~SugarBabyBitch

SugarBabyBitch
Be Fox! Wah! Wah!
Nome: [/𝓗]unter (✨𝒯𝒽𝑒 𝒟𝒶𝓃𝒹𝑒𝓁𝒾𝑜𝓃✨)
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 2 de Setembro
Idade: 14
Cadastro:

A ● N ● G ● E ● L


Postado


𝓢𝓸𝓶𝒆𝓷𝓽𝒆 𝓹𝓸𝓻 𝓿𝓸𝓬𝒆̂ 𝓻𝒆𝓷𝓾𝓷𝓬𝓲𝓸 𝓸 𝓶𝒆𝓾 𝓸𝓻𝓰𝓾𝓵𝓱𝓸, ℒ𝓪𝓲𝓽𝓸 𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲

❝𝙸𝚝'𝚜 𝚠𝚛𝚘𝚗𝚐 𝚝𝚘 𝚠𝚊𝚗𝚝 𝚢𝚘𝚞. 𝙱𝚞𝚝 𝙸 𝚊𝚕𝚠𝚊𝚢𝚜 𝚑𝚊𝚍 𝚊 𝚌𝚛𝚞𝚜𝚑 𝚘𝚗 𝚎𝚛𝚛𝚘𝚛𝚜



𝔑𝔬𝔪𝔢 𝓒𝔬𝔪𝔭𝔩𝔢𝔱𝔬
『Katarina Rostova Demyan 』


Katarina- Teve seu primeiro registro na Inglaterra no ano de 1100, através de Santa Catarina, tornando-se muito popular no século XIV. Santa Catarina é padroeira dos filósofos, dos estudantes e das donzelas. Katarina é a versão nórdica do nome Catarina, que tem origem no grego Aikaterhine, derivado de katharós, que significa "Casta, Pura".

Rostova- Rostova é um sobrenome originado na Rússia seu primeiro registro foi feito em 1014, e acabou se tornando um sobrenome bastante comum na Rússia no decorrer dos anos. Rostova tem como significado "Guerra e Paz".

Demyan- Não se tem muitas informações sobre esse sobrenome, só que é originado da cultura Russa, e tem como significado "Calma".



𝓐𝔭𝔢𝔩𝔦𝔡𝔬
『Kat | Rina | Demy 』

Kat- Abreviação de seu nome original (Katarina). Apelido que foi lhe dado por seus dois melhores amigos, eles deram esse apelido a Katarina, por achar o nome dela extenso demais, por isso eles abreviaram o nome dela, a chamando apenas de Kat, os dois só a chamam de Katarina quando estão nervosos ou quando tem algum assunto sério para discutir com ela. Katarina particularmente não gosta muito desse apelido, por achar muito infantil, mas ela não censura seus amigos por chama-la por esse apelido, porém, ela só autoriza seus dois melhores amigos a chamarem de Kat.

Rina- Apelido que ela recebeu de sua avó paterna, que também se chama Katarina. Rina é a Abreviação italiana de Katarina, como sua avó na infância viveu um tempo na Itália, era chamada de Rina pelos seus amigos, mas depois que ela se mudou para a Rússia acabou perdendo o contato com seus amigos e também nunca mais foi chamada de Rina, pois não é um apelido comum na Rússia, então após o nascimento de sua neta, ela apelidou Katarina de Rina, para deixar a lembrança de sua juventude viva. Apesar de só gostar que sua avó a chame de Rina, alguns familiares e amigos da família também a chamam de Rina. Para Katarina esse é um apelido muito especial, e que poucos tem a autorização para Proferir esse apelido..

Demy- Seu pai a apelidou de "Demy", que é a abreviação de seu segundo sobrenome, e também sobrenome de seu pai, ele não tem um motivo específico para chama-la de Demy, só acha que o apelido combina com ela. O pai de Katarina é o único que a chama de Demy, e o único que tem o direito de chama-la de Demy. Ela particularmente não gosta do apelido, mas não liga de ser chamada por ele pelo seu Pai.



𝓘𝔡𝔞𝔡𝔢
『Katarina nasceu no dia Dois de Setembro de Mil Novecentos e Noventa e Nove, possuindo assim Dezessete Anos.』



𝓢𝔦𝔤𝔫𝔬
『Katarina é do signo Virgem , possui ascendente em Peixes , seu sol é em Virgem , e sua lua é em Gêmeos . Katarina possui seu Mercúrio em Virgem , Vênus em Leão , Marte em Sagitário , seu Júpiter e Saturno em Touro , Urano e Netuno em Aquário , e seu Netuno em Sagitário . Apesar de saber seu mapa astral de cor, ela é bastante cética em relação a astrologia, não acredita que sua personalidade possa ser designada por um signo, ou algo do tipo, e ela nunca acredita em nada que não seja ou não possa ser comprovado.』



𝔑𝔞𝔠𝔦𝔬𝔫𝔞𝔩𝔦𝔡𝔞𝔡𝔢
『Katarina nasceu e foi criada na cidade de São Petersburgo, a segunda maior cidade da Rússia, com mais de Cinco Milhões de habitantes.』




𝓐𝔭𝔞𝔯𝔢̂𝔫𝔠𝔦𝔞
『Katarina é uma bela jovem de cabelos surpreendentemente azul claro acinzentado a sua tonalidade natural, seu cabelo possui um longo comprimento chegando bater na metade de suas costas, eles são bastantes volumosos e pesados. O corte de seu cabelo é repicado possuindo mechas longas e curtas. O cabelo de Katarina é naturalmente liso, mas também possui suaves ondulações. Sua franja possui longas mechas nas laterais e no meio é uma franja repicada e curta tendo uma ondulada mecha longa que é um charme em seu cabelo.
Katarina possui um rosto triangular possuindo traços bem marcados, sua pele é bem clara, mas não chega a ser pálida. Seu nariz é arrebitado sendo proporcional ao seu formato de rosto, seus lábios são finos possuindo seu lábio inferior mais carnudo. Dona de um par de olhos esverdeados, ela possui um olhar sereno e sensual dando ela uma expressão mais séria, ela possui bastante cílios, porém eles são curtos dando a ela olhos menores, as sobrancelhas de Katarina são finas possuindo uma tonalidade cinza.
O corpo de Katarina é esbelto tendo seios grandes e firmes, ela possui uma barriga chapada ou seja ela é magra, suas cinturas são finas complementando seus quadris que são largos dando a ela uma curva chamativa, mas ela não se importa com isso, suas nádegas são pequenas, porém firmes e empinadas, suas pernas e coxas não são grossas, mas também não são muito finas. Ela é bem alta tendo 1,83 de altura e pesando 57 kg. 』








Saki Kawasaki - Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru



𝓐𝔭𝔞𝔯𝔢̂𝔫𝔠𝔦𝔞 𝔡𝔞𝔰 𝔞𝔰𝔞𝔰

『A última coisa que irão pensar das asas de Katarina, é que são as de um anjo, pois estão acostumados a associar as asas de anjos com a cor branca, cores claras, cores pastéis, ou prata e dourado, não com a cor preta, por isso várias pessoas ficaram admiradas e espantadas com as asas de Katarina, inclusive ela mesma.
Katarina possui longas e enormes asas, tão grandes que quando estão totalmente abertas possui em torno de um metro e setenta e quatro centímetros cada asa, elas são tão longas que quando estão fechadas se arrastam pelo chão, como aqueles vestidos de noivas que possuem uma cauda Watteau. Suas asas possuem uma tonalidade de ébano, tão negras que no escuro elas "desaparecem", suas asas são bastante reluzentes e suaves, sem aspereza alguma, além de ser bastante fortes e resistentes, suportando até os mais fortes ventos.』




𝓗𝔦𝔰𝔱𝔬́𝔯𝔦𝔞
『𝒪𝓈 𝒶𝓃𝒿𝑜𝓈 𝓈𝒶̃𝑜 𝓈𝑒𝓇𝑒𝓈 𝓅𝓊𝓇𝑜𝓈, 𝓁𝒾𝓋𝓇𝑒 𝒹𝑒 𝓅𝑒𝒸𝒶𝒹𝑜𝓈, 𝑒 𝓆𝓊𝒶𝓁𝓆𝓊𝑒𝓇 𝒸𝑜𝒾𝓈𝒶 𝓆𝓊𝑒 𝓅𝑜𝓈𝓈𝒶 𝓈𝓊𝒿𝒶𝓇 𝒶𝓈 𝓋𝑜𝓈𝓈𝒶𝓈 𝒶𝓁𝓂𝒶𝓈. 𝓢𝑒𝑔𝓊𝓃𝒹𝑜 𝓊𝓂𝒶 𝓁𝑒𝓃𝒹𝒶 𝒶𝓃𝓉𝒾𝑔𝒶, 𝒶 𝒶𝓁𝓂𝒶 𝒹𝑒𝒾𝓍𝒶 𝒹𝑒 𝓈𝑒𝓇 𝓅𝓊𝓇𝒶 𝓆𝓊𝒶𝓃𝒹𝑜 𝒶 𝓅𝑒𝓈𝓈𝑜𝒶 𝓃𝒶 𝓆𝓊𝒶𝓁 𝒶 𝒶𝓁𝓂𝒶 𝓅𝑒𝓇𝓉𝑒𝓃𝒸𝑒 𝓈𝑒 𝒶𝓅𝒶𝒾𝓍𝑜𝓃𝒶.

Seth é um violinista bastante renomado na cidade de São Petersburgo, nascido em berço de ouro, rodeado de mordomia e luxo desde seu nascimento, mas, porém, um homem egoísta, e cético, que não acreditava em mais nada, do que no poder do dinheiro e da fama.

Dara uma anja graciosa e pura, que conhecia pouco sobre o mundo humano, mas o bastante para nunca querer viver nesse mundo, Dara era a anja designada para cuidar da cidade de São Petersburgo, ela consolava aqueles que estavam com problemas, e a um passo da morte, claro que ela não aparecia em sua forma carnal para as pessoas, mas sua graça consolava as pessoas, o poder divino era o consolo dessas pessoas. Diferente de alguns de seus irmãos, ela vivia nos céus, não na Terra.

Seth voltava de uma festa, onde eles estavam comemorando o aniversário de um amigo de Seth, mesmo um pouco alterado por causa do Uísque e do Vinho, optou por dirigir, pois ele não estava tão bêbado a ponto de não conseguir dirigir, mas o problema maior não era a bebida, mas sim a rua que estava congelada, pois fazia pouco de um mês que o inverno havia chegado, e junto com ele a neve e o gelo. Quando Seth estava no caminho de sua casa, acabou perdendo a direção do controle, e capotou o carro, ele estava bastante ferido, e já perdendo sua vida, quando Dara apareceu para consola-lo, como ele estava morrendo, ela decidiu aparecer em sua forma carnal, ficou ao lado dele, e tocou o seu ombro, ele estava tão debilitado e ferido, que mal conseguia conversar, então desistiu de tentar se comunicar com a mulher que estava ao seu lado, Dara percebeu o quanto ele estava sofrendo, e quando olhou nos olhos deles, sentiu algo estranho, algo que ela nunca tinha sentido antes, algo bom, mas sufocador e desesperador ao mesmo tempo, ela então levou sua delicada mão ao peito de Seth, e curou suas feridas e tirou com seus poderes as dores que ele estava sentindo, mas ele continuava fraco, e só conseguiu perguntar "Quem é você?", antes de desmaiar e ficar sem resposta da parte da mulher que acabou de salva-lo. Seth acordou no hospital, não se lembrava do acidente e nem de nada da noite passada, só se lembrava da mulher do olhar confuso e preocupado, que salvou ele da morte.

