~thingsmendes

thingsmendes
Srta. Bloom
Nome: ℒ𝓪𝓾𝓻𝒆𝓷
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Sorocaba, São Paulo, Brasil
Aniversário: 14 de Setembro
Cadastro:

~thingsmendes - Jornais

8 jornais

Estrelas;

Postado



Eu me lembro de quando você me prometeu todas as estrelas do céu.
Você nunca foi de quebrar promessas, prometer e não cumprir não era algo que você fazia. Promessas sempre foram sagradas para nós dois, mas agora, enquanto eu observo as estrelas brilhando, me lembro que você me prometeu todas as estrelas do céu. Eu sabia que você não podia me dar todas elas, mas não imaginava que você se tornaria uma. E eu juro que te observo todas as noites, brilhando, uma estrela mais reluzente e preciosa que as outras. Eu ficaria contente com apenas uma estrela, você.




Permalink Comentários (0)

Maria Luiza Murphy

Postado



Você pula, eu pulo, lembra?
𝓝𝓸𝓶𝒆 𝓬𝓸𝓶𝓹𝓵𝒆𝓽𝓸
ℳaria ℒuiza ℳurphy

ℳaria Luiza — "senhora soberana combatente gloriosa", "guerreira famosa e pura", "mulher virgem famosa na guerra".
ℳurphy — “Mar lutador” É um derivado do gaélico como MacMurchadh.

𝓐𝓹𝒆𝓵𝓲𝓭𝓸𝓼
Maria — pequena abreviação de seu nome, é chamada assim apenas por sua família.
Malu — apelido dado por sua mãe, gosta muito que a chamem assim.
Little Mermaid — apelido dado por seu pai, por conta da paixão que Malu tem pela água.

𝓘𝓭𝓪𝓭𝒆
𝓓ezoito anos de idade.


𝓐𝓹𝓪𝓻𝒆̂𝓷𝓬𝓲𝓪

ℳaria possuí cabelos loiros medianos com a raiz um tanto quanto negra, seu corpo é curvilíneo e extremamente bonito, é um tanto quanto baixa, porém, sempre tenta usar sapatos com um salto para aparentar ser mais alta. Seus olhos são de um castanho muito belo e seus lábios são levemente rosados com uma leve tendência ao rubro, suas bochechas sempre estão rosadas, e quando sente raiva ou vergonha esse tom rosa se torna algo parecido com o escarlate.



Carlson Young.


𝓝𝓪𝓬𝓲𝓸𝓷𝓪𝓵𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆
𝓘rlandesa.


𝓒𝓵𝓪𝓼𝓼𝒆 𝓼𝓸𝓬𝓲𝓪𝓵
𝟏ª Classe.


ℋ𝓲𝓼𝓽𝓸́𝓻𝓲𝓪
𝓔xatamente as três e quarenta e cinco da tarde, em um hospital luxuoso, mas em um dia chuvoso e nublado, nasceu a pequena Maria Luiza Murphy, descendente dos milionários Murphy. Maria sempre foi um exemplo de filho para todas as famílias ricas de Dublin, com apenas oito anos de idade, já se destacava na escola, principalmente em matérias de exatas. Muitos subestimam Malu, por ser uma garota, acreditam que a mesma não é tudo aquilo que costumam dizer.
Maria Luiza sempre foi uma garota calma e obediente, sempre muito pontual. Com doze anos já participava de concursos de matemática, e com treze já falava irlandês e inglês fluentemente, isso por conta das diversas viagens que fazia ao lado de seus pais até a Inglaterra.
Sempre estudou muito, é a herdeira de todos os negócios de sua família, por isso sempre foi muito dedicada. Quando completou dezesseis anos, começou a se preocupar cada vez mais com seus estudos, não tendo tempo para mais nada em sua pacata vida.
Com dezoito anos, seus pais a mandaram em uma viagem até New York, seria sua primeira viagem a negócios, a loira encontraria diversos sócios das empresas Murphy, por conta disso, estava muito animada para embarcar no grandioso Titanic.
Malu sabe que essa é a oportunidade de sua vida, estaria durante um tempo em um navio luxuoso a caminho de New York, onde os sócios de seu pai decidiriam se Maria é realmente boa o suficiente para cuidar das empresas, por conta disso, Maria Luiza tratou de não cometer nenhuma gafe que pudesse a comprometer.


ℱ𝓪𝓶𝓲́𝓵𝓲𝓪

𝓙ohn ℳurphy — 45 anos de idade — pai — empresário.
𝓙ohn é um homem muito sério e inteligente, dá maior parte de seu tempo ao trabalho e não costuma dar muito de si para sua família, mesmo assim, é um pai muito bom e marido excelente, Malu entende completamente o pai por não poder ser muito presente, não o julga por isso. Maria é a princesa de John, o homem tem muito orgulho da mulher inteligente e responsável que sua filha se tornou e aposta tudo na mesma, ele sabe que ela sempre dá seu melhor e é muito grato por isso.


ℳargaret 𝓒amille ℳurphy — 43 anos de idade — mãe — desempregada.
ℳargaret é uma mulher muito boa, por mais que tenha muito dinheiro, não costuma ser uma pessoa mesquinha, dificilmente usa demasiadas joias e sempre se preocupa demais com os outros. Margaret sempre ensinou tudo para Malu, desde como se portar e regras de etiqueta até como conseguir o coração de algum garoto, Margaret tem Maria como sua princesa assim como John, ela é muito orgulhosa de tudo em sua filha, e confia de olhos fechados na mesma.


𝓟𝒆𝓻𝓼𝓸𝓷𝓪𝓵𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆
ℳaria Luiza é uma garota muito responsável, sempre pontual e com um sorriso convidativo nos lábios avermelhados. Malu costuma não ser uma garota com um senso de humor muito apurado, na realidade, a loira não costuma rir nem contar piadas.
Malu toma muito cuidado com o que as pessoas pensam de si, por isso, costuma usar roupas com um estilo executivo, nunca sai de casa com uma roupa curta demais, vestidos são a única coisa que se pode encontrar em seu armário, na maioria, os azuis e rosa.
É calma e generosa, não se importa em ajudar alguém que precise, nunca deixa de parecer calma e a classe nunca lhe falta, Maria sempre se encontra com um riso no rosto, sua voz de veludo costuma deixar as pessoas mais calmas e tranquilas, por isso, Maria tem uma grande capacidade na área de convencer as pessoas, por mais que não use muito deste seu atributo.
Não costuma fazer muitas amizades, e raramente consegue um inimigo, mas quando um aparece em sua vida, Maria é capaz de sonhar com a morte dessa pessoa, por mais que não demonstre isso de maneira alguma.



𝓞𝓻𝓲𝒆𝓷𝓽𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓼𝒆𝔁𝓾𝓪𝓵
ℬissexual não assumida.

ℳ𝒆𝓭𝓸𝓼 & ℳ𝓪𝓷𝓲𝓪𝓼
[ME]
— Causar uma má impressão.
— Perder seus pais.
— Perder as empresas de seus pais.
— Não ser o suficiente.
[MA]
— Mexer nos fios de cabelo.
— Bater as unhas compridas contra superfícies de madeira.
𝓖𝓸𝓼𝓽𝓸𝓼 & 𝓓𝒆𝓼𝓰𝓸𝓼𝓽𝓸𝓼
[G]
— Café.
— Massas.
— Música clássica.
— Margaridas.
— Lavanda.
— Branco.
[D]
— Chá verde.
— Carne de porco.
— Preto.
— Cheiro de tinta fresca.
— Gira sol.



𝓒𝓸𝓶𝓸 𝓼𝒆 𝓼𝒆𝓷𝓽𝓲𝓾 𝓪𝓸 𝒆𝓷𝓽𝓻𝓪𝓻 𝓷𝓸 𝓣𝓲𝓽𝓪𝓷𝓲𝓬?
𝓢e sentiu extremamente nervosa, afinal, a partir dali sua vida enfim começaria, Malu engoliu a seco, mas logo liberou um pequeno sorriso. Sabia que seria uma viagem e tanto, e se encheu de energia para aproveitar o tempo que tinha até chegar em New York.


𝓞 𝓺𝓾𝒆 𝒆𝓼𝓹𝒆𝓻𝓪 𝓭𝓪 𝓿𝓲𝓪𝓰𝒆𝓶?
𝓝o começo, Malu sentiu que a viagem seria entediante e que passaria seus dias trancados em sua cabine ansiosa para chegar a seu destino, mas logo que entrou no navio de luxo, pode perceber que estava completamente errada. A partir deste momento, começou a ficar muito ansiosa pela viagem.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸 𝓻𝒆𝓼𝓽𝓸 𝓭𝓸𝓼 𝓹𝓪𝓼𝓼𝓪𝓰𝒆𝓲𝓻𝓸𝓼
ℳaria é sempre muito educada com o resto dos passageiros, tenta não incomoda-los. Deseja fazer algumas amizades dentro daquele navio de luxo, e fará questão de consegui-las.
No total, Malu é educada e sempre começa uma conversa educada com a pessoa em questão, não se preocupa em perder o dia inteiro conversando com alguém se essa pessoa tiver assunto e gostos que coincidam com os dela.

𝓓𝒆𝓼𝒆𝓳𝓪 𝓹𝓪𝓻? 𝓔 𝓬𝓸𝓶𝓸 𝓼𝒆𝓻𝓲𝓪 𝓼𝓾𝓪 𝓻𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸 𝓶𝒆𝓼𝓶𝓸?
𝓢im. Malu tentaria ao máximo esconder sua paixão, afinal, não entrou naquele navio para encontrar paixonites, muito menos para começar um namoro.
Mas depois de muita insistência, Maria finalmente se entregaria, seria fofa ao máximo com seu par e tentaria o fazer bem o tempo todo, trocaria beijos e seria uma pessoa muito agradável na maior parte do tempo, mas poderia sentir um ciúmes básico de vez em quando.
Evitaria ao máximo relações mais intimas — com as sexuais —, deseja continuar virgem até o casamento, nada tiraria isso de sua cabeça.

