesses momentos que seu lado responsável se mostra, pois ela age como se fosse a mais velha, sendo que é uma das mais novas. Ela é atenciosa, gentil e carinhosa, uma verdadeira amiga para todas as horas, e sempre estará disponível para atender um pedido que lhe for feito. É uma boa ouvinte, uma ótima conselheira e sempre tem uma ideia para dar, mesmo que essa ideia nem sempre seja boa. Além disso, ela está disposta à tudo por suas irmãs, as apoia sempre que elas estão em apuros e as protege quando elas estão ameaçadas de qualquer forma, mesmo se isso custar seu próprio bem estar ou colocá-la em risco.

▶▶ мєทiทσs: Como ela é um ser naturalmente animado e comunicativo, não tem dificuldades em fazer amizade com os garotos, e apesar de gostar mais de uns do que de outros, trata todos igualmente. É atenciosa, adora conversar com eles e não pensa duas vezes antes de brigar por causa de uma deles, afinal ela é realmente superprotetora com aqueles que considera próximos à si, e as garotos vão se tornando pessoas realmente especiais para si com o passar do tempo, especialmente o pequeno Wataru, que é com quem mais ela se identifica. Os dois, depois que se conhecem, são capazes de passar horas juntos falando sobre mangás e animes ou jogando videogame. Ela também adora conversar com Kaname, ajudar Ukyo na cozinha, ter seus cabelos penteados pelo Louis e fazer brincadeirinhas idiotas com Azusa e Tsubaki. Os únicos que ela não é tão próxima são Iori, por ele ser muito reservado, Yusuke, Hikaru e Natsume, mas ela sempre os trata da melhor forma possível. Já com Fuuto o negócio é mais embaixo. Os dois se detestam! Yukino odeia o jeito do idol, e ele iden, então discutem por coisas idiotas sempre que estão no mesmo ambiente.

▶▶ ραr: Yukino gostou de Masaomi desde o primeiro contato que teve com o mais velho dos Asahina. Aliás, foi por causa dele que ela mudou de opinião sobre morar com 13 garotos desconhecidos, já que apesar de não dizer nada, ela estava super contra essa mudança. Algo no jeito paciente e gentil de Masaomi fez com que ela se sentisse mais segura. E ela gostou tanto dele que, sempre que podia, queria estar com ele. E ele realmente gostava da companhia da albina loira. Ela e Wataru faziam uma dupla perfeita, já que ambos pareciam crianças, e os três passavam um bom tempo juntos. Masaomi foi o primeiro a perceber que gostava de Yuki de uma forma diferente, porém ele não quis aceitar isso e lutou contra esse sentimento, mas ficava difícil com a albina sempre por perto, então ele decidiu afastá-la e, é claro, ela se sentiu extremamente triste por isso. Pensava que o motivo do Masa-chan começar a ignorá-la era culpa sua, e isso doía demais. Ela sentia tanta saudade de estar com ele! Do sorriso bonito, do cheirinho bom que o jaleco dele sempre tinha, dos afagos que ele fazia nos cabelos dela sempre que ria de algo que ela fez, ah, ela sentia falta de tudo. Isso a fez notar que estava perdidamente apaixonada pelo seu meio-irmão mais velho. Na cabeça dela, não havia nada demais. Yukino não ligava para a grande diferença de idade ou para o fato de serem "irmãos", e ela faria de tudo para mostrar para seu crush que não era a criança que ele imaginava que ela era.

нσввiєs:
↪ Observar as estrelas
↪ Acampar
↪ Cantar
↪ Dançar
↪ Compôr
↪ Tocar piano e guitarra
↪ Ler
↪ Escrever poemas e histórias
↪ Desenhar
↪ Cozinhar
↪ Fazer compras
↪ Assistir animes/filmes/séries
↪ Jogar videogames
↪ Praticar karatê, jiu jitsu, krav magá, taekwondo, esgrima e kendô


