~Nataori

Nataori
Daddy's lil Monster
Nome: Luan
Status: Usuário Veterano
Sexo: Masculino
Localização: Uberlandia, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 14 de Novembro
Cadastro:

~Nataori - Jornais

75 jornais

Ficha - Monster

Postado



Nome completo: Lee Donghyun

Nome:Donghyun

Apelido: Hyun , King ,

Idade: 19 anos (ocidental)

Data de Nascimento: 30/04

Família:

Irmão - Lee Donghyunk - 17 anos (ocidental)



Relação: Sabe aqueles irmãos unidos, como unha e carne? Esses são eles. Sempre que estão juntos, armando alguma para aprontar com seus amigos, fazendo piadinhas um com o outro e se protegendo a todo custo. È claro que eles tem os seus momentos de desavenças e podem ter brigas serias o suficiente para que saiam literalmente “no tapa”, mas depois de menos que duas horas algum deles já estaria pedindo desculpas ou voltando a se aproximar de fininho.



Pai – Lee Kyung Soo – 45 anos

Relação: Sabe quanto um filho é tão a cara do pai que as pessoas reconhecem o parentesco a distancia? Ele e seu pai são assim. Seu pai é como seu forte, o lugar onde ele recorre quando esta aos pedaços, o homem que aperta seu braço e o puxa para frente quando ele quer desistir de tudo e de todos, um ótimo conselheiros e o melhor cozinheiro que já conheceu.

Mãe – Lee JiYeon – 45 anos

Relação: A proximidade que ele tem com seu pai é a mesma distancia que ele tem de sua mãe, nunca entendeu o porque, mas a mulher sempre pareceu rejeitá-lo, ela sempre o olhou de cima, como se ele fosse inferior e ela estivesse se punindo todo o tempo por algo que ele nunca entendeu, ele nunca se sentiu confortável perto dela, mas nunca a rejeitou, sempre buscando a tratar com o mesmo carinho que tem pelo restante de sua família.


História:

Nascido na cidade sul coreana de Icheon, ele foi o primeiro filho de sua jovem mãe e seu estabanado pai. Logo de principio a sua gravidez nunca foi desejada pela tradicionalista familia de sua mãe, o que a obrigou a sair de casa e se casar com seu pai, que por também ser jovem ainda não tinha condições de manter o nivel de vida que ambos levavam antes de sair de casa, o que os fez passar por algumas dificuldades, que levaram ambos a aceitarem um emprego na casa de uma família rica de sua região, que alem de salário, os ofereceria moradia e cuidados para sua criança, esses eram os Kim. Quando seu irmão mais novo nasceu, seus pais perceberam que ja tinham condições de procurar por um novo emprego e começar uma mudança em suas vidas, coisa que não foi bem vista pelos seus patrões, que por terem acabado de adotar um filho, diziam ser necessária a presença de pessoas de confiança a casa, devido a isso eles ficaram ali por mais 3 anos e quando novamente tocaram no assunto da troca de emprego, seus patrões novamente se ofenderam, dizendo que eles lhe deviam, que eles foram os único que os acolheram. Foi nesse dia que ele descobriu que seus pais não eram meros "empregados" naquela casa, eles sabiam o maior segredo daquela família: Eles eram vampiros. Foi nesse dia também que toda sua família foi mordida e ,mesmo contra a vontade, se viram obrigados a ficar ali.
Os anos foram se passado, mas o ódio crescente de seus pais por seus patroes sempre aumentava, mesmo que a inocente criança que Donghyun era nunca tivesse percebido isso, foi apenas anos depois, quando ele ja estava com 10 anos, que seus pais finalmente contaram todas as relações com os Kim, e ao deixar a casa deles começaram o que viria a ser a grande rixa entre as famílias.
Desde então Donghyun passou a ter uma infância "normal", conheceu novas pessoas, se viu ser obrigado a frequentar a escola, fez novos amigos e bem, sua adolescência não demorou a vir, trazendo com ela todas as mundanas hormonais esperadas e todos os seus "conflitos", para os quais o jovem simplesmente aprendeu a "tacar o foda-se" e se concentrar no que realmente achava importante.

OBS: Eu juro que tentei achar como era criada a especie de vampiro dele, mas como não achei eu fiz pelo modo "tradicional", mas se tiver qualquer coisas errada, pode me avisar que eu irei corrigir na hora <3

Gosta:

- Passar o dia fazendo “vários nada”;
- Dormir;
- Comer qualquer coisa com um alto nível de gordura;
- O sereno da noite;
- Ver desenhos animados;
- Cantar musicas em momento aleatórios;
- Cobertores macios;
- Café;
- Gatos;
- Cor vermelha;
- Musica pop;
- Filmes e seriados;
- Natação;
- Sair com os amigos.


Não gosta:

- Gente barulhenta;
- Mesmice;
- Comida apimentada;
- Insetos;
- Pessoas “sem sal” ou muito caladas;
- Não conseguir dormir/ pesadelos;
- Se encrencar atoa;
- Ficar sem internet;
- Fazer exercícios;
- Coisas que exigem muito esforço;
- Gente que não aceita uma brincadeira;
- Valentões.
- Calor.

Você é:

( ) Lobo
(x) Vampiro

Qual sua espécie de vampiro?
(x)Strigoiul: Este é o vampiro romano.
Strigoiuls são muito parecidos com o vampiro original, mas preferem atacar em bando.
Eles podem ser destruídos se for posto alho em sua boca ou removendo-se o coração


Par: Na JaeMin

Aparência: Jung Jae-hyun





Curiosidades:

- É muito difícil tira-lo do serio.
- Ele adora fazer brincadeiras e “trollar” seus amigos.
- Torce a cara para comidas com alho.
- So caça quando realmente sente fome ou é extremamente necessário, para “evitar a fadiga”.
- Prefere se manter longe do sol.
- Dormir é seu passa – tempo favorito.
- Tem um gato chamado “Ted” e seu irmão sempre revira os olhos quando ele o chama assim.


~~ Par ~~




Nome: Kim Byung Hee

Idade: 17 anos (ocidental)

Data de Nascimento: 19/11

Vocês são:

(x)Inimigos
( )amigo
( )Não se conheceram
( )Outros - Quais?

Como se conhecerão?

Eles se conhecem desde pequenos, na infância chegaram a serem amigos, mesmo com a relação de suas famílias, mas depois que Donghyun se mudou, só voltou a se encontrar novamente com ele anos depois, ironicamente no meio de uma briga, Byung Hee sempre implicava com o irmão mais novo de Donghyun, que por ser o mais cabeça quente entre seus amigos , acabou se estressando com o rival e chamando para um briga, a qual Donghyun se viu obrigado a interferir para que não se tornasse uma rixa ainda maior entre as famílias, ou acabasse machucando alguém, foi nesse momento que a arrogância de Byung Hee o provocou o suficiente para tira-lo completamente do serio e se odeiam desde então.

Seu par é?

( )Lobo
(x)Vampiro

Algo mais?

- Não :3

Sugestões?

- Acho que nenhuma, no momento >//<

Posso mudar algo?

- Claro, eu costumo dizer que meus personagens estão sempre a disposição para o andamento da fic :3

Palavra - chave:Monster



Permalink Comentários (0)

Ficha - Flower Boys

Postado

Ficha - Flower Boys

I am not a commoner, i am a Prince.


Nome: Wong Junho

Stage Name: Junho

Idade: 19

Sexualidade: Pansexual

Altura: 1,80

Peso: 67

Origem: Stanley, Hong Kong

Nacionalidade: Chinês

Dupla Nacionalidade: Coreano

Personalidade:

A primeira vista, quando conhecê-lo você provavelmente o achara um neurótico por limpeza e organização, mais não se engane, ele não é do tipo “fresco” e cheio de manias, muito pelo contrario, é o tipo extremamente expansivo, tão carinhoso que as vezes chega a encher o saco. Junho parece ter uma energia infinita e isso não deixa com que ele fique parado nem por um segundo, por isso se ele ver algo fora do lugar será o primeiro a tomar uma atitude e voltar tudo a normalidade. Ele é tão inquieto que ate mesmo quando esta dormindo seus pés não param de balançar nem por um segundo e provavelmente todos detestariam dividir uma cama com ele, o que para ele é horrível já que é o tipo de pessoa que gosta de abraços e um bom calor humano.
Embora tenha nascido em um pais asiático, passou boa parte de sua vida no Canadá e por isso tem um jeito muito ocidental de pensar e agir, sendo o tipo de pessoa que fala e ri muito alto, gesticula bastante e não pensa duas vezes antes de abraçar ou beijar os seus amigos, o que muitas vezes acaba o deixando constrangido ao perceber que esta “invadindo” o espaço pessoal do seus colegas.
Quando esta nervoso ele parece descontrolado, não para de falar por nem um segundo, parecendo uma maritaca e quando fica estressado ele acaba fechando a cara e ficando no seu canto, o que obviamente mostra que algo não esta certo com ele. Por mais que seja sempre muito bem humorado e dificilmente venha a se ofender com alguma coisa, ele detesta quando as pessoas deixam as outras constrangidas ou para baixo e isso aciona seu instinto protetor e, francamente, ele parecia uma mãe leoa defendendo seus filhotes nesse momento.
Mesmo sendo essa pessoa tão animada e exagerada, ele tenta se comportar bem na presença de pessoas que não conhece ou que não tem intimidade, porém sempre acaba vacilando e protagonizando uma cena toda desajeitada que o deixa envergonhado por semanas.

Tipo sanguíneo: A+

Família:

Mãe , Cho Sun Hee, 39 anos, publicitária



A sua relação com sua mãe é um pouco engraçada, eles não são extremamente próximos, entretanto também não se odeiam, na verdade eles se amam bastante, apenas acabaram se distanciando quando Junho foi para o Canadá, por isso quando estão juntos eles não se sentem como mãe e filho e sim como velhos amigos, que apesar de compartilharem muitos momentos, estão a muito tempo longe e as vezes se perdem no que falar ou como agir um com o outro. Ela ainda esta vivendo em Hong Kong.

Pai, Wong Quon Yin, 39 anos, publicitário



Se sua relação com sua mãe mais se parece uma relação entre velhos amigos, a com seu pai é como melhores amigos. Ele é muito apegado ao pai, ao ponto de poder passar um dia inteiro trocando mensagens com ele, além de ser muito aberto em tudo que faz, se tem uma pessoa para que ele conta tudo e a quem ele não teme em pedir conselhos, essa pessoa com certeza é o seu pai. Seu pai ainda vive e trabalha no Canadá.

Mostrar Spoiler: Aparência:













~~*~~~*~~


Comida favorita: Poutine

Cor favorita: Azul

Grupo masculino favorito: Big Bang

Grupo feminino favorito: AOA

Banda favorita: Nickelback

Idol favorito: Kangta

Fatos/Curiosidades:

- Ele é apaixonado por exercícios e nunca esta cansado de fazê-los.
- Ele ama coisas doces.
- Sua comida coreana favorita é a que sua mãe faz.
- Ele é muito fraco para bebidas, por isso nunca bebe.
- Ele não é fluente em chinês, embora tenha nascido em Hong Kong.
- Ama bichinhos de pelúcia.
- Gosta de pijamas coloridos.
- Ele acredita em zodíaco.
- Seu sonho é ter uma família grande e feliz.
- Ele é obsecado por organização.
- Detesta coisas muito lentas.
- Não sabe a hora de parar de falar e é muito repreendido por isso.

Tem alguma alergia? Se se, a o quê?

- Sim, ele é totalmente alérgico a camarão, se ingerir um pouco perde o ar no mesmo momento, também não se dá muito bem com poeira e acaba não conseguindo parar de espirrar se estiver em um ambiente empoeirado.

Tem alguma doença? Se sim, qual?

- Apenas sinusite, mais ela raramente ataca.

Gosta:

- De dias ensolarados;
- De nadar;
- De correr;
- De comer, principalmente doces;
- De abraços;
- De pessoas sem preconceitos;
- De organizar as coisas;
- De ficar perto de seus amigos;
- De viagens;
- De qualquer tipo de musica;
- De brincadeiras “sem sentido”.

Não gosta:

- De levar broncas;
- De constranger as pessoas;
- De ver um amigo em apuros;
- De ler coisas longas;
- De ficar muito tempo parado;
- De não ser entendido como quer;
- De gente fresca;
- De pessoas muito conservadores;
- De roupas quentes;
- Que lhe chamem de feio.

