~SugarBabyBitch

SugarBabyBitch
Be Fox! Wah! Wah!
Nome: [/𝓗]unter (✨𝒯𝒽𝑒 𝒟𝒶𝓃𝒹𝑒𝓁𝒾𝑜𝓃✨)
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 2 de Setembro
Idade: 14
Cadastro:

Daddy


Postado




I want my cake and I want to eat it too
I want to have fun and be in love with you
I know that I'm a mess with my long hair
And my suntan, short dress
Bare feet, I don't care
What they say about me, what they say about me
Because I know that it's l-o-v-e
You make me happy, you make me happy
And I never listen to anyone
[Let them all say)

{Lolita - Lana Del Rey}



『Nome』

Brooklyn (Brooke) Woolridge Grant

『Idade』

18 Anos || 9 de Abril de 1998 || Áries || ASD em Câncer || Lua em Câncer

『Aparência』







Brooke possui uma beleza única porém estonteante que apesar de não ter um corpo avantajado possui uma aparência provocativa e admirável.
Brooke possui cabelos medianos que batem abaixo de seu ombro, eles possuem uma coloração natural loira clara mas a raiz possui um tom loiro escuro, apesar de aparentar seus cabelos não são muito volumosos mas possuem uma suave maciez, seus cabelos são naturalmente lisos não possuindo nenhum tipo de química. Brooke opta a maioria das vezes deixar seu cabelo solto.
Ela possui uma aparência angelical, um rosto delicado e pequeno possuindo um formato retangular, sua pele é pálida e avermelhada por conta disso ela dá a aparecer que está sempre corada, sua pele possui pequenas manchinhas amarronzadas por todo sua face e corpo e em seu rosto tem sardas quase que não notáveis. Seu nariz é pequenino e achatado sendo proporcional ao seu rosto, seus lábios são finos e pequenos porém possui um tom rosado, seus olhos são miúdos e possuem uma coloração verde clara, seus cílios são ralos e curtos, suas sobrancelhas são bem definidas e ralas possuem uma coloração loira escura.
O corpo de Brooke não é avantajado mas isso não a impede de ser uma garota provocante, seus seios são pequenos igualmente a suas nádegas, suas pernas e coxas são finas, sua cintura é fina e quadris não são muito largos mas sua barriga é chapada não possuindo nenhuma gordurinha a mostra. Ela possui 1,70 de altura e pesa 52 kg.