Depois de algumas semanas de recuperação, Seth voltou para suas apresentações de violinos, tudo voltou a sua rotina normal, menos sua cabeça que só conseguia se perguntar "Quem era aquela mulher?", Seth até fez uma composição para a mulher desconhecida que chamou de ангел (que é anjo em Russo), ele até perdeu qualquer esperança de encontrar essa mulher novamente, mas esse reencontro estava mais perto do que ele imaginava. Durante sua turnê na Europa, ele estava em Paris, na França, hospedado em um dos hotéis mais famosos da cidade, ele entrou em seu quarto, quando ele sentiu, sentiu a mesma presença que sentiu no acidente, e rapidamente virou-se e deu de cara com a mulher, a mulher que tanto desejava encontrar, ele se assustou de imediato, mas tirando os olhos assustados, ele não esboçou nenhuma reação, mas ela se assustou e soltou um pequeno grito quando ele se virou para ela, mas sua feição assustada deu lugar a uma expressão de raiva, e num sussurro ela perguntou "O que você fez comigo?", como ela falou baixo, ele pediu para ela repetir o que ela disse, ela então perguntou outra vez só que com a voz um pouco alterada, ele se assustou com a mudança de tom dela tão repentino que deu um passo para trás, e só repetiu a mesma pergunta que ela fez, o que pareceu deixa-la ainda mais furiosa, só que antes que ela explodisse, ele pediu para ela se sentar, se acalmar, e então depois de longos minutos de silêncio e uma respiração acelerada e nervosa, ela perguntou: "Eu te salvei, foi isso o que eu fiz, mas eu pergunto a você, senhor, o que você fez comigo?! Por que eu penso em você a todo momento? Por que meu coração acelera quando te vejo? Ou por que meus sentimentos estão bagunçados? O que você fez?!, Seth um pouco confuso, disse que não fez nada, mas ela não acreditou, e disse que ele estava mentindo, e que era melhor ele falar a verdade, Seth voltou sua postura superior e disse que "Ela só devia estar apaixonada, para não se preocupar tanto.", mas assim que ele disse essas palavras, ela gritou que ele estava mentindo, e foi como se a raiva que tinha passado antes voltasse a tona, e ela gritou ainda mais alto que ele estava mentindo, depois pareceu falar sozinha, em sussurros, frases como: "Isso não pode ser verdade", "Eu sou pura", "Vai ficar tudo bem, não é mesmo?!", só que ela começou a chorar, e dizer que ela estava impura agora, e Seth abraçou como consolo, grande ironia já que ela que consolava as pessoas, agora ela que precisava de consolo, ele então começou a conversar com ela, para tentar acalma-la, perguntou seu nome, e onde ela vivia, e o mais importante como ela entrou no quarto de hotel, ela respondeu tudo com calma e serenidade, nem parecia que acabou de ter um ataque de raiva, para primeira pergunta ela só respondeu Dara, para segunda, ela disse que vivia com seus irmãos no céu, e para terceira ela disse que entrou pela sacada, para Seth a única resposta que fez sentido ali foi "Dara", ele começou a explicar era impossível alguém viver no céu, ou ela ter entrado pela sacada já que eles estavam a mais de dezesseis metros de altura, ela então explicou que não era impossível viver no céu, não quando se é um anjo, o que fez ele rir, e dizer que era impossível, pois anjos não existem, Dara levantou em um pulo, e ficou de frente a ele, fechou os olhos por um momento, e de repente uma luz forte contaminou o quarto, e das costas de Dara brotaram grandes asas cinzas, Seth se assustou e tentou se levantar, mas acabou escorregando no tapete do quarto e caindo novamente, ele bateu a cabeça, e ficou desacordado por um momento, e quando acordou, ela estava ao lado dele no chão, e quando percebeu que ele acordou o recebeu com a seguinte pergunta: "Como faço para desapaixonar de você?", o que fez ele rir, mesmo com a cabeça doendo, e só respondeu: "Não dá, você não controla seus sentimentos quando se trata do amor", Dara aborrecida olhou para o nade, e fez uma última pergunta, que parecia mais que foi feita para ela mesma, do que para ele: "Então, eu vou ficar impura para sempre", e antes que ele pudesse responder, ela sumiu.

Mais várias semanas após o acontecimento anterior se passaram, ele mais uma vez nunca viu a mulher, que agora ele sabia que se chamava "Dara", e mais uma vez ele se pegava pensando nela, como das últimas vezes, ele mais uma vez pensou que nunca veria mais Dara, mas isso foi antes dela bater em sua porta, numa noite de tempestade ás quatro horas da madrugada, Seth mal abriu a porta naquela noite, e foi recebido por um abraço apertado, foi tão rápido que ele nem conseguiu corresponder, ela estava encharcada, mas isso não parecia incomoda-la, tanto que sentou no sofá encharcando o mesmo, Seth como toda pessoa sã perguntou o que ela estava fazendo ali naquela hora da noite, ela pareceu confusa com a pergunta dele, mas depois deu um sorriso simpático, e simplesmente respondeu: "Como eu te disse eu sou um anjo, e devo ter minha alma limpa, mas quando me apaixonei por você eu acabei manchando minha alma, eu tive que levar isso ao meu superior, que perdoou meu descuido, mas não permitiu que eu ficasse no céu junto á ele, e ao meus irmãos, e como não tenho local para ficar, eu gostaria de pedir permissão para ficar aqui com você, já que parcialmente a culpa é sua. Mesmo contrariado ele deixou ela ficar temporariamente, bem, foi o que ele planejou, mas como sempre não saiu como o planejado. Dara não só ocupou a casa de Seth, como também sua vida, ele a ensinou coisas do mundo humano que ela não sabia, comprava joias, roupas para ela, levava ela para sair, e até para presenciar seu conserto de violino, e com o decorrer do tempo, eles iam ficando mais próximos, mais próximos do que deveria, e a hospede que deveria ficar "temporariamente" , ficou agora para o resto da vida dos dois, foi o que eles prometeram quando se casaram.

Após dois anos de casados, o casal recebeu a benção em forma de uma pequena garotinha de cabelos platinados e olhos acinzentados. Uma criança que foi criada rodeada de amor muito amor, e música, desde pequena Katarina gostava de escutar seu pai tocando violino, ela só dormia quando seu pai tocava pelo menos uma composição dele, e a favorita era a aquele compôs para sua mãe, quando ainda nem sabia quem era ela, conforme ela ia se desenvolvendo, ela parou de escutar seu pai tocar, e passou a tocar violino, violino e piano, a música era algo essencial, como oxigênio, além de tocar, como seu pai, Katarina também compunha, ela nunca mostrou suas composições, só tocava para ela mesma, pois sentia que era algo pessoal demais. Outro Hobbie favorito de Kataria é ler, os livros são uma grande paixão dela, principalmente de terror e suspense, ela adora imaginar as cenas que acontece em sua mente fértil. Katarina sempre foi uma garota bastante introvertida, possuindo poucos amigos na escola em que estudava, e por ser muito reservada, e também "a queridinha dos professores", ela acabou sofrendo Bullying em sua escola, e ela só possuía oito anos, o que a levou a sair da escola em que estudava, e passar a estudar em casa, seus pais contrataram uma professora particular que dava aulas a garota, depois de seus oitos anos, ela nunca pós os pés em uma escola, pegou certo trauma do local. Seus pais para a segurança e saúde mental da filha, decidiram privar ela dessa história de anjos, sobrenatural, etc, eles acharam que isso seria melhor para ela, e mesmo Dara descordando um pouco dessa decisão aceitou não contar a ela sobre essa história. Apesar de sofrer Bullying na escola, nada muito grande aconteceu na vida de Katarina, ela só era mais uma jovem comum, bem era o que ela achava.

Katarina chegou no seu último ano do ensino médio, e como ela sempre foi bastante preocupada com tudo, ela já começou organizar e listar as faculdades que ela queria ir, olhar apartamentos que ficavam perto dessas faculdade, etc, mas seus pais jogaram seus planejamentos e opções no lixo, quando decidiram por ela a faculdade para onde ela iria, sem dar opções para ela recusar, o que a deixou furiosa, pois se tem algo que ela odeia, e que as pessoas façam e decidam os assuntos dela, por ela. Seus pais tentaram convencer ela de que aquela seria uma boa faculdade, e que nessa faculdade ela pode cursar música, e se ela não quisesse teria outra variedades de curso, mas não tinha discussão com ela, "Eu só irei para essa faculdade por obrigação, e não por vontade própria." foi o que ela disse, ainda com raiva, mas após analisar a faculdade, e as críticas dela, ela acabou gostando, mesmo não demonstrando abertamente para seus pais. Para Katarina, seus pais escolheram aquela faculdade por que ela era boa, mas ela não sabia que essa escolha baseava-se na confiança que os pais tinham em uma mulher chamada Celine, que possuía uma irmandade nessa faculdade de Tokyo, onde seus pais saberiam que sua filha estaria em segurança, bom, foi o que eles pensavam.』




𝔉𝔞𝔪𝔦́𝔩𝔦𝔞

Pai
『Seth Demyan | Trinta e oito anos | Vivo | Músico』


『Um homem gentil e simpático, dois simples adjetivos que possuem grande significado para as pessoas que convive com Seth. Antes de conhecer sua amada, e atual esposa, Seth era considerado um homem egoísta e arrogante, mas depois que a conheceu, ele mudou drasticamente, de um homem egoísta e arrogante, ele se transformou em um homem com um grande carisma, e um exemplo de gentileza. Depois que Seth descobriu que seria pai, ele decidiu se empenhar em dar um bom exemplo para a filha, ensinando a ela a ser sempre educada e gentil, e tudo de bom que ele poderia proporcionar, mas, porém, ele é um humano e possui seus defeitos, alguns Katarina até adquiriu como seu orgulho e perfeccionismo.
Com o nascimento de Katarina, Seth se tornou um "Pai coruja", ficava em cima da pequena garotinha, vinte quatro horas por dia, e até quando estava no trabalho ligava de meia em meia hora para saber como ela estava. Seth valorizava e aproveitava cada segundo que passava ao lado de Katarina por isso adorava tocar para ela quando pequena, e amava ensinar ela a tocar piano e violino, pois isso os mantém mais próximos, pois além da ligação de pai e filha, eles tinha a ligação com a música, que é a paixão de ambos. Com o crescimento de Katarina, sua possessividade e ciúmes com a filha não diminui, pelo contrário só aumentou, principalmente quando ela estava perto de algum garoto, ou citava o nome de algum garoto, apesar de ser um pai muito protetor, ele sempre apoiou sua filha nas decisões que ela tomava, e ainda toma, e sente muito orgulho dela, por ser inteligente, educada, e acima de tudo altruísta, que mesmo com suas dificuldades ajuda as outras pessoas como se não tivesse nenhuma.』


Mãe
『Dara Rostova | Trinta e três | Viva | Artista Plástica』


『Uma mulher que dá um show de simpatia e delicadeza, sempre tão serena e gentil com todos, até mesmo com quem não merece, uma mulher que é capaz de mudar a rotação da Terra para ajudar os necessitados, e quem ela ama. Antes mesmo de Katarina nascer, ela já era amada e muito por sua mãe, ainda quando estava sendo desenvolvida em seu ventre, Dara contava histórias para Katarina, e cantava também, ela até conversava com Katarina, como se ela já estivesse em seus braços. Dara era uma mulher radiante, tão cheias de qualidades, que era impossível achar nela algum defeito, Dara sempre quis o melhor para sua filha, por isso sempre dava lições nela, como "a sinceridade por mais que doa precisar ser dita", "Mesmo que você possuir milhares de defeitos, e poucas qualidades, faça essas poucas qualidades serem maiores e mais destacantes, para ofuscar seus defeitos.", a maior parte das qualidades de Katarina foi graças a sua mãe.
Quando Katarina veio ao mundo, Dara fez de tudo para que ela nascesse e crescesse em um ambiente cheio de carinho, e amor, e ela conseguiu, sempre tratava sua filha com a maior delicadeza e amor do mundo, como se não existisse algo mais precioso para ela do que Katarina. Dara não se arrepende nenhum pouco de ter ficado noites acordada quando Katarina acordava no meio da noite, ou de ter dormido ao lado do berço, pois ficava até tarde contando histórias para Katarina dormir, para falar a verdade essas são algumas de suas lembranças mais incríveis e felizes que ela tem ao lado de Katarina. Graças a sua mãe, Katarina adquiriu ótimos gostos e hobbies, como os livros, só que diferente de sua mãe, ela gostava dos de terror e suspense, seu gosto pelas flores, e vários outros, mas a única coisa que sua mãe não foi capaz de ensinar Katarina a gostar e aprender foi desenhar, ou pintar quadros, pois ela não tinha muito talento para isso, como Dara. Dara sente muito orgulho da filha que tem e criou, e faz questão de demonstrar isso para sua filha, e além de demonstrar o quanto ama a mesma.』