Favoritos:

- Musicas agitadas;
- Sorvete de baunilha;
- Filmes com muita ação;
- Animes e mangas;
- Vídeos de gatinhos fofos;
- Ursos de pelúcia;
- Tudo aquilo que e azul;


Odeia:

- Sopas;
- Coisas apimentadas;
- Coisas excessivamente dramáticas;
- Filmes/ vídeos de terror;
- Não dormir direito.


~~~*~~~*~~~~



Amigos k-idols:

Jung Chaeyeon (I.O.I) – Eles se conheceram durante a escola, por serem do mesmo ano escolar, durante um trabalho em que todas as turmas do 2º ano estava participando.

JuNe (iKon) – Por mais irônico que seja eles se conheceram ainda na época de training, já na YG, inclusive JuNe foi a primeira pessoa com que Junho se socializou da empresa e a amizade foi quase inevitável.

Rosé (Black Pink) – Além de ter sido sua veterana na escola, Rosé era uma das poucas pessoas que conhecia com quem podia conversar sobre como era nascer e viver boa parte da vida longe da Coreia, por isso se tornaram bons amigos.

Lisa ( Black Pink) – Além de serem da mesma turma de escola, eles também compartilham de horários parecidos de treinamento na YG, por isso acabaram por se conhecerem através de Rosé.

Mingyu (Seventeen) – Tambem foram colegas da sala e se conheceram realmente durante a escola.


Inimigos/Rivais k-idols:


Chanwoo (iKon) – Não é como se eles se odiassem, Junho apenas não “vai com a cara” de Chanwoo e prefere evitar encontros desnecessário com ele, como diria seu pai “o santo deles não bate”. Tambem estudaram juntos.

Vernon (seventeen) - No caso de Vernon é realmente um lance de rivalidade, quase como uma pequena treta entre EUA e Canadá, mais nada que deva ser levado a serio. Se encontraram em festivais de musica e eventos de trainee.

Obs: Na verdade é bem complicado ele arranjar inimigos, a pessoa teria que ser muito grossa ou fazer algum mal aos seus amigos, por isso: “Os inimigos dos méis amigos são meus inimigos” seria o mais indicado para ele.



Tem quanto tempo como trainee?

- 7 anos.

Idiomas que fala e fluência:

- Coreano Fluente;
- Inglês Fluente;
- Francês básico;
- Chinês básico.


~~~*~~~*~~~





~~~*~~~*~~~


Como trata/age:

Integrantes do grupo: Eles são todos seus bebes precisos, então não toque neles. É excessivamente protetor com eles e adora provoca-los, mas na verdade gosta de estar na companhia de todos e espera passar muitos e muitos anos convivendo com eles, pode ser que seja bastante exagerado e indiscreto com eles, mais é apenas por os considerar como família.

Par: Ele provavelmente vai se um verdadeiro furacão perto de seu par. Sabe aquelas pessoas que não sabem como agir naturalmente quando estão perto do crush e acabam se tornando bobões desastrados e lerdos, ele é exatamente assim, ao menos no começo do relacionamento, aos pouco vai voltando a ser ele mesmo e é claro que vai ser um grudento sem limites, mas esse é seu modo de mostrar quando gosta de alguém.

CEO: Com bastante respeito, mas sem perder o seu toque sem noção, as vezes ate mesmo esquecendo de ser formal como se deve, apenas para em seguida pedir desculpas e ficar bem vermelho pela mancada.

Manager: Como um amigo, claro que vai respeita-lo e seguir seus conselhos, mas ele também faz parte de sua família (grupo).

Familiares: Ele tem aquele jeito todo louco e aberto de tratar seus parentes, você definitivamente não notará a diferença na forma como ele trata seus pais e seus melhores amigos.

Amigos: Com carinho e todo aquele drama e grude que conhecemos.

Inimigos: Sabe o tipo que prefere evitar as inimizades? Ele mesmo, prefere manter-se bem distante e não acabar piorando as coisas.

Fãs e sasaengs: Ele realmente é o tipo gentil com as fãs, ele simplesmente adora quando é reconhecido e poder conversar com elas, o tipo que tem uma ótima paciência ele raramente vai se incomodar com elas, contando que elas não sejam agressivas ou tentem fazer algum mal a ele ou aos meninos.

Haters: Ele não é o tipo que briga com eles, apenas vai achar engraçado quando lhe zoarem, na verdade ele não se importa muito com as coisas ruins, é o tipo que vai pegar os comentários que possam lhe ajudar a melhorar e ignorar o resto.

Sunbaes:Com admiração e respeito, ele vai tentar evitar, mas não consegue deixar de ser um grande fanboy.


~~~*~~~*~~~


Posição:

Vocalista:

( ) Líder
( ) Principal
(x) Apoio
( ) Guia


Rapper:

( ) Líder
( ) Principal
( ) Apoio
( ) Guia

Dançarino(a):

(x) Líder
( ) Principal
( ) Apoio
( ) Guia


Outras ocupações:

(x) Ator
( ) DJ
( ) MC
( ) Produtor musical
(x ) Modelo


Tem fandom individual?

-Sim ~

Se sim, qual é o nome?

- Bear’s .

Qual a cor?

- Azul Petrolio

Significado para você?

- O Bear’s faz referencia ao amor dele por ursinhos de pelúcia e ao Canadá, ele gosta de chamar seus fãs assim porque diz que gostaria de poder abraçar a todos eles, assim como se faz com um fofo ursinho de pelúcia.


~~~*~~~*~~~


Par: Thunder

Idade: 26 (poise, eu deixei ele com a idade original, então ele vai ser o Hyung dessa vez kkkk)

Grupo: Ele é cantor solo.

Vocês são...

(x) Desconhecidos.
( ) Colegas.
( ) Amigos.
( ) Melhores amigos.
( ) Amigos coloridos.
( ) Namorados.


Como quer que seja o pedido?

- Provavelmente em algum momento totalmente aleatório, onde Junho o puxaria para um cantinho onde ninguém mais estivesse os vendo e então, todo desastrado, faria o pedido.

Como vão se assumir ou como se assumiram?

- Provavelmente eles apenas postariam uma foto juntos, com alguma legenda bem suspeita e então quando questionados pela impressa/ pelos fãs, falariam a verdade.


~~~*~~~*~~~


Seu personagem pode...

Pintar o cabelo?

- Claro ~

- http://kpopselca.com/selca/5253_blonde-lee-joon.jpg

- https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/e7/3b/24/e73b24674f67183f1c6739e793a4f4b5.png

- http://images.kpopstarz.com/data/images/full/8085/image.jpg

-https://68.media.tumblr.com/aad6ac7b84e98156196b445f5bc5706e/tumblr_mgckeqGxnO1rp8hb7o1_500.jpg


Colocar piercing?

- Apenas brincos e alargadores ~



- https://http2.mlstatic.com/brinco-masculinopiercingfalso-alargador-caveira-aco-D_NQ_NP_14558-MLB3033018719_082012-F.jpg

- http://mlb-s1-p.mlstatic.com/710401-MLB20320054627_062015-Y.jpg

- http://www.big1news.com.br/wp-content/uploads/2013/10/brincos-homens.jpg

Fazer tatuagem?

- http://68.media.tumblr.com/tumblr_loehlgol9D1qad3h0o2_540.jpg

Beber? Se sim, como fica quando está bêbado?

- Ele provavelmente vai beber, mais isso não é muito recomendado, se ele é sem noção e barulhento sóbrio, isso se torna mil vezes pior quando esta bêbado, além de que basta um copo para fazê-lo ficar “soltinho”.

Fumar? Se sim, fuma o quê?

- Nops :3

Se envolver em alguma polêmica? Se sim, qual?

