~Empedernida

Empedernida
Auden - Lua Miá
Nome: 》{ണi}ℓℓene《 м¡łłε ✧ [ℳ𝓲𝓵]𝓀𝓈𝒽𝒶𝓀𝑒 ✧ Milмɪᴀᴜ ↫ 𝔉00+bies ↠ Lɑurɑ ✧ Cατ
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Sapiranga, Rio Grande do Sul, Brasil
Aniversário: 2 de Março
Idade: 15
Cadastro:

Jealous n' Crazy


Postado



"Eu não vou ficar triste, você não vai me deixar triste. Isso de ficar triste vicia e faz mal pra pele."



Michelle Trachtenberg as Mark Waltor


❖ 𝓝𝓸𝓶𝒆: Mackenzie Isabel Waltor
⌦ Significado de Mackenzie: Filha de um governante sábio; nascida do fogo.
⌦ Significado de Isabel: Casta; pura; Deus é meu juramento; consagrada a Deus; que se dedica a Deus; devotada a Deus; promessa de Deus.


❖ 𝓐𝓹𝒆𝓵𝓲𝓭𝓸𝓼:
⌦ Kenzie, Mack, Mark e Mazie.


❖ 𝓘𝓭𝓪𝓭𝒆:
⌦ 16


❖ 𝓓𝓪𝓽𝓪 𝓭𝒆 𝓷𝓪𝓼𝓬𝓲𝓶𝒆𝓷𝓽𝓸:
⌦ 01/01 – Aquariana.


❖ 𝓐𝓹𝓪𝓻𝒆̂𝓷𝓬𝓲𝓪:

⌦ Olhos azuis chamativos que são camuflados pelos seus cabelos castanhos e sua pele pálida. Mark não é o tipo de garota que chama atenção e você não irá achá-la linda no primeiro passar de olhos, mas se parar para analisar a garota, verá uma beleza diferente. Com um nariz que ela acha grande demais e bochechas gordinhas ela não acha que seja lá grande coisa, mas sabe que não é de se jogar fora. Seu amor próprio não é facilmente abalado, Mark é linda do seu jeito. Seus seios são grandes e na maior parte do tempo fica difícil não achar uma blusa onde fica "exagerado demais", o corpo não é lá essas coisas. Suas mãos são delicadas e macias, mãos de quem nunca teve que trabalhar duro, pois seus pais sempre deram do bom e do melhor para a filha.



❖ 𝓟𝒆𝓻𝓼𝓸𝓷𝓪𝓵𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆:



(Bem, você pode dizer a Jesus que a cadela está de volta. Isso é engraçado porque eu me sinto mais como eu do que nunca)

⌦ Mark não é nada forte e durona, mas fala e faz o que bem entender. É bastante mimada e isso se vê logo que a conhece, mas é uma boa pessoa se você está disposto a conviver com esse jeito dela, não costuma quebrar regras ou se rebelar contra algo, pois seus pais sempre a deixaram fazer o que quisesse e por serem tão liberais, Mark já está acostumada a poder fazer tanta coisa errada que acaba por não fazer nada. Seus pais nunca saberiam dar um castigo apropriado para ela, assim como Mark não consegue imaginar o quê exatamente seus pais tirariam dela.



Tem uma personalidade um tanto contraditória e não saberia se definir ao certo, sendo assim bem difícil de lidar com os vários jeitos da garota. Sua paciência é quase total, muitas vezes confundida com falta de preocupação e responsabilidade, mas ela apenas não gosta de perder tempo se estressando, isso dá rugas. Ela também é bem vaidosa, com exceção de quando está deprimida. A primeira vista ela parece ser alguém bem fútil, porém essa percepção muda quando você a conhece de verdade. Está sempre sorrindo, sorri ao falar, sorri ao concordar e, por mais estranho que seja, sorri enquanto chora (quando alguém diz algo fofo ou ela lembra de algo bom).