𝓟𝔢𝔯𝔬𝔰𝔫𝔞𝔩𝔦𝔡𝔞𝔡𝔢
『❝𝐸𝓊 𝓈𝑜𝓊 𝒶𝓈𝓈𝒾𝓂, 𝓁𝒾𝑔𝒶𝒹𝒶 𝓃𝒶 𝓉𝑜𝓂𝒶𝒹𝒶. 𝒮𝑒𝓂𝓅𝓇𝑒 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑒𝓃𝒹𝑜 𝑒𝓃𝒸𝑜𝓃𝓉𝓇𝒶𝓇 𝓊𝓂𝒶 𝓇𝒶𝓏𝒶̃𝑜 𝓅𝓇𝒶 𝓉𝓊𝒹𝑜. 𝒫𝑒𝓈𝓈𝑜𝒶𝓈 𝒸𝑜𝓂𝑜 𝑒𝓊 𝓈𝑜𝒻𝓇𝑒𝓂 𝓂𝒶𝒾𝓈. 𝒮𝑒 𝒹𝑒𝒸𝑒𝓅𝒸𝒾𝑜𝓃𝒶𝓂 𝓂𝒶𝒾𝓈. 𝒫𝑜𝓇 𝑜𝓊𝓉𝓇𝑜 𝓁𝒶𝒹𝑜, 𝒸𝓇𝑒𝓈𝒸𝑒𝓂𝑜𝓈. 𝐸𝓋𝑜𝓁𝓊𝒾́𝓂𝑜𝓈. 𝒜𝓂𝒶𝒹𝓊𝓇𝑒𝒸𝑒𝓂𝑜𝓈. 𝒩𝒶𝒹𝒶 𝑒́ 𝑒𝓈𝓉𝒶́𝓉𝒾𝒸𝑜 𝑒𝓂 𝓃𝑜𝓈𝓈𝒶𝓈 𝓋𝒾𝒹𝒶𝓈. 𝒩𝒶𝒹𝒶 𝑒́ 𝒶̀ 𝓉𝑜𝒶. 𝒯𝓊𝒹𝑜 𝑔𝒶𝓃𝒽𝒶 𝓊𝓂𝒶 𝒸𝑜𝓂𝓅𝓇𝑒𝑒𝓃𝓈𝒶̃𝑜, 𝓉𝓊𝒹𝑜 𝑒́ 𝒹𝑒𝑔𝓇𝒶𝓊, 𝓉𝓊𝒹𝑜 𝑒𝓁𝑒𝓋𝒶.❞』

Katarina foi criada com a mais fina e perfeita educação, criada como uma verdadeira dama, dava para notar no jeito dela falar com calma e serenidade, e pelo seu vocabulário repleto de palavras rebuscadas, mas acima de tudo, seu jeito de tratar a todos com respeito, até os que não merece dessa educação. Ela nunca alterou sua voz para ninguém ou desacatou alguém, por mais que sua vontade fosse de gritar ofensas até sua voz esgotar, mas sua educação e respeito nunca a deixaram executar tamanha barbaridade.
Outro adjetivo memorável de Katarina é sua calma, ela sempre soube controlar muito bem seus sentimentos e impulsos, conseguindo manter a calma diante ao caos, sem demonstrar qualquer reação, sempre com sua mesma feição serena e tranquila, não que ela não tenha sentimentos, e se alguém dizer a ela que um ente querido morreu, ela vai continuar calma como se nada tivesse acontecido, mas ela não vai ter uma reação exagerada ou demonstrar perto das pessoas, ela sempre é muito discreta quando o assunto é o seus sentimentos.
Podemos defini-la como 'Uma Garota de Poucas palavras', nunca foi de conversar muito, principalmente com pessoas que ela desconhece, Katarina, nas conversas, sempre foi a que mais observava as pessoas conversando do que conversava, e quando abria a boca para dizer alguma coisa, era para falar frases curtas ou simples palavras como "sim" ou "Não". Não é que ela seja tímida ou coisa do tipo, ela só não gosta de falar muito, para não dizer algo imbecil ou que ofenda alguém, por isso evita falar demais, para não soltar palavras que se arrependa depois.
Katarina faz o tipo de garota discreta, que mesmo odiando, tem todos os olhos atraídos para ela. Ela odeia chamar atenção, por isso evita escândalos, discussões, opinar sobre assuntos, ou fazer qualquer coisa em público. Katarina é bem meticulosa com as palavras, evita falar qualquer coisa que não seja apropriada ou qualquer coisa que possa soar ofensivo, ela também evita se expressar muito em público, Katarina não grita, não "brinca" com seus amigos e não chora quando está em público ou perto de pessoas desconhecidas, Katarina também não usa roupas chamativas (Aos olhos de outras pessoas) como: vestidos e saias curtas. roupas justas ou que não sejam muito recatadas. Uma das vantagens que ela tem em ser discreta, é que ela é uma garota muito confiável, ela sempre está pronta para ser o ombro amigo das pessoas quando elas precisam desabafar, e ainda é capaz de guardar os segredos dessas pessoas por mais perturbadores e estranhos que sejam.
É bem perfeccionista e meticulosa com exatamente Tudo, sempre antes de começar qualquer conversa, com quem que seja, ela vai fazer o diálogo perfeito em sua cabeça, para que não fale algo idiota ou ofensivo. Ela vai pensar e repensar antes de tomar qualquer decisão, pois qualquer decisão para ela é importante, desde o sabor do sorvete á "Qual roupa eu devo usar hoje?", de alguma maneira ela pensa que fatores tão insignificantes, como esses citados anteriormente pode afetar sua vida drasticamente, então ela pensa meticulosamente em qualquer decisão ou ação que ela vai fazer, para não se arrepender ou prejudicar ela ou alguém que ela ame. Sua vida é toda organizada, ela sabe que horas deve levantar, que café ou alimento deve ingerir naquele determinado dia, qual a roupa mais adequada e que horas deve se deitar para depois começar a rotina que ela sabe de cor. Quando alguma coisa que não está na sua rotina acontece ela se perde totalmente, fica perdida, sem saber o que fazer, falar ou como deve agir, por isso ela odeia imprevistos ou surpresas, e também é por isso que ela planeja tudo perfeitamente, no mínimo dos mínimos detalhes, para que tudo saia perfeitamente. Com ela é assim ou sai do jeito dela, ou não sai de jeito nenhum, mas quando ela quer, ela consegue, nem que tenha que ficar minutos, horas, meses e anos planejando a forma faz perfeita e correta.
Katarina faz o tipo de garota difícil, não se deixa levar por rostos bonitos, gestos gentis, um buquê de flores, poemas ou papo mole, ela é de etapas, gosta de ser conquistada aos poucos, gosta de se apaixonar aos poucos. Tudo para ela tem que ser devagar e na hora certa, sentimentos não surgem da noite para o dia ou uma simples troca de olhares, para ela amor a primeira vista não existe quando o amor é cego. Como anteriormente havia dito ela odeia surpresas e coisas inesperadas, então não force a barra com ela, não diga que a ama ainda quando estão se conhecendo, não fique tentando segurar a mão dela ou tocar nela ainda quando estão se conhecendo, porque se fizer isso ela foge, pois ela fica assustada, e não sabe como agir, pensar ou o que fazer, então mais uma vez, não coloque a carroça na frente dos bois.
Ela é completamente observadora, consegue perceber se você está mentindo pela voz ou pelo jeito que escreve, percebe se mexeram nos seus filmes só de bater o olho, ela não gosta que mecham nas suas coisas. Ela é muito detalhista consegue, perceber e ver detalhes que qualquer perito deixaria passar em branco, ela consegue montar um perfil das pessoas, só pelos detalhes que ela observa, e se tem algo que ela ama é observar as pessoas, só por sua observação, ela consegue perceber o que a pessoa comeu, pela mancha em sua camiseta, ou o que está sentindo, com base em seus movimentos, ações ou jeito que a pessoa fala. Ser detalhista tem seus pontos positivos e negativos, pois ela consegue enxergar, até demais, os defeitos das pessoas, mesmo que ela não queira, é involuntário, ela está conversando alguns de seus assuntos banais, mas está pensando: "Ela é simpática, mas é tão desorganizada e desleixada, seu cabelo está despenteado e sua roupa amarrotada.". Não é por mau, todos temos defeitos e ela também, mas ela tem mais facilidade em ver os dos outros.
Katarina tem um coração frágil, e mesmo não demonstrando ela se magoa facilmente, ela pode não transparecer, mas se magoou com a piadinha de mau-gosto, ou com a "brincadeira", mas ela prefere ficar quieta e sofrer calada, pois ao mesmo tempo que ela se magoa facilmente, ela supera facilmente, mas se engana quem pensa que ela se fecha, guarda magoa ou rancor, Não! Com ela é "Nunca um erro, sempre uma lição." Ela aprende com cada tombo, e não se abala ou fica depressiva, chorando em posição fetal, se entupindo de doces, assistindo filmes de drama e romance ou se cortando, ela sacode a poeira, se levanta de cabeça erguida e segue em frente, e parte mais uma vez para batalha, só que não comete o mesmo erro e toma decisões diferentes do que ela tinha tomado.
Não imagine Katarina como uma donzela indefesa e submissa, ela gosta de ser independente de comprar suas próprias vestimentas e joias, de pagar suas próprias contas, da abrir a porta do carro, correção de dirigir seu próprio carro, de ter seu espaço, de ter liberdade de ir e vir sem ser monitorada, ou com uma chuva de perguntas como: "Onde você esteve?"; "O que você estava fazendo?". Katarina gosta de ter suas aventuras, de nadar suas próprias ondas, de ter sua liberdade, então não espere que ela fique calada se você mandar ela fazer tal coisa, ou de não falar com tal pessoas "por ser má influência" ou "por ciúmes", ela não nasceu para ser capacho de ninguém, não nasceu para seguir ordens de ninguém (Pelo menos as ordens que tirem sua liberdade), tentar "prender" ela é comprar briga, e vai por mim, você estará comprando briga com a pessoa errada.
Altruísta, um bom adjetivo que define muito bem Katarina, ela gosta de ajudar as pessoas, e ela não se incomoda nem um pouco, pelo contrário, ela ama ajudar, por isso ajuda instituições, dá dinheiro para moradores de ruas, alimenta animais de ruas, e ajuda as pessoas quando precisam de conselhos, dinheiro, um simples abraço ou consolação, ela é o tipo de garota que você pode confiar para todas horas, ela é capaz de fingir que não tem problemas, só para ajudar as outras pessoas com os problemas delas, ela as vezes coloca as necessidades e dores das outras pessoas, acima das dela, mas não é porque ela gosta de ajudar que é para abusar, fazer papel de trouxa não é com ela. Katarina adora estar atarefada, fazer mil e uma coisas ao mesmo tempo, mas também adora sentir o alívio depois que seu trabalho está concluído. Se tem algo que ela odeia, é que façam suas tarefas no lugar dela, pois assim ela sente impotente e inútil, como se não tivesse capacidade, e sempre que as outras pessoas fazem suas tarefas e compromissos para ela, nunca sai do jeito dela, e isso a deixa um pouco desconfortável, então nunca a livre de coisas que possam ocupar sua mente, nem que seja para agrada-la, pois ela ficará com raiva. Mesmo Bronwyn gostando de ajudar as pessoas, ela odeia ser ajudada, ela é muito relutante quando se trata de deixar seu orgulho de lado para ser ajudada.
Katarina é muito preocupada, vive pilhada por se preocupar demais, preocupada com alguma coisa ou desesperada para resolver um problema, mas ela até gosta de se preocupar, pois assim terá algo para ocupar sua mente, e terá algo para fazer. Pedir, implorar ou mandar ela relaxar, não vai rolar, mesmo que peça ajuda a um gênio, aos Deuses ou caralho a quatro, se preocupar com tudo é natural dela, e é melhor não tentar tirar essa naturalidade dela.
Katarina é sincera, na medida certa, não tem medo de expressar suas opiniões, expor o que pensa (quando não está na frente de pessoas desconhecidas), muito menos tem medo de falar na cara, mas, porém, ela odeia magoar as pessoas ou se arrepender, por isso é bastante metódica com as palavras, para não acabar magoando alguém ou se arrependendo depois, mas ela é sempre franca com todo mundo, porque ela odeia mentiras e traições, e leva muito a sério o ditado: "Não faça com os outros, aquilo que você não gostaria que fizesse com você".
Sua teimosia é maior que seu orgulho, quando ela coloca em sua cabeça que quer determinada coisa, ninguém, além dela mesma, pode tirar ou faze-la desistir dessa ideia, ninguém é capaz faze-la desistir de defender aquilo que ela acredita. Quando ela se determina a fazer qualquer coisa, ela se esforça, e muito, ela dá o máximo de si para assim conseguir o que almeja, ela tem passos fortes para conseguir o que quer, ela luta com toda a sua força e garra, pois ela não é do tipo que desiste facilmente.
A tamanha inteligência de Katarina é algo notável, ela sempre teve uma ambição por saber de tudo um pouco, saber responder todas as perguntas, e explicar cada uma delas, então além do que aprendia na escola, ela gostava de ler em livros e pesquisas, para se aprofundar no assunto, ela faz o tipo de garota que o individuo mal termina de pronunciar a pergunta, e ela já diz com convicção a resposta, com a maior facilidade do mundo. Claro que algumas questões ela não sabe, pois ninguém é capaz de saber de tudo. Como Katarina tinha uma ótima memória ela aprendia rapidamente. Com Katarina nunca tinha que explicar a mesma coisa duas vezes, já na primeira ela entendia.
Quer deixar ela com raiva? É só não dar atenção á ela, ela não ficará com raiva se você sair sozinho, se não pagar a conta do restaurante, se não abrir a porta do carro ou se você não comprou um presente no aniversário dela, mas se você não der atenção quando ela está falando, se não reparar que ela cortou o cabelo ou na roupa nova que ela está usando, se prepara para o mar de mau humor, quando ela estiver falando aga como se ela fosse a única coisa que importasse, que o mundo parou só para você ouvi-la, ela pode ser um pouco tímida, mas adora se sentir única, não para o mundo ou para as outras pessoas, mas sim para as pessoas importantes para ela, as pessoas que ela ama. Katarina não é ciumenta, quando ela ama ela confia na lábia da pessoa, ela não se importa se você conversar com tal pessoa, ou se você vai sair sozinho, ela se valoriza, não fica com ciúmes por coisas bobas, ela sabe quem está ali para ela, quem se importa com ela de verdade, e quem não está nem aí, por isso faz questão de sair da vida dessas pessoas antes que elas a expulsem.




