~aroha-

aroha-
´soulja boy, tell'em~
Nome: ❝ make'em whistle like a missile bomb-bomb ☆
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:

~aroha- - ´soulja boy, tell'em~

'Cause I'm hopeful, yes I am! Hopeful for today…
Take this music and use it, let it take you away.
And be hopeful, hopeful, and He'll make a way
I know it ain't easy, but, that's okay, Just be hopeful!❞

❝ Fichas IV —

Postado

Daughters Of Salem —

— Jennie Kim como Lana Park.
••• F I C H A •••
»» Nome completo

Lana Park.

»» Idade
Vinte e um anos, nascida em 15 de novembro.

»» Nacionalidade
Sul-Coreana.

»» Sexualidade
Bissexual.

»» Aparência
Lana tem olhos característicos de coreanos, puxados e castanhos, porém está constantemente de lentes verdes. Seus cabelos são lisos e naturalmente castanhos, atualmente usados com as pontas mais claras que o restante do cabelo, que chega quase à sua cintura. Ela mede 1,63m, sendo considerada pequena. Seus seios são medianos, sua cintura é fina e seu rosto é arredondado. Seus lábios são finos num tom de rosa fraco.
{Jennie Kim}















»» Personalidade

Lana é uma pessoa séria e fechada, não gosta de brincadeirinhas e é do tipo que vai direto ao assunto, odeia enrolação! Ela raramente sorri e quando o faz, geralmente está rodeada de pessoas de confiança, pessoas que ela considera amiga, o que é raro. Odeia ser desafiada, e desconfiar de algo que ela disse é a mesma coisa que assinar seu atestado de óbito, porque se tem uma coisa que Lana preza, é a sinceridade e sua integridade, sempre que ela dá sua palavra referente a algum assunto, é porque tem cem por cento de certeza do que diz, jamais afirma algo de que tenha dúvidas, por isso lhe fere o ego quando desconfiam dela.
Extremamente teimosa, faz o que for preciso para provar que sua opinião está correta e ela nunca pede desculpas, mesmo sabendo que errou, seu orgulho é bem maior do que qualquer coisa... Ela não é do tipo carinhosa, e tende a magoar pessoas com seus comentários, mas não é de propósito, ela simplesmente não consegue controlar sua língua. Se irrita com facilidade, mas consegue não demonstrar o que está sentindo, escondendo-se atrás de uma máscara livre de emoções. Lana é sexy e sabe disso, e também como usar isso a seu favor. Não sonha com o príncipe encantado e nem nada do tipo e gosta de curtir e transar, coisas de uma ou duas noites, sempre deixando claro que não terá um futuro com seu alvo.
No fundo, ela não é tão ruim... dá dinheiro para mendigos na rua, ajuda senhoras a atravessar a rua, até doa suas roupas antigas para instituições de caridade, porém não é muito boa em lidar com sentimentos “bons”, e por isso prefere não ter sentimento nenhum. Lana é leal, nunca desobedece e segue aquilo em que acredita, sendo bastante focada em seus objetivos e crenças. Muito inteligente, ela pode ser considerada curiosa e esforçada. Jamais começa algo sem saber o porque daquilo, e jamais confia seus segredos a ninguém que não tiver lhe provado de alguma forma, que é leal e confiável. Procura não se deixar apegar a ninguém, pois sabe que as pessoas tendem a ir embora, e prefere não correr o risco de sofrer por causa disso.

»» História
Lana Park é fruto de uma inseminação artificial. A mulher que lhe carregou por nove meses não foi nada além de uma barriga de aluguel, uma mulher que precisava desesperadamente de dinheiro e encontrou no sonho de um casal, sua fonte de renda. O óvulo de Min Hee fecundado pelo espermatozóide de Seo Hyung foi carregado no ventre de Sarah, já que o útero de Min Hee não era forte o suficiente para suportar uma gravidez. Apesar de não ter sido carregada por Min, Lana tinha o sangue do casal, e nunca procurou se aprofundar sobre a história de como nasceu e nem saber mais de Sarah, que desapareceu assim que recebeu alta do hospital onde deu a luz, em Seul.
Lana viveu em Seul até os dois anos, porém depois disso a família se mudou quando seu pai foi promovido no serviço e encarregado de cuidar da filial da empresa em Auckland, Nova Zelândia. Sua mãe cuidava dela em casa enquanto seu pai trabalhava, e Lana era uma garotinha calma e observadora, raramente sorria ou reclamava e tinha um apego especial com sua mãe. Quando completou sete anos, Lana começou a sentir-se estranha, como se algo dentro dela tivesse mudado e crescesse a cada dia... ela se sentia mais forte, mais esperta, mais perceptiva, porém preferiu guardar isso para si e assim o fez por dois anos, mas aos nove, durante uma discussão com seu vizinho e amigo Alec, Lana fez um tronco de árvore se soltar e bater na cabeça do garoto, que caiu desmaiado. Assustada, a primeira coisa que Lana fez quando voltou para casa naquele dia, foi contar a sua mãe o que tinha feito, assim como o que estava sentindo nos últimos anos, e Min Hee sorriu, abraçando sua filha enquanto sentia-se aliviada.
– Você é uma bruxa, meu bem! Em suas veias corre o mais poderoso e antigo sangue... você pertence ao clã de Salem.
– Eu o que? – Lana arregalou os olhos, assustada pelo que estava ouvindo.

Foi então que a garotinha descobriu que sua própria mãe era uma descendente das Bruxas de Salem, uma bruxa poderosa que tinha se apaixonado por um humano e desistido de usar seus poderes, escondendo de Seo Hyung sua verdadeira identidade.
Min Hee passou então a treinar a filha durante as tardes em que seu marido não estava em casa e Lana tinha retornado do colégio, aperfeiçoando as técnicas da garota e ajudando-a a controlar seus poderes. Lana e Min Hee treinaram juntas por dez anos, e a garota nunca deixou que seu pai soubesse a verdade sobre ela, mas foi nessa época que Min Hee descobriu ter câncer de mama e o treinamento foi interrompido enquanto a mulher fazia tratamento, o que durou dois anos. Por sorte, a doença foi descoberta no início e o tumor foi retirado com sucesso por meio de cirurgia, mas Min Hee nunca mais foi a mesma depois das quimioterapias e dos remédios. Foi então que ela decidiu que Lana já tinha idade suficiente para se juntar ao clã.
– Filha, você está pronta! Jamais se esqueça do nosso treinamento e de tudo o que lhe ensinei durante esta década.
– Não vou esquecer, mãe.
– Vá para Nova York, é onde você encontrará a líder do nosso clã, Esther! Ela cuidará de você, assim como cada líder sempre cuida de suas bruxas!

Sem hesitar, Lana arrumou suas malas, despediu-se de seus pais – seu pai achava que ela estava indo para Nova York estudar! – e partiu em busca de Esther e outras bruxas de seu clã.

