~santan-

santan-
H E L L
Nome: — [𝚍]𝚒𝚊𝚗𝚊𝚋𝚒𝚗𝚑𝚊 ✡ ℒύcιfєя ❥ ❝S A N T A N❞ ★ 𝔈𝔰𝔱𝔯𝔢𝔩𝔞 𝔡𝔞 𝔐𝔞𝔫𝔥𝔞̃
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Florianopolis, Santa Catarina, Brasil
Aniversário: 1 de Junho
Idade: 16
Cadastro:

✗ FICHAS — 𝒜𝓂𝑜𝓇 𝒟𝑜𝒸𝑒 ✗


Postado


𝐹𝒾𝒸𝒽𝒶 𝒻𝑜𝓇 𝓌𝓌𝓌.𝓈𝑒𝒸𝓇𝑒𝓉𝓈 — 𝒦𝒶𝓎𝒶 𝒮𝒸𝑜𝒹𝑒𝓁𝒶𝓇𝒾𝑜 𝒶𝓈 𝒜𝓂𝒷𝑒𝓇 𝑀𝒶𝓇𝒾𝓁𝓎𝓃 𝑀𝑜𝓇𝑔𝑒𝓃𝓈𝓉𝑒𝓇𝓃



𝒩𝑜𝓂𝑒
Amber Marilyn Morgenstern


𝓐𝓶𝓫𝒆𝓻 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 𝓅𝑒𝒹𝓇𝒶 𝓅𝓇𝑒𝒸𝒾𝑜𝓈𝒶 ℳ𝓪𝓻𝓲𝓵𝔂𝓷 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 𝑒𝓈𝓉𝓇𝑒𝓁𝒶 𝒹𝑜 𝓂𝒶𝓇 ℳ𝓸𝓻𝓰𝒆𝓷𝓼𝓽𝒆𝓻𝓷 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 𝑒𝓈𝓉𝓇𝑒𝓁𝒶 𝒹𝒶 𝓂𝒶𝓃𝒽𝒶̃




𝒜𝓅𝑒𝓁𝒾𝒹𝑜𝓈
Abby | Amy | Mary | Lynn





𝐼𝒹𝒶𝒹𝑒
16 anos | geminiana





𝒩𝒶𝒸𝒾𝑜𝓃𝒶𝓁𝒾𝒹𝒶𝒹𝑒
Inglesa | londrina






𝒟𝒶𝓉𝒶 𝒹𝑒 𝒩𝒶𝓈𝒸𝒾𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜
01/06





𝒪𝓇𝒾𝑒𝓃𝓉𝒶ç𝒶̃𝑜 𝒮𝑒𝓍𝓊𝒶𝓁
Heterossexual





𝒫𝒶𝓇
Armin





𝒜𝓅𝒶𝓇𝑒̂𝓃𝒸𝒾𝒶
A primeira coisa que percebe-se em Amber são seus olhos. Dependendo da claridade ora parecem azul celeste, ora verde-mar, ora azul acinzentado, ora dois pares de safira. Por estarem sempre rodeados de rímel e lápis de olho, eles destacam-se. A segunda coisa é a sua altura, 1,79m, considerada uma ótima estatura para quem quiser se aventurar no mundo das modelos. Os cabelos, naturalmente castanho escuro e ondulado, às vezes está liso por conta da chapinha que a garota faz. A pele é pálida, parecendo que nunca viu um sol na vida. As sobrancelhas são finas e arqueadas, com cílios longos e finos. Lábios rosados e finos, nunca com um batom ou gloss, dentes brancos e bem alinhados. Seu rosto tem a forma oval. Os seios, nádegas e coxas são médios para a sua idade, não podendo ser considerada uma tábua ou modelo de revista pornô.











— 𝒦𝒶𝓎𝒶 𝒮𝒸𝑜𝒹𝑒𝓁𝒶𝓇𝒾𝑜





𝒫𝑒𝓇𝓈𝑜𝓃𝒶𝓁𝒾𝒹𝒶𝒹𝑒
Pense em alguém irresponsável. Pensou? Tenho certeza que em sua mente você imaginou aquele garoto encrenqueiro de feições despreocupadas que senta lá no fundão, na sala de aula. Se fosse a deusa de alguma mitologia, seria da irresponsabilidade. Ela chegava nas salas de aula uma hora depois, dizia oi como se tivesse chegado adiantada, sorria, sentava e colocava os pés em cima da mesinha do centro.
Mal educada, não faz questão de fingir ser alguém que não é. Suas respostas são curtas e grossas. Sua família sempre destacou-se pela boa educação, generosidade e bondade, mas isso não a impede de xingar todos e tudo.
A garota é extremamente determinada. Nunca desistirá antes de alcançar seus objetivos. Junto com a sua extrema teimosia, é sim, um de seus defeitos. Ela pode ver uma placa de aviso à morte, porém ela irá até lá saltitando.
É inteligente, sim, mas seus atos são muito impulsivos, o que fazem os outros pensarem que ela é burra. Bobagem. As emoções predominam suas ações, e a razão fica completamente para trás. Inicie uma conversa com Marilyn e provavelmente você será manipulado por ela. A morena possui uma ótima lábia, suas palavras são extremamente calculadas — quando ela quer algo —, e ela acabará fazendo até um rei abdicar o trono à favor dela.
A sinceridade é sempre muito visível em suas palavras. Ela pode chamar alguém de gordo que nem um saco de batatas, ou feio que nem um pepino-do-mar. Normalmente ela não percebe que isso acaba machucando as pessoas, e como ninguém faz questão de alertar a morena, ela continua.
Marilyn é extremamente maliciosa. Vê duplo sentido em tudo, até em algo simples, como uma cenoura. Costuma avaliar os homem de alto a baixo e sorri, lasciva. Muitas das vezes consegue levar um homem para a cama, já que não podemos negar que a garota tem um belo rosto. Porém, não irá tentar seduzir seu par, pois ao contrário de vários de seus parceiros, ela acha que ele não merece isso.
Fidelidade e lealdade sempre foram qualidades muito marcantes nela. Jamais trairia alguém, mesmo que isso lhe beneficiasse. Se alguém lhe pedisse para deixar uma causa e entrar em outra, ela riria na cara da pessoa e viraria as costas.
Ela é extremamente sarcástica, e isso é notável em suas palavras. Em todas as suas frases possuem sarcasmo. Normalmente ela usa e abusa desse defeito quando está bem mal-humorada.
Pense em alguém que não tem seriedade alguma. Exatamente; Marilyn é assim. No jogo em que a pessoa tem que encarar a outra sem rir ou sorrir, ela perderia. A garota acha as pequenas coisas muito engraçadas, tais como a palavra pelicano ou até mesmo o vento. Costuma rir muito quanto está comendo, e por isso, tem tendência a se engasgar. Ela diz que isso ainda será a sua perdição.
Compreensiva, a garota sabe muito bem quando deve aconselhar alguém. Ela sempre estará lá para ajudar um amigo, o apoiando em todas as suas escolhas.







𝐻𝒾𝓈𝓉𝑜́𝓇𝒾𝒶

Jennifer e James sempre possuíram fortes sentimentos um pelo outro, desde a adolescência, onde namoravam. Mas com a chegava da linda e gentil Jeanne, a mais nova sentiu-se ameaçada por Jean. James apaixonou-se também pela outra, e teve uma ideia brilhante, pelo menos para ele. Começou a namorar as duas, mesmo que elas não estivessem conscientes disso.
Quase dez anos depois casou-se com Jeanne, deixando a outra inconsolável. Mas o homem não estava afim de deixar Jennifer. Fez dela sua amante. E, alguns anos depois, nasceu a pequena garota. O parto fora difícil, a menina enrolou-se no cordão umbilical, quase asfixiando-se. Porém, inconsolável em perder a menina, ela pediu para fazer tudo que os médicos pudessem, mesmo que isso a levasse para a morte. Sim, era egoísta, morrer para deixar mais uma criança jogada em um orfanato.
Alguns minutos depois James chegou, tendo a chance de sussurrar no ouvido da amante que a amava e apertar sua mão, antes de seus olhos perderem o brilho. O homem segurou a filha e a levou para casa, sendo muito bem recebido por Jeanne.


Jeanne amou a bastarda tanto quanto seu filho, Alec, que foi outra pessoa que amou a garotinha no momento que a viu. Mesmo com a diferença de idade e aparência, as pessoas pensavam que Alec e Marilyn eram irmãos. Estudavam juntos, dormiam no mesmo quarto, enfim. Quando ele morreu atropelado por um motorista bêbado, a menina ficou inconsolável, ficando trancada no quarto por vários dias. Jeanne jogou doou várias coisaspara um orfanato, mas Mary pegou várias coisas do irmãos para se lembrar dele.
Depois chegou sua tia para dar apoio à família, e Amber conheceu o primo, Thomas. Foi ele que a ajudou a superar o momento, e compartilharam vários momentos emocionantes juntos. Fora tarde demais quando perceberam a paixonite que tinham um pelo outro.







𝑀𝑒𝓁𝒽𝑜𝓇 𝒜𝓂𝒾𝑔𝑜
Kentin





𝐹𝒶𝓂𝒾́𝓁𝒾𝒶
Mãe biológica | Jennifer Collins | 43 anos | morta

[Natalie Portman]

Mãe adotiva | Jeanne Morgentern | 46 anos | viva

[Megan Fox]

Pai | James Morgenstern | 47 anos | vivo

[Gerard Butler]

Irmão | Alec Morgenstern | 25 anos | morto

[Matthew Daddario]

Tia | Chloe Nightshade | 38 anos | viva

[Karla Souza]

Primo | Thomas Nightshade | 16 anos | vivo

[Evan Peters]





𝑅𝑒𝓁𝒶ç𝒶̃𝑜 𝒸𝑜𝓂 𝑜 𝒫𝒶𝓇
Quando Marilyn conheceu Armin, para ela, ele era apenas mais um garoto idiota que mal ficava em pé longe dos video-games. Não eram amigos, e ele, assim como ela, não estava com muita vontade de conversar com Lynn. E ficaram assim por bastante tempo. A garota observava os mínimos detalhes do moreno, como quando os fios negros caiam nos olhos quando estava irritado. E às vezes ele a pegava o olhando, e como um dos defeitos da garota é ser cara de pau, ela não se envergonhava e nem desviava o olhar, apenas se encarando. Azul no azul. Azul no azul.

𝐸𝓊 𝓅𝑜𝒹𝑒𝓇𝒾𝒶 𝒻𝒾𝒸𝒶𝓇 𝒶𝒸𝑜𝓇𝒹𝒶𝒹𝑜 𝓈𝑜́ 𝓅𝒶𝓇𝒶 𝑜𝓊𝓋𝒾𝓇 𝓋𝑜𝒸𝑒̂ 𝓇𝑒𝓈𝓅𝒾𝓇𝒶𝓇
𝒱𝑒𝓇 𝑜 𝓈𝑒𝓊 𝓇𝑜𝓈𝓉𝑜 𝓈𝑜𝓇𝓇𝒾𝓃𝒹𝑜 𝑒𝓃𝓆𝓊𝒶𝓃𝓉𝑜 𝓋𝑜𝒸𝑒̂ 𝒹𝑜𝓇𝓂𝑒
𝐸𝓃𝓆𝓊𝒶𝓃𝓉𝑜 𝓋𝑜𝒸𝑒̂ 𝑒𝓈𝓉𝒶́ 𝓁𝑜𝓃𝑔𝑒 𝑒 𝓈𝑜𝓃𝒽𝒶𝓃𝒹𝑜
𝐸𝓊 𝓅𝑜𝒹𝑒𝓇𝒾𝒶 𝓅𝒶𝓈𝓈𝒶𝓇 𝓂𝒾𝓃𝒽𝒶 𝓋𝒾𝒹𝒶 𝓃𝑒𝓈𝓈𝒶 𝒹𝑜𝒸𝑒 𝓇𝑒𝒹𝑒𝓃ç𝒶̃𝑜
𝐸𝓊 𝓅𝑜𝒹𝑒𝓇𝒾𝒶 𝓂𝑒 𝓅𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇 𝓃𝑒𝓈𝓉𝑒 𝓂𝑜𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜 𝓅𝒶𝓇𝒶 𝓈𝑒𝓂𝓅𝓇𝑒
𝒯𝑜𝒹𝑜 𝓂𝑜𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜 𝓆𝓊𝑒 𝑒𝓊 𝓅𝒶𝓈𝓈𝑜 𝒸𝑜𝓂 𝓋𝑜𝒸𝑒̂
𝐸́ 𝓊𝓂 𝓂𝑜𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜 𝓅𝓇𝑒𝒸𝒾𝑜𝓈𝑜


Mary, visto que Armin não estava muito afim de tomar à iniciativa de conversar com ela, foi até ele, despreocupadamente. Quando se apresentaram e começaram à conversar, a garota ficou terminantemente arrependida de achar que ele era mais um gamer normal. Por quê ela nunca vira alguém tão interessante quanto aquele garoto de olhos azuis como duas safiras, que não fazia ideia da beleza que tinha. Conversar sobre séries, jogos e até algumas banalidades eram os assuntos preferidos de ambos.

𝒩𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝒻𝑒𝒸𝒽𝒶𝓇 𝓂𝑒𝓊𝓈 𝑜𝓁𝒽𝑜𝓈
𝒩𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝑔𝒶𝓇 𝓃𝑜 𝓈𝑜𝓃𝑜
𝒫𝑜𝓇𝓆𝓊𝑒 𝑒𝓊 𝓈𝑒𝓃𝓉𝒾𝓇𝒾𝒶 𝒶 𝓈𝓊𝒶 𝒻𝒶𝓁𝓉𝒶, 𝒷𝒶𝒷𝓎
𝐸 𝑒𝓊 𝓃𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇 𝓃𝒶𝒹𝒶
𝒫𝑜𝓇𝓆𝓊𝑒 𝓂𝑒𝓈𝓂𝑜 𝓆𝓊𝒶𝓃𝒹𝑜 𝑒𝓊 𝓈𝑜𝓃𝒽𝑜 𝒸𝑜𝓂 𝓋𝑜𝒸𝑒̂
𝒪 𝓈𝑜𝓃𝒽𝑜 𝓂𝒶𝒾𝓈 𝒹𝑜𝒸𝑒 𝓃𝓊𝓃𝒸𝒶 𝓋𝒶𝒾 𝓈𝑒𝓇 𝓈𝓊𝒻𝒾𝒸𝒾𝑒𝓃𝓉𝑒
𝐸𝓊 𝒶𝒾𝓃𝒹𝒶 𝓈𝑒𝓃𝓉𝒾𝓇𝒾𝒶 𝒶 𝓈𝓊𝒶 𝒻𝒶𝓁𝓉𝒶, 𝒷𝒶𝒷𝓎
𝐸 𝑒𝓊 𝓃𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇 𝓃𝒶𝒹𝒶


Com o tempo a morena percebera que o que antes era uma amizade virou algo mais forte, pelo menos, para ela. Marilyn não se via mais quando estava ao lado de Armin. Aquela garota que se escondia em uma barreira de sarcasmo e que nunca amara nenhum garoto além da amizade não estava mais lá. Virou alguém diferente no momento que percebeu que se perdia nas belas orbes azuladas do rapaz.

𝒟𝑒𝒾𝓉𝒶𝒹𝑜 𝓅𝑒𝓇𝓉𝑜 𝒹𝑒 𝓋𝑜𝒸𝑒̂
𝒮𝑒𝓃𝓉𝒾𝓃𝒹𝑜 𝑜 𝓈𝑒𝓊 𝒸𝑜𝓇𝒶ç𝒶̃𝑜 𝒷𝒶𝓉𝑒𝓇
𝐸 𝒾𝓂𝒶𝑔𝒾𝓃𝒶𝓃𝒹𝑜 𝑜 𝓆𝓊𝑒 𝓋𝑜𝒸𝑒̂ 𝑒𝓈𝓉𝒶́ 𝓈𝑜𝓃𝒽𝒶𝓃𝒹𝑜
𝐼𝓂𝒶𝑔𝒾𝓃𝒶𝓃𝒹𝑜 𝓈𝑒 𝓈𝑜𝓊 𝑒𝓊 𝓆𝓊𝑒𝓂 𝓋𝑜𝒸𝑒̂ 𝑒𝓈𝓉𝒶́ 𝓋𝑒𝓃𝒹𝑜
𝐸𝓃𝓉𝒶̃𝑜 𝒷𝑒𝒾𝒿𝑜 𝓈𝑒𝓊𝓈 𝑜𝓁𝒽𝑜𝓈 𝑒 𝒶𝑔𝓇𝒶𝒹𝑒ç𝑜 𝒶 𝒟𝑒𝓊𝓈 𝓅𝑜𝓇 𝑒𝓈𝓉𝒶𝓇𝓂𝑜𝓈 𝒿𝓊𝓃𝓉𝑜𝓈
𝐸 𝑒𝓊 𝓈𝑜́ 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝒻𝒾𝒸𝒶𝓇 𝒸𝑜𝓂 𝓋𝑜𝒸𝑒̂
𝒩𝑒𝓈𝓉𝑒 𝓂𝑜𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜 𝓅𝒶𝓇𝒶 𝓈𝑒𝓂𝓅𝓇𝑒, 𝓅𝒶𝓇𝒶 𝓉𝑜𝒹𝑜 𝑜 𝓈𝑒𝓂𝓅𝓇𝑒


''Não vou corar perto dele, isso é ridículo'' ela dizia a si mesma sempre quando estava indo na direção dele, mas o que acontecia era outra coisa. Ela o olhava e um belo sorriso se formava em seu rosto, como se nunca tivesse visto criatura mais bonita que ele.

𝒩𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇 𝓊𝓂 𝓈𝑜𝓇𝓇𝒾𝓈𝑜
𝒩𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇 𝓊𝓂 𝒷𝑒𝒾𝒿𝑜
𝐵𝑜𝓂, 𝑒𝓊 𝓈𝑜́ 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝒻𝒾𝒸𝒶𝓇 𝒸𝑜𝓂 𝓋𝑜𝒸𝑒̂
𝒜𝓆𝓊𝒾 𝒸𝑜𝓂 𝓋𝑜𝒸𝑒̂, 𝒶𝓅𝑒𝓃𝒶𝓈 𝒶𝓈𝓈𝒾𝓂
𝐸𝓊 𝓈𝑜́ 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓉𝑒 𝒶𝒷𝓇𝒶ç𝒶𝓇 𝒻𝑜𝓇𝓉𝑒
𝒮𝑒𝓃𝓉𝒾𝓇 𝓈𝑒𝓊 𝒸𝑜𝓇𝒶ç𝒶̃𝑜 𝓅𝑒𝓇𝓉𝑜 𝒹𝑜 𝓂𝑒𝓊
𝐸 𝒻𝒾𝒸𝒶𝓇 𝒶𝓆𝓊𝒾 𝓃𝑒𝓈𝓉𝑒 𝓂𝑜𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜
𝒫𝑜𝓇 𝓉𝑜𝒹𝑜 𝑜 𝓇𝑒𝓈𝓉𝑜 𝒹𝑜𝓈 𝓉𝑒𝓂𝓅𝑜𝓈


''Prefiro morrer do que admitir em voz alta que estou apaixonada por ele'', pensava ela, antes de olhá-lo e descer o olhar até os lábios semi-abertos dele. Deus, aquele garoto não imaginava como Amber Marilyn Morgenstern estava apaixonada por ele.






𝒢𝑜𝓈𝓉𝒶
Café | refrigerantes | bebidas geladas | frio | inverno | outono | astronomia | era medieval | livros ficcionais | ler | escrever poemas e cartas | doces | tecnologia | boinas | capuzes | vestidos medievais | paisagens | quadros | arquitetura | mitologia romana | mitologia grega | mitologia egípcia | mitologia nórdica | corvos | raposas | lobos | coiotes | chacais | linces | animais sobrenaturais | praticar esportes | pégasus | cavalos | cachorros | Supernatural | Maze Runner | Harry Potter | Dylan O'Brien | Holland Roden | Jared Padalecki | Jensen Ackles | jogos estratégicos | Carry On Wayward Son | olhos azuis | rock | músicas de rock clássico | Survivor | Eye Of The Tiger | Kansas | Asia [banda] | Viena | Áustria | países europeus | coroa de flores | tiaras | roupas | casacos com capuz | cabelos curtos | roupas simples | branco | azul | preto | dourado | pergaminhos | objetos antigos | prata | verde.





𝒩𝒶̃𝑜 𝒢𝑜𝓈𝓉𝒶
Verão | calor | chá | milk-shake | bebidas quentes | calor | pop | livros históricos | gatos | bonés | vermelho | laranja | amarelo | ficar parada por muito tempo | preconceito | falsidade | infidelidade | deslealdade.





𝒫𝓇𝑜𝒷𝓁𝑒𝓂𝒶𝓈
Tem problemas para se enturmar, pois acham que ela é louca, já que vive dizendo que o espírito do irmão segue ela.
Tem problemas em várias matérias.
É acusada pelo assassinato do irmão.





𝑀𝒶𝓃𝒾𝒶𝓈
Revirar os olhos quando ouvir algo inútil, óbvio ou desnecessário | franzir e arquear as sobrancelhas quando confusa | sorrir de lado sem motivo | batucar os dedos em uma estrutura sólida] | apertar os olhos quando desconfiada | olhar para o chão antes de mentir.





𝐸𝓈𝓉𝒾𝓁𝑜










𝑀𝑒𝒹𝑜𝓈
Aranhas | altura | escuro | agulhas | objetos afiados | hospitais | cemitérios.





𝒮𝑒𝑔𝓇𝑒𝒹𝑜𝓈
Logo será enviado por MP





𝒜𝓁𝑔𝑜 𝓂𝒶𝒾𝓈?


𝐹𝒾𝒸𝒽𝒶 𝒻𝑜𝓇 𝐸𝓇𝒶𝓈𝑒𝒹 — 𝓔𝓂𝑒𝓇𝒶𝓊𝒹𝑒 𝓣𝑜𝓊𝒷𝒾𝒶 𝒶𝓈 ℛ𝑜𝓈𝑒𝓂𝒶𝓇𝓎 ℋ𝒶𝓎𝒹𝑒𝓃

ℋ𝑜𝒾. 𝓘'𝓂 𝓣𝑒𝓂𝓂𝒾𝑒

𝒩𝑜𝓂𝑒
Rᴏsᴇᴍᴀʀʏ Hᴀʏᴅᴇɴ

𝑅𝑜𝓈𝑒𝓂𝒶𝓇𝓎 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 𝓻𝓸𝓼𝓪 𝓹𝓾𝓻𝓪. 𝒯𝑒𝓂 𝑜𝓇𝒾𝑔𝑒𝓂 𝓃𝒶 𝓊𝓃𝒾𝒶̃𝑜 𝒹𝑜𝓈 𝓃𝑜𝓂𝑒𝓈 𝑅𝑜𝓈𝑒 𝑒 𝑀𝒶𝓇𝓎, 𝓆𝓊𝑒 𝑒𝓂 𝓊𝓂𝒶 𝓁𝒾𝓃𝑔𝓊𝒶𝑔𝑒𝓂 𝓁𝒾𝓉𝑒𝓇𝒶𝓁 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 ℛ𝓸𝓼𝓪 𝑒 ℳ𝓪𝓻𝓲𝓪. 𝑅𝑜𝓈𝒶 𝑒́ 𝓊𝓂 𝓃𝑜𝓂𝑒 𝒸𝑜𝓂 𝒹𝓊𝒶𝓈 𝑜𝓇𝒾𝑔𝑒𝓃𝓈, 𝒶 𝓅𝓇𝒾𝓂𝑒𝒾𝓇𝒶 𝒶𝓉𝓇𝒶𝓋𝑒́𝓈 𝒹𝒶 𝓊𝓃𝒾𝒶̃𝑜 𝒹𝑜𝓈 𝑒𝓁𝑒𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜𝓈 𝑔𝑒𝓇𝓂𝒶̂𝓃𝒾𝒸𝑜𝓈 𝒽𝓇𝑜𝒹, 𝓆𝓊𝑒 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 "𝒻𝒶𝓂𝒶" 𝑒 𝒽𝑒𝒾𝒹, 𝓆𝓊𝑒 𝓆𝓊𝑒𝓇 𝒹𝒾𝓏𝑒𝓇 "𝑒𝓈𝓅𝑒́𝒸𝒾𝑒, 𝓉𝒾𝓅𝑜" 𝑒 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 "𝓉𝒾𝓅𝑜 𝒻𝒶𝓂𝑜𝓈𝑜, 𝑒𝓈𝓅𝑒́𝒸𝒾𝑒 𝒻𝒶𝓂𝑜𝓈𝒶". 𝐸𝓁𝒶 𝓃𝓊𝓃𝒸𝒶 𝑔𝑜𝓈𝓉𝑜𝓊 𝒹𝑒 𝓈𝑒𝓊 𝓃𝑜𝓂𝑒, 𝓈𝑒𝓂𝓅𝓇𝑒 𝑜 𝒶𝒸𝒽𝑜𝓊 𝑒𝓈𝓉𝓇𝒶𝓃𝒽𝑜 𝑒 𝒻𝑒𝒾𝑜. 𝒫𝒶𝓇𝒶 𝑒𝓁𝒶, 𝓅𝒶𝓇𝑒𝒸𝒾𝒶 𝓆𝓊𝑒 𝑒𝓇𝒶 𝓊𝓂 𝓃𝑜𝓂𝑒 𝒹𝑜𝓈 𝒶𝓃𝑜𝓈 𝓈𝑒𝓉𝑒𝓃𝓉𝒶; 𝒶𝓁𝑒́𝓂 𝒹𝒾𝓈𝓈𝑜, 𝒶𝓈 𝓅𝑒𝓈𝓈𝑜𝒶𝓈 𝒻𝒶𝓏𝑒𝓂 𝓅𝒾𝒶𝒹𝒾𝓃𝒽𝒶𝓈 𝒸𝑜𝓂 𝑜 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶𝒹𝑜 𝓃𝒶̃𝑜 𝒶𝒿𝓊𝒹𝒶𝓋𝒶. 𝒫𝑜𝓇 𝒾𝓈𝓈𝑜 𝓈𝑒 𝒶𝓅𝓇𝑒𝓈𝑒𝓃𝓉𝒶 𝒸𝑜𝓂𝑜 𝑅𝑜𝓈𝑒 𝑜𝓊 𝑀𝒶𝓇𝓎.

