~santan-

santan-
H E L L
Nome: — [𝚍]𝚒𝚊𝚗𝚊𝚋𝚒𝚗𝚑𝚊 ✡ ℒύcιfєя ❥ ❝S A N T A N❞ ★ 𝔈𝔰𝔱𝔯𝔢𝔩𝔞 𝔡𝔞 𝔐𝔞𝔫𝔥𝔞̃
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Florianopolis, Santa Catarina, Brasil
Aniversário: 1 de Junho
Idade: 16
Cadastro:

✗ Em Nome do Clã ✗


Postado





Sᴇᴜ ᴜsᴇʀ ɴᴏ Sᴘɪʀɪᴛ
𝓢antan-


Nᴏᴍᴇ ᴅᴏ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ
𝓐dhara ℛavenna ℳorgenstern

𝒜𝒹𝒽𝒶𝓇𝒶 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 ❝donzela, pura, casta❞
𝑅𝒶𝓋𝑒𝓃𝓃𝒶 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 ❝corvo, inteligente, sábia❞
𝑀𝑜𝓇𝑔𝑒𝓃𝓈𝓉𝑒𝓇𝓃 𝓈𝒾𝑔𝓃𝒾𝒻𝒾𝒸𝒶 ❝estrela da manhã❞


Aᴘᴇʟɪᴅᴏ
𝑅𝒶𝓋𝑒𝓃 — um apelido dado por seu segundo nome ser Ravenna, gosta desse apelido e se apresenta como ''Raven Morgenstern''


Iᴅᴀᴅᴇ
𝓟ossui 19 anos


Nᴀᴄɪᴏɴᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ
ℬerlim, Alemanha



Dᴀᴛᴀ ᴅᴇ ɴᴀsᴄɪᴍᴇɴᴛᴏ ᴇ sɪɢɴᴏ
𝓝asceu dia primeiro de junho, sendo uma geminiana


Oʀɪᴇɴᴛᴀçᴀ̃ᴏ sᴇxᴜᴀʟ
ℋeterossexual


Hɪsᴛᴏ́ʀɪᴀ
ℛavenna nasceu em uma família constituída por corredores, uma longa linhagem de retirantes que casavam cedo com pessoas que não conheciam apenas para manterem-se puros. O destino da pequena morena fora traçado desde cedo; aprender a controlar as habilidades, casar-se, ter filhotes e morrer.

Mas Raven não queria. Não queria ser apenas mais um objeto submisso onde seria usada apenas para procriar e depois deixada de lado, mesmo sendo uma pura e possuindo mais direitos que as outras fêmeas.

Fugia constantemente para clarear as idéias, conhecer o mundo por seus próprios olhos, já que seus pais insistiam em deixá-la trancada sem ver o que ocorria lá fora. Ela se assustava com a quantidade de almas corrompidas que havia na Terra.

Ravenna tinha um treinamento extremamente avançado. Seus pais queriam uma mulher que pudesse defender-se sozinha. Teve controle de suas habilidades desde cedo, principalmente do fato de poder transforma-se em qualquer animal.

Quando completara dezoito anos viera o seu casamento arranjado. Fora horrível para ela, manter aquele sorrisinho de falsa felicidade no rosto ao ver um puro chamado Jesse lá. A noite de núpcias fora pior ainda, o homem não tinha qualquer controle. Mas, para a alegria da jovem, o homem fora morto por alguém daquele clã. Apesar de todos apontarem para ela e não ser a verdadeira culpada, não escondia o sorriso feliz em ver se longe daquele homem.

Fugiu na semana seguinte, abandonando seu clã e sua infância para trás. Não perderia mais seu tempo com aquelas pessoas.


Pᴇʀsᴏɴᴀʟɪᴅᴀᴅᴇ
Os atos arrogantes e presunçosos de Raven trouxeram-lhe várias opiniões erradas sobre si. Não faz muita questão de ouvir opiniões alheias, sempre fazendo o contrário do pedido. Se alguém lhe pede para ir comprar uma pizza, ela volta para casa com um hot dog. Seus conhecimentos deixaram-lhe expert em muitos assuntos, fazendo-a parecer um dicionário ambulante, sempre pronta para responder á perguntas, principalmente sobre o mundo sobrenatural.

Uma garota que costuma tropeçar em solo liso por encontrar-se sempre no mundo da lua. Ela é um tanto lunática, sim, dando sempre respostas que não possuem nada a ver com o assunto perguntado. Não se ofende com comentários maldosos que as pessoas costumam fazer de si, sempre sorrindo-lhes educadamente.