Mark pode ser considera bipolar e apesar de não ter sido diagnosticada até seus pais acham que ela tem algo, pois a garota muda de personalidade facilmente e do nada. Quando questionada sobre isso Mark explica que seus pais são completos antônimos, e por ter puxado aos dois em suas personalidades é como se houvessem duas Mackenzie dentro dela. Dependendo do dia você vai lidar com uma Mackenzie totalmente megera e fria, super indiferente e no outro vai estar lidando com uma Mackenzie ciumenta, apegada, espalhafatosa e doce. Literalmente uma garota de fases, como a lua. Depende de como você será com ela, para então ela ser alguém com você. Ela costuma ser bem amigável com todo mundo, mas ela sempre guarda as primeiras impressões e caso você cause uma ruim terá que ser muito decidido para fazê-la esquecer-se e não te julgar sempre pelo ato.



Você vai achar que ela confia em ti, por ela nunca hesitar em falar coisas na sua companhia, mas não se engane, preste atenção e irá ver que nada que ela fala é realmente relevante, o dia em você souber algo verdadeiramente significativo sobre ela, entenda, ela confia plenamente em você, por mais pequeno e bobo que seja o que você sabe. Mark costuma se apegar a pequenas coisas, acredite, ela acredita que todo mundo precisa de alguma coisa simbólica.



Nem que seja um palavra, um objeto, um lugar, uma frase, um livro, filme, série ou referência. Você tem que perceber sozinho o que para ela é simbólico, porque se usar essa coisa que importa para ela com outra pessoa, isso que é praticamente o significado da amizade de vocês, me escute bem, vai perdê-la. Vai perder ela e sua amizade para sempre.

Apesar de não ser o tipo vilã Mark tem um jeitinho que faz com que você esqueça do que ela é capaz, a garota é ótima em persuadir, com poucas palavras faz você acreditar que está fazendo aquilo porque quer e não porque ela está te pedindo e como o esperado é bem difícil convencê-la a fazer algo que não quer, sua teimosia é um defeito bem marcante e conhecido. Sabe mentir muito bem, o segredo está em acreditar na mentira, ela também tem mãos leves, um hábito que surgiu dentro de casa quando tentava roubar as coisas da sua irmã mais nova, Angel. Mark não gosta de liderar, mas por tirar ótimas notas e ser uma boa aluna, todos parecem sempre querer ela no grupo, ditando o que devem fazer. Odeia isso e faz a maioria dos trabalhos sozinha. Ela não vê problemas em seguir ordens e regras, mas se em algum momento acha que estão erradas, irá desobedecer sem pensar duas vezes.


Por ser uma boa aluna é a queridinha de muitos professores e uma das poucas alunas que ainda tem uma ficha limpíssima, sempre sobra para ela. Se os amigos vão fazer algo errado, ela tem que encobrir, ela tem que enrolar os professores, ela tem que arcar com as consequências porque segundo seus amigos ela é a Mackenzie e para ela "o castigo sempre será menor". Tem um QI impressionante, uma fonte de conhecimento estarrecedora e desde pequena esbanja conhecimento. Com certeza é uma das melhores da turma e isso não sabe ao certo de quem puxou, mas um dos seus pais biológicos.



Mark sabe se defender, tanto verbalmente quanto fisicamente, por ler muito pegou gosto por bestas, única arma que sabe manusear de verdade, mas por ser grande demais, quando está com medo ela sempre opta por uma boa e velha faca que tem guardada na gaveta do seu criado mudo. Não poupa sua percepção aos outros, vive sempre a observar detalhes pequenos e quase imperceptíveis, ela observa desde algo muito grande caindo até um pequeno tremor dos olhos ou movimentos dos dedos. É como observa os pontos fracos na pessoa. Ela costuma ser o tipo de garota que só late, mas nunca morde. Em sua defesa ela fala diz que nunca mordeu porque nunca foi preciso, suas ameaças e seu olhar mortal bem lançado faz com que qualquer um recue dois passos.



No quesito amizade, bem, poucos tem paciência para enfrentar sua natureza mimada e por isso tem poucos amigos, os que têm já estão tão acostumados que apenas reviram os olhos e as vezes até riem. Ela é o tipo que aceita qualquer loucura, qualquer mesmo, tudo para ter alguns minutos de longas risadas e lágrimas de felicidade.







❖ 𝓞𝓬𝓾𝓹𝓪ç𝓪̃𝓸:


⌦ Fotografia, teatro e clube do livro, Mark adora se manter ocupada.