𝒜𝓅𝑒𝓁𝒾𝒹𝑜
Rᴏsᴇ | Mᴀʀʏ

𝐼𝒹𝒶𝒹𝑒
𝟣𝟪 ᴀɴᴏs

𝒮𝑒𝓍𝓊𝒶𝓁𝒾𝒹𝒶𝒹𝑒
Bɪssᴇxᴜᴀʟ

𝒫𝑒𝓇𝓈𝑜𝓃𝒶𝓁𝒾𝒹𝒶𝒹𝑒
Aʟɢᴏ ϙᴜᴇ ᴘᴇʀᴄᴇʙᴇ﹣sᴇ ʀᴀᴘɪᴅᴀᴍᴇɴᴛᴇ ᴇᴍ Rᴏsᴇᴍᴀʀʏ ᴇ́ ᴀ sᴜᴀ ᴄᴀᴘᴀᴄɪᴅᴀᴅᴇ ᴅᴇ ғᴀᴢᴇʀ ɴᴏᴠᴀs ᴀᴍɪᴢᴀᴅᴇs. Eʟᴀ ᴛᴇᴍ ᴜᴍᴀ ᴄᴀʀɪsᴍᴀ sᴜʀᴘʀᴇᴇɴᴅᴇɴᴛᴇ, ᴇsᴛᴀ́ sᴇᴍᴘʀᴇ sᴏʀʀɪɴᴅᴏ ᴘᴀʀᴀ ᴛᴏᴅᴏ ᴍᴜɴᴅᴏ﹐ ᴀᴛᴇ́ ᴘᴀʀᴀ ϙᴜᴇᴍ ɴᴀ̃ᴏ ɢᴏsᴛᴀ.
Rᴏsᴇᴍᴀʀʏ ᴘᴏssᴜɪ ᴜᴍ ᴇsᴘɪ́ʀɪᴛᴏ ᴅᴇ ᴍᴇɴɪɴᴏ. É ᴇxᴛʀᴇᴍᴀᴍᴇɴᴛᴇ ᴛʀᴀᴠᴇssᴀ ᴇ ᴇ́ ᴀᴘᴛᴀ ᴘᴀʀᴀ ᴇɴᴛʀᴀʀ ᴇᴍ ᴄᴏɴғᴜsᴏ̃ᴇs. Cᴏsᴛᴜᴍᴀ ᴛʀᴀᴢᴇʀ ᴅᴏʀ ᴅᴇ ᴄᴀʙᴇçᴀ ᴘᴀʀᴀ Mɪɪᴋᴏ ᴇ Nᴇᴠʀᴀ, ᴀᴘᴇsᴀʀ ᴅᴇsᴛᴇ ᴜ́ʟᴛɪᴍᴏ ᴀᴄʜᴀʀ ᴀs sɪᴛᴜᴀçᴏ̃ᴇs ʜɪʟᴀ́ʀɪᴀs; ᴀs ᴠᴇᴢᴇs ᴇʟᴇ ᴀᴛᴇ́ ᴀ̀ ᴘʀᴏᴛᴇɢᴇ ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴀʟɢᴜɴs sᴇʀᴇs ᴠᴇ̂ᴍ ʀᴇᴄʟᴀᴍᴀʀ ᴅᴇʟᴀ ᴘᴀʀᴀ Nᴇᴠʀᴀ.
Pᴇɴsᴇ ᴇᴍ ᴀʟɢᴜᴇ́ᴍ ɪʀʀᴇsᴘᴏɴsᴀ́ᴠᴇʟ. Pᴇɴsᴏᴜ? Tᴇɴʜᴏ ᴄᴇʀᴛᴇᴢᴀ ϙᴜᴇ ᴇᴍ sᴜᴀ ᴍᴇɴᴛᴇ ᴠᴏᴄᴇ̂ ɪᴍᴀɢɪɴᴏᴜ ᴀϙᴜᴇʟᴇ ɢᴀʀᴏᴛᴏ ᴇɴᴄʀᴇɴϙᴜᴇɪʀᴏ ᴅᴇ ғᴇɪçᴏ̃ᴇs ᴅᴇsᴘʀᴇᴏᴄᴜᴘᴀᴅᴀs ϙᴜᴇ sᴇɴᴛᴀ ʟᴀ́ ɴᴏ ғᴜɴᴅᴀ̃ᴏ﹐ ɴᴀ sᴀʟᴀ ᴅᴇ ᴀᴜʟᴀ. Sᴇ ғᴏssᴇ ᴀ ᴅᴇᴜsᴀ ᴅᴇ ᴀʟɢᴜᴍᴀ ᴍɪᴛᴏʟᴏɢɪᴀ﹐ sᴇʀɪᴀ ᴅᴀ ɪʀʀᴇsᴘᴏɴsᴀʙɪʟɪᴅᴀᴅᴇ. Eʟᴀ ᴄʜᴇɢᴀᴠᴀ ᴇᴍ ᴛᴏᴅᴏs ᴏs ʟᴜɢᴀʀᴇs sᴇᴍᴘʀᴇ ᴀᴛʀᴀsᴀᴅᴀ.
Mᴀʟ ᴇᴅᴜᴄᴀᴅᴀ﹐ ɴᴀ̃ᴏ ғᴀᴢ ϙᴜᴇsᴛᴀ̃ᴏ ᴅᴇ ғɪɴɢɪʀ sᴇʀ ᴀʟɢᴜᴇ́ᴍ ϙᴜᴇ ɴᴀ̃ᴏ ᴇ́. Sᴜᴀs ʀᴇsᴘᴏsᴛᴀs sᴀ̃ᴏ ᴄᴜʀᴛᴀs ᴇ ɢʀᴏssᴀs. A ɢᴀʀᴏᴛᴀ ᴇ́ ᴇxᴛʀᴇᴍᴀᴍᴇɴᴛᴇ ᴅᴇᴛᴇʀᴍɪɴᴀᴅᴀ. Nᴜɴᴄᴀ ᴅᴇsɪsᴛɪʀᴀ́ ᴀɴᴛᴇs ᴅᴇ ᴀʟᴄᴀɴçᴀʀ sᴇᴜs ᴏʙᴊᴇᴛɪᴠᴏs. Jᴜɴᴛᴏ ᴄᴏᴍ ᴀ sᴜᴀ ᴇxᴛʀᴇᴍᴀ ᴛᴇɪᴍᴏsɪᴀ﹐ ᴇ́ sɪᴍ﹐ ᴜᴍ ᴅᴇ sᴇᴜs ᴅᴇғᴇɪᴛᴏs. Eʟᴀ ᴘᴏᴅᴇ ᴠᴇʀ ᴜᴍᴀ ᴘʟᴀᴄᴀ ᴅᴇ ᴀᴠɪsᴏ ᴀ̀ ᴍᴏʀᴛᴇ﹐ ᴘᴏʀᴇ́ᴍ ᴇʟᴀ ɪʀᴀ́ ᴀᴛᴇ́ ʟᴀ́ sᴀʟᴛɪᴛᴀɴᴅᴏ.
ɪɴᴛᴇʟɪɢᴇɴᴛᴇ﹐ sɪᴍ﹐ ᴍᴀs sᴇᴜs ᴀᴛᴏs sᴀ̃ᴏ ᴍᴜɪᴛᴏ ɪᴍᴘᴜʟsɪᴠᴏs﹐ ᴏ ϙᴜᴇ ғᴀᴢᴇᴍ ᴏs ᴏᴜᴛʀᴏs ᴘᴇɴsᴀʀᴇᴍ ϙᴜᴇ ᴇʟᴀ ᴇ́ ʙᴜʀʀᴀ. Bᴏʙᴀɢᴇᴍ. As ᴇᴍᴏçᴏ̃ᴇs ᴘʀᴇᴅᴏᴍɪɴᴀᴍ sᴜᴀs ᴀçᴏ̃ᴇs﹐ ᴇ ᴀ ʀᴀᴢᴀ̃ᴏ ғɪᴄᴀ ᴄᴏᴍᴘʟᴇᴛᴀᴍᴇɴᴛᴇ ᴘᴀʀᴀ ᴛʀᴀ́s. Iɴɪᴄɪᴇ ᴜᴍᴀ ᴄᴏɴᴠᴇʀsᴀ ᴄᴏᴍ Mᴀʀʏ ᴇ ᴘʀᴏᴠᴀᴠᴇʟᴍᴇɴᴛᴇ ᴠᴏᴄᴇ̂ sᴇʀᴀ́ ᴍᴀɴɪᴘᴜʟᴀᴅᴏ ᴘᴏʀ ᴇʟᴀ. A ᴍᴏʀᴇɴᴀ ᴘᴏssᴜɪ ᴜᴍᴀ ᴏ́ᴛɪᴍᴀ ʟᴀ́ʙɪᴀ﹐ sᴜᴀs ᴘᴀʟᴀᴠʀᴀs sᴀ̃ᴏ ᴇxᴛʀᴇᴍᴀᴍᴇɴᴛᴇ ᴄᴀʟᴄᴜʟᴀᴅᴀs — ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴇʟᴀ ϙᴜᴇʀ ᴀʟɢᴏ —﹐ ᴇ ᴇʟᴀ ᴀᴄᴀʙᴀʀᴀ́ ғᴀᴢᴇɴᴅᴏ ᴀᴛᴇ́ ᴜᴍ ʀᴇɪ ᴀʙᴅɪᴄᴀʀ ᴅᴏ ᴛʀᴏɴᴏ ᴀ ғᴀᴠᴏʀ ᴅᴇʟᴀ.
A sɪɴᴄᴇʀɪᴅᴀᴅᴇ ᴇ́ sᴇᴍᴘʀᴇ ᴍᴜɪᴛᴏ ᴠɪsɪ́ᴠᴇʟ ᴇᴍ sᴜᴀs ᴘᴀʟᴀᴠʀᴀs. Eʟᴀ ᴘᴏᴅᴇ ᴄʜᴀᴍᴀʀ ᴀʟɢᴜᴇ́ᴍ ᴅᴇ ɢᴏʀᴅᴏ ϙᴜᴇ ɴᴇᴍ ᴜᴍ sᴀᴄᴏ ᴅᴇ ʙᴀᴛᴀᴛᴀs﹐ ᴏᴜ ғᴇɪᴏ ϙᴜᴇ ɴᴇᴍ ᴜᴍ ᴘᴇᴘɪɴᴏ﹣ᴅᴏ﹣ᴍᴀʀ. Nᴏʀᴍᴀʟᴍᴇɴᴛᴇ ᴇʟᴀ ɴᴀ̃ᴏ ᴘᴇʀᴄᴇʙᴇ ϙᴜᴇ ɪssᴏ ᴀᴄᴀʙᴀ ᴍᴀᴄʜᴜᴄᴀɴᴅᴏ ᴀs ᴘᴇssᴏᴀs﹐ ᴇ ᴄᴏᴍᴏ ɴɪɴɢᴜᴇ́ᴍ ғᴀᴢ ϙᴜᴇsᴛᴀ̃ᴏ ᴅᴇ ᴀʟᴇʀᴛᴀʀ ᴀ ᴍᴏʀᴇɴᴀ﹐ ᴇʟᴀ ᴄᴏɴᴛɪɴᴜᴀ.
Mᴀʀʏ ᴇ́ ᴇxᴛʀᴇᴍᴀᴍᴇɴᴛᴇ ᴍᴀʟɪᴄɪᴏsᴀ. Vᴇ̂ ᴅᴜᴘʟᴏ sᴇɴᴛɪᴅᴏ ᴇᴍ ᴛᴜᴅᴏ﹐ ᴀᴛᴇ́ ᴇᴍ ᴀʟɢᴏ sɪᴍᴘʟᴇs﹐ ᴄᴏᴍᴏ ᴜᴍᴀ ᴄᴇɴᴏᴜʀᴀ. Cᴏsᴛᴜᴍᴀ ᴀᴠᴀʟɪᴀʀ ᴏs ʜᴏᴍᴇᴍ ᴅᴇ ᴀʟᴛᴏ ᴀ ʙᴀɪxᴏ ᴇ sᴏʀʀɪ﹐ ʟᴀsᴄɪᴠᴀ. Mᴜɪᴛᴀs ᴅᴀs ᴠᴇᴢᴇs ᴄᴏɴsᴇɢᴜᴇ ʟᴇᴠᴀʀ ᴜᴍ ʜᴏᴍᴇᴍ ᴘᴀʀᴀ ᴀ ᴄᴀᴍᴀ﹐ ᴊᴀ́ ϙᴜᴇ ɴᴀ̃ᴏ ᴘᴏᴅᴇᴍᴏs ɴᴇɢᴀʀ ϙᴜᴇ ᴀ ɢᴀʀᴏᴛᴀ ᴛᴇᴍ ᴜᴍ ʙᴇʟᴏ ʀᴏsᴛᴏ. Pᴏʀᴇ́ᴍ﹐ ɴᴀ̃ᴏ ɪʀᴀ́ ᴛᴇɴᴛᴀʀ sᴇᴅᴜᴢɪʀ sᴇᴜ ᴘᴀʀ﹐ ᴘᴏɪs ᴀᴏ ᴄᴏɴᴛʀᴀ́ʀɪᴏ ᴅᴇ ᴠᴀ́ʀɪᴏs ᴅᴇ sᴇᴜs ᴘᴀʀᴄᴇɪʀᴏs﹐ ᴇʟᴀ ᴀᴄʜᴀ ϙᴜᴇ ᴇʟᴇ ɴᴀ̃ᴏ ᴍᴇʀᴇᴄᴇ ɪssᴏ.
Fɪᴅᴇʟɪᴅᴀᴅᴇ ᴇ ʟᴇᴀʟᴅᴀᴅᴇ sᴇᴍᴘʀᴇ ғᴏʀᴀᴍ ϙᴜᴀʟɪᴅᴀᴅᴇs ᴍᴜɪᴛᴏ ᴍᴀʀᴄᴀɴᴛᴇs ɴᴇʟᴀ. Jᴀᴍᴀɪs ᴛʀᴀɪʀɪᴀ ᴀʟɢᴜᴇ́ᴍ﹐ ᴍᴇsᴍᴏ ϙᴜᴇ ɪssᴏ ʟʜᴇ ʙᴇɴᴇғɪᴄɪᴀssᴇ. Sᴇ ᴀʟɢᴜᴇ́ᴍ ʟʜᴇ ᴘᴇᴅɪssᴇ ᴘᴀʀᴀ ᴅᴇɪxᴀʀ ᴜᴍᴀ ᴄᴀᴜsᴀ ᴇ ᴇɴᴛʀᴀʀ ᴇᴍ ᴏᴜᴛʀᴀ﹐ ᴇʟᴀ ʀɪʀɪᴀ ɴᴀ ᴄᴀʀᴀ ᴅᴀ ᴘᴇssᴏᴀ ᴇ ᴠɪʀᴀʀɪᴀ ᴀs ᴄᴏsᴛᴀs.
Eʟᴀ ᴇ́ ᴇxᴛʀᴇᴍᴀᴍᴇɴᴛᴇ sᴀʀᴄᴀ́sᴛɪᴄᴀ﹐ ᴇ ɪssᴏ ᴇ́ ɴᴏᴛᴀ́ᴠᴇʟ ᴇᴍ sᴜᴀs ᴘᴀʟᴀᴠʀᴀs. Eᴍ ᴛᴏᴅᴀs ᴀs sᴜᴀs ғʀᴀsᴇs ᴘᴏssᴜᴇᴍ sᴀʀᴄᴀsᴍᴏ. Nᴏʀᴍᴀʟᴍᴇɴᴛᴇ ᴇʟᴀ ᴜsᴀ ᴇ ᴀʙᴜsᴀ ᴅᴇssᴇ ᴅᴇғᴇɪᴛᴏ ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴇsᴛᴀ́ ʙᴇᴍ ᴍᴀʟ﹣ʜᴜᴍᴏʀᴀᴅᴀ.
Pᴇɴsᴇ ᴇᴍ ᴀʟɢᴜᴇ́ᴍ ϙᴜᴇ ɴᴀ̃ᴏ ᴛᴇᴍ sᴇʀɪᴇᴅᴀᴅᴇ ᴀʟɢᴜᴍᴀ. Exᴀᴛᴀᴍᴇɴᴛᴇ; Mᴀʀʏ ᴇ́ ᴀssɪᴍ. Nᴏ ᴊᴏɢᴏ ᴇᴍ ϙᴜᴇ ᴀ ᴘᴇssᴏᴀ ᴛᴇᴍ ϙᴜᴇ ᴇɴᴄᴀʀᴀʀ ᴀ ᴏᴜᴛʀᴀ sᴇᴍ ʀɪʀ ᴏᴜ sᴏʀʀɪʀ﹐ ᴇʟᴀ ᴘᴇʀᴅᴇʀɪᴀ. A ɢᴀʀᴏᴛᴀ ᴀᴄʜᴀ ᴀs ᴘᴇϙᴜᴇɴᴀs ᴄᴏɪsᴀs ᴍᴜɪᴛᴏ ᴇɴɢʀᴀçᴀᴅᴀs﹐ ᴛᴀɪs ᴄᴏᴍᴏ ᴀ ᴘᴀʟᴀᴠʀᴀ ᴘᴇʟɪᴄᴀɴᴏ ᴏᴜ ᴀᴛᴇ́ ᴍᴇsᴍᴏ ᴏ ᴠᴇɴᴛᴏ. Cᴏsᴛᴜᴍᴀ ʀɪʀ ᴍᴜɪᴛᴏ ϙᴜᴀɴᴛᴏ ᴇsᴛᴀ́ ᴄᴏᴍᴇɴᴅᴏ﹐ ᴇ ᴘᴏʀ ɪssᴏ﹐ ᴛᴇᴍ ᴛᴇɴᴅᴇ̂ɴᴄɪᴀ ᴀ sᴇ ᴇɴɢᴀsɢᴀʀ. Eʟᴀ ᴅɪᴢ ϙᴜᴇ ɪssᴏ ᴀɪɴᴅᴀ sᴇʀᴀ́ ᴀ sᴜᴀ ᴘᴇʀᴅɪçᴀ̃ᴏ.
Cᴏᴍᴘʀᴇᴇɴsɪᴠᴀ﹐ ᴀ ɢᴀʀᴏᴛᴀ sᴀʙᴇ ᴍᴜɪᴛᴏ ʙᴇᴍ ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴅᴇᴠᴇ ᴀᴄᴏɴsᴇʟʜᴀʀ ᴀʟɢᴜᴇ́ᴍ. Eʟᴀ sᴇᴍᴘʀᴇ ᴇsᴛᴀʀᴀ́ ʟᴀ́ ᴘᴀʀᴀ ᴀᴊᴜᴅᴀʀ ᴜᴍ ᴀᴍɪɢᴏ﹐ ᴏ ᴀᴘᴏɪᴀɴᴅᴏ ᴇᴍ ᴛᴏᴅᴀs ᴀs sᴜᴀs ᴇsᴄᴏʟʜᴀs.

𝒞𝒶𝓇𝒶𝒸𝓉𝑒𝓇𝒾́𝓈𝓉𝒾𝒸𝒶𝓈 𝒻𝒾́𝓈𝒾𝒸𝒶𝓈
Mᴀʀʏ﹐ ᴄᴏᴍ ᴄᴇʀᴛᴇᴢᴀ﹐ ᴇ́ ᴀʙᴇɴçᴏᴀᴅᴀ ᴘᴏʀ Aᴘʜʀᴏᴅɪᴛᴇ. Sᴇᴜs ᴛʀᴀçᴏs sᴀ̃ᴏ sᴜᴀᴠᴇs ᴇ ɢᴇɴᴛɪs﹐ ᴅᴀɴᴅᴏ﹣ʟʜᴇ ᴜᴍ ᴀʀ ᴇxᴛʀᴇᴍᴀᴍᴇɴᴛᴇ ᴅᴇʟɪᴄᴀᴅᴏ ᴀᴏ sᴇᴜ ᴄᴏʀᴘᴏ ᴇ ʀᴏsᴛᴏ. A ᴘᴇʟᴇ ᴇ́ ᴘᴀ́ʟɪᴅᴀ﹐ sᴇɴᴅᴏ ᴀs ʙᴏᴄʜᴇᴄʜᴀs ᴀ ᴜ́ɴɪᴄᴀ ᴄᴏʟᴏʀᴀçᴀ̃ᴏ sᴀᴜᴅᴀ́ᴠᴇʟ ᴠɪsɪ́ᴠᴇʟ; ᴘᴀʀᴇᴄᴇᴍ ϙᴜᴇ ᴀs ᴍᴇsᴍᴀs ᴘᴏssᴜᴇᴍ ᴜᴍ ʙʟᴜsʜ ɴᴀᴛᴜʀᴀʟ. O ʀᴏsᴛᴏ ᴇ́ ᴀɴɢᴜʟᴏsᴏ﹐ sᴇᴜ ᴍᴀxɪʟᴀʀ ᴇ́ ʀᴇᴛᴏ. As sᴏʙʀᴀɴᴄᴇʟʜᴀs sᴀ̃ᴏ ɴᴇɢʀᴀs ᴇ ғɪɴᴀs﹐ ᴇsᴛᴀɴᴅᴏ sᴇᴍᴘʀᴇ ᴄᴏᴍ ᴏs ᴘᴇʟɪɴʜᴏs ᴀʀʀᴜᴍᴀᴅᴏs. Os ᴄɪ́ʟɪᴏs sᴀ̃ᴏ ʟᴏɴɢᴏs ᴇ ғɪɴᴏs. O ɴᴀʀɪᴢ ᴇ́ ᴀʀʀᴇʙɪᴛᴀᴅᴏ﹐ sᴇɴᴅᴏ ᴜᴍ ᴛʀᴀçᴏ ɪɴᴄʀɪᴠᴇʟᴍᴇɴᴛᴇ ʙᴏɴɪᴛɪɴʜᴏ ᴇᴍ sᴇᴜ ʀᴏsᴛᴏ. Os ᴏʟʜᴏs ɴᴇɢʀᴏs﹐ ᴄᴏᴍᴏ ᴜᴍ ᴘᴀʀ ᴅᴇ ᴘᴇᴅʀᴀs ᴅᴇ ᴏ̂ɴɪx﹐ ᴄᴏɴᴛʀᴀsᴛᴀᴍ ᴄᴏᴍ sᴇᴜ ᴄᴀʙᴇʟᴏ, ᴛᴀᴍʙᴇ́ᴍ ɴᴇɢʀᴏ, ϙᴜᴇ ᴄᴀɪ ᴇᴍ ᴏɴᴅᴀs ɴᴀs ᴄᴏsᴛᴀs.. Eʟᴇs ᴘᴏssᴜᴇᴍ ᴜᴍ ᴅᴇʟɪᴄɪᴏsᴏ ᴄʜᴇɪʀᴏ ᴅᴇ ᴍᴏʀᴀɴɢᴏ﹐ ᴊᴀ́ ϙᴜᴇ ᴄᴏsᴛᴜᴍᴀ ᴜsᴀʀ ᴀʟɢᴜᴍᴀs ᴘᴏçᴏ̃ᴇs ɴᴇʟᴇs. A ʙᴏᴄᴀ ᴇ́ ᴘᴇϙᴜᴇɴᴀ﹐ ᴘᴇʀғᴇɪᴛᴀ ᴘᴀʀᴀ ᴏ sᴇᴜ ʀᴏsᴛᴏ. Os ʟᴀ́ʙɪᴏs sᴀ̃ᴏ ʀᴏsᴀᴅᴏs ᴇ ʟᴇᴠᴇᴍᴇɴᴛᴇ ᴄᴀʀɴᴜᴅᴏs﹐ ᴍᴀs ɴᴀᴅᴀ ᴇxᴛʀᴀᴠᴀɢᴀɴᴛᴇ; ᴅᴇɴᴛᴇs ʙʀᴀɴᴄᴏs ᴇ ʙᴇᴍ ᴀʟɪɴʜᴀᴅᴏs. Eʟᴀ ᴇ́ ᴜᴍᴀ ɢᴀʀᴏᴛᴀ ᴄᴏɴsɪᴅᴇʀᴀᴅᴀ ''sᴏʀᴛᴜᴅᴀ''. Os sᴇɪᴏs﹐ ᴀs ᴄᴏxᴀs ᴇ ᴀs ɴᴀ́ᴅᴇɢᴀs sᴀ̃ᴏ ɢʀᴀɴᴅᴇs ᴘᴀʀᴀ ᴀ sᴜᴀ ɪᴅᴀᴅᴇ. Eʟᴀ ᴇ́ ᴀʟᴛᴀ ᴇ ᴍᴀɢʀᴀ ᴘᴀʀᴀ ᴀ sᴜᴀ ɪᴅᴀᴅᴇ﹐ ᴀʟɢᴏ ϙᴜᴇ ɪɴғʟᴜᴇɴᴄɪᴀ ɴᴀ sᴜᴀ ᴘᴏsᴇ ᴅᴇ ʙᴏɴᴇᴄᴀ ᴅᴇ ᴘᴏʀᴄᴇʟᴀɴᴀ. Pᴇsᴀ 𝟧𝟥ᴋɢ ᴇ ᴍᴇᴅᴇ 𝟣,𝟩𝟤ᴍ. Eʟᴀ ᴇ́ ᴄᴏᴍᴘᴀʀᴀᴅᴀ ᴀ̀ ᴜᴍᴀ ᴅᴇᴜsᴀ ʟᴜɴᴀʀ.

𝐸𝓈𝓉𝒾𝓁𝑜
Rᴏsᴇᴍᴀʀʏ ɴᴀ̃ᴏ ᴛᴇᴍ ᴠᴇʀɢᴏɴʜᴀ ᴅᴏ ᴄᴏʀᴘᴏ ϙᴜᴇ ᴘᴏssᴜɪ﹐ ᴘᴏɪs sᴀʙᴇ ϙᴜᴇ ᴇʟᴇ ᴇ́ ʙᴇᴍ ᴇsᴛʀᴜᴛᴜʀᴀᴅᴏ ᴇ ϙᴜᴇ ʜᴀ́ ᴠᴀ́ʀɪᴀs ɢᴀʀᴏᴛᴀs ϙᴜᴇ ᴀᴛᴇ́ ᴛᴇᴍ ɪɴᴠᴇᴊᴀ ᴅᴇʟᴇ. Cᴏsᴛᴜᴍᴀ ᴜsᴀʀ ʀᴏᴜᴘᴀs ᴄᴏʟᴀᴅᴀs ᴇ ᴏᴜsᴀᴅᴀs﹐ ɴᴏʀᴍᴀʟᴍᴇɴᴛᴇ ᴇᴍ ᴄᴏʀᴇs ᴄʜᴀᴍᴀᴛɪᴠᴀs﹐ ᴄᴏᴍᴏ ᴘʀᴇᴛᴏ ᴏᴜ ᴠᴇʀᴍᴇʟʜᴏ. O ᴅᴇᴄᴏᴛᴇ ᴀ̀s ᴠᴇᴢᴇs ᴇ́ ɢʀᴀɴᴅᴇ﹐ ғᴀᴢᴇɴᴅᴏ ᴄᴏᴍ ϙᴜᴇ ᴠᴀ́ʀɪᴏs ᴏʟʜᴀʀᴇs sᴇ ᴘᴇʀᴄᴀᴍ ᴀʟɪ﹐ ᴍᴀs ᴇʟᴀ ɴᴀ̃ᴏ ᴘᴀʀᴇᴄᴇ sᴇ ɪᴍᴘᴏʀᴛᴀʀ. Usᴀ sᴀʟᴛᴏ ᴀʟᴛᴏ ᴄᴏɴsᴛᴀɴᴛᴇᴍᴇɴᴛᴇ﹐ ᴇ ᴀᴘᴇsᴀʀ ᴅᴇ sᴇʀ ᴜᴍ sᴇʀ ᴅᴇ Eʟᴅᴀʀʏᴀ﹐ ᴇʟᴀ sᴇ ᴀᴄᴏsᴛᴜᴍᴏᴜ ᴄᴏᴍ ᴀs ʀᴏᴜᴘᴀs ᴅᴏs ʜᴜᴍᴀɴᴏs.


𝒞𝒶𝓇𝒶𝒸𝓉𝑒𝓇𝒾́𝓈𝓉𝒾𝒸𝒶 𝓆𝓊𝑒 𝒶 𝒹𝒾𝒻𝑒𝓇𝑒𝓃𝒸𝒾𝒶
Rᴏsᴇᴍᴀʀʏ﹐ sᴇɴᴅᴏ ᴜᴍᴀ ɴᴇᴘʜʟɪᴍ﹐ ᴏʙᴛᴇᴠᴇ ᴀʟɢᴜɴs ᴘᴏᴅᴇʀᴇs ᴇ ʜᴀʙɪʟɪᴅᴀᴅᴇs ᴅᴇ sᴇᴜ ʟᴀᴅᴏ ᴄᴇʟᴇsᴛɪᴀʟ. Eɴᴛʀᴇ ᴇʟᴇs ᴇsᴛᴀ́ ᴏ ғᴀᴛᴏ ϙᴜᴇ﹐ sᴇ ᴀ ɢᴀʀᴏᴛᴀ ᴇsᴛɪᴠᴇʀ ɴᴀ ʟᴜᴢ﹐ ᴅᴀ́ ᴘᴀʀᴀ ᴠᴇʀ sᴏᴍʙʀᴀs ᴅᴇ ᴜᴍ ᴘᴀʀ ᴅᴇ ᴀsᴀs ɴᴀs ᴄᴏsᴛᴀs﹐ ᴅᴇ ᴀᴘᴀʀᴇɴᴛᴇᴍᴇɴᴛᴇ ᴛʀᴇ̂s ᴍᴇᴛʀᴏs. Qᴜᴀɴᴅᴏ ᴇsᴛᴀ́ ᴇᴍ ᴜᴍᴀ sɪᴛᴜᴀçᴀ̃ᴏ ᴇxᴛʀᴇᴍᴀ [ᴄᴏᴍ ᴍᴜɪᴛᴀ ʀᴀɪᴠᴀ﹐ ᴛʀɪsᴛᴇᴢᴀ ᴏᴜ ғᴇʟɪᴄɪᴅᴀᴅᴇ]﹐ sᴇᴜs ᴏʟʜᴏs ʙʀɪʟʜᴀᴍ ᴇᴍ ᴜᴍ ᴀᴢᴜʟ ᴄᴇʟᴇsᴛᴇ ʙᴏɴɪᴛᴏ. Aᴏs ᴅᴏᴢᴇ ᴀɴᴏs sᴜᴀ ᴍᴀ̃ᴇ ᴅᴇsᴇɴʜᴏᴜ ᴜᴍᴀ ʀᴜɴᴀ ᴇᴍ sᴇᴜ ᴘᴇɪᴛᴏ. Eʟᴀ ᴅɪssᴇ ϙᴜᴇ ɢᴜᴀʀᴅᴀᴠᴀ ᴀ ᴘᴜʀᴇᴢᴀ ᴀɴɢᴇʟɪᴄᴀʟ ᴇ ᴄᴀɴᴀʟɪᴢᴀᴠᴀ ᴏ ᴘᴏᴅᴇʀ ᴅᴇɴᴛʀᴏ ᴅᴇ sɪ.


𝑅𝒶ç𝒶
Nᴇᴘʜʟɪᴍ

𝐼𝓂𝒶𝑔𝑒𝓂 𝒹𝒶 𝓅𝑒𝓇𝓈𝑜𝓃𝒶𝑔𝑒𝓂

















𝒟𝑒𝒻𝑒𝒾𝓉𝑜𝓈 𝑒 𝓅𝑜𝓃𝓉𝑜𝓈 𝒻𝓇𝒶𝒸𝑜𝓈
Sᴀʀᴄᴀ́sᴛɪᴄᴀ | ᴍᴀʟɪᴄɪᴏsᴀ | ᴛᴇɪᴍᴏsᴀ | ɪʀʀᴇsᴘᴏɴsᴀ́ᴠᴇʟ | ɪᴍᴘᴜʟsɪᴠᴀ | ᴍᴀʟ ᴇᴅᴜᴄᴀᴅᴀ.

Pᴏssᴜɪ ᴍᴇᴅᴏ ᴅᴇ ᴀʀᴀɴʜᴀs﹐ ᴀʟᴛᴜʀᴀ﹐ ᴘᴀʟʜᴀçᴏs ᴇ ᴍᴏʀᴄᴇɢᴏs.

𝒬𝓊𝒶𝓁𝒾𝒹𝒶𝒹𝑒𝓈 𝑒 𝓅𝑜𝓃𝓉𝑜𝓈 𝒻𝑜𝓇𝓉𝑒𝓈
Cᴀʀɪsᴍᴀ | ᴛʀᴀᴠᴇssᴀ | ᴅᴇᴛᴇʀᴍɪɴᴀᴅᴀ | ʙʀɪɴᴄᴀʟʜᴏɴᴀ | ʟᴇᴀʟ | ғɪᴇʟ | ɪɴᴛᴇʟɪɢᴇɴᴛᴇ | ᴏ́ᴛɪᴍᴀ ʟᴀ́ʙɪᴀ | sɪɴᴄᴇʀɪᴅᴀᴅᴇ | ᴄᴏᴍᴘʀᴇᴇɴsɪᴠᴀ.

Uᴍᴀ ᴏ́ᴛɪᴍᴀ ᴇsɢʀɪᴍɪsᴛᴀ ᴇ ʜɪᴘɪsᴛᴀ. Aᴅᴏʀᴀ ᴍᴏɴᴛᴀʀ ᴇᴍ ᴘᴇ́ɢᴀsᴜs ᴇ ᴜɴɪᴄᴏ́ʀɴɪᴏs.

𝒪 𝓆𝓊𝑒 𝒶 𝒹𝑒𝒾𝓍𝒶 𝒻𝑒𝓁𝒾𝓏?
Oᴜᴠɪʀ sᴇᴜs ᴀᴍɪɢᴏs ʀɪɴᴅᴏ.

𝒪 𝓆𝓊𝑒 𝒶 𝒹𝑒𝒾𝓍𝒶 𝓉𝓇𝒾𝓈𝓉𝑒?
Sᴇʀ ᴛʀᴀɪ́ᴅᴀ ᴘᴏʀ ϙᴜᴇᴍ ᴍᴀɪs ᴄᴏɴғɪᴀ.

