~aroha-

aroha-
´soulja boy, tell'em~
Nome: ❝ make'em whistle like a missile bomb-bomb ☆
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Idade: Indisponivel
Cadastro:

Central do Amor! - Informações


Postado

Central do Amor —

— IU como Mia Park.
••• Ficha de Cupido •••
»» Nome completo

Mia Park.

»» Apelido
Às vezes a chamam pelo sobrenome, como forma de apelido.

»» Idade e data de nascimento
Dezenove anos – 02 de março.

»» Sexualidade
Heterossexual.

»» Nacionalidade
Americana.

»» Photoplayer
IU.

»» Aparência
Mia tem olhos castanhos e puxados, característicos de coreanos. Seus lábios são finos e pequenos, bem desenhados e rosados. Sua pele é branquinha e sem marcas, seu cabelo é castanho escuro e cumprido, lisos até próximo de sua cintura. É magra e com poucas curvas e tudo em seu corpo diz que ela é frágil como uma boneca de porcelana (o que ela não é). Mede 1,62m.






»» Gifs




»» Personalidade
Mia é um doce de garota na maior parte do tempo... Prestativa e gentil, inteligente e esforçada, Mia está sempre a disposição, se puder ajudar! Gosta de ver as pessoas felizes, mas nunca deixará que ninguém pise nela ou abuse de sua gentileza, pois é uma garota firme e séria quando necessário, nunca se deixando levar pelas aparências das pessoas e sempre fazendo o possível para ver seus interiores e sabe diferenciar quem vale a pena e quem não vale, raramente erra nesse quesito.
Mesmo que seja bondosa e tudo mais, Mia é rígida quando se trata de seu trabalho e raramente perdoa erros que acarretem em consequências graves, e não hesitaria em te denunciar para seus superiores se necessário fosse... apesar disso, gosta de fazer amizade com seus “alunos” e também de aconselhá-los sempre que possível.
Ela é bem falante e adora quando as pessoas são participativas nas conversas, mas não se deixa abalar quando as pessoas não correspondem às expectativas dela. Dificilmente se irrita com alguma coisa, mas quando acontece, se torna agressiva e não se importa de dar broncas e patadas em quem aparecer na sua frente, mesmo não sendo essa pessoa o motivo de sua irritação. Quase sempre se desculpa depois...

»» Gostos / Desgostos
Gostos:
Cantar – trabalhar – chocolate – cheiro de flores – músicas – conversar – piadas – carinho.
Desgostos:
Falsidade – mentiras – coisas amargas – roupas monocromáticas – pessoas sem graça – cheiro de cigarro.

»» História
Mia foi como um milagre. Sua mãe, Dianne, achava ser estéril, por isso foi uma surpresa ao descobrir que estava grávida de seu, até então, namorado. Louis, seu pai, era um coreano que se mudou para Nova York quando completou dezoito anos e nunca mais voltou para seu país de origem. Quando Mia nasceu, Dianne tinha vinte e seis anos e Louis tinha trinta, e logo eles se casaram a fim de dar um lar para a pequena Mia. Quando a garotinha completou cinco anos, seu pai perdeu o emprego em uma grande fabrica e, desempregado, desiludiu-se com a vida, passando a beber muito e maltratar Dianne. Mia cresceu ouvindo sua mãe sofrer, sem nunca poder fazer nada e seu pai, por incrível que pareça, jamais encostou um dedo sequer na garota, por mais bêbado que estivesse, era Dianne quem arcava com as consequencias da bebedeira do marido.
Aos quinze anos, Mia arranjou um emprego de meio período como garçonete em uma lanchonete perto de sua casa, e passou a guardar seu dinheiro para poder ir embora de casa assim que completasse a maioridade e na mesma época, ela conheceu Mason Turner, um rapaz de dezoito anos que frequentava a lanchonete e não demorou muito para começarem a namorar, sem que a família de Mia soubesse. Mason era muito bom com Mia, e sempre insistia em conhecer sua família então, depois de dois anos namorando escondida, Mia aceitou que Mason conhecesse seus pais, assim como aceitou conhecer os pais do rapaz por quem era extremamente apaixonada. A família de Mason foi agradável com ela e Mia se deu bem principalmente com a irmã caçula do namorado, com quem passou a conversar com frequência.
Quando Mia contou aos pais que estava namorando e que Mason gostaria de conhecê-los, seu pai ficou muito nervoso, mas mesmo assim disse que concordava em conhecê-lo... Já Dianne teve medo do que Louis poderia fazer com o rapaz, porém nada disse. Na semana seguinte, Mason apareceu para o jantar usando roupas bonitas e carregando um buquê de flores para Dianne. Mason sabia sobre os pais de Mia, e sempre prometia a garota que, assim que ela completasse dezoito anos, casaria com ela e a tiraria daquele inferno. O jantar foi tranquilo e, tirando alguns comentários sarcásticos por parte de Louis, tudo correu bem.
Mais um ano se passou e ao completar dezoito, Mason cumpriu o prometido e casou-se com Mia, tirando-a de casa e levando-a para morar consigo.