𝓒𝓸𝓶𝓸 𝓲𝓻𝓪́ 𝓪𝓰𝓲𝓻 𝓭𝓲𝓪𝓷𝓽𝒆 𝓭𝓸 𝓷𝓪𝓾𝒇𝓻𝓪́𝓰𝓲𝓸
ℳalu se desespera por completo, chora tudo o que pode, mas depois de se recompor, torna-se uma mulher forte, tenta ajudar todos a sair do navio o mais rápido que possa, sua prioridade sempre é as crianças, ela tenta ao máximo ajudar os pequenos e suas mães, mas não hesitaria em ajudar um mais velho. Ajudaria também seu par, ele seria uma de suas prioridades.



𝓒𝓾𝓻𝓲𝓸𝓼𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆𝓼 𝒆 𝒇𝓪𝓽𝓸𝓼
— A cor favorita de Malu é azul.
— Maria é vegetariana.

ℱ𝓪𝓿𝓸𝓻𝓲𝓽𝓸𝓾 𝓪 𝒇𝓪𝓷𝒇𝓲𝓬?
𝓢im.

𝓒𝓲𝒆𝓷𝓽𝒆 𝓭𝒆 𝓺𝓾𝒆 𝓼𝒆𝓾 𝓹𝒆𝓻𝓼𝓸𝓷𝓪𝓰𝒆𝓶 𝓷𝓸𝓼 𝓹𝒆𝓻𝓽𝒆𝓷𝓬𝒆?
𝓢im.






Permalink Comentários (0)

The Silvery Selection — Amber Courtney

Postado





𝓝𝓸𝓶𝒆 𝓒𝓸𝓶𝓹𝓵𝒆𝓽𝓸:

Amber Courtney.

Amber — Pedra preciosa;
Courtney — Narizinho Pequenino.


𝓘𝓭𝓪𝓭𝒆:
Vinte e um anos de idade.


𝓓𝓪𝓽𝓪 𝓭𝒆 𝓷𝓪𝓼𝓬𝓲𝓶𝒆𝓷𝓽𝓸:
Primeiro de Janeiro de dois mil seiscentos e vinte e dois.


𝓐𝓹𝓪𝓻𝒆̂𝓷𝓬𝓲𝓪:
Amber possuí belos olhos azulados, sua aparência é angelical e encanta a todos que puderem a olhar. Possuí um rosto levemente redondo, sua boca é rosada e carnuda. Amber também possuí longos cabelos loiros compridos — que chegam até um pouco abaixo dos seios, que por sua vez não são muito grande, mas mesmo assim são o suficiente pra garota, seus glúteos tem um tamanho aceitável.
Amber se considera uma garota levemente bonita, por mais que muitos a digam que ela é simplesmente linda, a garota teima em acreditar.




𝓟𝒆𝓻𝓼𝓸𝓷𝓪𝓵𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆:
Amber é uma garota muito doce, pode-se perceber isso principalmente por conta de suas belas palavras. A garota sempre sabe como deixar alguém feliz, agradar os outros é sua especialidade, pode ter certeza! Sabe muito bem como deixar qualquer pessoa feliz e não tem medo de arriscar para ver a felicidade daqueles que ama.
É altruísta e amistosa, gosta de conhecer novas pessoas e fazer novas amizades, não se importa em passar horas conversando com alguma pessoa, na realidade, Amber adora isso.
É divertida, isso faz com que a maioria das pessoas queiram se relacionar com a pequena loirinha, sabe como fazer alguém sorrir de maneira fácil e rápida. Amber não se preocupa com aparências, talvez seja por conta disso que seus olhos podem ver a beleza em tudo o que miram, a loira não se importa com o que os outros acham, e se usar a mesma roupa três vezes na semana, qual o problema?
Amber também é muito inteligente, tem um potencial magnifico em áreas de exatas, sabe muito bem como calcular uma situação, e sempre estuda o atual momento antes de fazer qualquer tipo de ação.
Cuidadosa e engenhosa, não faz as coisas no calor do momento, prefere ponderar sobre o assunto e decidir com seu cérebro se é certo ou não realizar qualquer ação, nem que isso demore horas e horas.




ℱ𝓪𝓶𝓲́𝓵𝓲𝓪:

Jones Courtney — avô — 75 anos de idade — artesão.
Jones é a única pessoa que Amber conhece de sua família, isso por conta da morte de seus pais logo após seu nascimento. O homem nunca contou a sua neta quem eram seus pais, preferiu manter isso em segredo para que Amber não vivesse em uma saudade inexplicável daqueles que lhe deram a vida.
O homem é divertido e inteligente, possuí um humor único, coisa que faz com que Amber viva rindo dentro de casa. Jones trabalha o tempo todo com o objetivo de arrumar dinheiro para casa. Jones sempre batalhou para criar sua neta, faz isso pois ela lembra sua filha, a mãe secreta de Amber a qual nunca soube o nome.




ℋ𝓲𝓼𝓽𝓸́𝓻𝓲𝓪:
As exatas 13:45 e um dia chuvoso, uma pequena bebê de pele branca e olhos azuis nasceu. Depois de exatos três meses, os pais da garotinha, cheios de felicidade, correram em direção de lojas que vendiam roupinhas para crianças, mas na volta, um carro atingiu o casal que não sobreviveu, e desde aquele dia, Jones tem criado a jovem Amber.
A loira sempre se destacou como uma garota muito inteligente, sempre sendo a melhor nas matérias de exatas, seus boletins escolares sempre eram satisfatórios. Amber já chegou a participar do grupo de dança da escola, mas acabou desistindo depois de algumas aulas.
Com doze anos, começou a treinar suas habilidades, fazia de tudo para apenas fazer seu poder crescer. Sua habilidade com a água se tornou algo tão impressionante, que até Jones começou a se orgulhar das habilidades fantásticas de sua neta.
Quando a jovem completou seus dezessete anos, começou a perceber que as coisas em casa estavam difíceis, seu avô dava corpo e alma para o trabalho, mas mesmo assim parecia não ser o suficiente, Jones estava adoecendo e Amber não podia fazer nada, por conta disso, começou a trabalhar em feiras e a fazer pequenos trabalhos em estabelecimentos para ajudar em casa.
Com seus vinte e um, Amber recebeu a notícia da seleção, viu que seria uma ótima oportunidade para ajudar seu avô, que tinha tido outra recaída e estava mais doente do que nunca — sem deixar de trabalhar de jeito algum —, depois daquele momento, a jovem loira decidiu se inscrever na seleção e tentar algo, sabia que se conseguisse ao menos entrar, poderia ajudar seu avô, comprar os remédios e dar uma vida melhor para aquele que havia batalhado a vida toda para dar uma vida boa para Amber.




𝓟𝓻𝓸𝓿𝓲́𝓷𝓬𝓲𝓪:
Dakota.


𝓔́ 𝓹𝓻𝓪𝓽𝒆𝓪𝓭𝓪 𝓸𝓾 𝓿𝒆𝓻𝓶𝒆𝓵𝓱𝓪:
Vermelha.


𝓟𝓸𝓭𝒆𝓻:
Mimetismo Elétrico — Mimetismo Elétrico é a capacidade de se transformar em energia, sendo uma eletricidade, podendo dar choque involuntariamente nas pessoas e até mesmo podendo viajar por aparelhos eletrônicos.



𝓖𝓸𝓼𝓽𝓸𝓼 & 𝓓𝒆𝓼𝓰𝓸𝓼𝓽𝓸𝓼:
[G]
Café
Doces
Livros
Estudar
Ajudar
Fazer amizades
Conhecer pessoas novas
Inverno
Chocolate quente
Macarrão.
[D]
Calor
Chá
Manga
Egoísmo
Maltrato a animais
Tomate
Saltos altos
Sujeira
Falta de educação
Frescura.

ℳ𝒆𝓭𝓸𝓼 & ℱ𝓸𝓫𝓲𝓪𝓼:
[M]
Amber tem muito medo de perder seu avô assim como foi com seus pais.
[F]
Aracnofobia — fobia de aranhas.

ℋ𝓪𝓫𝓲𝓵𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆𝓼:
Violão
Cozinha
Dança.


