~Artemisz

Artemisz
Haters Gonna Hate
Nome: Rσввιє ιѕ Mу Ƈяυѕнαвαтαι|ǀѕαɗσяα--->Mαяιɗα|Ɗια.Mσмму|Rуαη>Ɓιcяυѕн|SQUAƊ RULƐS|---->ƐƖƖα
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 6 de Novembro
Idade: 17
Cadastro:

✉ Fichas ✉


Postado

Bloodline


❄ Gabriella "Ella" Kaulitz ❄


Nome —  ⭐Gabriella "Ella" Kaulitz ⭐

Nascimento & Idade — 16 anos.

Sexualidade — Heterossexual.

Aparência —  Ella possui fios curtos na cor negra e volumosos, fazendo os mesmos apesar de lisos, criarem certo movimento e pequenas ondas nos mesmos. De pele branca, e quase extremamente pálida, a garota que um dia já fora órfã, levou inúmeras orientações médicas alegando que deveria tomar mais sol, porém, sempre não dedicava o tempo necessário para ficar mais "corada".
Seus lábios são levemente cheios em um tom de rosa naturalmente claro, sempre dispensou batons e é adepta ao bom e velho hidratante labial sem cor, e quase que necessariamente com aroma de chocolate, um dos pequenos Minos que sua mãe adotiva lhe proporcionou desde sempre.
Seu corpo é consequentemente não muito proporcional devido a sua baixa estatura, apesar de não ser exageradamente magra, seu corpo possui uma distribuição natural de gordura que sempre a beneficiou com seios medianos e um quadril mais largo, que se remeteu em uma bela parte traseira e coxas fartas.
Seus olhos que sempre capturaram atenção, são azuis acinzentados, com um certo brilho peculiar, encarar os olhos da mesma, para muitos é como observar um grande abismo, e como um dos grandes filósofos já descreveu.

" Quando se passa tempo demais observando um abismo, o abismo observa dentro de sua alma"



Atriz: Emily Rudd










Personalidade —  Gabriella sempre foi uma garota cética em relação as coisas, portanto sempre foi difícil de ser manipulada, ou de apagarem seu gênio difícil, porém, em certos assuntos sempre sofreu pelo lado sentimental, em um perfeito dilema de Coração ou Razão?.
A garota sempre foi e será muito questionadora, arquitetônica e perspicaz, capaz sim de manipular alguém sem nem mesmo se dar conta de tal ato ou julgamento, pois quando algo em sua mente é horrendo ou inviável sempre faz das tripas e coração para abrir os olhos daqueles ao seu redor.
Mimada, apesar de seu trágico histórico familiar (A biológica) pelos Kaulitz a garota sempre teve tudo o que o orfanato não poderia lhe oferecer, não que a mesma seja uma consumista desenfreada, mas em relações as atitudes em seu redor ela sempre tenta manter um controle, como se a mesma tivesse nascido para liderar aquilo em questão.

"Ella Kaulitz"
"Se a vida é um jogo, então de fato irei jogar com todas as minhas cartas."

Forte, maliciosa e manipuladora, nunca irá medir esforços para conseguir o que deseja, sempre mascarada em sua aparência inocente e nada hostil.

Entrar em seu coração, ou fazê lá mudar de idéia em relação a algo é entrar em uma profundeza com uma pequena parcial chance de volta, suas razões e mudanças são na base da gratidão, e a mesma é grata desde que se conhece por gente, somente a seus país adotivos que a tiraram daquele pesadelo.

Como podemos ver, nunca julgue um livro pela capa.

História —  Gabriella apesar de ser um nome em variante italiana, a mesma é polonesa. A Dona dos olhos brilhantes azuis e fios negros como a noite perdeu os pais em uma catástrofe Aérea, quando a mesma possuía um ano e meio de idade, tudo o que ela sabe sobre os mesmos, é que seu pai era um grande escritor Psicanalista, e sua mãe mesmo após a gravidez o acompanhava em todas as duas conferências pelo mundo, devido ao fato que o mesmo possuía uma saúde bem debilitada, pois o casamento de seus avós era entre primos de segundo grau, contanto havendo ligações sanguíneas indefinidas por alelos repetidos.

Exatamente cinco meses após a perda de seus pais, um casal um tanto peculiar entrou na disputa de sua guarda, e como a mesma não possuía demais parentes, todo o dinheiro do Casal Kaulitz e poder influenciaram para que o seu processo de adoção fosse burlado de papeladas e datas em excesso, sendo consumado na metade do tempo estimado.

