~Lightwood-

Lightwood-
Haters Gonna Hate
Nome: Rσввιє ιѕ Mу Ƈяυѕнαвαтαι|ǀѕαɗσяα--->Mαяιɗα|Ɗια.Mσмму|Rуαη>Ɓιcяυѕн|SQUAƊ RULƐS|---->ƐƖƖα
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 6 de Novembro
Idade: 17
Cadastro:

Mean - Ella


Postado



Eleonora "Ella" Montgomery Fox


> Nome: Eleonora Montgomery Fox.

> Apelido:  Ella.

> Idade: 17 anos

> Data de nascimento: Seis de Novembro, portanto ela é escorpiana.

> Aparência:

(Emma Watson)




O seu rosto é em formato harmônico, mas não muito exagerado por este ser levemente magro.O rosto começa por uma testa curta e larga, e ao descer começa pela mesma largura, porém, redondo, chegando a um queixo amplo e de formato levemente mais aberto. O seu nariz é caucasiano, sendo pequeno e tendo um corpo curto, estreito e bastante fino, ao chegar ao final encontrando uma ponta fina, porém, oval, arrebitada e com as narinas finas escondidas por trás da porta, em si, sendo quase fechadas. A sua boca é em formato de coração ou seja, o lábio inferior e superior são ambos carnudos, porém, o superior é menos carnudo que o inferior, lábios úmidos, mesmo em tempos frios estes não ficam rochosos, sendo eles naturalmente avermelhados. Seus olhos são redondos, com a íris de castanho em um mel brilhante, com a pupila amendoada quase nunca dilatada, com o limbo esclerocorneal fino e preto e quase não percebe-se por ser exageradamente fino. A esclerótica não possui nenhuma mancha e é totalmente branca, sem apresentar as raízes. Seus cílios são do tipo volumosos, sendo eles naturais, começando baixos na raiz dos cílios, mas ao ir para trás começa a ficar mais alto. As sobrancelhas são ligeiramente angulosas, castanhas. Os seus cabelos passam dos bustos, sendo dessa altura, sendo lisos, mas possuindo leves partes onduladas naturalmente, e sua cor é um loiro escuro.Fisicamente possui estatura baixa, e pesando pouco, sendo magra. Os seus seios são medianos, a pele fina e pálida. Os pés e as mãos pequenas, com os dedos finos e as unhas grandes e que ela geralmente permanecem sem cor alguma artificial.

>Personalidade:

Ella pode ser compreendida com base nas estações do ano, como o verão ela consegue ser quente e intensa,um tanto predatória com seus alvos quando a mesma segue seus extintos que se baseiam em seus desejos, ela não mede esforços para conseguir o que quer e nunca aceita resultados negativos ao esperado algo fortemente ligado aos eu espírito esportista que ironicamente não a ensinou a perder, nem mesmo para os amigos .

Como o outono ela tem seus momentos de frustração, seus demônios internos e luta com eles da maneira que pode, fazendo jus a pouca amargura que é capaz de soltar por suas palavras nesses dias ela prefere ficar solitária, nunca gostou ou procurou conversar com alguém sobre quaisquer problema, de certa maneira sempre deixando bem claro a si mesma que se pudesse confiar em uma única pessoa em sua vida inteira ela escolheria a si mesma. 

No inverno ela se reconstrói sem o antigo semblante da ultima estação com as pequenas marcas que ainda cicatrizam em seu peito ela tem a certeza de estar mais forte, seus sorrisos conseguem ser mais iluminados quando sua cabeça trabalha junto com seu coração,porém ela reconhece que seus alcances são mais longos quando a mesma cala seu coração e encara tudo com um olhar mais cético e indiferente, realmente encarando a vida como um jogo no qual as regras a mesma reescreve a cada jogada. 

Em sua ultima estação a primavera ela finalmente compreende que nasceu para tomar o controle e se coloca mais do que nunca no controle de si mesma, ela abraça as situações que caminham ate ela. 

Em todo ciclo existe uma falha e a sua falha representa o ponto mais oculto de seu ser.
Ella sente a dor de uma maneira mais intensa que deveria, ela mantém sua casca forte impenetrável enquanto seu interior está desabado, deteriorado e dilacerado, sua maior vergonha está ali, ela sofre por coisas bobas, se chateia nos mínimos detalhes equivocados das entrelinhas de sua vida e não tem a maturidade necessária para os ignorar.Nesse aspecto ela gostaria de ser mais como as pessoas imaginam como ela seja do que realmente como ela de fato é, o que representa um eu bem contraditório contra sua própria essência.