»» Família


Park Min Hee – 46 anos – Mãe – Dona de Casa.

{Kim Jae Kyung}
Min Hee sempre foi uma mulher que age pelo coração, ignorando a razão. Cresceu com sua mãe, já que seu pai morreu quando ainda era pequena e sempre foi criada para ser uma bruxa que orgulharia sua mãe, porém apaixonou-se por um humano e abriu mão de usar seus poderes, para desgosto de sua mãe. Casou-se com Seo Hyun apenas um ano depois de começarem a namorar – ela tinha vinte e dois na época – e não se arrepende dessa decisão. Descobriu que não podia ter filhos aos vinte e quatro e no ano seguinte, ela e o marido realizaram seu sonho através de Sarah, uma barriga de aluguel que carregou em seu ventre o óvulo de Min Hee.
Lana foi o amor da vida de Min, que sempre foi capaz de tudo pela filha. Quando a garotinha lhe contou sobre seus poderes, Min sentiu-se extremamente feliz e orgulhosa de saber que sua filha poderia continuar o que ela não fez, então passou a treiná-la. Depois de descobrir sua doença, Min decidiu que era o momento de Lana conviver com o clã, e enviou-a para Nova York, sempre mantendo contato com sua garota.

Park Seo Hyun – 46 anos – Pai – CEO de uma empresa de alimentos.

{Bang Sung Hoon}
Seo Hyun sempre foi um rapaz trabalhador e esforçado, que apaixonou-se por uma colega de faculdade e não desperdiçou tempo, casando-se com ela um ano depois de começarem a namorar. Ambos tinham sonhos e planos, porém descobrir que Min Hee não seria capaz de engravidar foi um momento muito triste para eles, mas não o suficiente para fazê-los desistir, e logo arranjaram seu próprio jeitinho de ter um filho, e assim nasceu Lana.
Mesmo que a garotinha fosse quieta e séria, Seo Hyun era um dos poucos capazes de fazê-la sorrir e ele sempre se encantou pelo sorriso da garota. Ele nem sequer imagina que sua esposa e filha são bruxas, e sofreu muito quando a esposa descobriu ter câncer, mas não saiu de seu lado em momento algum, apoiando-a sempre em tudo!
Ficou muito triste quando Lana disse que ia se mudar para Nova York, mas não tentou impedi-la, afinal, ele sempre a apoiou em tudo e queria vê-la feliz.



»» Quer par?
Não, porque ela não dá espaço e nem brecha para um relacionamento sério, mas ela ficará com algumas pessoas sim, sem compromisso, sempre deixando claro para a pessoa que não pretende se envolver seriamente, e quer apenas curtir.

»» Gostos
Café, dançar, baladas, bebidas alcoólicas, sexo, chocolate, treinamentos, corrida, salto alto, vestidos, elogios, sua família.

»» Desgostos
Puxa-sacos, demonstração de carinho em público, romance, traição, gente que fala demais, piadas idiotas, brincadeiras bobas, enrolação.

»» Medos/fobias
Medo de perder seus pais. Claustrofobia.

»» Manias
Enrolar o cabelo com o dedo quando está entediada, mascar chiclete, revirar os olhos quando se sente irritada.

»» Como é a ligação com as demais bruxas do clã?
Ela se sente incrivelmente especial por ter essa ligação com as demais bruxas, sente-se parte de algo real, como uma nova família para si. Dificilmente será agressiva ou irritadiça com as bruxas de seu clã.

»» O quão é comprometida com as causas do clã?
O máximo possível. Lana dará sua vida pelo clã, se for preciso.

»» Algum amuleto/objeto especial?
Sua mãe lhe deu este colar antes de viajar para Nova York, dizendo que a protegeria sempre.


»» Algo mais?
Não.


Sereias na Terra —

— Bae Suzy como Oh Young Mi.
••• F I C H A •••
»» Nome

Oh Young Mi – em Hangul: 오 젊은 미
Significado
Oh: Sobrenome da família.
Young Mi: Prosperidade, eternidade e beleza. Seus pais escolheram este nome para sempre se lembrar do que desejam para ela.


»» Apelido
Young.

»» Idade
Vinte anos – nascida em 10 de março, sendo do signo de Peixes.

»» Aparência
Young tem olhos castanhos e puxados, característicos dos coreanos, seu rosto é fino, seus lábios são cheios e rosados. Ela mede 1,68m podendo ser considerada mediana, é magra e seu corpo é curvilíneo. Seu cabelo é cumprido, chegando até seus seios e são castanhos e lisos.
{Bae Suzy}
















»» Nacionalidade
Oriental.

»» Personalidade
Young é uma pessoa fácil de lidar. Falante e comunicativa, sempre se faz entender, independente do assunto. Ela está sempre feliz, mas é fácil deixá-la triste, pois ela se importa muito com a opinião alheia, e saber que fez algo que desagrada o próximo a magoa, e ela sempre vai tentar de tudo para agradar, o que é seu grande defeito. É extrovertida e simples, confia fácil demais, mas não perdoa com a mesma facilidade. É bastante curiosa e por isso acaba sempre se metendo onde não é chamada para descobrir algo...
Ela é desastrada (principalmente quando está aprendendo a usar suas pernas), e facilmente esbarra em objetos ao seu redor, ou engasga com suas próprias palavras. Não desiste nunca, é persistente e se decide alguma coisa, não decide até alcançá-la! Ela está sempre disposta a ajudar o próximo, mas de vez em quando fala demais, o que pode incomodar, mas ela não consegue controlar... quando começa a falar, precisa continuar até que se canse, e ela tenta ao máximo controlar esse seu “problema”.
Não tem muito controle sobre suas emoções, e facilmente demonstra o que sente. Quer sempre fazer as pessoas ao seu redor se sentirem bem e sorrirem. Quando ela decide ser amigo de alguém, não desiste até que consiga a amizade, é insistente e persuasiva. Ela também é bem inocente para assuntos mais “adultos”, pois apesar da sua idade, foi sempre super protegida, não tendo muito acesso a assuntos do tipo, mas como é curiosa, sempre vai procurar aprender e entender, e fica corada sempre que entende.

»» Calda
A cauda de YoungMi é azul clara. Sua cauda brilha em contato com a claridade.