𝔊𝔬𝔰𝔱𝔬𝔰

Tocar Violino e Piano, desde pequena Katarina teve um certo talento para a música, e ela sente uma liberdade enorme quando suas mãos estão se movimentando sobre as teclas do piano ou pressionando o col legno sobre as cordas do violino.』



Flores, para Katarina não existe algo mais belo do que as flores, algo tão delicado e diferente, de várias formas, e cores, e são como a vida que uma hora floresce, como o nascer, e depois murcha, como o morrer. Ela adora ficar em jardins, e admirar as flores.』


Chuvas, Katarina adora, na verdade ama chuvas, e adora ficar observando as gotas de água escorrendo pelo vidro da janela, e também adora dormir com o barulho da chuva em contato com o telhado.』


Chá, Katarina ama qualquer tipo de chá, seja de camomila, canela, matte, etc.』


Borboletas, ela pode odiar insetos, mas ama com toda a sua força as borboletas, por serem belas e livres.』


Dançar Ballet, Katarina nunca dançou bem, pelo menos, não outros tipos de danças, mas executa com perfeição os passos de Ballet.』


Estrelas, Katarina não esconde de ninguém que é completamente apaixonada pelas estrelas, e se tem algo que ela adora é ficar ao ar livre para observar essas lindas e luminosas esferas de plasma.』



Doces, Katarina ama tudo que seja um pouco mais adocicado, não existe nenhum doce que ela já provou, e odiou, até agora ela ama todos os doces, em geral, principalmente chocolate.』


Frio e Inverno, desde de pequena, Katarina amava o frio, pois é a época em que neva, e ela podia ficar enrolada em um cobertor assistindo filmes e bebendo Chocolate quente.』


Ler, um dos hobbies favoritos de Katarina, sem sombra de dúvida, é ler, ela adora livros em geral, gosta de todos os gêneros, mas o seu favorito, é suspense e terror.』


Lugares ao ar livre, desde sempre, se podemos dizer assim, Katarina odeia lugares fechados ou cheios, isso a deixa ansiosa e muito nervosa, por isso ela prefere lugres ao ar livre.』


Observar as Pessoas, um dos passatempos favoritos dela é observar as pessoas, o jeito que elas se relacionam com as outras, os gestos que faz quando estão conversando, etc. Ela gosta de observar principalmente, quando está numa festa, pois ela fica entediada, então observa as pessoas.』


Sorrisos, muitas pessoas dizem que são atraídos pela cor de cabelo, pelos olhos ou pelo físico, mas Katarina é atraída por sorrisos, ela adora ver pessoas sorrindo, porque isso a faz sorrir também.』


Parques de Diversão ou Circos, tá bom que ela odeia lugares cheios, mas ela supera esse ódio quando se trata de parques de diversão ou circos.』


Mágica, Katarina adora mágica, até aquelas bem toscas, ela fica encantada com os truques, coelhos saindo de cartolas, e pessoas sendo cortadas ao meio.』


Escutar Músicas, Katarina ama escutar músicas, isso a deixa tranquila e calma, não que ela seja nervosa e estressada, mas a música a deixa relaxada. Ela é bastante eclética em relação a música, gosta de tudo um pouco, mas seu estilo de música favorito é a música clássica e o indie, mas mais a música clássica.』


Maças, Maça é a fruta favorita de Katarina, e também a única que ela gosta.』


Animais, Katarina ama qualquer tipo de animal, até mesmos os selvagens, ela também luta pelos direitos dos animais, e é contra qualquer tipo de violência ou maus-tratos contra eles.』


Viajar, Katarina ama viajar, ama conhecer novas pessoas, línguas, culturas e lugares diferentes.』


Compor Músicas, um dos maiores talentos de Katarina, que ela ocultou por vergonha, é compor músicas, ela adora expor o que pensa e o que sente nas músicas que compõe.』


Andar de Bicicleta, Katarina ama andar de bicicleta, principalmente em parques, e lugares em que o contato com o meio ambiente é maior, ela adora sentir o vento batendo em seu rosto enquanto pedala.』


Filmes em Preto e Branco, Katarina sempre gostou de filmes mais antigos, em que as únicas cores do filme eram em preto e branco.』




𝔇𝔢𝔰𝔤𝔬𝔰𝔱𝔬𝔰

Café, Katarina odeia qualquer coisa amarga, por isso sente uma certa repulsa por café.』


Bebidas Alcoólicas, Katarina sente uma repulsa enorme pelo álcool, o cheiro e o gosto a deixa enjoada.』


Que Mexam em suas coisas, Katarina odeia que mexem, pegue ou toque em suas coisas, sem sua permissão, e não se engane com o "Ela nem vai perceber", pois ela sempre percebe, você pode até pegar, mexer, tocar, porém tem que ter a autorização dela.』


Maus-Tratos contra os animais, como havia dito antes, Katarina odeia qualquer tipo de violência contra os animais, nesse tipo de situação ela é capaz de entrar numa discussão, ou até mesmo numa briga.』


Errar, mesmo sendo impossível não errar, Katarina odeia, odeia errar, e odeia principalmente as criticas por errar, por isso ela evita errar máximo possível.』


Bullying e Preconceitos, Katarina odeia preconceitos, seja por causa de raça, cor, questão financeira, etc, se ela presenciar alguma situação do tipo, ela vai entrar no meio e defender a pessoa oprimida.』


Dramas, Katarina odeia perder seu tempo, e odeia principalmente perder seu tempo por causa de dramas de outras pessoas, ela não chega a ficar irritada quando alguém faz drama, mas fica incomodada, ela não se comove ou liga para dramas, então não faça dramas para ela, pois você só estará perdendo o seu tempo e o dela.』


Atrasos, Katarina sempre foi correta e perfeccionista com absolutamente tudo, mas principalmente com horários, quando tinha algum compromisso ela chegava cinco minutos antes "só para garantir", pois ela odeia atrasos, e ela também odeia que as outras pessoas se atrasem.』


Mentiras, se tem algo que deixa Katarina com muita raiva são mentiras, tentar enganar Teodora é uma das piores coisas que você pode fazer, pois ela sempre acaba descobrindo a verdade.』


Festas, como havia citado antes, Katarina odeia com toda sua força lugares lotados, por isso ela odeia festas, pois a maioria das vezes sempre está lotada, e porque também tem muito barulho.』


Barulhos ou Gritaria, se tem algo que incomoda demais Katarina, é gritaria e barulhos altos, isso a deixa com um mal humor insuportável, além de deixa-la com muita raiva.』


Fogos de artifício, Katarina tem um certo medo de fogos de artifício, o barulho de fogos a assusta, mesmo que ela saiba que vai fazer barulho.』


Palhaços, se tem algo que Katarina tem medo é palhaços, ela não entende como as pessoas acham engraçado, algo tão assustador, como palhaços.』


Pombos, Katarina odeia pombos, acha esses pássaros grotescos e nojentos, quando ela passeia em algum parque ou qualquer coisa do tipo, e avista um pombo, ela dá meia volta.』


Acordar cedo, mesmo acostumada a acordar cedo, Katarina odeia, é quase uma tortura para ela.』


Calor, Katarina odeia o calor, pois ela não pode ficar enrolada no cobertor, parece que todos os mosquitos e insetos do mundo decide sair para perturbar as pessoas, e porque as pessoas, inclusive ela, soa, e ela não suporta o cheiro do suor.』


Carnes, Katarina é vegetariana, por isso não ingere nenhum tipo de carne.』


Chorar, Katarina não suporta chorar, principalmente chorar perto das outras pessoas.』


Bagunça, Katarina não consegue dormir bem, e não consegue ficar bem, se saber que deixou algo bagunçado ou sujo, ela fica agoniada, ela não consegue pensar em outra coisa a não ser a bagunça que deixou, ela odeia ambientes bagunçados, esses tipos de ambiente a deixa incomodada e nervosa.』


Surpresas, Se tem algo que a deixa nervosa é ser pega de surpresa, acontecimentos não planejados, um convite de última hora, festas surpresas, levar sustos, etc.』


Bonecas e Ursos de Pelúcia, algo que deixa de certa forma Katarina incomodada é bonecos, não é medo, está mais para um desconforto, ela não sabe porque as pessoas dão isso para as crianças, ou porque algumas pessoas gostam dessas coisas tão esquisitas e medonhas.』




𝓥𝔦́𝔠𝔦𝔬𝔰
『Chá, ela não consegue ficar um dia sem beber pelo menos 3 xícaras de chá.』


『Antidepressivos, Katarina toma antidepressivos para controlar seu TOC, mas ela acabou se viciando nos remédios, e não passa um dia sem tomar uma pílula, quando ela não toma, ela fica nervosa, com insônia, e não consegue raciocinar direito, e tonta.』




𝔇𝔬𝔢𝔫ç𝔞𝔰

Transtorno Obsessivo-Compulsivo
『O transtorno de personalidade obsessivo-compulsiva é caracterizado por pensamentos e medos irracionais (obsessões) que levam a comportamentos compulsivos.
O transtorno de personalidade obsessivo-compulsiva geralmente se concentra em temas como o medo de germes ou a necessidade de organizar os objetos de uma maneira específica. Os sintomas costumam ser graduais e variam ao longo da vida.
O tratamento é a psicoterapia, medicamentos ou ambos. Katarina foi diagnosticada com o transtorno aos seus oito anos e logo começou o tratamento, primeiro com terapia, e depois com os antidepressivos. Katarina tem a obsessão de organizar tudo, ela gosta de deixar os lápis alinhados, separar as suas roupas por cores, etc.』





