~childreon

childreon
Doidinha
Nome: Mand's
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Itapevi, São Paulo, Brasil
Aniversário: 31 de Dezembro
Idade: 20
Cadastro:

Kingdom Come


Postado

Kingdom Come

Sinopse:
A Rebelde e o estilo Romeu... Justin só precisa de uma garota para compartilhar seu anel. Seus pais o obrigaram a escolher uma noiva entre vinte candidatas que ficaram em sua casa por um ano, está nas mãos dele escolher uma e governar sua cidade, até seu país. A escolha parece ser certa para ele mas para os pais, principalmente para a mãe parece o fim. A segredos escondidos por trás da realeza, será que eles conseguiram se manter escondidos.
Será que a escolhida irá se entregar a ele?


Prólogo

[...]

A garota estava sobre o balcão dançando sensualmente enquanto alguns marmanjos gritava, assobiava e aproveitava. A música de fundo a deixava animada e pouco se importando com os toques dos caras sobre seu corpo. Sua amiga estava logo embaixo gritando pelo seu nome mas ela pouco se importava ou até mesmo não ouvia.
- Vai pegar? - Ryan perguntou mordendo os lábios.
- Não se entrega muito fácil. - Falei sorrindo malicioso, observando como ela dançava incrivelmente.
- Tenta, garotas assim são difícil. - Chaz deu uma piscadinha pra mim.
Bebi um gole de minha cerveja vendo a garota descer do balcão e ir até sua amiga. Olhei para os meninos a ultima vez e segui entre aquela multidão atrás da garota. A encontrei num canto ouvindo sermões da garota que te acompanhava, baguncei meus cabelos e então parei observando um cara se aproximar dela com outras intenções, não boas como a minha piores. A vi recusar, gritar, empurrar o cara varias vezes mas ele insistia. Sua amiga te ajudava mas era em vão o homem era mais forte. Dei passos largo até o cara e o cutuquei seu ombro, ele se virou e sem tempo de me ver direito lhe dei um soco certeiro o fazendo cair no chão.
As garotas arregalaram os olhos assustadas e depois rindo ao vero cara no chão. Passei as mãos pelo cabelo rindo do cara ao chão se levantando aos poucos e a roda a nossa volta se formou, pessoas atentas ao golpes, assobios, gritos até palmas eram ouvidas. O cara se levantou e tentou me devolver um soco, ele estava bêbado o que meu deu mais chance de desviar de seus golpes.
Não abusei muito de sua fraqueza e dei mas dois soco em seu rosto e chutes em sua barriga. O cara estava sem forças para revidar e as pessoas riam de sua fraqueza. Sorri para todos que me idolatravam no momento. Parei a procura da garota que devia estar ali, procurei entre todos naquela multidão ela havia sumido.


Escutando: Company - Justin Bieber
Comendo: bolacha
Bebendo: café

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...