𝒪 𝓆𝓊𝑒 𝒶 𝒹𝑒𝒾𝓍𝒶 𝒾𝓇𝓇𝒾𝓉𝒶𝒹𝒶?
Fɪɴɢɪʀᴇᴍ sᴇʀ sᴇᴜs ᴀᴍɪɢᴏs ᴇ ғᴀʟᴀʀᴇᴍ ᴘᴇʟᴀs ᴄᴏsᴛᴀs.

𝒰𝓂𝒶 𝒻𝓇𝒶𝓈𝑒 𝓆𝓊𝑒 𝒶 𝒹𝑒𝒻𝒾𝓃𝒶
''O ᴍᴜɴᴅᴏ ᴅᴀ́ ᴠᴏʟᴛᴀs, ᴀs ᴘᴇssᴏᴀs ᴄᴏsᴛᴜᴍᴀᴍ ᴍᴜᴅᴀʀ. Eᴜ ɴᴜɴᴄᴀ ᴍᴜᴅᴏ.''

𝒪 𝓆𝓊𝑒 𝓅𝑒𝓃𝓈𝒶 𝓅𝒶𝓇𝒶 𝓈𝒾 𝓃𝑜 𝒻𝓊𝓉𝓊𝓇𝑜
Eʟᴀ﹐ ᴀɴᴛᴇs ᴅᴇ ᴛᴜᴅᴏ﹐ ɢᴏsᴛᴀʀɪᴀ ᴅᴇ ᴄᴏɴʜᴇᴄᴇʀ sᴇᴜ ᴘᴀɪ﹐ ϙᴜᴇ ᴇ́ ᴏ ʟᴀᴅᴏ ᴀɴɢᴇʟɪᴄᴀʟ ᴅᴇʟᴀ. Tᴀᴍʙᴇ́ᴍ ɢᴏsᴛᴀʀɪᴀ ᴅᴇ ᴛᴇʀ ᴠᴀ́ʀɪᴏs ᴍᴀsᴄᴏᴛᴇs ᴇᴍ sᴜᴀ ᴄᴀsᴀ.

𝒰𝓂𝒶 𝓂𝓊𝓈𝒾𝒸𝒶 𝓆𝓊𝑒 𝒹𝑒𝒻𝒾𝓃𝒶 𝓈𝓊𝒶 𝓅𝑒𝓇𝓈𝑜𝓃𝒶𝑔𝑒𝓂
Ruelle War Of Hearts

RELAÇOES

𝒞𝑜𝓂𝑜 𝒶𝑔𝑒 𝒸𝑜𝓂 𝓈𝑒𝓊 𝑀𝑒𝓁𝒽𝑜𝓇 𝒶𝓂𝒾𝑔𝑜
''O ʀɪsᴏ ᴅᴇʟᴇ ᴇsᴛᴀ́ ᴇɴᴛʀᴇ ᴏs ᴍᴇʟʜᴏʀᴇs sᴏɴs ϙᴜᴇ ᴊᴀ́ ᴇsᴄᴜᴛᴇɪ.''

Rᴏsᴇᴍᴀʀʏ ᴀᴅᴏʀᴀ﹐ ᴅᴇ ᴄᴏʀᴀçᴀ̃ᴏ﹐ ғᴀᴢᴇ̂﹣ʟᴏ ʀɪʀ﹐ ᴇ sᴇᴍᴘʀᴇ ϙᴜᴇ ɪsᴛᴏ ᴀᴄᴏɴᴛᴇᴄᴇ﹐ ᴇʟᴀ sᴏʀʀɪ ᴠᴇʀᴅᴀᴅᴇɪʀᴀᴍᴇɴᴛᴇ. Sᴇᴍᴘʀᴇ ᴇsᴛᴀʀᴀ́ ʟᴀ́ ᴘᴀʀᴀ ᴏ ᴘʀᴏᴛᴇɢᴇʀ﹐ sᴇɴᴅᴏ ɪɴᴄʀɪᴠᴇʟᴍᴇɴᴛᴇ ᴄɪᴜᴍᴇɴᴛᴀ﹐ ʟᴇᴀʟ ᴇ ᴄᴏᴍᴘʀᴇᴇɴsɪᴠᴀ. Eʟᴀ sᴀʙᴇ ϙᴜᴀɪs sᴀ̃ᴏ ᴏs ᴍᴏᴍᴇɴᴛᴏs ᴄᴇʀᴛᴏs ᴘᴀʀᴀ ᴀʙʀᴀçᴀʀ﹐ ᴀᴘᴇʀᴛᴀʀ ᴀ ᴍᴀ̃ᴏ﹐ ᴀᴊᴜᴅᴀ́﹣ʟᴏ.

𝒞𝑜𝓂𝑜 𝒶𝑔𝑒 𝒸𝑜𝓂 𝓈𝑒𝓊 𝐼𝓃𝒾𝓂𝒾𝑔𝑜
''As ᴠᴇᴢᴇs ᴛᴇɴʜᴏ ᴠᴏɴᴛᴀᴅᴇ ᴅᴇ ᴘᴇɢᴀʀ ᴀ ᴄᴀʙᴇçᴀ ᴅᴇʟᴇs ᴇ ᴊᴏɢᴀʀ ᴇᴍ ᴜᴍ ʟᴀɢᴏ ᴅᴇ ᴀ́ᴄɪᴅᴏ.''

Oᴅᴇɪᴀ ϙᴜᴀɴᴅᴏs ᴇʟᴇs ᴠᴇ̂ᴍ ᴀ ᴘʀᴏᴠᴏᴄᴀʀ﹐ ᴇ ɴᴀ̃ᴏ ᴛᴇᴍ ᴘᴀᴄɪᴇ̂ɴᴄɪᴀ ᴀʟɢᴜᴍᴀ ᴘᴀʀᴀ ᴅᴇɪxᴀʀ ʙᴀʀᴀᴛᴏ. Eʟᴀ ᴏs xɪɴɢᴀ﹐ ʙᴀᴛᴇ﹐ ᴘʀᴏᴠᴏᴄᴀ ᴇ ɪʀʀɪᴛᴀ ᴀɪɴᴅᴀ ᴍᴀɪs﹐ ᴇ sᴇᴍᴘʀᴇ ᴀᴄᴀʙᴀ ᴍᴀʟ.

𝒞𝑜𝓂𝑜 𝒶𝑔𝑒 𝒸𝑜𝓂 𝓈𝑒𝓊 𝐼𝓃𝓉𝑒𝓇𝑒𝓈𝓈𝑒 𝒶𝓂𝑜𝓇𝑜𝓈𝑜
''Vᴏᴄᴇ̂ ᴇ́ sᴏ́ ᴍᴀɪs ᴜᴍ ᴠᴀᴍᴘɪʀᴏ ɪᴅɪᴏᴛᴀ ᴘᴏʀ ϙᴜᴇᴍ ᴇᴜ ᴍᴇ ᴀᴘᴀɪxᴏɴᴇɪ''

Hᴀʏᴅᴇɴ ɴᴀ̃ᴏ ɢᴏsᴛᴀᴠᴀ ᴅᴇ Nᴇᴠʀᴀ﹐ ᴇ ᴀᴛᴇ́ ᴅɪᴢɪᴀ ᴇᴍ ᴠᴏᴢ ᴀʟᴛᴀ﹐ ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴀs ᴘᴇssᴏᴀs ᴘᴏʀ ϙᴜᴇ̂ ᴅᴇssᴀ ɪᴍᴘʟɪᴄᴀ̂ɴᴄɪᴀ ᴄᴏᴍ ᴇʟᴇ. Qᴜᴀɴᴅᴏ ɢᴀɴʜᴏᴜ sᴇᴜ ᴘᴏsᴛᴏ ɴᴀ Gᴜᴀʀᴅᴀ﹐ ғɪᴄᴀʀ ϙᴜᴇ ɴᴇᴍ ᴜᴍᴀ ᴇsᴛᴀ́ᴛᴜᴀ ɴᴀ ᴘᴏʀᴛᴀ ᴅᴏ ϙᴜᴀʀᴛᴏ ᴅᴇʟᴇ ᴘᴀʀᴀ ᴄᴀsᴏ ʜᴀᴊᴀ ᴜᴍᴀ ɪɴᴠᴀsᴀ̃ᴏ﹐ ᴇʟᴇs ᴅɪsᴄᴜᴛɪʀᴀᴍ ʙᴀsᴛᴀɴᴛᴇ﹐ ᴘᴏɪs ᴇʟᴀ ɴᴀ̃ᴏ ϙᴜᴇʀɪᴀ ғɪᴄᴀʀ ᴀ ɴᴏɪᴛᴇ ɪɴᴛᴇɪʀᴀ ᴀʟɪ﹐ ᴏᴜᴠɪɴᴅᴏ ɢᴇᴍɪᴅᴏs ᴅᴇɴᴛʀᴏ ᴅᴏ ᴄᴏ̂ᴍᴏᴅᴏ.
Qᴜᴀɴᴅᴏ ɴᴀ̃ᴏ ᴇsᴛᴀ̃ᴏ ʙʀɪɢᴀɴᴅᴏ﹐ ᴅɪsᴄᴜᴛɪɴᴅᴏ﹐ ᴛʀᴏᴄᴀɴᴅᴏ ғᴀʀᴘᴀs ᴏᴜ sᴇ xɪɴɢᴀɴᴅᴏ﹐ ᴇʟᴇs ᴀᴛᴇ́ sᴇ ᴅᴀ̃ᴏ ʙᴇᴍ﹐ ɴᴀ ᴍᴇᴅɪᴅᴀ ᴅᴇ Mᴀʀʏ﹐ ᴇ́ ᴄʟᴀʀᴏ. Qᴜᴀɴᴅᴏ Nᴀᴠʀᴀ ᴅᴀ́ ᴍɪssᴏ̃ᴇs ᴘᴀʀᴀ Rᴏsᴇ ᴀs ᴛᴇʀᴍɪɴᴀ ᴄᴏᴍ ᴍᴜɪᴛᴀ ғᴀᴄɪʟɪᴅᴀᴅᴇ ᴇ ʀᴀᴘɪᴅᴀᴍᴇɴᴛᴇ﹐ ᴏ ϙᴜᴇ ᴏ ɪʀʀɪᴛᴀ ʙᴀsᴛᴀɴᴛᴇ﹐ ᴊᴀ́ ϙᴜᴇ ᴀ̀s ᴠᴇᴢᴇs ᴇʟᴇ sᴏ́ ϙᴜᴇʀ sᴇ ʟɪᴠʀᴀʀ ᴅᴇʟᴀ.

Cᴏᴍ ᴏ ᴛᴇᴍᴘᴏ ᴀ ᴍᴏʀᴇɴᴀ ᴘᴇʀᴄᴇʙᴇʀᴀ ϙᴜᴇ ᴏ ϙᴜᴇ ᴀɴᴛᴇs ᴇʀᴀ ᴜᴍᴀ ᴀᴍɪᴢᴀᴅᴇ/ɪɴɪᴍɪᴢᴀᴅᴇ ᴠɪʀᴏᴜ ᴀʟɢᴏ ᴍᴀɪs ғᴏʀᴛᴇ﹐ ᴘᴇʟᴏ ᴍᴇɴᴏs﹐ ᴘᴀʀᴀ ᴇʟᴀ. Mᴀʀʏ ɴᴀ̃ᴏ sᴇ ᴠɪᴀ ᴍᴀɪs ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴇsᴛᴀᴠᴀ ᴀᴏ ʟᴀᴅᴏ ᴅᴇ Nᴇᴠʀᴀ. Aϙᴜᴇʟᴀ ɢᴀʀᴏᴛᴀ ϙᴜᴇ sᴇ ᴇsᴄᴏɴᴅɪᴀ ᴇᴍ ᴜᴍᴀ ʙᴀʀʀᴇɪʀᴀ ᴅᴇ sᴀʀᴄᴀsᴍᴏ ᴇ ϙᴜᴇ sᴏғʀᴇᴜ ɴᴀs ᴍᴀ̃ᴏs ᴅᴇ ᴏᴜᴛʀᴏs ɢᴀʀᴏᴛᴏs. Vɪʀᴏᴜ ᴀʟɢᴜᴇ́ᴍ ᴅɪғᴇʀᴇɴᴛᴇ ɴᴏ ᴍᴏᴍᴇɴᴛᴏ ϙᴜᴇ ᴘᴇʀᴄᴇʙᴇᴜ ϙᴜᴇ sᴇ ᴘᴇʀᴅɪᴀ ɴᴀs ʙᴇʟᴀs ᴏʀʙᴇs ᴀᴄɪᴢᴇɴᴛᴀᴅᴀs ᴅᴏ ʀᴀᴘᴀᴢ.
''Nᴀ̃ᴏ ᴠᴏᴜ ᴄᴏʀᴀʀ ᴘᴇʀᴛᴏ ᴅᴇʟᴇ﹐ ɪssᴏ ᴇ́ ʀɪᴅɪ́ᴄᴜʟᴏ'', ᴇʟᴀ ᴅɪᴢɪᴀ ᴀ sɪ ᴍᴇsᴍᴀ sᴇᴍᴘʀᴇ ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴇsᴛᴀᴠᴀ ɪɴᴅᴏ ɴᴀ ᴅɪʀᴇçᴀ̃ᴏ ᴅᴇʟᴇ﹐ ᴍᴀs ᴏ ϙᴜᴇ ᴀᴄᴏɴᴛᴇᴄɪᴀ ᴇʀᴀ ᴏᴜᴛʀᴀ ᴄᴏɪsᴀ. Eʟᴀ ᴏ ᴏʟʜᴀᴠᴀ ᴇ ᴜᴍ ʙᴇʟᴏ sᴏʀʀɪsᴏ sᴇ ғᴏʀᴍᴀᴠᴀ ᴇᴍ sᴇᴜ ʀᴏsᴛᴏ﹐ ᴄᴏᴍᴏ sᴇ ɴᴜɴᴄᴀ ᴛɪᴠᴇssᴇ ᴠɪsᴛᴏ ᴄʀɪᴀᴛᴜʀᴀ ᴍᴀɪs ʙᴏɴɪᴛᴀ ϙᴜᴇ ᴇʟᴇ.
''Pʀᴇғɪʀᴏ ᴍᴏʀʀᴇʀ ᴅᴏ ϙᴜᴇ ᴀᴅᴍɪᴛɪʀ ᴇᴍ ᴠᴏᴢ ᴀʟᴛᴀ ϙᴜᴇ ᴇsᴛᴏᴜ ᴀᴘᴀɪxᴏɴᴀᴅᴀ ᴘᴏʀ ᴇʟᴇ''﹐ ᴘᴇɴsᴀᴠᴀ ᴇʟᴀ﹐ ᴀɴᴛᴇs ᴅᴇ ᴏʟʜᴀ́﹣ʟᴏ ᴇ ᴅᴇsᴄᴇʀ ᴏ ᴏʟʜᴀʀ ᴀᴛᴇ́ ᴏs ʟᴀ́ʙɪᴏs sᴇᴍɪ﹣ᴀʙᴇʀᴛᴏs ᴅᴇʟᴇ. Dᴇᴜs﹐ ᴀϙᴜᴇʟᴇ ɢᴀʀᴏᴛᴏ ɴᴀ̃ᴏ ɪᴍᴀɢɪɴᴀᴠᴀ ᴄᴏᴍᴏ Rᴏsᴇᴍᴀʀʏ Hᴀʏᴅᴇɴ ᴇsᴛᴀᴠᴀ ᴀᴘᴀɪxᴏɴᴀᴅᴀ ᴘᴏʀ ᴇʟᴇ.



𝒬𝓊𝑒𝓂 𝓈𝑒𝓇𝒾𝒶 𝓈𝑒𝓊 𝓅𝒶𝓇 𝓇𝑜𝓂𝒶̂𝓃𝓉𝒾𝒸𝑜
Nᴇᴠʀᴀ



MASCOTE

𝑀𝒶𝓈𝒸𝑜𝓉𝑒
Mɪɴᴀʟᴏᴏ

𝒩𝑜𝓂𝑒 𝒹𝒶 𝓂𝒶𝓈𝒸𝑜𝓉𝑒
Sᴇʙᴀsᴛɪᴀɴ

𝒜𝓁𝑔𝓊𝓂𝒶 𝒽𝒶𝒷𝒾𝓁𝒾𝒹𝒶𝒹𝑒
Uᴍ ᴏ́ᴛɪᴍᴏ ғᴀʀᴇᴊᴀᴅᴏʀ. Tᴀᴍʙᴇ́ᴍ ᴄᴏɴsᴇɢᴜᴇ ᴄᴏᴍᴜɴɪᴄᴀʀ﹣sᴇ ᴛᴇʟᴇᴘᴀᴛɪᴄᴀᴍᴇɴᴛᴇ ᴄᴏᴍ ᴀ ᴅᴏɴᴀ.

𝑅𝑒𝓁𝒶𝒸𝒾𝑜𝓃𝒶𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜 𝒹𝒶 𝓈𝓊𝒶 𝓅𝑒𝓇𝓈𝑜𝓃𝒶𝑔𝑒𝓂 𝒸𝑜𝓂 𝑜 𝓂𝒶𝓈𝒸𝑜𝓉𝑒
Sᴇʙᴀsᴛɪᴀɴ ᴇ́ ᴇxᴛʀᴇᴍᴀᴍᴇɴᴛᴇ ᴅᴏ́ᴄɪʟ ᴇ ᴀᴍɪɢᴀ́ᴠᴇʟ﹐ ᴀɪɴᴅᴀ ϙᴜᴇ ᴛᴇɴᴅᴀ ᴀ̀ ᴛᴇʀ ᴀʟɢᴜɴs ᴀᴛᴀϙᴜᴇs ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴠᴇ̂ ᴀ ᴅᴏɴᴀ ᴘᴇʀᴛᴏ ᴅᴇ ᴏᴜᴛʀᴏ ᴍᴀsᴄᴏᴛᴇ ᴏᴜ ᴀʟɢᴜᴍᴀ ᴘᴇssᴏᴀ. Mᴇsᴍᴏ ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴀᴅᴜʟᴛᴏ﹐ ᴏ Mɪɴᴀʟᴏᴏ ᴀɪɴᴅᴀ ᴅᴏʀᴍᴇ ɴᴀ ᴄᴀᴍᴀ ᴅᴇ Mᴀʀʏ. Cᴏsᴛᴜᴍᴀᴍ ᴇsᴛᴀʀ sᴇᴍᴘʀᴇ ᴊᴜɴᴛᴏs ғᴀᴢᴇɴᴅᴏ ʙʀɪɴᴄᴀᴅᴇɪʀᴀs﹐ Sᴇʙᴀsᴛɪɴ sᴇᴍᴘʀᴇ ᴏʙᴇᴅᴇᴄᴇ Mᴀʀʏ ϙᴜᴀɴᴅᴏ ᴀ ᴍᴇsᴍᴀ ᴏ ᴍᴀɴᴅᴀ ᴇɴᴛʀᴀʀ ɴᴏ ϙᴜᴀʀᴛᴏ ᴅᴇ Nɪᴠʀᴀ ᴇ ᴘᴇɢᴀʀ ᴀʟɢᴜᴍᴀ ᴄᴏɪsᴀ.

GUARDA

𝒬𝓊𝒶𝓁 𝓈𝓊𝒶 𝑔𝓊𝒶𝓇𝒹𝒶
Sʜᴀᴅᴏᴡ

𝒜𝓇𝓂𝒶
''Eᴍ ᴄᴀsᴏs ᴇxᴛʀᴇᴍᴏs ᴇssᴀ ᴀʀᴍᴀ ɴᴀ̃ᴏ ғᴀʟʜᴀʀᴀ́; ɴᴀ ʜᴏʀᴀ ᴍᴀɪs ᴇsᴄᴜʀᴀ ᴇssᴀ ᴀʀᴍᴀ ɪʀᴀ́ ᴅᴏᴍɪɴᴀʀ sᴇᴜ ɪɴɪᴍɪɢᴏ''

Uᴍ Cʜɪᴄᴏᴛᴇ ᴇ́ ᴜᴍ ᴏʙᴊᴇᴛᴏ ᴘᴀʀᴇᴄɪᴅᴏ ᴄᴏᴍ ᴜᴍᴀ ᴄᴏʀᴅᴀ﹐ ᴜsᴀᴅᴏ ᴘᴏʀ Rᴏsᴇᴍᴀʀʏ ᴄᴏᴍᴏ sᴜᴀ ᴘʀɪɴᴄɪᴘᴀʟ ᴀʀᴍᴀ. É ᴜᴍᴀ ғᴇʀʀᴀᴍᴇɴᴛᴀ ᴛʀᴀᴅɪᴄɪᴏɴᴀʟᴍᴇɴᴛᴇ ᴜᴛɪʟɪᴢᴀᴅᴀ ᴘᴀʀᴀ ᴇxᴇʀᴄᴇʀ ᴄᴏɴᴛʀᴏʟᴇ sᴏʙʀᴇ ᴏs ᴏᴜᴛʀᴏs ᴀᴛʀᴀᴠᴇ́s ᴅᴀ ᴘᴇʀsᴘᴇᴄᴛɪᴠᴀ ᴅᴇ ᴅᴏʀ ᴏᴜ ᴍᴇᴅᴏ ᴅᴇʟᴀ. Tᴀᴍʙᴇ́ᴍ ᴘᴏᴅᴇ sᴇʀ ᴜsᴀᴅᴏ ᴘᴀʀᴀ ᴇɴʀᴏʟᴀʀ﹣sᴇ ᴀᴏ ʀᴇᴅᴏʀ ᴅᴇ ϙᴜᴀʟϙᴜᴇʀ ᴄᴏɪsᴀ ᴏᴜ ᴘᴀʀᴀ ᴇxᴇʀᴄᴇʀ ᴘʀᴇssᴀ̃ᴏ ᴅᴇ ʟɪɢᴀçᴀ̃ᴏ.
O ᴄʜɪᴄᴏᴛᴇ ᴇ́ ғᴇɪᴛᴏ ᴅᴇ ᴇʟᴇᴄᴛʀᴜᴍ ᴅᴏᴜʀᴀᴅᴏ. Cᴏᴍ Gʟᴀᴍᴏᴜʀ﹐ ᴏs ʜᴜᴍᴀɴᴏs ᴇ ᴏᴜᴛʀᴏs sᴇʀᴇs ᴏ ᴠᴇᴇᴍ ᴀᴘᴇɴᴀs ᴄᴏᴍᴏ ᴜᴍ ʟᴏɴɢᴏ ʙʀᴀᴄᴇʟᴇᴛᴇ ᴅᴏᴜʀᴀᴅᴏ ᴇ ᴘʀᴀᴛᴇᴀᴅᴏ ɴᴏ ʙʀᴀçᴏ ᴅᴇ Mᴀʀʏ ϙᴜᴀɴᴅᴏ ɴᴀ̃ᴏ ᴇsᴛᴀ́ sᴇɴᴅᴏ ᴜsᴀᴅᴏ; ɴᴀ ᴠᴇʀᴅᴀᴅᴇ﹐ sᴇᴜ ᴘᴀᴅʀᴀ̃ᴏ ᴅᴇ ʟɪɴʜᴀs ʀᴏᴅᴏᴘɪᴀɴᴛᴇs ᴇsᴛᴀ́ ɪᴍᴘʀᴇssᴏ ᴇᴍ sᴜᴀ ᴘᴇʟᴇ.


𝒬𝓊𝒶𝓁 𝓈𝑒𝓊 𝓅𝑜𝓈𝓉𝑜 𝓃𝒶 𝑔𝓊𝒶𝓇𝒹𝒶
Eʟᴀ ᴇsᴛᴀ́ ʀᴇʟᴀᴄɪᴏɴᴀᴅᴀ ᴀ̀ ''ɢᴜᴀʀᴅᴀ ᴘᴇssᴏᴀʟ'' ᴅᴇ Nᴇᴠʀᴀ, ᴄᴏᴍᴏ ᴏ ᴠᴀᴍᴘɪʀᴏ ᴍᴇsᴍᴏ ᴅɪᴢ, ᴢᴏᴍʙᴀɴᴅᴏ ᴅᴇʟᴀ. Sᴇᴜ ᴘᴏsᴛᴏ ᴇ́ ғɪᴄᴀʀ ᴇᴍ ᴘᴇ́ ɴᴀ ᴘᴏʀᴛᴀ ᴅᴏ ϙᴜᴀʀᴛᴏ ᴅᴇʟᴇ. ᴘᴀʀᴀ ᴏ ᴘʀᴏᴛᴇɢᴇʀ. ᴍᴀs ɴᴀ ᴍᴀɪᴏʀɪᴀ ᴅᴀs ᴠᴇᴢᴇs ᴇʟᴀ ʟᴇᴠᴀ ᴜᴍ ʟɪᴠʀᴏ ᴘᴀʀ ʟᴇʀ ᴘᴏʀ ᴄᴀᴜsᴀ ᴅᴏ ᴛᴇ́ᴅɪᴏ.


𝐹𝒾𝒸𝒽𝒶 𝒻𝑜𝓇 𝒫𝑒𝓇𝒹𝒾𝒹𝑜𝓈 𝓃𝑜 𝐿𝒶𝒷𝒾𝓇𝒾𝓃𝓉𝑜 — ℒ𝒾𝓁𝓎 𝓒𝑜𝓁𝓁𝒾𝓃𝓈 𝒶𝓈 𝑀𝒶𝓇𝒾𝓁𝓎𝓃 𝒞𝓁𝒶𝒾𝓇𝑒 𝑀𝑜𝓇𝓃𝒾𝓃𝑔𝓈𝓉𝒶𝓇



・゚✧*:・゚✫ Nome ・゚✧*:・゚✫
Marilyn Claire Morningstar

・゚✧*:・゚✫ Idade ・゚✧*:・゚✫
19 anos | primeiro de junho de mil novecentos e noventa e sete | 01/06/1997 | às 19:10 da noite.

・゚✧*:・゚✫ Personalidade ・゚✧*:・゚✫
Pense em alguém irresponsável. Pensou? Tenho certeza que em sua mente você imaginou aquele garoto encrenqueiro de feições despreocupadas que senta lá no fundão, na sala de aula. Se fosse a deusa de alguma mitologia, seria da irresponsabilidade. Ela chegava nas salas de aula uma hora depois, dizia oi como se tivesse chegado adiantada, sorria, sentava e colocava os pés em cima da mesinha do centro.
Mal educada, não faz questão de fingir ser alguém que não é. Suas respostas são curtas e grossas. Sua família sempre destacou-se pela boa educação, generosidade e bondade, mas isso não a impede de xingar todos e tudo.
A garota é extremamente determinada. Nunca desistirá antes de alcançar seus objetivos. Junto com a sua extrema teimosia, é sim, um de seus defeitos. Ela pode ver uma placa de aviso à morte, porém ela irá até lá saltitando.
É inteligente, sim, mas seus atos são muito impulsivos, o que fazem os outros pensarem que ela é burra. Bobagem. As emoções predominam suas ações, e a razão fica completamente para trás. Inicie uma conversa com Marilyn e provavelmente você será manipulado por ela. A morena possui uma ótima lábia, suas palavras são extremamente calculadas — quando ela quer algo —, e ela acabará fazendo até um rei abdicar o trono à favor dela.
A sinceridade é sempre muito visível em suas palavras. Ela pode chamar alguém de gordo que nem um saco de batatas, ou feio que nem um pepino-do-mar. Normalmente ela não percebe que isso acaba machucando as pessoas, e como ninguém faz questão de alertar a morena, ela continua.
Marilyn é extremamente maliciosa. Vê duplo sentido em tudo, até em algo simples, como uma cenoura. Costuma avaliar os homem de alto a baixo e sorri, lasciva. Muitas das vezes consegue levar um homem para a cama, já que não podemos negar que a garota tem um belo rosto. Porém, não irá tentar seduzir seu par, pois ao contrário de vários de seus parceiros, ela acha que ele não merece isso.
Fidelidade e lealdade sempre foram qualidades muito marcantes nela. Jamais trairia alguém, mesmo que isso lhe beneficiasse. Se alguém lhe pedisse para deixar uma causa e entrar em outra, ela riria na cara da pessoa e viraria as costas.
Ela é extremamente sarcástica, e isso é notável em suas palavras. Em todas as suas frases possuem sarcasmo. Normalmente ela usa e abusa desse defeito quando está bem mal-humorada.
Pense em alguém que não tem seriedade alguma. Exatamente; Marilyn é assim. No jogo em que a pessoa tem que encarar a outra sem rir ou sorrir, ela perderia. A garota acha as pequenas coisas muito engraçadas, tais como a palavra pelicano ou até mesmo o vento. Costuma rir muito quanto está comendo, e por isso, tem tendência a se engasgar. Ela diz que isso ainda será a sua perdição.
Compreensiva, a garota sabe muito bem quando deve aconselhar alguém. Ela sempre estará lá para ajudar um amigo, o apoiando em todas as suas escolhas.

・゚✧*:・゚✫ História ・゚✧*:・゚✫
A gravidez de Jessy Blackthorn fora algo totalmente imprevisto. A garota mais bonita e inteligente fora em uma festa e ficou com um garoto nerd que só usava preto, apenas uma noite, mas que gerou algo totalmente indesejado. Um pequeno embrião crescia no ventre da mulher.

Quando seus pais — ou no caso, avós, para Mary — souberam, Jessy foi deserdada e jogada na sarjeta. Ela tinha apenas dezoito anos, ainda não tinha terminado seus estudos, e ainda por cima, namorava com um garoto. O nerd com quem ficara na festa, chamado Louis Francis, não assumiu a paternidade. Na verdade, até disse que era mentira, e xingou Jessy de várias coisas que ela nem sabia que existia.

Porém, James Morningstar, que namorava Jessy quando o traiu, assumiu a garota. Ele olhara para a namorada, sorriu, abraçou-a e prometeu que a receberia.

Os sogros de Jessy foram totalmente afetuosos e compreensivos com a ruiva, a aceitando de braços abertos em sua grande casa. Jessy e James casaram-se dois meses antes do nascimento da pequena.

Dois meses depois, chegou o grande dia.

Era uma noite de temperatura amena, apesar de às vezes alternar entre o frio congelante e o calor insuportável. Não deu tempo de levá-la ao hospital, por isso, ela se encontrava no quarto que dividia com o marido. O parto fora extremamente difícil, e Jessy sabia que não iria sobreviver. A pequenina já estava em seus braços, e incrivelmente, não chorava.