Adelaide Tudor Kaulitz, sofria de uma severa depressão, por perder seus filhos gêmeos que foram abortados espontaneamente durante sua gestação, esse desejo de voltar ao tempo para recriar sua família a fez buscar em todos os orfanatos registrados, por crianças que se encaixassem nas características físicas da mesma e de Severo, seu marido.

Em meio a olhos azuis e fios negros, de crianças de todos os lugares ou condições, ela se cativou por Georgina Kowalkowski (Que logo foi batizada de Gabriella), a ligação que as mesmas desenvolveram foi instantânea, dando o nome que daria a sua filha que nem chegou a nascer, Adelaide batizou e registrou Georgina como Gabriella e assim a mesma começou a fazer parte da família Kaulitz.

Adelaide era uma bailarina dedicada que vivia para dança, e da dança, enquanto seu marido, Severo era um empresário de gostos extravagantes e agenda lotada, não presente para notar as variações de humor e até a depressão da esposa, que resultou nessa tentativa bizarra de ter "seus" gêmeos com a mesma.

Gabriella cresceu de maneira luxuosa e com uma educação perfeita, garota de belos modos poucas palavras e a delicadeza de uma pluma.
Porém, dona de uma mente inconstante e barulhenta, sempre se dedicou aos hobbies e sugestões que sua mãe lhe sugeria e para todos, ela e Roman (mandarei fichota dele <3) eram de fato gêmeos, e toda a transação de ambas as adoções nunca existiu.

Como se fosse um passe de mágica, enquanto crescia de fato pareceu esquecer de sua família biológica, e ser grata pela educação e boas condições que os Kaulitz lhe ofereciam.
Por uma das teorias estudadas por seu Pai Biológico viu que as semelhanças de modo se agir, não são passadas por genes e sim pela convivência. Gabriella passou a ter um grande apresso pela ginástica, sendo uma grande ginasta desde seus 14 anos e hoje aos 16 líder de torcida.

Suas escolhas perante seus Hobbies modo de vestir, não lhe pertencem totalmente, são as recriações que a mesma deixa Adelaide fazer na mesma.
Pois agora de fato, Ella havia se tornado a filha que a bailarina Tanto desejou.

Seu único compromisso é fazer com que a mesma se orgulhe da mesma, a dela é a única opinião a ser de Verdade avaliada e aceita.

"Naquele momento, somente a gratidão aos Kaulitz, era capaz de moldar seu coração"

Gostos & Desgostos — 


Graças a carreira e a profissão de sua mãe, Gabriella passou a ter um grande desejo e atração aos recitais de ballet, sendo uma grande amante da arte quando pode acompanhar sua mãe mesmo que com um olhar de de trás dos palcos.



Livros sempre lhe fazem companhia durante as madrugadas, pois a mesma sempre sofreu de uma insônia grave.



Esse gosto é impossível de ser escondido, Ella sente por toda sua pele um arrepio crescente e excitante toda vez que bebe e ouve músicas altas saírem das grandes caixas de som durante uma festa, todo seu corpo se eriça e sua postura de "caçadora" vem totalmente a tona nessas situações.
As festinhas depravadas de Thomas Jones, e o próprio Thomas Jones, sempre foram belos instigantes a mesma.



Abomina o sentimentalismo em excesso, e todo esse melodrama que a maioria das pessoas apresentam na adolescência, dar esse ar, derramar tantas lágrimas, somente aflora o quão fracos e patéticas são. Seus demônios devem ser afogados até os mesmos quase tomarem você.


A necessidade de se amarrar em alguém prematuramente em uma relação, aos seus olhos é ridículo!
Como garotas trouxas e virgens caem na lábia de garotos sedutores e maravilhosos, para o prazer e escárnio em relação aos outros, Gabriella não é nenhum dos dois.
Até porque, burra é você que acha que o seu namoradinho de fundamental será o amor da sua vida querida, nem o pintinho dele está totalmente formado,quem dirá seu carácter e desejos?.


Acreditar em promessas alheias é a pior das ilusões, pois a mesma já provou e por mais que relute em dizer já se feriu por uma. Um eterno desgosto e abominação sua..

Hobbies —

Gabriella dedica três horas por semana para correr, a mesma adora a sensação, sentir seu corpo e a maneira como a exaustão pode vir quando usa diferentes ritmos de corrida.


