~diaIo

diaIo
• [evilness.exe] •
Nome: //— .明美ニフティ–.jpg
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Florianopolis, Santa Catarina, Brasil
Aniversário: 3 de Junho
Cadastro:

*^ The Letter of a Killer ^* [ Ficha ]


Postado



🎇 "Acredite que coisas boas vão acontecer se você as esperar" 🎇


♚ Nome e Sobrenome: ♚

Evelyn Schwaab de Evan

Seu nome significa "maçã" ou "avelã", tendo como apelidos Eve, Evy ou Elyn. Ela prefere que a chamem de Eve, pois lembra "Eva", uma história que a mesma adorava quando ouviu de uma Madre no orfanato.


♚ Idade e data de nascimento: ♚

22/03/1999 - 16 anos - Signo Áries -


♚ Par: ♚


Laito Sakamaki

♚ Aparência e descrição: ♚















Evelyn tem longos cabelos morenos, às vezes tão escuros porém tão claros que podem ser confundidos com chocolate, possuindo uma franja que cobre toda sua testa. Seus cabelos são macios como seda, exalando um delicioso cheiro de avelã. Seus olhos são azuis como o oceano, as pupilas sempre brilhando dando um olhar de confiança. Embora possam parecer inocentes e livres de maldade, os olhos de Naomi podem ser um tanto assustadores para as pessoas que tiveram uma primeira impressão ruim dela. Mesmo sendo assim, seus olhos possuem um encanto próprio, que afeta todos aqueles que o veem fazendo ficarem praticamente hipnotizados. Sua pele é branca como a neve, mas possui um rubor saudável em suas bochechas, que se intensificam ainda mais quando ela está envergonhada. Assim como tudo em seu corpo, ela cheira a avelã, e se duvidarem seu próprio sangue tem esse gosto. É um tanto baixinha para uma garota de sua idade, tendo 1,59 de altura. Possui um par de seios medianos, um tanto firmes, com uma cintura fina e o quadril também médio. Suas coxas são grossas mais nem tanto assim, podendo de vez em quando [ Lê-se sempre ] chamarem a atenção de várias pessoas. ( Adivinha quem? ¬u¬ )


♚ Personalidade ♚

Eve - como ela prefere ser chamada - tem um personalidade forte, faz o estilo menina boazinha. Não atura desaforos, ou criticas destrutivas, ainda mais vindo de pessoas piores do que ela. É sarcástica, ainda mais quando está irritada. Muito sincera, e essa sua sinceridade pode tanto magoar algumas pessoas como coloca-la em diversos problemas. Eve quando irritada ou quando está com um pessoa de quem não gosta, é bem atrevida e sempre tem uma resposta na ponta de sua língua afiada.

Não foge de uma briga e de nenhuma discussão, costumando ganhar todas elas. Não abaixa a cabeça para nada, enfrenta tudo e nunca deixa que seus sentimentos se transpareçam em excesso. Ela é forte, tanto na personalidade, quanto na força física - - Embora geralmente não pareça -, e gosta de ser "forte" ao olhar dos outros. Não faz o tipo que fica chorando pelos cantos, na verdade ela não gosta de chorar, principalmente na frente de outra pessoa, seja ela quem for.

Eve é uma garota muito negativa, porém inteligente, sendo excelente em criar estratégias para fugir de emboscadas que a fazem. Tem um lado sensual, provocativo e persuasivo, que não usa com tanta frequência assim. Mas tanto sua aparência quanto sua personalidade estranhamente bela, lhe garante bastante atenção das pessoas, principalmente de homens mais velhos que ela.

É bem perspicaz, capaz de se safar das piores situações só usando sua máscara de boa garota. Embora possa parecer distraída, não se engane, ela está sempre atenta a tudo a sua volta, até os mínimos detalhes.

Dentro de si existe uma alma solitária, que procura sempre agir na lógica do que na emoção. Ela tinha sim amor próprio, mais ela amava seu eu ganancioso. Embora parecesse uma garota cheia de vida e felicidade, Evelyn apenas usava uma máscara em si mesma para cobrir o vazio em seu coração.

Para a sorte de Gwen ou não, Eve é muito bagunceira, em seu quarto as coisas estão sempre fora de lugar. E quando alguém reclama de sua bagunça ela simplesmente diz: "Não é bagunça, as coisas só estão organizadas em locais estratégicos para meu fácil acesso."