𝓗𝔬𝔟𝔟𝔦𝔢𝔰

『Ler』


『Tocar Violino e Piano』



『Dançar Ballet』


『Observar as pessoas』




𝔗𝔞𝔩𝔢𝔫𝔱𝔬𝔰

Música- Não é surpresa para ninguém que um dos maiores talentos de Katarina seja a música, ela cresceu praticamente com a música em seu sangue, desde pequena ela preferia ficar em casa tocando o piano e o violino de seu pai, do que brincar como criança normal faria. Ninguém pode duvidar de seu alto potencial para tocar o violino, e o piano, suas mãos são muito habilidosas e ágeis quando se trata desses dois instrumentos citado acima, como uma boa musicista, ela não sabe só tocar os instrumentos citados anteriormente, mas eles são os seu favoritos, e os que ela tem uma habilidade maior. Ela não tem a música como um simples talento, e sim, como uma paixão, algo que ela consegue levar tanto para a área profissional quanto para o lazer.』


Compor- Mesmo ninguém sabendo de suas composições (Por Enquanto), ela tem um enorme talento para compor suas músicas e melodias, sua mente sempre foi muito fértil, quando se tratava de compor, ela sempre usa como inspiração seus sentimentos, sensações, histórias, suas opiniões, etc, e o melhor é que ela sabe muito bem que palavras usar em suas composições, como transformar o que sente em uma bela melodia, e como passar suas composições aos instrumentos. Compor é uma arte que ela domina muito bem.』


Dançar Ballet- Mesmo que não seja seu maior talento, Katarina dança perfeitamente bem Ballet, e a única dança que ela é realmente boa, ela possui passos delicados, e ao mesmo tempo com precisão, sabe perfeitamente como efetuar cada um com a maior perfeição e talento.』


Poliglota- Por ser uma garota com uma grande inteligência, e um alto QI, Katarina teve uma grande facilidade em aprender outras línguas, como o espanhol, o francês, o japonês, o búlgaro, o grego, o inglês, o Italiano e o havaiano. Como Katarina adora viajar, ela decidiu aprender outras línguas para assim ficar mais fácil de se comunicar e conhecer a cultura do país.』



Cálculos- Possui um Raciocínio rápido, por isso é bastante habilidosa com os cálculos』




𝔐𝔞𝔫𝔦𝔞𝔰

『Arrumar o cabelo toda hora, isso é um TOC, e uma obsessão por tudo perfeito, e ela arruma seu cabelo a toda hora para deixa-lo perfeito, sem frizz ou um fio fora do lugar.』


『Morder os lábios, quando alguém deixa Katarina envergonhada, ela automaticamente morde os lábios, as vezes é involuntário.』


『Balançar as pernas, Katarina só pratica tal atitude quando está ansiosa』


『Anotar, Katarina tem a mania de anotar tudo para não esquecer ou estudar depois.』




𝔐𝔢𝔡𝔬𝔰

Errar, parece bobo, mas ela tem medo de errar, ela odeia ser julgada e condenada por erros por mais pequenos e insignificantes que sejam, ela tem medo de não ser boa o suficiente não para os outros, mas para ela.』


Ficar Sozinha, no sentido "sozinha", não é sozinha do tipo encalhada ou algo do tipo, é ficar sozinha em algum lugar ou em casa, ela acha que coisas ruins podem acontecer com ela quando ela está sozinha, tipo ela morrer engasgada, por algum motivo ter um infarto, ser sequestrada, roubada, etc, mas é claro que tem vezes que todos precisam ficar um pouco sozinhos, mas essas "Vezes" de Katarina são muito raras.』


Ser enterrada viva, não que ela já tenha sido enterrada, mas ela tem medo de morrer sufocada ou soterrada, ou em lugares abafados, ela entra em pânico só de pensar nisso.』


𝔉𝔬𝔟𝔦𝔞𝔰

『Claustrofobia — medo de espaços confinados ou lugares fechados』




𝔗𝔯𝔞𝔲𝔪𝔞𝔰
『Ela tem traumas de escola, por ter sofrido Bullying quando mais nova, foi por causa desse Bullying que ela desenvolveu a fobia de espaços confinados, já que algumas garotas um pouco mais velha que ela a trancou num armário. Por conta disso vai ficar um pouco receosa com a universidade, e com as garotas da irmandade, mas vai ser só até ela se acostumar.』




𝓢𝔢𝔤𝔯𝔢𝔡𝔬𝔰
『Ela não possui nenhum segredo obscuro que pode acabar com sua vida, mas seu único segredo são suas composições que ela tenta esconder a todo custo, e seu trauma de escolas.』




𝓢𝔬𝔫𝔥𝔬𝔰
『Katarina não possui nenhum sonho que não seja óbvio como conseguir se formar na faculdade, ter uma carreira de sucesso, ser independente, e formar uma família, mas tirando isso ela não tem nada que almeja muito. Ela nem considera o que citei anteriormente sonhos, e sim planejamentos para seu futuro.』




𝔔𝔲𝔢 𝔠𝔲𝔯𝔰𝔬 𝔢𝔰𝔱𝔲𝔡𝔞 𝔫𝔞 𝔣𝔞𝔠𝔲𝔩𝔡𝔞𝔡𝔢 ?
『Como já era de se esperar Katarina estuda o curso de música, já que sua grande paixão desde pequena é a música, além de que ela possui um grande talento para a mesma, além de um grande conhecimento sobre a história da música e grandes musicistas, e apesar de parecer fácil para algumas pessoas que não tem conhecimento sobre o curso, é bem mais complicado do que parece, pois exige muito talento e esforço por parte dos alunos.』



𝓒𝔬𝔪𝔬 𝔠𝔬𝔫𝔡𝔲𝔷 𝔬𝔰 𝔢𝔰𝔱𝔲𝔡𝔬𝔰?
『Katarina conduz seus estudos com muito esforço e perfeccionismo, bom para ela é considerado uma ofensa, então ela se esforça muito para ser a melhor ou chegar bem perto de ser a melhor, por isso não descansa nenhum minuto, sempre está ensaiando e estudando para tudo sair perfeito, não só para agradar os professores, mas também ela, pois ela sempre diz "Se não for para fazer algo perfeito, é melhor não fazer". Quando ela erra alguma nota ou questão, ela leva para o lado pessoal, e se determina de uma maneira doentia, ela fica estudando, pesquisando, ensaiando até souber de cor e salteado, nem que seus dedos precisem sangrar até chegar a exaustão, mas é porque seu orgulho foi ferido, e porque seu medo foi atiçado. Mesmo com esses defeitos nos seus estudos, ela é uma boa aluna, e se esforça muito para ser, ela anota tudo que o professor diz, e também ajuda ou pelo menos tenta ajudar os outros alunos onde eles possuem mais dificuldade.』




𝓟𝔞𝔯





𝓡𝔢𝔩𝔞ç𝔞̃𝔬 𝔠𝔬𝔪 𝔬 𝓟𝔞𝔯
{Se para melhor desenvolvimento da fanfic, vocês tem a permissão para alterar ou acrescentar qualquer ente (Ente = Coisa, objeto, etc.) na relação}

『❝𝓠𝓾𝓪𝓷𝓭𝓸 𝒆𝓷𝓬𝓸𝓷𝓽𝓻𝓪𝓻 𝓪𝓵𝓰𝓾𝒆́𝓶 𝒆 𝒆𝓼𝓼𝒆 𝓪𝓵𝓰𝓾𝒆́𝓶 𝒇𝓲𝔃𝒆𝓻
𝓼𝒆𝓾 𝓬𝓸𝓻𝓪ç𝓪̃𝓸 𝓹𝓪𝓻𝓪𝓻 𝓭𝒆 𝒇𝓾𝓷𝓬𝓲𝓸𝓷𝓪𝓻 𝓹𝓸𝓻 𝓪𝓵𝓰𝓾𝓷𝓼 𝓼𝒆𝓰𝓾𝓷𝓭𝓸𝓼,
𝓹𝓻𝒆𝓼𝓽𝒆 𝓪𝓽𝒆𝓷ç𝓪̃𝓸: 𝓹𝓸𝓭𝒆 𝓼𝒆𝓻 𝓪 𝓹𝒆𝓼𝓼𝓸𝓪
𝓶𝓪𝓲𝓼 𝓲𝓶𝓹𝓸𝓻𝓽𝓪𝓷𝓽𝒆 𝓭𝓪 𝓼𝓾𝓪 𝓿𝓲𝓭𝓪.❞』


Desde a primeira vez que Katarina colocou seus pés na universidade, ela nem dirigiu uma palavra se quer a Laito, ela nem conhecia ele, só o via algumas vezes, e escutava as pessoas comentando sobre ele, ou melhor as garotas comentando sobre ele, por causa desses comentários que ela teve a impressão de que ele era um rapaz mulherengo, e o pior é que ela não estava errada. Mesmo achando ele um cara intrigante, Katarina nunca teve coragem de conversar com ele, na verdade, ela não via necessidade ou motivo para começar um diálogo com ele, Katarina sempre estava ocupada e focada demais em seus estudos para perder tempo com algo tão banal e desnecessário. Katarina não entendia porque ficava tão intrigada sobre o ruivo, ele nem fazia seu tipo, pelo contrário, ele era tudo o que Katarina repugnava, mas ela sentia que algo não estava certo, que faltava algo, que ela não conseguia notar só por suas observações, mas ela deixou esses pensamentos de lado, afinal, ela nem se importa com ele, não é mesmo?

Até um certo momento, Katarina via Laito como um rapaz extrovertido, carismático, mulherengo, e um pouco inconveniente e irritante, mas nada que não fosse suportável, mas ela já não suportava pensar nele toda hora, era automático, ela ficava com a mente vazia, a primeira coisa que vinha em sua mente era Laito, e também era a segunda, a terceira, a quarta, etc, mas Katarina não pensava nele por que estava gostando dele, ou algo do tipo, pois ela sentia que ele estava escondendo algo, claro que cada um tem seus segredos, mas os dele a chamava a atenção, e mesmo com sua curiosidade á mil, ela decidiu guardar essa sua "obsessão" por ele, pois o que ela iria dizer quando se aproximasse dele? O que ela deve dizer a um garoto desconhecido que nem deve saber da existência dela? "𝒪𝓁𝒶́, 𝒹𝑒𝓈𝒸𝓊𝓁𝓅𝑒-𝓂𝑒, 𝓂𝒶𝓈 𝑒́ 𝓆𝓊𝑒 𝑒𝓊 𝓋𝑒𝓃𝒽𝑜 𝓉𝑒 𝑜𝒷𝓈𝑒𝓇𝓋𝒶𝓃𝒹𝑜 𝓅𝑜𝓇 𝒶𝓁𝑔𝓊𝓂𝒶𝓈 𝓈𝑒𝓂𝒶𝓃𝒶𝓈, 𝑒 𝒶𝒸𝒽𝑜 𝓆𝓊𝑒 𝓋𝑜𝒸𝑒̂ 𝑒𝓈𝓉𝒶́ 𝑒𝓈𝒸𝑜𝓃𝒹𝑒𝓃𝒹𝑜 𝒶𝓁𝑔𝑜... 𝐸𝓊 𝓆𝓊𝑒𝓇𝑜 𝓈𝒶𝒷𝑒𝓇!", óbvio que isso estaria fora de cogitação. E assim ficou por longas semanas, os dois tão indiferentes e distantes um do outro, bem até o momento em que Katarina ficou até tarde na escola, mais precisamente na sala de música para ensaiar a música Für Elise, uma das composições mais famosas de Beethoven, no piano, ela ficou até altas horas da noite tocando a música no piano, até não errar nenhuma nota, e executar a música com perfeição, mas ela estava tão concentrada e com ódio dela mesma por estar errando, que nem notou a presença de um certo ruivo a observando, quando notou a presença dele, ela se assustou tanto que quase caiu do pequeno banco que ficava em frente ao piano, o que fez ele rir um pouco, mas ela logo se recompôs, e fingiu que estava tudo bem, e depois de eles começarem uma pequena discussão de o que eles estavam fazendo ali naquela hora da noite, eles começaram um diálogo "civilizado", com direito a apresentações, assuntos variados, e da parte dele, várias investidas, mas após longos minutos de conversas, eles se despediram, e cada um seguiu seu rumo naquela noite.