𝓠𝓾𝓪𝓵𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆𝓼 & 𝓓𝒆𝒇𝒆𝓲𝓽𝓸𝓼:
[Q]
Altruísmo
Inteligência
Gentileza
Esperteza
Bondade.
[D]
Falta de paciência
Insistente
Levemente desobediente.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸 𝓹𝓻𝓲́𝓷𝓬𝓲𝓹𝒆 𝓐𝓵𝒆𝔁
Amber no início não suporta o jeito de Alex, acredita que o loiro é muito briguento e competitivo, e Amber prefere caras calmos e românticos. O jeito de Alex foi um choque de realidade em seus belos olhos azuis, que a fizeram acordar pro verdadeiro mundo em que vivemos.
Mas depois de algum tempo convivendo com a figura, Amber começa a gostar de seu jeito, adquire um carinho imenso pelo príncipe, sua voz com ele soa como veludo, isso incomoda as demais participantes.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸 𝓹𝓻𝓲́𝓷𝓬𝓲𝓹𝒆 ℒ𝓾𝓬𝓪𝓼
Amber sempre gostou de Lucas, sabe que ele é muito inteligente, e admira isso nele. A loira pode ver que ele se preocupa com o reino e com seu futuro, e assim como ela, os dois são muito bons nos cálculos, o que rende diversas competições entre os dois, Amber já pode perceber que o rapaz gosta de ler, e por mais que não conte a ninguém, acha fofo.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸 𝓹𝓻𝓲́𝓷𝓬𝓲𝓹𝒆 𝓓𝓪𝓿𝒆
A loira particularmente adora Dave, acha o garoto agradável e interessante, gosta de conversar com o príncipe, por mais que apenas por alguns minutos. Amber tem uma relação muito boa com o príncipe, admira seu jeito carinhoso quando quer, mas ainda assim, vê muito de Alex no príncipe caçula, chega até a achar graça do jeito como os dois são parecidos.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓪 𝓹𝓻𝓲𝓷𝓬𝒆𝓼𝓪 ℳ𝓪𝓬𝓴𝒆𝓷𝔃𝓲𝒆
Amber acha Mackenzie uma figura, acha fofo o modo como a pequena se envergonha rapidamente, e adora o jeito como ela ama sua família mais do que tudo. A loira e Mack sempre são vistas juntas no castelo, Amber costuma elogiar suas roupas e Mackenzie lhe conta como foi seu dia, assim uma relação simples, mas amistosa existe entre as duas.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸 ℛ𝒆𝓲 𝓓𝓪𝓻𝓲𝓪𝓷
Amber sente um pouco de medo do rei, afinal, ela está lá para tentar casar-se com um dos príncipes, e isso a assusta. Mas acima de tudo, Amber acha o homem responsável e acredita que ele sabe muito bem como administrar o reino de maneira justa e impecável.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓪 ℛ𝓪𝓲𝓷𝓱𝓪 𝓐𝓷𝓷𝒆
A loira costuma passar longe da rainha, a acha muito arrogante e fria, por mais que saiba que ela dá todo seu carinho para seus filhos. A rainha faz com que Amber sinta calafrios toda vez que escuta seu nome.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓪 𝒆𝔁 ℛ𝓪𝓲𝓷𝓱𝓪 𝓚𝓲𝓶𝓫𝒆𝓻𝓵𝔂
Amber não quer nem saber de chegar perto de Kimberly, acha a ex rainha muito fria e tem medo do que ela pode fazer, afinal, Amer sabe que a rainha faria qualquer coisa para voltar a seu cargo, a garota não cai no papo de boa moça que a ex rainha tenta impor.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸𝓼 𝓪𝓹𝓻𝒆𝓼𝒆𝓷𝓽𝓪𝓭𝓸𝓻𝒆𝓼
Tenta ao máximo parecer disposta e educada, sempre sorri em todos os momentos e responde às perguntas com um sorriso caloroso no rosto.


ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓪 𝓹𝓻𝓸𝒇𝒆𝓼𝓼𝓸𝓻𝓪 𝓭𝒆 𝒆𝓽𝓲𝓺𝓾𝒆𝓽𝓪
Gosta muito da professora, costuma esperar ansiosa por suas aulas, e sempre ri quando a mesma dá broncas nela e no resto das garotas.

ℛ𝒆𝓵𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸𝓾𝓽𝓻𝓪𝓼 𝓼𝒆𝓵𝒆𝓬𝓲𝓸𝓷𝓪𝓭𝓪𝓼
Tenta parecer amigável, seu maior objetivo com as demais selecionados é conseguir se aproximar e fazer amizade, afinal, Mackenzie ainda é muito nova para entender os assuntos de garotas, e a rainha passa longe das opções.


𝓟𝓻𝓲́𝓷𝓬𝓲𝓹𝒆 𝒆𝓼𝓬𝓸𝓵𝓱𝓲𝓭𝓸
Alex Arkalis, isso por conta dos sonhos que Amber guardava em sua cabeça, ela acreditava que o príncipe era um cavalheiro, bondoso e gentil, mas quando o conheceu tomou um banho de água fria, chegou a se arrepender de sua escolha, mas no fim começou a gostar do rapaz.


𝓒𝓸𝓶𝓸 𝓼𝒆𝓻𝓲𝓪 𝓸 𝒆𝓷𝓬𝓸𝓷𝓽𝓻𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓸 𝓹𝓻𝓲́𝓷𝓬𝓲𝓹𝒆 𝒆𝓼𝓬𝓸𝓵𝓱𝓲𝓭𝓸?
De certo, Amber gostaria de ter alguns petiscos para comer, ou talvez um passeio. A loira não ligaria muito para os luxos, iria querer apenas ficar ao lado do príncipe, poder conversar e segurar sua mão.
Para a garota o melhor momento para o encontro ocorrer é durante a noite, quem sabe tomar um banho de lua? Seria perfeito para Amber poder ficar ao ar livre ao lado do príncipe durante a noite, sem nada picante ou coisa do tipo.


𝓟𝓸𝓻 𝓺𝓾𝒆 𝓺𝓾𝒆𝓻 𝓹𝓪𝓻𝓽𝓲𝓬𝓲𝓹𝓪𝓻 𝓭𝓪 𝓼𝒆𝓵𝒆ç𝓪̃𝓸?
Acima de tudo, Amber quer participar da seleção para ajudar seu avô em casa, tudo o que ela quer é ver Jones alegre e saudável novamente, e ela sabe que para isso é necessário que ela se inscreva e entre na seleção, deste modo, arrumando dinheiro para sua família.

𝓞 𝓺𝓾𝒆 𝓪𝓬𝓱𝓪 𝓭𝓸 𝓰𝓸𝓿𝒆𝓻𝓷𝓸 𝒆 𝓭𝓪 𝒇𝓪𝓶𝓲́𝓵𝓲𝓪 𝓻𝒆𝓪𝓵?
Amber não acredita que o governo está nem certo nem errado, na realidade, Amber está levemente satisfeita, mas acredita que mudanças ainda precisam ser feitas, afinal, a pobreza ainda é um problema muito grande pelo qual boa parte do país passa.


𝓞 𝓺𝓾𝒆 𝓪𝓬𝓱𝓪 𝓭𝓪 𝓼𝒆𝓵𝒆ç𝓪̃𝓸?
A loira acha a ideia da seleção divertida, tem certa dó dos príncipes, afinal, eles não poderão escolher com que sem casar. No todo, acha que a seleção é um bom jeito de espalhar um pouco de justiça, afinal, é sempre muito bom ter uma vermelha no poder.


𝓢𝒆 𝒆́ 𝓾𝓶𝓪 𝓿𝒆𝓻𝓶𝒆𝓵𝓱𝓪, 𝓸 𝓺𝓾𝒆 𝓪𝓬𝓱𝓪 𝓭𝓸𝓼 𝓹𝓻𝓪𝓽𝒆𝓪𝓭𝓸𝓼?
Acha que os prateados são como todo o resto do povo, a única diferença é a cor do sangue, o que não muda absolutamente nada na vida de ninguém.


𝓔𝓼𝓽𝓲𝓵𝓸 𝓭𝒆 𝓿𝒆𝓼𝓽𝓲𝓶𝒆𝓷𝓽𝓪
Amber na maior parte do tempos e veste de maneira simples, sua cor favorita é azul, por conta disso, costuma escolher vestidos nesta tonalidade, mas sempre alternando nas cores. Prefere modelos simples sem muito saiote ou coisas bufantes, gosta de usar sapatilhas ao invés de saltos, coisa que a rainha desaprova de maneira extrema. As cores de vestidos que Amber costuma usar são: azul, vermelho claro, verde, rosa, violeta e amarelo. Mesmo assim, Amber adora usar os vestidos, sente-se como a princesa que sonhava ser durante sua infância, fazendo com que o momento de colocar os vestidos seja o seu preferido do dia.




𝓐𝓵𝓰𝓸 𝓶𝓪𝓲𝓼?
Sim.

A cor favorita de Amber é azul.


𝓟𝓪𝓵𝓪𝓿𝓻𝓪 – 𝓒𝓱𝓪𝓿𝒆
Eᴠᴇʀʏᴏɴᴇ ᴄᴀɴ ʙᴇᴛʀʏ ᴇᴠᴇʀʏᴏɴᴇ.







Permalink Comentários (0)

Squad of Secrets — Alina Moore Morgan

Postado




ทσмє cσмρℓєτσ: Alina Moore Morgan

αρєℓi∂σ: Aly — apelido pelo qual apenas seus amigos mais próximos a chamam.

i∂α∂є: 14 anos de idade.

∂ατα ∂є ทαsciмєทτσ є sigทσ: 19/09/2000, sendo do signo de Virgem.

gêทєrσ: Feminino.

sєxυαℓi∂α∂є: Alana não sabe ao certo, afinal, ainda é muito jovem e nunca se relacionou com ninguém, acredita ser heterossexual, mas talvez isso venha a mudar.

αραrêทciα:

Alina possuí longos cabelos morenos, os mesmo descem até pouco abaixo de seus bustos, que ainda em desenvolvimento são pequenos. Seu rosto tem forma levemente redonda, todos que a olham dizem que a mesma tem uma aparência angelical, o que realmente é verdade.
Seus olhos são de um azul hipnotizante, suas bochechas são meramente grandes e rosadas e seus lábios são bonitos e tão quanto rubros.
Tem um corpo ainda em desenvolvimento, mas no todo, é uma garota muito bela, com aparência infantil e angelical, chama atenção a quilômetros de distância.


ρнστσρℓαyєr: Malina Weissman


ρєrsσทαℓi∂α∂є:
Aly é uma garota muito inteligente e esperta, sempre sabe o momento certo para agir. Costuma ser inteligente, pensa rápido e sempre sabe como sair de uma furada do jeito mais rápido e simples possível.
Sua aparência angelical costuma confundir as pessoas, muitos subestimam aquela pequena garota de aparência infantil e angelical, mas na realidade de santa Alina não tem nada, na realidade aquelas poucos quatorze anos de vida são repletos de segredos obscuros.
Aly sabe que é bonita, sabe que é inteligente, e também sabe como usar seus atributos para conseguir o que quer, por mais que não costume ser vulgar nem use roupas que mostrem demais de seu corpo ainda em desenvolvimento.
Alina é altruísta e calma, não se importa em ajudar alguém, sempre com um sorriso generoso e convidativo nos lábios, sabe parecer generosa, por mais que nem sempre esteja totalmente de acordo em ajudar alguma pessoa, não é boba, não é fácil de enganar a jovem Morgan.