A Ginástica é sua vida, o melhor esporte que já praticou até hoje e talvez um dia, pensa em seguir carreira no mesmo, para ele dedica de duas a três horas por dia.


Apesar de estudar praticamente de madrugada, Ella sempre teve um grande interesse por saber mais sobre outras línguas e até mesmo aprender outras.
Ao menos duas horas por semana da mesma são dedicadas para aprender Alemão.

Medos/Fobias — 

Automatonofobia — medo de bonecos de ventríloquo, criaturas animatrônicas, estátuas de cera (qualquer coisa que represente falsamente um ser sensível)

Par —  Se possível o Thomas....PLS Sharman esse Deus Grego...pelo amor


Relação com o par —  Gabriella busca sempre diversão, então eles provavelmente ficariam muito antes de assumir algo sério.

Posição social na escola — Popular em Ascensão.

O que teria feito para irritar A Seita — 
Ela nunca acreditou de fato nisso tudo, ninguém é capaz de exercer poder sobre ela ou a colocar em uma situação de marcar sua vida para o fim, estúpida baboseira.

Ciente de que podemos fazer qualquer coisa com seu personagem? — até uma possível morte .

Sim....

Algo mais? — Acho que a Gabriella é uma personagem de peso, que pode sim e irá se escolhida agregar bastante no enredo, eu nunca vi uma história parecida com a dela, pode parecer viagem na maiosene ate, mas isso é o que a maioria de nós queremos, originalidade, mesmo que seja pelos métodos de algo que nunca pensamos ou que dificilmente vá acontecer em nossa vida.
Ah e eu super Shippo Thoella, Gamas, Kaunes....sou péssima em SHIPPERS ;-;
Mas o casal será bom! Se aceitarem é claro haudnsidjsidj.

Aparência da Família Adotiva da Mesma :

Adelaide Kaulitz - Mãe Adotiva.


Severo Angus Kaulitz. - Pai Adotivo.


Roman Cavalieri Kaulitz - "Irmão Gêmeo"


Palavra-chave? — ❄ Everything is grey ❄


Government Spies: The Experience


⭐Samantha Holmes Arkley⭐ ou ↪Fleur Conan Doyle↩


♦Nome e Apelido: ⭐Samantha Holmes Arkley⭐☀ Porém em missões e na CIA, a mandado da mesma atende por outra identidade: ↪Fleur Conan Doyle↩

♦Idade: 23 anos/ Aniversário 06/11/ Escorpiana ♠

♦Cidade, estado e país onde seu personagem vive: 
Glasgow - Escócia.

♦Descrição: 
Samantha é um poço de uma beleza exótica aos olhos escoceses, sua pele é pálida e extremamente fina, rendendo vergões ou hematomas com facilidade, um ponto que nunca a agradou muito, com seus olhos negros em um tom fechado sem qualquer tonalidade mais clara, quando brilhantes se assemelham ao efeito de uma noite estrelada.
Seu rosto é ânguloso e naturalmente bem marcado, suas maçãs do rosto são levemente avantajadas, compondo com seu nariz pequeno e delicado. O foco de seu rosto e um dos elementos que implicam ainda mais em sua atenção, são seus lábios medianos e naturalmente vermelhos com notas puxadas ao vinho, assim contribuindo para que a mesma como um todo se pareça muito com a Princesa Branca De Neve. Seus cabelos negros, sempre tomam caimento em ondas.
Seu corpo é marcado por uma cintura fina, seus seios tomam um tamanho mediano, suas coxas são levemente grossas porém seu quadril não acompanha as curvas assim criando um pequeno espaço entre suas coxas.