- Sim, provavelmente alguma treta com sasaengs se elas machucarem alguns dos garotos ou alguma mico daqueles em programas de TV por falar de mais.


~~~*~~~*~~~


Algo a mais?

- Nops :3

Sugestão do nome do fandom do grupo?

- Petals? >//< Sei que foi péssimo kkkkk



Permalink Comentários (0)

Desafio dos 100 temas \o/

Postado



Yooo, minna ~~

Adivinha quem acabou de ver um filme do caralho e chegou em casa sem nenhum pingo de sono e muita vontade de arrumar uma grande dor de cabeça?

Isso mesmo, eu \o/

E como arrumar uma dor de cabeça maior do que me auto desafiar a escrever 100 fanfic, com 100 temas diferente em exatamente um ano?

MUAHAHAJAHAH

Agora que já sabem meus motivos, vamos aos temas ~~

Obs: A data para o desafio vale apenas para fanfic iniciadas do dia em que o jornal foi postado (15/12/2016) ate o dia 15/12/2017.

Obs': O link das fanfics pertencentes ao desafio estarão abaixo de seu respectivo tema.





1. Uma fanfic de um fandom com o qual eu nunca escrevi antes;

- Em breve: Coffee, milk and blood.

2. Uma fanfic com sereias/tritões ou que tenha a ver com o fundo do mar;

- Deep

3. Uma fanfic na qual o protagonista seja surdo ou mudo;

- Silêncio e lagrimas

4. Uma fanfic que se situe em New York;

-

5. Uma fanfic com até 500 palavras;

-Too Late

6. Uma fanfic de terror e/ou suspense;

-

7. Uma fanfic baseada num acontecimento real;

-

8. Baseado na pergunta “você já existiu hoje?”;

-

9. Uma fanfic onde o(a) protagonista é um(a) fantasma;

-

10. Uma fanfic sobre casamento arranjado;

-

11. Uma fanfic de um gênero que eu nunca escrevi antes;

- Hanahaki

12. Uma fanfic baseada na história de produção de uma obra de arte ou que contenha sua história como uma descrição;

-

13. Uma fanfic baseada em um conto de fadas clássico;

-

14. Baseada na frase “#@! o sistema”;

-

15. Uma fanfic do gênero shounen-ai;

-

16. Uma fanfic que retrate o rancor;

-

17. Uma fanfic Yuri;

-

18. Uma fanfic Yaoi;

-

19. Começar uma história com “Nunca mais, é uma promessa...”;

-

20. Uma fanfic com 10 passos sobre “como ser _____” ou “como não ____”;

-

21. Que comece com a frase “Tentei chamar a polícia”;

-

22. Que contenha "gore";

-

23. Que tenha alguma cena numa lagoa;

-

24. Uma fanfic de anime;

-

25. Que se baseie em algo do meu estudo;

-

26. Que envolva um instrumento musical;

-

27. Uma fanfic Mpreg;

-

28. Sobre crossdressing;

-

29. Escrever uma A/B/O;

-When The Sun Goes Down

30. Sobre castidade;

-

31. Sobre um romance inusitado;

-

32. Uma fanfic baseada em uma música;

-

33. Sobre esperança;

-

34. Que misture a Síndrome de Cottard (acreditar que está morto) e autismo numa história de terror cujo título seja “Eles não pedem colo”;

-

35. Sobre desastre;

-

36. Uma colegial;

-

37. Uma fanfic com um final ruim/gore;

-

38. Que fale sobre despedidas;

-

39. Uma fanfic que fale sobre ou contenha suicídio;

-

40. Que retrate seus sentimentos no momento;

-

41. Sobre uma escada para os céus;

-

42. Sobre bonecas;

-

43. Uma fanfic de “Alice no País das Maravilhas”;

-

44. Uma fanfic que fale sobre um assassinato;

-

45. Uma fanfic que faça o leitor pensar (lógica);

-

46. Com final feliz;

-

47. Uma fanfic sobre reis e rainhas;

-

48. Algo clichê;

-

49. Uma fanfic sobre borboletas (entenda como quiser);

-

50. Uma fanfic em forma de diário;

-

51. Sobre uma brincadeira (infantil ou não);

-

52. Uma fanfic onde o protagonista é inspirado em um personagem de série/livro/anime/filme;

-

53. Com um tema “entre aspas”;

-

54. Uma fanfic que se passe em um local frio e com bastante neve;

-

55. Sobre artes insanas;

-

56. Uma fanfic em co-autoria sobre qualquer tema e de qualquer tamanho;

-

57. Uma fanfic sobre vampiros:

- Em breve: Visitante indesejado

58. Um fanfic baseada em uma música escolhida aleatoriamente por alguém que não seja eu;

-

59. Sobre uma forma inusitada de viver a vida;

-

60. Que envolva algum tipo de viagem no tempo;

-

61. Uma fanfic que envolva o tema/palavra/significado “Lolita”;

-

62. Uma fanfic do gênero fantasia;

-

63. Uma fanfic na qual um dos personagens se transforme em um animal;

-

64. Sobre “tudo o que alguém queria ter dito e não disse”;

- O que eu não te disse

65. Um triângulo amoroso;

-

66. Sobre reencarnação;

-

67. Uma fanfic sobre sentimentos verdadeiros meus e também de outras pessoas;

-

68. Que se passe no Brasil;

-

69. Uma fanfic que retrate a vida como ela é;

-

70. Uma fanfic que envolva misticismo (e que, na história, se torna verdade);

-

71. Uma fanfic onde o personagem principal tenha uma duplicata (sejam gêmeos ou não);

-

72. Uma fanfic que contenha antropofagia;

-

73. De um fandom que não escrevo faz tempo;

-

74. Que seja ambientada na Rússia;

-

75. Uma fanfic que eu comecei e não terminei;

-

76. Uma fanfic em forma de carta ou de resposta à uma carta;

-

77. Sobre uma fofoca ou notícia errada dada pela imprensa;

-

78. Uma fanfic baseada na música “Thinking Of You - Royals”;

-

79. Uma fanfic baseada na música “Karma - Gumi”;

-

80. Baseada numa experiência pessoal de leitura e/ou escrita;

-

81. Especial de Natal;

-

82. Especial de Halloween;

-

83. Suspense policial;

-

84. Que retrate um casamento;

-

85. Que contenha uma cena numa sala de jogos;

-

86. Uma fanfic baseada na música “Thinking Out Loud - Ed Sheeran”;

-

87. Que tenha um monstro ou fantasma “bonzinho”;

-

88. Uma fanfic shounen-ai;

-

89. Uma fanfic shoujo;

-

90. Que retrate a dor de perder alguém;

-

91. Sobre um bloqueio de criatividade;

-

92. Sobre um objeto inanimado;

-

93. Sobre um ou mais palavrões;

-

94. Uma fanfic sobre guerra;

-

95. Uma aleatória;

- Em breve: More deep

96. Que seja narrada por um cachorro;

-Waiting for you

97. Que tenha alguma cena num circo;

-

98. Sobre Rock n’Roll e roupas bregas;

-

99. Uma fanfic ambientada em um universo apocalíptico;

-

100. Uma JiKook \o/

-




Permalink Comentários (0)

Fichas Gemeos - Burg Eltz

Postado



Mostrar Spoiler: FICHA RYAN
Nome: Ryan Edward Lewis

Apelido: Teddy, Ed

Idade: 18 anos

Sexualidade: Homosexual

Nacionalidade: Inglaterra / Britânico

Aparência: Park Hyung Seok







Personalidade: Sabe aquele esteriótipo de bom moço? Um amigo leal, que quer o bem estar do outro na frente do propário e quer agradar a todos? Infelizmente ele é exatamente o tipo padrão.

Ryan é uma pessoa amável, que distribui abraços (por isso o apelido "Teddy") e sorrisos. Jamais seria capaz de passar por cima de alguém para se beneficiar. Gosta de ajudar as pessoas ao seu redor e realmente deixa entender que faz tudo sem querer nada em troca. Muito leal com seus amigos, em hipótese alguma contaria o segredo de um deles, o que por outro lado o obriga a muitas vezes mentir e acabar se encrencando com os demais por erros que não são seus. Tambem é o tipo calmo, você nunca vai vê-lo envolvido em uma discussão ou briga, na verdade, você raramente vai vê-lo se quer contrariar os outros, pois ele tende a ser tão extremamente manipulável e ate mesmo ingenuo, que seu primeiro estimulo é sempre abaixar a cabeça e fazer o que lhe foi pedido (ou ordenado) por mais que não queira faze-lo. A grande alegria de Ryan é fazer alguém que ama feliz, não importando se isso lhe deixaria triste, ele simplesmente diz que não se importa em ceder, o que não é a verdade, pois ele se chateia muito facilmente, principalmente quando não tem sua boa ação reconhecida, ou quando alguém tem a "capacidade" de brigar com ele. Claro que não é o tipo de pessoa que vai dizer isso na cara da pessoa, mas por outro lado guardará aquele rancor no fundo de sua alma e ele não é o tipo que se esquece.
Se considera uma pessoa tímida, mas na verdade ele é bem inseguro, precisa que as pessoas ao seu redor o aprovem para ele se aprovar e por isso tem muito medo de agir sem pensar bem e acabar afastando as pessoas de si. É um romântico nato e não perde a chance de suspirar e contar para todos os seus amigos quando está "apaixonado" por alguém.
Embora seja muito animado, ele perde muito facilmente o interesse nas coisas e por isso frequentemente está falando sobre um assunto diferente, o problema é que quando gosta de algo, ele gosta mesmo e não para de tagarelar se quer um minuto sobre isso.

Poder:

[x] Terra/natureza

Família:

Bryan Ethan Lewis


- Seu irmão gêmeo é seu melhor amigo e seu confidente, eles são unidos como unha e carne e se protegem como ninguém.

Edgar Allan Lewis


- Ele e seu pai ate se davam bem antes de tudo acontencer, mas depois o relacionamento se tornou insuportavel e eles acabaram perdendo completamente o contato. Ele ainda sente muita saudades do homem.

História: Nascido em um bairro pobre de Londres, Ryan e o irmão Bryan foram abandonados por sua mãe logo após nascerem, a mulher viciada em drogas tendo aproveitado o momento do parto das crianças para fugir da clinica de reabilitação em que havia sido internada pela família no inicio da gravides. A guarda das crianças então iriam para os avos maternos, mas tudo mudou quando o pai dos garotos apareceu exigindo pela guarda deles, que apos uma batalha judicial acabaram sendo levados pelo homem. O homem, embora solteiro, tinha uma boa residência e provou ser capaz de sustentar as crianças, entretanto, ele tambem tinha problemas com álcool e não era nenhum pouco responsável na hora de "ceder" aos caprichos da vida. Por isso que desde muito pequenos ele e o irmão aprenderam a se virar sozinhos do melhor modo que podiam. Ryan sendo o responsável por cuidar da comida e de pequenas limpezas em casa, sendo o filho favorito do pai ja que sempre o recebia com um grande sorriso e nunca o julgava por nada que tivesse feito, por mais que fosse algo "grave" e "inaceitável" ao olhos do outro, ate mesmo quando o pai lhe batia ele apenas apanhava em silencio, entretanto isso raramente acontecia com ele. Aos 9 anos ele ja havia notado seu grande talento para a jardinagem e cuidado com as flores, mas aos 10 e que ele descobriu de fato seus poderes, os mostrando para o irmão pouco tempo depois, durante uma de suas brincadeiras. Os anos seguiam-se com a mesma rotina, com o tempo ele e o irmão cresciam cada vez mais, entretanto em casa as coisas nunca pareciam mudar, mas nada havia sido tão grave quando aquele triste dia. Ele e o irmão haviam acabado de chegar da escola e encontraram o pai sentado no sofá da sala rodeado por frascos vazios de bebida, como sempre Byan passou direto e foi para o seu quarto, mas Ryan se aproximou de seu pai e sentou-se ao lado do homem no sofá, lhe perguntando se estava tudo bem, para a sua surpresa o homem lhe olhou irritado e lhe atingiu com uma das garrafada que o deixou zonzo, ele não se lembrava exatamente do que havia acontecido depois, mas se lembrava de ter começado a chorar e logo em seguida ouvir a voz irritada do irmão seguido por um vendo muito forte ele apenas se lembrava de ouvir seu pai os chamando de "monstros" e os mandando ir embora de sua casa, seu irmão então pegou em seu braço e lhe arrastou ainda chorando para fora, depois disso ele apenas se lembrava de ouvi-lo dizer: "Vai ficar tudo bem, vamos para Burg Eltz".

Gostos:

- Doces
- Presentes
- Alegrar as pessoas
- Animais
- Chá
- Ar fresco
- Estar perto de seus amigos
- Livros de romance
- Jogos
- Casacos
- Dormir
- Falar pelo cotovelos
- Conseguir ficar perto do irmão
- Dançar
- Fazer todo tipo de brincadeiras "infantis"
- Ser bem tratado.

Hábitos e mania:

- Sempre olhar para baixo quando vai mentir.
- Morder o lábio inferior quando esta ansioso.
- Apertar as unhas contra a pele da cintura quando esta com raiva.

Vícios: Chocolate

Desgostos:

- Que tentem discutir com ele.
- Fogo
- Insetos
- Frio
- Comer peixe
- Ser deixado de fora
- Rock
- Ser chamado de "criança"
- Deslealdade/ traição
- Agressividade
- Pessimismo
- Sua altura

Medos e fobias:

- Ser julgado.
- Machucar as pessoas.
- Perder alguém que ama.

Porque está indo para o castelo e como ficou sabendo dele?

- Ficou sabendo através do irmão e esta indo com eles porque não existem mais nenhum lugar para onde eles possam ir.

Sabendo que você pode decorar seu quarto como quiser, como vai decora-lo?



Vai querer mascote?

Sim, um gato chamado Luke ~



Estilo de roupa que costuma usar:





Para uma festa à fantasia como se vestiria?



E roupa de banho?



Par: Yongguk (B.A.P)
Poder do par: Fogo
Relacionamento com o par: Eles se conheceram em um parque, durante a visita de Guk a Londres, entretanto so vão voltar a se encontrar quando estiveram em Burg Eltz. Ryan o trata com muito carinho e não deixa de demostra o quanto gosto dele, mas Guk tem medo de relacionamentos e evita o mais novo a todo custo.

É BV?

- Sim ~

É virgem?

- Sim ~

Vai querer:
[ ] hentai
[x] yaoi
[ ] yuri
[ ] nada

Algo mais?

- Nyah ~

Sabe que seu personagem está em minhas mãos e posso fazer qualquer coisa com ele?

- Sim senhora \o/

Vai comentar nos capítulos?

- As lendas dizem que eu sou fiel as fics kkkkk






Mostrar Spoiler: FICHA BRYAN


Nome:Bryan Ethan Lewis
Apelido: Não tem ~
Idade: 18 anos
Sexualidade: Bissexual
Nacionalidade: Inglaterra / Britânico