нisτóriα:
A cidade de Londres estava repleta de alegria no dia 19 de setembro de 2000, mais especificamente as 21:43 uma pequena bebezinha de olhos azuis como o oceano e uma mente como engrenagens, nascera em um hospital na região nobre da grande capital do país.
Alina sempre se destacou por ser uma garota avançada para sua idade, com apenas cinco anos de idade já fazia suas aulas de francês acompanhada de outras crianças. Quando começou sua vida escolar, sempre foi a melhor da turma, suas altas eram das mais altas.
Quando Aly completou 9 anos e cinco meses de vida, seus pais decidiram sair da Inglaterra por conta de problemas com a família de Liam — pai da pequena Morgan. Alina no começo esteve relutante com a ideia de ter de deixar a cidade da rainha e o país Europeu que mais amava, mas por ser uma pessoa muito obediente, aceitou de bom grado, sem nunca demonstrar sua insatisfação.
Com 12 anos já estava estável na cidade de Rosewood, estudava e tinha notas altas, possuía amigos verdadeiros — até mais que os ingleses —, definitivamente tinha a vida perfeita, que claro sempre combinou com a garota perfeita.
Mas quando alcançou seus 13 anos de idade, os problemas em sua família começaram a surgir, seu irmão não obedecia mais os pais, saia de casa e voltava tarde. Aly poderia jurar que já tinha o escutado bater em sua mãe, e foi ai que tudo foi por água abaixo, Liam já não aguentava o filho cheio de frescuras e sendo demasiado mal educado, fora a quantidade alarmante de problemas que ele causava para a família, foi quando em uma noite escura o pai da família deixou a casa, saiu de lá e logo voltou para a Inglaterra, abandonando seus filhos e esposa.
Alina sempre entendeu sua mãe, e tinha muito ódio de seu pai por sua atitude de extrema covardia, por conta disso, nunca sentiu-se malo por não ter mais um pai, na realidade sentia-se melhor. Seu irmão — chamado de Ian — começou a frequentar um psicólogo, e rapidamente as coisas melhoraram para os Morgan.


ƒαмíℓiα:
ℒ𝓲𝓪𝓶 ℳ𝓸𝓻𝓰𝓪𝓷 𝓒𝓪𝓻𝓽𝒆𝓻 — 𝓹𝓪𝓲 — 𝟒𝟗 𝓪𝓷𝓸𝓼 𝓭𝒆 𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆 — 𝒆𝓶𝓹𝓻𝒆𝓼𝓪́𝓻𝓲𝓸.
Liam sempre foi um homem um tanto quanto estranho, ele nunca foi de se importar muito com a própria família, mas no todo podia ser considerado um bom pai. Depois que ele abandonou a família, seus filhos começaram a sentir um ódio gigantesco do homem. O empresário nunca foi de contar piadas, mas mesmo assim podia ser considerado ao menos um pouco divertido, por mais que Alina não concorde, ela sente muita falta de seu senso de humor, mesmo assim, prefere sua vida sem o homem.


𝓔𝓵𝓵𝓪 ℳ𝓸𝓻𝓰𝓪𝓷 ℳ𝓸𝓸𝓻𝒆 — 𝓶𝓪̃𝒆 — 𝟒𝟓 𝓪𝓷𝓸𝓼 𝓭𝒆 𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆 — 𝓳𝓸𝓻𝓷𝓪𝓵𝓲𝓼𝓽𝓪.

Ella sempre foi uma mulher boa, nunca ligou para coisas de valor, na realidade prefere uma vida simples sem muitas complicações a uma vida cheia de dinheiro, mas também cheia de compromissos. Sempre deu tudo de si para criar seus filhos, trabalhar e ainda ter tempo para ficar com seu marido. Depois que Liam a abandonou, Ella decidiu que o melhor para ela seria ficar sozinha com seus filhos, sempre cuidando deles com sua vida.


𝓘𝓪𝓷 ℳ𝓸𝓻𝓰𝓪𝓷 — 𝓲𝓻𝓶𝓪̃𝓸 — 𝟏𝟕 𝓪𝓷𝓸𝓼 𝓭𝒆 𝓲𝓭𝓪𝓭𝒆 — 𝒆𝓼𝓽𝓾𝓭𝓪𝓷𝓽𝒆.

Ian sempre foi um garoto comum, nunca deu trabalho para os pais, suas notas eram razoáveis, e seu comportamento era minimamente educado, mas após seu aniversário de 16 anos de idade, o rapaz passou a cometer algumas atitudes estranhas.
Certo dia Ian chegou em casa depois de duas da manhã, suas roupas estavam rasgadas e ele cheirava álcool, Ella cuidou de seu filho naquela madrugada, nunca contou a seu marido sobre o ocorrido, sabia que ele não suportaria saber.
Depois que seu pai os abandonou, Ian sentiu-se culpado pela ruina da família, começou a frequentar um médico, descobriu uma doença psicológica, mas com alguns remédios podia ter uma vida normal, desde então, tem ajudado sua mãe e sua irmã na casa.





мє∂σs є τrαυмαs:
— Aly possuí muito medo de que seu irmão deixe de tomar seus remédios, e volte a se comportar de maneira agressiva.

gσsτσs є ∂єsgσsτσs:

[G]
Comida mexicana — café — inverno — história — livros — estudar — séries — pop — chocolate quente — luvas — sorvete de morango.

[D]
Macarrão — matemática — calor — rock pesado — mamão — sandálias — solidão — chá.



ραr?
Não.

sєυ мαiσr sєgrє∂σ.
Alina nunca foi uma garota de muitos segredos, nunca algo muito importante e inacreditável aconteceu em sua vida, mas certo dia Aly saia da escola, já era tarde, devia passar das oito da noite. A rua estava estranhamente escura, o lugar estava sem movimento, Alina com medo correu em direção do ponto de ônibus, lá ela escutou gritos de desespero, correu em direção de um beco escuro, lá um homem mirava uma pistola a testa de uma mulher — aparentava ter por volta de 19 anos de idade —, Alina assustada, pegou um cano solto no chão e bateu com toda a força nas costas do homem. Antes que a mulher pudesse agradecer, a pequena correu em disparada na direção do ônibus que vinha vindo.


O qυє vσcê é?

(x) αℓυทσs "ทσrмαis".
( ) ℓi∂єrєs ∂є τσrci∂α.
( ) ατℓєταs (ทα єscσℓα τємσs σ τiмє ∂є ℓαcrσs ƒємiทiทσ, є ∂є ƒυτєвσℓ мαscυℓiทσ).
(x) ทєr∂s.
( ) єxcℓυí∂σs.


rєℓαçõєs
Jα∂є Qυiทท Kαททєทвєrg:
Alina nunca foi muito próxima de Jade, mas depois do desaparecimento e suposta morte de Alexia, a morena se aproximou um pouco da garota. Hoje podem ser consideradas um pouco amigas, mas nada sério.

Wєs Kαททєทвєrg:
Aly faz questão de passar bem longe de Wes, isso por conta das diversas histórias que já ouviu sobre o garoto, sente medo dele, por isso, não costuma chegar muito perto.

Cнαsє Aℓвυqυєrqυє:
Conhece um pouco, seu irmão e Chase possuem uma amizade, Aly o vê de vez em quando em sua casa, mas nada muito continuo.

Aℓєxiα Mσทrσє:
Alina nunca foi próxima de Alexia, na realidade, não ligava muito pra garota, preferia ficar quieta na sua, não se importava na realidade, preferia permanecer em seu canto.

αᴍɪɢᴏs﹕
Aly tem uma grande paixão por seus amigos, não deixa que nada de mal aconteça com os mesmos, sempre demonstra carinho e afeto, mas nada exagerado.

iɴɪᴍɪɢᴏs﹕
Alina prefere passar longe de seus inimigos, não é do tipo vingativa, mas se fizerem algo para si ou para seus amigos, Aly pode virar uma pessoa extremamente diferente.

cσℓєgαs:
É o máximo gentil, mas não costuma dar muita corda, não é de conversar com pessoas que não conhece muito bem.

ρrσƒєssσrєs:
Tem uma relação comum aluna e professor, é educada e costuma entregar tudo o que os mesmos pedem.

ρσℓiciαis:
Não gosta de conversar com policiais, mas pelo bem da maioria, o faz. Costuma ser educada e não parecer muito afobada com os oficiais, tenta ao máximo parecer normal e finge que nada aconteceu.

-A:
No início, ignora a existência de “-A”, mas depois de demasiadas ameaças, decide ficar atenta. Já não dorme com as janelas abertas, toma cuidado com qualquer um de seus movimentos, tem receio até mesmo das sombras que se projetam na parede de seu quarto, acha “-A” uma merda, e faria de tudo para acabar com ela.



αgє мαis ρєℓα rαʑãσ, συ ρєℓα ємσçãσ?
Alina sempre age pela razão, escuta seu cérebro em primeiro lugar.
ραrτiciραrá ∂є вαiℓєs ∂є мáscαrαs є ∂євυταทτєs?
Sim.

sєυ ρєrsσทαgєм ρσ∂є ƒαℓαr ραℓαvrãσ?
Poucos, mas no todo, sim pode.

σ qυє αcнα ∂є -A?
Sinceramente, Alina acha “-A” uma merda, odeio o fato de ser perseguida por alguém que não tem nada melhor para fazer da vida a ficar aterrorizando a vida de adolescentes que apenas querem ter uma vida normal.

sαвє qυє sєυ ρєrsσทαgєм ρσ∂є sєr -α? cσмσ sє sєทτiriα α ∂єscσвrissє issσ?
Sei sim, e ficaria muito contente.

cσмσ sє sєทτiυ ασ rєcєвєr α ρriмєirα cαrτє/мєทsαgєм ∂є -α?
Aly no início acreditou que fosse apenas mais uma das brincadeira infantis e idiotas de seu irmão e seus amigos, mas depois, começou a suspeitar da mensagem/carta.


sαвє qυє sєυ ρєrsσทαgєм єsτá єм мiทнαs мãσs є єυ ρσssσ мατá-ℓσ?
Claro.

sє sєυ ρєrsσทαgєм мσrrєr, vαi αвαท∂σทαr α ƒic? cσмσ vαi sє sєทτir?