»» História
YoungMi é a mais velha da família, tendo apenas um irmão mais novo, porém, por ser uma garota, sempre foi mais super protegida do que Oh Ki Chul, seu irmão. Ela nunca realmente se importou com isso, estava bem em ser cuidada por seus pais e também pelo caçula, e nunca reclamou. Conforme crescia, porém, Young passou a se sentir sufocada pelas proibições constantes de seus pais, sempre prendendo-a e não deixando que se aproximasse da superfície... Então, quando completou quinze anos, YoungMi pediu aos pais, de presente, que a levassem até a superfície, pois ela queria saber como é, mesmo que rapidamente e depois de muito relutar, SunHee e SeoHyuk aceitaram e acompanharam a pequena até lá.
A garota ficou na superfície apenas por um par de horas, mas foi o suficiente para deixá-la completamente encantada! Viu pessoas andando pelo cais, casais beijando-se apaixonadamente, crianças brincando, viu inclusive um cachorro que era tão pequeno que podia ser confundido com uma ratazana, e principalmente, viu sua cauda brilhar com mais intensidade do que jamais tinha visto antes, devido à aproximação com a luz do sol. Era oficial! Young Mi queria ir para a terra e saber como era viver por lá.
Nos anos seguintes, Young passou a bolar planos e mais planos para poder ir até a terra, precisava ir! Algumas noites por semana, ela esperava que sua família estivesse dormindo e então saía de fininho, nadando até a superfície e observando os pescadores... Young jamais tinha visto sua cauda brilhar a noite, porém o contato com a luz do luar a deixava incrivelmente azulada e brilhante, emocionando a garota.
Foi pouco depois de seu aniversário de vinte anos que YoungMi conheceu Tina, durante uma de suas fugas, e viu na mais velha, sua chance de conhecer a terra, viver com os humanos e saciar suas curiosidades sobre eles.

»» Família
Oh Sun Hee – 42 anos – Mãe.

{Shin Min Ah}
Relação: SunHee é a verdadeira protetora e “carcereira” da família, é quem prende os filhos, e impede que sejam independentes, pois sente medo que algo de ruim possa acontecer com eles se ficarem sozinhos, principalmente depois que seu irmão mais velho foi morto por um pescador, que pensou que ele era um peixe qualquer numa noite de inverno. Ela não faz por mal, apenas teme pela vida e segurança dos filhos. É uma mulher amorosa e gentil, divertida e compreensiva, na maior parte do tempo.

Oh Seo Hyuk – 44 anos – Pai.

{Lee Je Hoon}
Relação: SeoHyuk faz qualquer coisa para ver sua esposa feliz e por isso, mesmo não concordando, apóia a estratégia dela, de manter as “crianças” em casa, e não deixá-los ir para onde não possam ser vistos e todo esse bla bla bla, apesar de não achar que é a coisa certa. É um homem carinhoso e passivo, sempre obedece sua esposa e geralmente não tem voz nas decisões tomadas.

Oh Ki Chul – 18 anos – Irmão.

{Baekhyun}
Relação: KiChul e YoungMi são muito amigos e se dão muitíssimo bem, sempre se provocando como todos os irmãos do mundo, mas no fundo sempre cuidam um do outro. KiChul tenta sempre esconder o quão irritado fica com as proibições de sua mãe, mas Young sempre está disponível para ouvi-lo reclamar, e para conforta-lo quando necessário. É um rapaz engraçado e brincalhão, raramente leva algo a sério.

»» Manias/ Fobias/ Medos/ Traumas
— Manias: Mexer no cabelo, enrolar a ponta dos fios nos dedos, movimentar as pernas quando está sentada (depois de virar humana, claro), cantarolar quando está feliz.
— Fobias: Nictofobia.
— Medos: Depois de virar humana, descobre-se com medo de altura.
— Traumas: Por incrível que pareça, Young tem trauma de sapatos fechados... depois que se tornou humana, ela teve que usá-los uma vez e acabou se machucando com eles, por isso sempre usa sapatos abertos (sandálias), não importa a temperatura.

»» Qualidades
Prestativa – Comunicativa – Divertida – Extrovertida – Persistente – Sincera – Fiel – Persuasiva.

»» Defeitos
Se importa demais com a opinião alheia – Confia fácil demais – Demonstra os sentimentos facilmente – Desastrada – Curiosa – Intrometida.

»» Gostos
Observar as estrelas – Andar – Chocolate – Chá – Conversar – Cantar – Dançar – Vestidos – Álcool.

»» Desgostos
Café – Calças – Sapatos fechados – Prender o cabelo – Dormir.

»» Talentos
Ela canta e dança.
[[ https://www.youtube.com/watch?v=b34ri3-uxks ]]


»» Trabalho ou colegial?
Ela trabalha como garçonete na principal lanchonete da cidade.

ψ Pensamentos da personagem ψ
»» Qual motivo de aceitar a proposta da mulher misteriosa?
Young está terrivelmente cansada das proibições de sua mãe, e de estar constantemente presa em casa, só podendo sair às escondidas durante a noite... depois de ter conhecido a superfície aos quinze anos, Young sempre sonhou em conviver com os humanos.

»» Descreva a sensação que sentia no mar!
— Positivos: Ela sempre gostou da liberdade de movimentos que tinha na água, a sensação era muito boa – Ver sua cauda brilhar com o contato com a luz era seu passatempo preferido.
— Negativos: A prisão em que sua mãe a mantinha era o único ponto negativo para ela.

»» O que pensa sobre os seres humanos?
São estranhos, na opinião de YoungMi... Ela não entende como eles podem negligenciar um presente tão maravilhoso quanto a Terra, sujando e destruindo tudo ao redor, mas conhece pessoas boas que valem a pena também.

»» Como reagiria se alguém descobrisse seu segredo?
A princípio ficaria perdida, tentando arranjar uma forma de encobrir, ou de fazer a pessoa esquecer sobre o que descobriu, mas caso não conseguisse, tentaria usar sua persistência e carisma para impedir que a pessoa contasse a alguém sobre o segredo.

»» Como reagiria a uma declaração?
Surpresa. Ela demoraria um pouco pra acreditar no que estava ouvindo, e então sorriria e ficaria corada, tropeçando nas palavras e tentando não chorar.

»» Se declararia?
Sim, se realmente sentir algo especial por alguém, não teria problema algum em se declarar, tropeçando nas palavras, mas o faria.

»» Tinha algum relacionamento amoroso antes de ir para terra firme?
Não.

»» Relação com:
→ Tina:


Young vê Tina como sua fada madrinha. Adora a mais velha e a trata como uma segunda mãe, alguém de quem ela adoraria ter nascido, pois gosta da forma como Tina enxerga a vida.

→ Noah:

Ela gosta da aparente disposição de Noah para ajudar as pessoas, e o acha divertido, mas procura não ficar muito perto, pois o acha muito mulherengo.

→ Niall:

Ela adora o Niall, pois o acha muito parecido com seu irmão, e por isso tem um sentimento de nostalgia sempre que está com o loiro, de quem gosta de “cuidar”. Sempre se diverte com ele, e entra em suas brincadeiras.

→ Sehun:

Young se interessará por Sehun à primeira vista, isso antes mesmo de falar com ele e descobrir que o garoto é antipático. Mesmo assim, ficará atrás dele, será alguém com quem ela tentará criar amizade, mesmo que não consiga nada além disso, pois já viu como ele se porta com os amigos e quer muito que ele fique à vontade assim com ela também.