»» Como morreu?
Tudo ia às mil maravilhas em sua vida. Mason era o marido perfeito, sempre cuidadoso com ela e carinhoso, fazendo-a muito feliz, até que, um ano depois, recebeu uma ligação de sua mãe, implorando para que ela fosse visitá-la e Mia, com um aperto em seu coração, prometeu aparecer no dia seguinte. Naquela noite, ela e o marido se amaram como se fosse a última vez sem imaginar que realmente o era. Ao chegar na casa da mãe no dia seguinte, conforme prometido, Mia foi atacada por seu pai que, usando uma arma, deu uma coronhada na cabeça da garota, deixando-a desacordada.
Quando Mia acordou, estava amarrada e sua cabeça sangrava, desnorteada, só conseguia destingir formas à sua frente, tendo seus olhos cheios de lágrimas. Ao lado de onde estava sentada, Mia pode finalmente enxergar o corpo de sua mãe caído. Desesperada, Mia começou a se debater, chorando e implorando, mesmo sabendo que nada podia ser entendido com aquela fita em sua boca. “Porque você me deixou, filha?”, “Porque se casou e me deixou aqui? Não fui bom pra você?” seu pai dizia constantemente, andando de um lado para o outro na sua frente, a voz pastosa e os passos vacilantes indicando a embriaguez excessiva do homem que ela um dia chamou de pai. “Agora tudo vai ficar bem! Eu, você e sua mãe seremos felizes e vamos ficar juntos para sempre! Vai dar tudo certo, filhinha! Papai está aqui...”. Isso foi a última coisa que Mia ouviu, antes de ouvir o som da arma disparando, sentir um tranco em seu peito e apagar, para sempre.
Depois que morreu, Mia descobriu que seu pai se matou logo depois de disparar contra ela.

»» O que sentiu quando descobriu que seria um Cupido?
Foi estranho. A principio, Mia não conseguia nem mesmo acreditar que estava morta, quanto mais que seria um Cupido... Quando chegou à Central, encontrou Pierre, seu Cupido, que lhe ensinou tudo o que tinha para saber e também ajudando a aceitar o fato.

»» O quão bom é de mira?
Não é das melhores, mas nunca erra o alvo.

»» Cor favorita?
Azul.

»» Estação favorita
Primavera.

»» Roupas favoritas




»» Como se relaciona com:
Demais Cupidos?
Mia é gentil e falante com os outros Cupidos, principalmente aqueles que já foram seus alunos. Já com os atuais alunos, Mia é autoritária, mas também faz de tudo para que se sintam a vontade com sua nova condição.

Seus Protegidos?
Mia tenta aprender ao máximo sobre eles para conseguir executar suas missões com maestria e sempre que possível, prefere não ser vista, mas quando não tem outra escolha, é sempre gentil com eles.

Seu par?
É meio relutante a principio, pois de vez em quando ainda sente falta de Mason, mas mesmo assim, quando descobrir que está realmente apaixonada, se entregará por completo e será carinhosa e romântica, sempre querendo vê-lo feliz.

»» Se apaixonaria por um Humano, mesmo sabendo que é contra as regras? Se sim, lutaria por esse amor?
Dificilmente.


Demais Personagens:

Pierre Gianinni (Tahar Ramin)
Era o Cupido da Mia quando ela ainda estava viva, hoje é um dos conselheiros da garota e também melhor amigo. Um dos Cupidos mais experientes e também o mais rígido, além de ser o único Cupido de trinta anos de toda a Central.


Chester Phillips (Fiuk)
Ex-aluno de Mia, se tornou um grande amigo e adora a companhia da garota. Chester está sempre ajudando Mia com os novos alunos.


Paulina Gomez (Angelique Boyer)
Sempre sonhou em ter o lugar de Mia, por isso não é muito fã da garota.


Amanda Bin (Suzy)
Chefe da Central do Amor, nada acontece sem que ela saiba. Apesar de generosa e compreensiva, Amanda é severa e por isso está no cargo a tanto tempo.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...