Ela havia olhado para o seu marido. Os cabelos castanhos batiam nas orelhas, os belos olhos verdes brilhavam por conta das lágrimas. Merlin. Aquele homem era bonito demais para alguém simples como ela, com seus cabelos ruivos e olhos castanhos.

— Jamie? — ela sussurrara, alisando o rosto do marido. Ele a olhou, segurando a mão da mulher delicadamente. Ele chorava; pelo nascimento da filha e pelo sofrimento da mulher.

— Oi, amor — falou, abrindo um pequeno sorriso para a mulher. Aquele sorriso que ele só mandava para ela.

— Eu sei que não vou sobreviver — ela ignorou o olhar do marido, que tentou interrompe-la. — Não minta para mim, James. Eu só quero que você prometa que irá cuidar da Mary com bastante carinho. Que não irá culpá-la pelo que aconteceu hoje.

— Jen, você sabe que eu jamais culparia nossa filha. Eu amo a Lynn tanto quanto você — ela sorrira para ele, mas fez uma careta, tossindo sangue.

— Isso é bom. É muito bom, James — ela tossiu mais sangue. — Gosto de saber que vou morrer com a Marilyn nos braços e segurando a sua mão. James, eu te... — ela não pôde terminar, pois seus olhos castanhos perderam o natural brilho.

— Jenny! Por favor, não me deixe! — falou, abraçando a mulher, ignorando o fato que poderia estar amassando Marilyn naquele instante.


James cumprira a promessa. Criou a filha com bastante mimo, a amando como amou sua mulher — mesmo que fosse afeto fraternal, claro.

Alguns anos depois, quando Marilyn tinha quatro anos, ele casou-se de novo, com uma mulher chamada Kristy Kollins, que não media esforços para machucar a enteada.

Kristy era a típica madrasta que odeia a filha do marido. Odiava o jeito carinhoso que ele olhava para ela, e por mais que não admitisse, odiava ainda mais quando James e Marilyn conversavam sobre Jenny. Ela ficava extremamente furiosa apenas com a citação do nome da mulher morta.

Quando completou cinco anos a notícia drástica da gravidez de Kristy fez Mary afastar se do pai. Ela não conseguia aceitar que não seria mais a alegria do pai, e que agora tinha um concorrente.

Arthur era adorável. Um menino moreno com olhos castanhos, alto para a idade. Marilyn queria odiá-lo. Queria conseguir xingá-lo, maltratá-lo. Mas era só olhar para o pequeno e um sorriso já formava-se nos cantos dos lábios. Ela o amava. E ele, igualmente.

O meio irmão fora sua felicidade por muito tempo, até que um dia, quando atravessava a rua para ir no mercadinho com ele no colo, um carro em alta velocidade atropelou ambos. Arthur não sobreviveu. Marilyn ficou internada por dois meses, em coma. Ela havia perdido a memória, a sua vida passada eram apenas fragmentos. Seu pai lhe ensinando à ler. Os maus tratos da madrasta. O amor que dividia com o irmão. Além da amnésia, ela havia quebrado o braço, a perna e torcido os tornozelos.

Marilyn era uma menina pequena, magrinha e baixa para a idade, a pior na Educação Física. Geralmente as pessoas faziam brincadeiras de mal gosto, apontavam indiscretamente para ela no recreio. Seu pai, então, a colocou no ballet, yoga, hipismo e esgrima, na tentativa de fazê-la parar de chorar a tarde e se distrair.

Apesar de ter continuado sendo horrível em E.F, não era mais o alvo preferidos dos popularezinhos, já que com a esgrima sua aparência ficou mais alegre, viva e madura. Sua personalidade mudou drasticamente. A garotinha que não conseguia mais se defender sozinha não estava mais lá.

・゚✧*:・゚✫ Aparência ・゚✧*:・゚✫
Marilyn, com certeza, é abençoada por Aphrodite. Seus traços são suaves e gentis, dando-lhe um ar extremamente delicado ao seu corpo e rosto. A pele é pálida, sendo as bochechas a única coloração saudável visível; parecem que as mesmas possuem um blush natural. O rosto é anguloso, seu maxilar é reto. As sobrancelhas são castanhas e levemente grossas, estando sempre com os pelinhos arrumados. Os cílios são longos e finos. O nariz é arrebitado, sendo um traço incrivelmente bonitinho em seu rosto. Os olhos incrivelmente verdes, como esmeraldas, contrastam com seu cabelo, que parece possuir quatro cores ao mesmo tempo, dependendo da luminosidade do local; ora são castanho avermelhados, às vezes castanho puxado para o loiro, ou até mesmo o preto. Eles possuem um delicioso cheiro de morango, por causa dos produtos utilizados. A boca é pequena, perfeita para o seu rosto. Os lábios são rosados e levemente carnudos, mas nada extravagante; dentes brancos e bem alinhados. Ela é uma garota considerada ''tábua''. Os seios, as coxas e as nádegas são pequenos para a sua idade, não cresceram praticamente nada desde seus quinze anos. Ela é magra e baixa para a sua idade, algo que influencia na sua pose de boneca de porcelana. Pesa 53kg e mede 1,56m.



ℒ𝒾𝓁𝓎 𝒞𝑜𝓁𝓁𝒾𝓃𝓈


・゚✧*:・゚✫ Par ・゚✧*:・゚✫
Armin.

・゚✧*:・゚✫ Como ela é na convivência com o paquera ・゚✧*:・゚✫

Quando Marilyn conheceu Armin, para ela, ele era apenas mais um garoto idiota que mal ficava em pé longe dos video-games. Não eram amigos, e ele, assim como ela, não estava com muita vontade de conversar com Lynn. E ficaram assim por bastante tempo. A garota observava os mínimos detalhes do moreno, como quando os fios negros caiam nos olhos quando estava irritado. E às vezes ele a pegava o olhando, e como um dos defeitos da garota é ser cara de pau, ela não se envergonhava e nem desviava o olhar, apenas se encarando. Verde no azul. Azul no verde.

𝓝𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝓹𝒆𝓻𝓭𝒆𝓻 𝓾𝓶 𝓼𝓸𝓻𝓻𝓲𝓼𝓸
𝓝𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝓹𝒆𝓻𝓭𝒆𝓻 𝓾𝓶 𝓫𝒆𝓲𝓳𝓸
ℬ𝓸𝓶, 𝒆𝓾 𝓼𝓸́ 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝒇𝓲𝓬𝓪𝓻 𝓬𝓸𝓶 𝓿𝓸𝓬𝒆̂
𝓐𝓺𝓾𝓲 𝓬𝓸𝓶 𝓿𝓸𝓬𝒆̂, 𝓪𝓹𝒆𝓷𝓪𝓼 𝓪𝓼𝓼𝓲𝓶
𝓔𝓾 𝓼𝓸́ 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝓽𝒆 𝓪𝓫𝓻𝓪ç𝓪𝓻 𝒇𝓸𝓻𝓽𝒆
𝓢𝒆𝓷𝓽𝓲𝓻 𝓼𝒆𝓾 𝓬𝓸𝓻𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓹𝒆𝓻𝓽𝓸 𝓭𝓸 𝓶𝒆𝓾
𝓔 𝒇𝓲𝓬𝓪𝓻 𝓪𝓺𝓾𝓲 𝓷𝒆𝓼𝓽𝒆 𝓶𝓸𝓶𝒆𝓷𝓽𝓸
𝓟𝓸𝓻 𝓽𝓸𝓭𝓸 𝓸 𝓻𝒆𝓼𝓽𝓸 𝓭𝓸𝓼 𝓽𝒆𝓶𝓹𝓸𝓼

Mary, visto que Armin não estava muito afim de tomar à iniciativa de conversar com ela, foi até ele, despreocupadamente. Quando se apresentaram e começaram à conversar, a garota ficou terminantemente arrependida de achar que ele era mais um gamer normal. Por quê ela nunca vira alguém tão interessante quanto aquele garoto de olhos azuis como duas safiras, que não fazia ideia da beleza que tinha. Conversar sobre séries, jogos e até algumas banalidades eram os assuntos preferidos de ambos.

𝓝𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝒇𝒆𝓬𝓱𝓪𝓻 𝓶𝒆𝓾𝓼 𝓸𝓵𝓱𝓸𝓼
𝓝𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝓹𝒆𝓰𝓪𝓻 𝓷𝓸 𝓼𝓸𝓷𝓸
𝓟𝓸𝓻𝓺𝓾𝒆 𝒆𝓾 𝓼𝒆𝓷𝓽𝓲𝓻𝓲𝓪 𝓪 𝓼𝓾𝓪 𝒇𝓪𝓵𝓽𝓪, 𝓫𝓪𝓫𝔂
𝓔 𝒆𝓾 𝓷𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝓹𝒆𝓻𝓭𝒆𝓻 𝓷𝓪𝓭𝓪
𝓟𝓸𝓻𝓺𝓾𝒆 𝓶𝒆𝓼𝓶𝓸 𝓺𝓾𝓪𝓷𝓭𝓸 𝒆𝓾 𝓼𝓸𝓷𝓱𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓿𝓸𝓬𝒆̂
𝓞 𝓼𝓸𝓷𝓱𝓸 𝓶𝓪𝓲𝓼 𝓭𝓸𝓬𝒆 𝓷𝓾𝓷𝓬𝓪 𝓿𝓪𝓲 𝓼𝒆𝓻 𝓼𝓾𝒇𝓲𝓬𝓲𝒆𝓷𝓽𝒆
𝓔𝓾 𝓪𝓲𝓷𝓭𝓪 𝓼𝒆𝓷𝓽𝓲𝓻𝓲𝓪 𝓪 𝓼𝓾𝓪 𝒇𝓪𝓵𝓽𝓪, 𝓫𝓪𝓫𝔂
𝓔 𝒆𝓾 𝓷𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝓹𝒆𝓻𝓭𝒆𝓻 𝓷𝓪𝓭𝓪

Com o tempo a morena percebera que o que antes era uma amizade virou algo mais forte, pelo menos, para ela. Marilyn não se via mais quando estava ao lado de Armin. Aquela garota que se escondia em uma barreira de sarcasmo e que nunca amara nenhum garoto além da amizade não estava mais lá. Virou alguém diferente no momento que percebeu que se perdia nas belas orbes azuladas do rapaz.

𝓔𝓾 𝓹𝓸𝓭𝒆𝓻𝓲𝓪 𝒇𝓲𝓬𝓪𝓻 𝓪𝓬𝓸𝓻𝓭𝓪𝓭𝓸 𝓼𝓸́ 𝓹𝓪𝓻𝓪 𝓸𝓾𝓿𝓲𝓻 𝓿𝓸𝓬𝒆̂ 𝓻𝒆𝓼𝓹𝓲𝓻𝓪𝓻
𝓥𝒆𝓻 𝓸 𝓼𝒆𝓾 𝓻𝓸𝓼𝓽𝓸 𝓼𝓸𝓻𝓻𝓲𝓷𝓭𝓸 𝒆𝓷𝓺𝓾𝓪𝓷𝓽𝓸 𝓿𝓸𝓬𝒆̂ 𝓭𝓸𝓻𝓶𝒆
𝓔𝓷𝓺𝓾𝓪𝓷𝓽𝓸 𝓿𝓸𝓬𝒆̂ 𝒆𝓼𝓽𝓪́ 𝓵𝓸𝓷𝓰𝒆 𝒆 𝓼𝓸𝓷𝓱𝓪𝓷𝓭𝓸
𝓔𝓾 𝓹𝓸𝓭𝒆𝓻𝓲𝓪 𝓹𝓪𝓼𝓼𝓪𝓻 𝓶𝓲𝓷𝓱𝓪 𝓿𝓲𝓭𝓪 𝓷𝒆𝓼𝓼𝓪 𝓭𝓸𝓬𝒆 𝓻𝒆𝓭𝒆𝓷ç𝓪̃𝓸
𝓔𝓾 𝓹𝓸𝓭𝒆𝓻𝓲𝓪 𝓶𝒆 𝓹𝒆𝓻𝓭𝒆𝓻 𝓷𝒆𝓼𝓽𝒆 𝓶𝓸𝓶𝒆𝓷𝓽𝓸 𝓹𝓪𝓻𝓪 𝓼𝒆𝓶𝓹𝓻𝒆
𝓣𝓸𝓭𝓸 𝓶𝓸𝓶𝒆𝓷𝓽𝓸 𝓺𝓾𝒆 𝒆𝓾 𝓹𝓪𝓼𝓼𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓿𝓸𝓬𝒆̂
𝓔́ 𝓾𝓶 𝓶𝓸𝓶𝒆𝓷𝓽𝓸 𝓹𝓻𝒆𝓬𝓲𝓸𝓼𝓸

''Não vou corar perto dele, isso é ridículo'' ela dizia a si mesma sempre quando estava indo na direção dele, mas o que acontecia era outra coisa. Ela o olhava e um belo sorriso se formava em seu rosto, como se nunca tivesse visto criatura mais bonita que ele.

𝓓𝒆𝓲𝓽𝓪𝓭𝓸 𝓹𝒆𝓻𝓽𝓸 𝓭𝒆 𝓿𝓸𝓬𝒆̂
𝓢𝒆𝓷𝓽𝓲𝓷𝓭𝓸 𝓸 𝓼𝒆𝓾 𝓬𝓸𝓻𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓫𝓪𝓽𝒆𝓻
𝓔 𝓲𝓶𝓪𝓰𝓲𝓷𝓪𝓷𝓭𝓸 𝓸 𝓺𝓾𝒆 𝓿𝓸𝓬𝒆̂ 𝒆𝓼𝓽𝓪́ 𝓼𝓸𝓷𝓱𝓪𝓷𝓭𝓸
𝓘𝓶𝓪𝓰𝓲𝓷𝓪𝓷𝓭𝓸 𝓼𝒆 𝓼𝓸𝓾 𝒆𝓾 𝓺𝓾𝒆𝓶 𝓿𝓸𝓬𝒆̂ 𝒆𝓼𝓽𝓪́ 𝓿𝒆𝓷𝓭𝓸
𝓔𝓷𝓽𝓪̃𝓸 𝓫𝒆𝓲𝓳𝓸 𝓼𝒆𝓾𝓼 𝓸𝓵𝓱𝓸𝓼 𝒆 𝓪𝓰𝓻𝓪𝓭𝒆ç𝓸 𝓪 𝓓𝒆𝓾𝓼 𝓹𝓸𝓻 𝒆𝓼𝓽𝓪𝓻𝓶𝓸𝓼 𝓳𝓾𝓷𝓽𝓸𝓼
𝓔 𝒆𝓾 𝓼𝓸́ 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝒇𝓲𝓬𝓪𝓻 𝓬𝓸𝓶 𝓿𝓸𝓬𝒆̂
𝓝𝒆𝓼𝓽𝒆 𝓶𝓸𝓶𝒆𝓷𝓽𝓸 𝓹𝓪𝓻𝓪 𝓼𝒆𝓶𝓹𝓻𝒆, 𝓹𝓪𝓻𝓪 𝓽𝓸𝓭𝓸 𝓸 𝓼𝒆𝓶𝓹𝓻𝒆

''Prefiro morrer do que admitir em voz alta que estou apaixonada por ele'', pensava ela, antes de olhá-lo e descer o olhar até os lábios semi-abertos dele. Deus, aquele garoto não imaginava como Marilyn Claire Morningstar estava apaixonada por ele.

𝓝𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝒇𝒆𝓬𝓱𝓪𝓻 𝓶𝒆𝓾𝓼 𝓸𝓵𝓱𝓸𝓼
𝓝𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝓹𝒆𝓰𝓪𝓻 𝓷𝓸 𝓼𝓸𝓷𝓸
𝓔𝓾 𝓷𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝒆𝓻𝓸 𝓹𝒆𝓻𝓭𝒆𝓻 𝓷𝓪𝓭𝓪

・゚✧*:・゚✫ Como ela é na convivência dos amigos ・゚✧*:・゚✫
Não sabem o quê é, para mim, ouvir o som do riso deles. É algo que me deixa alegre. Estarei sempre lá por eles, sendo sempre uma amiga leal, fiel e compreensiva. Sei que eles sabem disso, apesar de eu não demonstrar muita afeição. Eles são meus maiores alvos de sarcasmo.

・゚✧*:・゚✫ Tem alguma habilidade com armas? ・゚✧*:・゚✫
Sim.

Marilyn era uma menina pequena, magrinha e baixa para a idade, a pior na Educação Física. Geralmente as pessoas faziam brincadeiras de mal gosto, apontavam indiscretamente para ela no recreio. Seu pai, então, a colocou no ballet, yoga, hipismo e esgrima, na tentativa de fazê-la parar de chorar a tarde e se distrair. Apesar de ter continuado sendo horrível em E.F, não era mais o alvo preferidos dos popularezinhos, já que com a esgrima sua aparência ficou mais alegre, viva e madura. Sua personalidade mudou drasticamente. Ria dela e coloque qualquer objeto perto dela, uma caneta, um pedaço de pau, qualquer coisa, e essa pessoa pode ter uma morte lenta e dolorosa

・゚✧*:・゚✫ Algo mais? ・゚✧*:・゚✫


𝐹𝒾𝒸𝒽𝒶 𝒻𝑜𝓇 𝐼𝓃𝓉𝑒𝓇𝒸𝒶̂𝓂𝒷𝒾𝑜 — 𝑀𝒶𝓎𝒶 𝒯𝑜𝓀𝒾𝓏𝒶𝓀𝒾 𝒶𝓈 𝒜𝓂𝑒́𝓁𝒾𝒶 𝒱𝒶𝓁𝑒𝓃𝓉𝒾𝓃𝒶 𝑀𝒶𝓇𝒾𝓁𝓎𝓃

𝓝𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝒻𝑒𝒸𝒽𝒶𝓇 𝓂𝑒𝓊𝓈 𝑜𝓁𝒽𝑜𝓈
𝓝ão quero pegar no sono
𝓝𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝑔𝒶𝓇 𝓃𝑜 𝓈𝑜𝓃𝑜
𝓟.𝑜.𝓇.𝓆.𝓊.𝑒 𝑒.𝓊 𝓈.𝑒.𝓃.𝓉.𝒾.𝓇.𝒾.𝒶 𝒶 𝓈.𝓊.𝒶 𝒻.𝒶.𝓁.𝓉.𝒶, 𝒷.𝒶.𝒷.𝓎
𝓔 𝑒𝓊 𝓃𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇 𝓃𝒶𝒹𝒶
𝓟𝑜𝓇𝓆𝓊𝑒 𝓂𝑒𝓈𝓂𝑜 𝓆𝓊𝒶𝓃𝒹𝑜 𝑒𝓊 𝓈𝑜𝓃𝒽𝑜 𝒸𝑜𝓂 𝓋𝑜𝒸𝑒̂
𝓞 𝓈𝑜𝓃𝒽𝑜 𝓂𝒶𝒾𝓈 𝒹𝑜𝒸𝑒 𝓃𝓊𝓃𝒸𝒶 𝓋𝒶𝒾 𝓈𝑒𝓇 𝓈𝓊𝒻𝒾𝒸𝒾𝑒𝓃𝓉𝑒
𝓔𝓊 𝒶𝒾𝓃𝒹𝒶 𝓈𝑒𝓃𝓉𝒾𝓇𝒾𝒶 𝒶 𝓈𝓊𝒶 𝒻𝒶𝓁𝓉𝒶, 𝒷𝒶𝒷𝓎
𝓔 𝑒𝓊 𝓃𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇 𝓃𝒶𝒹𝒶


・゚✧*:・゚✫ Nome Completo ・゚✧*:・゚✫
Amélia Valentina Marilyn

・゚✧*:・゚✫ Apelidos ・゚✧*:・゚✫
Amy | Mary | Princesinha | Lynn.

・゚✧*:・゚✫ Data de nascimento ・゚✧*:・゚✫
Primeiro de junho de mil novecentos e noventa e nove | 01/06/1999 | às 19:10 da noite.

・゚✧*:・゚✫ Aparência ・゚✧*:・゚✫
Ninguém pode negar que Amélia Valentina Marilyn é uma criatura bela. Seu rosto é anguloso, com o maxilar reto. A pele possui um tom bronzeado por conta dos anos de surf praticados no Brasil. Os olhos são a parte mais chamativa de seu corpo. Dependendo da luminosidade do local, eles parecem verdes como jade, ou até como folhas na primavera. Seu cabelo é castanho, liso, com um leve aroma de morango por conta dos produtos utilizados. A franja está sempre bagunçada, raramente Amy as arruma; e quando consegue ajeitá-las, elas caem em cima do olho esquerdo. Os cílios são longos e finos, as sobrancelhas castanhas, finas e retas. Os lábios são rosados e carnudos na medida certa, e os dentes são brancos e bem alinhados. Infelizmente, os deuses compensaram a beleza angelical de Amy em seu corpo. Não possui muitas curvas e nem seios, nádegas e coxas grandes.





・゚✧*:・゚✫ Par ・゚✧*:・゚✫
Armin

・゚✧*:・゚✫ Personalidade ・゚✧*:・゚✫
Pense em alguém irresponsável. Pensou? Tenho certeza que em sua mente você imaginou aquele garoto encrenqueiro de feições despreocupadas que senta lá no fundão, na sala de aula. Se fosse a deusa de alguma mitologia, seria da irresponsabilidade. Ela chegava nas salas de aula uma hora depois, dizia oi como se tivesse chegado adiantada, sorria, sentava e colocava os pés em cima da mesinha do centro.
Mal educada, não faz questão de fingir ser alguém que não é. Suas respostas são curtas e grossas. Sua família sempre destacou-se pela boa educação, generosidade e bondade, mas isso não a impede de xingar todos e tudo.
A garota é extremamente determinada. Nunca desistirá antes de alcançar seus objetivos. Junto com a sua extrema teimosia, é sim, um de seus defeitos. Ela pode ver uma placa de aviso à morte, porém ela irá até lá saltitando.
É inteligente, sim, mas seus atos são muito impulsivos, o que fazem os outros pensarem que ela é burra. Bobagem. As emoções predominam suas ações, e a razão fica completamente para trás. Inicie uma conversa com Amélia e provavelmente você será manipulado por ela. A morena possui uma ótima lábia, suas palavras são extremamente calculadas — quando ela quer algo —, e ela acabará fazendo até seu pai abdicar o reino a favor dela.
A sinceridade é sempre muito visível em suas palavras. Ela pode chamar alguém de gordo que nem um saco de batatas, ou feio que nem um pepino-do-mar. Normalmente ela não percebe que isso acaba machucando as pessoas, e como ninguém faz questão de alertar a morena, ela continua.
Amélia é extremamente maliciosa. Vê duplo sentido em tudo, até em algo simples, como uma cenoura. Costuma avaliar os homem de alto a baixo e sorri, lasciva. Muitas das vezes consegue levar um homem para a cama, já que não podemos negar que a garota tem um belo rosto. Porém, não irá tentar seduzir seu par, pois ao contrário de vários de seus parceiros, ela acha que ele não merece isso.
Fidelidade e lealdade sempre foram qualidades muito marcantes nela. Jamais trairia alguém, mesmo que isso lhe beneficiasse. Se alguém lhe pedisse para deixar uma causa e entrar em outra, ela riria na cara da pessoa e viraria as costas.
Ela é extremamente sarcástica, e isso é notável em suas palavras. Em todas as suas frases possuem sarcasmo. Normalmente ela usa e abusa desse defeito quando está bem mal-humorada.
Pense em alguém que não tem seriedade alguma. Exatamente; Amélia é assim. No jogo em que a pessoa tem que encarar a outra sem rir ou sorrir, ela perderia. A garota acha as pequenas coisas muito engraçadas, tais como a palavra pelicano ou até mesmo o vento. Costuma rir muito quanto está comendo, e por isso, tem tendência a se engasgar. Ela diz que isso ainda será a sua perdição.
Compreensiva, a garota sabe muito bem quando deve aconselhar alguém. Ela sempre estará lá para ajudar um amigo, o apoiando em todas as suas escolhas.

・゚✧*:・゚✫ Historia ・゚✧*:・゚✫
Rose e Thiago Marilyn sempre se deram muito bem, apesar de várias vezes brigarem por futilidades. E no final, olhe no que deu. Um belo casamento onde todas as pessoas da cidade de Porto Alegre estavam convidados.
Amy nasceu em um dia nublado e extremamente frio. O parto fora realmente difícil, já que a garota desde que estava no ventre da mãe já conseguia arrumar confusões. Ela havia se enrolado no cordão umbilical, e estava morrendo asfixiada, mas os médicos conseguiram salvar a pequena.
A garota nunca precisou correr atrás de amigos; em geral eram eles que corriam atrás dela, por causa de sua ótima popularidade, amizade e compreensão. Porém, quase todos eram verdadeiros, não se importavam se a garota era rica. Não queriam o dinheiro dela, afinal.
As notas da garota sempre foram horríveis. Não por quê era burra, por Deus, não. Amélia dizia que tinha coisas mais produtivas para fazer; em geral, ela apenas ficava na internet ou lendo um livro de ficção. Mas, quando viu a chance do intercâmbio, começou à estudar um pouco.

・゚✧*:・゚✫ Estilo ・゚✧*:・゚✫


・゚✧*:・゚✫ Relação com ・゚✧*:・゚✫

• 𝒫𝒶𝓇 —
''— Ele é o meu porto-seguro. Um dos meus motivos de não pegar o primeiro avião em direção ao Brasil. Confio nele a minha vida, por mais que jamais eu falaria algo desse tipo em voz alta, ainda mais diretamente. Adoro fazê-lo rir, acho o som de seu riso algo extremamente agradável.''

• 𝒜𝓈 𝑜𝓊𝓉𝓇𝒶𝓈 𝑔𝒶𝓇𝑜𝓉𝒶𝓈 —
''— Tratarei todas elas com gentileza e educação, algo reservado à pessoas que considero especiais.''

• 𝒜𝓂𝒾𝑔𝑜𝓈 —
''— Não sabem o quê é, para mim, ouvir o som do riso deles. É algo que me deixa alegre. Estarei sempre lá por eles, sendo sempre uma amiga leal, fiel e compreensiva. Sei que eles sabem disso, apesar de eu não demonstrar muita afeição. Eles são meus maiores alvos de sarcasmo.''

• 𝐼𝓃𝒾𝓂𝒾𝑔𝑜𝓈 —
''— Minha convivência com eles é simples. Não mexa com meus amigos e não mexerei com você. Não sou fã de agressão física, e eles sabem disso. Por este motivo, às vezes tenho que optar por bater neles, já que eles usam e abusam desse fato.''

・゚✧*:・゚✫ Gosta ・゚✧*:・゚✫
Café | refrigerantes | bebidas geladas | frio | inverno | outono | astronomia | era medieval | livros ficcionais | ler | escrever poemas e cartas | doces | tecnologia | boinas | capuzes | vestidos medievais | paisagens | quadros | arquitetura | mitologia romana | mitologia grega | mitologia egípcia | mitologia nórdica | corvos | raposas | lobos | coiotes | chacais | linces | animais sobrenaturais | praticar esportes | pégasus | cavalos | cachorros | Supernatural | Maze Runner | Harry Potter | Dylan O'Brien | Holland Roden | Jared Padalecki | Jensen Ackles | jogos estratégicos | Carry On Wayward Son | olhos azuis | rock | músicas de rock clássico | Survivor | Eye Of The Tiger | Kansas | Asia [banda] | Viena | Áustria | países europeus | coroa de flores | tiaras | roupas | casacos com capuz | cabelos curtos | roupas simples | branco | azul | preto | dourado | pergaminhos | objetos antigos | prata | verde.

・゚✧*:・゚✫ Não gosta ・゚✧*:・゚✫
Verão | calor | chá | milk-shake | bebidas quentes | calor | pop | livros históricos | gatos | bonés | vermelho | laranja | amarelo | ficar parada por muito tempo | preconceito | falsidade | infidelidade | deslealdade.

・゚✧*:・゚✫ Reação ao receber a carta ・゚✧*:・゚✫
— Fiquei bastante surpresa ao ler o motivo de tanta felicidade de minhas amigas. Eu, confesso, não estava com muita vontade de fazer intercâmbio agora. Não queria deixar meu namorado. Mas também não quero deixá-las, sabe? Conheço elas à mais tempo do que ele, e com certeza, elas são a minha escolha. França, ai vou eu.''

・゚✧*:・゚✫ Quer treta? ・゚✧*:・゚✫
Sim!

・゚✧*:・゚✫ Inimigos ・゚✧*:・゚✫
Debrah | Nathaniel | Li | Charlotte.

・゚✧*:・゚✫ Amigos ・゚✧*:・゚✫
Alexy | Kentin | Lysandre | Castiel | Violette | Kim | Priya | Ambre.