→ Jungkook:

Ela está constantemente tentando fazer o garoto deixar de ser tão tímido, e isso pode acabar irritando-o às vezes, fazendo-os brigar, mas mesmo assim, ela não desiste e está sempre por perto, caso ele precise. Assim como com Niall, ela o vê como seu irmão mais novo.

→ Aria:

Young vê um pouco de si mesma em Aria, pela curiosidade, pelos motivos que a fizeram escolher ir para a terra firme, e por outras coisas. Ela realmente gosta de Aria e se esforça para ser uma boa amiga para a morena.

→ As outras meninas:

Ela gosta das garotas e tenta se aproximar, afinal, estão todas na mesma situação, e se unir parece o mais certo a se fazer! Será gentil e amigável com as garotas, sempre disposta a ajudá-las no que precisarem.

»» Vai querer par? Quem?
Sim. Sehun.


»» Roupas:
→ Quando sair da água



→ Dia a dia




→ Trabalho ou colégio




→ Festas




→ Encontros




→ Pijama



→ Roupa de banho




»» Algo a mais?
— A cor favorita dela é azul.
— Não gosta de usar calças, pois se sente presa, e só as usa se for extremamente necessário no trabalho.
— Dorme pouco, pois prefere aproveitar seu tempo como humana, mesmo que for só para ficar assistindo tv.


New Days —
Be Unique!

— Hirai Momo como Jessica Choi Banks.
••• F I C H A •••
»» Nome completo

Jessica Choi Banks.
[[ Significado ]]
• Jessica: Tem origem na palavra hebraica Yiskah que significa ele observa, ele vê ou a observadora.
• Choi: Sobrenome de família.
• Banks: Sobrenome de Alfred, passou a utilizá-lo quando foi morar com a tia.


»» Apelido
• Jess: Utilizado por quase todas as pessoas que começam a conversar com ela.
• Jessy ou Jessie: Familiares e amigos mais íntimos a chamam assim.
• Sunnie: É um elogio, fazendo alusão à sua personalidade alegre e brilhante. Utilizado por melhores amigos/par.

»» Idade
Vinte anos, nascida em 10 de março, sendo do signo de Peixes.

»» Curso
Veterinária.

»» Sexualidade
Panssexual.

»» Nacionalidade
Sul coreana, nascida em Seul.

»» Aparência
Sunnie tem olhos castanho-escuros que passam tranquilidade e doçura, seu rosto é delicado e sua pele é branquinha. Seu cabelo é liso e loiro, mas já os teve de várias cores como ruivo, rosa, castanho e com as pontas coloridas, mas atualmente os usa platinados, na altura dos seios e sempre varia entre usá-los lisos ou com as pontas cacheadas com a ajuda de babyliss, usa também uma franja na altura de sua sobrancelha, que lhe dá um ar infantil. Seus lábios são bem desenhados e rosados, nem muito finos e nem muito grossos, dando-lhe um ar de boneca e quando sorri, revela dentes brancos e alinhados num lindo sorriso – mesmo que seja algo raro de acontecer. Ela mede 1,67m e seu corpo é curvilíneo, com uma cintura fina, seios entre pequenos e médios, uma barriga chapada e um quadril bem desenhado.
{Hirai Momo}








»» Personalidade
Jessica Choi é uma garota brilhante, capaz de iluminar o dia de quem está por perto só por sorrir, o que ela faz com frequência. Está sempre com um lindo sorriso nos lábios, e é bastante sociável, facilmente fazendo amigos. Dificilmente fica triste, mas quando acontece, ela é do tipo que sofre em silêncio, preferindo ficar sozinha nesses momentos. Se apega demais as pessoas, o que vê como um grande defeito, pois sabe que as pessoas tem a tendência de magoar as outras, mesmo que sem querer, e sempre acaba se decepcionando, mas levanta do chão, sacode a poeira e parte para outra.
Apesar de sua aparência de boneca, ela é forte, e não deixa que ninguém a use! Graças aos seus tios, Jessie não cresceu complexada pelo que ouvia de seu pai, entende que ele dizia aquelas coisas por causa da saudade que sentia da esposa, e que ele precisava descontar sua raiva em alguém e como ela era a única por perto, era o alvo... além do mais, ela era tão novinha, que boa parte de suas lembranças daquela época são imagens borradas, preferindo não pensar nisso. Ela é independente e não gosta de depender dos outros para nada, preferindo fazer as coisas sozinha, a não ser que seja imprescindível que peça ajuda, então o fará por conta própria, mas nunca, jamais, se deve tentar ajudá-la sem que ela tenha pedido, pois isso irritará Sunnie de tal maneira, que ela provavelmente ficará uns dias sem falar com você, o que a torna bem orgulhosa.
Ela não fala muito sobre sua vida pessoal, não acha que tenha muito para contar, e sempre que o faz, não menciona seu pai ou sua falecida mãe, sempre fala apenas de SooNa e Alfred, citando-os como seus pais por isso, ninguém sabe que ela é órfã de mãe e foi “abandonada” pelo pai. Na tela de fundo de seu inseparável celular é possível encontrar uma foto de Jessica, SooNa e Alfred num passeio que fizeram pelo Central Park antes da mudança da garota e os contatos dos dois estão salvos como Mom e Dad.
Ela adora escrever, e seus diários – nos quais ela escreve desde os nove anos – são os únicos que sabem de todos os seus segredos, coisas que nem mesmo Fred e SooNa – seus confidentes – sabem! Ela jamais deixou que ninguém lesse os diários, e não tem planos de deixar que o façam. Ela é uma garota bem carente e fica feliz com demonstrações de carinho, mas sem exageros. Tem certo receio de se aproximar de garotos, por isso procura fazer amizade com garotas, e dá pouca confiança aos garotos, sem os afastar completamente.
Sunnie é uma verdadeira formiguinha, e para fazê-la feliz, basta lhe contar piadas bobas, lhe dar uma barra de chocolate e lhe fazer um cafuné, não necessariamente nessa ordem... apesar de ser carente, ela nunca vai pedir por carinho, esperando que a pessoa ao seu lado perceba que ela está precisando de tal ato, o que geralmente não acontece, a não ser que a pessoa realmente a conheça.

»» Família
Choi Soo Kyung – 47 anos – Pai – Pedreiro.

{Lee Tae Hwan}
Relação: Jessica não vê seu pai desde que se mudou para Nova York com sua tia, aos seis anos, mas sabe que ele está vivo, pois sua tia está em constante contato com o mesmo, já que são irmãos. Quando moravam juntos, Jess estava constantemente levando broncas e sendo xingada pelo mesmo, principalmente se ele tinha bebido antes de chegar em casa.

Soo Na Banks – 40 anos – Tia – Design Gráfica.

{Gong Hyo Jin}
Relação: A trata como sua mãe, enquanto SooNa a trata como sua filha. São confidentes e melhores amigas, e claro que Jess é eternamente agradecida a sua tia por cuidar dela desde sempre, abrindo mão de sua juventude para estar com uma bebê que nem mesmo era sua, afinal, SooNa tinha apenas vinte e um anos quando Jessica nasceu. Se amam muito.