☀Aparência: Crystal Reed








♦História: 
Irene Arkley e Sebastián Holmes tiveram um breve caso enquanto a mesma se encontrava na terra da Rainha Britânica em sua excursão de formatura, enquanto vagava em busca de seu quarto de viagem em um dos bairros não tão privilegiados de lá, foi testemunha de uma tentativa de assassinato.
Logo assim encaminhada para a polícia como uma testemunha chave, seu tratamento não foi dos melhores e o fato de ser estrangeira contribuiu muito para a desfeita local, Sebastián Holmes era o consultor encarregado do caso.
Em meio a discussões a mesma foi impedida de sair da Inglaterra até o caso ser dado por encerrado, uma medida arcaica e sem direitos alguns. Um dos capitães obrigou Holmes a se retratar com a moça, em um jantar formal.
Muito vinho subiu a cabeça de ambos é a lembrança de acordarem nús após o jantar nunca pareceu tão distante quanto real.
Poucos meses após sua volta a Escócia a gravidez já era aparente e o sentimento de vergonha perante a seus pais a fez omitir a história, como explicaria que havia se entregado a um homem que tanto fez mal jus de seu carácter e simplesmente havia entrado em coito com o mesmo em sua última noite inglesa?
Samantha nasceu saudável e filha de uma mãe solteira, cresceu em meio aos costumes de uma vida solícita e sem um posto masculino em sua vida representado por um Pai, porém enquanto crescia as semelhanças com Holmes eram inevitáveis.
Samantha contava em inúmeras noites sobre sonhos considerados loucos e suas percepções infantis sobre os mesmos de uma maneira íntegra e ponderada, ela simplesmente acreditava em tudo o que sentia, sonhava e via. Irene sentiu um grave medo de algo nesse sentido fosse derivado de algum problema psíquico ou mental, ou até mesmo uma disfunção emocional devido a sua criação sem um Pai.
Diversos testes foram feitos e perceberam ali sua inteligência incomum, e sua falta de controle e real conhecimento do mundo a tornava propensa a acreditar, e caso essa conexão com o real não fosse estabelecida a mesma poderia sim desenvolver algum tipo de recuo mental em seu próprio mundinho. Sua mãe preocupada recorreu a única pessoa que talvez tenha passado por isso, sendo desta forma que Sebastian Holmes descobriu a existência de uma filha.
O choque passou perante os anos mas ainda sim era complexo demais estabelecer uma relação afetiva com alguém que nunca esteve presente em sua vida, mas sua curiosidade, ingenuidade e até mesmo vontade a fizeram dar chances ao mesmo.
E em uma questão de tempo Samantha já adolescente abandonou a Escócia e foi com seu Pai morar na Inglaterra o ritmo de uma metrópole elegante como Londres a fascinou de imediato e os meios de seu pai a contaminaram pouco a pouco, o ego hereditário se estabeleceu mesmo que de longe e tentando não demonstrar que eles eram próximos conviviam o máximo que podiam. Ela era uma versão evoluida mais atrativa e charmosa de S.Holmes, sem dúvidas chamou muita atenção e quando sua maioridade chegou a proposta de trabalhar como Detetive lhe caiu porém com saudades da mãe a mesma recusou.
Quando voltou a Escócia escolheu dar asas à sua mentira, esquecer quem era seu pai e conquistar seus méritos por suas batalhas e não por uma hereditariedade, a mesma continuou seu curso iniciado na Inglaterra de professora, e começou a dedicar suas energias de maneiras funcionais aos outros.

♦ Personalidade:  Samantha e Fleur tem como personalidade fases de uma mesma pessoa.
Samantha é doce e paciente, sempre disposta a ouvir assim passando um ar angelical e ingênuo. Totalmente leiga em ver a maldade alheia dedica todo o seu tempo a seus alunos, sendo os mesmos responsáveis por preencher o espaço dado as carícias emocionais nunca usadas da mesma. Tem uma grande vontade de ser mãe um dia, por esse motivo sempre se encanta com crianças e a simplicidade das mesmas, a maneira como tudo parece ser mágico as mesmas e por longos períodos gostaria de sentir o mesmo. Samantha é guiada na maior parte de suas ações por um instinto de auto proteção, que também se aplica quando a mesma se deparam com alguém menor ou mãos frágil.
Fleur representa o lado negativo, agressivo e expressivo. Jogadora, manipuladora e maliciosa.
Seu comportamento, ações e modo de coagir os outros a sua volta são seus segredos que lhe agregam a suas performances estupendas da CIA.
Seu ego chega a ser maior que propriamente dito sua estatura, suas conexões mentais, atos meticulosamente ensaiados e o sorriso doce de Samantha são capazes de abrir grandes portas a mesma.
Maliciosa sempre, consegue quem quer e não faz questão de medir pudores ou esforços, ela é encantada por armas desde brancas a de fogo, o poder que elas representam em mãos normais é inebriante aos olhos da mesma.
Fleur faz o gênero que gosta de fortes emoções, esportes arriscados, acelerar irresponsavelmente em seu carro e sentir a adrenalina de uma perseguição, porém tendo em comum com Samantha o grande e importante senso de auto preservação.

