~Nanahoshi

Nanahoshi
Um estorvo admirável
Nome: Júlia M. Gomes
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Goiania, Goiás, Brasil
Aniversário: 11 de Fevereiro
Idade: 20
Cadastro:

O pior erro que você pode cometer como escritor(a)


Postado

Bom, o assunto que vou trazer aqui é mais um aviso/exercício de convencimento do que qualquer outra coisa.
Eu ando cometendo um erro gravíssimo em relação às minhas fanfics e aos meus textos, e talvez alguns de vocês estejam cometendo/cometeram/podem cometer o mesmo erro.
Atualmente estou escrevendo 3 longfics e pretendo começar mais duas. Sim, eu sou maluca, mas tenho motivos pra isso. Talvez começar a escrever essas duas longfics seja uma forma de exercitar a minha “liberdade como escritora”. Ué, como assim, Nana-chan?
Simples: duas das longfics estão paradas por eu ter levado muito a sério a opinião dos outros. Eu me rendi ao poder dos respectivos fandoms e desanimei porque as minhas histórias não se encaixam no que os outros querem ler. Em resumo, é como se eu estivesse escrevendo única e exclusivamente para os outros.
A terceira longfic já é um outro tipo de frustração: não estar escrevendo exatamente aquilo que queria estar escrevendo. Acabei fazendo mudanças no plot pensando no que os OUTROS querem ler, e, pirem, acabei pegando raiva da personagem principal (que quando criei, eu considerava uma das melhores de minha autoria) por comentário dos OUTROS.
Com tudo isso, ficou ridiculamente claro o quanto eu dou valor na opinião dos OUTROS, ignorando os meus próprios princípios, opiniões e pontos de vista. E eu não estou falando apenas de pessoas que querem te denegrir, acabar com sua moral e seu trabalho. Estou falando de pessoas que pensam estar ajudando e/ou que fazem sem perceber. Mas é importante frisar que o erro não está nessas pessoas, e sim em nós mesmos que permitimos que elas nos atinjam de forma negativa.
Estou passando por um período muito complicado, no qual perdi completamente a vontade de produzir pelo simples fato de me concentrar no que os outros querem e ignorar o que eu quero. Tudo bem que existem outros motivos por trás disso (alguns que até fogem do meu controle), mas infelizmente deixei a situação atingir um nível crítico. Eu abro o word e não tenho vontade de escrever, fico remoendo as shortfics que não terminei (a pressão aumenta pq faço isso para outros, lembram?), e a única vontade que tenho é de deitar e chorar.
Nossa, que drama Nana. Pois é, pode parecer, mas infelizmente é o que tenho para o momento. Por que, querendo ou não, eu tenho um medo bem ridículo que me deixa completamente desarmada.
Meu maior medo é errar. Errando, eu não vou atingir as expectativas que os OUTROS tem sobre mim.
Entenderam como as outras pessoas podem ser prejudiciais para nós sem nem sequer se darem conta disso?
Acho que vou começar a escrever essa frase aqui e terminar as 999 repetições que preciso fazer pra ver se entra na minha cabeça. Vou dar um conselho que eu preciso urgentemente seguir, que qualquer escritor deveria seguir.
Ponha-se em primeiro lugar. Confie no seu trabalho. Releve as opiniões relevantes (críticas construtivas) E APRENDA A SEPARÁ-LAS DE CRÍTICAS RELACIONADAS A GOSTO. Gente, o texto não vai agradar a todos, nem todo mundo vai gostar do que você vai escrever. Por isso tome muito cuidado ao escolher as opiniões importantes para você. Cuidado ao escolher que vai te ajudar.
Querendo ou não, hora ou outra, você vai ter que mandar pro inferno alguns pontos de vista, inclusive de pessoas que você gosta muito.
“You can’t please everyone, so you gotta please yourself” > Você não pode agradar a todos, então agrade a si mesmo.
Espero que tenha ajudado ou pelo menos confortado ausashuahshahs
P.S.: A arte do foda-se: temos que dominar. E não se esquentem com cobranças desnecessárias. Tapem os ouvidos e mandem o mundo se fuder.


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...