~Mike-

Mike-
Lost Boy.
Nome: Michael
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Aniversário: 3 de Março
Idade: 18
Cadastro:

Gregory Wondrak - Age Of Heroes.


Postado


Nenhuma pessoa poderá enxergar mais do que seus dois olhos podem ver.
Nome:
Gregory Wondrak.

Codinome de Herói:
Ray.

Apelido:
Greg.

Idade e Aniversário:
16 anos. - 25/05/1999.

Orientação Sexual:
Homossexual.

Aparência: (Somente aparência real e com descrição)





Dono de um rosto quadrado, Greg possui lábios finos, olhos verdes e a pele branca. Seus cabelos são castanhos, geralmente num corte militar, porém, vez ou outra ele os deixa crescer e os penteia de modo a formar um topete. Tem um corpo de atleta, isso por conta de todos os esportes e os exercícios que adora praticar. Seus ombros são largos, característica de qualquer nadador. Não é muito alto, possuindo algo em torno dos 1,70 centímetros, o que atualmente é considerado mediano. Exibe músculos por todo o corpo, porém nada muito exagerado. Ele é um tanto seguro quanto seu corpo e não tem nenhum receio de mostrá-lo.

Personalidade:
Greg é o tipo de pessoa carismática e extrovertida. Adora conversar e ouvir as pessoas, tem uma facilidade muito grande em fazê-las rir e sorrir. Na verdade ele adora a sensação de fazer alguém rir. Sempre faz alguma piada, não importa o quão sério seja o momento e as vezes as pessoas podem não gostar disso.
Embora sua infância tenha sido cheia de mimos, Greg é uma pessoa que da valor a coisas simples. Geralmente, atitudes ou objetos simples são apenas isso, para as pessoas. Porém para ele tem um grande significado, ele vê um significado em tudo.
Ele não liga muito para o que as pessoas sentem em relação a ele, muitas vezes se alguém não quer falar com ele, irá respeitar e se afastar. Não irá invadir o espaço de uma pessoa que não o quer por perto. Porém, com as pessoas que gostam dele, ele costuma ser bem invasivo.
Não é daqueles que querem os holofotes sobre sua cabeça, mas as vezes pode ser confundido com esse tipo de gente. Muitos podem acha-lo forçado, nem todos gostam de ser amigo de todo mundo, mas ele gosta e as pessoas podem confundi-lo.
Não foge de discussões, mas prefere evita-las. Quando não gosta de uma pessoa, ele não tem problema em falar isso para ela, porém de maneira educada. Prefere não ter contato com elas do que fingir alguma coisa.
É uma pessoa bem insistente, se ele quiser alguma coisa, vai lutar por ela até o fim. É do mesmo jeito com as pessoas, se quer saber algo ele irá pegar no pé dela e isso pode chateá-las.
Tem seu lado ruim também e o dele é ser muito cabeça dura e teimoso. E embora ouça o que os outros dizem, prefere fazer as coisas de seu próprio jeito. É orgulhoso e se alguém lhe chatear, ele não ira tentar contato nenhum com a pessoa, caso ache que está certo. É ela quem terá de vir até ele e pedir desculpas. Também é um tanto competidor, vai sempre tentar fazer algo melhor do que os outros e isso pode lhe subir a cabeça em algumas ocasiões.