Seu altruísmo costuma-lhe trazer muitos problemas. Sendo amiga de vários retirantes é natural que várias vezes ela tenha que quebrar um braço, perna ou machucar-se gravemente por amigos e familiares, mas é algo que ela ainda não se acostumou.

A gentileza e delicadeza fazem parte de suas palavras e ações. Não gosta de falar sobre assuntos como a morte de algum familiar de um amigo, sempre abaixando o olhar e sentindo a dor por ele.

É uma garota brincalhona e irritante. Adora irritar as pessoas, criando apelidinhos ou fazendo piadinhas fora de hora, o que torna difícil não rirem dela, ou até mesmo a xingarem. A morena pode estar no meio de uma guerra ou até de uma prova, mas ela contará uma piada. Também adora fazer referências de livros e filmes, e quando as pessoas fazem alguma coisa que parece com algum personagem, ela o chama assim.

É super risonha e alegre, está sempre com um sorriso amável no rosto, o que torna impossível não gostar dela. Não importa se ela está em um velório ou depressiva, brava ou triste, os seus olhos costumam lhe trair. A frase ''os olhos são as portas da alma'' definem muito bem a morena. Pode estar fazendo cara brava ou triste, mas seus olhos expressam uma alegria e felicidade inexplicável.

Curiosa e teimosa, a morena está sempre quebrando as regras. Ela não é submissa, e já provou isso de várias formas. Se ela ver uma placa com um aviso em letras vermelhas, ela irá para aquele lugar sem pensar duas vezes, como se fosse uma passagem só de ida para o mundo de Supernatural.


Cᴀʀᴀᴄᴛᴇʀɪ́sᴛɪᴄᴀs ғɪ́sɪᴄᴀs
𝓐 beleza de Adhara Ravenna Morgenstern muitas vezes fora comparada à de uma deusa lunar. As madeixas são castanhas, lisas até um determinado ponto, onde formam ondulações. Um aroma adocicado, algo relacionado à limão e morango, estão impregnados no cabelo. Os olhos são castanho-escuro, de uma coloração quase negra, sendo difícil identificar as pupilas. As sobrancelhas são finas, retas e estão sempre bem-feitas, os cílios longos e finos. Os lábios são rosados e carnudos na medida certa, tendo sempre um batom de cor forte, na maioria das vezes vermelho, os dentes brancos e bem alinhados. Seu corpo é avantajado, dona de nádegas, seios e coxas médias. Pesa 53kg e mede,1,69m








𝔈𝔦𝔷𝔞 𝔊𝔬𝔫𝔷𝔞𝔩𝔢𝔷


Esᴛɪʟᴏ ᴅᴇ ᴠᴇsᴛɪᴍᴇɴᴛᴀ





Sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ᴘᴇʀᴛᴇɴᴄᴇ ᴀ ϙᴜᴀʟ ᴄʟᴀ̃?
𝓔xilados


Qᴜᴀʟ sᴇᴜ ᴘᴀϙᴜᴇʀᴀ?
𝓒astiel, a reencarnação da TPM


Cᴏᴍᴏ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ʟɪᴅᴀ ᴄᴏᴍ ᴏs ᴍᴇᴍʙʀᴏs ᴅᴇ sᴇᴜ ᴄʟᴀ̃?
𝓞s membros de seu clã seriam seus únicos verdadeiros amigos. Se identifica com a maioria deles, principalmente os adolescentes ‘’rebeldes’’. Procura sempre protegê-los de outros clãs, não deixando ninguém com segundas intenções chegarem perto deles. Eles são sua única família, as pessoas que a ajudaram quando mais precisou, que a escutaram e deram um ombro amigo para chorar.


Cᴏᴍᴏ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ʟɪᴅᴀ ᴄᴏᴍ sᴇᴜ ᴘᴏᴅᴇʀ?
ℛaven aprecia o fato de poder transformar-se em qualquer animal. Acha uma habilidade muito útil quando está em apuros ou precisa escutar uma conversa muito importante sobre um determinado assunto. Apesar disso, inveja a força e o nível estratégico dos lobos, às vezes querendo ser um pouco parecida com eles.


Cᴏᴍᴏ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ʟɪᴅᴀ ᴄᴏᴍ ᴏ ᴘᴀϙᴜᴇʀᴀ?
𝓔nquanto muitos olham para Castiel com pena e receio em se aproximar, Ravenna simplesmente gosta do garoto.

Ama aquele jeito de badboy, mas sabe que por trás de toda aquela barreira há apenas um garoto solitário e que gosta de liberdade e independência.

Eles se dão muito bem, Castiel acha a garota meio louca com suas tiradas sarcásticas e por vê-lo como solitário e carente. Apesar desse fato, ele não tem receio de conversar com ela, achando-a uma boa pessoa para irritar.