Não, acredito que não mude o fato de meu personagem estar ou não na fanfic, admito que acharia comum ver a Aly morrer, e não ficaria chateada, entendo totalmente a situação da autora.

мαταriα ραrα єscσท∂єr sєυ sєgrє∂σ?
Aly teria de ponderar muito sobre a situação para chegar em uma respostas.

vαi αנυ∂αr α єทcσทτrαr -α, αℓéм ∂є αנυ∂αr ทαs "мissõєs"?
Sim.

ƒᴀᴠᴏʀɪᴛᴏᴜ﹖
Sim.

ρᴀʟᴀᴠʀᴀ﹣ᴄʜᴀᴠᴇ﹖
𝓒𝓾𝓲𝓭𝓪𝓭𝓸 𝓬𝓸𝓶 𝓪 𝓵𝓸𝓲𝓻𝓪.


cυriσsi∂α∂єs sσвrє sєυ ρєrsσทαgєм:
— Alina costuma ser desobediente no quesito dormir cedo, finge estar dormido, mas na realidade está lendo algo ou mexendo em seu celular.


ℓємα:
“Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.”


αʟɢᴏ мᴀɪs﹖
Não.



Permalink Comentários (0)

Golden Coast

Postado


Golden Coast é um acampamento com uma proposta extremamente diferente, por se encontrar em uma ilha a milhares de quilômetros do continente Americano, ele oferece de tudo. Desde grandes instalações, até imensos bosques e praias paradisíacas.
Como destino de férias, os alunos de Coldwood High School vão visitar o acampamento repleto de diversão. Mas coisas estranhas começam a acontecer, alunos começam a sumir, as pessoas começam a assustar-se, e uma antiga notícia encobertada pela polícia sobre uma jovem que foi encontrada morta no mar, aparece para causar ainda mais pânico nos estudantes.




Regras


Reservem as aparências;
Não copiem fichas de outros, ficarei sabendo (será um belo verão, manchado de vermelho);
Sem brigas;
Não reservo vagas (as fichas são escolhidas por qualidade, não por ordem de chegada;
Não esqueçam da palavra chave, ela está escondida entre as regras;
Fichas com links não serão ao menos lidas;
Preencham todas as lacunas;
Fichas de autores que não tiverem favoritado a fanfic serão desconsideradas;
Se seu personagem for aceito, e você não comentar por dois capítulos seguidos, seu personagem estará na lista da morte;
Fichas apenas por Jornal.
Fichas aceitas até o dia 20/05




Personagens


Mostrar Spoiler: Lua Margot Foster

(Elle Fanning)
Nome: Lua Margot Foster
Idade: 16 anos
Lua é uma garota um tanto quanto complicada, sempre sabe o que dizer. As pessoas costumam dizer que a loirinha é um enigma, com aparência angelical e infantil, engana a todos facilmente.
Lua pode ser fria e calculista, sabe sair de uma enrascada facilmente, com sua bela atuação e sua impressionante lábia.
Ela é uma garota inteligente, se destaca principalmente na área de exatas, fazendo-a ser amada pela maioria dos professores, os quais não conhecem seu verdadeiro “eu”.
Dizem que Lua é assim como a lua, muito bela. Não estão enganados, Lua é extremamente bonita, chamando a atenção de todos a seu redor.


Mostrar Spoiler: Melina Stuart Brown

(Emma Roberts)
Nome: Melina Stuart Brown
Idade: 16 anos de idade
Melina é uma garota comum. Não é considerada uma nerd, muito menos patricinha. Prefere ficar em casa tomando sorvete, ou ir ao cinema acompanhada de seu pequeno grupo de amigos.
Gosta de coisas simples, não liga para joias e coisas de valor, para Mel, o importante é o que vem de dentro. Hippie, é assim que seus amigos a chama, uma verdadeira Hippie, é chamada assim por conta de seu jeito paz e amor.
Mel gosta de sua aparência, por mais que não ligue para esse tipo de coisa. Na maioria das vezes não liga para maquiagem, prefere passar um bom rímel e sair de casa assim mesmo. Não suporta saia, prefere sua calça moletom ou seu shorts jeans. Melina gosta de utilizar seus casacos moletons, na maioria das vezes os usa em casa, sem muito fru-fru.
Melina na maioria das vezes é uma garota fácil de conviver, sem muitos mistérios ou caprichos que a maioria das mulheres tem.


Mostrar Spoiler: Amber Branson

(Holland Roden)
Nome: Amber Branson
Idade: 17 anos
Desde que a mãe de Amber foi diagnosticada com uma doença mental, a garota sofre em sua escola. Alguns a chamam de maluca, outros a irritam apenas por irritar. Amber gostaria apenas de poder se sentir livre de tudo isso.
No todo, a ruiva é uma garota inteligente e gentil, sabe o que deve falar, quando deve falar. Nunca foi muito de conversar com as pessoas, sempre preferiu um bom livro, ou talvez uma série, quem sabe?
Amber é uma garota misteriosa, pouco se sabe sobre seu passado, apenas que morava na cidade grande. Amber não é uma garota como o resto, disso todos tem certeza, tem algo de diferente nela, algo estranho que a difere dos demais.




Golden Coast


Golden Coast é um acampamento isolado do resto da terra, está localizado no oceano Atlântico, é uma pequena ilha, que comporta dezenas de estudantes todos os anos.
É um destino muito aclamado por jovens de toda a América, mas sendo possível de ser alcançado apenas por aqueles que tem mais dinheiro, um resort cheio de luxo e coisas divertidas, um ótimo destino de férias que acaba sendo escolhido por vários estudantes que precisam relaxar um pouco longe de suas casas e de suas famílias.




Modelo da Ficha


Mostrar Spoiler: Ficha para estudante
{Retirem os parênteses}
➼Nome:
➼Apelido(s):
➼Idade: (de 15 a 18)
➼Aniversário:
➼Saúde:
➼Sexualidade:
➼Aparência: (com Photoplayer)
➼Personalidade: (uma descrição clara)
➼ História: (gosto de textões, mas por favor, não sejam repetitivos)
➼Família: (breve descrição, idade, profissão. Não é necessário Photoplayer, mas se quiser sinta-se à vontade)
➼Gostos e Desgostos: (no mínimo oito de cada)
➼Habilidades, Talentos:
➼Medos, traumas, fobias:
➼Convivência com:
Melina:
Lua:
Amber:
➼Série: (do primeiro ao terceiro colegial)
➼Histórico escolar: (conte um pouco de como sua personagem se comporta na escola)
➼Vestimenta: (aqui coloque as roupas que o personagem usa normalmente e as que usará nas férias, lembre-se que a história se passa no verão)
➼Vai obrigado, ou por conta própria?
➼Algo a mais?
➼Está ciente que seu personagem pode não ser aceito?
➼Está ciente de que seu personagem pode morrer?
➼Está ciente que seu personagem está nas minhas mãos agora?
➼Está ciente que se não comentar por dois capítulos seguidos seu personagem estará na lista da morte?


Mostrar Spoiler: Ficha para professor
{Retirem os parênteses}
➼Nome:
➼Apelido(s):
➼Idade: (de 25 a 60)
➼Aniversário:
➼Saúde:
➼Sexualidade:
➼Aparência: (com Photoplayer)
➼Personalidade: (uma descrição clara)
➼ História: (gosto de textões, mas por favor, não sejam repetitivos)
➼Família: (breve descrição, idade, profissão. Não é necessário Photoplayer, mas se quiser sinta-se à vontade)
➼Gostos e Desgostos: (no mínimo oito de cada)
➼Habilidades, Talentos:
➼Medos, traumas, fobias:
➼Convivência com:
Melina:
Lua:
Amber:
➼Matéria que leciona: (por favor adicione no mínimo três, pois eu não posso aceitar mais de um professor de cada matéria, mas ele lecionará apenas uma)
➼Comportamento com os alunos: (diga como trata seus alunos, se os mesmos gostam dele, o que quiser acrescentar)
➼Vestimenta: (aqui coloque as roupas que o personagem usa normalmente e as que usará nas férias, lembre-se que a história se passa no verão)
➼Vai porque quer ou apenas pelo dinheiro?
➼Algo a mais?
➼Está ciente que seu personagem pode não ser aceito?
➼Está ciente de que seu personagem pode morrer?
➼Está ciente que seu personagem está nas minhas mãos agora?
➼Está ciente que se não comentar por dois capítulos seguidos seu personagem estará na lista da morte?



Permalink Comentários (1)

Hae-Won Baek — Dream Girls

Postado


Juseyo dalkomhan geuman ice cream✔ ca∇ke
Teukbyeolhajin oneure➶ oulineun→maseuro

(Ice Cream Cake)




Nome completo: Hae-Won Baek
Idade:17 anos de idade, sendo nascida no dia 12/01/1999
Apelido: Won-Won, Wong ou simplesmente Won.
Nacionalidade: Coreia do Sul — Seul

Orientação Sexual: Bissexual.

Aparência:
Won possuí longos cabelos que sempre mudam de cor, é difícil estabelecer uma cor para eles, afinal, sempre estão coloridos e diferentes, algo comum e muito bonito.
Os olhos de Won são cheios de vida, de uma profundidade castanha escura inimaginável, seus olhos transmitem emoção e vida, sempre impressionando.
Won-Won pode se considerar de baixa estatura, sendo mais baixa do que algumas de suas companheiras. Medindo 1,58 de altura.
Wong possuí um corpo bonito, curvilíneo e hipnotizante. No total, Won é uma garota muito bonita, cheia de vida e animação, algo que transmite em sua aparência.