Algumas pessoas a chamam de "coração de gelo" ou "filha de ferro", pois ela é bem apática em relação a sentimentos, e não liga para eles. Ela grita para os quatro ventos que não gosta de demonstrações de afetos, mas no fundo ela realmente quer e precisa disso.

No fundo, mas bem, bem no fundo mesmo, é uma garota manhosa, meiga e um tanto carente. Cuida daquilo que é seu, ou que deveria ser seu, com unhas e dentes. Se mexer com alguém que ela goste, se prepare pra sofrer. Contanto, se for alguém que ela não goste mesmo machucando essa pessoa especial, Evelyn poderia alcançar as maneiras mais dolorosas e agonizantes formas de tortura já vistas.

Nunca a chame de baixinha, ou então encare as consequências. Ela se irrita facilmente quando alguém a insulta dessa forma.

Eve tem uma incrível capacidade de aprender coisas novas, uma vez que ela aprende algo, nunca se esquece, tendo assim uma memória fotográfica excelente. Por isso é tão inteligente e sábia comparada á outros.

Sempre que tem uma duvida busca primeiramente o aconselhamento dos livros. Foi com eles que ela aprendeu a maioria das coisas que sabe, e sempre vai atrás deles em busca de mais conhecimento para ajudar ou não os outros.


♚ Gosta: ♚

- Apreciar o cheiro das flores;;
- Pentear os cabelos de Gwen;;
- Treinar para futuras lutas;;
- Ler;;
- Sobremesas;;
- Da cor vermelha;;
- Ganhar lutas/discussões;;


♚ Não gosta: ♚

- Que falem mal de Gwen;;
- Pessoas falsas;;
- Ser acordada;; ( Ao menos que seja a Gwen )
- Não poder saber cozinhar;;
- Mexam em seus cabelos;; ( Laito faz isso o tempo todo q )
- Perder;;
- Estar errada em alguma ocasião;;


♚ Manias: ♚

- Falar "Nyaa!!" quando está surpresa - Isso desperta "coisas" em Laito ( ͡° ͜ʖ ͡°)

- Bater os pés quando brava - Ela parece uma mãe :v

- Enrolar o cabelo no dedo quando entediada - Todo mundo faz isso

- Acordar e já olhar direto para a foto que tem com Gwen - AAAWWWNN


♚ Hobby: ♚

Seu hobby é tocar violino, pois para Eve ele dá um ar de tristeza, mas ao mesmo tempo ele pode ser alegre também; Assim como ela.



♚ Medos, Traumas, Fobias: ♚

¹* Ela tem medo de novamente ter que matar alguém que ame, mesmo se esse alguém a desprezar;

²* Por causa disso, ela tem Claustrofobia, que é um medo de ficar em lugares apertados e escuros;


♚ Relação com a Gwen: ♚

- Em construção -


♚ Relação com o par: ♚

Para sua sorte ou não, Evelyn conheceu Laito por uma causa meio embaraçosa, tentando ouvir a conversa dele com Gwen em uma pequena sala por trás da porta, mas acabou sendo pega. Consequentemente quando os olhos de Eve se encontraram com os de Laito, a mesma soube naquele exato momento que não havia chances dela se dar bem com aquele vampiro, pressentindo que ele ainda lhe causaria muitos problemas em sua vida. O arrepio que ela sentiu quando ele á encarava, era como se Laito conseguisse ver através de seu vestido, fazendo a pequena ficar desconfortável e por incrível que pareça, gaguejar em frente á ambos por tal pressentimento. Mas, o que ela não sabia, era que realmente ele estava vendo sua roupa de baixo. Já que a barra do vestido estava levantada, revelando a calsinha de renda branca que apenas Laito conseguia ver. Oh não.

Nem a própria Eve conseguiu notar isso, apenas quando Gwen a alertou pela mente o que havia de errado com a peça em que ela vestia. Imediatamente ela cora e abaixa, deixando o ruivo "menos animado" por perder a bela vista que tinha. Então assim se iniciou uma pequena discussão, começando com Laito chamando a pequena de Bitch-chan Eve revidando, enquanto Gwen apenas se divertia com a reação de cada um. Depois dos acontecimentos de quando se conheceram, Laito por motivos desconhecidos voltava ao castelo apenas para poder "irritar" Evelyn, chamando-a de Maçã e Bitch-chan. O que ele não sabia é que aquilo podia ter consequências.