❖ 𝓢𝒆𝔁𝓾𝓪𝓵𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆:
⌦ Heterossexual


❖ 𝓓𝒆𝓼𝒆𝓳𝓪 𝓟𝓪𝓻?
⌦ Fica a seu critério


❖ ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸 𝓹𝓪𝓻:

⌦ Ela é bem espontânea com ele, sabe fazê-lo sorrir. Seu jeito mimado e louco de ser provavelmente irá diverti-lo e sua bipolaridade e dias frios vão confundi-lo. Irão ser parecidos em muitas coisas e antônimos em muitas outras. Mark não irá ser o tipo melosa, nada de “desliga primeiro”, acha isso desnecessário, nada de limpar o canta da boca do outra, acha isso nojento, nada de ficar se agarrando sempre que vão ao cinema, acha isso patético. Apesar de tudo isso, ainda gosta dos garotos que abrem a porta do carro, que dão a mão para ajudá-la e pagam a conta do restaurante. Ele não irá ser perfeito, porque Mark odiaria um garota romântico demais ou frio demais, quer alguém que irá brigar com ela, irá discutir muito porque ela não é nada fácil de se lidar, alguém que vai dizer “Mackenzie você está passando dos limites, chega.” sem medo de magoá-la, alguém que entenda que ela tem amigas e permita que a mesma saia com elas sozinha para festas. Não vai tolerar que o cara tente mandar na sua vida. Mark é o tipo de garota que não se importa de ir ver o jogo de futebol do namorado, não importa de sair junto com os amigos idiotas dele, quer até ser amiga dos amigos dele. Mackenzie gosta de ser surpreendida e gosta de surpreender, é o tipo que dá importância a coisas banais e pequenas, simples detalhes, mas jamais irá negar algo grande e incrível. Vai apoiá-lo mesmo que não concorde, deixando claro os motivos para não concordar, vai estar com ele nos piores momentos, mas também vai saber a hora de deixar ele sozinho e quieto. Vai discutir com ele por qualquer bobagem e logo depois estarão pedindo desculpas e rindo como dois idiotas. Não será ciumenta demais, porém também não vai deixar passar qualquer coisa, o namorado é dela. Uma única coisa que ela acha essencial é: que seja amigo dela antes de tudo. Não adianta o garoto aparecer e duas semanas depois se dizer apaixonado por ela. Quer alguém que faça ela se sentir boba, que faça ela sorrir sozinha e sentir borboletas no estômago. Quer alguém que não conte para ela que a ama, alguém que a conquiste primeiro. Mas principalmente que alguém não se aproxime dela já com segundas intenções, quer alguém se aproxime dela como amigo mesmo.



❖ ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸 𝓚𝓻𝓲𝓼𝓽𝓸𝒇𝒇:
⌦ O mais próximo de uma conversa provavelmente aconteceu quando tiverem que fazer algum trabalho escolar em um grupo ou quando por acaso um dos seus amigos em comum fazia alguma festa, nunca foram muitos amigos e nem sequer sabem muito um sobre o outro. Só de Mark saber o nome do garoto já é uma grande conquista. Mark acha o garoto meio imaturo demais, do tipo que não leva nada a sério, porque ele tem aquele problema com primeiras impressões e a primeira impressão que Kristoffer passou para ela não foi nada boa.


❖ ℱ𝓪𝓶𝓲́𝓵𝓲𝓪:

Esther Waltor (Lana Parrilla, 42 anos, mãe adotiva, advogada)

Esther tem cabelos pretos sempre cortados na altura dos ombros, uma postura ereta e andar confiante, sorriso irônico e olhos pretos de águia. O fato de não poder ter filhos sempre há fez se achar menos mulher do que as outras, mas seu marido sempre apoiou a ideia de adotarem e foi assim que conheceu a pequena Mark. Toda petulância e segurança que que Mark exala, acredite, puxou da sua mãe. Ambas tem um relacionamento conturbado pois são muito parecidas e sempre acabam brigando, mas uma hora depois estão conversando normalmente como se nada houvesse acontecido. Se amam muito e Esther tem muito orgulho de Mark.