Mostrar Spoiler: Mais Gifs






(Kim Ye-rim/Yeri)

História:
Won nasceu em um dia ameno na grande Seul, desde pequena sempre foi muito sorridente, com um brilho especial nos olhos e um grande talento que gostaria de mostrar para todo o mundo.
Com apenas doze anos de idade já adorava a dança, inscreveu-se em diversos cursos diferentes voltados a dança em sua vida, mas o primeiro foi o ballet clássico, seguido pelo contemporâneo, atividade que ela pratica até hoje, sendo muito boa nisso.
Com sua vida avançando, Wong decidiu entrar em cursos de canto, onde começou a mostrar sua maravilhosa voz ao mundo, as pessoas começaram a gostar e Won ficou muito feliz.
Quando precisou mudar de escola aos quatorze anos de idade, conheceu diversas amigas, com as quais criou laços fortes de amizade, as amigas começaram a se dedicar a diversas atividades na escola juntas, sempre juntas.
A amizade de todas se tornou cada vez mais forte e verdadeira, hoje Won não viveria mais sem suas amigas do coração, as quais se consideram grandes irmãs.

Família:


Kang Baek
Mãe| Jornalista| 41 Anos|
Kang é uma mulher espirituosa e divertida, mas também série e centrada. Sempre sabe o que fazer e dizer para sua filha.
Won e Kang são muito próximas, Wong costuma confiar muito na mãe, contando a maior parte de tudo o que acontece em sua vida para a mesma.


Chung-ho Baek
Pai| Empresário| 52 Anos
Chung-ho é um home sério, não costuma fazer piadinhas, na maior parte do tempo está em sua empresa, não tem o mínimo tempo para sua mulher e filha. É um homem frio, mas extremamente inteligente.
Won-Won não é muito próxima ao pai, costuma trocar poucas palavras com o mesmo, mas não chega a sentir falta de um pai, sua mãe sabe cumprir muito bem todos os papeis.

Personalidade:
Won-Won é uma garota divertida e criativa, não costuma ser muito séria, nem mesmo em momentos que precisa. É espirituosa assim como a mãe, puxando muito de seu bom-humor.
Wong atrai muito a atenção do público, por ser muito engraçada e falar o que acha, sem ter medo das consequências, é sincera e corajosa, não tem medo da verdade nem a esconde de ninguém.
Altruísta, sempre está disposta a ajudar o próximo, sem ressentimentos, ajuda todos sem ver suas poses nem coisa do tipo, apenas é solidaria pelo simples prazer de ter ajudado alguém, isso para ela é o mais importante. É extrovertida e sabe muito bem como iniciar uma conversa amigável, nunca sendo desnecessária ou algo do tipo.
Sabe muito bem como cativar o público, e é claro, sua aparência ajuda muito nisso, mas mesmo assim, seus atos são muito fofos e verdadeiros, fazendo com que a maioria dos fãs gostem muito dela.
É delicada e vaidosa, tomando muito cuidado com sua aparência e com o jeito que se porta, tentando sempre ser educada e agir com classe.

Em que ano escolar está?
3º ano.

Gosto & desgostos
[G]
Sorvete| Doces| Café| Achocolatado| Música| História| Filmes| Livros| Séries| Doramas japoneses e coreanos| Frio| Piscina| Dança| Reality Shows| Viajar.
[D]
Chá| Suor| Marshmallow| Salada| Comida saudável| Ficar em casa| Matemática| Egoísmo| Críticas maldosas| Solidão.

Manias e medos
[MA]
Bater as unhas contra superfícies de madeira — Wong costuma bater muito as unhas contra a madeira, faz isso normalmente quando está animada ou nervosa.
Morder o lábio — faz isso o tempo todo, é algo que herdou de sua mãe.
[ME]
Won possuí apenas um medo em sua vida: perder a pessoa que a faz mais bem na terra, sua mãe.

Hobbies
— Andar de bicicleta;
— Cozinhar;
— Danças (sem coreografia);
— Andar a cavalo.

Quando e porque entrou para o grupo:
Quando o grupo foi criado, Won era amiga das participantes, inclusive estava junto na criação, no início ficou relutante em aceitar, mas depois que suas amigas insistiram, Wong aceitou, e hoje ela acredita que está é a melhor coisa que já fez em sua vida.


O que pensa sobre ser famosa:
Won-Won gosta da fama, por mais que não se considere tão famosa, ama o carinho dos fãs, para a garota isso é o que mais importa. Sem fãs não se existe um cantor, um grupo, um ator, qualquer tipo de famoso.


O que achou quando viu o grupo Dream Girls:
Won ficou um tanto quanto relutante no começo, mas logo depois se acostumou com a ideia. Jamais ficaria triste ou incomodada com o sucesso dos outros, muito pelo contrário, fica contente ao ver.


Sua opinião sobre Dream Girls se torna famosas:
Won fica feliz pelo sucesso do grupo, mas não vê diferença em sua vida, por mais que veja que algumas de suas companheiras fiquem bravas ou até mesmo chateadas, não liga muito, mas parabeniza as garotas pelo sucesso.


Tem alguma ideia de uma confusão a qual pode se meter?
Por Wong ser uma garota muito verdadeira e falar a verdade na cara dura, isso poderia resultar em alguns problemas com a imprensa. Won não tem medo de falar o que acha, isso a prejudica em alguns aspectos, mas também poderia causar uma grande catástrofe.

Poderia se tornar amiga de alguma das meninas do grupo rival algum dia?
Wong não teria problema algum em se tornar amiga das rivais, ela não vê problema em tal ato, mas provavelmente algumas de suas companheiras não gostariam muito da ideia, repudiando-a e aconselhando que não se aproximasse, e como Won-Won preza por suas amizades mais antigas, as escutaria.


Sua relação com os amigos
Won é verdadeira e engraçada na frente dos amigos, costuma os fazer rir constantemente. Não deixa que ninguém machuque-os, sempre está de peito estufado mostrando que não tem medo do perigo.
Won-Won sempre faz de tudo para ver seus amigos contentes, costuma contar piadas e assistir a programas/séries de comédia na companhia deles. Sempre se preocupa muito com seus amigos, para Wong eles são mais que seus amigos, são quase parte de sua família.


Sua relação com pessoas que não gosta
Won costuma ignora-las, não presta atenção nas pessoas que não gosta, mas não pode ser provocada, Won-Won pode se tornar fria e vingativa quando provocada ou quando falam mal e machucam seus amigos, Wong não aceita com facilidade falta de educação de pessoas que não gosta, costuma responder tais pessoas com frieza e sarcasmos, deixando de parecer com si mesma.
Pode se tornar calculista e ter um plano na ponta das mangas, soltando sorriso cínicos.

Como costuma agir com os fãs:
Wong costuma ser engraçada e gentil com seus fãs, sempre abraçando-os sem medo nem reluta. Won sempre trata-os com o maior carinho que pode, sorri com facilidade e entrega autógrafos sempre com um coração e seu nome escrito dentro.
Won-Won conversa com os fãs, mesmo que por pouco tempo, pergunta a eles sobre suas vidas sempre com um sorriso bondoso e caloroso no rosto, fazendo com que seus fãs se encantem.

Como costuma agir diante de….
— Entrevistas
Age naturalmente, respondendo todas as perguntas com sinceridade e naturalidade, sempre responde todas as perguntas com um sorriso sereno no rosto.
— Premiações
Fica animada, tenta se conter, mas sempre acaba gritando e abraçando as demais companheiras de grupo, agradecendo todos os que lá estão por tudo.
— Paparazzis
Não se sente incomodada nem a vontade, sorri para as câmeras, mas mesmo assim tenta sair de perto, sempre tomando cuidado para não ser mal educado com os paparazzis, mas de vez em quando costuma dar uma bronca, coisa que eles adoram.
— Conhecendo Idols
Won trata-os como iguais, afinal, também é famosa como eles, mas se é alguém que ela gosta e acompanha, não deixa de abraçar e pedir uma foto, claro, de um jeito normal.
— Ensaios
Costuma ser a engraçadinha dos ensaios, mesmo se dedicando e dançando bem como o resto das garotas, costuma contar piadas e fazer todos rirem, descontraindo.


Seu tipo ideal:
Para Won o tipo ideal de pessoa é alguém que a faça rir, não se preocupa muito com beleza externa, para Wong a pessoa ideal é alguém que a trate com respeito e a faça sentir-se amada e protegida.
Possui namorado ou não?
Não.
Como agiria com o par
O(a) trataria com respeito e carinho, não deixando de distribuir caricias e faze-lo rir. Não teria medo de mostrar seu amor para o mundo, muito pelo contrário, tentaria dizer a todos que estava junto com alguém, e mostrar que ama essa pessoa.


Faz alguma outra coisa além cantar…
[X] Modelo
[ ] Atriz
[ ] MC de programas
[ ] Outra coisa

Possui nome artístico?
Wong.

Redes sociais
Instagram (@wonwong) — no instagram costuma postar suas fotos mais profissionais, as comumente tiradas em ensaios fotográficos e em shows.
Twitter (@wonwongsz) — no Twitter Wong tenta responder seus fãs, conversa com eles e posta fotos mais amadoras, as que ela e suas amigas mesmo tiram.
Snapchat (@gomwon) — já no Snapchat Won mostra a todos seu verdadeiro eu, ri e conta piadas idiotas na frente da câmera de seu celular sem medo de ser julgada, mostra seu cotidiano, aproximando-se de seus fãs.

Curiosidades e fatos:
Wong odeia que a chamem pelo seu primeiro nome completo (Hae-won) ela não o suporta, odeia que a chamem assim com todas as forças.
Won adora sorvete de chocolate e de morango, mas não suporta sorvete de manga.
Won-Won é uma garota muito boa em todas as matérias, com a única exceção: matemática.

Algo a mais?
Não, obrigada.