мαทiαs:
↪ Falar sozinha quando acha que ninguém está olhando
↪ Morder o lábio inferior ou mexer nos cabelos quando está nervosa
↪ Bater os dedos sobre a mesa quando está ansiosa
↪ Pressionar o dedo indicador no lábio inferior quando está pensativa
↪ Enrolar uma mecha de cabelo no indicador quando está criando algo ou quando está desenhando (ela sempre faz isso)
↪ Corar quando está constrangida, quando é pega falando sozinha e quando está pensando em coisas pervertidas
↪ Socar alguma coisa quando está com raiva
↪ Comer doces e se afogar em sorvete quando está triste
↪ Arrumar as coisas quando está ansiosa ou muito irritada com algo
↪ Cantar no chuveiro, quando está cozinhando e quando está fazendo faxina
↪ Tomar café da manhã assistindo desenhos animados ou animes
↪ Ler sentada de cabeça para baixo
↪ Desenhar pessoas que ela acha que são bonitas


τrαυмαs/мє∂σs:
↪ Tem trauma de morangos, de cachorros, de elevadores e de hospitais, tem medo de perder as pessoas que realmente são importantes para si e tem fobia de cachorros (cinofobia), de ficar sozinha (monofobia) e de lugares pequenos, escuros e apertados (claustrofobia).

rσυραs:
Mostrar Spoiler: cαsυαℓ











Mostrar Spoiler: ƒєsτα/ƒσrмαℓ












Mostrar Spoiler: ρiנαмα/iทτiмα











Mostrar Spoiler: вαทнσ









αℓgσ α αcrєscєทταr?
↪ Possui um colar que ganhou de Lynn Matsumoto, sua segunda mãe adotiva, no seu aniversário de 9 anos. Raramente o tira por medo de perder.


- - -

ρrσทτα ραrα rєsρσท∂єr αℓgυмαs ρєrgυทταs?
cσмσ sє sєทτiriα α ∂єscσвrir єsταr αραixσทα∂α ρσr sєυ “irмãσ”?
↪ Ela não ligou realmente. Para Yukino, que sempre foi muito sincera em relação à tudo, o mais importante era que o que ela estava sentindo por Masaomi, então ela nem sequer pensou nisso ou na diferença de idade como um empecilho para si.

є ασ sαвєr qυє é cσrrєsρσท∂i∂α?
↪ Foi, simplesmente, um dos momentos mais felizes de sua vida. Saber que o maior também gostava dela da mesma forma que ela gostava dele a deixou tão feliz que ela não conseguiu se conter, o encheu de beijos.

σ qυє ƒαriα sє ∂єscσвrissє qυє sєυs ραis єsρєrαssєм ρσr issσ?
↪ Primeiramente demonstraria certa mágoa, afinal tudo era parte de um plano, mas depois que desse um beliscão bem dado no pai, o abraçaria e o agradeceria, já que se não fosse por causa daquilo que ela pôde conhecer Masaomi e os outros.

σ qυє ƒαriα є cσмσ sє sєทτiriα sє υмα συτrα gαrστα єsτivєssє αƒiм ∂є sєυ ραr?
↪ Yukino vai descobrir que é totalmente ciumenta e possessiva. O que é dela, é dela e de mais ninguém, e Masaomi é dela. Claro que, como a boa atriz que é, ela não vai demonstrar isso descaradamente, mas fará de tudo para demonstrar para a outra que aquele homem já tinha dona. E, se isso não desse certo, a outra garota iria sumir misteriosamente. E é claro que a albina não teria nadinha a ver com isso, ok?

єccнi, нєทταi?
↪ Mas é claro, querida.

qυє τiρσ ∂є αทiмαℓ ∂є єsτiмαçãσ gσsταriα ∂є τєr?
• cαcнσrrσ ( )
• gατσ ( )
• ρássαrσ ( )
• συτrσs (✖)【Um coelho, que se chamaria Órion.】


sє cσмρrσмєτє α cσмєทταr sємρrє qυє sυα ρєrsσทαgєм αραrєcєr?
↪ Pode apostar que sim.


Escutando: Error - VIXX <3
Lendo: Minha ficha -qq
Assistindo: O Órion correr atrás da Maconha ◟(눈_눈)◞
Jogando: Nada, ué (^∇^)
Comendo: Meu uk-- Hm... nada (ღ˘ε˘ღ)
Bebendo: Toddynho *-*

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...