Aparência: Park Hyung Seok







Personalidade:Como poderia dizer? Ele e o irmão não são tão parecidos nesse quesito quanto na aparência.

Seu temperamento é no minimo instável. Não é o tipo que leva um desaforo para casa, muito menos do gênero que pensaria duas vezes antes de partir para uma briga. Não gosta de receber ordens, porém ainda assim sabe os limites do respeito. Tambem não é um exemplo de bom humor e doçura, muito pelo contrario, ele trabalha com o sarcasmo e com as palavras inteligentes, sempre demostrando que ele fala tanto com os punhos, quanto com a mente. Seu irmão certamente é o seu ponto fraco e a unica pessoa com quem ele se preocupa em proteger e quer defender de tudo e todos, principalmente quando percebe que ele está sendo de algum modo usado. Mas não é que ele seja um péssimo amigo, so não faz o tipo que se importa muito ou expressa sentimentos, gosta de estar perto dos amigos e dividir muitos momentos com eles, mais prefere não intervir nós problemas dos outros, pois acha extremamente irritante quando fazem isso ele. Seu lema é "se não quer reação, não faça uma ação", por isso ele sempre aceita a consequência de seus atos sem nenhuma teimosia, mas não tolera de modo algum ser injustiçado.
Pode passar um ar arrogante no modo como fala e age, mas ele não considera a arrogância algo ruim, prefere ela mil vezes do que a falsidade, usa sua arrogância para tentar ser o melhor em tudo que faz e por isso pode ser muito competitivo em qualquer coisa.
Fora isso tem um ar charmoso e não perde a chance de lançar alguma boa cantada em qualquer pessoa que ache interessante, parecendo bem o tipo pervertido ao faze-lo.

Poder:

[x] ar

Família:

Ryan Edward Lewis



- Ele e o irmão são as pessoas que melhor se entendem no mundo, Bryan tenta defender o irmão com unhas e dentes, além disso o outro é o seu "ponto de equilíbrio", sem o gêmeo ele acaba perdendo o controle de si mesmo.

Edgar Allan Lewis


- Ele e seu pai nunca se deram bem, os dois sempre tiveram uma personalidade forte e defenderam coisas muito diferentes, a relação de ambos tinha sim um pouco de carinho, mas na maior parte era confusão.

História: Nascido em um bairro pobre de Londres, Bryan e o irmão Ryan foram abandonados por sua mãe logo após nascerem, a mulher viciada em drogas tendo aproveitado o parto das crianças para fugir da clinica de reabilitação em que havia sido internada pela família no inicio da gravides. A guarda das crianças então iriam para os avos maternos, mas tudo mudou quando o pai dos garotos apareceu exigindo pela guarda deles, que apos uma batalha judicial acabaram sendo levados pelo homem. O homem, embora solteiro, tinha uma boa residência e provou ser capaz de sustentar as crianças, entretanto, ele também tinha problemas com álcool e não era nenhum pouco responsável na hora de "ceder" aos caprichos da vida. Por isso que desde muito pequenos ele e o irmão aprenderam a se virar sozinhos do melhor modo que podiam. Sendo a parte de Bryan proteger o irmão das broncas do pai, mandar as mulheres que ele trazia para casa embora e confronta-lo sempre que ele e o irmão de algo vindo dele, além de ajudar o irmão a organizar as coisas em casa. Ele descobriu os próprios poderes bem cedo, ainda as 6 anos, mas não foi capaz de contar ao irmão, exatamente porque na primeira vez que pode o usou, acabou derrubando o gêmeo de uma arvore e o machucando, o que o fez ter medo de seu poder por muitos anos. Foi apenas quando Ryan lhe contou sobre os próprios poderes que ele teve coragem de usas os próprios e tentar entender como eles funcionavam. Sempre sendo o mais estressado, ele sempre buscava uma saída para conseguir não "pirar" com o comportamento do pai e foi então que ele próprio começou a beber, no começo era apenas pela diversão de estar "fora de si", mas depois aquilo se tornou um vicio e foi exatamente por isso que ele buscou cada vez mais se controlar, ate que reduzisse a apenas cervejas. Devido as contastes brigas em casa, ele começou a buscar por um lugar para onde pudesse seguir com o irmão, assim que eles não estivessem mais sobre a tutela do pai, foi em uma dessas pesquisas em que finalmente conseguir encontrar sobre Burg Eltz, guardando sempre o plano para que pudessem fugir daquele lugar quando necessário. Foi então que o tal dia realmente chegou. Haviam acabado de chegar da escola e ele não via a hora de tomar sua bela e gelada lata de cerveja, mas foi surpreendido pela presença do pai tão cedo em casa. Imaginando que o homem apenas havia sido novamente demitido, ele acabou por subir direto para seu quarto e planejava ir tomar um banho quando ouviu o choro do irmão no andar de baixo, ao descer o encontrou com a testa sangrando e seu pai ainda com a garrafa em mãos, não pode segurar a própria raiva e seu poderes agram por si próprios, as corrente de vento jogando o homem contra a parede, enquanto ele se aproximava para socorrer o irmão. Ele começou a discutir com o homem, que ainda tentou mais uma vez ataca-lo e foi parado por um segunda corrente de vento e foi então que o homem gritou "Vocês são monstros como sua mãe!Seus monstros!" e aquela foi a gota final para Byan, que pegou o braço do irmão e o arrastou para cima, arrumando as coisas de ambos em duas pequenas malas e duas mochilas, pegando todo o dinheiro que havia juntado literalmente roubando do pai ao longo dos anos e saindo de casa, ainda podendo ouvir o pai gritar para que fossem embora. Foi então que começaram sua busca por o "tal lugar encantado" onde poderiam recomeçar longe daquele homem.

Gostos:

- Frio
- Cobertores
- Nadar
- Cerveja
- Gatos
- Hq's
- Musica
- Ler
- Jogos de todos os tipos
- Voar
- Acessórios , como colares e braceletes
- Ter seu espaço pessoal respeitado
- Fazer da vida das pessoas que não gosta um inferno.

Hábitos e mania:

- Revirar os olhos sempre que escuta algo "idiota".
- Sempre resmungar xingamentos quando esta irritado.
- Abraçar o irmão pela cintura apenas para envergonha-lo.

Vícios: Cerveja

Desgostos:

- Calor
- Chá
- Coisas muito doces
- Romances
- Insetos
- Fantasmas
- Ingenuidade
- Plantas
- Estudar
- Falta de interesse
- "Idiotices desnecessárias"
- Ficar "atoa"

Medos e fobias:

- Estar sozinho no escuro.
- Ratos

Porque está indo para o castelo e como ficou sabendo dele?

- Devido a muitas pesquisas enquanto buscava entender os próprios poderes e ele esta indo para o castelo porque não tem mais para onde ir.

Sabendo que você pode decorar seu quarto como quiser, como vai decora-lo?



Vai querer mascote?

Sim, uma gata chamada Leia ~



Estilo de roupa que costuma usar:





Para uma festa à fantasia como se vestiria?



E roupa de banho?



Par: Helena
Poder do par: água
Relacionamento com o par: Eles se conheceram apenas em Burg Eltz. Bryan adora canta-la e fazer muitas piadinha para envergonha-la.

( Coloquei apenas a opção feminina, porque na verdade ele "prefere meninas", mesmo sendo bi)

É BV?

- Não ~

É virgem?

- Sim ~

Vai querer:
[X] hentai
[X] yaoi
[ ] yuri
[ ] nada

Algo mais?

- Nops :3

Sabe que seu personagem está em minhas mãos e posso fazer qualquer coisa com ele?

- Yeps :3

Vai comentar nos capítulos?

- Sempre :3



Permalink Comentários (2)

Ficha Bat Hunt

Postado



When your legs don't work like they used to before
And I can't sweep you off of your feet
Will your mouth still remember the taste of my love
Will your eyes still smile from your cheeks (Ed Sheeran - Thinking Out Loud)

Nome: Jason Prince Trevor

Apelidos: Jay

Alcunha: Eros

Idade: 17 anos

Aniversário: 14/ 10/ 1999 - Libra

Orientação Sexual: Pansexual

Aparência: Logan Lerman



Jason herdou os cabelos de sua mãe, sendo eles um castanho tão escuro que chegam a parecer negros, seus olhos são claros como de ambos os seus pais, em uma tonalidade azul esverdeada que parecem sempre transmitir tranquilidade. Seu tom de pele é claro, quase leitoso e ate mesmo um pouco pálido devido a falta de exposição ao sol.



Não é muito magro, ou muito forte, ele considera seu corpo simplesmente padrão, um corpo de um aluno que faz suas atividades físicas, mas não ultrapassa os próprios limites. Não pode ser considerado o mais alto de sua idade, mais também não se acha muito baixo com seus 1,75 de altura.


Personalidade:

Não é que ele seja o estereótipo de nerd anti social, ele apenas tem um pouco de...dificuldade em se relacionar com as pessoas. Sua natureza é observado e por isso ele prefere não se meter onde não é chamado. Detesta chamar atenção e é uma pessoa calma, do tipo que pensa ( e muito) antes de falar ou agir. Se tem algo que não gosta é magoar os outros, na verdade para ele isso é quase insuportável e exatamente por isso ele se esforça muito em tudo que faz, principalmente se isso é em função de outra pessoa. Por mais que não fale muito e prefira sentar em um cantinho isolado da sala onde possa prestar atenção na aula, ou ouvir suas músicas em silencio, ele nunca parece estar sozinho e é considerado uma pessoa carismática pelo modo sempre gentil e educado com o qual trata todos que se aproximam.



Você nunca vai ver ele reclamando de algo, mesmo que esteja fazendo uma coisa que não goste, ou não queira, ele prefere guardar todas as reclamações para si próprio e acredita fielmente que se todos fizessem isso viveram em uma sociedade bem mais tranquila. Detesta confusão e tem um senso de justiça muito forte, o único momento em que você vai ve-lo realmente irritado é quando ele vê algo injusto acontecendo e nesses momentos e bom que a pessoa que o irritou nao esteja em seu alcance.



Apesar de sempre parecer meio aéreo e distante ele é um amigo muito fiel e não se importa de fazer das "tripas coração" para ajudar as pessoas com quem realmente se importa. Tambem é muito tímido e acaba ficando vermelho com muita facilidade, principalmente se estiver sendo vitima de olhares ou cantadas.



Embora não goste de se meter na vida alheia, um de seus maiores defeito é sem duvidas sua curiosidade, quando ele se interessa por algo fica completamente obcecado e estuda por horas ate encontrar o que quer ou conseguir o que quer. Além disso ele é um péssimo perdedor, detesta ser desafiado para o começo de historia, mais uma vez que seja ele precisa ganhar, ou isso se torna um grande "tapa" diretamente no seu ego.


História:

Assim como a irmã mais nova, passou os primeiros anos de sua infância recebendo estudos em casa, tendo a mãe como uma brilhante professora. Mas ao contrario de Angel, acabou entrando para uma escola "normal" aos 9 anos, assim como na aula de natação e karatê. Sua rotina consistia em acordar, ir para a escola, fazer sua tarefas, ir para a natação, estudar, ir para o karatê, jogar/ler e dormir. Aos 13 anos ele se interessou pela língua grega e na busca de alguém capaz se ensina-lo conheceu Edgar, um estudioso fanático sobre a mitologia, que não apenas despertou o interesse do garoto sobre o assunto, como lhe ensinou a língua que ele tanto desejava atender, em troca o garoto havia lhe prometido o ajudar a encontrar-se com a deusa Afrodite, por quem o homem era apaixonado. Com a ajuda de sua mãe (por mais que Diana não fizesse ideia do que o filho estava planejando) e muita pesquisa, ele foi capaz de armar um encontro entre seu professor e a deusa, entretanto o resultado não sairá como esperado, a deusa se sentiu extremamente ofendida em ser apresentada a um misero humano e como punição ela matou o homem e jogou uma praga sobre o garoto, que após uma semana desacordado, acordou sem se lembrar de nada sobre o ocorrido. Ao completar 15 anos, finalmente ele e sua irmã foram inscritos na academia, por vontade de ambos. Foi nessa época também em que ele começou a escalar, primeiramente como um treinamento "em sala" e depois realmente como uma atividade prazerosa de lazer. Aos 16 anos, ele literalmente foi "atacado" por uma colega de classe em uma festa de turma, mais no dia seguinte, ela não se lembrava de nada que havia acontecido, isso se repetiu muitas vezes desde então. Quando a noticia do desaparecimento do Batman chegou, ele estava entediado, quase implorando para que algo novo acontecesse, embora nao fosse exatamente o que ele imaginava

Família:

Diana Prince


Jason se esforça muito para agradar a mãe, gosta da estar perto dela e mesmo não querendo, na maior parte das vezes ele tende a enxerga-la como um herói, ou um ídolo distante a qual ele quer um dia se comparar, o que o faz mesmo sem querer a se manter um pouco distante. Ele raramente a questiona e costuma abaixar a cabeça muito frequentemente. Ele a admira e a ama, mas não consegue realmente se aproximar.

Steve Trevor


É mais próximo do pai do que da mãe, por mais que também o veja com admiração, Steve lhe passa uma sensação mais "humana" com seu bom humor e piadinha e por isso para ele é mais fácil para ele criar uma relação de confiança com o homem, embora também não seja o tipo de filho que busca concelhos e se abre facilmente.

Angelina Prince


O que dizer sobre a relação deles? Bem, eles são irmãos, isso implica naturalmente algumas brigas bobas e uma forte amizade. Ele não gosta de invadir a vida e o espaço da irmã e também não é o maior fã de provoca-la, até porque sabe a personalidade forte da mais nova e prefere não irrita-la de mais, mas certamente a ama e não deixaria nunca de nada machuca-la.