Já Evelyn não o suportava, odiando com todas as suas forças aquele jeito pervertido dele. Para ela, ele era o pecado da luxúria ou a tentação em pessoa, como diziam algumas funcionárias do castelo. Isso á faz rir. Ela não entende, como aquelas pobres garotas acham ele incrível, sendo que o mesmo era um sádico e masoquista ao mesmo tempo. Eve tentava o ignorar, mais era praticamente impossível sendo que ela nem ao menos conseguia ir ao banheiro sem ser prensada na parede, mas no final ela conseguia escapar dando desculpas esfarrapadas como "A Gwen está me chamando... Eu tenho que ir!". Agora você deve estar se perguntando se Laito chegou a desfrutar do sangue da morena, a resposta é não. Mas, como sempre tudo que é bom dura pouco, então em um dia "normal" ele finalmente conseguiu o tão desejado gostinho da vitória.

Eve estava entrando em seu quarto, porém ao acender a luz se deparou com um ser chamado Laito Sakamaki em sua cama. Ela deu um pequeno grito pelo susto, mas depois de 3 segundos já tinha se recuperado. Ela já iria sair do cômodo, se não fosse pelo detalhe em que a porta estava trancada. Ela não entendeu. Como ele fez aquilo? Não importava mais, já que Laito havia á jogado na cama de uma forma nada delicada, ainda subindo em cima dela e sussurrando em seu ouvido;


''– Bitch-chan, vamos brincar?''

Naquele momento, apenas naquele momento, ela pode ver sua vida diante de seus olhos [ Novamente ]. Laito com seu típico sorriso pervertido, levemente corado, sem seu amado chapéu, com seus olhos transbordando em desejo¹. Ele queria aquilo. Ele queria ela. E então, para "melhorar" mais ainda a situação de Evelyn, a mesma estava tão apavorada com tudo aquilo que considerava deixar suas lágrimas rolarem em meio à sua face pálida. A máscara caiu. E então ele o fez, Laito conseguiu ser o primeiro a marcar seu "pescoço virgem (?)". E por mais que as lágrimas caíssem, ela não gemia de dor ou pedia para parar, Eve queria vencer aquilo... Ela não queria dar o gostinho de seu sofrimento pra ele. Não adiantou, quem estava gemendo mesmo era o próprio Laito, que estava encantado com o incrível sangue doce da mesma, que chegava a comparar com chocolate². Passando-se alguns minutos, Laito parou de sugar seu sangue e ainda tonta havia deixado Eve no quarto, para a mesma descansar.

Logo após o acontecimento nada agradável, Eve começou a evitar Laito. Só que, para ela aquilo era diferente de ignorar, representando como se realmente ela quisesse que ele não existisse ou odia-lo de uma maneira profunda. Laito sentiu esses sentimentos negativos vindos dela, e não sabia exatamente o que fazer para parar de ser evitado por Eve, mas aí a ficha tinha caído... Ele estava triste e preocupado? ''Não. Eu não posso me sentir assim pela Bitch-chan.'' Laito pensou. Ele então conseguiu pegar Eve quando ela estava caminhando em um corredor deserto, tentando abraçá-la, o modo mais inocente de pedir desculpas que ele pensou. Mas ele não fazia ideia de como ela reagiria na hora, que o surpreendeu de uma forma ruim; Quando Laito estava quase abraçando a menor, ela o empurra gritando desesperada:


"– QUANDO VOCÊ VAI ENTENDER QUE EU TE DESEJO MORTO? SAIA DAQUI!"

Naquele momento, as palavras, a maneira dela reagir, o jeito em que ela lutava com pânico para ele não se aproximar, acertaram em cheio o peito do rapaz. Por mais que ele não passase de vampiro pervertido, aquilo sim mecheu com ele. Então, ele devolveu com as seguintes palavras;

"– ENTÃO PORQUE EU ME IMPORTO COM A BITCH-CHAN?"

"Aah, ele está falando sério? Ele se importa comigo?" Pensava Evelyn, que não tinha palavras para responder, mas soube imediatamente de uma coisa. Seu coração havia palpitado de uma maneira estranha naquele momento. E foi aí que ela percebeu, que mesmo por tudo de mal que ele a fez, Evelyn estava começando a se apaixonar por Laito. Mas isso era algo impossível para a mesma. Evelyn nunca tinha amado, tirando a Gwen. É claro que ela negou a si mesma seus sentimentos, mas isso ela não pode esconder no fundo de sua alma, nem para sempre, ainda mais de um vampiro que mostra se ao menos se importar com ela. Então no final ela acabou se confessando, mas cheia de dificuldades pensando no futuro, no que ele responderia, qual seria sua reação. Essas sem dúvida foram as coisas que Eve nunca nem sonhou que faria.