Clive Waltor (Chris Evans, 45 anos, pai adotivo, ex-jogador de futebol americano)

Cabelos loiros esbranquiçados, sorriso maroto, olhos azuis claros e humor de adolescente é o melhor jeito de definir Clive, o que sua esposa tem de séria, ele tem de piadista. É o tio que faz piada de qualquer coisa nas reuniões familiares e apesar de as vezes isso irritar Esther, ela não só está acostumada como também já se livrou de muitas coisas pelo dom que seu marido tem de desviar de assuntos sutilmente. Clive é completamente louca pela esposa e sua paixão por ela só aumentou ao longo dos anos, acha sexy o modo como ela é controladora e facilmente irritável.Suas filhas são sua prioridade número um após a esposa e não deixa qualquer um se aproximar com segundas intenções perto das suas garotinhas, para ele nenhum homem será bom o suficiente para uma delas. É geralmente para Clive que as garotas pedem as coisas porque basta fazer uma carinha manhosa e o mesmo já se dá por vencido.


Angel Waltor (Ciara Baxendale, quinze anos, irmã adotiva, estudante)

Dona de fios ruivos invejáveis, lábios pequenos, sorriso largo e jeitinho de moleca Angel é carinhosamente apelidada de "foguinho" pelos pais e "pirralha" pela irmã mais velha. Ambas discutem sempre que ficam mais de cinco minutos no mesmo ambiente, tudo porquê ambas são completamente o antônimo uma da outra, enquanto Mark é vaidosa e mimada, Angel é mais relaxada, não gosta de se arrumar demais e chama a irmã de falsificada. Apesar de tudo Angel já perdeu a conta de quantas vezes sua irmã foi na escola ameaçar garotas que faziam bullying com a mesma por ser orfão e ruiva, assim como Mark já perdeu as contas das inúmeras vezes, após términos de namoro e brigas com as amigas em que Angel foi seu ombro amigo mais confortável e a melhor conselheira que já teve. Elas são muito ligadas, mas brigam o suficiente para parecem se odiar.


❖ 𝓖𝓸𝓼𝓽𝓸𝓼:
⌦ Filmes e livros clássicos, palavras difíceis, nomes diferentes, línguas poucos conhecidas, teorias bizarras e loucas (como a da terra louca), filmes de ação e comedia; Doces, gatos, aturar, ser o centro das atenções, ser famosa, tudo sendo tão perfeito quanto ela planejou; Tudo em suas mãos, chuva, neve, pentear o cabelo, ouvir música. Comer e não engordar, observar e ouvir; Apostar, chocolate meio amargo, cheiro de asfalto molhado, trovões, tempestades, relâmpagos, vento, frio e inverno; Flores, principalmente rosas vermelhas, dama da noite, algodão e tulipas; Passarinhos, som de passarinhos cantando, corujas, aves de rapina; A família, homens com blusa de gola alta, Pop e Country, comédias românticas, dormir pelada; Café com canela, café, bolo de café, bala de café, qualquer coisa com café, sorvete, picolé, sorvete com café bem quente, brigadeiro de panela, bolacha recheada, coxinha; Andar de pé descalço, animais, principalmente cachorros; Brócolis, sair andando de madrugada, andar a pé, olhar vitrines, usar cachecóis; A lua, estrelas e universo.


❖ 𝓓𝒆𝓼𝓰𝓸𝓼𝓽𝓸𝓼:
⌦ Beber e vomitar; odeia quando a tratam como uma criança; não gosta de churros, nem de misturar doce com salgado. Não gosta de melão; pessoa arrogantes, nem que tentem obrigá-la a fazer algo. Usar sandálias; palhaços; calor; filme de terror; errar; traições e danificar o cabelo. Errar, não chamar atenção, muito calor, fazer a escolha errada, ser fraca e chorar na frente de outras pessoas.


❖ 𝓐𝓵𝓰𝓸 𝓶𝓪𝓲𝓼?
⌦ Mark ao contrário de Angel, sua irmã, não lembra de nada sobre o orfanato, além do fato de ser muito pequena naquela época alguns médicos confirmaram que o subconsciente da garota havia bloqueado de algum modo aquelas lembranças, e as mesmas poderiam voltar de repente como flashes, mas logo passariam. Angel já ficou muito tempo no orfanato, saiu de lá apenas com nove anos e por isso se lembra de muita coisa.





Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...