Ficha Organização Wanny's


Postado

Nome completo:

Lúcifer Morningstar

Idade:

Aparenta estar entre o fim dos vinte anos ao meio dos trinta, embora sua real idade deva ser contada em milênios, não em anos.

Data de nascimento:

13 de agosto do calendário cristão, porém quando nasceu esse tipo de calendário ainda não vigorava.

Sexualidade:

Pansexual ativo (embora a maioria de suas relações sexuais se dê com mulheres, no plural).

Você é:


Mosthar (X)
Beta ()
Alpha ()
Aprendiz ()

Aparência e descrição:

Lúcifer é dotado de charmosíssimos olhos castanho-avermelhados, que são capazes de lançar olhares tanto charmosos, sedutores e atraentes, quanto intimidadores e sinistros, principalmente quando estes tornam-se vermelho vivo, coisa que acontece quando o mesmo se enfurece, ou decide revelar sua forma de feiticeiro à alguém, o que faz com que tenha lapsos de uma aparência monstruosa na visão de seu observador, podendo facilmente paralizar de medo um humano comum ou caçador inexperiente.
Seus cabelos são negros como o ébano, portados em um elegante e fino corte curto e bem delineado, lisos e macios ao toque, embora mesmo elegantes, tenham por vezes uma aparência propositalmente despenteada, de maneira à agregar-lhe o charme de um ar despojado e juvenil, o que só aumenta o quanto é atraente.
Seu corpo é naturalmente mesomorfo (sem tendência para perda ou ganho excessivo de gordura, mantendo sempre uma aparência de meio termo) e em forma pelos exercícios praticados por este, tem uma pele bem cuidada, com algumas poucas rugas de expressão que geram nele uma aparência mais madura e viril quando combinadas à sua charmosa barba por fazer e ao seu tênue sotaque britânico.




Personalidade:

Sereno, atraente, charmoso e plenamente consciente disso, Lúcifer costumar portar-se com um ar e presença de extrema confiança, às vezes até mesmo arrogância pura, parte disso por culpa de seus poderes sobrenaturais imensos, sua imortalidade e seu dom para convencer humanos à agir conforme sua vontade.
Devido à isso, Lúcifer tem plena confiança no sucesso de tudo o que faz, independentemente dos obstáculos que procurem se fazer presente, e não mede as consequências de seus atos e atitudes, agindo por vezes de maneira confiante demais, até mesmo prepotente.
Nas raras ocasiões em que Lúcifer não consegue obter o que quer, mostra possuir um controle notável de seu temperamento, muitas vezes vendo tais acontecimentos e falhas não com frustração ou fúria, mas com curiosidade e diversão, outro subproduto de sua imortalidade.
É preciso muito esforço (ou ataque à alguém que ele preze ou necessite no momento) para de fato enfurecer Lúcifer, mas, quando isso acontece, ele instantânea e sadicamente libera sua fúria sobre o responsável, disparando o Inferno contra ele se necessário, em uma fúria que só cessa ao ter o sangue do responsável por causá-la em suas mãos.
Devido à sua longevidade e grande poder, Lúcifer está completamente fora de sintonia com as normas éticas e morais do mundo humano - na verdade, opta por ignorá-las - e, como resultado, tende à ser brutalmente sincero com os humanos, sendo visto por aqueles que não o conhecem como sarcástico, rude, insensível e inadequado, mas, mesmo assim, contam todos os seus segredos à ele devido ao seu poder de manipulação.
Lúcifer é ninfomaníaco e viciado em sexo e outras atividades luxuriosas, além de extremamente atraente e magicamente sedutor, fazendo com que a esmagadora maioria das mulheres e de homens com a menor tendência homossexual o achem sexualmente irresistível.

Historia:

Lúcifer nasceu à milênios atrás fruto de um brutal estupro de uma mulher pobre e com pouquíssimas condições, porém belo corpo, belo o suficiente para chamar a atenção de um bêbado imprestável e desempregado, sem condições para sequer conquistar uma mulher, mas com força física o suficiente para subjugar uma. E, desse ato horrível, um fruto foi gerado, Lúcifer.
A mãe de Lúcifer tentou abortar a criança maldita, símbolo das piores recordações de toda a sua vida, com todas as técnicas arcaicas que a pífia ciência da época permitia imaginar, porém, sem sucesso algum, e morreu durante o parto da criança, efetuado pela própria avó de Lúcifer.
Vendo naquela criança todo um símbolo de impureza, pecado, brutalidade e profanidade, a mãe de Lúcifer tentou matá-lo, porém, querendo ou não, o ser ainda era um bebê, e a velha mulher não teve a coragem necessária para fazê-lo de fato, e acabou vendendo o garoto para um mercador de escravos qualquer.
Tal mercador de escravos foi atacado por um grupo de feiticeiros durante uma das viagens, perecendo rapidamente nas mãos do grupo, formado por Betas e um Mosthar, que tinham como objetivo utilizar os escravos capturados para sacrifícios e rituais, porém, o Mosthar ancião notou o potencial daquele bebê e decidiu não só poupá-lo, mas treiná-lo na arte da magia.
Com o passar do tempo, Lúcifer foi se provando um aluno cada vez melhor, com talento inato para magia e feitiçaria, além de inabalável concentração e aprendizado extremamente veloz, treinou por décadas com aquele grupo, que por vezes se desfazia de seus membros, porém o líder Mosthar e Lúcifer continuavam como sempre, inabaláveis.
Um tempo depois, porém, Lúcifer se apaixonou por uma garota humana, e o líder Mosthar, vendo naquele sentimento uma fraqueza em potencial de seu aluno de ouro, mandou que seus lacaios feiticeiros assassinassem a humana. Lúcifer, porém, descobriu o ato de crueldade, e, em um ataque da mais pura fúria, assassinou todos os Betas e até mesmo seu mestre Mosthar, coincidentemente, isso ocorreu na mesma época da popularização do cristianismo, e Lúcifer - até então um ser sem nome - adotou o nome do anjo caído após matar o Mosthar, se firmando como o próximo.
Lúcifer viveu o passar dos séculos ganhando cada vez mais fama e poder, além de recrutando um grupo grande de feiticeiros extremamente habilidosos. Hoje em dia, Lúcifer é dono da maior e mais popular boate de todo o país, a Lux, e esconde sua raça, sempre cercado de seguranças feiticeiros habilidosos e de vampiros e humanos mercenários, é o incógnito mais famoso do país.
É famoso por ceder "favores" (sempre sem uma data definida, deixando o afetado com uma "dívida" com ele) com seus contatos poderosos para todo o tipo de pessoas, artistas que buscam fama, pessoas que buscam dinheiro ou mulheres e até mesmo vampiros, feiticeiros e caçadores em busca de poder ou de algo em especial.

Família:

Não possui ninguém que considere "família" viva.

Par?

Disponível, embora Lúcifer seja mais do tipo de romances de uma noite do que de relacionamentos sérios.

Habilidades:

Sua mera presença é suficiente para baixar consideravelmente as inibições de qualquer um, induzindo-os à mostrar sua verdadeira natureza e revelar seus verdadeiros desejos e pecados, por mais sórdidos e sujos que sejam, e por mais que a pessoa até então esperasse nunca revelá-los.
Além disso, tem um dom mágico para manipular e controlar suas vítimas, fazendo-as julgar precisar de algo que não precisam, lutar por algo que não lutariam normalmente, e até lembrar de coisas que não aconteceram. Não costuma entrar em combate, e sim mandar que seguranças ou mercenários façam o trabalho sujo, porém, em batalha, costuma usar predominantemente a Absorção, inibindo as habilidades de seus oponentes e sugando seu vigor físico e mental.

Gosta e desgosta:

Gosta de sexo, de todos os tipos e com variados números de pessoas (normalmente com várias mulheres, que costumam ter mais atitude) e nos mais variados locais, com fetiches à vontade e uma fome por sexo quase insaciável, tornando raras as vezes em que ele se sacia com apenas uma pessoa.
Além do sexo, que é o principal, sente interesse por todas as atividades pecadoras num espectro geral, desde apostas em altas quantias de dinheiro, até exageros em gastos e ostentação (notável pelo ambiente finíssimo da Lux) somados à um gosto culinário refinado e caro.
Não suporta pessoas religiosas demais ou fanáticas, que tentam creditar seus deuses ou crenças sobre qualquer acontecimento em suas vidas, atribuindo todas as coisas boas ou "pedras no caminho" como presentes ou provações de Deus, e atribuindo à demônios ou outras entidades seus próprios erros e pecados.

Segredos?

Acho que não, se eu lembrar ou pensar em algo, mando por MP.

O que você acha dos humanos e dos vampiros:

Por ser extremamente poderoso, além de conhecido, respeitado e até temido por vampiros e até mesmo caçadores, que receiam em mexer muito diretamente em seus domínios pela cidade, são poucos os vampiros e caçadores que o afrontam diretamente, visto que ele não costuma causar danos significativos à nenhum dos dois lados, pelo contrário, cede seus valiosos "favores" à ambos.
A maioria dos clãs de vampiros orienta seus membros à evitarem confrontar Lúcifer, e até mesmo caçadores são orientados à não interferir sem aviso prévio de maneira brusca demais nos negócios do feiticeiro. Humanos, no entanto, que não estão cientes da condição do feiticeiro, são a diversão de Lúcifer, gosta de vê-los pecando e saciando seus desejos egoístas, não é atoa que é dono de uma boate com strip-tease.

Está ciente que posso fazer tudo que eu quiser com seu personagem? Até mesmo matá-lo?

100% ciente.

Algo mais?

Alguns dos hobbies mundanos de Lúcifer são o piano e colecionar bebidas.

Palavra chave:

V.F Naraka


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...