¹* Ele tava exatamente assim~~ #MORRE




²* Vou explicar aqui; Ele não bebeu o sangue de Gwen. Na verdade, ele ia fazer isso, se não fosse pelo cheiro de Eve presente do outro lado da porta -qq Então eles basicamente se conheceram graças a isso. <3


³* Antes do momento em que praticamente Laito se confessa, ( VÃO JOGAR PEDRAS EM MIM #CORRE ) eles se encontravam nessa cena; pera que eu tô rindo da cara dele q




♚ Relação com os Sakamakis: ♚



Ela não tem paciência com Ayato, quando ele vem com o papo de "Ayato-sama", "Ore-sama" e "Deus Ayato" para cima dela, logo ela manda ele tomar naquele "lugarzinho" pois ela respeita apenas á Gwen, sua mãe, diz ela. Evelyn tem como obrigação dar umas patadas nele, ainda achando a sua expressão de irritação cômica. Geralmente quando os mesmos conversão é apenas para assuntos importantes ou para se irritarem. E lá ficariam eles em uma interminável discussão, até o momento que Ayato á ameaça e Eve dá de ombros saindo.



Eve não se assusta com o jeito psicopata dele, nem um pouco, e ainda fala que seu modo de agir é infantil ( Afinal, ela já passou por coisa pior XD ). Normalmente quando Kanato começa a gritar com a mesma, e começa a "ofendê-la", Evelyn também não fica calada e se mostra forte perante ele. O interessante que ela descobriu é que quando não se tem medo de Kanato, ele apenas fala um "Isso não é interessante." parando de dar seus chiliques e gritos e saindo como se nada tivesse acontecido. Mesmo assim, ela procura por não ter contato com o arroxeado.



Ambos raramente conversam, pois Shu nunca presta atenção em si, mas ela o acha uma pessoa razoavelmente boa para conversar. Motivo? Simples, pois por causa de seu jeito preguiçoso ele quase nunca rebate uma indireta, ou até mesmo vá responder alguma coisa que você fala, então ele é um "ótimo ouvinte" para poder desabafar. Bem, ao menos eles mantém contato, né? 'u'



Aos olhos de Eve, por mais que ele seja alguém educado que ao ponto de que mereça seu respeito, ela não o faz. Pois mesmo com essas qualidades de "Príncipe encantado" Reiji abusa demais nessas circunstâncias. Eve claramente se irrita com seu jeito mandão, e mais uma vez ela falaria que apenas aceitaria ordens de Gwen, não de vampiros que se acham. A momentos em que eles falam sobre livros, ensinando um ao outro, fora isso, eles ignoram a existência um do outro.




"Ele devia ser guarda do castelo.." Pensava Eve quando o conheceu. Por seu jeito totalmente explosivo ela acha que seria impossível ele fazer algo que preste, mas se surpreendeu quando soube que ele cuidava de flores. Sua dedução foi de que ele era um Tsundere, também fazendo a mesma descobrir que era assim como ele, mas apenas deixou o assunto quieto. Às vezes ela o provocava de propósito para destruir coisas, então ela meio que já o usou para quebrar um porta.... (?)

♚ Relação com Mukamis: ♚



Eve é um pouco mais "evoluída" com os Mukamis, por ter uma relação um pouco melhor com os mesmos. Para ela Ruki seria como um segundo Reiji, só que menos chato e mais gentil, digamos assim. Às vezes ela pede alguns livros emprestados dele, então eles mantêm uma relação boa. Eve acha Kou um cara agradável, mas por ele ser às vezes falso demais, isso faz com que a morena recuse estar perante ele, pois odeia gente falsa e despreza isso. Yuma é bem forte, tanto na personalidade quando no físico, e isso faz com que ela tenha uma pequena inveja dele, tanto por isso quanto por ser como uma girafa ambulante. Também ficou fascinada quando descobriu que ele cultivava e plantava legumes e vegetais, o achando uma espécie de Subaru. Azusa é uma pessoa que ela resume em uma palavra; calmo. Ao descobrir que ele era um masoquista, seu interesse por ele aumentou já que ela nunca havia conhecido uma pessoa com essa característica, além do mesmo ser fofo.