Cᴏᴍᴏ ᴇ́ ᴀ ʀᴇʟᴀçᴀ̃ᴏ ᴅᴇʟᴇ ᴄᴏᴍ ᴏs ᴀᴍɪɢᴏs?
𝓢eus amigos foram quem a compreenderam e apoiaram suas ações após sua fuga. Os ama muito, sempre os protegendo de qualquer coisa. Tem orgulho de estar sempre ao lado deles. Faria, realmente, qualquer coisa por eles.


Cᴏᴍᴏ ᴇ́ ᴀ ʀᴇʟᴀçᴀ̃ᴏ ᴅᴇʟᴇ ᴄᴏᴍ ᴀ ғᴀᴍɪ́ʟɪᴀ?
𝓔la tem nojo de dizer que antes se orgulhava deles. A relação era horrível, eles a tratavam como um bichinho que deveria ser adestrado. Apesar disso, a morena os amava muito, sempre pronta para orgulhá-los. Sempre que fazia algo certo e ia mostrar para eles, seus pais batiam nela, dizendo que era apenas sua obrigação.


Cᴏᴍᴏ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ᴇɴᴛʀᴏᴜ ɴᴏ ᴄʟᴀ̃?
𝓐pós fugir de seu antigo clã, constituído por corredores e lobos, foi acolhida pelos exilados.


Cᴏᴍᴏ ᴇ́ ᴀ ʀᴇʟᴀçᴀ̃ᴏ ᴅᴇʟᴇ ᴄᴏᴍ ᴍᴇᴍʙʀᴏs ᴅᴇ ᴏᴜᴛʀᴏs ᴄʟᴀ̃s? Eʟᴇ ᴛᴇᴍ ᴀғɪɴɪᴅᴀᴅᴇ ᴄᴏᴍ ᴀʟɢᴜᴍ ᴏᴜᴛʀᴏ ᴄʟᴀ̃?
𝓐credita que há bondade até em criaturas tão impuras como os demônios. Os trata sempre bem, não tenho problemas com nenhum além dos Nidavelir, que prefere manter distância.


Pᴇʟᴏ ϙᴜᴇ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ ᴇ́ ᴄᴏɴʜᴇᴄɪᴅᴏ ɴᴏ ᴄʟᴀ̃ ᴇᴍ ϙᴜᴇ ᴘᴇʀᴛᴇɴᴄᴇ? Eʟᴇ ᴛᴇᴍ ʙᴏᴀ ᴏᴜ ᴍᴀ́ ʀᴇᴘᴜᴛᴀçᴀ̃ᴏ?
𝓔 conhecida por sua calma e compreensão na hora de tratar sobre assuntos importantes. Possui uma boa reputação.


Pᴏɴᴛᴏs ғᴏʀᴛᴇs﹐ ғʀᴀᴄᴏs ᴇ ʜᴀʙɪʟɪᴅᴀᴅᴇs ᴅᴏ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ
ℱortes — Ravenna é ótima em quase tudo que faz. Uma garota que ouve os amigos sempre sem julgá-los, com sorriso fácil.

ℱracos — Não consegue manter-se séria em assuntos importantes, sempre soltando uma piada que faz as pessoas rirem e se desconcentrarem.

ℋabilidades — Possui raciocínio rápido, boa lábia, ótima estrategista, perspicaz, ágil, sabe hackear computadores.


Mᴇᴅᴏs﹐ ғᴏʙɪᴀs ᴇ ᴛʀᴀᴜᴍᴀs
𝓟ossui medo de aranhas, altura, escuro, agulhas, objetos afiados, hospitais e cemitérios. Aracnofobia tornou-se um problema para ela, sempre evitando e suando frio quando vê esses bichos. Não gosta de ficar sozinha com homens, graças ao relacionamento abusivo que teve com um corredor chamado Jesse.


Vɪ́ᴄɪᴏs ᴇ Mᴀɴɪᴀs
ℛevirar os olhos quando ouvir algo inútil, óbvio ou desnecessário | franzir e arquear as sobrancelhas quando confusa | sorrir de lado sem motivo | batucar os dedos em uma estrutura sólida | fazer um coque e depois soltar o cabelo | apertar os olhos quando desconfiada | olhar para o chão antes de mentir.


Dᴇғᴇɪᴛᴏs
Psicológicos — É difícil lidar com Ravenna se você não tiver um bom psicológico. As constantes piadas de humor negro irritam todo mundo, raramente tem uma exceção. O altruísmo dela constantemente a deixa em situações perigosas, já que não agüenta ver um amigo sofrendo por algo sem ter que ajudá-lo, se jogando até na frente de um carro.

