~Crystin

Crystin
· Queen Bitch ·
Nome: Yasmin • Myn • Bitch • Panda • Queen • Crys •
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Big Beautiful Liars - Ficha


Postado


Nome completo e um apelido:
Blair Shannon Singer Herondale
{Blair significa “A que brilha”}
{Shannon, do Gaulês, significa “Sábia”}

[Apelidos]
- B
- Blue
- Cherry
[Seus apelidos são usados apenas por pessoas bem intimas, como família e amigos.]

Idade:
17 anos l 25 de Setembro l Libra

Opção sexual:
Heterossexual

Aparência:
Blair é uma garota digna de capas de revista. Possui cabelos laranjas-avermelhados que vão até um pouco abaixo de seus ombros, e que são ora lisos, ora ondulados. Tem olhos verdes, que as vezes ficam num tom amarelado, e cílios grossos, que geralmente carregam algum tipo de maquiagem. Seus lábios são carnudos e a boca pequena, e sempre estão com batom rosa, paixão de B. Seu nariz é pequeno e um pouco arrebitado na ponta. Sua pele é branca e não possui nenhuma imperfeição aparente. Suas bochechas são rosadas
Tem um corpo de dar inveja a qualquer um: Blue é magra e tem a cintura fina e a barriga lisa. Seus seios são fartos, e seu bumbum tem um tamanho bom, não é grande nem pequeno. Seus braços são finos, escondendo uma mulher forte. Suas pernas são torneadas. Ela é pequena, mais ou menos 1,64 e magra.

Katherine McNamara









Personalidade:
“Ela é uma moça de posses delicadas, sorrisos sinceros, e olhar misterioso. Tem cara de menina mimada, um ‘quê’ de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. Ela é intensa e tem mania de sentir-se por completo, de amar por completo e de ser por completo. Dentro dela, há um coração bobo e bondoso, sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Ela tem aquele gosto de doce menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna. Ela tem seus momentos de crise, raiva e tristeza, mas normalmente é a pessoa mais positiva que você possa conhecer. Ela é luz que ilumina o mundo, a vida, sua casa, o coração dos outros. Foi luz, e sempre haverá de ser luz, mesmo na pior da escuridão.”

Charmosa, elegante e cheia de estilo, B busca harmonia e equilíbrio em tudo o que faz. Supersimpática e preocupada com as pessoas, não suporta a ideia de ser injusta ou de magoar alguém. Por isso, leva a fama de indecisa, já que pensa muito antes de tomar uma decisão. Prefere analisar cuidadosamente todos os lados da questão e não correr o risco de cometer uma injustiça. Ela faz de tudo para agradar, mas também gosta de receber um elogio ou ser reconhecida de vez em quando. Dona de um impecável bom gosto, está sempre bem vestida. Detesta ficar sozinha e adora festas e eventos.

Ela é libriana, daquelas feitas de puro carisma, bondade, delicadeza e indecisão, o que a faz levar uma vida inteira baseada em “Deveria ter escolhido a outra opção” e nunca sabe qual caminho seguir. Não é difícil se apaixonar por ela, com todo aquele charme e simpatia, é daquelas que você gosta na primeira, se apaixona na segunda e perde a cabeça na terceira.

B vai do caos à calmaria em 2 segundos e vice versa, do gostar ao tanto faz também. Ela segue a linha do 99% de dúvidas e 1% de certeza, muitas vezes parece não saber ao certo o que quer, mas quando ela quer é porque quer mesmo, e ela é persistente o suficiente para tentar até conseguir.

Blair é como uma camaleoa que se adapta ao ambiente e vai da ópera ao forró sem descer do salto e nem perder a elegância, aliás essa é uma das suas grandes qualidades. Intelectual, Superinteligente, ela tem uma mente rápida e a capacidade de perceber os detalhes que ninguém mais percebe, entende de todos os assuntos e vai saber conversar sobre tudo contigo, será o teu colo mas também o teu puxão de orelha se for preciso. Ela tem sempre os melhores conselhos, apesar de que ela mesmo quase nunca os vai seguir.

Cherry é daquelas que sempre se dá bem com todo mundo, aliás, ela faz de tudo para que aqueles que estão próximos a ela fiquem sempre bem, mesmo que ela própria não esteja tão bem assim. Ela odeia brigas ou barracos, mas odeia ainda mais injustiças, principalmente com aqueles que ama e para defendê-los ela vira uma leoa.