Reação após descobrir sobre o desaparecimento do Batman: Em um primeiro momento ele não acreditou que aquilo fosse verdade, mais ao ver o desespero de Sebastian e de seus amigos ele provavelmente vai ser um dos primeiro a se oferecer para ajudar, com o que for e tentar encontra-lo.

Gostos:

- Ler.
- Escalar.
- Musica clássica.
- Nadar.
- Filmes de Heroes.
- Arte clássica.
- Video-game.
- RPG.
- Escrever,
- Investigar.
- Desenhos animados.
- Mitologias.
- "Ficar na sua".
- Paz.

Desgostos:

- Barulho.
- Confusão.
- Mal humor.
- Perder.
- Se envolver nos problemas alheios.
- Dançar.
- Lugares lotados.
- Que duvidem de si.
- Coisas muito doces.
- Lugares quentes.
- Chamar atenção.

Segredos: Ele foi amaldiçoado pela deusa Afrodite aos 13 anos, mas não se lembra do que aconteceu depois de encontrar a Deusa e ate hoje procura por Edgar, seu professor "desaparecido", sem fazer ideia de que ele esta morto.

Manias:

- Morder o lábio inferior quando esta pensando.
- Desviar os olhos ao conversar com alguém que não conhece.
- Mexer as pernas compulsivamente quando está muito animado.
- Apertar o próprio ombro, como se fosse massageá-lo quando esta irritado ou nervoso.


Medos:

- Palhaços.
- Insetos.
- Perder as pessoas que ama.
- Fogo.


Habilidades:

- Tem habilidade em karate e boxe.
- Além de inglês, ele é capaz de falar fluentemente grego.
- Tem experiencia em escalar.
- É um excelente nadador, podendo segurar a respiração por quase 2 minutos.
- É muito bom em descodificar coisas e descobrir senhas.

Poderes:

- Velocidade, força, reflexos, resistência, durabilidade, audição e regeneração sobre-humanas, herdados de sua mãe.

- Sedução, sendo essa uma maldição de deusa Afrodite.

Par: Que um, quem? Ainda não sei kkk

Relação com o par: Ele provavelmente iria ficar muito tímido perto de uma pessoa que gosta e provavelmente demoraria muito a ter coragem de demostrar seus verdadeiro sentimentos, mas uma vez que tomasse coragem para se aproximar, ele seria o tipo de pessoa carinhosa, que se importa e tentar estar sempre ali para o que sua pessoa amada desejar.

Relação com os outros heróis: Sua relação com eles não é bom, nem ruim, na verdade é quase uma relação de devoção a um ídolo, ele se inspira no que acha o ponto forte dos heróis, tenta aprender com suas historias e principalmente os respeita muito. Entretanto ele não é o maior fã de pessoas convencidas ou de bagunça, por isso evita os mais barulhentos e que gostam de chamar atenção, preferindo a companhia daqueles mais práticos e racionais. De todo modo ele é completamente contra a falta de educação e trata todos com cortesia e gentileza, não deixando seu pessoal atrapalhar em seu trabalho.

Coisas Favoritas:

Livros - As vantagens de ser invisível, Fallen, Harry Potter, Instrumentos Mortais, Amanhecer, Cronicas de Gelo e fogo, Sherlock.

Mangas - Kuroshitsuji, Bleach, BTOOM!

Jogos - Dead by daylight, The whiter, Dragon Age, Dark souls.

Filmes - Como eu era antes de você, Jogos vorazes, Harry Potter, Alice através do espelho, Heros, 300.

Séries - Sherlock, GOT, Eyewitnesses.

Músicas - Clássicas em geral, mais ele também de ouvir alguns pop's, dependendo de seu humor.

Comidas - Panquecas com nutella e morango, McChicken, batata frita, pizza.


Estilo:









Uniforme:



Algo mais:


Ele é extremamente atrativo (devido a sua maldição), por mais que tente se disfarçar ou passar despercebido, ele chama muita atenção, coisa que ele particularmente detesta.

Sempre que alguém tem algo "mais a serio" com ele, a pessoa simplesmente parece nao se lembrar no dia seguinte.

Quando esta vestido em seus trajes de heroi, ele parece mais confiante e confortável com si mesmo, além de apenas nesses momentos usar seu "poder" de sedução realmente como uma vantagem.







Nome: Lucca Hector Hol

Apelidos: Hec, Lu, Luke

Alcunha: HawkBoy (Garoto Gavião)

Idade: 16 anos

Aniversário: 09/11/2001 - Escorpião

Orientação Bissexual

Aparência: Cameron Monaghan

Lucca tem cabelos curtos e lisos, geralmente penteados para trás e em um tom ruivo natural. Seus olhos tem um bonito tom verde intenso, que de modo algum poderiam ser confundido com os azuis do pai,chegando a parecem ate mais intenso que os da própria mãe.



Agora, se ele tem os cabelos e olhos de sua mãe, por outro lado herdou os traços firmes e o rosto quadrático de seu pai, assim como o tipo de corpo, largo e alto, por mais que atualmente não seja tão definido como o de seu pai era (devido a da sua pouca idade do garoto).



Tendo assim por volta dos 1,75 de altura, ombros largos, corpo com músculos sutilmente definidos e por volta dos 73 quilos. Além disso, em suas costas estão duas grandes asas semelhante a de anjos, uma característica Thangariana.




Personalidade:

Para quem "vê de fora" ele aparenta ser uma pessoa muito tranquila e no minimo agradável com sua lábia e palavras espertas, porém também sempre fazendo o tipo misteriosos, nunca respondendo as mais importantes perguntas, deixando suas frases no ar, como se não houvesse a necessidade de completa-las. Ele é aquela pessoa que não se importa em ser notado, mas que fala como quer, na hora que quer e tem como um peculiar hobbie de provocar sutilmente as pessoas por puro prazer, embora não seja o tipo que chegue longe de mais em suas brincadeiras.



Mas para quem realmente o conhece isso é um pouco diferente, ja que ele se mostra uma pessoa animada, bem humorada, ativa e saudavelmente obcecada em tudo o que faz. É um mal perdedor, um pervertido cheio de boas piadas, um observador nato, um verdadeiro "idiota", impaciente de mais para sentar por mais do que 7 minutos e ler um bom livro, mas daquele tipo de pessoa que facilmente se adapta a qualquer situação e é muito bom em esportes.



Embora seja mascarado por toda a sua atitude bem humorada, ele é uma pessoa realmente seria, levando principalmente seu "trabalho" com cuidado e cautela, assim como sua relação com sua avo. Muitas vezes esconde seus sentimentos e tenta a todo custo não preocupar os outros, por mais que não esteja bem ou com problemas. Sempre está lá por quem ama e nunca desiste do que quer, não ate conseguir.


História:Quando Lucca nasceu os seus pais não estavam mais juntos, sua mãe (a segunda Mulher gavião) havia acabado de retornar para seu planeta natal (Thanagar) quando descobriu que estava gravida, deixando seu posto na Liga da justiça e como embaixadora de Thangar na Terra. Entretanto o planeta estava em guerra e por isso, aos 4 anos ele foi enviado para a terra para morar com seu pai (o terceiro Gavião negro), que apenas ficou com ele ate seus 7 anos, pois logo em seguida ele também retornou a seu planeta natal e se fundiu a Carter e Shayera para formar o Deus- Gavião, que mais tarde acabou enlouquecendo e morrendo. Com a ausência dos pais e o fim da guerra, ele teria que retornar a Thanagar, onde poderia viver com seus avos maternos, entretanto com a intervenção da Liga, ele pode permanecer na terra, sobre os cuidados da avo paterna (Naomi Carter) e ao adquirir a idade certar entrar para a academia de Gothan para ser devidamente treinado, ja que na infância não havia recebido nenhum treinamento de luta ou uso de armas. Mesmo sem a experiencia ele parecia ter herdado a genética forte de seus pais, pois aprendia muito rapidamente todo tipo de luta, além de ter muito talento com armas brancas, por outro lado nunca foi considerado um dos mais expertos devido a sua aversão pelos estudos e continuar horas de leitura.

Família:

Shayera e Katar Hol


Apesar de tudo ele não se lembra de muitas coisas sobre seus pais, mas não é capaz de odiá-los ou sentir algum remoço pela escolha que eles fizeram, respeita a memoria deles, são como uma fonte de inspiração, tão grande que fizeram ele querer tornar-se um embaixador como eles foram.Por isso se irritaria se ouvisse alguém tentando manchar a memoria deles ou quando questionam a decisão de deixarem seu filho para trás para tentar salvar o planeta natal deles.

Naomi Carter



Sua avo é o tipo doce,gentil e inteligente, por isso Lucca acha impossível que alguém não se dê bem com ela. Ele simplesmente não consegue engana-la e por mais que agora não seja mais "responsabilidade" da senhorinha ele não perde a oportunidade de ir vê-la. Tem muito medo de que algum dia algo aconteça com ele e ele não esteja perto para socorre-la, por mais que saiba que sua avo é esperta. Quando estão juntos eles estão sempre brincando um com o outro, raramente se levam a serio ou discutem por algo, sua avo ama acariciar as asas do do neto e sempre lhe diz que não importa o que ele faça, ele sempre se parece com um anjo.

Reação após descobrir sobre o desaparecimento do Batman: Ele realmente não vai levar aquilo a serio de primeira. Por favor, é o Batman! Mas assim que notar que se trata da verdade ele provavelmente temeria não apenas pelo professor como também pelo restante da liga, provavelmente a primeira coisa que faria é buscar o concelho de alguém confiável sobre como proceder.

Gostos:

- Voar.
- Dias ensolarados.
- Sorvete.
- Lugares cheios.
- Lutar.
- Esportes.
- Provocar as pessoas.
- Estar certo.
- Brincadeiras "de mal gosto".
- Tocar nas pessoas enquanto fala.
- Que acariciem suas asas.
- Estar em casa.
- Comprar coisas inúteis.
- Defender as pessoas que ama.

Desgostos:

- Estar sozinho.
- Frio.
- Ter que esconder suas asas.
- Perder.
- Magoar os outros.
- Perder a paciência.
- Estudar.
- Pessoas "sem graça".
- Sopa.
- Ser menosprezado.
- Que falem de seus pais.
- Não ser tratado como um alienígena/ mostro.
- Situações constrangedoras.
- Discutir com sua avo.

Segredos: Embora ele se esforce para não sofrer com a ausência da presença dos pais, perder ambos tão jovem o fez ter uma verdadeira baixa alto estima, ele sempre tem a sensação de que as pessoas vão deixa-lo a qualquer momento e isso o deixa inseguro, principalmente com amizade e relacionamentos.

Manias:Roer as unhas quando nervoso, ser extremamente observador com tudo e rir em momentos desnecessários (por exemplo: quando não acredita em algo).

Vícios: Cheiros, ele literalmente é obcecado por cheiros bons, como diferente tipos de perfume ou pessoas que cheiram bem.

Medos:
- Perder sua avo, já que ela é a unica pessoa que "sobrou" de sua família e a unica com quem ele sempre pode contar.
- Não se tornar alguém "digno" de ser filho de seus pais.
- Ser obrigado a voltar para Thanagar.

Habilidades:

- Perícia em Combate Armado (armas brancas) e Desarmado.
- Lingua Thanagariana e inglês fluente.
- Alta habilidade manual.

Poderes: Herdados de seus pais.

- Super força
- Voo (Asas)
- Sentidos Aguçados
- Velocidade
- Resistencia
- Imunidade á Magia

Par: Desculpa, mas eu também não sei >//< (tenho aquele medinho de sair perguntar quem quer seu meu par kkkk)

Relação com o par: Ele provavelmente vai ser um parceiro ciumento e um pouco possessivo. Não ao ponto de machucar a pessoa que gosta, mas ao ponto de ser um pouco chato e discutir por coisas desnecessárias, isso por causa do seu medo de ser deixado pelas pessoas que ama. Em compensação ele é aquela pessoa que faz tudo pela pessoa amada, que sempre se preocupa, nunca deixa a pessoa sozinha e se importa ate com os detalhes mais insignificantes, conquiste seu coração e ele será seu por inteiro. Ele também tem um certo ar pervertido, que fica ainda mais evidente para seu par.

Relação com os outros heróis: Se eles forem "de boas', porque ele seria diferente? Ele literalmente é aquela pessoa que trata as pessoas exatamente como é tratado, então se a pessoa é gentil, ele será gentil, agora se a pessoa é aquele tipo arrogante e desprezível, ele se quer vai olhar para ela, literalmente "tacando o foda-se" para esse. Entretanto, como tem um natureza observadora ele acaba criando simpatia pelas pessoas a seu redor, principalmente quando pode enxergar "os motivos" que regem o comportamento delas.

Coisas Favoritas:

-Filmes: É um fanático por animações, de todos os tipo, desde historia de princesas da Disney ate as mais violentas, mas tem um carinho pelas da pixar, como Divertida Mente e Monstros S.A .
- Séries: Ele não vê muitas series, mas suas favoritas é Sobrenatural e Sherlock
- Músicas: The Chainsmokers - Closer ft. Halsey ,The Weeknd - Starboy ft. Daft Punk, Andra - Why , Maroon 5 - Don't Wanna Know e Shawn Mendes - Treat You Better são as suas atuais favoritas.
-Comidas: Panquecas, Fried Chicken e Hambúrguer

Animal de Estimação:



Um Golden chamado "Luke". Lucca brinca que o cachorro tem a personalidade da avo, pois ambos são doceis e espertos, mas a avo colocou o nome do animal de Luke por dizer que ele sempre tem o olhar de um "cachorrinho abandonado" como o neto.


Estilo:









Uniforme:



- Excerto a parte das "garras", ele herdou o uniforme de seu pai.

Algo mais: Nops :3




Permalink Comentários (0)

Era uma vez - Ficha

Postado



Nome Completo: Thord Lief Bjorgman [de Arendelle]

Apelido: Thor

Idade: 19 anos

Gênero: Masculino

Sexualidade: Homossexual