Físicos — Ela nasceu com um problema no pé esquerdo, sendo possível vê-la sempre mancando com aquele pé. Costuma quebrar sempre os braços, já que não para quieta no lugar. Ela não gosta da cor da sua pele, achando terrivelmente pálida, sempre usa blush.


Aʀᴍᴀᴍᴇɴᴛᴏs ᴘʀᴇғᴇʀɪᴅᴏs ᴘᴀʀᴀ ʙᴀᴛᴀʟʜᴀs
ℛavenna odeia qualquer tipo de arma, preferindo sempre seus poderes de corredora à uma lâmina. Usa sua força, agilidade e velocidade para parar o oponente enquanto pensa em uma estratégia, na maioria das vezes essa tática dá certo.


Sᴏɴʜᴏs ᴏᴜ ᴏʙᴊᴇᴛɪᴠᴏs
𝓢onha em um mundo onde retirantes e humanos caminham lado a lado, sem preconceito ou onde há sangue em cada beco.

𝓣em como objetivo tentar mudar o clã Nidavelir, acha aquela hierarquia horrível. As fêmeas precisam ser puras para obterem um pouco de respeito?


Fʀᴀsᴇ ᴏᴜ ᴛʀᴇᴄʜᴏ ᴅᴇ ᴍᴜ́sɪᴄᴀ ϙᴜᴇ ᴅᴇғɪɴᴀ sᴇᴜ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ
𝐵𝓊𝓉 𝐼'𝓂 𝑜𝓃𝓁𝓎 𝒽𝓊𝓂𝒶𝓃
𝒜𝓃𝒹 𝐼 𝒷𝓁𝑒𝑒𝒹 𝓌𝒽𝑒𝓃 𝐼 𝒻𝒶𝓁𝓁 𝒹𝑜𝓌𝓃
𝐼'𝓂 𝑜𝓃𝓁𝓎 𝒽𝓊𝓂𝒶𝓃
𝒜𝓃𝒹 𝐼 𝒸𝓇𝒶𝓈𝒽 𝒶𝓃𝒹 𝐼 𝒷𝓇𝑒𝒶𝓀 𝒹𝑜𝓌𝓃
𝒴𝑜𝓊𝓇 𝓌𝑜𝓇𝒹𝓈 𝒾𝓃 𝓂𝓎 𝒽𝑒𝒶𝒹, 𝓀𝓃𝒾𝓋𝑒𝓈 𝒾𝓃 𝓂𝓎 𝒽𝑒𝒶𝓇𝓉

𝑀𝒶𝓈 𝓈𝑜𝓊 𝒶𝓅𝑒𝓃𝒶𝓈 𝒽𝓊𝓂𝒶𝓃𝒶
𝐸 𝑒𝓊 𝓈𝒶𝓃𝑔𝓇𝑜 𝓆𝓊𝒶𝓃𝒹𝑜 𝒸𝒶𝒾𝑜
𝒮𝑜𝓊 𝒶𝓅𝑒𝓃𝒶𝓈 𝒽𝓊𝓂𝒶𝓃𝒶
𝐸 𝑒𝓊 𝓂𝑒 𝒶𝓇𝓇𝑒𝒷𝑒𝓃𝓉𝑜 𝑒 𝓂𝑒 𝒹𝑒𝓈𝓂𝑜𝓃𝓉𝑜
𝒮𝓊𝒶𝓈 𝓅𝒶𝓁𝒶𝓋𝓇𝒶𝓈 𝑒𝓂 𝓂𝒾𝓃𝒽𝒶 𝒸𝒶𝒷𝑒ç𝒶, 𝓈𝒶̃𝑜 𝒻𝒶𝒸𝒶𝓈 𝑒𝓂 𝓂𝑒𝓊 𝒸𝑜𝓇𝒶ç𝒶̃𝑜



Aʟɢᴜᴍᴀ ᴄᴜʀɪᴏsɪᴅᴀᴅᴇ ᴏᴜ ᴏʙsᴇʀᴠᴀçᴀ̃ᴏ sᴏʙʀᴇ ᴏ ᴘᴇʀsᴏɴᴀɢᴇᴍ?
ℛavenna foi vítima de um casamento arranjado com apenas dezoito anos, seus pais achavam que era uma ótima idade para casar-se e ter seus filhotes saudáveis e fortes. Um dia após a noite de núpcias o homem, Jesse, fora encontrado morto com marras de garras no abdome. Apesar de não ter sido ela a assassina, se sente indiferente sobre esse fato, já que não amava o homem.


Cʜᴀᴠᴇ
𝓖irls can do everything


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...