Ambos nunca conversaram após aquela noite, claro, eles se cumprimentavam quando se viam, ou trocava alguns olhares, mas nada mais que isso, ela não o considerava um amigo, nem o conhecia direito para o considera-lo alguma coisa para ela, muito menos alguém que ela pudesse estar se apaixonando, ela seria muito idiota por se deixar apaixonar por alguém que ela mal conhece, e não venham com essa de "Amor a primeira vista", pois isso não existe, pelo menos para ela. Longas semanas se passaram com eles só se cumprimentando, trocando olhares ou se encarando, até que Katarina estava no pátio da universidade escrevendo mais uma de suas secretas composições, ela estava compondo sobre o que ela sentia em relação ao amor, ela ficou tão concentrada em sua composição que nem percebeu que alguém tinha sentado ao seu lado, Katarina lentamento virou a cabeça para o lado, e viu a figura ruiva com seus penetrantes e hipnotizantes olhos verdes a observando, ela não sabe quantos tempo ela ficou encarando ele, só percebeu que estava encarando ele demais, quando ele deu um sorriso de lado e riu, foi nesse momento que ela parou de se perder nos olhos dele, e voltou ao mundo real, mais uma vez eles ficaram longos minutos conversando com Laito colocando duplo sentindo em tudo o que ele ou ela falava, eles pela primeira vez conversaram um pouco sobre suas vidas pessoais, mas sem se abrirem demais, e foi quando ele se despediu de Katarina, que ela percebeu que estava gostando dele, mas ela não percebeu que isso seria o maior erro da sua vida.

Depois que Katarina percebeu que estava se apaixonando começou a esquecer os defeitos que via antes em Laito, e começou se apaixonar por cada detalhe dele, mesmo que ela não quisesse se apaixonar ela não poderia impedir nem negar os sentimentos que estava nutrindo pelo ruivo, o que antes eram apenas cumprimentos e troca longas de olhares, se tornaram conversam constantes, eles sempre davam um jeito de conversar seja antes dos cursos, depois dos cursos, ou quando ela estava ensaiando na sala de música, Katarina amava as companhias do ruivo, amava conversar com ele, amava o jeito que ele falava ou sorria, e isso a deixava com raiva, não dele, mas sim dela mesma já que se sentia uma tremenda idiota, pois ela se tornou tudo o que não queria uma garota boba apaixonada, e a dúvida de que se o amor que ela sentia era recíproco a consumia a cada dia, o que rendeu a ela várias composições de músicas. Laito foi um dos pouco meninos que Katarina já gostou, pois ela sempre era focada demais em estudar e conseguir atingir suas metas e objetivos, que ficava cega para o amor, ou para perder tempo com isso, então nunca passou por uma situação desse tipo, pois as paixões que ela tinha antes do ruivo eram paixões infantis, por isso Katarina não sabe como agir, ela fica insegura e totalmente confusa, pois o amor é algo novo para ela, e ela odeia novidades.

Essa situação de se apaixonar é mais novo e assustador para Laito do que para Katarina, pois o plano não era esse, e ele nunca tinha se apaixonado antes, todas as garotas que ele se relacionou, era por puro prazer, não envolvia sentimento algum, mas com Katarina era diferente, e a cada dia que passava na companhia dela, ele confirmava isso, ele sempre ficava ansioso para ver ela no outro dia, para ouvir sua voz calma e serena, e como Katarina, seus pensamentos eram sempre ela, como se Katarina tivesse dominado sua mente, ele nunca se importou com que as pessoas falassem sobre ele, mas se importava com que Katarina pensasse ou falasse sobre ele, ele como ela, tentava agradar um ao outro, claro com o jeito deles. Mesmo Laito tentando se afastar de Katarina para ver se os sentimentos que ele sentia desaparecessem de alguma maneira ele não conseguia, quando o ruivo dava se por si já estava ao lado dela novamente conversando os assuntos mais banais e idiotas do mundo, e como ela, Laito não tentou negar seus sentimentos, mas tentou de toda maneira esconde-los dela.
Com Katarina, Laito é carinhoso e atencioso, quando está com ela é como se ele desligasse do mundo, e a única coisa que importava era ela, se ela está feliz, se ela está precisando de algo, se ela precisa desabafar, etc. Laito tem uma necessidade em ter ela ao seu lado, como se ela fosse a último dólar do mundo, e ele fosse o único que pudesse cuidar e proteger ela, e que se ele perder ela, ele vai perder tudo, por isso ele é muito protetor e possessivo com a mesma, pois tem medo de que ele a perca, para alguém, para a morte, para sempre.

Laito e Katarina iam ficando cada vez mais próximos, mais próximos do que deveria, eles começaram a se abrir um com o outro, Katarina até mostrou algumas de suas composições para ele, trocavam caricias, tinham suas brincadeiras e piadas internas, claro por causa de suas personalidades distintas eles discutiam algumas vezes, mas mesmo sem pedir desculpa eles voltavam a se falar, algumas vezes, e iam assim nutrindo o amor que um sentia pelo o outro. Katarina morria de ciúmes, mesmo não demonstrando, quando alguma garota se insinuava para Laito, ela só revirava o olho quando se deparava com alguma dessas situações. Mas Laito é possessivo com Katarina, e mesmo disfarçado de sarcástico e risadas falsas, ele tenta afastar qualquer garoto, ou até mesmo seus irmãos de perto de Katarina, ele algumas vezes até discute com ela, por ela ficar se aproximando de outros garotos, mas depois eles acabam voltando a sua relação "normal". Como é de sua personalidade, Laito é muito pervertido, sempre tentando agarrar Katarina, ou tentando passar a mão em suas pernas, mas sempre é impedido pela mesma, ela fica irritada quando isso acontece, mas nem é tanto porque ele esta sendo pervertido, mas sim por ele esta fazendo isso em local público, rodeado e cheio de pessoas.

Katarina nunca pensou que poderia amar alguém tão diferente dela, Laito tem tudo para ser odiado por ela, mas é mais amado do que ele imagina, ela sempre imaginou que o amor de sua vida seria alguém inteligente, que tivesse as mesmas opiniões que ela, e não um pervertido, provocador e possessivo, mas como ela, a vida também é irônica. Mesmo os dois nunca assumindo o que sente um pelo outro com palavras, dava para perceber o que nutriam dentro de si, só pelas trocas de olhares, os sorrisos de canto, ou as conversas noturnas que eles tem, sim, Katarina tem o costume de sair no meio da noite da irmandade só para ver Laito, arriscado? Perigoso? Errado?! Sim, mas ela sempre teve uma queda por erros.




𝓡𝔢𝔩𝔞ç𝔞̃𝔬 𝔠𝔬𝔪 𝔬𝔰 𝔬𝔲𝔱𝔯𝔬𝔰


𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 𝓢𝓱𝓾
『Não podemos dizer que eles são amigos, mas também não podemos dizer que eles agem com indiferença um com o outro. Katarina não conversa e não interage muito com Shu, mas também não ignora totalmente a presença do loiro, sempre que ela o vê o cumprimenta, diz um simples "Olá", e pergunta se está tudo bem, e na maioria das vezes ele reponde com um simples 'Oi', mas não costuma responder a outra pergunta, e ela também não liga muito para a resposta, pois essa é uma pergunta retórica, e não faz a diferença a resposta, as pessoas a perguntam mais por educação do que preocupação. Katarina raramente começa um diálogo com ele, pois ele muito fechado e calado, e quando ela começa a conversar com ele, ela sente que ele está conversando por uma certa obrigação e não por vontade própria, pois ele sempre parece está entediado com qualquer assunto que ela fale, até mesmo música que ela reparou que ele adora, para Katarina esse é o único ponto em comum dos dois, a música, pois ele é o oposto de tudo que Katarina é, Shu é preguiçoso, apático, e para o irmão mais velho, ele não tem compromisso com qualquer responsabilidade, e ela reparou isso observando o loiro em um dia.
Na opinião de Katarina, ele é um garoto entediante, que se ela dependesse observar ele para sobreviver, com certeza ela já estaria morta, não é uma ofensa, mas sim uma observação, ele é muito previsível, todo dia ele dorme ouvindo música na sala de estar, e se depender dele, ele fica assim o resto do dia ou de sua vida, Katarina até perguntou se ele não se cansava de ficar dormindo e deitado o dia todo, mas ele simplesmente olhou para ela por uns cinco segundos, e depois fechou os olhos, e voltou a dormir, como se ela não tivesse perguntado nada a ele, Katarina acha que ele só olhou para ela, para ela notar que ele ia deixa-la no vácuo, não, ela não acha, ela tem certeza. Isso é o que a deixa irritada, ele vive a deixando no vácuo, ou quando responde é de uma maneira ríspida e muito rude, por isso ela evita conversar com ele, para ela basta só um simples cumprimento. Outra coisa que deixa Katarina muito sem grança sobre ele, é sua enorme sinceridade, mas não é uma sinceridade saudável, é tipo para magoar mesmo, e as vezes ela fica muito envergonhada com os comentários dele, e se tem algo que ela odeia é ficar envergonhada, mas ela nunca discute com ele, pois ela não tem tempo para isso, e com certeza ele nem ligaria, e a deixaria discutindo sozinha, por esses fatores Katarina não é próxima de Shu, ela tenta manter uma relação de respeito com ele, dá que eles convivem na mesma casa, e as vezes se encontram, para manter uma boa convivência, sabe?!.』





𝒮𝒶𝓀𝒶𝓂𝒶𝓀𝒾 𝑅𝑒𝒾𝒿𝒾
『Ele é um dos irmãos (Se não for o único) que ela pode dizer que tem uma "boa relação", isso se dá por talvez eles terem personalidades e gostos similares, não que eles fiquem bebendo chá, e conversando sobre assuntos banais todos os dias e toda santa hora, claro que não, cada um tem suas responsabilidades e horários, mas no tempo livre Katarina sabe que consegue desencadear algum assunto com ele, e mais importante consegue manter esse assunto. Mas não é porque eles possuem uma boa relação que podemos considerar eles "os melhores amigos forever", Teodora só consegue suportar ficar ao lado de Reiji e conversar com ele, sem querer mata-lo, diferente das outras pessoas, Reiji não a irrita, claro, ele tem seus defeitos que no fundo a incomoda, como ele consegue disfarçar sua rispidez com palavras sofisticadas e educadas, ou como seu humor (que para surpresa de todos, ele tem) é muito negro e seco, mas ela prefere guardar para si mesmo, pois isso não vai ajudar em nada em sua "sobrevivência" na mansão. Mas não é só de flores que vive a relação deles, já que Reiji é um sadista, e é bem perceptível o quanto ele fica feliz em observar as pessoas sofrendo, ou quanto alegre ele fica por menosprezar alguém por se sentir superior a todos, como ele se fosse o melhor, o mais inteligente, respeitável, essa parte da personalidade de Reiji causa repulsa em Katarina, e uma pontinha de medo.
Por suas personalidades serem um "pouco" similares, eles batem um pouco de frente, Katarina gosta de dizer que ela é a versão feminina do Reiji, com a personalidade um pouco mais "Ligth", pois ambos são orgulhosos, perfeccionistas, inteligentes, e tem uma obsessão por regras e pelo correto, mas Reiji com certeza consegue ser muito pior do que Katarina, mas, porém, apesar de todos os defeitos Katarina admira muito Reiji, por ele ser responsável, e no dia que ela chegou a mansão, ela tinha certeza que ele fosse o mais velho, pois ele que resolvia os assuntos de organização e renda casa, como se fosse mesmo o que mandasse ali, e também por conseguir no meio do caos que é sua família manter a postura educada e cavalheiresca. Katarina adora a companhia de Reiji, ela não consegue ficar entediada quando conversa com ele, pelo contrário, ela se entreter bastante quando está na companhia do moreno, os assuntos "chatos", como política, dinheiro, estudos, livros, etc, não é chato para ela, e isso faz com que as raras conversas que eles tem se prolongue quando colocadas em dia. Mas não se engane, não é porque Katarina tem uma boa relação com ele, que ela o defende, quando faz algo errado, principalmente quando ele ofende ou prejudica de alguma forma uma de suas "irmãs", por que como havia dito antes, Katarina tem essas garotas sobre sua proteção, antes de mexer com qualquer uma lembre-se que Katarina é uma "Irmãe".』





𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 𝓚𝓪𝓷𝓪𝓽𝓸
『Lembra que anteriormente eu havia deixado claro que ela é muito mente aberta, e aceita as diferenças das pessoas, por mais estranhas que se aparenta, isso é verdade, mas ela não sabia que ia conhecer um vampiro que aparenta ser uma criança, que conversa com um urso de pelúcia, que aparentemente sabe de muito coisa que não deveria saber, e que tem um transtorno de bipolaridade horrível, sério, numa escala de 0 á 10 de quanto medo ela sente do Kanato, ela possui 20 ou mais, porque não tem cabimento, seu coração dispara quando ela está no mesmo local que ele, ela começa a suar frio, e inevitavelmente começa a gaguejar e tremer, ela tenta não ter medo dele ? Tenta até que demais, mas impossível quando ele fica falando coisas estranhas, como bonecas de cera, e de como ela ficaria bonita na coleção dele, ou além da aparência, ele age como uma criança, mimado e birrento, conseguindo tudo o que quer na base da alteração de voz, e lágrimas, mas com certeza o pior vem depois das lágrimas, pois as lágrimas dão lugar para uma personalidade psicótica e gritos histéricos de raiva e ódio, ela até perdeu as contas de quantos ataques de pânico teve só por causa dele.
Katarina evitar ficar sozinha no mesmo local que ele, e evita conversar com ele, no mínimo diz um simples "bom dia", mas não gosta de prolongar ou desencadear qualquer conversa com ele, ela se sente deslocada e incomodada quando está na presença dele, é como se ela não soubesse mais como agir e nem o que pensar, e Katarina é movida pelos pensamentos, se ela fica sem pensar, ela fica nervosa e ansiosa, e isso acaba passando um sentimento de insegurança para ela, e ela acaba ficando com medo, e tendo outro ataque. Ela tenta disfarçar o medo que sente dele, mas é impossível, Por que ? Por causa do urso, segundo Kanato, o Teddy "disse" que ela estava com medo dele, com certeza, se Katarina não tivesse muito medo daquele urso ou do Kanato, ela teria pegado aquele urso e queimado, depois pegar o que sobrou dele, e jogar no mar, mas mesmo que o Teddy não tivesse "dito", era bem perceptível, já que quando estava perto dele, ela começava a suar frio, e suas falas faltava confiança e convicção, e ela fica parecendo uma garota estúpida. Não é por mau por parte dela, ela até tentou fazer amizade com Kanato, mas ele ficou muito alterado quando ela tentou falar com o Teddy, e ela sabe que também não é culpa do Kanato, pois esse é o jeito dele, e ele não deve mudar por causa de um medo de alguém.』





𝒮𝒶𝓀𝒶𝓂𝒶𝓀𝒾 𝒜𝓎𝒶𝓉𝑜
『Com poucos dias de convívio com Ayato, Katarina conseguiu perceber que como Reiji, ele gosta de se sentir superior a todos, além de gostar que o foco seja ele, sempre quer que toda a atenção esteja direcionada a ele, mas isso chega a ser um mínimo detalhe, perto de um de seus piores defeitos, Ayato adora provocar e intimidar, as pessoas, ela pode perceber isso assim que chegou na universidade, assim como a maioria das outras garotas conseguiram perceber também. A maior parte dos diálogos que os dois tem, é Ayato tentando tirar Katarina do sério, tentando irrita-la de todos os modos possíveis, seja falando de sua aparência, personalidade ou seus gostos, mas é meio que impossível tirar Katarina do sério, ela é muito tranquila e calma, para se deixar levar por comentários que só foram ditos para intimida-la. Mas apesar disso Katarina se diverte com ele tentando atingi-la com apelidos ou palavras vulgares de baixo calão, até agora seu apelido favorito é "Kopī" (Copia, em português), ele a apelidou assim por ela ter uma personalidade similar a de Reiji, e ele diz que ela é uma cópia barata dele, mas ela acha graça do apelido, e nem liga quando ele a chama por ele.
Apesar de Ayato ter de tudo para ser odiado por Katarina, ela não o odeia, pelo contrário, ela se diverte e adora estar na companhia do Ruivo, ela se diverte muito com suas brincadeiras e travessuras (quando não feita com ela), e admira a determinação e esforço que o ruivo tem para ser o melhor e mais forte, tá que esse esforço e determinação é por um motivo muito arrogante e egoísta, mas pelo menos ele luta por alguma coisa, tudo bem, se você não se convenceu de que Katarina gosta do ruivo, mesmo com essa chuva de defeitos que ela odeia, mas é que Katarina consegue ver o quanto ele tem dificuldade em demonstrar seus sentimentos, e acaba demonstrando de forma possessiva e ignorante, principalmente com as pessoas que ele gosta, Katarina percebe o como ele esconde seus sentimentos com palavras ofensivas, e com seu jeito arrogante, Katarina gosta de Ayato porque ela consegue ver sentimentos nele, por trás desse jeito superior, irritante e ignorante.』





𝓢𝓪𝓴𝓪𝓶𝓪𝓴𝓲 𝓢𝓾𝓫𝓪𝓻𝓾
『Com Subaru é quase o mesmo caso de Shu, mas por motivo diferente, Katarina tem certo medo de agressividade por isso evita ter contato demais com pessoas explosivas e violenta, para não se prejudicar. Katarina dificilmente desencadeia algum diálogo com ele, pois tem medo de dizer algo estúpido, e que o deixe furioso, para não acabar sendo prejudicada de alguma maneira, mas ela não ignora totalmente a existência dele, ela é educada demais para ignorar alguém, por isso sempre o cumprimenta, e tenta ser gentil, mas sempre bem meticulosa com as palavras, para não deixa-lo zangado, pois depois que presenciou ele fazendo um buraco na parede com suas próprias mãos, por estar com raiva, ela tenta evitar o máximo para ele não se irritar, pois para ela, se ele consegue fazer um buraco na parede com uma das mãos, imagina o que pode fazer com ela ou com as outras garotas, sempre que alguém está discutindo com ele ou tentando, ela fica muito tensa e com medo, quando presencia algo do tipo, ela já imagina seu enterro e o filme inteiro de sua vida passa pela sua cabeça, mas mesmo com essa personalidade, ela nunca viu ele agredir alguém, e ela agradece muito por isso.
Pelas observações de Katarina, eles tem mais em comum do que ela imagina, como ela, ele é bastante calado, e na dele, e não é de se abrir muito ou falar de sua vida, além de que ambos adoram flores, principalmente as rosas. Como podemos perceber na personalidade e nas relações de Katarina, ela adora observar os rapazes e as garotas da universidade, para entende-los melhor, e foi observando Subaru, que ela percebeu o quanto ele é solitário, na escola ele não tem amigos, e sempre gosta de ficar isolado e sozinho, agora nem tanto já que ele tem uma das amigas de Katarina, mas mesmo com várias pessoas ao seu redor, ele parece solitário, além de Katarina notar que ele é um pouco gentil, quando quer, o que é bastante raro de acontecer, pois ele sempre está com seu temperamento explosivo e violento como proteção de sua gentileza, ela não sabe e não entende o porque, mas ela prefere ficar quieta e deixar para lá, quer evitar problemas para ela. Katarina conversa mais com Subaru por convivência, já que eles se veem frequentemente, e não ficar um clima estranho, e não custa nada ter pelo menos uma relação de respeito pela convivência, e pela preservação da paz, o que é algo impossível de ter nesse lugar.』




𝓡𝔢𝔩𝔞ç𝔞̃𝔬 𝔠𝔬𝔪 𝔞𝔰 𝔪𝔢𝔫𝔦𝔫𝔞𝔰
『Katarina sempre teve uma dificuldade para fazer amigos, já que é um pouco isolada. Na sua chegada ela cumprimentara, e será gentil com todas, as tratando com um enorme respeito e educação, mas não espere que ela diga uma palavra a mais do que seus cumprimentos ou sua apresentação, ela não chegará dizendo como era sua vida, sua família, ou seus medos, ela não é de se abrir muito para alguém que ela não conheça, mas conforme ela for observando cada garota, e conhecendo melhor cada uma, ela irá se abrindo e se soltando mais, claro, do jeito dela. Com o passar do tempo em que viver na mansão, ela irá se apegar as garotas, e toma-las como irmãs, Katarina irá ouvir cada uma quando elas precisarem desabafar, e junto com elas tentará achar uma solução para o problema, com seu jeito calmo e sua fala suave e mansa, ela dará conselhos, e auxiliara a garota na resolução do problema, ela não se importará com o quão grande é o problema, quanto tempo levará para resolver, ou o que ela vai ter que fazer para resolver, mas, sim, Katarina irá se importar em ajudar sua amiga, e não ache que ela te abandonará caso a coisa fique feia, pelo contrário ela ficará ao seu lado a todo momento, e levará a culpa junto com você, se for preciso. Katarina também é um ótimo ombro amigo, quando qualquer garota precisar de consolo, Katarina sempre vai estar ao dispor, para preparar um chá, dizer que vai ficar tudo bem, e dar um abraço de consolo, ou ficar escutando seus desabafos, e choro, e não se preocupe, Katarina é muito discreta, e não vai falar nada que escutar de uma das garotas.
Ela será um tipo de irmã mais velha, que sempre estará ao seu lado nos momentos bons ou ruins, que sempre ajudará você no que precisar, e será seu ombro amigo quando precisar chorar, mas também te dará um sermões quando fizer ou dizer algo estúpido, e mesmo sendo impossível, ela brigará algumas vezes, se for preciso, claro. Mesmo ela não demonstrando diretamente ela sente um grande carinho por todas as garotas, claro que algumas ela tem mais afinidade do que outras, mas ela considera todas como suas irmãs. Sempre quando uma está doente, ela prepara chás medicinais, dá remédios, da sermões quando uma delas está gripada e bebe algo gelado, etc. Katarina é como uma mãe e irmã mais velha, uma "irmãe"... Katarina tem suas brincadeiras e piadas internas com cada garota, ela conhece cada garota (na verdade as partes que elas deixam ela conhecer), sabe o que cada uma gosta, e não gosta, o que deve evitar de fazer e dizer para uma, e o que deve evitar para outra, ela criou um vínculo muito forte com cada garota, um vínculo que ela sabe que é recíproco, que igual cada garota pode confiar nela, ela pode confiar em cada garota, quando uma precisa de ajuda, Katarina vai ajudar, e quando Teodora precisar de ajuda, elas vão ajudar, mesmo com o orgulho de Katarina falando mais alto, elas são como a família de Katarina, e por elas, Katarina é capaz de se alterar e entrar numa discussão ou briga, ela defende essas garotas com unhas e dentes, e as protege como se fossem as últimas pedras preciosas do mundo.』




𝔐𝔢𝔩𝔥𝔬𝔯 𝔞𝔪𝔦𝔤𝔞
『Katarina é melhor amiga da noiva do Subaru e do Ayato.』



ℳ𝔲́𝔰𝔦𝔠𝔞𝔰

𝒟𝒶 𝒫𝑒𝓇𝓈𝑜𝓃𝒶𝑔𝑒𝓂

𝕂𝕟𝕖𝕖 𝕊𝕠𝕔𝕜𝕤 - 𝔸𝕣𝕔𝕥𝕚𝕔 𝕄𝕠𝕟𝕜𝕖𝕪𝕤


𝔎𝔫𝔢𝔢 𝔖𝔬𝔠𝑘𝔰 - 𝔄𝔯𝔠𝔱𝔦𝔠 𝔐𝔬𝔫𝑘𝔢𝑦𝔰
『You got the lights on in the afternoon
And the nights are drawn out long
And you’re kissing to cut through the gloom
With a cough drop coloured tongue
And you were sitting in the corner with the coats all piled high
And I thought you might be mine
In a small world on an exceptionally rainy tuesday night
In the right place and time

When the zeros line up on the 24 hour clock
When you know who’s calling even though the number is blocked
When you walked around your house wearing my sky blue Lacoste
And your knee socks

Well, you cured my january blues
Yeah, you made it all alright
I got a feeling I might have lit the very fuse』




𝕊𝕚𝕒 - 𝔼𝕝𝕒𝕤𝕥𝕚𝕔 ℍ𝕖𝕒𝕣𝕥


𝔖𝔦𝔞 - 𝔈𝔩𝔞𝔰𝔱𝔦𝔠 𝓗𝔢𝔞𝔯𝔱
『You did not break me
I'm still fighting for peace

Well, I've got thick skin and an elastic heart
But your blade it might be too sharp
I'm like a rubber band until you pull too hard
Yeah, I may snap and I move fast
But you won't see me fall apart
'Cause I've got an elastic heart