Pais: Anna de Arendelle e Kristoff Bjorgman

Personalidade:

Digamos que talvez Hans tivesse sido um pai mais adequado para Thor, ou ao menos é isso que dizem as más línguas. Isso porque em um primeiro momento, Thor apresenta ser extremamente orgulhoso, prepotente, arrogante e metido, aquele tipo de pessoa que causa "ódio" a primeira vista em muitos e ainda abre um largo sorriso sarcástico como resposta. Entretanto, não se deixe enganar por essa aparência tão arrogante, ele não é assim com todos, digamos que é apenas um pouco seletivo. Com seus pais ele aprendeu a ser doce, agradável e gentil, o mesmo com sua tia, por quem tem muito respeito e isso segue para as demais pessoas próximas, sejam familiares ou amigos. Com eles ele é realmente um doce, muito diferente do que com as pessoas que acaba de conhecer, as pessoas precisam ganhar seu respeito e principalmente a sua confiança e apenas depois disso, ele se permite ser quem realmente é. E quem ele realmente é? Puxou o lado energético de sua mãe, uma vez que não para quieto nem mesmo por um segundo, literalmente conversando pelos cotovelos e sem o minimo senso se esta sendo mal educado ou não. Se você ver alguém rindo alto, ou dançando de modo aleatório, esse alguém é Thor, entretanto, ao contrario da mãe ele é uma pessoa bem desconfiada, sempre duvida de tudo e acredite ou não, ele pensa muito bem antes de agir, evitando ao máximo cair em alguma cilada.

Aparência: Cameron Monaghan

- Tem por volta dos 1,80 de altura , cabelos na cor cobre, lisos, geralmente jogados para trás durante o tempo em que esta preso, embora anteriormente fossem cuidadosamente penteado para lado,seus olhos são verdes,pele branca, porém levemente bronzeada pela luz solar e corpo "definido" embora não faça o estilo "monstro".







Gosta:

- De sua família
- De seus amigos
- Ser respeitado
- Pessoas sinceras
- Brincadeiras de mal gosto
- Infernizar a vida alheia
- Apostas
- Cavalos e Renas
- Seu reino natal
- Brincar na neve
- Agitação
- Estar perto de quem gosta
- Pratos quentes
- Vermelho
- Conhecer novos lugares (e explora-los)
- Piadas ruins
- Se sentir poderoso.
- Coroas.

Desgosta:

- Calor
- Pessoas ingenuas
- Bonecas
- Pessoas sem senso de humor
- Falsidade
- Corrupção
- Lugares vazios
- Silencio
- Tirar notas ruins
- Ficar sem dormir
- Andar de treno
- Ficar muito tempo no mesmo lugar
- Quem"ousa se meter com ele"
- Ficar irritado.

História:

Nascido no dia 10 de abril, no reino natal de sua mãe, Anna, ele sempre viveu com ela, seu pai e sua irmã gêmea nas propriedades de sua tia Elsa. Ele cresceu rodeado por pessoas carinhosas e por isso sempre foi uma criança muito ingênua e pura. Entretanto, certa vez, enquanto ele brincava com sua irmã na floresta próxima ao reino, acabou vendo a irmã ser levada por um homem, que depois descobriu ser Hans, que apos lhe entreter com alguns doces e seu sorriso gentil, levou a menina embora em deu cavalo. Apos perceber o que havia acontecido, Thor correu de volta para casa, desesperado, ele se sentia muito culpado por ter acreditado do homem e preferia que ele tivesse sido levado no lugar da menina. Seus pais, desesperados com o sumiço da filha, pediram ajuda a rainha Elsa e partiram em busca da garota, nesse meio tempo o menino ficando em casa, sendo cuidado pelo boneco de neve Olaf, que lhe contou tudo o que sua mãe e sua tia haviam passado por causa de Hans. Felizmente sua irmã foi recuperada com vida e Hans mais uma vez levado para a prisão, mais aquilo foi o suficiente para deixa-lo traumatizado ao ponto de não conversar com mais nenhum estranho por anos, o que depois de mais algum tempo acabou se tornando apenas um grande receio em se relacionar e por fim uma desconfiança forte o suficiente para faze-lo tratar mal aqueles em que não confia, quase que como em um sistema de defesa, ja que prometeu para si mesmo que nunca mais se deixaria ser enganado por ninguém.

Par: Ainda não sei \o/

Relação com par: Com o par ele vai ser tao doce e protetor quanto é com a irmã e com seus pais, aquele tipo de pessoa que sempre estará lá por você e se gabara para todos o quanto você é incrível e belo. Ele também vai adorar inferniza-lo, apenas para depois roubar um beijo e pedir para não ficar irritado e por fim, vai te arrastar para qualquer canto que ele for, principalmente para as boas festas e seus lugares favoritos.

Relação com outras pessoas: Isso ira depender muito da pessoa, se for uma pessoa que tem sua confiança, ou sua admiração, ele vai ser uma pessoa engraçada e peculiar, do tipo de adora encher o saco e não deixa ninguém que gosta de fora das conversas, um pouco fofoqueiro, entretanto um bom amigo, agora, se ele não gostar de você, por favor saia da frente, ele vai ser a pessoa mais implicante e insuportável que você teve o azar de conhecer, sempre com um "veneno escorrendo pelos lábios".

Tem algum irmão? Se sim como os/as (o/a) trata?

Tem uma irmã gêmea, uma menina chamada Idona. Sua irmã, ao contrario dele, é calma e bem dócil, tendo obviamente puxado o temperamento tranquilo de seu pai, embora tenha um excelente senso de humor. Eles se dão bem, apesar de serem bem diferentes e dificilmente brigam por algo. Thor sempre protege sua irmão e ela sempre lhe dá os puxões de orelha necessários.



Possui animal?

- Não ~



Permalink Comentários (0)

Ficha - Fuga Impossível

Postado



Cruciatus

➤ Nome completo: Patrick Thomas Jones

➤ Apelido na prisão: Trick (Que pode ser tanto o diminutivo de seu nome, como "truque" em inglês)

➤ Idade: 25

➤ Signo: Gêmeos

➤ Photoplayer:Cameron Monaghan



➤ Personalidade: Patrick é um tipo de pessoa no mínimo autentica. Fala de modo elegante, quando não tem modos algum, se irrita tão facilmente quanto se esquece que estava irritado, age tão por impulso quanto raciocina minunciosamente suas ações. Gosta de brincadeiras, vive pela diversão, tem sangue frio e odeia mentiras mais do que tudo. Não segue uma religião, se considera um rebelde sem causa e pode muitas vezes agir como uma criança minada quando não consegue o que quer. Odeia se sentir preso,não sabe ficar quieto, não tem nenhum remorso em ser sarcástico e não perderia a chance de matar alguém mesmo que so por diversão. Na maior parte do tempo parece apenas um idiota que faz tudo sem pensar e sem motivo, um engano, pois sua inteligência é de fato sua arma de peso, ele sabe atuar como ninguém, sabe ser o idiota e o esperto na mesma moeda, por isso é extremamente difícil engana-lo ou perceber quando é ele quem esta te manipulando.

Mostrar Spoiler: ➤ Aparência:









➤ Descrição: Tem por volta dos 1,78 de altura , cabelos na cor cobre, lisos, geralmente jogados para trás durante o tempo em que esta preso, embora anteriormente fossem cuidadosamente penteado para lado,seus olhos são verdes,pele branca, porém levemente bronzeada pela luz solar e corpo "definido" embora não faça o estilo "monstro".

➤ Como foi parar na cadeia: Foi denunciado por seu namorado para a policia devido o assassinato de seus pais.

➤ Vida fora da cadeia: Costumava ser um grande frequentador de festas, gosta de ouvi pessoas se divertindo, beber, esquecer que havia outro dia, simplesmente viver, como ele próprio diz. Entretanto era alguém de responsabilidade, fazia alguns bicos para conseguir dinheiro e dividia uma pequena casa com seu namorado, Kevin. Sua vida apenas não era completamente normal devido aos pequenos surtos de agressividade que as vezes possuía e pelo temperamento instável.

➤ Relação com ele mesmo: Por incrível que pareça, ele não tem se quer um problema com ele mesmo. É vaidoso, mas gosta da própria aparência, um pouco instável, mas acha isso divertido, além disso não é o tipo de pessoa que liga muito para o sofrimento ou que faz algo que não quer fazer.

➤ História: Patrick nasceu em uma família muito religiosa (protestante), dona não apenas de muitos templos em sua cidade natal, como também de uma empresa lucrativa na área de alimentação. Foi criado sobre as rédeas curtas de seu pai pastor,muito bem educado nas melhores escolas que o dinheiro podiam pagar, se não fosse contra as leis de Deus, ele podia ter tudo o que quisesse. O problema é que ele queria muito mais do que o dinheiro era capaz de pagar, queria o afeto de seus pais, queria poder ir as festas de seus amigos, queria passar ao menos um ano completo em casa e não trancafiado em um internato.
Mas ele foi capaz de manter sua raiva guardada por muitos anos, ate que descobrisse que sua "família perfeita" não passava de uma piada sem graça.
Primeiramente ele descobriu que seu pai desviava o dinheiro dos dízimos de suas igrejas e usava o dinheiro para financiar o trafico em sua cidade, depois descobriu que sua "querida e exemplar" irmã mais velha escondia a gravidez de seus pais e pretendia abortar o bebe e por fim, descobriu que sua mãe traia seu pai sob o teto dele com outra mulher, uma das serviçais da casa.
Aquilo foi mais que o suficiente para fazer Patrick se rebelar. No começo não passou de uma mudança brusca de comportamento, o menino sempre educado e que sempre abaixava a cabeça tornou-se um arrogante, teimoso que não abaixava o tom nem mesmo quando apanhava do pai, depois disso começou-se os xingamentos, as palavras sarcásticas, os surtos de raiva. Nesse ponto ele já havia sido expulso de 4 escolas, começou a se envolver com os mesmo traficantes a quem seu pai financiava a cometer pequenos furtos por pura diversão, começou a ingerir álcool e drogas, mas foi obrigado repentinamente a parar quando seu pai " se cansou de ser chantageado" e lhe enfiou em uma clínica de reabilitação.
Um ano se passou então e Patrick sentia um ódio crescente correr por suas veias, a cede de vingança tomando o lugar de todos os seus vícios anteriores.
Com 18,anos ele deixou a clinica, mas decidiu não voltar para a casa de seus pais. Sua irmã havia ido para a faculdade, sua mãe e seu pai perdoaram "um a ofensa do outro" e permitiram prosseguir a vida naquele lar cheio de mentiras para o qual Trick não voltaria.
Sua vida então foi regada a festa, bares, homens, mulheres, cigarro, bebida e as medicações que tomava para manter sua mente em ordem, ou apenas para esquecer que tinha uma mente as vezes.
Entretanto, um dia quando saia aos beijos com Kevin, seu atual namorado, acabou se deparando com seus pais, que acabavam de sair de um jantar de negócios. Thomas, seu pai, pirou ao perceber o "estado" de seu filho e como o bom velho preconceituoso que era ele tirou o cinto para dar uma "correção". Patrick se deixou apanhar em silencio, apenas pedindo a Kevin que fosse embora e não visse aquilo.
Apos a surra que o deixou muito machucado, Patrick olhou nós olhos de seu pai e perguntou se " já era o suficiente", o homem lhe disse que ele voltaria para casa com eles e para o sua geral, Patrick concordou, entrando silenciosamente no carro.
A viagem ate a casa da "família" do tranquila, mas não tão tranquila quando a noite, por naquele mesmo dia Patrick executou seus pais, os matando envenenados com o próprio jantar, o jovem observando os corpos caídos na mesa enquanto saboreava pela ultima vez o delicioso suflê feito por sua mãe.
No dia seguinte, ele simplesmente pegou suas coisas e deixou a casa, como se nunca estivesse estudo ali antes. Contou tudo a Kevin, que no primeiro momento achou ser apenas mais uma das piadas sem graça de seu namorado, mas que se assustou ao ver a noticia sobre a morte de seus sogros no jornal dois dias depois.
Kevin esperou que Patrick saísse para seu recém conquistado emprego como vendedor de perfume e discou o numero policia, a denuncia anônima sobre a morte do casal Jones sendo feita em meio a lagrimas de medo.
Naquela noite quando Patrick voltou, as viaturas já lhe esperavam na porta da casa que dividia com Kevin.
Em resumo, foi julgado e preso. Agora tenta lidar com a vida sendo novamente trancafiado.

➤ Hobbies:

- Frequentar festas.
- Jogar xadrez.
- Praticar tiro ao alvo.
- Fazer exercícios.
- Escrever poemas.
- Ler livros.
- Escutar musica.
- Dormir.
- Sair com os amigos.
- Arrumar a casa.

➤ Gostos:

- Cobertores quentes.
- Musicas agitadas.
- Programas de humor.
- Comida apimentada.
- Fazer pegadinhas.
- Confusão.
- Filmes de ação.
- Pesquisar sobre torturas medievais.
- Literatura.
- Jogos de logica.
- Suéter.
- Coturno.
- Uniformes policial.
- Pessoas bonitas.
- Sinceridade.
- Teatro.
- Dançar.

➤ Desgostos:

- Tomar sol.
- Dias de neve.
- Chá.
- Orações.
- Gente silenciosa.
- Musica clássica.
- Que lhe digam o que fazer.
- Estar preso.
- Cheiro de cigarro em outras pessoas.
- Mentirosos.
- Coisas "perfeitas".
- Ordem.
- Colchões duros .
- Jogos em time.
- Quando não entendem suas piadas.
- Ser ignorado.
- Sua família.

➤ Manias:

- Sempre que acorda dá um " carinhoso" bom dia dando beijo na bochecha de seus parceiros de cela, as vezes ate tentando faze-lo com os policiais.

- Arquea a sobrancelha e sorri sempre que consegue o que quer.

- Movimentar as mão exageradamente enquanto fala, principalmente quando quer explicar um raciocínio.

➤ Vícios:


Cigarro


Medicação

➤ Medos:

- Não poder ser ele mesmo.
- Morrer.
- Não saber o que fazer.
- Ser esquecido.