♦Gostos: 

A mesma gosta muito de ler, tendo preferência a Crônicas e artigos filosóficos, materiais astronômicos também são bem vindos em sua estante.


Natação, é sem dúvidas uma de suas paixões, a simples sensação de bem estar que a mesma sente ao usufruir da água ao redor de seu corpo é um relaxante sem igual.



Ela deixa de uma a uma hora e meia pela manhã disponíveis a sua corrida matinal, esse hábito a garante um melhor desempenho e um bem estar.
Fora que isso permite a mesma pensar durante o percurso no silêncio de seus passos.



Apesar de seus hábitos "saudáveis" e pacatos a mesma nunca escondeu que assim como seu pai possui um fraco por festas e bebidas caras.



Joseph é o amor de sua vida, e não se engane pensando que ele é um homem galante de belas proporções físicas ou algo semelhante.
Joseph é seu Impala preto 67.



♦Desgostos: 


A mesma detesta quando seus planos não seguem o curso imaginado.



Se sentir ameaçada ou observada a irrita de uma maneira inimaginável, a mesma não se permite errar.



Informações desconexas em suas teorias, pois ferem seu ego de forma torturosa.



Ser subestimada é praticamente um convite formal para provar em relutância de seu ego o quanto é excelente e majestosa seja no que esteja em jogo.



Covardia é algo que simplesmente a inoja, um covarde merece a melhor das humilhações pelos métodos mais trabalhosos.

♦Medos/Traumas/Fobias de seu personagem: 

Um dos maiores medos dela é referente a permanecer em um estado vegetativo durante uma cirurgia, porém sentindo todas as partes de seu corpo sendo abertas e reviradas durante o precedimento.



♦Algum vicio? 
Não.

♦Quais são as principais manias de seu personagem?

Seu sorrisinho de lado levemente irônico é sua marca registrada, assim como o arquear de suas sombrancelhas em uma expressão facial.

♦Família de seu personagem: 


Sebastián Holmes Miller. - Pai, 53 anos.
É bastante admirado por sua única filha, porém não a da o valor necessário, e sua distância em relação a mesma tem como desculpa, a segurança que essa frieza trás a mesma.
Se seus inimigos não saberem da existência dela, não há o que temer.



Irene Constância Arkley. - Mãe, 40 anos.
Ambas possuem um ótimo relacionamento, em meio as crises, e surtos recaindo ao vício de Sebastián, Irene foi pai e mãe, mas de forma alguma denigrindo Holmes.
Samantha sente um grande orgulho das pinturas de sua mãe e a forma como ela simplesmente é uma mulher ainda doce como deveria ser quando mais jovem.



Joanne Eleonora Watson.- Madrasta, 42 anos.
Joanne e Samantha não costumam passar um tempo juntas ou render algum tipo de conversa, a mesma sendo policial mantém distância da mesma pelo motivo também ocorrido a Sebastián.

O que o seu personagem responderia se lhe fosse perguntado... 

♠Qual é o pior: Tortura física, psicológica, ou emocional? 

-A emocional certamente afeta o psicológico que logo se engloba em efeitos físicos, a arte da tortura sempre recai no mesmo ponto.
Independente da ordem, uma tortura agrava as outras, uma criança pode sofrer tortura psicológica a mesma logo se instalará em seu emocional recriando um empecilho no mesmo, e quanto mais a degradação mental ocorre por ambos os estímulos,o próximo alvo indiretamente é o físico.
Independente de qual, garanta fazer bem feito.

♠O que iria fazer se notasse que esta encurrala-do de inimigos? 

-O que me mantém viva tendo essa vida dupla sem dúvidas é meu planejamento, sempre quando me sinto ameaçada ou observada gosto de optar pelas vias públicas e locais onde se possui uma certa organização e circuitos monitorados por câmeras.
Mas caso as coisas saíssem do planejado uma fuga em minha moto sempre é a melhor opção, não importa o grau da missão minha integridade sempre vem em primeiro lugar.

♠O que iria fazer se uma pessoa que ama ou que se importasse morresse na sua frente? 

-É extremamente complexo amar, não pelo simples fato que isso implicitamente vai te foder, isso não é novidade.
Conheço apenas um tipo de amor, e ele é levado pela gratidão, a mais doce das minhas vinganças viria por consequência se algo ou alguém trama se contra a vida dos meus pais.
Amores vem e vão, mas foram eles que me deram a vida é cuidaram de mim por todo o tempo necessário.