Alfred Banks – 45 anos – Tio – Empresário.

{Jimmy Fallon}
Relação: Fred é o cara mais engraçado que Jessica conhece, e ela adora conversar com ele. O chama de pai e ele a trata como filha também, adorando a garota com todo seu coração. A faz prometer que vai ligar pelo menos uma vez por semana para falar com eles e ela promete sem nem pensar duas vezes.

»» História
Jessica matou sua mãe. É isso o que sempre se lembra de ouvir de seu pai, quando ainda era pequena e morava com ele... Você matou sua mãe, matou ela!.
Sua mãe, Lee No Ra, era uma mulher fraca, e a gravidez piorou seu estado, fazendo-a vir a óbito após o nascimento da garotinha. Mas a verdade é que não foi Jessica quem matou NoRa, e sim seu próprio corpo, e sua teimosia em seguir com a gravidez, sabendo o quão arriscado era, pois NoRa sempre sonhara em ter uma filha, principalmente depois que conheceu Choi Soo Kyung, seu marido. Quando perdeu NoRa, SooKyung passou a beber e não deu atenção nenhuma a filha, culpando a pequena pela morte da amada, e quem passou a cuidar de Jessica foi sua tia paterna, SooNa. Quando Jessie completou seis anos, sua tia casou-se com um americano, Alfred, e mudou-se para Nova York, levando a sobrinha consigo e desde então, Jessica não viu mais seu pai.
A loirinha estudou nas melhores escolas da cidade, teve os melhores amigos e passou a tratar seus tios como pai e mãe, sendo tratada por eles como uma filha legítima, já que Alfred não podia ter filhos... Com o passar do tempo, Jessie foi se tornando uma linda garota, cheia de admiradores e pretendentes, porém nunca quis ninguém, sempre focada em seus estudos, não participava de festas e nada do tipo, pois não queria decepcionar seus tios, até que um dia, quando estava no último ano, SooNa aconselhou que a sobrinha fosse a uma das últimas festas a que foi convidada, uma festa em comemoração ao fim do ano letivo para os veteranos e depois de muita insistência de Fred e SooNa, a loira (que na época estava com o cabelo rosé) colocou um vestido comprado especialmente para a ocasião e foi para a festa... Foi sua primeira e última.
Ela chegou em casa no dia seguinte, de manhãzinha e foi para seu quarto, só saindo de lá no dia seguinte, preocupando seus tios, porém ela lhes assegurou que estava tudo bem e que estava apenas cansada da noite em claro, afinal não era algo a que estava acostumada e seus tios acreditaram nela. Duas semanas depois, as aulas chegaram ao fim e Jess informou aos tios que queria tentar uma bolsa na Riversdale International University, na Flórida. Depois de muito conversar e pesquisar, seus tios concordaram com a viagem da garota para São Petesburgo, se conseguissem um bom lugar para ela ficar, então toda a família embarcou numa “viagem de férias”, passaram as festas de fim de ano na Flórida, conheceram a Universidade e encontraram uma boa república onde Jessie poderia morar, então, seus tios permitiram que ela ficasse lá, caso ganhasse a bolsa, o que rapidamente aconteceu e então, em agosto, Jessica Choi Banks mudou-se para São Petesburgo, na Flórida, para começar uma nova vida.

»» Qualidades
Sorridente / Amigável / Carinhosa / Forte / Independente / Facilmente agradada.

»» Defeitos
Reservada / Se apega muito fácil / Orgulhosa.

»» Gostos
Música / Animais / Carinho / Café / Chocolates / Doces em geral / Fast food / Conversar / Escrever / Dançar / Piadas bobas.

»» Desgostos
Malícias / Bebidas alcoólicas / Favores com segundas intenções / Que tentem lhe ajudar quando ela não pediu ajuda / Que entrem em seu quarto sem bater / Que não lhe devolvam algo que ela emprestou.

»» Manias e Hobbies
— Manias:
Roer as unhas / Cantarolar quando está concentrada / Dançar quando está entediada.
— Hobbies: Escrever em seu diário / Tocar violão / Colecionar chaveiros.

»» Medos, Traumas, Fobias, Alergias
— Medos: Medo de barata.
— Traumas: Não gosta que garotos a toquem sem sua permissão.
— Fobias: Nictofobia.
— Alergias: Tem alergia a bexigas.

»» Segredo
Enviado!

»» Relação com Amelia
Na maior parte do tempo, Jess gosta de Amelia. A acha uma garota sincera em seus sentimentos e gosta da forma como ela se expressa, mas às vezes cansa-se da garota, por ser muito reservada, e achar que Amelia tenta intrometer-se na sua vida.

»» Quer par?
Sim [à escolha da autora]
No começo será uma relação difícil, afinal Jessie procura não confiar facilmente nas pessoas, mas quando seu par conseguir quebrar a barreira de Jess, encontrará uma garota sonhadora, romântica e fofa, capaz de qualquer coisa para fazer seu par feliz, porém, a partir do momento em que ela perceber que gosta da pessoa, ficará dividida em lhe contar seu segredo ou não, e isso poderá atrapalhar um pouco a relação, por ela ter vergonha... quando finalmente lhe contar, esperará que ele (a) seja compreensivo (a) e lhe ajude a superar tudo, e em troca, Jess estará sempre ao lado dele (a) lhe apoiando quando for preciso. Como Sunnie gosta de carinho, esperará de seu par que sempre lhe abrace e beije, ou pelo menos, que retribua quando ela o fizer.

»» Seu personagem bebe? Fuma? Se droga? Em quais ocasiões?
Não. Ela não gosta de álcool e o cheiro de cigarro a deixa enjoada.

»» Mora na faculdade ou na própria casa?
Na Faculdade.

»» Prejudicaria alguém para seu benefício?
Não.

»» Contaria o segredo de alguém?
Não... ela é adepta do mantra: Não faça aos outros o que não gostaria que fizessem à você.

»» Algo a mais
— Ela não consegue deixar de roer unha, é um vício horrível do qual não se livra.
— Ela é realmente viciada em doces e precisa comer pelo menos um (independente de que doce seja) por dia para conseguir “ser feliz”.
— Não bebe nenhum tipo de álcool.
— Escreve em seu diário praticamente todo dia.
— De vez em quando acorda no meio da noite, devido a pesadelos e quando isso acontece, ela sempre vai até a cozinha, toma um copo de água gelada e depois fica na sala, sentada no sofá e jogando em seu celular, pois sabe que não vai conseguir dormir.
— Ela ainda sabe falar coreano, apesar de não visitar a cidade natal há quatorze anos, pois sua tia sempre fala com ela nessa língua.
— Gosta mais de músicas lentas do que agitadas, exceto se for para dançar.
— Canta muito bem.
— Seu verdadeiro nome é Choi Sun Hee, porém sua tia a registrou como Jessica Choi Banks quando se mudaram para Nova York.