➤ Relação com os outros prisioneiros: É ou de amor, ou de ódio. Esta sempre fazendo brincadeiras de mal gosto e adora provocar seus companheiros na prisão, seja quem for, ele não é o tipo que tem medo de ninguém. Não fica um segundo quieto e muito menos perde tempo com brigas, preferindo apenas soltar seus comentários mais venenosos e sarcásticos como arma. Ele quer mais é ver o circulo pegar fogo e não hesitaria em criar confusão apenas por estar entediado.

➤ Vai querer fazer parte de alguma gangue, se sim por que: Provavelmente não, ele gosta de fazer media com todos e não se "isolar" com apenas um grupo de pessoas.

➤ Música que define sua vida.



➤ Quer par: Eu não acho tipo, muito importante que ele tenha um, mas sim, eu gostaria kkkl

➤ Relação com seu par: Provavelmente vai ser carinhoso com ele, do tipo de adora dar abraços apertados e certamente vai ser uma das poucas pessoas para quem seus surtos nunca serão direcionados, entretanto, provavelmente seu par vai sofrer mais que todos em suas mãos com suas brincadeiras idiotas.

➤ Mataria alguém: Sem pensar duas vezes.

➤ O quê pretende fazer da vida caso o plano de fuga tenha sucesso: Primeiramente ele quer deixar a prisão e encontrar Kevin e depois de mata-lo por ter tido a coragem de denuncia-lo, ele arrumaria um modo de fugir do país, para qualquer lugar onde com documentos falsos e uma vida nova, ele pudesse viver longe de todas as mentiras em sua vida.

➤ Tem alguém do lado de fora esperando por ele:


Sua sobrinha, ele não deixou que a irmã abortasse a garotinha, que foi dada a um orfanato, o grande sonho de Patrick era poder adota-la, por isso ele sempre a visitava e levava presentes.



Kevin também o espera sair, embora não imagine a cede de vingança de Parick.

➤ Tem consciência que seu personagem pode morrer: Toda ~

➤ Favoritou: Sim ~~

➤ Vai comentar em todos os capítulos: Yeps :3

➤ Algo mais: Nops ~~




Permalink Comentários (0)

Ficha - Suicide Squad

Postado



Tu és um Panda, chamado Mika \o/

1° Ficha – Antes de se tornar vilão


╋ Nome Completo: John Elliot Williams


╋ Significado dos nomes:

Jhon - "Deus é cheio de graça", "Deus perdoa".

Elliot - "O senhor é meu deus"

Williams - "Desejo", "Proteção"


╋ Apelido(s):

- Johnny - Ele acha estranho um apelido que deixa seu nome maior, mas não se importa muito quando o chamam assim.


╋ Nacionalidade: EUA


╋ Idade: 25 anos

╋ Sexo: Masculino


╋ Sexualidade:Bissexual


╋ Dia do nascimento: 06/12/1995


╋ Signo: Sagitário, com lua e ascendência em Ares

(P.s: Dessa vez sem mapa astral porque esse computador não ajuda >//<)


╋ Aparência: Cabelos em uma coloração tão escura que apenas pode ser chamado de negros, pele clara e geralmente excessivamente pálida, chegando a por vezes ter um aspecto doente, o que é reforçado pelo corpo naturalmente magro, o deixando com uma aparência um pouco "frágil", mesmo com seus 1,85 de altura. Seus olhos são um estranho tom azul, que por vezes tendem a parecerem acinzentados, como um céu nublado e outras vezes tão azuis como um oceano.
















╋ Personalidade: Em sua infância, costumava ser uma criança quieta, gentil e muito carinhosa, daquele tipo que não podia ver lagrimas nós olhos se alguém que logo se aproximava com palavras carinhosas e abraços apertados.Já na adolescência, digamos que ele não pode ser considerado a pessoa mais sociável e extrovertida de sua turma, ou de sua família, mas ele também não era o tipo "antissocial". Sempre uma pessoa divertida, com suas piadinhas sarcásticas e inteligentes, aproveitando bem de todos os momentos para faze-las, tendia também a ser uma pessoa "bobona" e atrapalhada, sempre divertindo a todos com seu jeito meio "palhaço da turma". Um grande fã de aventuras, nunca perdia uma festa, uma chance de um passeio ou de uma viagem, mas tudo para ele tinha que ser agora. Se queria beijar alguém, queria nesse momento, depois já era, passou, mudou. Nunca foi uma pessoa que ficava para baixo com facilidade e ele apenas se machucaria caso alguém realmente pisasse fundo na bola e nesse caso, sem meias palavras, era franco o suficiente para mandar a pessoa ir a merda e se ela insistisse tinha a boa vontade de se levantar e "dar na cara" ate que a pessoa deixasse de ser idiota. Franco, divertido, bem humorado, bobão, um pouco louco, impaciente, excessivamente precipitado e desprendido de tudo e todos ao seu redor. Alguém que apenas curte cada momento de sua vida sem pensar muito no amanha.

╋ História: Sua mãe engravidou cedo, aos 16 anos de idade e após descobrir que a namorada estava grávida, seu pai simplesmente decidiu que "não era hora de ter um filho" e insistiu para que ela abortasse. Felizmente para Jhonny, sua mãe era incapaz de fazer aquilo, ela já amava muito o bebe e se sentiu frustrada ao descobrir que o namorado não compartilhava desse amor, então eles terminaram. A parte mais difícil foi quando ela teve que contar a seus pais, ambos extremamente religiosos e conservadores a expulsaram de casa, dizendo que aceitar uma filha gravida aos dezesseis anos em casa era a mesma coisa de jogar "fora" o nome de toda a família. Desamparada a garota buscou um trabalho para conseguir alugar um lugar para ela e o filho, mas não conseguiu facilmente. Acabou contando com a ajuda de uma amiga, que ofereceu um quarto na própria casa para que ela ficasse ate conseguir onde morar, Depois de muita luta ela finalmente conseguiu um emprego como domestica em uma casa de família, o dono da casa a chamando para morar com eles durante o tempo que ela estivesse trabalhando ali. Ela sabia que não podia depender da casa da amiga e por isso se mudou para a casa dos patrões, eles haviam lhe dito que ela poderia ficar por ali ate ter o dinheiro suficiente para alugar um local para ambos, contando que o bebe não atrapalhasse seu trabalho.Embora não tivessem muito dinheiro, com o tempo eles tinham um lar e podiam viver pacificamente. Jhonny entrou para a escola, se tornando um "filho exemplo" para sua mãe, era o garotinho adorável que todos gostavam. Já aos 10 anos ele começou a passar os dias sozinho em casa, sua mãe havia conseguido dois empregos, o que lhes davam uma vida mais confortável, porem também contribuiu para o desenvolvimento do espirito livre e independente do garoto devido as ausências de sua mãe. Aos doze ele fez seus dois melhores amigos, Mark e Alec, os três tendo interesse pelo mesmo tipo de musica "macabra e sombria", assim como pelo magico e o místico, eles gostavam de brincar com fantasmas e quando Jhonny se tornou o "bobão" da turma, Mark se tornou o fanático leitor de ocultismo e Alec o "nerd" não "CDF", o que não os impediu de continuar com a amizade e mais tarde, já aos 15 anos formarem uma pequena banda, que ate mesmo viajava as cidades vizinhas para cantarem em algumas festas e eventos. Foi apenas em seu ultimo ano escolar que as coisas saíram do controle.

✖ Família ✖


▶ Nome: Amélia Alison Williams

▶ Idade: 41 anos

▶ Relacionamento com o personagem: Eles sempre tiveram apenas um ao outro, por isso um sempre foi a força do outro, uma relação realmente engraçada, onde não pareciam mãe e filho e sim amigos prontos para se ajudarem, mas sem perder o amor incondicional que sentiam, mesmo sem trocar muitas palavras.

▶ Aparência:



▶ Vivo ou morto:Viva, porem em coma.


2° Ficha – Vilão


╋ Identidade falsa: Jack Strange

- Essa se tornou sua assinatura, uma homenagem ao Jack estripador e uma menção a sua própria forma de se vestir e se portar.

╋ Aparência de vilão:Fez uma tatuagem em forma de risco, de um lado ao outro em seu rosto e seu corpo perdeu um pouco do aspecto extremamente magro.






╋ Habilidades:

- Tiro
- Imobilização de oponente
- Defesa pessoal simples
- Tocar guitarra
- Cantar
- Cozinhar
- Fazer vários tipos de "drink's".

╋ Poderes: Nenhum poder ~


╋ História de vilão: Em seu ultimo ano escolar, as coisas iam bem, ele se preparava para as provas e planejava com os amigos para qual faculdade eles entrariam . Entretanto em um dia aparentemente normal de aula, quando todos estavam em suas salas, esperando pelo professor, um grito preencheu os corredores vazios, sendo seguido pelo som de tiros. Depois desse momento, o caus se instalou por toda a escola, alunos gritavam, tentavam se esconder dos atiradores, mas a maioria caiam mortos nós pés uns dos outros, fazendo alguns deles tropeçarem e irem de encontro ao chão. E foi assim que, após tropeçar no corpo de uma ex colega de sala, ele acabou caindo no chão, o atirador entretanto já havia disparado contra ele e com sua queda, Mark foi atingido pelas costas, caindo morto a sua frente. Em desespero ele tentou se levantar e ajudar o amigo caído, mais logo ouviu um estrondo muito alto e tudo lentamente virar escuridão. Quando acordou, ele não sabia direito se estava sonhando, mas o quarto branco do hospital e a figura chorosa de sua mãe a seu lado lhe alertaram que tudo havia de fato acontecido. Ele não sabia como reagir, não sabia o que pensar, apenas sentia muita dor, um vazio imenso que se preencheu seu peito, tudo piorou com a noticia de que Alec, que não havia ido na aula naquele dia, se suicidou assim que descobriu que um de seus melhores amigos estava morto, como boa parte dos alunos de sua escola e o outro estava deitado em uma cama quase morto após levar um tiro na cabeça, mas com o passar dos dias Jhonny apenas sentia amargura, perdeu completamente a vontade de viver, as coisas não pareciam fazer nenhum sentido e ele só sentia muito ódio de quem havia arruinado o seu ultimo ano escolar, mas ele ainda tinha sua mãe, então se esforçava para sorrir e não deixar a raiva e a amargura lhe dominarem. Foi nessa época, enquanto ainda se recuperava do tiro que levou ( e que por pouco não lhe matou ou deixou alguma sequela incurável) que ele conheceu Juliet, uma enfermeira doce e dedicada, que dedicava um pouco do seu tempo para conversar com o garoto e faze-lo esquecer do incidente e da falta que seus amigos faziam, não demorou muito para que ele ficar completamente "fisgado" pela mulher, uma vez que ele sempre foi o tipo de pessoa que sofria por rápidas e alucinantes paixões intensas. O problemas era que a enfermeira não parece cultivar o mesmo sentimento pelo garoto e logo tentou se afastar dele, mas em um belo dia, ao entrar no quarto de seu paciente para lhe dar a dose diária de remédio, o mesmo lhe atacou e por pouco não levou aquilo "mais a fundo", sendo interrompidos pela mãe, que ficou enfurecida com o comportamento do filho e chegou a bater no paciente, mas implorou para que a enfermeira não o denunciasse para a policia. A enfermeira, que já duvidava da sanidade do garoto, preferiu acatar o pedido da mãe desesperada, mas repensou no caso mais tarde, lembrando-se que não estava colocando apenas sua vida como a de suas colegas de trabalho em jogo e por fim o denunciou. Jhonny deveria ter sido preso, mas como ainda estava se recuperando do tiro levado na cabeça e tinha o psicológico em jogo, acabou sendo levado para o asilo Arkham, onde estava impedido de fazer qualquer mal a outras pessoa e podia tratar seus problemas psicológicos, embora ele insistisse que não tinha nenhum. Cerca de dois anos apos o ocorrido na escola, agora aos 20 anos, ele se via novamente livre e retornou para a sala de aula, apenas para descobrir que era incapaz de conviver de novo em um ambiente escolar, apenas de entrar na sala ele começava a ter crises de panico e revivia os momentos anteriores. Desistindo de seu futuro acadêmico, acabou arrumando um emprego como barman em uma boate para ajudar sua mãe com as despesas de casa e entrou em uma especie de "curso" para se tornar segurança. Em uma dessas noites de trabalho, ele reencontrou Juliet e descobriu sem querer que ela trabalhava como "acompanhante de luxo" para conseguir dinheiro extra, aquilo foi o suficiente para deixa-lo enfurecido, sem acreditar que havia ficado mais de um ano preso em Arkham por tentar atacar a moça (coisa pela qual se arrependeu profundamente) e ela trabalhava vendendo o próprio corpo, foi então que, planejando se vingar, ele reuniu a quantidade de dinheiro necessária e se passando por um cliente, pediu pelos serviços da enfermeira, quando ela entrou no quarto e descobriu a verdadeira identidade de seu cliente ela lhe disse que não faria o serviço e que chamaria a policia caso Jhonny tentasse algo, o garoto ficou ainda mais irritado e perguntou qual era o problema em fazer o serviço para ele se ele estava pagando, a mulher magoada lhe disse que o corpo era dela, e ela fazia o que quisesse com ele e que ela não queria mais ter que olhar para um garoto estranho como ele, aquilo sendo mais do que o suficiente para o fazer sair por completo do eixo, ele apenas retirou a arma que havia comprado para seu futuro trabalho como segurança e atirou na garota, que não teve chances de se defender. O sangue escorrendo pelo chão, a arma em sua mão e o corpo caído o fizerem surtar, lembrando-se mais uma vez do dia da chacina em sua escola e em desespero ele ligou para sua mãe, lhe contando o ocorrido, a mulher desesperada correu até o filho e em panico pelo momento, o ajudou a "se livrar" do corpo da enfermeira, mas ela não conseguia se perdoar pelo que tinha feito. Já Jhonny, tinha dado adeus a seu bom senso e depois disso passou a perseguir garotas de programa, sem de fato chegar a matar nenhuma, até que, em um dia após um consumo excessivo de álcool, ele acabou contando o que fez a Juliet a uma deles e depois, teve que mata-la, com medo que ela espalhasse o ocorrido, dessa vez matou a garota asfixiada com um travesseiro. A adrenalina causada por aquela sensação o faziam se sentir novamente vivo, como nas épocas de aventura escolares e foi assim que pela primeira fez ele assinou seu "novo nome" no corpo de sua vitima, "Jack Strange". Ele mais uma vez se livrou do corpo, dessa vez sem o conhecimento de sua mãe, o problema e que os assassinatos continuaram e como esperado para alguém tão descuidado como ele ao realizar os crime, a policia não demorou a encontra-lo e prende-lo. Sua mãe, que não se perdoava por ter ajudo o filho com Juliet, entrou em desespero com a prisão do garoto e em uma tentativa de se "punir" por tudo o que havia acontecido, pulou de um prédio. A queda não foi o suficiente para mata-la, mas o suficiente para deixa-la em coma.