I've got an elastic heart
Yeah, I've got an elastic heart』




𝔹𝕚𝕘 𝔾𝕚𝕣𝕝𝕤 ℂ𝕣𝕪 - 𝕊𝕚𝕒


𝔅𝔦𝔤 𝔊𝔦𝔯𝔩𝔰 𝓒𝔯𝑦 - 𝔖𝔦𝔞
『Tough girl
In the fast lane
No time for love
No time for hate
No drama
No time for games
Tough girl
Whose soul aches

I'm at home
On my own
Check my phone
Nothing, though
Act busy
Order in
Pay TV
It's agony』




𝕋𝕠𝕧𝕖 𝕃𝕠 - ℂ𝕠𝕠𝕝 𝔾𝕚𝕣𝕝


𝔗𝔬𝔳𝔢 𝔏𝔬 - 𝓒𝔬𝔬𝔩 𝔊𝔦𝔯𝔩
『I'm a, I'm a, I'm a cool girl, I'm a, I'm a cool girl
Ice cold, I roll my eyes at you, boy
I'm a cool girl, I'm a, I'm a cool girl
Ice cold, I roll my eyes at you, boy

Rules you don't like, but you're still gonna keep 'em
Said you want fines for whatever reason
Show we can chill, try and keep it platonic
Now you can't tell if I'm really ironic』




𝒟𝑜 𝒫𝒶𝓇

𝔹𝔹𝕄 - 𝕃𝕒𝕟𝕒 𝕕𝕖𝕝 ℝ𝕖𝕪


𝔅𝔅𝔐 - 𝔏𝔞𝔫𝔞 𝔡𝔢𝔩 𝓡𝔢𝑦
『I know that I'm making you nuts
Middle of night and when I'm waking up
I don't know why but you can't get enough
You like it, you like it

Be my BBM baby
Middle of the night
Waking up to write
Be my BBM baby
I don't want to fight
You're the one I like

Yeah, yeah, always on my mind
Yeah, yeah, when will you be mine?』




𝕄𝕚𝕝𝕝𝕚𝕠𝕟 𝔻𝕠𝕝𝕝𝕒𝕣 𝕄𝕒𝕟 𝕃𝕪𝕣𝕚𝕔𝕤 - 𝕃𝕒𝕟𝕒 𝔻𝕖𝕝 ℝ𝕖𝕪


𝔐𝔦𝔩𝔩𝔦𝔬𝔫 𝔇𝔬𝔩𝔩𝔞𝔯 𝔐𝔞𝔫 𝔏𝑦𝔯𝔦𝔠𝔰 - 𝔏𝔞𝔫𝔞 𝔇𝔢𝔩 𝓡𝔢𝑦
『I don't know how you convince them and get them, but
I don't know what you do, it's unbelievable
I don't know how you get over, get over
Someone as dangerous, tainted and flawed as you

One for the money, two for the show
I love you honey, I'm ready, I'm ready, to go
How did you get that way? I don't know...
You're screwed up, and brilliant
Look like a million dollar man
So why is my heart broke?

You've got the world, but baby at what price?
Something so strange, hard to define

It isn't that hard boy, to like you or love you
I'd follow you down, down, down
You're unbelievable
If you're going crazy just grab me, take me』




𝕆𝕗𝕗 𝕋𝕠 𝕋𝕙𝕖 ℝ𝕒𝕔𝕖𝕤 - 𝕃𝕒𝕟𝕒 𝕕𝕖𝕝 ℝ𝕖𝕪


𝔒𝔣𝔣 𝔗𝔬 𝔗𝔥𝔢 𝓡𝔞𝔠𝔢𝔰 - 𝔏𝔞𝔫𝔞 𝔡𝔢𝔩 𝓡𝔢𝑦
『He loves me with every beat of his cocaine heart

Swimming pool glimmering, darling
White bikini off with my red nail polish
Watch me in the swimming pool
Bright blue ripples, you
Sitting sipping on your black cristal, yeah

Light of my life, fire of my loins
Be a good baby, do what I want
Light of my life, fire of my loins
Gimme them gold coins, gimme them coins』




𝕃𝕒𝕟𝕒 𝔻𝕖𝕝 ℝ𝕖𝕪 - 𝔹𝕝𝕦𝕖 𝕁𝕖𝕒𝕟𝕤


𝔏𝔞𝔫𝔞 𝔇𝔢𝔩 𝓡𝔢𝑦 - 𝔅𝔩𝔲𝔢 𝔍𝔢𝔞𝔫𝔰
『ou so fresh to death
And sick as ca-cancer

You were sort'a punk rock
I grew up on hip hop
But you fit me better than my favourite sweater
And I know, that love is mean, and love hurts
But I still remember that day
We met in december, oh, baby

I will love you until the end of times
I would wait a million years
Promise you'll remember that you're mine
Baby, can you see through the tears?
Love you more than those bitches before
Say you'll remember (oh, baby)
Say you'll remember (oh, baby)
I will love you until the end of times』




𝔉𝔯𝔞𝔰𝔢𝔰 𝔮𝔲𝔢 𝔞 𝔡𝔢𝔣𝔦𝔫𝔢𝔪

❝Debaixo da maquiagem e por trás do meu sorriso, eu sou apenas uma menina que deseja o mundo.❞

❝Não me alimento de 'quases', não me contento com a metade! nunca serei sua meio amiga, ou seu meio amor.. é tudo ou nada.❞

❝Adoramos a perfeição, porque não a podemos ter; repugna-la-íamos se a tivéssemos. O perfeito é o desumano porque o humano é imperfeito.❞

❝Eu olho para dentro de mim, e não me importo com o que as pessoas fazem ou dizem. Eu me preocupo só com as coisas certas.❞

❝Você vai me olhar, me julgar, tirar conclusões precipitadas, mas ainda assim, não vai me conhecer.❞



𝓡𝔢𝔞ç𝔞̃𝔬 𝔞𝔬

𝓐𝔬 𝔡𝔢𝔰𝔠𝔬𝔟𝔯𝔦𝔯 𝔮𝔲𝔢 𝔢́ 𝔲𝔪 𝔞𝔫𝔧𝔬
『Sua primeira reação foi rir, pois ela achou que fosse algum tipo de brincadeira infantil e idiota. Katarina é bastante cética em relação ao sobrenatural ou coisas do tipo, por isso não acreditou quando lhe contaram esse fato. Katarina tentaria explicar que é impossível anjos existirem, e que com toda certeza ela não era um, etc, mas depois que lhe for provado que ela é realmente um anjo, ela não irá aceitar, Katarina iria entrar no famoso estado de negação, ela não iria aceitar de forma alguma, mesmo com os fatos apresentados, ela iria demorar para processar esse fatos. pois ela é muito lógica e realista, e tentaria achar uma lógica e explicação para tudo que lhe foi apresentado.
Após o choque inicial passar, Katarina iria começar um enorme questionário, com perguntas como: "Como isso é possível?", "Existem outros igual a mim?", "O que eu sou capaz de fazer?", "Eu possuo poderes?", e não iria se acalmar até que todas a suas perguntas fossem respondidas, mas mesmo que todas as suas dúvidas fossem respondidas ela não iria se satisfazer, iria pesquisar em sites, livros, jornais, documentos, e qualquer meio que pudesse matar sua curiosidade.』




𝓐𝔬 𝔡𝔢𝔰𝔠𝔬𝔟𝔯𝔦𝔯 𝔮𝔲𝔢 𝔬𝔰 𝔪𝔢𝔫𝔦𝔫𝔬𝔰 𝔰𝔞̃𝔬 𝔳𝔞𝔪𝔭𝔦𝔯𝔬𝔰
『Ela não ficaria tão surpresa, ela descobriu que era um anjo, então não se surpreenderia se alguém que ela conhecesse fosse um unicórnio disfarçado de humano, ou se o garoto que ela ama e seus irmãos fossem vampiros. Podemos dizer que ela iria ficar um pouco assustada, pois todos os livros que ela leu, e todos os filmes que ela assistiu os vampiros não eram seres muito amigáveis, mas tentaria transparecer que estava bem e estava entendendo a situação, pois não gostaria de demonstrar que é uma garota medrosa que foge de situações difíceis. Katarina iria ficar um pouco afastada deles para deliberar sobre a situação, e o que deveria ser feito, pois querendo ou não ela estava com medo, ela não sabe o que eles são capazes de fazer, então precisaria de um tempo para refletir sobre essa descoberta, Katarina iria ficar pensando em como ela foi idiota por não ter percebido isso, e como ela é idiota por estar se afastando da pessoa que ama por medo, mas depois de alguns dias de reflexão ela iria voltar a sua relação habitual com os garotos, e como era de se esperar ela iria fazer várias perguntas em relação a natureza deles como: "Vocês nasceram assim ou foram transformados?", "Vocês queimam no sol?", "Vocês já transformaram alguém?", "Meu Deus isso é demais". 』



𝓐𝔬 𝔰𝔢 𝔞𝔭𝔞𝔦𝔵𝔬𝔫𝔞𝔯 𝔭𝔬𝔯 𝔰𝔢𝔲 𝔦𝔫𝔦𝔪𝔦𝔤𝔬
『Katarina com certeza iria ficar muito decepcionada e chateada, e mesmo tentando ser forte iria deixar escapar algumas lágrimas, ela se xingaria mentalmente e verbalmente por ter cometido o erro de se apaixonar por Laito, logo ela uma garota que faz tudo politicamente correto e perfeito cometer um erro tão grande como esse, ela iria se isolar e se afastar de Laito e de seus irmãos, e mesmo com seu coração doendo ela iria tentar ignorar o ruivo de todas as formas possíveis, iria evita-lo o máximo que conseguisse, e tentaria transparecer que está no controle da situação e que está bem. Se ela pudesse escolher, ela escolheria não amar ele, mas como ela não manda em seu coração, o jeito é sofrer com essa paixão. 』



𝓢𝔢 𝔰𝔲𝔞𝔰 𝔦𝔯𝔪𝔞̃𝔰 𝔡𝔢 𝔣𝔯𝔞𝔱𝔢𝔯𝔫𝔦𝔡𝔞𝔡𝔢 𝔰𝔢 𝔳𝔦𝔯𝔞𝔰𝔰𝔢𝔪 𝔠𝔬𝔫𝔱𝔯𝔞 𝔢𝔩𝔞
『Katarina iria ficar chateada, não só com as suas irmãs, mas também com ela mesma, por ter decepcionado as pessoas que ela mais confia. Como ela é bastante lógica, iria deliberar sobre a situação, tentaria entender o seu lado, e o lado das garotas, para tentar achar uma solução para o problemas, mas mesmo ela refletindo muito nunca conseguiria achar uma solução, pois ela estaria nervosa, perdida, desnorteada demais para pensar, então ela pela primeira vez ficaria com raiva, descontaria sua raiva e frustração em tudo que encontrasse em seu quarto, quebraria porta-retratos, vidros de perfume, espelhos, e tudo que pudesse ser quebrado, mas depois de se acalmar ela iria arrumar tudo, pois seu transtorno a impede de deixar seu ambiente bagunçado, e pelo menos ela iria poder ocupar sua mente, além de seus problemas. O que mais importuna Katarina é que tudo isso é culpa dela, por um erro, um pecado que ela cometeu, e que talvez seja incorrigível, já que ela não se arrepende nenhum pouco de ter cometido』



𝓥𝔬𝔠𝔢̂ 𝔞𝔠𝔢𝔦𝔱𝔞 𝔮𝔲𝔢 𝔰𝔲𝔞 𝔭𝔢𝔯𝔰𝔬𝔫𝔞𝔤𝔢𝔪 𝔢𝔰𝔱𝔞́ 𝔢𝔪 𝔫𝔬𝔰𝔰𝔞𝔰 𝔪𝔞̃𝔬𝔰?
『Para vocês eu aceito tudo, mas cuide bem da minha garota.』



𝓢𝔞𝔟𝔢 𝔮𝔲𝔢 𝔰𝔢 𝔫𝔞̃𝔬 𝔠𝔬𝔪𝔢𝔫𝔱𝔞𝔯 𝔭𝔬𝔯 𝔱𝔯𝔢̂𝔰 𝔠𝔞𝔭𝔦́𝔱𝔲𝔩𝔬𝔰 𝔢𝔩𝔞 𝔰𝔬𝔪𝔢?
『Afirmativo, Honey's』



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...