・゚✧*:・゚✫ Algo mais? ・゚✧*:・゚✫

𝒩𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇 𝓊𝓂 𝓈𝑜𝓇𝓇𝒾𝓈𝑜
𝒩𝒶̃𝑜 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓅𝑒𝓇𝒹𝑒𝓇 𝓊𝓂 𝒷𝑒𝒾𝒿𝑜
𝐵𝑜𝓂, 𝑒𝓊 𝓈𝑜́ 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝒻𝒾𝒸𝒶𝓇 𝒸𝑜𝓂 𝓋𝑜𝒸𝑒̂
𝒜𝓆𝓊𝒾 𝒸𝑜𝓂 𝓋𝑜𝒸𝑒̂, 𝒶𝓅𝑒𝓃𝒶𝓈 𝒶𝓈𝓈𝒾𝓂
𝐸𝓊 𝓈𝑜́ 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓉𝑒 𝒶𝒷𝓇𝒶ç𝒶𝓇 𝒻𝑜𝓇𝓉𝑒
𝒮𝑒𝓃𝓉𝒾𝓇 𝓈𝑒𝓊 𝒸𝑜𝓇𝒶ç𝒶̃𝑜 𝓅𝑒𝓇𝓉𝑜 𝒹𝑜 𝓂𝑒𝓊
𝐸 𝒻𝒾𝒸𝒶𝓇 𝒶𝓆𝓊𝒾 𝓃𝑒𝓈𝓉𝑒 𝓂𝑜𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜
𝒫𝑜𝓇 𝓉𝑜𝒹𝑜 𝑜 𝓇𝑒𝓈𝓉𝑜 𝒹𝑜𝓈 𝓉𝑒𝓂𝓅𝑜𝓈


𝐹𝒾𝒸𝒽𝒶 𝒻𝑜𝓇 𝐸𝓉𝑒𝓇𝓃𝒶𝓁 𝐿𝑜𝓋𝑒 — 𝑅𝒾𝒶𝓈 𝒢𝓇𝑒𝓂𝑜𝓇𝓎 𝒶𝓈 𝒞𝓁𝒶𝒾𝓇𝑒 𝒜𝒷𝑒𝓁 𝑀𝑜𝓇𝓃𝒾𝓃𝑔𝓈𝓉𝒶𝓇


Nome completo
Claire Abel Morningstar

Nome real:
Seren

Idade:
17 anos

Aparência:
A beleza de Seren é delicada, mas ao mesmo tempo, deslumbrante e exótica. Sua pele é coberta por minúsculas sardas, ganhando destaque principalmente em seu rosto, em volta de seu nariz. A pele é levemente pálida, parecendo porcelana. Suas madeixas são de um ruivo escuro, lisas, caindo como cascatas até o meio de suas costas, ondulando em graciosos cachos. Os olhos são de uma coloração azul-piscina. Eles também são adornados por cílios grandes e grossos. Os lábios são rosados e com dentes brancos e bem alinhados. Seu sorriso é algo lindo, que mostra suas covinhas.
O nariz é arrebitado, as bochechas são rosadas naturalmente. As orelhas são perfeitas para o tamanho e formato de sua cabeça, que, aliás, é arredondada, apesar de seu queixo ser um tanto triangular. As sobrancelhas também são ruivas e finas. O pescoço é fino. Os ombros são um tanto largos, o que quebram o formato e pose de delicadeza. A puberdade e o destino foram muito bons para a garota, já que seu corpo é em um estilo ''ampulheta''; quadril largo, cintura fina. As nádegas, coxas e seios são da medida certa; nem tão grandes, nem tão pequenos. A barriga é lisinha. As mãos são pequenas e finas, teriam um ar delicado, se não estivessem machucadas por conta de seu amor por esportes. Os dedos são longos e finos, perfeitos para tocar piano





Personalidade:
Pense em alguém irresponsável. Pensou? Tenho certeza que em sua mente você imaginou aquele garoto encrenqueiro de feições despreocupadas que senta lá no fundão, na sala de aula. Se fosse a deusa de alguma mitologia, seria da irresponsabilidade. Ela chegava nas salas de reuniões uma hora depois, dizia oi como se tivesse chegado adiantada, sorria, sentava e colocava os pés em cima da mesinha do centro.
Mal educada, não faz questão de fingir ser alguém que não é. Suas respostas são curtas e grossas. Sua família sempre destacou-se pela boa educação, generosidade e bondade, mas isso não a impede de xingar todos e tudo.
A garota é extremamente determinada. Nunca desistirá antes de alcançar seus objetivos. Junto com a sua extrema teimosia, é sim, um de seus defeitos. Ela pode ver uma placa de aviso à morte, porém ela irá até lá saltitando.
É inteligente, sim, mas seus atos são muito impulsivos, o que fazem os outros pensarem que ela é burra. Bobagem. As emoções predominam suas ações, e a razão fica completamente para trás. Inicie uma conversa com Seren e provavelmente você será manipulado por ela. A ruiva possui uma ótima lábia, suas palavras são extremamente calculadas — quando ela quer algo —, e ela acabará fazendo até seu pai abdicar o reino a favor dela.
A sinceridade é sempre muito visível em suas palavras. Ela pode chamar alguém de gordo que nem um saco de batatas, ou feio que nem um pepino-do-mar. Normalmente ela não percebe que isso acaba machucando as pessoas, e como ninguém faz questão de alertar a ruiva, ela continua.
Seren é extremamente maliciosa. Vê duplo sentido em tudo, até em algo simples, como uma cenora. Costuma avaliar os homem de alto a baixo e sorri, lasciva. Muitas das vezes consegue levar um homem para a cama, já que não podemos negar que a garota tem um belo corpo. Porém, não irá tentar seduzir seu par, pois ao contrário de vários de seus parceiros, ela acha que ele não merece isso.
Fidelidade e lealdade sempre foram qualidades muito marcantes nela. Jamais trairia alguém, mesmo que isso lhe beneficiasse. Se alguém lhe pedisse para deixar uma causa e entrar em outra, ela riria na cara da pessoa e viraria as costas.
Ela é extremamente sarcástica, e isso é notável em suas palavras. Em todas as suas frases possuem sarcasmo. Normalmente ela usa e abusa desse defeito quando está bem mal-humorada.
Pense em alguém que não tem seriedade alguma. Exatamente; Seren é assim. No jogo em que a pessoa tem que encarar a outra sem rir ou sorrir, ela perderia. A garota acha as pequenas coisas muito engraçadas, tais como a palavra pelicano ou até mesmo o vento. Costuma rir muito quanto está comendo, e por isso, tem tendência a se engasgar. Ela diz que isso ainda será a sua perdição.
Compreensiva, a garota sabe muito bem quando deve aconselhar alguém. Ela sempre estará lá para ajudar um amigo, o apoiando em todas as suas escolhas.

História:
A Rainha Madeleine era princesa de um pequeno reino que fazia fronteira com Undarum, chamado Aura. Apesar de Undarum ser maior, o número de soldados e sua competência era horrível. Paul, o atual rei naquela época, era desprezível e arrogante. Não se importava com seu povo, muito diferente de Mary Jeanne, a rainha de Paul, que amava seus súditos como amava seu filho, o príncipe herdeiro Thiago.
Para acabar com o reinado de Paul, Mary e Thiago arrumaram uma armadilha na floresta. Era para ser um pequeno acidente, algo que o impossibilitasse de continuar reinando, mas a morte dele foi inevitável. Seu corpo fora encontrado dias depois em um estado deplorável. Thiago fora proclamado o novo rei de Undarum.
Ele precisava de uma rainha, e como havia a aliança com o reino de Aura, ele se casou com Madeleine. E, além de ganhar vários soldados competentes nomeados Escudo Preto, também ganhou em seu colo a bela, bondosa e perfeita princesa de Aura.
Um ano depois ela engravidou de Seren. O parto foi difícil pois a garota estava presa, e foi preciso um feiticeiro para salvar a vida da rainha e da princesinha. Quando a garota nasceu, o dia escureceu, uma grande nevasca caiu, e a pequena sala que eles se encontravam esfriou bastante. Foi neste momento que eles descobriram que a filha também tinha os mesmos poderes que eles. O poder de Gelo. A garotinha sempre chamava atenção por onde passava, desde o momento que saiu do ventre de Madeleine, e por esse motivo, foi lhe dado o nome de Seren, cujo significado é a Estrela.
Três anos depois nasceu Newt, seu irmão. O reino Undarum nunca foi machista, e a garota seria a próxima rainha, porém ela abdicou a favor do irmão. Tal ato gerou revoltas do povo e a admiração dos pais. A abdicação foi por quê ela não se achava apta para ser rainha, já que a irresponsabilidade sempre fora um de seus grandes defeitos.
Seren queria ser uma guerreira. Praticava hipismo e se destacava bastante no hipismo, várias vezes ganhou do general do exército, Oscar, de Newt e de Thiago.

Poder:
Gelo

Reino:
Reino Undarum

Família:
Mãe | Rainha Madeleine.


Pai | Rei Thiago.


Tem irmão?
Irmão mais novo | Príncipe Newt, o Herdeiro.


Arma Mágica:
O cabo de uma adaga em formato de cruz entalhada com alguns símbolos mágicos; entre eles há um que impossibilita as pessoas de pegar a arma, a não ser que seja Seren. Há também o brasão do reino, uma fênix de asas abertas. A adaga foi encantada por um feiticeiro do reino, fazendo com que quando a princesa tocasse o cabo, surgiria uma lâmina afiada.
[centro]


Objeto de valor sentimental:
Uma coroa de armação simples, mas craveja de diamantes e ouro. É um dos objetos mais belos que você verá, e é de valor sentimental para Seren pois ela ganhou no dia de seu décimo quinto aniversário, quem deu foi seu irmão.


Roupas:
Casual;






Vestido de Princesa;




Biquíni;




Vestido de gala curto;


Algo mais?


𝐹𝒾𝒸𝒽𝒶 𝒻𝑜𝓇 𝒯𝑜𝑔𝑒𝓉𝒽𝑒𝓇 — 𝐹𝓇𝒾𝒹𝒶 𝒢𝓊𝓈𝓉𝒶𝓋𝓈𝓈𝑜𝓃 𝒜𝒷𝑒𝓁 𝑀𝑜𝓇𝓃𝒾𝓃𝑔𝓈𝓉𝒶𝓇

𝐸𝓊 𝒶𝓂𝑜 𝒫𝓊𝒹𝑒𝒶𝓃

NOME COMPLETO
𝚋𝚎𝚕 𝙼𝚘𝚛𝚗𝚒𝚗𝚐𝚜𝚝𝚊𝚛

IDADE E DATA
𝚎𝚖 𝚚𝚞𝚒𝚗𝚣𝚎 𝚊𝚗𝚘𝚜, 𝚗𝚊𝚜𝚌𝚒𝚍𝚊 𝚗𝚘 𝚍𝚒𝚊 𝚍𝚘𝚒𝚜 𝚍𝚎 𝚊𝚋𝚛𝚒𝚕. 𝙴𝚕𝚊 𝚎́ 𝚞𝚖𝚊 𝚊𝚛𝚒𝚊𝚗𝚊

PAIS
𝚊𝚜𝚌𝚎𝚞 𝚗𝚘 𝙱𝚛𝚊𝚜𝚒𝚕, 𝚙𝚘𝚛𝚎́𝚖 𝚝𝚎̂𝚖 𝚍𝚎𝚜𝚌𝚎𝚗𝚍𝚎̂𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚎𝚞𝚛𝚘𝚙𝚎𝚒𝚊

HISTORIA DA PERSONAGEM
𝚊𝚜𝚌𝚎𝚞 𝚍𝚒𝚊 𝚍𝚘𝚒𝚜 𝚍𝚎 𝚊𝚋𝚛𝚒𝚕, 𝚊̀𝚜 𝟷𝟹:𝟷𝟾 𝚍𝚊 𝚝𝚊𝚛𝚍𝚎, 𝚗𝚊 𝚌𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚍𝚎 𝙿𝚘𝚛𝚝𝚘 𝙰𝚕𝚎𝚐𝚛𝚎, 𝚗𝚘 𝚎𝚜𝚝𝚊𝚍𝚘 𝚍𝚘 𝚁𝚒𝚘 𝙶𝚛𝚊𝚗𝚍𝚎 𝚍𝚘 𝚂𝚞𝚕. 𝙾 𝚙𝚊𝚛𝚝𝚘 𝚏𝚘𝚒 𝚍𝚒𝚏𝚒́𝚌𝚒𝚕, 𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚑𝚊𝚟𝚒𝚊 𝚜𝚎 𝚎𝚗𝚛𝚘𝚕𝚊𝚍𝚘 𝚗𝚘 𝚌𝚘𝚛𝚍𝚊̃𝚘 𝚞𝚖𝚋𝚒𝚕𝚒𝚌𝚊𝚕, 𝚎 𝚙𝚘𝚍𝚎𝚛𝚒𝚊 𝚜𝚞𝚏𝚘𝚌𝚊𝚛-𝚜𝚎. 𝙿𝚘𝚛𝚎́𝚖, 𝚘𝚜 𝚖𝚎́𝚍𝚒𝚌𝚘𝚜 𝚌𝚘𝚗𝚜𝚎𝚐𝚞𝚒𝚛𝚊𝚖 𝚜𝚊𝚕𝚟𝚊𝚛 𝚊 𝚌𝚛𝚒𝚊𝚗ç𝚊, 𝚚𝚞𝚎 𝚗𝚊𝚜𝚌𝚎𝚞 𝚜𝚊𝚞𝚍𝚊́𝚟𝚎𝚕.
𝚂𝚞𝚊 𝚏𝚊𝚖𝚒́𝚕𝚒𝚊 𝚎𝚛𝚊 𝚍𝚎 𝚌𝚕𝚊𝚜𝚜𝚎 𝚖𝚎́𝚍𝚒𝚊; 𝚌𝚘𝚗𝚜𝚎𝚐𝚞𝚒𝚊𝚖 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚛 𝚊𝚜 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚛𝚊𝚜 𝚍𝚘 𝚏𝚒𝚖 𝚍𝚘 𝚖𝚎̂𝚜, 𝚛𝚘𝚞𝚙𝚊𝚜 𝚎 𝚊𝚒𝚗𝚍𝚊 𝚜𝚘𝚋𝚛𝚊𝚟𝚊. 𝙼𝚊𝚜 𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚊𝚌𝚊𝚋𝚊𝚟𝚊 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚍𝚒𝚗𝚑𝚎𝚒𝚛𝚘 𝚎𝚖 𝚞𝚖 𝚍𝚒𝚊, 𝚙𝚘𝚒𝚜 𝚌𝚘𝚜𝚝𝚞𝚖𝚊𝚟𝚊 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚛𝚊𝚛 𝚍𝚘𝚌𝚎𝚜, 𝚐𝚊𝚖𝚎𝚜 𝚎 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘𝚜 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚘𝚜. 𝙴 — 𝚊̀𝚜 𝚟𝚎𝚣𝚎𝚜 — 𝚎𝚕𝚊 𝚙𝚎𝚐𝚊𝚟𝚊 ''𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎𝚜𝚝𝚊𝚍𝚘'' 𝚘 𝚍𝚒𝚗𝚑𝚎𝚒𝚛𝚘 𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚞𝚜 𝚙𝚊𝚒𝚜, 𝙹𝚊𝚖𝚎𝚜 𝚎 𝙰𝚕𝚒𝚜𝚜𝚊 𝙼𝚘𝚛𝚗𝚒𝚗𝚐𝚜𝚝𝚊𝚛, 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚛𝚊𝚛 𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚘𝚜.
𝙰𝚋𝚎𝚕 𝚊𝚗𝚝𝚎𝚜 𝚎𝚛𝚊 𝚞𝚖𝚊 𝚋𝚘𝚊 𝚊𝚕𝚞𝚗𝚊. 𝙵𝚊𝚣𝚒𝚊 𝚝𝚘𝚍𝚊𝚜 𝚊𝚜 𝚝𝚊𝚛𝚎𝚏𝚊𝚜, 𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚗𝚍𝚒𝚊 𝚊𝚍𝚎𝚚𝚞𝚊𝚍𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚘𝚜 𝚙𝚛𝚘𝚏𝚎𝚜𝚜𝚘𝚛𝚎𝚜, 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚌𝚑𝚎𝚐𝚊𝚟𝚊 𝚊𝚍𝚒𝚊𝚗𝚝𝚊𝚍𝚊, 𝚎𝚗𝚏𝚒𝚖, 𝚎𝚛𝚊 𝚊 𝚊𝚕𝚞𝚗𝚊 𝚖𝚘𝚍𝚎𝚕𝚘. 𝙿𝚘𝚛𝚎́𝚖, 𝚍𝚎𝚙𝚘𝚒𝚜 𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚞 𝚙𝚛𝚒𝚖𝚘 𝚊𝚙𝚛𝚎𝚜𝚎𝚗𝚝𝚊𝚛-𝚕𝚑𝚎 𝚘 𝚖𝚞𝚗𝚍𝚘 𝚍𝚘𝚜 𝚐𝚊𝚖𝚎𝚜 𝚎 𝚍𝚊 𝚊𝚕𝚐𝚊𝚣𝚊𝚛𝚛𝚊, 𝚖𝚞𝚍𝚘𝚞- 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚕𝚎𝚝𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚜𝚞𝚊 𝚏𝚘𝚛𝚖𝚊 𝚍𝚎 𝚟𝚒𝚟𝚎𝚛. 𝚂𝚞𝚊𝚜 𝚗𝚘𝚝𝚊𝚜 𝚌𝚊𝚒𝚛𝚊𝚖 𝚞𝚖 𝚙𝚘𝚞𝚌𝚘, 𝚖𝚊𝚜 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚒𝚗𝚞𝚊𝚟𝚊𝚖 𝚊𝚌𝚒𝚖𝚊 𝚍𝚊 𝚖𝚎́𝚍𝚒𝚊.

APARENCIA
𝚋𝚎𝚕 𝚝𝚎𝚖 𝚞𝚖𝚊 𝚊𝚙𝚊𝚛𝚎̂𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚍𝚎𝚕𝚒𝚌𝚊𝚍𝚊 𝚎 𝚙𝚎𝚌𝚞𝚕𝚒𝚊𝚛. 𝙾 𝚛𝚘𝚜𝚝𝚘 𝚎́ 𝚎𝚖 𝚏𝚘𝚛𝚖𝚊𝚝𝚘 𝚍𝚎 𝚌𝚘𝚛𝚊ç𝚊̃𝚘, 𝚌𝚘𝚖 𝚊𝚜 𝚋𝚘𝚌𝚑𝚎𝚌𝚑𝚊𝚜 𝚕𝚎𝚟𝚎𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚛𝚘𝚜𝚊𝚍𝚊𝚜. 𝙰 𝚙𝚎𝚕𝚎 𝚝𝚎𝚖 𝚞𝚖 𝚝𝚘𝚖 𝚍𝚎 𝚙𝚊𝚕𝚒𝚍𝚎𝚣, 𝚙𝚘𝚛𝚎́𝚖 𝚎́ 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚜𝚊𝚞𝚍𝚊́𝚟𝚎𝚕. 𝙾𝚜 𝚌𝚊𝚋𝚎𝚕𝚘𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚍𝚘𝚞𝚛𝚊𝚍𝚘𝚜, 𝚌𝚊𝚒𝚗𝚍𝚘 𝚘𝚗𝚍𝚞𝚕𝚊𝚍𝚘𝚜 𝚊𝚝𝚎́ 𝚞𝚖 𝚙𝚊𝚕𝚖𝚘 𝚊𝚌𝚒𝚖𝚊 𝚍𝚘𝚜 𝚜𝚎𝚒𝚘𝚜. 𝙰𝚜 𝚜𝚘𝚋𝚛𝚊𝚗𝚌𝚎𝚕𝚑𝚊𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚕𝚘𝚒𝚛𝚊𝚜 𝚎 𝚋𝚎𝚖-𝚏𝚎𝚒𝚝𝚊𝚜, 𝚘𝚜 𝚌𝚒́𝚕𝚒𝚘𝚜 𝚕𝚘𝚗𝚐𝚘𝚜 𝚎 𝚐𝚛𝚘𝚜𝚜𝚘𝚜. 𝙾 𝚗𝚊𝚛𝚒𝚣 𝚎́ 𝚙𝚎𝚚𝚞𝚎𝚗𝚘 𝚎 𝚏𝚒𝚗𝚘. 𝙾𝚜 𝚕𝚊́𝚋𝚒𝚘𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚛𝚘𝚜𝚊𝚍𝚘𝚜 𝚎 𝚌𝚊𝚛𝚗𝚞𝚍𝚘𝚜 𝚗𝚊 𝚖𝚎𝚍𝚒𝚍𝚊 𝚌𝚎𝚛𝚝𝚊, 𝚎 𝚎𝚜𝚝𝚊̃𝚘 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚌𝚊𝚛𝚛𝚎𝚐𝚊𝚍𝚘𝚜 𝚙𝚘𝚛 𝚞𝚖 𝚋𝚊𝚝𝚘𝚖 𝚍𝚎 𝚞𝚖𝚊 𝚝𝚘𝚗𝚊𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚟𝚎𝚛𝚖𝚎𝚕𝚑𝚊. 𝙾𝚜 𝚍𝚎𝚗𝚝𝚎𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚋𝚛𝚊𝚗𝚌𝚘𝚜 𝚎 𝚋𝚎𝚖 𝚊𝚕𝚒𝚗𝚑𝚊𝚍𝚘𝚜, 𝚐𝚛𝚊ç𝚊𝚜 𝚊𝚘 𝚊𝚙𝚊𝚛𝚎𝚕𝚑𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚞𝚜𝚊𝚛𝚊 𝚗𝚊 𝚒𝚗𝚏𝚊̂𝚗𝚌𝚒𝚊. 𝙾𝚜 𝚘𝚕𝚑𝚘𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚍𝚎 𝚞𝚖𝚊 𝚌𝚘𝚕𝚘𝚛𝚊ç𝚊̃𝚘 𝚊𝚣𝚞𝚕 𝚝𝚎𝚖𝚙𝚎𝚜𝚝𝚞𝚘𝚜𝚘𝚜, 𝚗𝚘𝚛𝚖𝚊𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚎𝚡𝚙𝚛𝚎𝚜𝚜𝚊𝚖 𝚍𝚒𝚟𝚎𝚛𝚜𝚊̃𝚘.
𝚂𝚎𝚞 𝚌𝚘𝚛𝚙𝚘 𝚗𝚞𝚗𝚌𝚊 𝚏𝚘𝚒 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚊𝚟𝚊𝚗𝚝𝚊𝚓𝚊𝚍𝚘. 𝙴́ 𝚊𝚕𝚝𝚊, 𝚝𝚎𝚗𝚍𝚘 𝟷,𝟽𝟷𝚖 𝚍𝚎 𝚊𝚕𝚝𝚞𝚛𝚊. 𝙿𝚎𝚜𝚊 𝟻𝟻𝚔𝚐, 𝚜𝚎𝚗𝚍𝚘 𝚖𝚊𝚐𝚛𝚊 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚜𝚞𝚊 𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚎 𝚊𝚕𝚝𝚞𝚛𝚊. 𝙾 𝚚𝚞𝚊𝚍𝚛𝚒𝚕 𝚎́ 𝚕𝚊𝚛𝚐𝚘, 𝚊 𝚌𝚒𝚗𝚝𝚞𝚛𝚊 𝚎 𝚏𝚒𝚗𝚊, 𝚙𝚘𝚛𝚎́𝚖 𝚘𝚜 𝚜𝚎𝚒𝚘𝚜, 𝚌𝚘𝚡𝚊𝚜 𝚎 𝚗𝚊́𝚍𝚎𝚐𝚊𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚙𝚎𝚚𝚞𝚎𝚗𝚘𝚜. 𝚂𝚞𝚊 𝚎𝚜𝚝𝚛𝚞𝚝𝚞𝚛𝚊 𝚏𝚒́𝚜𝚒𝚌𝚊 𝚎́ 𝚍𝚎 𝚞𝚖𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚍𝚎𝚕𝚒𝚌𝚊𝚍𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚍𝚎𝚜𝚏𝚒𝚕𝚊 𝚎𝚖 𝚙𝚊𝚜𝚜𝚊𝚛𝚎𝚕𝚊𝚜, 𝚜𝚎𝚗𝚍𝚘 𝚘 𝚘𝚙𝚘𝚜𝚝𝚘 𝚍𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚏𝚊𝚛𝚒𝚊. 𝙰𝚙𝚎𝚜𝚊𝚛 𝚍𝚎 𝚙𝚛𝚊𝚝𝚒𝚌𝚊𝚛 𝚎𝚜𝚙𝚘𝚛𝚝𝚎𝚜, 𝚜𝚎𝚞 𝚌𝚘𝚛𝚙𝚘 𝚗𝚊̃𝚘 𝚙𝚘𝚜𝚜𝚞𝚒 𝚗𝚎𝚗𝚑𝚞𝚖 𝚖𝚞́𝚜𝚌𝚞𝚕𝚘 𝚎𝚖 𝚎𝚡𝚝𝚛𝚎𝚖𝚊 𝚎𝚟𝚒𝚍𝚎̂𝚗𝚌𝚒𝚊.