♠Onde iria se esconder se houvesse uma explosão? 

-Na minha própria casa mandei instalar um quarto Bunker/ pânico.
Lá tenho mantimentos por até seis meses e uma estrutura de titânio revestida com concreto reforçado.
Esse quarto é somente para casos extremos, porém sempre é válido lembrar que posso calcular o raio de destruição da explosão desde que seja por um artefato explosivo.

♠Você se sacrificaria para salvar alguém ou nunca iria fazer isso? 

-Caso essa pessoa fosse meu Pai ou minha mãe, sem dúvidas eu me sacrificaria sem nem pensar duas vezes.
Os demais, cada um por sí é se Deus realmente existir torça para ele estar ali por você também, porque eu não vou estar.

♠O que iria fazer se soubesse que alguém que você confiou lhe traiu? 

-Traição é um ato imperdoável, porém, se o mesmo fosse importante em algo favorável a mim, sem dúvidas restabeleceria uma relação, mas desta vez com as rédeas em minhas mãos.

♠É capaz de perdoar alguém? Se sim, quantas vezes? 

-Caso seja interessante a minha pessoa  sim, mas não mais que uma vez.

♠O que faria se estivesse com risco de vida: Correria ou lutava primeiro? 

-Lutaria, em extremo risco é o certo a se fazer.

                          ↪❄⭐☀↩

♣Como vive sua vida tendo "Duas vidas"? 

Samantha Holmes é uma estudante comum prestes a terminar seu mestrado em psicanálise, sendo que a mesma terminou sua faculdade de jornalismo a pouco tempo.
Mesmo sendo filha do famoso Sebastian Holmes, um dos consultores mais bem falados da Scotland Yard ela mantém certa distância da fama do pai, fugindo de suas aparições em público e possuindo uma relação de Pai e Filha somente em ambientes fechados.
Já Fleur Conan Doyle é uma mulher feita, despreza totalmente o sentimentalismo que tem em sua vida pessoal no trabalho, a Cia exige muito da mesma e isso ela está disposta a exercer seu papel perfeitamente, nenhum agente da CIA ou superiores conhecem a mesma por Samantha Holmes, quando o assunto em foco é seu trabalho da vida secreta, todos a acatam por Fleur Conan Doyle, uma homenagem ao escritor de Sherlock Holmes e a única referência a seu real nome.
Sua mãe e seu pai acreditam que a mesma possui encontros secretos com algum pretendente, sendo que a maior parte das desculpas aplicadas para eles são derivadas disso.

♣Como foi parar na CIA e qual foi a reação dele à receber essa proposta? 

Samantha descobriu que sua maneira de ver o mundo com um propriamente dito como isolamento de sentimentos não era negativo, aliás muito pelo contrário. Sua cognição sempre fora excepcional como a de seu Pai e isso pesou bastante no olhar significativo da CIA, Sebastian em um passado distante foi um dos mais perfeitos candidatos, porém um vício forte em heroína custou essa chance ao mesmo.
A CIA enxergou em Samantha uma nova chance no sangue Holmes, uma versão ainda mais Polida de seu Sebastian.
O primeiro contato da organização com a mesma, ocorreu em um teste cujo o quão a mesma nem imaginava a existência. Durante uma festa da faculdade a mesma foi atacada por um dos "estudantes" de seu  curso, o mesmo tentou a tocar intimamente mas estranhamente a mesma se defendeu com perfeição. Já havia estudado a teoria que em momentos como aquele, todo o medo é insegurança se transformam em adrenalina, que despertam sensos primitivos em nosso corpo, levando assim a resultados nunca esperados antes.
A mesma se assustou de imediato ao ver que em questão de segundos havia quebrado uma garrafa de cerveja e enterrado 3 centímetros dela no abdômen do rapaz, Samantha pendeu seus dedos ensanguentados em suas coxas meio desnudas por um vestido e fugiu dali.
Pouco tempo depois a CIA se apresentou formalmente e lançou sua proposta, indignada ela negou aceitar a mesma pelo trauma sofrido, porém, a instituição ameaçou entrar com um processo de tentativa de assassinato e manchar o nome de sua família com isso.
Samantha não viu outra opção a não ser aceitar, ela então se tornou Fleur Conan Doyle.