『Personalidade』

Brooklyn é uma garota tímida, muito tímida, para ser sincera. Sua timidez é o motivo por ela ser uma garota introvertida, ela não é de muito papo no começo, é mais de ficar no seu canto isolada, ela é do tipo de pessoa que quando alguém que ela ainda não conhece puxa assunto com ela, ela só sorri e assenti ou dá respostas curtas como, "sim", "não", "uhum", etc. Por isso muitas pessoas pensam que ela não quer conversar, mas é porque ela muito tímida e não é de falar muito com pessoas que ela não tem muita intimidade, mas as pessoas que tem intimidade com Brooklyn, sabe que ela não é tão tímida assim depois que você tem certo afeto com ela, Brooklyn vira uma pessoa muito extrovertida que fala "pelos cotovelos", ela parece que não cala a boca um minuto se quer, sempre tem algum assunto ou alguma novidade para contar, quando se tem certa intimidade com ela você tem que saber que quando sair com ela para assistir um filme ou qualquer coisa, vai ter que aguentar ela comentando a cada minuto sobre alguma coisa, seja pela a pessoa que comprou uma porção enorme de batata frita e está sozinha ou por uma pessoa ter caído do outro lado da rua.
Se você conhece bem Brooklyn sabe que ela é muito emotiva e sentimental, ela é o tipo de garota que fica assistindo filmes de dramas e de romances e fica chorando do começo até o fim enquanto toma sorvete direto do pote. Ela tem emoções e sentimentos muito sensíveis, então deve se medir e muito as palavras e as atitudes que se direcionam á ela, pois facilmente ela fica magoada e facilmente chora. Os amigos de Brooklyn tem que aturar suas crises existenciais e seus mi-mi-mis de sempre, eles vivem dizendo para ela o quanto ela é importante e o quanto amam ela, para ela se sentir importante e saber que eles a amam. Chorar é a maioria das reações para ela seja quando ela está triste, feliz, brava, com medo, etc, então não pense que só porque ela está chorando que ela está triste ou na "deprê", ela pode está feliz ou com raiva.
Brooklyn é uma garota muito curiosa, a sua grande inteligência se deve a sua grande curiosidade por saber, por querer descobrir a razão de tudo e o por quê. Ela adora investigar, saber de tudo e um pouco mais. Quando alguém que ela conhece está triste ou nervoso demais, ela dá uma de Sherlock Holmes e investiga até os ancestrais da pessoa só para saber o motivo dessa pessoa está triste ou abalada. Quando a curiosidade domina ela, ela não tem noção de espaço ou privacidade ou até mesmo limite, sua curiosidade sempre fala mais alto.
Ela é uma pessoa muito calma e tranquila, ela não é do tipo explosiva que só da pessoa ofender ela, ela vai ficar puta da vida e sair atirando em todo mundo, ela é muito paciente para isso, mas não espere que ela tenha calma quando se trata de preconceito e injustiças, quando o assunto são esses ela perde a timidez e entra numa discussão seja com quem for. Brooklyn é uma garota muito tranquila, lugares com muitas pessoas, festas, baladas, não faz o tipo dela, ela é garota mais caseira, que gosta de ficar em casa ou ir para lugares tranquilos e ao ar livre, como parques, florestas, praias, etc.
Brooklyn é muito carinhosa, ela adora dizer a todas as pessoas próximas á ela quanto ela os ama, a família e os amigos estão acostumados com suas declarações amorosas do nada ou quando inesperadamente ela abraça as pessoas, ela gosta de mostrar as pessoas quanto elas são importantes para ela e o quanto ela os ama, então ela sempre demonstra isso dizendo "eu te amo" ou com um "abraço".
Brooklyn é uma garota que se Apropria de um vocabulário fino e sofisticado, isso de certa forma ajuda ela a ter essa personalidade gentil, ela sempre trata a todos com respeito, até mesmo aqueles que nem merece tamanho respeito, ela sempre é bastante atenciosa com todos, sempre se preocupando com todos e tentando sempre ajudar de alguma forma. Ela nunca vai tratar alguém com rispidez ou com indelicadeza, por mais que a pessoa mereça, ela nunca vai se exaltar por ninguém ou vai discutir com ninguém, ela teve uma boa educação para fazer ambas as coisas citadas anteriormente.
Ela adora ajudar as pessoas, seja com dinheiro, com alimento, etc, desde que esteja dentro do seu alcance. Brooke ajuda várias organizações e projetos como, Humane Society, a Cystic Fibrosis Foundation e a The Nomad Organization, que são projetos que promovem educação, comida e remédios para as crianças na África. Ela não se importa em ajudar as pessoas demais e fazer papel de "trouxa", ela pelo menos fez o papel de uma boa cidadã.
Uma dos maiores defeitos e qualidades de Brooklyn é que ela não se esquece de nada, se você fez alguma mal á ela ou a prejudicou de alguma forma, pode ter certeza que ela não se esqueceu disso e irá usar isso de alguma forma contra você. Além dela não esquecer de nada ela é bem rancorosa, então pode ter certeza que se você vacilou com ela, Brooke não perdoou, pois ela quase não perdoa nada.