New Days —
Be Unique!

— Nam Joo Hyuk como Thomas Young.
••• F I C H A •••
»» Nome completo

Thomas Young.
[[ Significado ]]
• Thomas: A raiz etimológica deste nome surgiu a partir do aramaico ta’oma, que significa literalmente “gêmeo”. A verdade é que seus pais lhe colocaram esse nome simplesmente porque gostavam, sem se atentar ao significado do mesmo.
• Young: Sobrenome da família.


»» Apelido
• Kiddo: É chamado assim por sua personalidade infantil, apesar de sua idade (Kiddo é uma gíria para kid, que significa criança - pronuncia-se quidou). É chamado assim pelos amigos mais íntimos.
• Tom: Uma forma abreviada de seu nome, seu apelido geralmente usado por colegas.
• Tommy Usado por sua família.

»» Idade
Vinte e um anos, nascido em 08 de novembro, sendo do signo de Escorpião.

»» Curso
Psicologia.

»» Sexualidade
Heterossexual.

»» Nacionalidade
Americano, nascido em Nova York.

»» Aparência
Kiddo é extremamente alto, medindo 1,88m. Magro e com um corpo definido, o rapaz chama atenção por onde passa. Seu rosto é fino e seus olhos são castanhos, assim como seu cabelo, liso e quase sempre com a franja a cair em seus olhos de forma displicente.
{Nam Joo Hyuk}






»» Personalidade
Thomas é um rapaz bem infantil na maior parte do tempo... brincalhão, piadista e sorridente, ele está quase o tempo todo sendo irônico e sarcástico, fazendo brincadeiras bobas e rindo de algo. É o tipo de cara que inventa apelidos criativos para as pessoas e esse é um dos motivos de gostar de seu próprio apelido, frequentemente se apresentando para as pessoas como Kiddo, ao invés de dizer seu nome. Ele odeia ver alguém triste ou pra baixo e pode ser inconveniente às vezes, na tentativa de alegrar seu amigo ou sua amiga que parecer deprimido aos seus olhos, mas ele não faz por mal e nem para querer se intrometer em sua vida... é só porque é de sua índole ajudar as pessoas a ficarem felizes.
Apesar de sua estatura e musculatura, e de ter sido, por três anos, Quarterback do time de Futebol Americano em seu antigo colégio, em Nova York, Tom é bem medroso... do tipo que não vê filmes de terror sozinho e torce para não ter que entrar numa briga e isso é algo que ele realmente odeia em si, mas não consegue mudar por mais que tente – e ele realmente tenta! Mesmo assim, ele sempre diz aos amigos que podem contar com ele para outras coisas que precisarem. Ele não deixa que palavras lhe atinjam, aprendeu a usar o sarcasmo e a ironia como escudo para rebater palavras ruins e nunca fica triste por falarem mal dele, pelo contrário, ri.
Ele adora desenhos animados, e raramente fica triste, adora dar conselhos pra quem precisar e geralmente seus conselhos são bons, ao contrário de suas piadas. Adora conversar e é um rapaz bem carinhoso e pode até ser meloso se for preciso. É ciumento também, mas tenta não exagerar, para não parecer muito possessivo.

»» Família
Young Soo Hyun – 48 anos – Pai – Astrônomo.

{Jo In Sung}
Relação: Seu pai é divertido e extremamente inteligente, sempre fazendo comentários criativos sobre qualquer situação. Tenta ser o mais presente possível na vida dos filhos, e é sempre compreensível. É um paizão, sempre disposto a qualquer coisa por seus meninos e sua esposa, por quem é perdidamente apaixonado, mesmo depois de mais de vinte anos de casados.

Kimberly Young – 43 anos – Mãe – Romancista.

{Mandy Moore}
Relação: Manteiga derretida, ciumenta e brincalhona. Kim é um grude com os filhos e também com o marido... seu grude é tanto que até atrasou Tommy na escola um ano, para tê-lo mais tempo consigo. Tenta ser mãezona amiga, querendo saber tudo o que acontece com seus meninos, sendo que agora seu Ty é o alvo, já que Tommy foi para a Coréia do Sul para estudar.

Tyler Young – 07 anos – Irmão – Estudante.

{Desconhecido}
Relação: Ty é o xodó da casa desde que nasceu, sendo cuidado com carinho por todos. O garoto é apegado demais ao irmão, e aparentemente é o que mais sofre quando Tom vai para a Coréia. É bastante inteligente para a idade, orgulhando a família inteira.

»» História
Tommy nasceu em Nova York, sendo sua mãe americana e seu pai coreano. Filho de um astrônomo com uma romancista, o garoto sempre teve tudo do bom e do melhor, tudo o que pedia, seus pais lhe davam. Apesar disso, ele não se tornou tão mimado quanto deveria, tornando um adolescente sério e focado. Durante toda a infância, ele teve mais contato com sua mãe, que trabalhava em casa, do que com seu pai, que trabalhava fora, mas isso nunca foi um problema porque, pelo menos em cinco dos sete dias da semana, Young Soo Hyun jantava com a esposa e o filho. Thomas entrou na escola um ano depois do que deveria, pois sua mãe simplesmente não queria separar-se dele e acabou “segurando-o” com ela por mais um ano, resultando em Thomas ser sempre o mais velho da turma. Quando estava com treze anos, sua mãe engravidou, lhe dando um irmãozinho por quem Tom se apaixonou rapidamente, ajudando sempre sua mãe a cuidar do pequeno Tyler.
Devido ao seu corpo atlético, bons reflexos e disposição, Tom passou a fazer parte do time de Futebol Americano do colégio assim que entrou para o Ensino Médio, tornando-se o Quarterback do time, o que orgulhou e muito os seus pais. Kiddo não era muito apegado aos rapazes do time, era o mais quieto do grupo e geralmente não se envolvia quando os rapazes praticavam bullying com outros alunos considerados inferiores, e só não saiu do time, porque realmente gostava de jogar e era muito bom nisso. Aguentava a zoação do time para com ele, sempre rebatendo com risadas, tentando demonstrar que o que diziam dele não o atingia, mesmo que atingisse de vez em quando.
Kiddo estava sempre em todas as festas dadas pelos colegas de classe, e estava também em uma das últimas festas do ano, a que comemorava o encerramento das aulas que estava a apenas duas semanas de distância. Aquela festa mudou sua vida para sempre! Foi lá que “conheceu” Jessica, uma das garotas mais desejadas e difíceis do colégio, um ano mais nova que ele, e realmente linda! Ele passou boa parte da festa de olho nela, mas não se aproximou, pois viu que seu colega de time, Adam Carter, estava rodeando-a e sabia que Carter odiava quando outra pessoa passava na sua frente com alguma garota que estava interessado.
Thomas chegou em casa depois da festa, apenas no dia seguinte, sentindo-se fraco e cansado, dormiu boa parte do dia e acordou apenas na hora do jantar, sendo acordado por Ty. No jantar, seu pai percebeu que ele estava abatido e lhe perguntou o que houve, mas ele apenas disse que tinha exagerado na festa, e seus pais acreditaram afinal, Thomas quase sempre chegava bêbado dessas festas... Após a formatura, Thomas decidiu que queria fazer faculdade em Riversdale International University, na Flórida, algo que seu pai apoiou cem por cento afinal, ele mesmo tinha se formado em Riversdale e seria um orgulho para ele se seu filho fizesse o mesmo.
A família viajou junto para Flórida, a fim de conhecer a Universidade e arranjar um lugar para Thomas ficar e em seguida efetuando a matrícula do garoto, que entrou para o curso de Psicologia.