PERSONALIDADE
𝚎𝚗𝚜𝚎 𝚎𝚖 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚎́𝚖 𝚒𝚛𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚗𝚜𝚊́𝚟𝚎𝚕. 𝙿𝚎𝚗𝚜𝚘𝚞? 𝚃𝚎𝚗𝚑𝚘 𝚌𝚎𝚛𝚝𝚎𝚣𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚖 𝚜𝚞𝚊 𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚟𝚘𝚌𝚎̂ 𝚒𝚖𝚊𝚐𝚒𝚗𝚘𝚞 𝚊𝚚𝚞𝚎𝚕𝚎 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚘 𝚎𝚗𝚌𝚛𝚎𝚗𝚚𝚞𝚎𝚒𝚛𝚘 𝚍𝚎 𝚏𝚎𝚒ç𝚘̃𝚎𝚜 𝚍𝚎𝚜𝚙𝚛𝚎𝚘𝚌𝚞𝚙𝚊𝚍𝚊𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚜𝚎𝚗𝚝𝚊 𝚕𝚊́ 𝚗𝚘 𝚏𝚞𝚗𝚍𝚊̃𝚘, 𝚗𝚊 𝚜𝚊𝚕𝚊 𝚍𝚎 𝚊𝚞𝚕𝚊. 𝚂𝚎 𝚏𝚘𝚜𝚜𝚎 𝚊 𝚍𝚎𝚞𝚜𝚊 𝚍𝚎 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚖𝚊 𝚖𝚒𝚝𝚘𝚕𝚘𝚐𝚒𝚊, 𝚜𝚎𝚛𝚒𝚊 𝚍𝚊 𝚒𝚛𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚗𝚜𝚊𝚋𝚒𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎. 𝙴𝚕𝚊 𝚌𝚑𝚎𝚐𝚊 𝚗𝚘 𝚕𝚞𝚐𝚊𝚛, 𝚍𝚒𝚣 𝚘𝚒 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚜𝚎 𝚝𝚒𝚟𝚎𝚜𝚜𝚎 𝚌𝚑𝚎𝚐𝚊𝚍𝚘 𝚍𝚎𝚣 𝚖𝚒𝚗𝚞𝚝𝚘𝚜 𝚊𝚗𝚝𝚎𝚜, 𝚜𝚘𝚛𝚛𝚒 𝚜𝚊𝚛𝚌𝚊́𝚜𝚝𝚒𝚌𝚊, 𝚜𝚎𝚗𝚝𝚊 𝚎 𝚙𝚘̃𝚎 𝚘𝚜 𝚙𝚎́𝚜 𝚗𝚊 𝚖𝚎𝚜𝚒𝚗𝚑𝚊 𝚍𝚘 𝚌𝚎𝚗𝚝𝚛𝚘. 𝙿𝚘𝚒𝚜 𝚎́. 𝙰𝚙𝚛𝚎𝚜𝚎𝚗𝚝𝚘-𝚕𝚑𝚎 𝚘 𝚌𝚘𝚖𝚎ç𝚘 𝚍𝚘𝚜 𝚍𝚎𝚏𝚎𝚒𝚝𝚘𝚜 𝚍𝚎 𝙰𝚋𝚎𝚕 𝙼𝚘𝚛𝚗𝚒𝚗𝚐𝚜𝚝𝚊𝚛.
𝙼𝚊𝚕-𝚎𝚍𝚞𝚌𝚊𝚍𝚊, 𝚜𝚞𝚊𝚜 𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚜𝚝𝚊𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚌𝚞𝚛𝚝𝚊𝚜 𝚎 𝚐𝚛𝚘𝚜𝚜𝚊𝚜. 𝙵𝚘𝚒 𝚌𝚛𝚒𝚊𝚍𝚊 𝚎𝚖 𝚞𝚖𝚊 𝚏𝚊𝚖𝚒́𝚕𝚒𝚊 𝚋𝚘𝚊 𝚎 𝚎𝚍𝚞𝚌𝚊𝚍𝚊, 𝚖𝚊𝚜 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚗𝚊̃𝚘 𝚒𝚖𝚙𝚎𝚍𝚎 𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚍𝚎 𝚡𝚒𝚗𝚐𝚊𝚛 𝚝𝚞𝚍𝚘 𝚎 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜. 𝙴́ 𝚌𝚘𝚖𝚞𝚖 𝚟𝚎̂-𝚕𝚊 𝚊𝚟𝚊𝚕𝚒𝚊𝚛 𝚊𝚜 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊𝚜 𝚍𝚎 𝚌𝚒𝚖𝚊 𝚊𝚋𝚊𝚒𝚡𝚘, 𝚎 𝚊̀𝚜 𝚟𝚎𝚣𝚎𝚜, 𝚊𝚙𝚎𝚗𝚊𝚜 𝚛𝚒 𝚋𝚊𝚕𝚊𝚗ç𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚊 𝚌𝚊𝚋𝚎ç𝚊; 𝚘𝚞𝚝𝚛𝚊𝚜 𝚟𝚎𝚣𝚎𝚜, 𝚎𝚕𝚊 𝚍𝚊́ 𝚞𝚖 𝚖𝚒́𝚗𝚒𝚖𝚘 𝚜𝚘𝚛𝚛𝚒𝚜𝚘, 𝚎 𝚙𝚘𝚍𝚎 𝚊𝚙𝚘𝚜𝚝𝚊𝚛 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚜𝚎𝚛𝚊́ 𝚋𝚎𝚖 𝚜𝚒𝚖𝚙𝚊́𝚝𝚒𝚌𝚊 𝚎 𝚐𝚎𝚗𝚝𝚒𝚕 𝚌𝚘𝚖 𝚟𝚘𝚌𝚎̂, 𝚊 𝚌𝚘𝚗𝚜𝚒𝚍𝚎𝚛𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚞𝚖 𝚊𝚖𝚒𝚐𝚘. 𝚂𝚎 𝚗𝚊̃𝚘, 𝚙𝚛𝚎𝚙𝚊𝚛𝚎-𝚜𝚎, 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚌𝚘𝚗𝚑𝚎𝚌𝚎𝚛 𝙰𝚋𝚎𝚕 𝙼𝚘𝚛𝚗𝚒𝚗𝚐𝚜𝚝𝚊𝚛.
𝙳𝚎𝚝𝚎𝚛𝚖𝚒𝚗𝚊ç𝚊̃𝚘, 𝚊𝚑, 𝚖𝚊𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚋𝚎𝚕𝚊 𝚙𝚊𝚕𝚊𝚟𝚛𝚊 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚍𝚎𝚜𝚌𝚛𝚎𝚟𝚎̂-𝚕𝚊. 𝙰 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚎́ 𝚎𝚡𝚝𝚛𝚎𝚖𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚍𝚎𝚝𝚎𝚛𝚖𝚒𝚗𝚊𝚍𝚊, 𝚗𝚞𝚗𝚌𝚊 𝚍𝚎𝚜𝚒𝚜𝚝𝚒𝚛𝚊́ 𝚊𝚗𝚝𝚎𝚜 𝚍𝚎 𝚊𝚕𝚌𝚊𝚗ç𝚊𝚛 𝚜𝚎𝚞𝚜 𝚘𝚋𝚓𝚎𝚝𝚒𝚟𝚘𝚜. 𝙹𝚞𝚗𝚝𝚘 𝚌𝚘𝚖 𝚊 𝚜𝚞𝚊 𝚎𝚡𝚝𝚛𝚎𝚖𝚊 𝚝𝚎𝚒𝚖𝚘𝚜𝚒𝚊, 𝚎́ 𝚜𝚒𝚖, 𝚞𝚖 𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚞𝚜 𝚍𝚎𝚏𝚎𝚒𝚝𝚘𝚜. 𝙴𝚕𝚊 𝚙𝚘𝚍𝚎 𝚟𝚎𝚛 𝚞𝚖𝚊 𝚙𝚕𝚊𝚌𝚊 𝚍𝚎 𝚊𝚟𝚒𝚜𝚘 ''𝙲𝚞𝚒𝚍𝚊𝚍𝚘, 𝚛𝚒𝚜𝚌𝚘 𝚊̀ 𝚚𝚞𝚎𝚍𝚊''; 𝚎 𝚜𝚊𝚋𝚎 𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚏𝚊𝚛𝚊́? 𝙸𝚛𝚊́ 𝚛𝚒𝚛 𝚎 𝚊𝚙𝚛𝚘𝚡𝚒𝚖𝚊𝚛-𝚜𝚎, 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚜𝚎 𝚗𝚎𝚖 𝚝𝚒𝚟𝚎𝚜𝚜𝚎 𝚕𝚒𝚍𝚘, 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚜𝚎 𝚝𝚒𝚟𝚎𝚜𝚜𝚎 𝚎𝚖 𝚍𝚒𝚛𝚎ç𝚊̃𝚘 𝚊𝚘 𝚖𝚞𝚗𝚍𝚘 𝚍𝚎 𝚂𝚞𝚙𝚎𝚛𝚗𝚊𝚝𝚞𝚛𝚊𝚕.
𝙴́ 𝚒𝚗𝚝𝚎𝚕𝚒𝚐𝚎𝚗𝚝𝚎, 𝚜𝚒𝚖, 𝚖𝚊𝚜 𝚜𝚎𝚞𝚜 𝚊𝚝𝚘𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚒𝚖𝚙𝚞𝚕𝚜𝚒𝚟𝚘𝚜, 𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚖 𝚘𝚜 𝚘𝚞𝚝𝚛𝚘𝚜 𝚙𝚎𝚗𝚜𝚊𝚛𝚎𝚖 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚎́ 𝚋𝚞𝚛𝚛𝚊. 𝙱𝚘𝚋𝚊𝚐𝚎𝚖. 𝙰𝚜 𝚎𝚖𝚘ç𝚘̃𝚎𝚜 𝚙𝚛𝚎𝚍𝚘𝚖𝚒𝚗𝚊𝚖 𝚜𝚞𝚊𝚜 𝚊ç𝚘̃𝚎𝚜, 𝚎 𝚊 𝚛𝚊𝚣𝚊̃𝚘 𝚏𝚒𝚌𝚊 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚕𝚎𝚝𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚝𝚛𝚊́𝚜. 𝙸𝚗𝚒𝚌𝚒𝚎 𝚞𝚖𝚊 𝚌𝚘𝚗𝚟𝚎𝚛𝚜𝚊 𝚌𝚘𝚖 𝙰𝚋𝚎𝚕, 𝚎 𝚟𝚘𝚌𝚎̂ 𝚊𝚌𝚊𝚋𝚊𝚛𝚊́ 𝚜𝚎𝚗𝚍𝚘 𝚏𝚊𝚌𝚒𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚖𝚊𝚗𝚒𝚙𝚞𝚕𝚊𝚍𝚘 𝚙𝚘𝚛 𝚎𝚕𝚊. 𝙰 𝚕𝚘𝚒𝚛𝚊 𝚝𝚎𝚖 𝚞𝚖𝚊 𝚘́𝚝𝚒𝚖𝚊 𝚕𝚊́𝚋𝚒𝚊, 𝚜𝚞𝚊𝚜 𝚙𝚊𝚕𝚊𝚟𝚛𝚊𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚎𝚡𝚝𝚛𝚎𝚖𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚌𝚊𝚕𝚌𝚞𝚕𝚊𝚍𝚊𝚜 — 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚎𝚕𝚊 𝚚𝚞𝚎𝚛 𝚊𝚕𝚐𝚘 —, 𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚊𝚌𝚊𝚋𝚊𝚛𝚊́ 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚗𝚍𝚘 𝚞𝚖 𝚌𝚊𝚛𝚊 𝚛𝚒𝚌𝚘 𝚍𝚊𝚛 𝚝𝚘𝚍𝚘 𝚘 𝚜𝚎𝚞 𝚍𝚒𝚗𝚑𝚎𝚒𝚛𝚘 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚎𝚕𝚊. 𝙽𝚊̃𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚒𝚛𝚒𝚊 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚛 𝚒𝚜𝚜𝚘, 𝚌𝚕𝚊𝚛𝚘. 𝙰𝚒𝚗𝚍𝚊 𝚎́ 𝚞𝚖𝚊 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊 𝚋𝚎𝚖 𝚑𝚘𝚗𝚎𝚜𝚝𝚊.
𝙰 𝚜𝚒𝚗𝚌𝚎𝚛𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚎́ 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚟𝚒𝚜𝚒́𝚟𝚎𝚕 𝚎𝚖 𝚜𝚞𝚊𝚜 𝚙𝚊𝚕𝚊𝚟𝚛𝚊𝚜. 𝙴𝚕𝚊 𝚙𝚘𝚍𝚎 𝚌𝚑𝚊𝚖𝚊𝚛 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚎́𝚖 𝚍𝚎 𝚐𝚘𝚛𝚍𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚗𝚎𝚖 𝚞𝚖 𝚜𝚊𝚌𝚘 𝚍𝚎 𝚋𝚊𝚝𝚊𝚝𝚊𝚜, 𝚘𝚞 𝚏𝚎𝚒𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚗𝚎𝚖 𝚞𝚖 𝚙𝚎𝚙𝚒𝚗𝚘-𝚍𝚘-𝚖𝚊𝚛. 𝙽𝚘𝚛𝚖𝚊𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚗𝚊̃𝚘 𝚙𝚎𝚛𝚌𝚎𝚋𝚎 𝚚𝚞𝚎 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚊𝚌𝚊𝚋𝚊 𝚖𝚊𝚌𝚑𝚞𝚌𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚊𝚜 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊𝚜, 𝚎 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚗𝚒𝚗𝚐𝚞𝚎́𝚖 𝚏𝚊𝚣 𝚚𝚞𝚎𝚜𝚝𝚊̃𝚘 𝚍𝚎 𝚍𝚒𝚣𝚎𝚛 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚊 𝚕𝚘𝚒𝚛𝚊, 𝚎𝚕𝚊 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚒𝚗𝚞𝚊.
𝙰𝚋𝚎𝚕 𝚎́ 𝚎𝚡𝚝𝚛𝚎𝚖𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚖𝚊𝚕𝚒𝚌𝚒𝚘𝚜𝚊. 𝚅𝚎̂ 𝚍𝚞𝚙𝚕𝚘 𝚜𝚎𝚗𝚝𝚒𝚍𝚘 𝚎𝚖 𝚝𝚞𝚍𝚘, 𝚊𝚝𝚎́ 𝚎𝚖 𝚞𝚖𝚊 𝚌𝚎𝚗𝚘𝚞𝚛𝚊. 𝙲𝚘𝚜𝚝𝚞𝚖𝚊 𝚊𝚟𝚊𝚕𝚒𝚊𝚛 𝚘𝚜 𝚑𝚘𝚖𝚎𝚗𝚜 𝚍𝚎 𝚊𝚕𝚝𝚘 𝚊 𝚋𝚊𝚒𝚡𝚘, 𝚋𝚊𝚕𝚊𝚗ç𝚊 𝚊 𝚌𝚊𝚋𝚎ç𝚊 𝚎 𝚜𝚘𝚛𝚛𝚒, 𝚕𝚊𝚜𝚌𝚒𝚟𝚊. 𝙼𝚞𝚒𝚝𝚊𝚜 𝚍𝚊𝚜 𝚟𝚎𝚣𝚎𝚜 𝚌𝚘𝚗𝚜𝚎𝚐𝚞𝚎 𝚕𝚎𝚟𝚊𝚛 𝚘 𝚑𝚘𝚖𝚎𝚖 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚊 𝚌𝚊𝚖𝚊, 𝚓𝚊́ 𝚚𝚞𝚎 𝚗𝚊̃𝚘 𝚙𝚘𝚍𝚎𝚖𝚘𝚜 𝚗𝚎𝚐𝚊𝚛 𝚚𝚞𝚎 𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚙𝚘𝚜𝚜𝚞𝚒 𝚞𝚖 𝚌𝚘𝚛𝚙𝚘 𝚊𝚟𝚊𝚗𝚝𝚊𝚓𝚊𝚍𝚘. 𝙿𝚘𝚛𝚎́𝚖, 𝚗𝚊̃𝚘 𝚒𝚛𝚊́ 𝚝𝚎𝚗𝚝𝚊𝚛 𝚜𝚎𝚍𝚞𝚣𝚒𝚛 𝚜𝚎𝚞 𝚙𝚊𝚛, 𝚙𝚘𝚒𝚜 𝚊𝚘 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚛𝚊́𝚛𝚒𝚘 𝚍𝚎 𝚟𝚊́𝚛𝚒𝚘𝚜 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚘𝚜, 𝚎𝚕𝚊 𝚗𝚊̃𝚘 𝚊𝚌𝚑𝚊 𝚌𝚎𝚛𝚝𝚘 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚛 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚌𝚘𝚖 𝚎𝚕𝚎. 𝚄𝚜𝚊𝚛 𝚎 𝚓𝚘𝚐𝚊𝚛 𝚏𝚘𝚛𝚊.
𝙵𝚒𝚍𝚎𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚎 𝚕𝚎𝚊𝚕𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚏𝚘𝚛𝚊𝚖 𝚚𝚞𝚊𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎𝚜 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚖𝚊𝚛𝚌𝚊𝚗𝚝𝚎𝚜 𝚗𝚎𝚕𝚊. 𝙹𝚊𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚝𝚛𝚊𝚒𝚛𝚒𝚊 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚎́𝚖, 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚕𝚑𝚎 𝚋𝚎𝚗𝚎𝚏𝚒𝚌𝚒𝚊𝚜𝚜𝚎. 𝚂𝚎 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚎́𝚖 𝚕𝚑𝚎 𝚙𝚎𝚍𝚒𝚜𝚜𝚎 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚍𝚎𝚒𝚡𝚊𝚛 𝚞𝚖𝚊 𝚌𝚊𝚞𝚜𝚊 𝚎 𝚎𝚗𝚝𝚛𝚊𝚛 𝚎𝚖 𝚘𝚞𝚝𝚛𝚊, 𝚎𝚕𝚊 𝚛𝚒𝚛𝚒𝚊 𝚗𝚊 𝚌𝚊𝚛𝚊 𝚍𝚊 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊 𝚎 𝚟𝚒𝚛𝚊𝚛𝚒𝚊 𝚊𝚜 𝚌𝚘𝚜𝚝𝚊𝚜.
𝙴𝚕𝚊 𝚎́ 𝚎𝚡𝚝𝚛𝚎𝚖𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚜𝚊𝚛𝚌𝚊́𝚜𝚝𝚒𝚌𝚊, 𝚎 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚎́ 𝚗𝚘𝚝𝚊́𝚟𝚎𝚕 𝚎𝚖 𝚜𝚞𝚊𝚜 𝚙𝚊𝚕𝚊𝚟𝚛𝚊𝚜. 𝙴𝚖 𝚝𝚘𝚍𝚊𝚜 𝚊𝚜 𝚜𝚞𝚊𝚜 𝚏𝚛𝚊𝚜𝚎𝚜 𝚙𝚘𝚜𝚜𝚞𝚎𝚖 𝚜𝚊𝚛𝚌𝚊𝚜𝚖𝚘. 𝙽𝚘𝚛𝚖𝚊𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎, 𝚎𝚕𝚊 𝚞𝚜𝚊 𝚎 𝚊𝚋𝚞𝚜𝚊 𝚍𝚎𝚜𝚜𝚎 𝚍𝚎𝚏𝚎𝚒𝚝𝚘 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚋𝚎𝚖 𝚖𝚊𝚕-𝚑𝚞𝚖𝚘𝚛𝚊𝚍𝚊.
𝙿𝚎𝚗𝚜𝚎 𝚎𝚖 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚎́𝚖 𝚚𝚞𝚎 𝚗𝚊̃𝚘 𝚝𝚎𝚖 𝚜𝚎𝚛𝚒𝚎𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚖𝚊. 𝙴𝚡𝚊𝚝𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎; 𝙰𝚋𝚎𝚕 𝚎́ 𝚊𝚜𝚜𝚒𝚖. 𝙽𝚘 𝚓𝚘𝚐𝚘 𝚎𝚖 𝚚𝚞𝚎 𝚊 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊 𝚝𝚎𝚖 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚗𝚌𝚊𝚛𝚊𝚛 𝚊 𝚘𝚞𝚝𝚛𝚊 𝚜𝚎𝚖 𝚛𝚒𝚛 𝚘𝚞 𝚜𝚘𝚛𝚛𝚒𝚛, 𝚎𝚕𝚊 𝚙𝚎𝚛𝚍𝚎𝚛𝚒𝚊. 𝙰 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚊𝚌𝚑𝚊 𝚊𝚜 𝚙𝚎𝚚𝚞𝚎𝚗𝚊𝚜 𝚌𝚘𝚒𝚜𝚊𝚜 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚎𝚗𝚐𝚛𝚊ç𝚊𝚍𝚊𝚜, 𝚝𝚊𝚒𝚜 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚊 𝚙𝚊𝚕𝚊𝚟𝚛𝚊 𝚙𝚎𝚕𝚒𝚌𝚊𝚗𝚘, 𝚘𝚞 𝚊𝚝𝚎́ 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘 𝚘 𝚟𝚎𝚗𝚝𝚘. 𝙲𝚘𝚜𝚝𝚞𝚖𝚊 𝚛𝚒𝚛 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚌𝚘𝚖𝚎𝚗𝚍𝚘, 𝚎 𝚙𝚘𝚛 𝚒𝚜𝚜𝚘, 𝚝𝚎𝚖 𝚝𝚎𝚗𝚍𝚎̂𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚊 𝚜𝚎 𝚎𝚗𝚐𝚊𝚜𝚐𝚊𝚛. 𝙴𝚕𝚊 𝚍𝚒𝚣 𝚚𝚞𝚎 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚊𝚒𝚗𝚍𝚊 𝚜𝚎𝚛𝚊́ 𝚊 𝚜𝚞𝚊 𝚙𝚎𝚛𝚍𝚒ç𝚊̃𝚘.
𝙲𝚘𝚖𝚙𝚛𝚎𝚎𝚗𝚜𝚒𝚟𝚊, 𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚜𝚊𝚋𝚎 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚋𝚎𝚖 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚍𝚎𝚟𝚎 𝚊𝚌𝚘𝚗𝚜𝚎𝚕𝚑𝚊𝚛 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚎́𝚖. 𝙴𝚕𝚊 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚕𝚊́ 𝚙𝚘𝚛 𝚞𝚖 𝚊𝚖𝚒𝚐𝚘 𝚎𝚜𝚙𝚎𝚌𝚒𝚊𝚕, 𝚘 𝚊𝚙𝚘𝚒𝚊𝚗𝚍𝚘. 𝚂𝚊𝚋𝚎 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚍𝚎𝚟𝚎 𝚝𝚘𝚌𝚊𝚛 𝚎𝚖 𝚜𝚎𝚞 𝚘𝚖𝚋𝚛𝚘, 𝚘 𝚊𝚋𝚛𝚊ç𝚊𝚛, 𝚊𝚙𝚎𝚛𝚝𝚊𝚛 𝚜𝚞𝚊 𝚖𝚊̃𝚘, 𝚜𝚎 𝚊𝚏𝚊𝚜𝚝𝚊𝚛.

CITE SEIS TRAÇOS DA PERSONALIDADE

𝓣𝓻𝒆̂𝓼 𝓻𝓾𝓲𝓷𝓼
𝚛𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚗𝚜𝚊́𝚟𝚎𝚕 | 𝚖𝚊𝚕 𝚎𝚍𝚞𝚌𝚊𝚍𝚊 | 𝚘𝚛𝚐𝚞𝚕𝚑𝚘𝚜𝚊

𝓣𝓻𝒆̂𝓼 𝓫𝓸𝓷𝓼
𝚗𝚝𝚎𝚕𝚒𝚐𝚎𝚗𝚝𝚎 | 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚛𝚎𝚎𝚗𝚜𝚒𝚟𝚊 | 𝚍𝚎𝚝𝚎𝚛𝚖𝚒𝚗𝚊𝚍𝚊

GOSTOS E DESGOSTOS

𝓖𝓸𝓼𝓽𝓸𝓼
𝚊𝚏𝚎́ | 𝚛𝚎𝚏𝚛𝚒𝚐𝚎𝚛𝚊𝚗𝚝𝚎𝚜 | 𝚋𝚎𝚋𝚒𝚍𝚊𝚜 𝚐𝚎𝚕𝚊𝚍𝚊𝚜 | 𝚏𝚛𝚒𝚘 | 𝚒𝚗𝚟𝚎𝚛𝚗𝚘 | 𝚘𝚞𝚝𝚘𝚗𝚘 | 𝚊𝚜𝚝𝚛𝚘𝚗𝚘𝚖𝚒𝚊 | 𝚎𝚛𝚊 𝚖𝚎𝚍𝚒𝚎𝚟𝚊𝚕 | 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚘𝚜 𝚏𝚒𝚌𝚌𝚒𝚘𝚗𝚊𝚒𝚜 | 𝚕𝚎𝚛 | 𝚎𝚜𝚌𝚛𝚎𝚟𝚎𝚛 𝚙𝚘𝚎𝚖𝚊𝚜 𝚎 𝚌𝚊𝚛𝚝𝚊𝚜 | 𝚍𝚘𝚌𝚎𝚜 | 𝚝𝚎𝚌𝚗𝚘𝚕𝚘𝚐𝚒𝚊 | 𝚋𝚘𝚒𝚗𝚊𝚜 | 𝚌𝚊𝚙𝚞𝚣𝚎𝚜 | 𝚟𝚎𝚜𝚝𝚒𝚍𝚘𝚜 𝚖𝚎𝚍𝚒𝚎𝚟𝚊𝚒𝚜 | 𝚙𝚊𝚒𝚜𝚊𝚐𝚎𝚗𝚜 | 𝚚𝚞𝚊𝚍𝚛𝚘𝚜 | 𝚊𝚛𝚚𝚞𝚒𝚝𝚎𝚝𝚞𝚛𝚊 | 𝚖𝚒𝚝𝚘𝚕𝚘𝚐𝚒𝚊 𝚛𝚘𝚖𝚊𝚗𝚊 | 𝚖𝚒𝚝𝚘𝚕𝚘𝚐𝚒𝚊 𝚐𝚛𝚎𝚐𝚊 | 𝚖𝚒𝚝𝚘𝚕𝚘𝚐𝚒𝚊 𝚎𝚐𝚒́𝚙𝚌𝚒𝚊 | 𝚖𝚒𝚝𝚘𝚕𝚘𝚐𝚒𝚊 𝚗𝚘́𝚛𝚍𝚒𝚌𝚊 | 𝚌𝚘𝚛𝚟𝚘𝚜 | 𝚛𝚊𝚙𝚘𝚜𝚊𝚜 | 𝚕𝚘𝚋𝚘𝚜 | 𝚌𝚘𝚒𝚘𝚝𝚎𝚜 | 𝚌𝚑𝚊𝚌𝚊𝚒𝚜 | 𝚕𝚒𝚗𝚌𝚎𝚜 | 𝚊𝚗𝚒𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚜𝚘𝚋𝚛𝚎𝚗𝚊𝚝𝚞𝚛𝚊𝚒𝚜 | 𝚙𝚛𝚊𝚝𝚒𝚌𝚊𝚛 𝚎𝚜𝚙𝚘𝚛𝚝𝚎𝚜 | 𝚙𝚎́𝚐𝚊𝚜𝚞𝚜 | 𝚌𝚊𝚟𝚊𝚕𝚘𝚜 | 𝚌𝚊𝚌𝚑𝚘𝚛𝚛𝚘𝚜 | 𝚂𝚞𝚙𝚎𝚛𝚗𝚊𝚝𝚞𝚛𝚊𝚕 | 𝙼𝚊𝚣𝚎 𝚁𝚞𝚗𝚗𝚎𝚛 | 𝙷𝚊𝚛𝚛𝚢 𝙿𝚘𝚝𝚝𝚎𝚛 | 𝙳𝚢𝚕𝚊𝚗 𝙾'𝙱𝚛𝚒𝚎𝚗 | 𝙷𝚘𝚕𝚕𝚊𝚗𝚍 𝚁𝚘𝚍𝚎𝚗 | 𝙹𝚊𝚛𝚎𝚍 𝙿𝚊𝚍𝚊𝚕𝚎𝚌𝚔𝚒 | 𝙹𝚎𝚗𝚜𝚎𝚗 𝙰𝚌𝚔𝚕𝚎𝚜 | 𝚓𝚘𝚐𝚘𝚜 𝚎𝚜𝚝𝚛𝚊𝚝𝚎́𝚐𝚒𝚌𝚘𝚜 | 𝙲𝚊𝚛𝚛𝚢 𝙾𝚗 𝚆𝚊𝚢𝚠𝚊𝚛𝚍 𝚂𝚘𝚗 | 𝚘𝚕𝚑𝚘𝚜 𝚊𝚣𝚞𝚒𝚜 | 𝚛𝚘𝚌𝚔 | 𝚖𝚞́𝚜𝚒𝚌𝚊𝚜 𝚍𝚎 𝚛𝚘𝚌𝚔 𝚌𝚕𝚊́𝚜𝚜𝚒𝚌𝚘 | 𝚂𝚞𝚛𝚟𝚒𝚟𝚘𝚛 | 𝙴𝚢𝚎 𝙾𝚏 𝚃𝚑𝚎 𝚃𝚒𝚐𝚎𝚛 | 𝙺𝚊𝚗𝚜𝚊𝚜 | 𝙰𝚜𝚒𝚊 [𝚋𝚊𝚗𝚍𝚊] | 𝚅𝚒𝚎𝚗𝚊 | 𝙰́𝚞𝚜𝚝𝚛𝚒𝚊 | 𝚙𝚊𝚒́𝚜𝚎𝚜 𝚎𝚞𝚛𝚘𝚙𝚎𝚞𝚜 | 𝚌𝚘𝚛𝚘𝚊 𝚍𝚎 𝚏𝚕𝚘𝚛𝚎𝚜 | 𝚝𝚒𝚊𝚛𝚊𝚜 | 𝚛𝚘𝚞𝚙𝚊𝚜 | 𝚌𝚊𝚜𝚊𝚌𝚘𝚜 𝚌𝚘𝚖 𝚌𝚊𝚙𝚞𝚣 | 𝚌𝚊𝚋𝚎𝚕𝚘𝚜 𝚌𝚞𝚛𝚝𝚘𝚜 | 𝚛𝚘𝚞𝚙𝚊𝚜 𝚜𝚒𝚖𝚙𝚕𝚎𝚜 | 𝚋𝚛𝚊𝚗𝚌𝚘 | 𝚊𝚣𝚞𝚕 | 𝚙𝚛𝚎𝚝𝚘 | 𝚍𝚘𝚞𝚛𝚊𝚍𝚘 | 𝚙𝚎𝚛𝚐𝚊𝚖𝚒𝚗𝚑𝚘𝚜 | 𝚘𝚋𝚓𝚎𝚝𝚘𝚜 𝚊𝚗𝚝𝚒𝚐𝚘𝚜 | 𝚙𝚛𝚊𝚝𝚊 | 𝚟𝚎𝚛𝚍𝚎

𝓓𝒆𝓼𝓰𝓸𝓼𝓽𝓸𝓼
𝚎𝚛𝚊̃𝚘 | 𝚌𝚊𝚕𝚘𝚛 | 𝚌𝚑𝚊́ | 𝚖𝚒𝚕𝚔-𝚜𝚑𝚊𝚔𝚎 | 𝚋𝚎𝚋𝚒𝚍𝚊𝚜 𝚚𝚞𝚎𝚗𝚝𝚎𝚜 | 𝚌𝚊𝚕𝚘𝚛 | 𝚙𝚘𝚙 | 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚘𝚜 𝚑𝚒𝚜𝚝𝚘́𝚛𝚒𝚌𝚘𝚜 | 𝚐𝚊𝚝𝚘𝚜 | 𝚋𝚘𝚗𝚎́𝚜 | 𝚟𝚎𝚛𝚖𝚎𝚕𝚑𝚘 | 𝚕𝚊𝚛𝚊𝚗𝚓𝚊 | 𝚊𝚖𝚊𝚛𝚎𝚕𝚘 | 𝚏𝚒𝚌𝚊𝚛 𝚙𝚊𝚛𝚊𝚍𝚊 𝚙𝚘𝚛 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚝𝚎𝚖𝚙𝚘 | 𝚙𝚛𝚎𝚌𝚘𝚗𝚌𝚎𝚒𝚝𝚘 | 𝚏𝚊𝚕𝚜𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 | 𝚒𝚗𝚏𝚒𝚍𝚎𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 | 𝚍𝚎𝚜𝚕𝚎𝚊𝚕𝚍𝚊𝚍𝚎

OS PREFERIDOS
𝓔𝓼𝓽𝓲𝓵𝓸 𝓭𝒆 𝓶𝓾́𝓼𝓲𝓬𝓪
𝚘𝚌𝚔 𝚌𝚕𝚊́𝚜𝚜𝚒𝚌𝚘

𝓔𝔁𝒆𝓶𝓹𝓵𝓸 𝓭𝒆 𝓬𝓪𝓷𝓽𝓸𝓻 𝓸𝓾 𝓫𝓪𝓷𝓭𝓪 𝓺𝓾𝒆 𝒇𝓪ç𝓪 𝓹𝓪𝓻𝓽𝒆 𝓭𝓸 𝒆𝓼𝓽𝓲𝓵𝓸 𝓶𝓾𝓼𝓲𝓬𝓪𝓵
𝙲/𝙳𝙲 | 𝙺𝚊𝚗𝚜𝚊𝚜

ℒ𝓲𝓿𝓻𝓸
𝚘𝚋𝚛𝚎𝚗𝚊𝚝𝚞𝚛𝚊𝚕, 𝚍𝚎 𝙲𝚢𝚗𝚝𝚑𝚒𝚊 𝙷𝚊𝚗𝚍 | 𝚃𝚑𝚎 𝙼𝚊𝚣𝚎 𝚁𝚞𝚗𝚗𝚎𝚛 | 𝚃𝚑𝚎 𝙼𝚘𝚛𝚝𝚊𝚕 𝙸𝚗𝚜𝚝𝚛𝚞𝚖𝚎𝚗𝚝𝚜

𝓒𝓸𝓶𝓲𝓭𝓪
𝚊𝚜𝚊𝚗𝚑𝚊 | 𝚜𝚝𝚛𝚘𝚐𝚘𝚗𝚘𝚏𝚏 | 𝚙𝚒𝚣𝚣𝚊

𝓢𝒆́𝓻𝓲𝒆
𝚞𝚙𝚎𝚛𝚗𝚊𝚝𝚞𝚛𝚊𝚕

ℳ𝓪𝓽𝒆́𝓻𝓲𝓪 𝒆𝓼𝓬𝓸𝓵𝓪𝓻
𝚒𝚘𝚕𝚘𝚐𝚒𝚊

𝓙𝓸𝓰𝓸
𝚎𝚊𝚐𝚞𝚎 𝚘𝚏 𝙻𝚎𝚐𝚎𝚗𝚍𝚜

ℱ𝓲𝓵𝓶𝒆
𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚊𝚜 𝚕𝚞𝚣𝚎𝚜 𝚜𝚎 𝚊𝚙𝚊𝚐𝚊𝚖

𝓒𝓸𝓻
𝚣𝚞𝚕 | 𝚙𝚛𝚎𝚝𝚘 | 𝚍𝚘𝚞𝚛𝚊𝚍𝚘

𝓟𝒆𝓻𝓼𝓸𝓷𝓪𝓰𝒆𝓶 𝒇𝓲𝓬𝓽𝓲́𝓬𝓲𝓸
𝚊𝚜𝚝𝚒𝚎𝚕, 𝚍𝚎 𝚂𝚞𝚙𝚎𝚛𝚗𝚊𝚝𝚞𝚛𝚊𝚕 | 𝙲𝚛𝚘𝚠𝚕𝚎𝚢, 𝚍𝚎 𝚂𝚞𝚙𝚎𝚛𝚗𝚊𝚝𝚞𝚛𝚊𝚕 | 𝚂𝚊𝚖 𝚆𝚒𝚗𝚌𝚑𝚎𝚜𝚝𝚎𝚛, 𝚍𝚎 𝚂𝚞𝚙𝚎𝚛𝚗𝚊𝚝𝚞𝚛𝚊𝚕

𝓐𝓷𝓲𝓶𝓪𝓵
𝚘𝚋𝚘 | 𝚛𝚊𝚙𝚘𝚜𝚊 | 𝚊́𝚐𝚞𝚒𝚊

ℬ𝒆𝓫𝓲𝓭𝓪
𝚊𝚏𝚎́

𝓔𝓼𝓽𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓭𝓸 𝓪𝓷𝓸
𝚗𝚟𝚎𝚛𝚗𝚘

OS IMPREFERIDOS
𝓔𝓼𝓽𝓲𝓵𝓸 𝓭𝒆 𝓶𝓾́𝓼𝓲𝓬𝓪
𝚘𝚙

𝓔𝔁𝒆𝓶𝓹𝓵𝓸 𝓭𝒆 𝓬𝓪𝓷𝓽𝓸𝓻 𝓸𝓾 𝓫𝓪𝓷𝓭𝓪 𝓺𝓾𝒆 𝒇𝓪ç𝓪 𝓹𝓪𝓻𝓽𝒆 𝓭𝓸 𝒆𝓼𝓽𝓲𝓵𝓸 𝓶𝓾𝓼𝓲𝓬𝓪𝓵
𝚊𝚢𝚕𝚘𝚛 𝚂𝚠𝚒𝚏𝚝

ℒ𝓲𝓿𝓻𝓸
𝚎𝚛𝚌𝚢 𝙹𝚊𝚌𝚔𝚜𝚘𝚗

𝓒𝓸𝓶𝓲𝓭𝓪
𝚛𝚊𝚗𝚐𝚘

𝓢𝒆́𝓻𝓲𝒆
𝚑𝚎 𝚆𝚊𝚕𝚔𝚒𝚗𝚐 𝙳𝚎𝚊𝚍

ℳ𝓪𝓽𝒆́𝓻𝓲𝓪 𝒆𝓼𝓬𝓸𝓵𝓪𝓻
𝚊𝚝𝚎𝚖𝚊́𝚝𝚒𝚌𝚊

𝓙𝓸𝓰𝓸
𝚒𝚗𝚎𝚌𝚛𝚊𝚏𝚝

ℱ𝓲𝓵𝓶𝒆
𝚘𝚐𝚘𝚜 𝚅𝚘𝚛𝚊𝚣𝚎𝚜

𝓒𝓸𝓻
𝚘𝚜𝚊 | 𝚛𝚘𝚡𝚘 | 𝚕𝚊𝚛𝚊𝚗𝚓𝚊

𝓟𝒆𝓻𝓼𝓸𝓷𝓪𝓰𝒆𝓶 𝒇𝓲𝓬𝓽𝓲́𝓬𝓲𝓸
𝚎𝚊𝚗 𝚆𝚒𝚗𝚌𝚑𝚎𝚜𝚝𝚎𝚛 | 𝚂𝚌𝚘𝚝𝚝 𝙼𝚌𝙲𝚊𝚕𝚕

𝓐𝓷𝓲𝓶𝓪𝓵
𝚘𝚛𝚖𝚒𝚐𝚊𝚜 𝚎 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜 𝚘𝚜 𝚒𝚗𝚜𝚎𝚝𝚘𝚜, 𝚗𝚘 𝚐𝚎𝚛𝚊𝚕 | 𝚐𝚊𝚝𝚘𝚜 | 𝚌𝚘𝚎𝚕𝚑𝚘𝚜

ℬ𝒆𝓫𝓲𝓭𝓪
𝚑𝚊́

𝓔𝓼𝓽𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓭𝓸 𝓪𝓷𝓸
𝚎𝚛𝚊̃𝚘

HOBBIES
𝚒𝚙𝚒𝚜𝚖𝚘. 𝚃𝚎𝚖 𝚜𝚎𝚞 𝚙𝚛𝚘́𝚙𝚛𝚒𝚘 𝚌𝚊𝚟𝚊𝚕𝚘, 𝚃𝚞𝚌𝚔𝚎𝚛, 𝚞𝚖 𝚙𝚞𝚛𝚘-𝚜𝚊𝚗𝚐𝚞𝚎 𝚋𝚛𝚊𝚗𝚌𝚘.