♚ Relação com os Tsukinamis: ♚



Ela não se aproxima dos irmãos Tsukinami, mas ainda sim quando preciso conversa com eles. Eve acha Shin uma segunda versão de Ayato, só que mais inteligente, em sua opinião. Já Carla desperta um interesse enorme na morena que nem ela sabe de onde veio, apenas quer saber de fazer perguntas e mais perguntas, e não está nem aí se isso o irrita. Tem uma vontade enorme de tirar aquele pano que cobre a sua boca, além de achar seu cabelo engraçado, digamos assim.

♚ História: ♚

Os pais de Evelyn se casaram forçados, como naquelas típicas histórias em que a mocinha é obrigada a se casar com um cara que nunca viu, mas no final eles acabam apaixonados e felizes. Bem, podemos afirmar que isso não chegou nem perto de acontecer com Katherine Evan e com Jonathan Schwaab. Eles tiveram Evelyn por obrigação, não porque queriam um filho.

Tudo começou após o nascimento de Eve, uma garota saudável com grande beleza, que chamou atenção de vários médicos e enfermeiras, menos dos próprios pais. Pois se duvidarem, Jonathan estava torcendo para a esposa falecer no parto para poder deixar a garota em um orfanato. Mas para a sorte ou não de Evelyn, isso não aconteceu, o que de fato piorou a vida da menor. Sendo obrigada a estudar 24 horas por dia coisas praticamente boas e inúteis.

"Por favor se torne uma criança inteligente"

Conforme ela foi crescendo, ela não tinha mais nada para amar. Evelyn precisava para de amar a si mesma, parar de amar seu "eu desastrado", então assim ela o fez. Ela não estava feliz com sua vida, ela não gostava de sua existência, ela não estava feliz com a vida que sua mãe a deu. Mas, ela estava certa em não gostar de viver, pois se ela sentia isso sobre si mesma, acham que os pais dela vão se importar com isso? Estão enganados. Nunca mesmo, já que Jonathan parou de trabalhar para sustentar a família e virou um alcoólatra, e Katherine misteriosamente desapareceu em uma dia qualquer.

Após o desaparecimento de Katherine, Jonathan vendo que não precisava mais aguentar o fardo de sua esposa, jogou Evelyn em um orfanato qualquer. Mas o que todos não sabiam era que Evelyn também não estava presente no dia do sumiço de Katherine. Então o que aconteceu? Isso mesmo. Evelyn matou a própria mãe¹ com um revólver, encurralando a mesma quando estava saindo para se encontrar com um amante. Por mais que na hora do assasinado Evelyn estava praticamente apática não demonstrando nenhuma emoção, por dentro ela estava gritando para não fazer isso, mas era o melhor para sua desgraça chamada vida.

"Essas lágrimas são de saudade? Eu não entendo."

Já no orfanato a mesma não era tratada bem tanto por outras crianças quanto por funcionários de lá por sua exuberante beleza, sendo maltratada e ridicularizada, todas ás vezes quando fazia algo julgado errado para funcionários era trancada em uma sala escura apertada e pequena². Ela estava pobre, doente, não tinha nem condições de chamar um médico. Mesmo em todas essas condições Evelyn se mostrou firme, conseguindo então pular do muro daquele orfanato e tendo a tão desejada liberdade. Como Evelyn havia roubado coisas do orfanato antes de fugir, ela teve que vendê-las para poder viver e comer, ela teve que vender coisas importantes.

"Ah, eu estou me afogando em uma onde de tristeza"

Então em uma madrugada, enquanto Evelyn procurava comida, consequentemente no lixo, ela foi parada por uma carruagem. De dentro dela saiu uma jovem mulher loira majestosa, com a beleza mais natural e extraordinária que Evelyn já havia visto na vida. A doce mulher, com uma doce voz, perguntou;

"– Pobre criança, o que fazes aqui em meio á madrugada remexendo o lixo?"

Evelyn com uma voz quase falha disse um "– Procurando comida, senhora." A jovem mulher levemente arregalou os seus olhos piedosos, e então se apresentou como a princesa vampira do local, perguntando logo em seguida se Evelyn não gostaria de morar com a mesma, sendo a sua protetora. A reação da pequena? Foi de surpresa, choque e felicidade. Ela com um sorriso de orelha á orelha disse um sim muito empolgado. A princesa riu da reação de Evelyn, abrindo passagem para a menor entrar, então assim ela o fez. No caminho todo Eve contou tudo o que passou desde que se lembrava, e então começou chamar Gwen de mãe, sua salvação.