Ela sempre estará descontente com algo em relação a si mesma, o corpo o cabelo ou qualquer outra coisa que não consiga fazer tão bem quanto um segundo é desesperador para a garota que na maior parte do tempo se cobra mais do que deveria. E lidar com qualquer coisa que não sai como o planejado desperta uma cachoeira de emoções em seu peito, podendo ou se diminuir em suas expectativas negativamente ou então inflar sua negatividade e ser capaz de matar cachorros a grito.
Nada é capaz de tranquilizar a mesma nesses momentos, sendo exatamente como ter um grito preso na garganta a diferença entre amigos e inimigos some e em um piscar de olhos, assim como seu pudor em usar as palavras certas para não magoar ninguém.

Ella não é maníaca pelo poder ou liderança, porém reconhece e faz questão que segundos percebam o quão boa nisso ela pode ser, desde organizar uma coleta de alimentos aos necessitados a apresentação de um projeto estudantil para uma bancada executiva. A garota nasceu para estar a frente, representar aqueles que não tem voz e buscar sim os seus direitos, com um senso de justiça inegável.

Eleonora possui uma alma revolucionária, ela não abaixa a cabeça ou aceita as injustiças impostas por segundos, Ella gasta todo seu fôlego lutando incansavelmente contra a maré mesmo que os efeitos não sejam imediatos ela não desiste facilmente. A garota pinta seu rosto com as cores de de uma alma em busca da liberdade, seja ela de expressão ou de suas próprias escolhas.

Apesar de Heterossexual, e não ter  dúvidas disso acredita que todos devem sim ouvir a voz de seus corações independente do que o mundo lá fora pense disso. O amor nós escolhe, o sentimento sempre brota da mais pura essencia que o inesperado trás, portanto toda forma de amar é verdadeira, uma vez que concordamos que no amor não existe o certo ou o errado. A garota não tem preconceitos em relação a homossexualidade, pansexualidade e assexualidades e defende demais causas sexuais como a liberdade sexual da mulher que tem demarcado em seu eu a necessidade de ser uma figura recatada e discreta, contrastando com a posição masculina modelo da sociedade.

Apesar de recatada em sala e com os demais colegas em períodos assistidos por professores não se engane, uma alma conturbada, impulsiva e crítica é o interior de seu corpo de baixa estatura. Porém não se engane, ela adora assistir intrigas ao seu redor e não sai de uma discussão argumentativa facilmente, mesmo que em alguns momentos a melhor medida a passar por sua cabeça seja pular no pescoço da pessoa em questão e esgana lá até a morte.

Ella adora barulho, música alta e dançar, mesmo que os únicos a lhe acompanharem sejam seus pais ou deu irmão mais novo.

É ciumenta, apesar de tentar ocultar isso ao máximo, acaba deixando pampejos desse sentimento transparecerem em suas ações em alguns dos momentos. Pelos poucos amigos que tem luta por eles como uma leoa, sem ter medo de cololdfcar a sua própria pessoa em cheque por eles se arrisca como se não houvessem consequências.

Em relação ao par a mesma coisa se enquadra, Eleonora não sabe ao certo como lidar com o amor, ele é um sentimento novo que a embriaga e nem sempre acaba tendo consequências boas.

A felicidade vem de picos momentâneos, porém ela está disposta a se arriscar nesses picos por ele. Mesmo que ele tire o seu foco em alguns momentos, e que não saia de sua cabeça.

Tudo o que Ella ama, Ella protege.

Apesar da seriedade marcada em sua personalidade ela não camufla seus momentos desbocados e com segundas intenções. Pessoas perfeitas não existem, logo Eleonora não seria uma excessão, a garota não se envergonha por quando necessário xingar como um marinheiro ou saber cabívelmente argumentar em uma discussão e até mais que uns puxões clássicos de cabelo em uma briga.
Não faz piadas porém não consegue trancar um sorriso quando ouve algo engraçado de segundos, nem mesmo deixa de fazer ou dizer o que tem vontade por represálias.
Em tudo o que faz deixa ainda mais claro o fato de ser autentica, imprevisível e até mesmo questionavel.




Ella é muito afetada por seu inconsciente que parece trabalhar contra a mesma, sua imaginação bastante em conjunto de sua criatividade fazendo ser algo complexo não esperar o pior das pessoas. Amar é outro desafio a mesma, que no fundo quando se quebra suas máscaras possui um grande medo de se machucar. Eleonora  é confusa, quase tanto quanto curiosa e maldosa, apenas preza por si mesma em primeiro plano, não por egoismo, mas pela insegurança que a mesma tem em relação a os outros.


Ocupação: Presidente do Grêmio Estudantil.

> Música Tema:

"Sem erro, fazemos nossos próprios movimentos
Se você não gosta do nosso som então
Nos deixe sós, pois não precisamos de suas políticas
Não pedimos desculpas por existirmos."


Alessia Cara - Wild Things

> Orientação Sexual : Bissexual

>Deseja par? Sim.



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...