História:
Filho de um casal muito humilde do Canadá, Gregory fora colocado num orfanato poucos dias depois de nascer. Seus pais não tinham uma condição financeira muito boa, não podiam alimentar mais uma pessoa. Por ser tão novo, não demorou para que um casal o quisesse adotar. O casal tinha uma condição muito boa e liberando um pouco de seu capital, puderam agilizar o processo de adoção.
Sua mãe adotiva era empresária e dona de uma gravadora bem sucedida e seu pai um musico indie. Os dois se conheceram na própria gravadora. Emma, a mãe adotiva, ouviu as músicas que Matthew, o pai, escrevera e se apaixonou por elas e mais tarde por ele. Casaram e tiveram o primeiro filho, Tyler. Sempre sonharam em ter dois filhos, porém uma doença fez com que Emma não pudesse mais engravidar. Foi então que recorreram a adoção, quando Tyler tinha doze anos.
A infância de Gregory fora normal. Estudava, brincava e até mesmo fazia algumas travessuras. Sempre gostou de praticar esportes e, ao contrário de muitos garotos de sua época, odiava vídeo-games. A relação com os pais também era muito boa, os amava como se fossem seus pais de verdade. Ele sempre soube que era adotado, pois seus pais não escondiam isso, mas a relação era exatamente igual a de qualquer outra família. Tyler era seu melhor amigo, sem dúvida. Os dois até tinham uma banda junto com dois amigos do irmão mais velho. Gregory era o vocalista, embora tivesse apenas dez anos na época. Cantavam em festas de amigos e em eventos escolares, e a curiosidade quanto a banda ter um vocalista muito novo, era o que os impulsionava.
Mas a vida normal começou a desandar quando completou doze anos. No dia em que fez sua festa de aniversário, enquanto segurava as mãos de sua mãe em seu quarto, algo percorreu seus braços e, pelo que deduziu, atingiu sua mãe, já que ela começou a sentir dores e acabou desmaiando. Ele a havia atingido com raios ultravioletas. Como qualquer criança normal, Gregory ficou desesperado e foi pedir ajuda a seu pai. A mulher foi levada ao hospital e pouco tempo depois, diagnosticada com câncer. Os médicos deixaram claro, desde o começo, que o quadro dela era grave e que as chances de ela sobreviver eram muito poucas. Emma pediu para que Matthew, não contasse isso aos seus filhos, principalmente a Greg, pois seria muito doloroso para eles saber que a mãe morreria.
Como previsto pelos médicos, o pior aconteceu. E isso afetou profundamente a Gregory. Tanto que o fez fugir de casa, sentindo-se culpado com a morte da mãe. Enquanto ela estava no hospital, coisas estranhas começaram a acontecer com o garoto. De repente, ouvia músicas, sem haver algum aparelho ligado por perto. Depois, algo parecido com uma notícia. Foi durante essa notícia, quando disseram o nome de uma rádio, que ele descobriu o que estava ouvindo. E ele sabia que isso estava relacionado ao que tinha feito a sua mãe.
Não havia feito planos, simplesmente pegou uma mochila com roupas e fugiu. Entrou na traseira de um caminhão de lenha e seguiu, clandestinamente, com ele até que parou. Desceu no lugar, que mais tarde descobriu se tratar de New York. No início, passou a viver de pequenos ganhos cantando em praças, mas sabia que não poderia viver daquilo. Seus poderes estavam se manifestando com mais frequência, e sentia-se perigoso para as pessoas. Precisava de quatro paredes para protegê-las de si mesmo. Anos se passaram e infelizmente não conseguiu progresso algum, continuava a dormir e a viver em becos. Precisava do dinheiro doado para comer, além de ser muito pouco para alugar algo. Já chegou até a pensar em cometer algum crime para ser preso, mas não tinha coragem para fazer aquilo. Foi quando encontrou um folheto e resolveu arriscar, já que era sua única saída.