Brooklyn pode ter essa personalidade "fofa" e meiga, mas todos tem algum defeito e o dela é ser uma garota vingativa, ela acredita que a vingança é como uma forma de justiça e não como algo ruim que as pessoas veem. Ela acredita que quando alguém faz algo ruim e prejudica alguém e ela sabe que essa ação que ela tomou prejudicou alguém e não faz nada para se redimir, ela deve pagar de alguma forma, e na opinião dela tem que pagar na mesma moeda, fazer a ação dessa pessoa se virar contra ela. Ela não é uma pessoa ruim só quer que a justiça seja feita.
Algo que define bem Brooke é otimista e positiva, em qualquer situação ela gosta de ver o lado bom e positivos, por maior que seja o problema ou a situação, não importa se ela esteja numa ilha deserta sem comida, sozinha, sangrando e com canibais, ela sempre vai ver o lado bom. Não que ela seja cega demais para enxergar o lado ruim das coisas, mas é porque é bem mais fácil ver os pontos positivos, pois esses pontos positivos alimenta a esperança, por mais pequena que essa esperança seja.
Brooke é uma garota meio "moleca" se podemos dizer assim, ela desde pequena nunca foi de ficar trancada em casa brincando com suas bonecas ou de casinha com suas amigas, ela sempre estava com os garotos de sua vizinhança brincando de futebol, andando de Skate, jogando vídeo games ou até mesmo brincando de luta com eles. Ela nunca gostou muito de ser uma dessas garotas que vivem se maquiando, escolhendo as vestimentas que iriam usar no dia seguinte e falando sobre garotos com suas amigas, ela sempre gostou mais de se aventurar, fazer coisas que correm risco, isso a divertia de alguma maneira. Para Ela coisas boas só são boas quando envolvem aventura, novidade e desafio.
Discreta, um bom adjetivo para definir Brooklyn, ela não é do tipo de sair gritando ou falando algo indelicado as pessoas, ela é mais reservada, de planejar e cumprir seus objetivos calada no seu canto, entende ?!... Brooke é a típica pessoa que quando ganha alguma competição ou algo de seu desejo, ela não tem uma reação exagerada de gritar, pular, sair gritando para o mundo que ganhou, ela é mais de ficar feliz por dentro, agradecer e sorrir, ou as vezes nem isso, as vezes ela age normalmente como se não tivesse mudado nada em sua vida.
Brooklyn é uma garota muito inteligente, ela era a "nerd" da sua escola e a queridinha dos professores, aquela que lembrava o professor que tinha tarefa porque ela havia feito. Como havia dito antes ela é muito curiosa, desde pequena, então ela sempre teve uma enorme curiosidade por saber quando ela sabia de algum assunto ela gostava de aprofundar nele, de saber mais, ela pesquisava, lia livros e jornais sobre o assunto, até ela saber tudo ou pelo menos quase tudo, e como ela tinha uma ótima memória ela aprendia rapidamente. Com Brooke nunca tinha que explicar a mesma coisa duas vezes, já na primeira ela entendia. Ela tem um raciocínio rápido, quando fazem uma pergunta para ela e ela sabe a resposta ela já responde com a maior facilidade, e se ela não sabe ela pesquisa para saber.
Brooklyn é uma garota sincera, ela não é de mentir, e quando mente você facilmente pega ela na mentira de tanto que ela é ruim para mentir. Ela tem certo apego a verdade, então se perguntar algo á ela e espera ouvir o que você quer ouvir, saiba que você está para lá de enganado, ela só fala a verdade, (ela só trabalha com a verdade). Porém se a verdade pode ferir alguém ela prefere não dizer nada, assim ela nem estará mentindo, nem falando a verdade, ela vai está neutra, fora de questão para dar sua opinião ou falar a verdade, ela diz que se a verdade machucar ou prejudicar alguém é melhor calar a boca.
Se existe algo que Brooke ama é um bom desafio, pequeno ou grande, e ela acredita fielmente que, com a quantidade certa de tempos e recursos, ela pode atingir qualquer objetivo. Brooklyn tem uma habilidade incrível de pensar estrategicamente e manter um foco extensivo quando executando cada passo do seu plano com determinação e precisão. Essa determinação é frequentemente uma profecia que se cumpre sozinha, pois Ela impulsiona suas metas com pura força de vontade onde outros podem simplesmente desistir e seguir em frente.
Brooklyn é muito detalhista, ela consegue ver detalhes que poderia passar despercebido por um especialista, Ela presta atenção em tudo no mínimos dos detalhes. Brooke diz que consegue aprender e conhecer melhor as coisas e as pessoas observando-as, observando cada detalhe, movimento, atitude, ela consegue fazer um perfil de uma pessoa com base somente em suas observações, algumas vezes podem está erradas, mas é em poucos casos.
Não se engane com seu jeito inocente e meigo, pois por traz dessa garota gentil e meiga existe um garota provocadora, desde sempre Brooke nunca gostou de meninos da sua idade ou nem um pouco mais velhos que ela, em todos os relacionamentos dela ela se envolvia com homens de trinta anos para cima, ela até já se envolveu com homens casados, ela vivia os provocando, se jogando em cima deles ou de forma indireta ou direta se insinuando a eles, e sempre dava certo, corrigindo ainda dá certo.