Blue pode até parecer a garota perfeita, mas tem defeitos também, é dramática, a ponto de fazer uma tempestade em tampinha de garrafa. Ela não é muito organizada com datas e também não sabe dizer não e, por isso, acaba se perdendo no meio de tantos convites e desmarcando tudo na última hora para ficar vendo filmes sozinha em casa, pois ela não tem nenhum problema em ficar na sua própria companhia. Confusa e indecisa ao extremo, a sua balança está sempre tentando se equilibrar, mas vez ou outra ela pende para o lado errado e é nessa hora que ela se decepciona.

Se ela se apaixonar por você, tenha a certeza que terá um amor para toda a vida, daqueles dignos dos romances de cinema. Ela gosta de romantismo, mas a sua vida é uma eterna comédia romântica, onde nem sempre se dá bem no final.
Ela cai muitas vezes, mas sempre se levanta mais forte, pois ela ainda conserva a esperança e conta sempre um pouco com a sorte.
Blair é perfeccionista ao extremo e não suporta ver algo bagunçado. Controladora com todos, sendo amigos, inimigos, família, e até desconhecidos ela sempre precisa que as coisas estejam do jeito dela. B as vezes aparenta ser muito inocente e influenciável, mas, só aparenta mesmo! A garota pode ser controladora, mas não suporta ser controlada! Ela também é sincera ao ponto de machucar as pessoas com palavras, mas também é carinhosa o suficiente para fazer a pessoa se curar em um passe de mágica.

{Partes desses textos não são de minha total autoria, então, credito aos criadores.}

Família:
Mãe – Kaya Dianne Singer; 40 anos; Estilista.
Relação: Blair sempre foi mais apegada a mãe, pois achava que ela a entendia melhor, são como melhores amigas, foi a pessoa que mais apoiou B em tudo o que ela queria, e ela vai ser eternamente grata a mãe por isso, e também por aturar Blue depois dos términos. Ambas se amam muito, e deixam isso bem claro a todos que querem ver. Mesmo que as vezes tenham pequenas brigas. A Kaya é extremamente super-protetora com a filha.


Pai – Matthew James Herondale; 40 anos; Médico
Relação: Blair e o pai, nem pareciam pai e filha, pois se tratavam tão formalmente, dentro e fora de casa. Sempre tinham pequenas discussões. Mesmo com esses problemas ela e o pai se amavam muito, apenas não demonstravam isso.


História:
Nascida dia 25 de Setembro, em Rosewood, Blair é filha única e foi criada em berços de ouro, sempre teve do bom e do melhor. Os Herondale’s são uma família da alta classe da cidade.
Como Blue é filha única ela sempre foi o centro da atenção da família – E ela adora isso. Mimada desde sempre, ela sempre ganha tudo o que quer, geralmente quando quer. Seus pais sempre a apoiaram em tudo o que fazia e são muito liberais com ela, a deixando por conta e risco a fazer o que quiser, mas também eram muito ausentes na infância da garota por conta do trabalho.
Viagens em família são o passatempo preferido de B e seus pais. Ela conhece vários cantos do mundo, desde os lugares mais exóticos e remotos, até os pontos turísticos mais famosos. Com tantas viagens, ela aprendeu a falar português, dominou o sotaque britânico, francês, italiano, alemão e grego.
Estudou em casa até seus 09 anos de idade, mas sempre tinha vários amigos. Herdou a paixão pela literatura da mãe, que praticamente a educou apenas com livros e mais livros, foi destes, que a menina se tornou tão inteligente. Sua mãe achava que a etiqueta era algo essencial para uma dama, e dava aulas de etiqueta para Blair como se portar a mesa, manter a postura etc.
B teve vários namorados, mas nenhum que ela realmente gostasse, ela até podia ter algum “crush” no garoto, mas ela sabe que não era amor. Isso a fez ser uma “heartbreaker”, e também despertou um sonho na garota: Encontrar o amor verdadeiro custe o que custar.
Ao completar 15 anos, seus pais não se acertaram mais, o que causou a separação.

[Para ficar mais organizado eu coloquei passatempos, hobbies e talentos em listas separadas. Espero que não se importe ^^]

Gostos:
- Doces
- Maquiagens
- Saltos (Não vive sem)
- Moda
- Café
- Dormir
- Festas
- Livros/Ler
- Flores e jardins
- Praias e piscinas
- Tocar piano e cantar
- Lutar
- Conversas agradáveis
- Olhar as estrelas (A acalma)
- Series e filmes
- Viajar
- Abraços (Ela se sente protegida)
- Desenhar e pintar
- Cozinhar

Desgostos:
- Insetos
- Desorganização
- Violência
- Bullying
- Mentiras e Falsidade
- Machismo
- Coisas nojentas
- Coisas chatas e/ou entediantes
- Regras
- Acordar cedo
- Dormir cedo
- Chorar