𝚜𝚐𝚛𝚒𝚖𝚊


𝚜𝚌𝚛𝚎𝚟𝚎𝚛 𝚙𝚘𝚎𝚖𝚊𝚜 𝚎 𝚌𝚊𝚛𝚝𝚊𝚜.


𝚎𝚛 𝚎𝚖 𝚕𝚞𝚐𝚊𝚛𝚎𝚜 𝚙𝚎𝚌𝚞𝚕𝚒𝚊𝚛𝚎𝚜, 𝚝𝚊𝚒𝚜 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚎𝚖 𝚌𝚒𝚖𝚊 𝚍𝚎 𝚞𝚖𝚊 𝚊́𝚛𝚟𝚘𝚛𝚎, 𝚎𝚖 𝚌𝚒𝚖𝚊 𝚍𝚊 𝚖𝚎𝚜𝚊, 𝚗𝚘 𝚌𝚑𝚊̃𝚘, 𝚗𝚘 𝚋𝚊𝚗𝚑𝚎𝚒𝚛𝚘. 𝙿𝚊𝚛𝚊 𝚎𝚕𝚊, 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜 𝚘𝚜 𝚖𝚘𝚖𝚎𝚗𝚝𝚘𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚊𝚙𝚝𝚘𝚜 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚞𝚖𝚊 𝚕𝚎𝚒𝚝𝚞𝚛𝚊.


𝚜𝚌𝚛𝚎𝚟𝚎𝚛 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚘𝚜. 𝙰 𝚌𝚊𝚍𝚊 𝚜𝚎𝚖𝚊𝚗𝚊 𝚏𝚊𝚣 𝚞𝚖 𝚌𝚊𝚙𝚒́𝚝𝚞𝚕𝚘. 𝙽𝚘 𝚖𝚘𝚖𝚎𝚗𝚝𝚘, 𝚎𝚕𝚊 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚎𝚜𝚌𝚛𝚎𝚟𝚎𝚗𝚍𝚘 𝚘 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚘 𝙵𝚊𝚕𝚕𝚎𝚗 𝙰𝚗𝚐𝚎𝚕.


𝚜𝚌𝚛𝚎𝚟𝚎𝚛 𝚎𝚖 𝚜𝚎𝚞 𝚍𝚒𝚊́𝚛𝚒𝚘


𝚘𝚝𝚘𝚐𝚛𝚊𝚏𝚊𝚛 𝚙𝚊𝚒𝚜𝚊𝚐𝚎𝚗𝚜, 𝚊𝚗𝚒𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚎 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊𝚜.


COSTUMES
𝚎𝚛 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚘𝚜 𝚏𝚒𝚌𝚌𝚒𝚘𝚗𝚊𝚒𝚜 𝚍𝚞𝚛𝚊𝚗𝚝𝚎 𝚊𝚜 𝚊𝚞𝚕𝚊𝚜 | 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚘𝚞𝚟𝚎 𝚖𝚞́𝚜𝚒𝚌𝚊, 𝚝𝚎𝚖 𝚝𝚎𝚗𝚍𝚎̂𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚊̀ 𝚌𝚘𝚕𝚘𝚌𝚊𝚛 𝚘 𝚜𝚘𝚖 𝚗𝚘 𝚖𝚊́𝚡𝚒𝚖𝚘, 𝚙𝚎𝚛𝚍𝚎𝚗𝚍𝚘-𝚜𝚎 𝚎𝚖 𝚜𝚎𝚞 𝚖𝚞𝚗𝚍𝚒𝚗𝚑𝚘 𝚎 𝚍𝚎𝚜𝚕𝚒𝚐𝚊𝚗𝚍𝚘-𝚜𝚎 𝚍𝚊 𝚛𝚎𝚊𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎.

MANIAS
𝚎𝚟𝚒𝚛𝚊𝚛 𝚘𝚜 𝚘𝚕𝚑𝚘𝚜 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚘𝚞𝚟𝚒𝚛 𝚊𝚕𝚐𝚘 𝚒𝚗𝚞́𝚝𝚒𝚕, 𝚌𝚘𝚗𝚏𝚞𝚜𝚘 𝚘𝚞 𝚍𝚎𝚜𝚗𝚎𝚌𝚎𝚜𝚜𝚊́𝚛𝚒𝚘 | 𝚏𝚛𝚊𝚗𝚣𝚒𝚛 𝚊𝚜 𝚜𝚘𝚋𝚛𝚊𝚗𝚌𝚎𝚕𝚑𝚊𝚜 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚎𝚜𝚝𝚒𝚟𝚎𝚛 𝚌𝚘𝚗𝚏𝚞𝚜𝚊 | 𝚎𝚛𝚐𝚞𝚎𝚛 𝚊𝚜 𝚜𝚘𝚋𝚛𝚊𝚗𝚌𝚎𝚕𝚑𝚊𝚜 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚘𝚞𝚟𝚒𝚛 𝚊𝚕𝚐𝚘 𝚌𝚘𝚗𝚏𝚞𝚜𝚘 | 𝚜𝚘𝚛𝚛𝚒𝚛 𝚍𝚎 𝚕𝚊𝚍𝚘 𝚜𝚎𝚖 𝚗𝚎𝚗𝚑𝚞𝚖 𝚖𝚘𝚝𝚒𝚟𝚘 | 𝚋𝚊𝚝𝚞𝚌𝚊𝚛 𝚘𝚜 𝚍𝚎𝚍𝚘𝚜 𝚎𝚖 𝚞𝚖 𝚕𝚞𝚐𝚊𝚛 𝚜𝚘́𝚕𝚒𝚍𝚘 | 𝚖𝚘𝚛𝚍𝚎𝚛 𝚊 𝚙𝚘𝚗𝚝𝚊 𝚍𝚘 𝚕𝚊́𝚙𝚒𝚜 | 𝚊𝚙𝚎𝚛𝚝𝚊𝚛 𝚘𝚜 𝚘𝚕𝚑𝚘𝚜 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚏𝚒𝚌𝚊𝚛 𝚍𝚎𝚜𝚌𝚘𝚗𝚏𝚒𝚊𝚍𝚊 | 𝚘𝚕𝚑𝚊𝚛 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚘 𝚌𝚑𝚊̃𝚘 𝚊𝚗𝚝𝚎𝚜 𝚍𝚎 𝚖𝚎𝚗𝚝𝚒𝚛

PAQUERA
𝚎𝚗𝚝𝚒𝚗

COISAS EM COMUNS COM O PAQUERA
𝚊̃𝚘 𝚑𝚊́ 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚊𝚜 𝚌𝚘𝚒𝚜𝚊𝚜 𝚎𝚖 𝚌𝚘𝚖𝚞𝚖 𝚎𝚗𝚝𝚛𝚎 𝚎𝚕𝚎𝚜. 𝙰𝚖𝚋𝚘𝚜 𝚜𝚊̃𝚘 𝚘𝚛𝚐𝚞𝚕𝚑𝚘𝚜𝚘𝚜, 𝚐𝚎𝚗𝚝𝚒𝚜 𝚎 𝚏𝚘𝚏𝚘𝚜 𝚌𝚘𝚖 𝚘𝚜 𝚊𝚖𝚒𝚐𝚘𝚜 𝚎 𝚙𝚘𝚜𝚜𝚞𝚎𝚖 𝚖𝚎𝚍𝚘 𝚍𝚎 𝙲𝚊𝚜𝚝𝚒𝚎𝚕 𝚖𝚊𝚜 𝚗𝚊̃𝚘 𝚊𝚜𝚜𝚞𝚖𝚎𝚖.

AMIZADES E RIVALIDADES
𝒜𝓂𝒾𝓏𝒶𝒹𝑒𝓈
𝚛𝚖𝚒𝚗 𝙳𝚎𝚜𝚍𝚎 𝚘 𝚖𝚘𝚖𝚎𝚗𝚝𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚌𝚛𝚞𝚣𝚘𝚞 𝚊 𝚎𝚗𝚝𝚛𝚊𝚍𝚊 𝚍𝚘 𝚒𝚗𝚝𝚎𝚛𝚗𝚊𝚝𝚘 𝚏𝚘𝚛𝚊 𝚋𝚎𝚖 𝚛𝚎𝚌𝚎𝚋𝚒𝚍𝚊 𝚙𝚎𝚕𝚘 𝚐𝚊𝚖𝚎𝚛. 𝙰 𝚊𝚖𝚒𝚣𝚊𝚍𝚎 𝚏𝚘𝚒 𝚍𝚎 𝚒𝚖𝚎𝚍𝚒𝚊𝚝𝚘 𝚙𝚘𝚛 𝚊𝚖𝚋𝚘𝚜 𝚝𝚎𝚛𝚎𝚖 𝚟𝚊́𝚛𝚒𝚘𝚜 𝚊𝚜𝚙𝚎𝚌𝚝𝚘𝚜 𝚎𝚖 𝚌𝚘𝚖𝚞𝚖. 𝙴𝚕𝚊 𝚘 𝚊𝚙𝚎𝚕𝚒𝚍𝚘𝚞 𝚍𝚎 𝙰𝚛𝚖𝚢.

𝚕𝚎𝚡𝚢 𝙰 𝚙𝚛𝚘𝚡𝚒𝚖𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚍𝚎 𝙰𝚋𝚎𝚕 𝚎 𝙰𝚛𝚖𝚒𝚗 𝚊𝚌𝚊𝚋𝚘𝚞 𝚎𝚗𝚌𝚒𝚞𝚖𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚘 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚘, 𝚎 𝚙𝚘𝚛 𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚙𝚎𝚗𝚜𝚊𝚜𝚜𝚎 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚎 𝚒𝚊 𝚕𝚑𝚎 𝚓𝚞𝚕𝚐𝚊𝚛 𝚎 𝚖𝚊𝚗𝚍𝚊́-𝚕𝚊 𝚎𝚖𝚋𝚘𝚛𝚊, 𝚎𝚕𝚎 𝚜𝚘𝚛𝚛𝚒𝚞 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚎𝚕𝚊 𝚎 𝚌𝚘𝚖𝚎ç𝚘𝚞 𝚊 𝚌𝚘𝚗𝚟𝚎𝚛𝚜𝚊𝚛. 𝙰𝚕𝚎𝚡𝚢, 𝚊𝚜𝚜𝚒𝚖 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝙰𝚛𝚖𝚒𝚗, 𝚎́ 𝚞𝚖 𝚍𝚘𝚜 𝚖𝚎𝚕𝚑𝚘𝚛𝚎𝚜 𝚊𝚖𝚒𝚐𝚘𝚜 𝚍𝚎𝚕𝚊. 𝙴𝚕𝚊 𝚘 𝚌𝚑𝚊𝚖𝚊 𝚍𝚎 𝙻𝚎𝚡𝚢.

𝚊𝚝𝚑𝚊𝚗𝚒𝚎𝚕 𝙽𝚊𝚝𝚑𝚊𝚗𝚒𝚎𝚕 𝚎 𝙰𝚋𝚎𝚕 𝚜𝚊̃𝚘 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚕𝚎𝚝𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚘𝚙𝚘𝚜𝚝𝚘𝚜. 𝙰 𝚒𝚛𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚗𝚜𝚊́𝚟𝚎𝚕 𝚎 𝚘 𝚌𝚎𝚛𝚝𝚒𝚗𝚑𝚘. 𝙽𝚊̃𝚘 𝚜𝚎 𝚜𝚊𝚋𝚎 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚊𝚖𝚋𝚘𝚜 𝚌𝚑𝚎𝚐𝚊𝚛𝚊𝚖 𝚊 𝚜𝚎𝚛 𝚊𝚖𝚒𝚐𝚘𝚜, 𝚖𝚊𝚜 𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚝𝚎𝚘𝚛𝚒𝚣𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚎́ 𝚙𝚘𝚛 𝚚𝚞𝚎̂ 𝚜𝚎 𝚒𝚍𝚎𝚗𝚝𝚒𝚏𝚒𝚌𝚘𝚞 𝚌𝚘𝚖 𝚎𝚕𝚎, 𝚊𝚗𝚝𝚎𝚜 𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚛 𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚎́. 𝙴𝚕𝚊 𝚘 𝚌𝚑𝚊𝚖𝚊 𝚍𝚎 𝙰𝚗𝚒𝚎𝚕.

𝚎𝚗𝚝𝚒𝚗 𝙺𝚎𝚗𝚝𝚒𝚗 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚎𝚗𝚝𝚛𝚎 𝚊𝚜 𝚝𝚛𝚎̂𝚜 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝙰𝚋𝚎𝚕 𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚐𝚘𝚜𝚝𝚊, 𝚙𝚎𝚛𝚍𝚎𝚗𝚍𝚘 𝚊𝚙𝚎𝚗𝚊𝚜 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝙰𝚕𝚎𝚡𝚢 𝚎 𝙰𝚛𝚖𝚒𝚗. 𝙾 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚘 𝚎́ 𝚒𝚗𝚌𝚛𝚒𝚟𝚎𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚐𝚎𝚗𝚝𝚒𝚕 𝚎 𝚏𝚘𝚏𝚘! 𝙳𝚎𝚜𝚍𝚎 𝚘 𝚖𝚘𝚖𝚎𝚗𝚝𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚙𝚒𝚜𝚘𝚞 𝚗𝚘 𝚒𝚗𝚝𝚎𝚛𝚗𝚊𝚝𝚘 𝚎𝚕𝚎 𝚊 𝚛𝚎𝚌𝚎𝚋𝚎𝚞 𝚋𝚎𝚖 𝚎 𝚟𝚒𝚛𝚊𝚛𝚊𝚖 𝚊𝚖𝚒𝚐𝚘𝚜. 𝙴𝚕𝚊 𝚘 𝚊𝚙𝚎𝚕𝚒𝚍𝚘𝚞 𝚍𝚎 𝙺𝚎𝚗𝚝𝚝𝚢 — 𝚎 𝚟𝚊́𝚛𝚒𝚊𝚜 𝚟𝚎𝚣𝚎𝚜 𝚋𝚛𝚒𝚗𝚌𝚊, 𝚘 𝚌𝚑𝚊𝚖𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚍𝚎 𝙺𝚒𝚝𝚝𝚢.

𝑅𝒾𝓋𝒶𝓁𝒾𝒹𝒶𝒹𝑒𝓈
𝚖𝚋𝚛𝚎 𝙰𝚘 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚛𝚊́𝚛𝚒𝚘 𝚍𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚟𝚘𝚌𝚎̂ 𝚙𝚘𝚍𝚎 𝚙𝚎𝚗𝚜𝚊𝚛, 𝚏𝚘𝚒 𝙰𝚋𝚎𝚕 𝚚𝚞𝚎 𝚗𝚊̃𝚘 𝚐𝚘𝚜𝚝𝚘𝚞 𝚍𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊, 𝚎 𝚗𝚊̃𝚘 𝚊𝚘 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚛𝚊́𝚛𝚒𝚘. 𝙴𝚕𝚊 𝚟𝚒𝚞 𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚊 𝚕𝚘𝚒𝚛𝚊 𝚏𝚊𝚣𝚒𝚊 𝚌𝚘𝚖 𝚘𝚜 𝚊𝚕𝚞𝚗𝚘𝚜, 𝚎 𝚙𝚛𝚒𝚗𝚌𝚒𝚙𝚊𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚌𝚘𝚖 𝚘𝚜 𝚗𝚘𝚟𝚊𝚝𝚘𝚜, 𝚎 𝚘 𝚘́𝚍𝚒𝚘 𝚙𝚘𝚛 𝙰𝚖𝚋𝚛𝚎 𝚌𝚘𝚗𝚝𝚒𝚗𝚞𝚘𝚞.

𝚊𝚔𝚘𝚝𝚊 𝙰 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚜𝚒𝚖𝚙𝚕𝚎𝚜𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚘𝚍𝚎𝚒𝚊 𝙳𝚊𝚔𝚘𝚝𝚊. 𝙽𝚊̃𝚘 𝚝𝚎𝚖 𝚞𝚖 𝚙𝚘𝚛 𝚚𝚞𝚎̂ 𝚎𝚡𝚊𝚝𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎.

RELAÇAO E COMO AGE PERTO DE

𝒜𝓂𝒾𝑔𝑜𝓈
𝚎𝚞𝚜 𝚊𝚖𝚒𝚐𝚘𝚜 𝚜𝚊̃𝚘, 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚎𝚕𝚊, 𝚊 𝚜𝚞𝚊 𝚏𝚊𝚖𝚒́𝚕𝚒𝚊. 𝙲𝚘𝚜𝚝𝚞𝚖𝚊 𝚙𝚛𝚘𝚝𝚎𝚐𝚎̂-𝚕𝚊𝚜 𝚝𝚊𝚕 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚞𝚖 𝚕𝚎𝚊̃𝚘 𝚙𝚛𝚘𝚝𝚎𝚐𝚎 𝚜𝚞𝚊 𝚌𝚛𝚒𝚊, 𝚗𝚞𝚗𝚌𝚊 𝚍𝚎𝚒𝚡𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚎́𝚖 𝚜𝚎 𝚊𝚙𝚛𝚘𝚡𝚒𝚖𝚊𝚛 𝚍𝚎𝚕𝚎𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚚𝚞𝚎𝚒𝚛𝚊 𝚖𝚊𝚌𝚑𝚞𝚌𝚊́-𝚕𝚘𝚜. 𝙰𝚛𝚒𝚊𝚍𝚗𝚎 𝚎́ 𝚋𝚊𝚜𝚝𝚊𝚗𝚝𝚎 𝚕𝚎𝚊𝚕, 𝚓𝚊𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚘𝚜 𝚝𝚛𝚊𝚒𝚛𝚒𝚊 𝚎𝚖 𝚚𝚞𝚊𝚕𝚚𝚞𝚎𝚛 𝚑𝚒𝚙𝚘́𝚝𝚎𝚜𝚎, 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚎𝚜 𝚝𝚎𝚗𝚑𝚊𝚖 𝚊 𝚖𝚊𝚐𝚘𝚊𝚍𝚘 𝚙𝚛𝚘𝚏𝚞𝚗𝚍𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎. 𝙲𝚘𝚜𝚝𝚞𝚖𝚊 𝚘𝚜 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚛 𝚛𝚒𝚛 𝚋𝚊𝚜𝚝𝚊𝚗𝚝𝚎 𝚌𝚘𝚖 𝚜𝚞𝚊𝚜 𝚙𝚒𝚊𝚍𝚊𝚜 𝚍𝚎𝚗𝚝𝚛𝚘 𝚎 𝚏𝚘𝚛𝚊 𝚍𝚎 𝚊𝚞𝚕𝚊, 𝚎 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚎́ 𝚊𝚕𝚐𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚊 𝚍𝚎𝚒𝚡𝚊 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚏𝚎𝚕𝚒𝚣; 𝚜𝚊𝚋𝚎𝚛 𝚚𝚞𝚎 𝚘𝚜 𝚍𝚒𝚟𝚎𝚛𝚝.𝚎

𝒟𝑒𝓈𝒸𝑜𝓃𝒽𝑒𝒸𝒾𝒹𝑜𝓈
𝚘𝚛𝚛𝚒 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜, 𝚡𝚒𝚗𝚐𝚊 𝚚𝚞𝚎𝚖 𝚗𝚊̃𝚘 𝚐𝚘𝚜𝚝𝚊. 𝙰 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚌𝚘𝚜𝚝𝚞𝚖𝚊 𝚗𝚊̃𝚘 𝚙𝚊𝚜𝚜𝚊𝚛 𝚞𝚖𝚊 𝚋𝚘𝚊 𝚒𝚖𝚊𝚐𝚎𝚖 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚎𝚕𝚎𝚜, 𝚎 𝚙𝚘𝚛 𝚒𝚜𝚜𝚘, 𝚊 𝚖𝚊𝚒𝚘𝚛𝚒𝚊 𝚘𝚞 𝚖𝚊𝚗𝚝𝚎́𝚖 𝚞𝚖𝚊 𝚋𝚘𝚊 𝚍𝚒𝚜𝚝𝚊̂𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚍𝚎𝚕𝚊, 𝚘𝚞 𝚍𝚎𝚋𝚘𝚌𝚑𝚊.

𝑅𝒾𝓋𝒶𝒾𝓈
𝚘𝚖𝚘 𝚜𝚎 𝚝𝚛𝚊𝚝𝚊 𝚞𝚖 𝚛𝚒𝚟𝚊𝚕? 𝙰𝚙𝚛𝚎𝚗𝚍𝚊 𝚌𝚘𝚖 𝙰𝚋𝚎𝚕 𝙼𝚘𝚛𝚗𝚒𝚗𝚐𝚜𝚝𝚊𝚛: 𝚙𝚛𝚒𝚖𝚎𝚒𝚛𝚘, 𝚘 𝚒𝚐𝚗𝚘𝚛𝚎. 𝚂𝚎 𝚗𝚊̃𝚘 𝚏𝚞𝚗𝚌𝚒𝚘𝚗𝚊𝚛, 𝚘 𝚘𝚏𝚎𝚗𝚍𝚊. 𝚂𝚎 𝚗𝚊̃𝚘, 𝚟𝚊́ 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚊 𝚊𝚐𝚛𝚎𝚜𝚜𝚊̃𝚘 𝚏𝚒́𝚜𝚒𝚌𝚊. 𝙿𝚛𝚘𝚗𝚝𝚘.

𝒫𝒶𝓆𝓊𝑒𝓇𝒶
𝚊̃𝚘 𝚝𝚒𝚗𝚑𝚊 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚗𝚊̃𝚘 𝚐𝚘𝚜𝚝𝚊𝚛 𝚍𝚎𝚕𝚎. 𝙰 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚙𝚘𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚛 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚕𝚎𝚡𝚊, 𝚎 𝚎𝚗𝚚𝚞𝚊𝚗𝚝𝚘 𝚊𝚒𝚗𝚍𝚊 𝚎𝚜𝚝𝚊̃𝚘 𝚝𝚎𝚗𝚝𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚖𝚘𝚗𝚝𝚊𝚛 𝚘 𝚚𝚞𝚎𝚋𝚛𝚊-𝚌𝚊𝚋𝚎ç𝚊, 𝙺𝚎𝚗𝚝𝚒𝚗 𝚓𝚊́ 𝚓𝚞𝚗𝚝𝚘𝚞 𝚊𝚜 𝚙𝚎ç𝚊𝚜. 𝚀𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚝𝚛𝚒𝚜𝚝𝚎 𝚘𝚞 𝚏𝚎𝚕𝚒𝚣, 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚛𝚎𝚌𝚘𝚛𝚛𝚎 𝚊̀ 𝚎𝚕𝚎, 𝚎 𝚙𝚘𝚛 𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚎 𝚗𝚊̃𝚘 𝚏𝚊ç𝚊 𝚘 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘, 𝚎𝚕𝚊 𝚐𝚘𝚜𝚝𝚊𝚛𝚒𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚊𝚌𝚘𝚗𝚝𝚎𝚌𝚎𝚜𝚜𝚎. 𝙽𝚊̃𝚘 𝚐𝚘𝚜𝚝𝚊 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚍𝚎 𝚊𝚗𝚍𝚊𝚛 𝚍𝚎 𝚖𝚊̃𝚘 𝚍𝚊𝚍𝚊𝚜 𝚌𝚘𝚖 𝚎𝚕𝚎, 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚊𝚖𝚒𝚐𝚘𝚜, 𝚖𝚊𝚜 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚚𝚞𝚎 𝚙𝚞𝚍𝚎𝚛 𝚒𝚛𝚊́ 𝚊𝚙𝚎𝚛𝚝𝚊𝚛 𝚊 𝚖𝚊̃𝚘 𝚍𝚎𝚕𝚎 𝚎𝚖 𝚞𝚖 𝚐𝚎𝚜𝚝𝚘 𝚌𝚊𝚛𝚒𝚗𝚑𝚘𝚜𝚘.

𝒫𝓇𝑜𝒻𝑒𝓈𝓈𝑜𝓇𝑒𝓈
𝚘𝚍𝚘𝚜 𝚘𝚜 𝚙𝚛𝚘𝚏𝚎𝚜𝚜𝚘𝚛𝚎𝚜, 𝚜𝚎𝚖 𝚎𝚡𝚌𝚎ç𝚊̃𝚘, 𝚍𝚎𝚟𝚎𝚖 𝚊𝚌𝚑𝚊́-𝚕𝚊 𝚞𝚖𝚊 𝚙𝚎𝚜𝚝𝚎. 𝙿𝚛𝚊𝚝𝚒𝚌𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜 𝚙𝚎𝚐𝚊𝚖 𝚗𝚘 𝚙𝚎́ 𝚍𝚎𝚕𝚊, 𝚙𝚎𝚍𝚒𝚗𝚍𝚘 𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚜𝚝𝚊𝚜, 𝚖𝚊𝚜 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚍𝚞𝚛𝚖𝚊 𝚙𝚛𝚊𝚝𝚒𝚌𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚎𝚖 𝚝𝚘𝚍𝚊𝚜 𝚊𝚜 𝚊𝚞𝚕𝚊𝚜, 𝚎𝚕𝚊 𝚎𝚜𝚝𝚞𝚍𝚊 𝚎𝚖 𝚌𝚊𝚜𝚊 — 𝚘𝚋𝚛𝚒𝚐𝚊𝚍𝚊 𝚙𝚎𝚕𝚘𝚜 𝚙𝚊𝚒𝚜 — 𝚎 𝚘𝚜 𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚗𝚍𝚎 𝚌𝚘𝚛𝚛𝚎𝚝𝚊𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎. 𝙼𝚊𝚜, 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚎𝚕𝚊 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚒𝚛𝚛𝚒𝚝𝚊𝚍𝚊, 𝚎𝚕𝚊 𝚘𝚜 𝚘𝚕𝚑𝚊, 𝚍𝚊́ 𝚞𝚖 𝚜𝚘𝚛𝚛𝚒𝚜𝚘 𝚜𝚊𝚛𝚌𝚊́𝚜𝚝𝚒𝚌𝚘 𝚎 𝚏𝚊𝚕𝚊 𝚚𝚞𝚊𝚕𝚚𝚞𝚎𝚛 𝚌𝚘𝚒𝚜𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚟𝚒𝚛 𝚎𝚖 𝚜𝚞𝚊 𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎, 𝚎 𝚚𝚞𝚊𝚜𝚎 𝚗𝚊𝚍𝚊 𝚏𝚊𝚣 𝚜𝚎𝚗𝚝𝚒𝚍𝚘. 𝙳𝚎𝚜𝚍𝚎 ''𝙴𝚞 𝚊𝚌𝚑𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚟𝚘𝚌𝚎̂ 𝚍𝚎𝚟𝚎 𝚌𝚘𝚛𝚝𝚊𝚛 𝚘 𝚌𝚊𝚋𝚎𝚕𝚘'' 𝚊̀ 𝚊𝚝𝚎́ ''𝚊 𝚟𝚒𝚍𝚊 𝚍𝚊𝚜 𝚏𝚘𝚛𝚖𝚒𝚐𝚊𝚜 𝚎́ 𝚕𝚒𝚗𝚍𝚊, 𝚗𝚊̃𝚘?''. 𝙽𝚘𝚛𝚖𝚊𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚘𝚜 𝚗𝚘𝚟𝚊𝚝𝚘𝚜 𝚏𝚒𝚌𝚊𝚖 𝚚𝚞𝚒𝚎𝚝𝚘𝚜 𝚗𝚊 𝚊𝚞𝚕𝚊, 𝚌𝚎𝚛𝚝𝚘? 𝙴𝚕𝚊 𝚗𝚊̃𝚘! 𝙰𝚋𝚎𝚕 𝚘𝚕𝚑𝚊𝚛𝚊́ 𝚘 𝚙𝚛𝚘𝚏𝚎𝚜𝚜𝚘𝚛, 𝚎 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚎 𝚊𝚙𝚛𝚎𝚜𝚎𝚗𝚝𝚎𝚖 𝚘𝚜 𝚊𝚕𝚞𝚗𝚘𝚜 𝚗𝚘𝚟𝚘𝚜 𝚘𝚞 𝚗𝚊̃𝚘, 𝚍𝚒𝚛𝚊́: ''𝚅𝚘𝚌𝚎̂ 𝚍𝚎𝚟𝚎𝚛𝚒𝚊 𝚎𝚗𝚝𝚛𝚎𝚐𝚊𝚛 𝚌𝚊𝚛𝚝𝚘̃𝚎𝚜 𝚍𝚎 𝚋𝚘𝚊𝚜-𝚟𝚒𝚗𝚍𝚊𝚜 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚗𝚘́𝚜, 𝚜𝚎𝚗𝚑𝚘𝚛'' 𝚎 𝚙𝚛𝚘𝚟𝚊𝚟𝚎𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚜𝚎𝚛𝚊́ 𝚊𝚜𝚜𝚒𝚖 𝚚𝚞𝚎 𝚌𝚘𝚖𝚎ç𝚊𝚛𝚊́ 𝚊 𝚟𝚒𝚍𝚊 𝚍𝚎 𝙰𝚋𝚋𝚢 𝚎 𝚘𝚜 𝚙𝚛𝚘𝚏𝚎𝚜𝚜𝚘𝚛𝚎𝚜.