Permalink Comentários (0)

Ficha — Scream: I Know What You Did

Postado

Bella Meredith Burnier


Nome: Bella Meredith Burnier.
Idade: 18 anos de idade

Aparência:
Bella possuí curtos cabelos morenos — que chegam até os ombros —, sobrancelhas marcantes e arqueadas. Seus olhos são esverdeados, profundos, costumam penetrar a alma das pessoas, seu corpo é o de uma modelo — apesar de ter apenas 1,68 de altura, a morena tem um corpo curvilíneo, sente-se satisfeita com sua aparência, afinal, nunca ligou muito para o lado de fora.
Bella não costuma se arrumar muito, apenas para eventos especiais, onde a sua aparência é o elemento crucial, acompanhado das dicas de moda de sua irmã.


Personalidade:
Bella possuí uma personalidade única, sempre sabe o que dizer, e nunca liga para as opiniões alheias, Bella dificilmente se deixa levar pelas aparências, normalmente questiona as pessoas antes de aceita-las. É descontraída, não costuma andar com o resto das garotas mesquinhas, prefere muito mais os garotos, acredita que com eles, pelo menos, pode rir e fazer coisas bobas sem ser julgada.
A morena é extremamente justa, o certo é certo, o errado é errado, sem mais nem menos. Bella costuma ser solidária de gentil com todos que a pedirem qualquer tipo de ajuda, não trata as pessoas com desdém nem com desrespeito por motivos banais, mas se tiver algum tipo de passado ruim com a pessoa, não mede as palavras ruins que podem sair de sua boca.


História do personagem:
Bella nasceu em uma família estabilizada economicamente, mas cheia de problemas. Quando tinha apenas sete anos, sua mãe faleceu, deixando apenas o pai e as duas filhas que mal sabiam cuidar do próprio cachorrinho sozinhas, devastadas de dor, as duas começaram a ficar cada vez mais unidas, Bella e Anabelle tornaram-se próximas em pouquíssimo tempo.
Com o passar do tempo, seu pai fora aumentando as doses de bebida, voltava tarde para casa, bebia até mesmo dentro de sua residência.
Anabelle por ser a mais velha entendia o que acontecia, preparava-se para o pior. O pai chegava tarde acompanhado de mulheres e demasiadas bebidas, as músicas eram altas durante toda a madrugada, Bella encolhia-se na cama de sua irmã todo dia ao escutar o rangido da cama.
No aniversário de 13 anos de Bella seu pai chegou ao extremo, Ana havia lhe preparado uma pequena surpresa, apenas um pequeno bolinho com uma vela no centro, aquilo para as duas era uma celebração, no dia o homem chegara em casa acompanhado de outros dois homens, carregavam armas e sacos repletos de dinheiro, Bella e Ana observavam incrédulas o pai de seu esconderijo.
Anabelle chamou a polícia, mas os salvadores não chegaram a tempo, as duas foram agredidas, Ana gravemente, pois sempre se punha em frente da irmã.
O homem fora preso e as duas ficaram sobre a guarda de uma tia carinhosa que sempre as tratava com carinho, como uma verdadeira mãe, depois de algum tempo as duas descobriram que o pai havia sido morto em uma fuga má sucedida.
Seguiram suas vidas normalmente, sem lembrarem-se de seus monstros do passado.


Curiosidades e orientação sexual do personagem:
Bella tem muito medo de relacionar-se com a pessoa errada — por conta do que houve com seu pai — considera-se heterossexual, mesmo nunca tendo namorado com nenhum garoto.

Família, relacionamento do personagem com a família:
Anabelle Burnier

Irmã – 22 anos – Jornalista
Anabelle é uma garota dedicada e bondosa, sabe a hora de brincar e a de levar as coisas a sério. Diferente de sua irmã, sempre andou ao lado das garotas populares, sempre foi uma verdadeira patricinha-nerd, sendo o prodígio da família.

Importante:
✗Não tem um bom relacionamento com garotas.
✗Na maioria das vezes tira notas altas.


Peculiaridades, gostos e desgostos, talentos do personagem:
[G]
✗Flores
✗Baunilha
✗História
✗Música
✗Livros
✗Dormir
[D]
✗Matemática
✗Banana
✗Sono
✗Sentir-se envergonhada
✗Palestras
[T]
✗Violino
✗Escrita


Ciente de que seu personagem pode morrer?
Sim.

Ciente que após o envio da ficha seu personagem se torna de minha autoria, sujeito a modificações na personalidade, história e derivados para o encaixe do mesmo na trama caso necessário?
Sim.



Permalink Comentários (0)

Saving Lives — fichas

Postado

Catarina Toppan





Nome completo: Catarina Toppan
Apelido (s): Cat — por conta de ser bela e segura como um gato.
Idade: 24 anos de idade.
Aniversário e Signo: 31/08 sendo do signo de virgem
Cidade onde nasceu: Nasceu na cidade de Malibu, Califórnia.
Cidade onde mora atualmente: Chicago.
Saúde: Catarina possuí psicopatia.
Estudos: Concluiu o nível superior, sendo uma advogada formada, mas não podendo atuar na profissão por conta de sua doença.
Profissão: Não possuí uma.



Como conheceu o Hospital?
Quando foi diagnosticada, os pais de Cat perderam o chão, colocaram-na em uma clínica psiquiátrica, mas não era o suficiente, Catarina possuí uma lábia capaz de hipnotizar qualquer um que esteja minimamente fraco psicologicamente, por isso já conseguiu fugir diversas vezes.
A mãe já não aguentava mais, o pai e o irmão tinham medo de até onde a família iria para conseguir salvar a filha “louca”. Por fim Arthur — o pai — colocou-a no hospital, recebeu várias indicações e viu críticas positivas a respeito dele.
Assim internou a filha na área psiquiátrica, da qual até hoje não conseguiu escapar nenhuma vez, o que frustra a garota.
Médico, funcionário, paciente ou outro?
Paciente.
- Se paciente, fixo ou apenas faz consultas periodicamente? Se fixo, o que o levou a estar no hospital?
Paciente fixo, Catarina foi internada no hospital, por isso não pode sair em momento nenhum, apenas com os pais acompanhados de um segurança e enfermeiro especializado, sem sair das redondezas do hospital.



História:
Catarina nasceu em uma família estabilizada economicamente, nunca teve demasiados problemas financeiros, muito pelo contrário, sua vida sempre foi boa.
É a primogênita de sua família, e desde pequena mostrou indícios de psicopatia, não demonstrando sentimentos afetuosos. Depois do nascimento de seu irmão, Ian, Cat mostrou-se fria e calculista, vivia em sua mente infantil, mas maliciosa, calculando a morte do mais novo.
Escondeu sua doença até completar a faculdade. Dizem que os psicopatas são demasiados inteligentes, sabem fingir sentimentos muito bem, conseguem enganar as pessoas com um simples sorriso, Cat sempre foi boa nisso, tanto que conseguiu segurar as pontas até o fim de sua faculdade.
Quando enfim foi diagnosticada, teve de ser internada em uma clínica, como a família não tinha tanta condição, não era uma clínica muito boa. Catarina conseguiu fugir diversas vezes, com a facilidade que um gato tem de andar sobre uma superfície estreita.

Quando foi transferida tentou fugir, mas todas as tentativas foram em vão. Frustrada, tentava ao máximo seduzir os funcionários, mas todos resistiam aos encantos da pequena gatinha.
Quando conheceu o belo cirurgião loiro tentou uma oportunidade de fugir, queria sua liberdade e talvez seduzindo-o conseguiria. Nathaniel foi mais forte do que Catarina imaginava, mas mesmo assim encontrou uma maneira de divertir-se.
Com o coração do cirurgião nas mãos, conseguia alguns benefícios, por mais que a psicopatia a impedisse de sentir sentimentos, uma atração ainda cutucava sua cabeça diariamente, fazendo-a sempre pensar no cirurgião “bonitão”.




Estilo de vestimenta:
Catarina na maior parte do tempo é obrigada a usar as roupas feias e sem graça de hospital, mas quando tem a chance de sair, utiliza roupas charmosas e modernas, sempre com tons um pouco mais escuros.




Aparência:
Dona de longos cabelos morenos naturais lisos, Cat orgulha-se verdadeiramente de sua aparência, seus olhos são de um castanho negro e sua boca tem um formato único, suas covinhas a dão uma aparência fofa, tendo puxado um pouco o lado da mãe neste quesito.

Seu corpo é magro e curvilíneo, possuí 1,53 de altura podendo ser chamada de baixinha, também é muito magra, pesando apenas 47kg. Seus glúteos são de um tamanho confortável e seus seios são de médios para pequenos, mesmo assim contrastando perfeitamente com o resto do corpo.

No fim, Catarina tem uma beleza exuberante. Seus olhos profundos e seu sorriso fingindo bondade hipnotizam qualquer um que tenha olhos para vê-la. Sempre elegante e sobre o “salto”.




Tatuagens/Piercings/Sinais de nascença:
Cat nunca se interessou por nenhuma tatuagem, piercing. Não possuí nenhum marca de nascença.



Personalidade
Cat por ser uma psicopata não costuma demonstrar suas verdadeiras emoções, na maior parte das vezes, finge admiração e interesse. Costuma ser educada com todos, mas não teria medo de passar por cima de ninguém para ter o que quer.
Não costuma ser covarde, faz o que tem que fazer na hora que tem que fazer, nem que isso envolva matar alguma pessoa.
Facilmente engana alguém que não esteja estável psicologicamente, um sussurro encantador é o suficiente para seduzir qualquer pessoa.

Sabe o que tem que fazer, sempre objetiva e esperta. Contorna situações de desespero sempre sem sair do salto, encantadora, possuo uma lábia incrível para convencer as pessoas.
Tudo o que quer tem, isso não é questionável.



Possui algum talento ou habilidade?
Escrita- Cat convence qualquer um por meio de uma carta escrita ou algo do tipo, pode criar personagens inteiros para suas histórias malucas. Sempre sabe como convencer quem quer que leia a carta de que seu conteúdo é verdadeira, não uma pura mentira que saiu da mente de uma bela garota psicopata.
Lábia- Sua lábia é extraordinária, sabe muito bem como convencer alguém de qualquer tipo de loucura, não tem medo de colocar a vida dos outros no poço para ter o que quer.