»» Qualidades
Alegre / Preocupado com os amigos / Tenta fazer as pessoas ao seu redor sorrirem / Estudioso / Esforçado.

»» Defeitos
Infantil / Curioso / Sarcástico e irônico / Intrometido / Medroso / Ciumento.

»» Gostos
Café / Pipoca / Cerveja / Pepsi / Futebol americano / Música / Tocar violão / Natação / Jogos de celular / Comédias.

»» Desgostos
Chocolate / Coca-cola / Filmes de terror / Tédio / Procrastinação / Falsidades.

»» Manias e Hobbies
— Manias: Morder o lábio inferior quando está pensativo / Bagunçar o próprio cabelo / Riscar a própria mão quando se sente entediado, como se fossem tatuagens.
— Hobbies: Tocar violão / Observar as estrelas.

»» Medos, Traumas, Fobias, Alergias
— Medos: Gatos / Andar de moto / Filmes de terror.
— Traumas: Andar de bicicleta, pois uma vez quando ainda era criança, o garoto tentou descer um morro alto e acabou quebrando a perna.
— Fobias: Aracnofobia.
— Alergias: Picada de abelha.

»» Segredo
Enviado!

»» Relação com Amelia
Não gosta muito dela. A acha meio “bipolar” e o incomoda não saber o que a garota está pensando. Para Thomas, Amelia tem cara de quem sempre está escondendo algo e isso o irrita.

»» Quer par?
Sim. [à escolha da autora]
Tommy será o eterno bobo apaixonado, fará de tudo para fazer seu par feliz, assim como faz com seus amigos. Sempre vai abraçá-la, beijá-la e querer sair com ela e será bem ciumento, apesar de tentar se controlar. Por ela será capaz até de assistir um filme de terror!!! Fará o possível para sempre protegê-la e ficar ao seu lado e será bem fiel e nunca vai esquecer de nenhuma data que seja importante pro casal.

»» Seu personagem bebe? Fuma? Se droga? Em quais ocasiões?
Bebe em festas apenas. Não fuma e nem usa drogas.

»» Mora na faculdade ou na própria casa?
Na faculdade.

»» Prejudicaria alguém para seu benefício?
Não.

»» Contaria o segredo de alguém?
Se fosse alguém de quem não gosta, talvez.

»» Algo a mais
— Sabe falar coreano, pois aprendeu com seu pai, desde criança.
— Ele não gosta muito de doces, come só se for obrigado a tal.
— Seu hobbie predileto é tocar violão.
— Tem uma coleção de carrinhos da Hot Wheels guardada em baixo da sua cama e tira-os de lá uma vez por semana, para limpá-los.
— Ele ainda é virgem.


New Days —
Be Unique!

— Brad Pitt como Jason Arnolds.
••• F I C H A •••
»» Nome completo

Jason Arnolds.
[[ Significados ]]
• Jason: Tem origem grega e surge a partir de dois étimos. Um deles se refere ao nome grego Iáson, que significa “aquele que cura”, enquanto o outro se refere a Eáson, que por sua vez, é uma helenização do nome hebraico Yeshua, o mesmo que Jesus em português, e significa “Deus (Jeová) é a salvação”, “Deus (Jeová) é auxílio”. Seus pais eram extremamente religiosos, daí seu nome.
• Arnolds: Sobrenome de família.


»» Apelido
• Jay: Utilizado por familiares e amigos próximos.
• Jazz: Utilizados por amigos não tão íntimos.

»» Idade
Quarenta e seis anos, nascido em 10 de Agosto, sendo do signo de Leão.

»» Dá aula de
História.

»» Sexualidade
Gay, não assumido.

»» Nacionalidade
Americano, nascido em Ohio.

»» Aparência
Jason mede 1,80m, tem um corpo largo com músculos bem definidos, seu cabelo é loiro com alguns fios cinzas e brancos que lhe aumentam o charme e atualmente chega em seus ombros, sendo liso. Usa uma barba rala e bem desenhada, seus olhos são azuis e ele não aparenta a idade que tem quando tira a barba.
{Brad Pitt}








»» Personalidade
Jason é um rapaz sério e fechado. Ele raramente sorri, mas quando o faz, é a coisa mais bonita do mundo. Geralmente não fala sobre sua vida pessoal e atenta-se apenas a responder perguntas feitas a ele, sendo péssimo para manter uma conversa – principalmente se ele não for com a cara da pessoa com quem está conversando... caso ele goste, pode até se esforçar um pouco para manter. Ele procura se manter afastado das pessoas ao seu redor, apesar de geralmente ser bem próximo de seus alunos, que são como amigos que ele faz a cada ano.
Para seus alunos, ele é conselheiro e amigável, sente-se extremamente contente por poder ajudá-los e por ser útil para eles de tantas formas diferentes. Professor há 20 anos, Jason tem uma forma especial de dar aulas, utilizando exemplos que possam se encaixar no cotidiano dos alunos e arranjando sempre novas formas de ajudar seus alunos a entenderem a matéria, sendo considerado por muitos, um dos melhores professores que já tiveram. Apesar da cumplicidade que cria com seus alunos, dificilmente mantém contato com algum após o fim do ano letivo, sempre lhes desejando boa sorte na trajetória a seguir e cortando relações em seguida... são poucos que o cativam o suficiente para continuar em sua vida.
Devido ao seu passado conturbado, Jazz raramente sai de casa, e quando o faz, é apenas para reuniões entre os professores, mas na maior parte do tempo, fica em casa com sua esposa e filho. Apesar de ser frio, é um homem generoso e gentil, sempre disposto a ouvir, se realmente notar que determinada pessoa precisa de ajuda, e é um conselheiro muito bom, de acordo com quem ouve seus conselhos, claro... Não se intromete onde não é chamado e odeia que o façam com ele. Dificilmente confia em alguém.

»» Família
Annabeth Arnolds – 37 anos – Esposa – Designer de Interiores.