𝒪𝓊𝓉𝓇𝒶𝓈 𝒶𝓊𝓉𝑜𝓇𝒾𝒹𝒶𝒹𝑒𝓈 𝒹𝑜 𝒾𝓃𝓉𝑒𝓇𝓃𝒶𝓉𝑜
𝚘𝚖 𝚞𝚖𝚊 𝚏𝚊𝚕𝚜𝚊 𝚎𝚍𝚞𝚌𝚊ç𝚊̃𝚘, 𝚊𝚜𝚜𝚒𝚖 𝚙𝚘𝚍𝚎𝚖𝚘𝚜 𝚍𝚒𝚣𝚎𝚛. 𝙴𝚕𝚊 𝚗𝚊̃𝚘 𝚎́ 𝚏𝚊𝚕𝚜𝚊, 𝚜𝚘́ 𝚗𝚊̃𝚘 𝚚𝚞𝚎𝚛 𝚊 𝚍𝚒𝚛𝚎𝚝𝚘𝚛𝚊, 𝚙𝚘𝚛 𝚎𝚡𝚎𝚖𝚙𝚕𝚘, 𝚙𝚎𝚐𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚗𝚘 𝚜𝚎𝚞 𝚙𝚎́. 𝙿𝚘𝚛 𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚊 𝚊𝚌𝚑𝚎 𝚞𝚖𝚊 𝚟𝚎𝚕𝚑𝚊 𝚛𝚊𝚗𝚣𝚒𝚗𝚣𝚊 𝚎 𝚚𝚞𝚎𝚛 𝚏𝚊𝚕𝚊𝚛 𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚗𝚊 𝚌𝚊𝚛𝚊 𝚍𝚎𝚕𝚊, 𝚎𝚕𝚊 𝚍𝚒𝚣 ''𝚘𝚕𝚊́, 𝚜𝚎𝚗𝚑𝚘𝚛𝚊, 𝚟𝚘𝚌𝚎̂ 𝚎𝚜𝚝𝚊́ 𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚗𝚘𝚟𝚊 𝚑𝚘𝚓𝚎, 𝚗𝚊̃𝚘?''

O QUE FEZ SEUS PAIS MANDA-LA PARA O INTERNATO?
𝚞𝚊 𝚏𝚊𝚕𝚝𝚊 𝚍𝚎 𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚗𝚜𝚊𝚋𝚒𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚐𝚎𝚛𝚘𝚞 𝚒𝚜𝚜𝚘. 𝙰 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚍𝚘𝚛𝚖𝚒𝚊 𝚊𝚝𝚎́ 𝚝𝚊𝚛𝚍𝚎, 𝚊𝚌𝚘𝚛𝚍𝚊𝚟𝚊 𝚝𝚊𝚛𝚍𝚎, 𝚌𝚑𝚎𝚐𝚊𝚟𝚊 𝚊𝚝𝚛𝚊𝚜𝚊𝚍𝚊 𝚗𝚊 𝚎𝚜𝚌𝚘𝚕𝚊, 𝚗𝚞𝚗𝚌𝚊 𝚏𝚊𝚣𝚒𝚊 𝚗𝚊𝚍𝚊 𝚎 𝚏𝚒𝚌𝚊𝚟𝚊 𝚓𝚘𝚐𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚗𝚘 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚞𝚝𝚊𝚍𝚘𝚛.

SE FOSSE PARA IR NA DETENÇAO, QUAL SERIA A PRIMEIRA COISA QUE SEU PERSONAGEM APRONTARIA?
𝚊́ 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚊𝚜 𝚌𝚘𝚒𝚜𝚊𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚙𝚘𝚍𝚎 𝚝𝚎𝚛 𝚏𝚎𝚒𝚝𝚘. 𝙳𝚘𝚛𝚖𝚒𝚛 𝚎𝚖 𝚜𝚊𝚕𝚊 𝚍𝚎 𝚊𝚞𝚕𝚊, 𝚌𝚑𝚎𝚐𝚊𝚛 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚊𝚝𝚛𝚊𝚜𝚊𝚍𝚊, 𝚗𝚞𝚗𝚌𝚊 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚛 𝚊𝚜 𝚝𝚊𝚛𝚎𝚏𝚊𝚜 𝚍𝚎 𝚌𝚊𝚜𝚊, 𝚎𝚗𝚏𝚒𝚖. 𝙸𝚜𝚜𝚘 𝚝𝚞𝚍𝚘 𝚙𝚘𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚛 𝚛𝚎𝚜𝚞𝚕𝚝𝚊𝚍𝚘 𝚍𝚎 𝚜𝚞𝚊 𝚒𝚛𝚛𝚎𝚜𝚙𝚘𝚗𝚜𝚊𝚋𝚒𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎. 𝙿𝚘𝚛𝚎́𝚖 𝚎́ 𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚙𝚘𝚛 𝚎𝚕𝚊 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚌𝚑𝚎𝚐𝚊𝚛 𝚊𝚝𝚛𝚊𝚜𝚊𝚍𝚊 𝚎𝚖 𝚜𝚊𝚕𝚊 𝚍𝚎 𝚊𝚞𝚕𝚊, 𝚎 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚘𝚜 𝚙𝚛𝚘𝚏𝚎𝚜𝚜𝚘𝚛𝚎𝚜 𝚕𝚑𝚎 𝚙𝚎𝚛𝚐𝚞𝚗𝚝𝚊𝚖 𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚎𝚜𝚝𝚊𝚟𝚊 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚗𝚍𝚘, 𝚎𝚕𝚊 𝚏𝚊𝚕𝚊 ''𝙲𝚊ç𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚙𝚘𝚔𝚎́𝚖𝚘𝚗''.

SUGIRA ALGUMA PERSONAGEM PARA SER SUA COLEGA DE QUARTO
𝚎𝚐𝚐𝚢

COMO REAGIRIA SE VISSE UM FANTASMA,OU COISA DO TIPO?
𝚒𝚌𝚊𝚛𝚒𝚊 𝚙𝚊𝚛𝚊𝚍𝚊, 𝚊𝚜𝚜𝚞𝚜𝚝𝚊𝚍𝚊. 𝙰𝚌𝚑𝚊𝚛𝚒𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚛𝚊 𝚊𝚙𝚎𝚗𝚊𝚜 𝚞𝚖𝚊 𝚒𝚕𝚞𝚜𝚊̃𝚘 𝚍𝚎 𝚜𝚞𝚊 𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚏𝚎́𝚛𝚝𝚒𝚕, 𝚖𝚊𝚜 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚝𝚒𝚟𝚎𝚛 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚖𝚊 𝚙𝚛𝚘𝚟𝚊 𝚗𝚊𝚚𝚞𝚎𝚕𝚎 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘 𝚒𝚗𝚜𝚝𝚊𝚗𝚝𝚎 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚛𝚊 𝚛𝚎𝚊𝚕, 𝚎𝚕𝚊 𝚜𝚊𝚒𝚛𝚒𝚊 𝚌𝚘𝚛𝚛𝚎𝚗𝚍𝚘 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚜𝚎 𝚎𝚜𝚌𝚘𝚗𝚍𝚎𝚛.

CITE UM OBJETO DE GRANDE AFEIÇAO DE SEU PERSONAGEM
𝚖 𝚌𝚘𝚕𝚊𝚛 𝚎𝚖 𝚏𝚘𝚛𝚖𝚊 𝚍𝚎 𝚙𝚎𝚗𝚝𝚊𝚐𝚛𝚊𝚖𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚐𝚊𝚗𝚑𝚘𝚞 𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚞 𝚙𝚛𝚒𝚖𝚘, 𝚃𝚑𝚘𝚖𝚊𝚜. 𝙴𝚕𝚎 𝚎́ 𝚍𝚎 𝚙𝚛𝚊𝚝𝚊 𝚎 𝚖𝚞𝚒𝚝𝚘 𝚜𝚒𝚖𝚙𝚕𝚎𝚜.

ELA TEM ALGUM DESEJO PARA DEPOIS DA MORTE?
𝚕𝚊 𝚍𝚎𝚜𝚎𝚓𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚜𝚎𝚞 𝚌𝚘𝚛𝚙𝚘 𝚟𝚊́ 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚞𝚖 𝚕𝚊𝚋𝚘𝚛𝚊́𝚝𝚘𝚛𝚒𝚘, 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚘𝚜 𝚌𝚒𝚎𝚗𝚝𝚒𝚜𝚝𝚊𝚜 𝚙𝚘𝚍𝚎𝚛𝚎𝚖 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚛 𝚜𝚞𝚊𝚜 𝚙𝚎𝚜𝚚𝚞𝚒𝚜𝚊𝚜.

TALENTOS

𝒯𝑜𝒸𝒶 𝒶𝓁𝑔𝓊𝓂 𝒾𝓃𝓈𝓉𝓇𝓊𝓂𝑒𝓃𝓉𝑜? 𝒬𝓊𝒶𝓁?
𝚊̃𝚘. 𝙴𝚕𝚊 𝚗𝚊̃𝚘 𝚐𝚘𝚜𝚝𝚊 𝚍𝚎 𝚒𝚗𝚜𝚝𝚛𝚞𝚖𝚎𝚗𝚝𝚘𝚜 𝚖𝚞𝚜𝚒𝚌𝚊𝚒𝚜, 𝚊𝚌𝚑𝚊 𝚒𝚗𝚞́𝚝𝚎𝚒𝚜, 𝚚𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚙𝚘𝚍𝚎-𝚜𝚎 𝚎𝚜𝚝𝚊𝚛 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚗𝚍𝚘 𝚊𝚕𝚐𝚞𝚖 𝚎𝚜𝚙𝚘𝚛𝚝𝚎 𝚚𝚞𝚎 𝚜𝚎 𝚖𝚘𝚜𝚝𝚛𝚊𝚛𝚊́ 𝚞́𝚝𝚒𝚕 𝚗𝚘 𝚏𝚞𝚝𝚞𝚛𝚘.

𝒞𝒶𝓃𝓉𝒶?
𝚊̃𝚘. 𝚂𝚞𝚊 𝚟𝚘𝚣 𝚎́, 𝚜𝚒𝚖, 𝚋𝚘𝚗𝚒𝚝𝚊, 𝚙𝚘𝚛𝚎́𝚖 𝚊 𝚐𝚊𝚛𝚘𝚝𝚊 𝚗𝚞𝚗𝚌𝚊 𝚜𝚎 𝚎𝚗𝚝𝚞𝚜𝚒𝚊𝚜𝚖𝚘𝚞 𝚊 𝚌𝚊𝚗𝚝𝚊𝚛.

𝒟𝒶𝓃ç𝒶?
𝚊̃𝚘, 𝚎𝚕𝚊 𝚎́ 𝚞𝚖 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚕𝚎𝚝𝚘 𝚍𝚎𝚜𝚊𝚜𝚝𝚛𝚎. 𝙿𝚘𝚍𝚎𝚖𝚘𝚜 𝚍𝚒𝚣𝚎𝚛 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚙𝚊𝚛𝚎𝚌𝚎 𝚞𝚖 𝚖𝚊𝚌𝚊𝚌𝚘 𝚗𝚘 𝚌𝚒𝚘 𝚍𝚊𝚗ç𝚊𝚗𝚍𝚘. 𝙽𝚊 𝚒𝚗𝚏𝚊̂𝚗𝚌𝚒𝚊 𝚓𝚊́ 𝚙𝚛𝚊𝚝𝚒𝚌𝚘𝚞 𝚋𝚊𝚕𝚕𝚎𝚝, 𝚙𝚘𝚛𝚎́𝚖 𝚜𝚊𝚒𝚞 𝚊𝚘 𝚟𝚎𝚛 𝚚𝚞𝚎 𝚊𝚝𝚎́ 𝚘 𝚙𝚛𝚘𝚏𝚎𝚜𝚜𝚘𝚛 𝚓𝚊́ 𝚑𝚊𝚟𝚒𝚊 𝚌𝚊𝚗𝚜𝚊𝚍𝚘 𝚍𝚎𝚕𝚊. 𝚂𝚎𝚞𝚜 𝚙𝚊𝚜𝚜𝚘𝚜 𝚗𝚊̃𝚘 𝚎𝚛𝚊𝚖 𝚐𝚛𝚊𝚌𝚒𝚘𝚜𝚘𝚜 𝚎 𝚗𝚎𝚖 𝚑𝚊𝚛𝚖𝚘𝚗𝚒𝚘𝚜𝚘𝚜 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚊𝚛𝚊𝚍𝚘 𝚊𝚘 𝚍𝚘𝚜 𝚘𝚞𝚝𝚛𝚘𝚜 𝚋𝚊𝚒𝚕𝚊𝚛𝚒𝚗𝚘𝚜. 𝙰𝚕𝚎́𝚖 𝚍𝚒𝚜𝚜𝚘, 𝚎𝚕𝚊 𝚜𝚎𝚖𝚙𝚛𝚎 𝚎𝚜𝚚𝚞𝚎𝚌𝚒𝚊 𝚘 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚛𝚊 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚛.

𝐸𝓈𝒸𝓇𝑒𝓋𝑒? 𝒞𝑜𝓂𝓅𝑜̃𝑒?
𝚒𝚖, 𝚊𝚖𝚋𝚘𝚜! 𝙰𝚕𝚎́𝚖 𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚛 𝚞𝚖 𝚍𝚎 𝚜𝚎𝚞𝚜 𝚐𝚛𝚊𝚗𝚍𝚎𝚜 𝚝𝚊𝚕𝚎𝚗𝚝𝚘𝚜, 𝚜𝚊̃𝚘 𝚑𝚘𝚋𝚋𝚒𝚎𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚙𝚛𝚊𝚝𝚒𝚌𝚊 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜 𝚘𝚜 𝚍𝚒𝚊𝚜.

𝒫𝓇𝒶𝓉𝒾𝒸𝒶 𝒶𝓁𝑔𝓊𝓂 𝑒𝓈𝓅𝑜𝓇𝓉𝑒? 𝒬𝓊𝒶𝓁?
𝚊 𝚟𝚎𝚛𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚜𝚊̃𝚘 𝚟𝚊́𝚛𝚒𝚘𝚜 𝚎𝚜𝚙𝚘𝚛𝚝𝚎𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚎𝚕𝚊 𝚙𝚛𝚊𝚝𝚒𝚌𝚊, 𝚙𝚘𝚛𝚎́𝚖 𝚍𝚎𝚜𝚝𝚊𝚌𝚊-𝚜𝚎 𝚋𝚊𝚜𝚝𝚊𝚗𝚝𝚎 𝚗𝚘 𝚑𝚒𝚙𝚒𝚜𝚖𝚘, 𝚎𝚜𝚐𝚛𝚒𝚖𝚊 𝚎 𝚋𝚊𝚜𝚔𝚎𝚝𝚋𝚊𝚕𝚕

𝒟𝑒𝓈𝑒𝓃𝒽𝒶? 𝒫𝒾𝓃𝓉𝒶?
𝚊̃𝚘! 𝚀𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚎𝚕𝚊 𝚍𝚎𝚜𝚎𝚗𝚑𝚊 𝚞𝚖𝚊 𝚎𝚜𝚏𝚎𝚛𝚊, 𝚜𝚊𝚒 𝚞𝚖 𝚚𝚞𝚊𝚍𝚛𝚊𝚍𝚘. 𝙴𝚗𝚏𝚒𝚖, 𝚊𝚘 𝚖𝚎𝚗𝚘𝚜 '𝚒𝚜𝚜𝚘 𝚏𝚘𝚛𝚊 𝚌𝚘𝚖𝚙𝚎𝚗𝚜𝚊𝚍𝚘 𝚌𝚘𝚖 𝚊 𝚜𝚞𝚊 𝚐𝚛𝚊𝚗𝚍𝚎 𝚑𝚊𝚋𝚒𝚕𝚒𝚍𝚊𝚍𝚎 𝚍𝚎 𝚙𝚊𝚕𝚊𝚟𝚛𝚊𝚜.

𝐹𝒶𝓁𝒶 𝒶𝓁𝑔𝓊𝓂𝒶 𝓁𝒾́𝓃𝑔𝓊𝒶 𝒶𝓁𝑒́𝓂 𝒹𝑒 𝒾𝓃𝑔𝓁𝑒̂𝓈 𝑜𝓊 𝒶 𝒹𝑜 𝓈𝑒𝓊 𝓅𝒶𝒾́𝓈?
𝚒𝚖. 𝙴𝚕𝚊 𝚎́ 𝚙𝚘𝚕𝚒𝚐𝚕𝚘𝚝𝚊, 𝚙𝚘𝚛𝚎́𝚖, 𝚍𝚎𝚜𝚝𝚊𝚌𝚊-𝚜𝚎 𝚗𝚘 𝚏𝚛𝚊𝚗𝚌𝚎̂𝚜, 𝚒𝚝𝚊𝚕𝚒𝚊𝚗𝚘 𝚎 𝚎𝚜𝚙𝚊𝚗𝚑𝚘𝚕

𝒪𝓊𝓉𝓇𝑜𝓈
𝚕𝚊 𝚏𝚘𝚝𝚘𝚐𝚛𝚊𝚏𝚊, 𝚊𝚍𝚘𝚛𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚙𝚛𝚒𝚗𝚌𝚒𝚙𝚊𝚕𝚖𝚎𝚗𝚝𝚎 𝚊𝚜 𝚙𝚊𝚒𝚜𝚊𝚐𝚎𝚗𝚜 𝚎 𝚘𝚜 𝚛𝚘𝚜𝚝𝚘𝚜 𝚍𝚊𝚜 𝚙𝚎𝚜𝚜𝚘𝚊𝚜.

ALGUMA ALERGIA OU DOENÇA?
𝚜𝚖𝚊 | 𝚋𝚛𝚘𝚗𝚚𝚞𝚒𝚝𝚎 | 𝚜𝚒𝚗𝚞𝚜𝚒𝚝𝚎 | 𝚛𝚒𝚗𝚒𝚝𝚎.

MEDOS E FOBIAS
𝚛𝚊𝚌𝚗𝚘𝚏𝚘𝚋𝚒𝚊 | 𝚊𝚕𝚝𝚞𝚛𝚊 | 𝚎𝚜𝚌𝚞𝚛𝚘 | 𝚘𝚋𝚓𝚎𝚝𝚘𝚜 𝚊𝚏𝚒𝚊𝚍𝚘𝚜 | 𝚑𝚘𝚜𝚙𝚒𝚝𝚊𝚒𝚜 | 𝚌𝚎𝚖𝚒𝚝𝚎́𝚛𝚒𝚘𝚜

REPUTAÇAO NO INTERNATO
𝚖𝚎𝚗𝚒𝚗𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚛𝚘𝚞𝚋𝚊𝚟𝚊 𝚕𝚒𝚟𝚛𝚘𝚜 | 𝙰𝚛𝚖𝚒𝚗 𝚟𝚎𝚛𝚜𝚊̃𝚘 𝚏𝚎𝚖𝚒𝚗𝚒𝚗𝚊


𝐹𝒾𝒸𝒽𝒶 𝒻𝑜𝓇 𝒜𝓈 𝒮𝑒𝓉𝑒 𝐻𝑒𝓇𝒹𝑒𝒾𝓇𝒶𝓈 — 𝐻𝑜𝓁𝓁𝒶𝓃𝒹 𝑅𝑜𝒹𝑒𝓃 𝒶𝓈 𝑀𝓊𝓇𝒾𝑒𝓁 𝒜𝓁𝓁𝒾𝓈𝑜𝓃 𝐿𝒶𝒻𝒶𝒾𝑒𝓉𝓉𝑒

ทσмє
Muriel Allison Lafaiette

「Muriel significa mar luminoso
「Allison significa de nobre nascimento

αρєℓi∂σ
Ariel seu pai deu.
Lizzie seu paquera.

i∂α∂є
20

sєxυαℓi∂α∂є
Heterossexual



PERSONALIDADE

єxρℓiqυє υм ρσυcα ∂α ρєrsσทαℓi∂α∂є ∂є sυα ρєrsσทαgєм
Ela pode se mudar para o Inferno e em menos de uma hora já chamará esse lugar de lar. É adepta à frase popular ''Está no inferno, abraça o Diabo''.
Muriel é uma garota brincalhona e irritante. Adora irritar as pessoas, criando apelidinhos ou fazendo piadinhas fora de hora, o que torna difícil não rirem dela, ou até mesmo a xingarem. Também adora fazer referências de livros e filmes, e quando as pessoas fazem alguma coisa que parece com algum personagem, ela o chama assim.
É super risonha e alegre, está sempre com um sorriso amável no rosto, o que torna impossível não gostar dela.
Sincera e autêntica, você nunca conhecerá uma pessoa mais sincera e realista do que ela. Para ela, a verdade dói, porém a mentira destrói.
Otimista, Muriel pode estar caindo de um avião ou no meio do mar rodeada de tubarões, não importa; ela dirá que tudo ficará bem e fará de tudo para que ocorra.
Leal e fiel, a garota jamais trairá alguém para se beneficiar disso. Inocente e ingênua, ela não parece, mas seu sorriso e seu olhar revelam. Muriela é muito inocente e ingênua, normalmente não entende frases de duplo sentido e não vê maldade em nada.
Curiosa e teimosa, a ruiva está sempre quebrando as regras.Se ela ver uma placa com um aviso em letras vermelhas, ela irá para aquele lugar sem pensar duas vezes, como se fosse uma passagem só de ida para o mundo de Supernatural.
Irônica e sarcástica, está sempre fazendo piadas irônicas sobre as pessoas, o que de certa forma machucam várias. Muriel é muito sarcástica, a cada mil frases que fala novecentas e oitenta possuem algum pingo de sarcasmo.

3 ραℓαvrαs qυє α rєρrєsєทτєм
Sincera | fiel | engraçada.

2 ∂єƒєiτσs
Sarcástica | teimosa.

2 qυαℓi∂α∂єs
Otimista | alegre.

σ ∂єƒєiτσ qυє ƒαʑ sυα ρriทcєsα ทãσ sєr вσα нєr∂єirα
Muriel não se importa com os deveres que uma herdeira precisa ter. Procura sempre poder praticar hipismo e esgrima, levando em conta que era uma época onde o machismo reinava.

ρσทτσs ƒσrτєs
Ágil | ótima estrategista | ótima lábia | sabe manusear uma espada | perspicaz | rápida.

ρσทτσs ƒrαcσs
Audaciosa | teimosa | não sabe costurar nem cozinhar.

мαทєirisмσs
Revirar os olhos quando ouvir algo inútil, óbvio ou desnecessário | franzir e arquear as sobrancelhas quando confusa | sorrir de lado sem motivo | batucar os dedos em uma estrutura sólida | morder a ponta da pena [aquelas que usavam para escrever] | apertar os olhos quando desconfiada | olhar para o chão antes de mentir.

rєρυταçãσ єทqυαทτσ ρriทcєsα
Muriel é conhecida como ''A Indomável''. Sorriso amável, olhos esbanjando gentileza, mas palavras grossas e mal-educadas. Por mais que tente, a ruiva não consegue falar palavras gentis.



APARENCIA

ทσмє ∂є qυєм α iทτєrρrєτα
Holland Roden

∂єscriçãσ єscriτα
A beleza de Muriel é delicada, mas ao mesmo tempo, deslumbrante e exótica. Sua pele é coberta por minúsculas sardas, ganhando destaque principalmente em seu rosto, em volta de seu nariz. A pele é levemente pálida, parecendo porcelana. Suas madeixas são ruivas, lisas, caindo como cascatas até o meio de suas costas, ondulando em graciosos cachos. Os olhos são um tanto excêntricos. Ora parecem jade, ora parecem verdes como folhas de primavera. Eles também são adornados por cílios grandes e grossos. Os lábios são rosados e com dentes brancos e bem alinhados. Seu sorriso é algo lindo, que mostra suas covinhas.
O nariz é arrebitado, as bochechas são rosadas naturalmente. As orelhas são perfeitas para o tamanho e formato de sua cabeça, que, aliás, é arredondada, apesar de seu queixo ser um tanto triangular. As sobrancelhas também são ruivas e finas. O pescoço é fino. Os ombros são um tanto largos, o que quebram o formato e pose de delicadeza. A puberdade e o destino foram muito bons para a garota, já que seu corpo é em um estilo ''ampulheta''; quadril largo, cintura fina. As nádegas, coxas e seios são da medida certa; nem tão grandes, nem tão pequenos. A barriga é lisinha. As mãos são pequenas e finas, teriam um ar delicado, se não estivessem machucadas por conta de seu amor por esportes. Os dedos são longos e finos, perfeitos para tocar piano

iмαgєทs








VESTUARIO

vєsτi∂σ 1


vєsτi∂σ 2


vєsτi∂σ 3




GOSTOS E DESGOSTOS

gσsτσs
Bebidas geladas | frio | inverno | outono | ler | escrever poemas e cartas | doces | capuzes | paisagens | quadros | arquitetura | mitologia romana | mitologia grega | mitologia egípcia | mitologia nórdica | corvos | raposas | lobos | coiotes | chacais | linces | animais sobrenaturais | praticar esgrima | pégasus | cavalos | cachorros | olhos azuis | músicas de rock clássico | Viena | Áustria | países europeus | coroa de flores | tiaras | roupas | casacos com capuz | cabelos curtos | roupas simples | branco | azul | preto | dourado | pergaminhos | objetos antigos | livros clássicos | prata | verde.

∂єsgσsτσs
Verão | calor | chá | bebidas quentes | calor | livros históricos | gatos | bonés | vermelho | laranja | amarelo | ficar parada por muito tempo | preconceito | machismo | falsidade | infidelidade | deslealdade.

cσr ƒαvσriτα
Azul

ƒℓσr ∂α sυα ρєrsσทαgєм
Lírio branco




TALENTO

qυαℓ sєυ ταℓєทτσ?
Esgrima.

cσмσ є qυαท∂σ ∂єscσвriυ sєυ ταℓєทτσ?:
Quando era pequena, cerca de doze anos, ela brincava com um amigo seu chamado Thomas. Estranhamente, na maioria das vezes, Muriel ganhava dele.



RELAÇOES

ραqυєrα
Nathaniel.

qυαℓ sυα rєℓαçãσ cσм єℓє?
Nathaniel, para Muriel, não passava de um garoto certinho e nerd. O prodígio. Por este motivo, nunca simpatizou com ele, o achando extremamente sem graça.
Mas depois, quando começou a conversar melhor com ele, viu uma pessoa até um tanto diferente e apaixonada por gatos.
Lentamente, começou a simpatizar melhor com ele, virando sua amiga.
Demorou um pouco para aceitar seus sentimentos por ele, já que nem a mesma sabia.

rєℓαçãσ cσм αs irмãs
Muriel trata todas as suas irmãs com um forçada educação. Adora fazer piadas e referências sobre elas revisando alguns contos, como Beatriz, de A Divina Comédia.
Desde cedo Muriel tenta fazer com que um amor pela esgrima e hipismo nasça em suas irmãs, mas até agora, nada.

rєℓαçãσ cσм αs gêмєαs
— 𝓒𝓱𝓪𝓻𝓵𝓸𝓽𝓽𝒆;
Muriel se ''fiou'' na personalidade doce de Charlotte. Acha a morena uma pessoa gentil e tranquila, a tratando bem.

— 𝓣𝓸𝓻𝓻𝓲𝓪;
Torria, para Muriel, é um enigma de um mistério enrolado em uma panqueca. Não entende muito a irmã e sua personalidade, já que não está muito acostumada com mulheres que nem ela. Muriel sempre possuiu amigas que só pensavam em homens, porém se guardavam antes do casamento, mas para a ruiva, Torria é diferente.



MUNDO MAGICO

cσмσ ƒσi sυα rєαçãσ qυαท∂σ ∂єscσвriυ σ мυท∂σ мágicσ?
Ficou bastante espantada e curiosa. Queria saber mais sobre o mundo mágico.

αทτєs ∂є ℓá єทτrαr vσcê αcrє∂iταvα ทα sυα єxisτêทciα?
Não, não acreditava.



OUTROS

σท∂є vσcê qυєr cσทнєcєr sєυ ραqυєrα? ทσ мυท∂σ rєαℓ συ ทσ мυท∂σ мágicσ?
No mundo mágico.

αทiмαℓ ∂є єsτiмαçãσ
Lily | uma cachorra vira-lata filhote.

iмαgєм ∂є sєυ αทiмαℓ


vσcê sαвє qυє sυα ρєrsσทαgєм єsτá ทαs мãσs ∂є cσσкiєραท∂iทнα є мυsαℓℓiท?:
Sim, estou ciente.

vσcê qυєr нєทταi єxρℓiciτσ?
Sim.

vσcê sαвє qυє vαi τєr нєทταi cσм συτrσs ρєrsσทαgєทs cєrτσ?
Sim, estou ciente.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...