『História』

Brooklyn só nasceu para "consertar" o casamento de seus pais, já que sua mãe achou que grávida poderia impedir o seu marido de pedir um divorcio, mas após três meses do nascimento de Brooklyn eles acabaram se divorciando e isso deixou Donatella- Mãe de Brooklyn- irritada e com um ódio tremendo de Brooke, sendo que a pequena garotinha não tinha nada haver, mas sua mãe precisava culpar alguém pelo divorcio além dela mesma. Brooklyn praticamente morou com seus avós, já que sua mãe sempre a deixava com eles para que ela pudesse sair, ela visitava seu pai algumas vezes, mas ele era um homem muito ocupado e não tinha muito tempo para dar atenção a família. A mãe de Brooke se casou várias vezes sempre com homens mais velhos e mais ricos, ela parou de se importar em achar o amor de sua vida e passou a procurar o amor que pudesse bancar seus luxos, mas ela sempre acabava rompendo esses relacionamentos e por meio da justiça levava um pouco do dinheiro de seus ex- maridos. Brooklyn por conta dos constantes casamentos de sua mãe vivia se mudando de cidade, e isso deixava Brooke muito irritada e o que a fazia discutir e muito com sua mãe, como uma forma de vingança ela começou a ter um envolvimento amoroso com todos os seus padrastos e alguns já até terminaram a relação com Donatella por causa de Brooklyn. Assim ela viveu metade da sua vida se mudando, até que ela foi morar definitivamente com seu pai, que apesar de viver trabalhando era bem atencioso e carinhoso com ela, mas porém quando Brooklyn tinha 17 anos seu pai faleceu em decorrer de um câncer de pulmão, já que era um fumante, como única herdeira ela herdou toda herança, mas ficou muito deprimida por conta da morte de seu pai, ela comprou um apartamento e trancou a faculdade de artes, ela não saia mais e não tinha vontade de fazer mais nada, até que um dia viu em um documentário na Televisão sobre um homem que venceu a depressão viajando o mundo, conhecendo pessoas e culturas diferentes, então pela primeira vez teve vontade de fazer algo que não fosse deitar e chorar, então ela começou sua aventura foi para a Rússia, Suécia, Brasil, México, Alemanha, e vários outros países, todos os lugares que ela visitou ela teve grandes aventuras, porém a aventura maior estava por vir quando ela pousou em Roma.