Poderes:
▸ Radiação eletromagnética (Principal): Emissão, formação, controle e absorção de ondas eletromagnéticas. A frequência da radiação determina o tipo de efeito. É classificada de acordo com a frequência da onda, em ordem crescente: ondas de rádio, microondas, radiação infravermelha, luz visível, radiação ultravioleta, raios X e radiação gama.
Absorvendo ondas de rádio, ele consegue ouvir o que está sendo transmitido. Emitindo, ele é capaz de enviar mensagens. Também é capaz de desviar as ondas, controlando quem as recebe. As microondas funcionam exatamente da mesma forma, só que com sinais de TV e transmissões telefônicas via satélite.
Absorvendo as ondas infravermelhas de algo, consegue dizer se o objeto é um ser vivo, desde que este emita calor (o que é o caso de todos os animais, com exceção dos repteis), além de conseguir sentir quando alguém mente, por conta da variação de calor. Ao emitir, consegue enviar comandos a aparelhos que utilizem da radiação infravermelha.
Consegue controlar a radiação visível, também chamada de luz visível, com isso é capaz de criar ilusões e hologramas, feixes de luz que, dependendo da intensidade, pode queimar. É capaz de dar forma a luz, podendo moldar coisas, como campos de força, armas e outros objetos (seu favorito são arcos e flechas). Pode controlar a trajetória da luz, de modo que possa deixar a si ou a objetos invisíveis.
Ao emitir raios ultravioletas, é capaz de causar ulcerações e são invisíveis ao olho humano.
Os raios x tem utilidade limitada, ao emiti-los, é capaz de ver o que existe através de um objeto.
Os raios gamas são os mais perigosos, porém nunca utilizados, pois ainda não domina essa parte. Eles causam danos irreparáveis as células. Um bom exemplo disso são as bombas nucleares, que ao explodir, emite esse tipo de radiação.
▸ Força e agilidade elevadas (Secundários): Ao absorver energia de radiação visível, sua força e agilidade se tornam maiores por algum período de tempo.

✖✖✖✖✖✖

Segredos?
Sim, apenas um.

Do que gosta?
▸ Assistir a séries e filmes.
▸ Observar as estrelas.
▸ Ouvir músicas.
▸ Desenhar.
▸ Animais.
▸ Clima frio e chuvoso.
▸ Esportes.
▸ Explorar novos lugares.
▸ Jogos de raciocínio e estratégias, como de tabuleiros e cartas.

Do que não gosta?
▸ Lugares fechados e apertados.
▸ Calor.
▸ Pessoas convencidas.
▸ Pessoas egoístas.
▸ Aranhas.
▸ Insetos.
▸ Mar.
▸ Vídeo-games.

Hobbies:
Cantar, tocar violão e guitarra. Devido influências familiares. Seu estilo é o indie, alternativo, pop e pop-rock.
Estudar física. Ele é um amante da física, isso por conta de seus poderes.
Adorar praticar exercícios, não dispensa acordar cedo para fazer correr ou fazer outros tipos de exercícios.
Apostas. Ele está sempre propondo apostas à seus amigos, geralmente apostando sobre algo do cotidiano, como quem perde em algo ou se aquele amigo consegue ou não ficar com uma garota.
Sempre gostou de cozinhar, ajudava sua mãe na cozinha sempre que podia. E sempre que pode, mostra seus dotes culinários para as pessoas que gosta.

Quer par?
Se possível, sim.

Manias?
Comprimir os lábios quando não sabe o que falar ou se sente desconfortável.
Morder o lábio quando está tentado a algo.
Encarar as pessoas sem pudor algum, causando certa estranheza nelas.

✖✖✖✖✖✖

Trairia alguém para seu benefício próprio? Até alguém que gosta?
Em hipótese alguma, ele tende a valorizar sua honestidade e ainda mais a amizade.

Tem algum animal de estimação?
Não.

✖✖✖✖✖✖
Roupas

Pijama:



Casual:



Banho:



Baile:



Missões: (Mesma coisa para todos)


Treinamento:



✖✖✖✖✖✖

Concorda com as regras?
Sim.

Sabe que seu personagem está em minhas mãos a partir de agora? E que se não comentar por 3 capítulos sem avisar seu personagem poderá sair da fanfic por algum motivo?
Yep.

Algo mais?
Para mim o poder está um tanto quanto apelativo, eu sei. Eu pesquisei muito a respeito do fenômeno eletromagnetismo, porque queria fazer algo coerente. Então, para que o poder seja aceito, eu proponho que ele nunca venha a controlar raios gamas, e que raramente ele use e que seja em determinadas circunstâncias que deixo livre para as autoras decidirem. E que ele apenas saiba usar, no início, apenas as ondas de rádio, microondas e raios infravermelhos. Além de os outros poderes serem muito difíceis de se dominar e até mesmo que ele só consiga usa-los aleatoriamente. Bem, se for decidido que o poder não seja aceito, prontamente irei trocar. Mas, se possível, estou aberto a negociações.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...