♚ Como vai reagir quando souber que está sendo acusada de ser a assassina: ♚

Pânico, essa era a palavra que descrevia o que ela sentia. Mas o interessante, foi o fato de que ela não estava com medo de ser acusada ou não, mas aquela frase a fez lembrar de uma coisa que aconteceu em seu passado. Foi quando ela foi acusada de tentar estrangular uma menina do orfanato, então ela teve punições nada boas, causando pequena e grandes cicatrizes em seu corpo. Logo após ela "acordar" de seu pequeno ataque de pânico, ela usaria a lógica como sua aliada para responder perguntas que a fizessem sobre o assunto.


♚ Um segundo par para causar ciumes no boy: ♚



Kino Sakamaki ( SIM EU ACHEI ELE BONITO #CORRE )


♚ Um artefato antigo que recebeu da Gwen em segredo: ♚




Eve ganhou um colar de prata com um olho grego azul, que foi um presente de Gwen , dizendo que era uma recordação de si mesma. Evelyn é muito grata por ter ganhado o colar, não o usa por medo de perder, então ela guarda ele em uma caixinha dizendo que é seu mais precioso tesouro.


♚ Motivos para ser contra o casamento de Gwen: ♚

São muitos, dentre eles o motivo de que Evelyn não aceitaria dividir com mais uma pessoa Gwen, ainda mais com essa pessoa sendo o marido dela. Um outro motivo é que ela ficaria com medo de perder a única pessoa no mundo que teve piedade de ajudar uma garota corrompida pela escuridão e azar. Mesmo se Gwen chegasse mesmo a se casar, com certeza Eve de algum jeito faria ela ficar viúva em menos de 1 mês.


♚ Aceita ser a assassina: ♚

Olha, eu realmente não fiz a Evelyn com intenção dela ser a assasina ♪~ ᕕ( ᐛ )ᕗ
MAAAAS, como a fanfic é sua, você tem o direito de fazer o que quiser com ela ( Se eu for aceita ). Então como algumas outras que mandaram a ficha, eu deixarei por sua escolha. <3


color=#000000]♚ Entende que o boy não será só seu até que tenham uma relação de verdade? ♚

Entendo perfeitamente, e espero o tempo que precisar para esse momento se tornar possível. ^^


♚ Aceita que será escrava pessoal de Gwen servindo seu castelo: ♚

Aceito 'u' AEIOU


♚ Echhi e Hentai: ♚

Tá brincando? Quem recusaria isso? <3




♚ Relações mais picantes com Gwen: ♚

Aos olhos de Eve, Gwen é bem inocente para fazer coisas um tanto que... Sujas. Mas, uma vez, Eve acidentalmente entrou no quarto de Gwen quando ela saia de seu banho apenas de toalha, então digamos que ela achou isso interessante. O máximo em que as duas chegaram foi quando a mesma estava em cima de Gwen, com o nariz e boca em seu pescoço. Pode parecer estranho, mas ela apenas queria cheirar o pescoço da futura rainha depois do banho. Então aos "doces" olhos cristalinos da morena aquilo não foi nada demais, já para Gwen, isso ela nunca soube o que significou.


♚ Perguntas? ♚

VOCÊ ACHA QUE O KINO PARECE UMA MISTURA DE REIJI E AZUSA? -qq


♚ Algo a acrescentar? ♚

Bem, eu me baseei em uma música do Kagamine Ren de VOCALOID para fazer a história dela. Mais como assim Akemi? Você copiou dela? Não. Eu meio que peguei partes da música e interpretei ela do meu jeito mesmo, então se estiver copiado ou não eu nem sei. q
MAS EU VOU DEIXAR AQUI A MÚSICA caso tu não entenda direito ou queira interpretar ela também <3 ( Na minha opinião essa música é viciante, então cuidado qq )




Eu já coloco a relação com a Gwen, é que eu vou dar uma saidinha mais já volto. <3
Espero que goste da Evelyn e da ficha, adoraria ter ela em sua fanfic \o/
Parabéns por ser criativa a ponto de criar uma história assim, saiba que vou acompanhá-la mesmo se não for aceita~~
Se estiver algo errado aí é só me falar que eu mudo *^*

Escutando: [Hatsune Miku] - Ghost Rule
Lendo: O que eu escrevo~~
Assistindo: Leia o escutando lá em cima.
Jogando: Meu tempo fora [ A P A G A R ]
Comendo: Comida? #MORRE
Bebendo: Suco q

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...