O que gosta de fazer nas horas vagas?
Catarina dificilmente tem horas vagas, na maior parte do tempo está na companhia de um médico ou enfermeiro. Mas em seus momentos de paz, prefere assistir algo pela TV ou ler um bom livro de terror, suspense, romance policial.
Seus dias por mais monótonos que sejam, são cheios de leituras e curtos períodos de tempo em frente à televisão.




Tem algum tipo de preconceito?
Nenhum.



Nome: Nathaniel.
Apelido que deu a ele: Nath- apelido pelo qual todos o chamam.
Sr. Cheshire- por Nathaniel ser sorridente e esperto como o gato de Cheshire.
Como ele (a) a (o) chama? Cat- abreviação do nome e seu apelido.
Srta. De copas- como a rainha de copas, Catarina não tem medo de usar os outros para ter o que quer.
Como o conheceu?
Catarina sempre foi de perambular escondida pelos corredores do hospital, e em uma de suas fugas esbarrou com o cirurgião loiro que caminhava em direção da saída, ao invés de Nathaniel denuncia-la e coloca-la de volta em seu quarto, caminhou e conversou com Catarina, que o convenceu de que a “psicopata’ era uma pessoa interessante. Desde então, Cat e Nathaniel tornaram-se cada vez mais próximos.
Quais são as qualidades que mais admira nele (a)?
Cat admira a inteligência e facilidade para lidar com momentos críticos de Nathaniel, orgulha-se de ter em seu quarto todas as noites alguém tão belo e interessante. Nathaniel sempre fora gentil e interessante, isso é o que Cat mais gosta no belo loiro.
Quais são os defeitos que mais detesta nele (a)?
Catarina detesta quando ele se irrita rapidamente e fica fazendo piadas sem graça. Seu jeito sabichã de vez em quando irrita-a demasiadamente, e seu jeito calado quando tem algum problema.
Como é a relação entre eles (as)?
Uma relação escondida e proibida, depois do expediente Nathaniel vai ao encontro de Catarina escondida, as noites normalmente são quentes e ligeiras, antes do hospital fechar Nathaniel sai e Catarina deita-se para deliciar-se do sono profundo.
A relação do casal é como podemos chamar de quente, sempre que podem escondidos no espaçoso e confortável quarto de hospital.
Uma música que defina o casal:

Possuem algum objeto especial, alguma mania ou tradição em conjunto?
Quando Nathaniel encontrou Cat estava segurando um jaleco em seus braços, o mesmo usou para protege-la do frio do hospital enquanto conversavam e caminhavam. Desde então Cat guarda o mesmo em seu baú de objetos pessoais, ela não entende o amor e nem quer, mas esse jaleco tem importância em sua vida.
Qual o maior motivo de brigas?
A divergência de atitudes e pensamento dos dois, Cat faz o que quer quando quer e não tem medo disso. Nathaniel reprova sua impulsividade, por mais que saiba de sua doença e que impedir isso seria o mesmo que tentar colocar todas as pessoas do mundo em uma caixa pequena. Tenta ao máximo protege-la, mas Cat não quer ser protegida.
Traíria o (a) parceiro (a)? Como reagiria se fosse traído (a)?
Cat não aceitaria a traição vinda de ninguém, odeio esse tipo de atitude. A verdade é que Catarina não saberia trair alguém que sinta o mínimo de afeto possível, ao mesmo tempo que não é fiel tem dificuldade em ser desonesta com quem de uma certa forma “ama”, por mais que isso não seja nada comum em sua doença.





Como é a voz do seu personagem?




Essa história terá cenas de sexo (+18) e palavras inapropriadas. Está ciente e de acordo com isso?
Sim.
Está ciente que caso seja aprovado, seu personagem estará em nossas mãos para utilizarmos como melhor se encaixar na história?
Sim.
Está ciente que se não comentar por dois capítulos seguidos, seu personagem será removido da história?
Sim



Ian Lewis Morgan





Nome completo: Ian Lewis Morgan
Apelido (s): Não possuí
Idade: 28 anos de idade
Aniversário e Signo: 25 de outubro, sendo do signo de escorpião
Cidade onde nasceu: Londres, Inglaterra
Cidade onde mora atualmente: Chicago, Estados Unidos
Saúde: Sua saúde é de ferro, quase nunca fica doente
Estudos: Completou o ensino superior e fez especialização
Profissão: Médico, especializado em Medicina Esportiva



Como conheceu o Hospital?
Durante a faculdade precisava realizar um estágio, na época o hospital estava à procura de estudantes, Ian agarrou a oportunidade, depois de se formar continuou no hospital por se sentir confortável e considerar um lugar divertido e agradável de se trabalhar.
Médico, funcionário, paciente ou outro?
Médico
- Se médico, especialista em qual área?
Medicina Esportiva



História:
Ian nascera em um dia chuvoso e nublado na grande Londres, seus pais sempre sofreram dificuldades financeiras, cresceu em um pequeno bairro sujo e perigoso da cidade. Sempre fora uma criança sonhadora, não desistia fácil de seus sonhos, quando tinha apenas dez anos já se destacava em sua escola, era incrivelmente dedicado e inteligente, logo conseguiu uma bolsa para estudar em uma das mais renomadas escolas da capital Inglesa.
Era uma criança genial e isso não sumiu com o passar dos anos, durante sua adolescência agitada continuou com seu foco nos estudos, sempre de cabeça erguida e lendo algum tipo de livros. Quando tinha por volta de quatorze anos entrou no time de futebol da escola, achava extremamente idiota o jeito como os atletas arriscavam seus corpos sem nem ao menos preocuparem-se, sempre acompanhava seus colegas até a enfermaria quando machucavam-se, foi ai que seu amor pela medicina esportiva nasceu, vendo que podia ajudar os atletas a continuarem atuando nos campos, quadros e etc.

Quando se formou logo foi para os Estados Unidos para fazer sua faculdade em Chicago, precisava arrumar um emprego para sustentar sua família na Inglaterra, por isso logo encontrou o Northwestern Memorial Hospita que estava aceitando currículos na época, entrou no hospital e tornou-se um notável funcionário, completou sua faculdade e especialização e continuou a trabalhar no hospital, sente-se bem trabalhando lá, é confortável e divertido como diria o próprio.


Estilo de vestimenta:
Ian tem um estilo clássico despojado, roupas na maioria das vezes com uma pegada clássica moderna.




Aparência:
Ian é um homem muito bonito, possuí um corpo malhado e bonito, pode ser considerado alto, possuí 1,80 de altura pesando 75kg.

Possuí cabelos negros e olhos azuis profundos, sempre que sorri covinhas se formam no canto de sua boca, tornando-o fofo instantaneamente.

Tatuagens/Piercings/Sinais de nascença:
Ian não possuí nenhuma tatuagem, pircing ou sinal de nascença



Personalidade:
Ian sempre foi um garoto com um humor um tanto quanto excêntrico, sabe a hora que deve contar uma piada discreta e quando deve permanecer quieto, pode ser considerado agradável e cômico.
Desde muito pequeno é responsável e dedicado, seu trabalho sempre vem em primeiro lugar, isso o faz se destacar dos demais. Sempre se dedica ao máximo, mesmo que isso signifique que ele deve perder todas as suas noites estudando algum paciente.
Sempre está disposto a ajudar e realmente gosta de fazê-lo, por isso decidiu tornar-se médico, poder ajudar as pessoas para ele é incrível.

Livros em suas mãos são uma rotina, costuma ler em seus intervalos, antes de dormir, durante o horário do almoço e sempre que pode. Seus livros favoritos são os que abordam a medicina, mas também aceita um mistério com terror de vez em quando.
Se pergunta-lo o que mais gosta de fazer ele dirá sem pensar duas vezes: estudar. Ás vezes chega a irritar sua dedicação e inteligência, mas Ian não pode evitar, afinal todos acabam o perdoando por ser tão gentil e por suas belas covinhas que se formam quando sorri.
Possui algum talento ou habilidade?
→Violão — Ian não consideraria exatamente uma habilidade, mas seus amigos reconhecem que ele é ótimo com esse instrumento de seis cordas.
→Cozinha — Ian cozinha maravilhosamente bem e isso ele deve a seu pai que sempre soube cozinhar como um verdadeiro chefe de cozinha.


O que gosta de fazer nas horas vagas?
→Tocar violão
→Ler
→Assistir filmes e séries
→Estudar

Tem algum tipo de preconceito?
Não

Gostos:
Alimento: Macarronada
Bebida: Cerveja
Cor: Azul e verde
Animal: Gato
Cheiro: Rosas do campo
Plantas: Rosas brancas
Fruta: Maçã
Sobremesa: Torta Holandesa e Bolo de cenoura
Desgostos:
Alimento: Beterraba
Bebida: Suco de caju
Cor: Amarelo
Animal: Rato
Cheiro: Álcool (de carro)
Plantas: Cacto
Fruta: Melão



Sobre relacionamento, já teve ou está em algum?
Sim, Ian já esteve em um relacionamento, na realidade mais de um, por ser muito bonito sempre chamou a atenção das garotas.
É virgem ou possui uma vida sexual ativa? Comente sobre.
Não é virgem, mas ultimamente sua vida sexual está meio parada, com o trabalho na cabeça mal consegue pensar em seus desejos carnais.
Se considera uma pessoa romântica? Ou prefere a liberdade, sem se apegar a alguém?
Sim, Ian sempre fora romântico com aquelas que amava.
Deseja um paquera ou gostaria de tentar vaga como secundário?
Secundário.



Como é a voz do seu personagem?


-Essa história terá cenas de sexo (+18) e palavras inapropriadas. Está ciente e de acordo com isso?
Sim.
-Está ciente que caso seja aprovado, seu personagem estará em nossas mãos para utilizarmos como melhor se encaixar na história?
Sim.
-Está ciente que se não comentar por dois capítulos seguidos, seu personagem será removido da história?
Sim.




Permalink Comentários (0)