Hobbies:
-> Ler
-> Nadar
-> Lutar
-> Fazer compras
-> Desenhar e pintar
-> Assistir seriados
-> Cantar
-> Cavalgar
-> Correr
-> Dançar
-> Cozinhar, principalmente doces
-.> Andar pelos jardins e pelo castelo

Talentos:
-> Cantar
-> Dançar
-> Tocar guitarra e piano (são os instrumentos em que ela é melhor)
-> Sua pontaria com o arco e flecha
-> Lutar
-> Desenhar
-> Cozinhar
-> A sua ótima atuação e persuasão

Medos:
- Motefobia — Medo de borboletas e mariposas.
- Agliofobia — Medo de sentir dor.
- Anatidaefobia – Medo de patos.
- Medo de ficar sozinha, no sentido de ser uma solteirona.
- Medo de decepcionar seus pais.
- Medo de perder as pessoas que ela ama.

Manias:
- Revirar os olhos quando alguém diz algo idiota ou muito obvio
- Morder o lábio inferior quando nervosa ou pensativa
- Sentar e sempre cruzar as pernas
- Enrolar uma mecha do cabelo com o dedo quando distraída
- Batucar com as unhas em qualquer superfície

Quer ter um par?
Sim.

*Enviar segredo(s) por MP

Sobre Rosewood.

Sempre morou em Rosewood? Se não, por que está aqui?
Sim, nasci na cidade e estou aqui até hoje.

Quão bem você conhecia Audrey Spellmeyer?
O mesmo que as outras meninas, bem até onde ela deixava alguém entrar. Talvez um pouco mais por ter sido umas das primeiras a entrar no grupo.

Qual foi o momento em que você mais odiou Audrey?
Eu nunca cheguei a odiá-la mesmo, mas, não gostava quando ela fazia alguma piadinha ou bullying com alguém. Mas, eu acho que era pior quando ela dizia alguma coisa sobre mim ou sobre as outras meninas.

Concorda com a frase “O que Audrey diz é lei”?
Bem, não. Sim, eu era amiga dela, mas, isso não muda que as vezes ela fazia coisas que não eram legais e essa frase só deixa mais claro que é ela quem manda.

O que diria num depoimento para a polícia sobre Audrey?
Diria o que eu pudesse contar sem me prejudicar ou prejudicar as outras meninas. Como se Audy ainda estivesse aqui. Deixaria bem claro que mesmo com certas atitudes da garota, não teria motivos para matá-la muito menos para fazer algo contra ela que a machucasse.

A história irá começar com o sumiço de Audrey, onde você estava na noite do sumiço dela?
Estava em Nova York, meus pais tiveram que ir para lá por motivos de trabalho.

Sobre A.


Você teria o sangue frio de ser A?
Não.

Entraria para o A Team?
Só se extremamente necessário. Primeiro que eu não conseguiria aguentar o fato de provavelmente estar trabalhando como agente dupla. Segundo: Em algum momento eu ia me ferrar. Ou com o A Team, ou com meus amigos.

Defenderia o assassino se descobrisse que é um(a) amigo(a)?
Sim. Se fosse um amigo próximo. Pois deve ter um bom motivo por essa pessoa ter feito isso, e, pode soar bobo, mas eu acredito que as pessoas podem mudar.

Como reagiria se descobrisse quem é o assassino?
Primeiramente ficaria em choque me perguntando “Como você pode?”. Mas depois tomaria medidas de proteção, tanto para comigo, tanto para as pessoas que estivesse comigo.

Mentiria para ajudar um(a) amigo(a)?
Se fosse preciso, sim.

Morreria no lugar de um(a) amigo(a)?
Não sei, talvez se fosse alguém realmente muito próximo.


Sobre as roupas e acessórios.

O que mais costuma usar?
B sempre foi muito fashionista e vaidosa, mas ela usa o que der na telha. Você pode vê-la com uma saia midi florida em um dia e no outro, ela está usando uma jaqueta de couro com spikes. Ela gosta de inovar, mas ao mesmo tempo seguir as tendências e principalmente: Ser ela mesma. Gosta de usar vestidos, de qualquer tipo: longo, curto, rodado, justo... Gosta também de usar saias com cintura alta e croppeds, calças jeans e blusas diversas... Mas todos esses looks são compostos por saltos e acessórios.
(Para descomplicar, digamos que ela seja uma Hanna da vida na questão de roupas.)

Cores que prefere?
Azul, preto, dourado, rosa e vermelho.

Tem algum acessório pessoal? Se sim, descreva.
Ela possui um anel de ouro branco, com um laço e uma grande pedra no topo, todo cravejado em diamantes. Ela ganhou de sua avó com 13 anos, era uma herança de família


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...