『Gostos 』

Filmes em Preto e Branco-


Pizza-


Viagens-


Ler-


Doces-


Pintura-


Músicas-


Dançar-


Gatos-


Natureza-


Chá-


Chuva-


『 Desgostos』

Pimenta-


Chorar-


Bebidas alcoólicas-


Calor-


Pessoas falsas-


Ser decepcionada-


Baladas-


Sangue-


Pessoas que julgam pela aparência-


Violência-


Ver as pessoas sofrendo-


Café-


『Favoritos』


Músicas:
Shades Of Cool - Lana del Rey


Livro:
Psicose


Cor:
Rosa


Filme:
Lolita - Stanley Kubrick - 1962


Série:
Mad Men - Matthew Weiner


Doce:
Sorvete


Insetos:
Borboletas


『Quem é seu Daddy? Qual sua relação com ele?』

Lúcifer

Entre todos os arcanjos, Lúcifer é o que mais faz o "tipo" dela, o tipo de homem dominador, que emana poder e impõe respeito por onde passa, isso fez com que de primeira ela já sentisse uma forte atração por ele. No começo ela era um pouco tímida, corava por qualquer coisa que ele dizia ou fazia para ela, mas quando ela começou a criar uma certa intimidade com ele a timidez deu lugar a provocações e uma relação um pouco mais ousada. Sempre Brooklyn tem oportunidade ela o provoca e o instiga, ela sabe que ele pode ter garotas com corpos mais avantajados ou mais bonitas que ela, porém ela sabe que ele nunca poderá ter uma igual á ela. Mesmo com suas timidez no começo ela o chamava de Daddy, pelo simples fato de adorar chamar ele de Daddy, isso faz ela lembrar do tempo que tinha um caso com seus padrastos. Não demorou muito para Brooklyn ser totalmente submissa á ele, ela tecnicamente faz tudo o que ele pede, desde que não prejudique ninguém, ela gosta de vê-lo feliz, por isso faz de tudo para deixa-lo feliz e satisfeito seja com o que. Lúcifer faz Brooklyn se sentir única, mesmo sabendo que ela não é, ela o ama, mesmo com as mentiras e elogios que ele usa com todas suas Baby's, mas ela finge e gosta de acreditar que ele a ama tanto como ela o ama.
Brooklyn não gosta muito de ter que dividi-lo com as outras, mas isso o deixa feliz então ela finge não se importar e consegue tolerar esse fato. Ela adora conversar com Lúcifer, ele lida bem com qualquer assunto que eles discutem, isso faz com que suas conversas sejam prolongadas, eles tem opiniões distintas ele traz ela a realidade faz ela ver o lado ruim das situações e ela faz ele enxergar as coisas boas que algumas situações pode proporcionar. Ela faz de tudo para não deixa-lo irritado ou chateado com ela, pois ela odeia ser castigada, os castigos dele são dolorosos e a deixam muito deprimida, mas o pior é ver o prazer que ele sente quando vê ela sofrendo.
Mesmo ele não demonstrando é muito possessivo com ela, e ela gosta de como ele fica mais na defensiva e ciumento quando se trata de suas Baby's e odeia quando ela fica próxima de qualquer homem que não seja ele.


『Como agira na primeira vez que chegar no grande castelo em Roma?』

Ela iria agir timidamente, por estar rodeada de pessoas desconhecidas, ficaria um pouco nervosa, ficaria calada na maior parte do tempo e só falaria quando dirigissem a ela alguma pergunta e ainda daria como resposta um simples "sim" ou "não". Brooklyn ficaria um pouco desorientada por estar em lugar totalmente desconhecido por ela, então evitaria ficar andando tanto no castelo, mas porém, com dificuldade tentaria se socializar para assim conhecer as pessoas com quem ela teria que conviver.

『Nacionalidade』

Brooklyn nasceu na cidade de Conyers, no estado de Geórgia, que é um dos 50 estados dos Estados Unidos, o que faz dela uma cidadã americana.

『Roupas..』


→Casual -








→Pijama -




→Festas -








→Roupa íntima -








→Baile De Máscaras -









『Família -』


Scarlett Elizabeth Montgomery Woolridge - Mãe de Brooklyn - 38 anos

A relação das duas nem de perto é boa. A mãe de Brooke faz questão de demonstrar que se arrepende muito de ter tido uma filha, dizendo coisas como "você nasceu para uma função e falhou nela"; "filhos só servem para dar estria" ou mesmo um simples "eu te odeio". Desde pequena ela estava acostumada de sua mãe nunca aparecer em suas reuniões ou em suas apresentações, antes ela ficava um pouco aborrecida, mas depois começou a nem ligar. As duas quase não se falam, só conversam quando é realmente necessário.



Joseph Gatt Grant - Pai de Brooklyn - 41 anos

Podemos dizer que desde sempre eles se dão bem, não importa a situação que tivesse ele sempre estava ao lado de Brooke, ele era o apoio que Brooklyn precisava e que não encontrava em sua mãe. Diferente de Scarllet, Joseph comparecia a todas as reuniões e apresentações, ele sempre foi muito presente na vida de Brooklyn, ele foi o motivo para ela não virar uma jovem aloucada. Os dois tinha personalidades similares, isso acabava que fortalecendo a relação deles de alguma maneira, mas ele era um pouco rígido quando necessário. Brooklyn sente muito a falta de seu pai, e não é raro vê-la chorando por ele.


『Qualidades』

Altruísta || Carinhosa || Inteligente || Fiel || Otimista

『Defeitos』

Emotiva || Tímida || Vingativa || Rancorosa

『Medos』

Répteis e Anfíbios || Escuro || Violência

『Traumas?』

Não

『Alguma cicatriz ou marca?』

Não

『Poderes ou Habilidades?』

Brooklyn é ótima em desenhos e pinturas.
Possui um enorme talento na dança artística (Ballet)
Além de possuir uma ótima memória


『Segredos?』

Brooklyn teve um relacionamento amoroso com a maioria de seus padrastos, ninguém além dela sabe disso, a não ser que ela conte.

『Algo mais?』
Não :3


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...