** Daqui em diante irei me referir a ela apenas como Fleur**

♣Como o seu personagem agia no treinamento da CIA? 

Fleur sempre sofria nas aulas de combate corpo a corpo, principalmente porque a maioria de seus parceiros de treinos eram homens que mais pareciam armários. A grande ironia da vida aplicada a mesma era o fato de que seu instrutor era o mesmo homem do incidente na festa do campus, severamente recuperado e com um certo impasse em relação a ela.
Na maioria dos treinos físicos ela saia cheia de hematomas e repleta de ódio, após algumas quedas e leves ferimentos no corpo a corpo, aprendeu a usar seus cotovelos e assim passou a ganhar alguns pontos.
Seu verdadeiro destaque está em suas habilidades mentais, como fáceis conexões de elementos, teorias e imagens, uma perita na arte de descobrir a verdade.
Em armamento seu desempenho recompensa totalmente seu considerável fiasco e falta de preparo na luta corpo a corpo.

♣O que seu personagem diz para seus parentes quando vai sair para viver uma missão secreta da CIA? 

Ela sempre assume uma mentira relacionada a um namorado, que ambos vão viajar ou simplesmente sair...
O que não chega a ser uma severa mentira...afinal ela é comprometida com o que faz..

♣Quais são as habilidades físicas de seu personagem? 

Ela se esquiva como ninguém, seu baixo peso e estatura a tornam leve e propensa a corrida.
Possui uma mira que em média faz a mesma acertar 8 vezes o ponto indicado em 10 tentativas.

♣Seu personagem prefere armas brancas ou armas de fogo? 

Ela tem aptidão por ambas as categorias, sabe se virar com qualquer uma delas.







♥Qual a arma que seu personagem tem mais afinidade em usar? 

Seu arco e flechas, por ser uma arma consideravelmente fácil de fazer munições em casos extremos desde que o ambiente contenha vegetações e ganhos secos.




♥Qual foi o sentimento que seu personagem sentiu quando foi lhe dado o aviso de que é um dos melhores agentes da CIA e que iria para a base central do governo em uma missão com os outros dezessete melhores? 

Fleur se manteve em uma de suas posturas superiores, seu êxito sempre fora demonstrado constantemente, então ser uma das melhores não foi surpresa.

♥Qual foi o sintoma que seu personagem sentiu quando foi mandando para casa depois de ser resgatado da missão? 

Fleur sentia constantes enjôos seguidos por uma fraqueza assustadora, por segundos e mais segundos já chegará a pensar que perderia a consciência a qualquer instante.

♥Qual é o poder de seu personagem? 

Ela tem a incrível habilidade de absorver parte de qualquer habilidade em questão, porém, a certas regras e consequências de duração em seus atos.
Se a mesma absorver a Habilidade de Telepatia, e em seguida a de super força, a anterior é totalmente descartada por seu corpo, para combinar e ter mais de uma habilidade elas tem que se organizar como Psíquicas, Corporais ou Químicas.
Podendo combinar várias desde que sejam do mesmo grupo.

♥Quais são as fraquezas do poder de seu personagem? 

Para absorver é necessário ter uma conexão com a pessoa da habilidade em questão, podendo ser física ou emocional.
Todas essas absorções duram de 20 a 45 minutos apenas.
Caso a pessoa a ser sugada a habilidade não permitir tal ato, se tem a opção de forçar a mesma, mas o custo desta ação é a energia de Fleur retirada, geralmente após essas situações e o efeito da habilidade passar, a mesma cai em um sono profundo, chegando a dormir até 18 horas seguidas.

** Quando absorvido, a pessoa não perde sua habilidade

♥Qual foi a reação e o pensamento de seu personagem ao descobrir seu poder? 

Apesar desta situação ser completamente bizarra e sem base lógica alguma, Fleur se sentiu feliz,  terá as chances necessárias para viver uma vida comum caso queira, e em momentos de necessidade pode ter qualquer poder que deseje.

☀Tem completa noção de que qualquer personagem pode morrer á qualquer momento? Inclusive o seu? 
Simm ;-;

☀Sabe que se não comentar em três capítulos seguidos sem explicação, seu personagem irá morrer? 
Siiiiim.

⭐Aceita par? Se sim, fale-me suas preferências.⭐
Claro! Fleur é Heterossexual.

☀Algo mais que eu deva saber?☀
Nop

☀Já favoritou?
Simmmmmm


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...