{Angelina Jolie}
Relação: Casada com Jason há quinze anos, Annabeth é perdidamente apaixonada pelo marido, e não tem um dia em que se arrependa do que a levou a se casar – engravidar de seu ex-professor. Ela é uma mulher forte e determinada, que não se abala facilmente, porém seu ponto fraco é Jason... qualquer coisa relacionada a ele, pode machucá-la ou deixá-la imensamente feliz. No fundo, ela sabe que Jay só casou-se com ela por causa da gravidez, mas não se importa, contanto que o tenha para si. Perdoa qualquer erro do marido, e faz qualquer coisa por ele. É ciumenta, e pode ser considerada obsessiva.

Rebecca Arnolds – 15 anos – Filha – Estudante.

{Dove Cameron}
Relação: Becky é a garota dos olhos de Jason. Ela o tem na palma da mão, e pela loirinha, Jay é capaz de qualquer coisa. A ama com todas as forças e a garota é o único motivo para Jay ter se casado – e permanecer assim após tantos anos. Ela é a cópia do pai em sua personalidade, fechada e séria, amorosa e gentil, é bem mais apegada ao pai do que a mãe. Extremamente estudiosa, sonha em ser Historiadora.

»» História
Jason nasceu e cresceu em Ohio. Estudou e se formou em História na Universidade de Ohio e logo passou a lecionar para alunos do colegial. Ele sempre se interessou por rapazes, e na faculdade, ficou com vários, porém seus pais sempre foram extremamente religiosos e ele não tinha coragem de contar aos pais sobre sua preferência, por isso mantinha seus casos escondidos. Seu segredo sempre lhe pesou a consciência, porém tentava não demonstrar, deixando que sua sexualidade ficasse escondida no mais fundo de sua alma. Seus pais morreram dois anos após o nascimento de Rebecca, impedindo que Jason pudesse lhes revelar a verdade sobre si mesmo.
Numa noite, em seu aniversário de trinta anos, ele estava em um bar, bebendo sozinho quando alguém se aproximou e sentou ao seu lado. Era Annabeth Parker, uma ex-aluna que lhe disse que estava comemorando seu vigésimo primeiro aniversário aquela noite e ele lhe parabenizou, pagando-lhe sua primeira bebida como legalmente adulta. O resto da noite é um borrão do qual Jay dificilmente se lembra... Ele se lembra de beber demais, rir demais, se lembra de entrar num apartamento – o de Anna – e de roupas voando para todo lado, se lembra do sofá e da cama, do chuveiro e da cozinha, e então se lembra de acordar com Annabeth em seus braços... sua primeira mulher em trinta anos de vida! O que veio depois foi algo de que ele sempre se sentia dividido entre odiar e agradecer.
Aquela noite lhe rendeu um casamento: Annabeth engravidara e após um teste de DNA solicitado por Jason, ele assumiu a pequena Rebecca e casou-se com Annabeth, tornando-se um homem de família e pai. Ele continuou tendo alguns casos com homens, mas diminuiu a frequência, pois temia que Annabeth descobrisse e quisesse ir embora, levando consigo seu bem mais precioso: Sua filha.
Aos quarenta anos, Jason e sua família mudaram-se para São Petesburgo, na Flórida, onde ele rapidamente conseguiu um emprego como professor de História na Riversdale International University, onde leciona até hoje.

»» Qualidades
Conselheiro / Gentil / Caridoso / Ótimo professor / Inteligente / Amigável.

»» Defeitos
Sério / Fechado / Pouco falante / Péssimo para manter conversas / Não confia em ninguém.

»» Gostos
Cerveja / Filmes de todo tipo / Livros / Música clássica / Artigos de história / Museus.

»» Desgostos
Música eletrônica / Vodka / Parques de diversão (apesar de ir sempre que sua filha pede) / Intromissões / Interrupções.

»» Manias e Hobbies
— Manias: Estralar os dedos / Mexer no cabelo / Estralar o pescoço / Morder a língua.
— Hobbies: Ler sobre história.

»» Medos, Traumas, Fobias, Alergias
— Medos: Cobra / Caranguejo / Abelha.
— Traumas: Uma vez foi abordado por dois caras armados à noite, na sua cidade natal, desde então ele tem dificuldade de sair à noite sozinho.
— Fobias: Hoplofobia.
— Alergias: Amendoim / Poeira.

»» Segredo
Enviado!

»» Relação com Amelia
Ela não é sua aluna e eles têm pouquíssimo contato, por isso não tem uma opinião formada sobre ela, e nem uma relação com a mesma.

»» Quer par?
Não.
Apesar de não ter par, por ser casado, ele pode ter alguns casos, com outros homens, se a autora quiser.

»» Seu personagem bebe? Fuma? Se droga? Em quais ocasiões?
Bebe pelo menos uma cerveja toda noite, e também em saídas com os professores. Não fuma e nem usa drogas.

»» Prejudicaria alguém para seu benefício?
Sim, se for necessário.

»» Contaria o segredo de alguém?
Sim, se for necessário.

»» Algo a mais
— É um ótimo desenhista.
— Ótimo imitador.
— Têm pesadelos constantes com seu passado.


Permalink Comentários (0)

[02/01/2017] F•R•I•E•N•D•S (personagens)

[26/12/2016] ❝ Fichas III —

[16/12/2016] ღ a d.r.e.a.m.e.r ღ

[22/11/2016] ❝ quote.of.my.life II —


Atualizações do Usuário

Usuário: ~aroha-
Favoritei a história
História: The Witch of Eadwine
História: The Witch of Eadwine
Encontrei um esconderijo seguro quando ainda era uma criança, depois de tantos anos fugindo de quem estava fadada a ser. Me escondi da minha própria família. E mesmo agora que tu..
Usuário: ~aroha-
Favoritei a história
História: Procura-se Um Amor
História: Procura-se Um Amor
Calum está à procura de alguém. Não importa sua cor, nem a etnia, como se veste e anda, se mora perto ou longe, a língua que fala e até se fala, se gosta ou não dele, porque o ga..
Usuário: ~aroha-
Favoritei a história
História: Família Reviere: Preciosa Esmeralda
História: Família Reviere: Preciosa Esmeralda
Se você se apaixonasse exatamente pela pessoa que nem em todas as piores hipóteses paralelas poderiam ficar juntos? Eu só queria terminar de pagar as minha contas e finalme..
Usuário: ~aroha-
Favoritei a história
História: Neighbor of the 69
História: Neighbor of the 69
Sam sempre gostou de rir da cara do perigo, ou de beber até cair, fumar nas escadarias das igrejas, estudar o Kama Sutra, claro que na prática e simplesmente viver o agora. Mas a..
Usuário: ~aroha-
Favoritei a história
História: After Midnight
História: After Midnight
Filha de uma ex cirurgiã de sucesso, que agora é dependente química e casada com um dos homens mais cruéis do mundo, Kimberly tinha todos os motivos para cometer o suicídio que p..


Dados do Usuário

Tumblr: http://www.sobreviventesinterativa.tumblr.com

Citação Pessoal:
Alis volat propriis