╋ Personalidade de Vilão: Se antes ele fazia as coisas de modo inconsequente e sem pensar nós resultados, agora ele mais se parece com um trem desgovernado, passando por cima de tudo e todos para alcançar o que deseja, vive em função da sua vontade de sentir mais uma vez a adrenalina de matar suas vitimas, sua forma favorita sendo deixa-las morrerem asfixiadas lentamente. Extremamente sem noção, o tipo de pessoa que fala pelos cotovelos e adora fazer alguma piadinha idiota, as vezes ele se perde nas próprias lembranças e geralmente fica em estado de choque quando isso acontece, tende a gostar de provocar as pessoas apenas para testar o limite delas e não sabe quando é a hora de "esperar", fazendo as coisas quando quer e no momento que quer, depois já era, passou. A unica coisa que ainda resta de seu antigo "eu" é a melancolia e saudade por seus amigos mortos e a culpa que sente pelo estado da mãe. Ele não necessariamente gosta de ser um vilão, ou do que se tornou, mas ama o sentimento de liberdade e adrenalina que isso trás.

╋ Roupa de vilão:







╋ Armas:



- Sua arma favorita, adora usa-la para asfixiar suas vitimas, comprou em uma loja especializada em construção.



- Comprou em uma loja, para seu "treinamento" como segurança.



- Comprou quando ainda era adolescente, do pai de seu amigo Alec.


Informações


╋ Gostos:

- Rock
- Bebidas alcoólicas
- Programas de televisão
- Jogos antigos
- Quadrinhos
- Preto
- Viagens
- Aventuras
- Asfixiar pessoas
- Sua mãe

╋ Desgostos:

- Prostitutas
- Tiroteios
- Pessoas "certinhas"
- Falsidade
- Escolas
- Hospitais (principalmente se forem psiquiátricos)
- Desanimação
- Silencio
- Ficar preso
- Receber ordens
- Se sujar de sangue
- Que riam da dele e não com ele
- Soldados

╋ Manias:

- Passar a mão pelos cabelos para joga-los para trás
- Arquear as sobrancelhas sempre que duvida de algo
- Fazer comentários sarcásticos apenas para provocar os outros
- Dormir de olhos abertos

╋ Medos:

- Perder sua mãe
- Nunca mais conseguir deixar seu vicio de matar pessoas de lado
- Voltar para Arkhan
- Coringa, ele realmente tem medo do palhaço louco e todos os seus seguidos que atiram para todos os lados.


╋ Objeto valioso: Por alguma ironia do destino seu objeto mais valioso é uma guitarra "do Batman", o ultimo presente que ganhou de seus melhores amigos, antes de tudo acontecer.




╋ Extras da aparência:






╋ Alguma meta de vida: Seu real sonho é conseguir voltar no tempo, para o dia em que sua escola foi ataca e assim pode salvar seus amigos e sua própria sanidade, mas sabendo que isso é impossível, ele apenas espera poder conseguir o perdão de sua mãe algum dia.

╋ Par:


( ) Escolherei eu mesmo
( ) Criarei o par do meu personagem
(X) Quero que a autora escolha por mim

- O que ele procura nas pessoas?Audácia, loucura e principalmente iniciativa, ele tem uma certa paixão por movimentos e pessoas ativas, assim como um certo repudio a pessoas muito "certinhas" e "soldados" que apenas seguem ordens em silêncio.

╋ Música do personagem:




╋ Frase que seu personagem sempre diz ou interpreta em sua vida: "O que? Eu nem sei se vou estar vivo amanha!"


╋ Algo a mais:

- Sua mãe escolheu seu nome especificamente para que "deus lhe perdoasse", pois embora ela não quisesse admitir, seus pais conseguiram a fazer acreditar que ela era um monstro destinado ao inferno por ter engravidado tão cedo.

- Aos 17 anos, ele e os amigos eram fanáticos pelo Batman, o que o fez ate mesmo fazer uma tatuagem em "homenagem" ao morcego.


╋ Sabe que posso matar seu personagem se preciso, não sabe: Yeps :3

╋ Seu personagem será de minha autoria a partir dai, tem noção disso: Claro ~






1° Ficha – Antes de se tornar vilão


╋ Nome Completo: Angel Jamie Fournier


╋ Significado dos nomes:

Angel: Anjo, mensageiro
Jamie: “Aquele que vem do calcanhar”


╋ Nacionalidade: Francês(a)


╋ Idade: 26

╋ Gênero de Nascimento: Masculino

╋ Gênero: Gênero fluido


╋ Sexualidade: Assexual


╋ Dia do nascimento: 03/02/ 1994


╋ Signo: Aquário, com lua em câncer e ascendência em leão.


╋ Aparência: Sua aparência tende a parecer angelical, embora não seja nem de longe uma beleza comum. Pele pálida como um papel, cabelos descoloridos em um loiro platinado tão claro que tende a parecer branco, lábios geralmente sem cor e olhos expressivos em uma tonalidade castanha que contrasta brilhantemente com toda sua palidez. Por volta dos 1,60 de altura, corpo muito magro e de aparência quase frágil, sem se quer um músculo proeminente.

(Eu realmente não consegui nenhum gif, mas estou mandando mais de 1 video, então espero que compensar T-T)









[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=pAiy-_WQagE[youtube]





╋ Personalidade: Angel sempre foi uma criança calma e tranquila, do tipo que evitava entrar em conflito ou provocar as pessoas. Gostava de ficar em seu cantinho, lendo qualquer conto de fadas ou livro que lhe fosse entregue, preferindo ajudar suas “tias” a brincar com as demais crianças e desenhar a perder tempo saindo em passeios escolares ou qualquer coisa nesse sentido. Na verdade Angel tinha muito medo, sentia que não se encaixava em nenhum lugar, que não era como os outros e por isso preferia agradar as pessoas ou quando não pudesse fazer isso gostava de simplesmente nem mesmo ser percebido. Com seus amigos imaginários era uma pessoa divertida, dava risadas em momentos aleatórios e adorava criar diversos contos para contar a eles, com as suas “tias” também era sempre gentil e muito educado e com os seus “irmãos” simplesmente gostava de mostrar seus desenhos ou ler alguma historinha para todos na hora de dormir. Se divertia ao som de uma boa musica e perdia por parte de seu tempo literalmente no mundo da lua, o que o fazia ser um péssimo aluno, por mais que fosse inteligente e aprendesse as coisas com facilidade. Angel parecia simplesmente nunca ter vivido no mundo real, por mais que se magoasse e chorasse com facilidade quando tentavam lhe trazer para esse.


╋ História: Angel nasceu em uma família muito pobre no interior da frança, devido as ressecções financeiras de seus pais, que também já tinham outros filho, ainda bebe foi dado a um orfanato em Paris. Não era difícil que vários pais estivessem interessados em adotar um bebe, mas por algum motivo nenhum deles se afeiçoava “ao menino” de olhos castanhos chorosos e pele pálida de mais, sendo assim acabou sendo criado entre as varias crianças mais velhas no orfanato onde foi deixado. Nunca se sentiu confortável ali, não lhe parecia um “lar”, lhe faltava o amor e carinho necessário para qualquer criança e nem mesmo as outras crianças do lugar pareciam gostar de si,”ele é esquisito”, era o que elas sempre diziam para as tias quando elas questionavam o porque de eles não brincarem com “o irmãozinho”. Devido a isso, Angel preferiu se isolar cada vez mais das demais crianças, até mesmo na escola ele não conseguia se adaptar, sentia-se um estranho, um alienígenas entre eles e foi então que ele começou a ler, aos seis anos de idade. No mundo dos livros ele encontrava seu consolo, sua inspiração, sua esperança para dias melhores, se imaginava nas historias e imaginava se algum dia poderia viver algo assim, sonhava acordado e depois chegaram seus “amigos imaginários”, muitos deles personagens de seus livros favoritos, finalmente a companhia que tento desejava para suas brincadeira antes tão solitárias. Aos 13 anos, já não tinha nenhum esperança de que algum dia conseguiria uma família, seus amigos imaginários já não lhe davam o suporte necessário e ele se tornou ainda mais quieto e solitário. Aos 15, descobriu que não era mesmo como os outros, detestava que lhe dissessem o que ele “devia ou não vestir”, se irritava por não poder usas as maquiagens que gostava e chorava de raiva quando as demais crianças do orfanato caçoavam de seus “estilo diferente” e lhe diziam que “ele era gay” ou “se parecia com uma garota”. Aos 18 anos finalmente pode sair daquele lugar que lhe fazia tão mal e a partir desse ponto seguir com sua vida. Não havia conseguido entrar para um faculdade devido a suas notas baixas e sem nenhum amparo, apenas pode se deixar levar pelos caminhos que a vida lhe guiassem. Aos 19, enquanto trabalhava em um pequeno Bistrô, um cliente lhe chamou para tentar na vida de modelo, lhe dizendo que sua beleza atípica era muito apreciada naquele ramo. O que poderia haver de ruim em tentar?



✖ Família ✖


▶ Desconhece a existência de seus familiares, nunca teve interesse em procura-los e tudo o que tem vindo deles é o seu sobrenome, o restante tendo sido escolhidos pelas funcionarias do orfanato que lhe acolheu. Se quer tinha uma certidão de nascimento ao ser deixado no orfanato e o que lhe colocaram como sobrenome estava escrito na manta em que ele estava enrolado.


2° Ficha – Vilão


╋ Identidade falsa: Poupée, ou em inglês Doll, assumiu esse nome porquê era assim que "seu mestre" o chamava.

╋ Aparência de vilão: Cortou os cabelos acima do ombro e as vezes, deixa a parte superior deles azul.





╋ Habilidades:

- Fazer facilmente e rapidamente qualquer tipo de calculo.
- Excelente estrategista.
- Habilidade de distração.
- Habilidade de sedução.
- Pode facilmente amenizar conflitos, usando para isso apenas seu carisma.
- Habilidade em se disfarçar.
- Resistencia a dor.
- Agilidade.
- Rapidez em armazenar uma grande quantidade de dados uma vez que os tenha lido.

╋ História de vilão: O homem no dia seguinte o buscou para que eles pudessem seguir ao lugar onde " faria seu teste", se passasse, Angel teria a chance de começar uma nova vida, com um trabalho de longe melhor e mais bem pago que o seu atual, mas o que mais lhe motivava a ir era a atenção que receberia, seria um rosto conhecido, todos o notariam e não seria mais visto como um estranho deslocado. Mas ao contrario do que pensava, o homem o guiou a uma cas, grande, bonita, certamente em um bairro nobre de paris. Ao entrar lá dentro, ao contrário do que esperava, não havia se quer uma pessoa além de um homem sentado em uma das poltronas da sala. O homem pediu para que fosse a sala do lado e vestisse a roupa que seria usada em seu teste e Angel o fez sem reclamar, era uma pessoa sonhadora e inocente, jamais veria maldade no que estava acontecendo, mesmo quando vestiu as roupas sexys que lhe foram pedidas ( foto acima da ficha) e voltou para a sala, apenas para ter o corpo medido por uma fita métrica pelo homem que estava sentado na sala, o outro que lhe trouxe ate ali tendo sumido enquanto se trocava. E então o homem lhe falou que tinha as medidas perfeitas para um modelo e que certamente se sairia bem, que era lindo, de uma forma especial e aquilo o agradava. O homem então pediu para que ele relaxasse e tomasse um copo de suco enquanto ele subia para buscar a câmera. Angel o fez, agradecendo a moça que lhe entregou o liquido, mas quando estava na metade do suco de morango, começou a se sentir tonto, tudo começou a girar e ao tentar se levantar acabou indo de encontro ao chão, foi então que seus amigos imaginários começaram a reaparecerem. Quando acordou, nunca soube quanto tempo depois, seus pulsos estavam presos por correntes pesadas, as pernas ainda sem força e ele não podia se levantar. Pouco tempo depois o homem voltou, sorrindo em diversão enquanto Angel se encolhia com medo. Não se lembra claramente das coisas após isso, mas as vezes ainda consegue sentir dor, o homem abusava de si com frequência, tanto sexualmente como fisicamente, descontando qualquer tipo de raiva que tinha sobre ele, ate mesmo chegando a dopa-lo quando ele surtava de raiva ou reclamava de dor, sua mente sempre tentando sempre buscar seus contos de fada para não surtar, mudando as próprias memorias, criando novas melhores e enchendo a sala vazia por um insistente "Lalala" que so sumia quando seus amigos imaginários voltavam para conversar ou quando o homem voltava. Com o tempo se acostumou com os constantes abusos, passando a ignora-los, fechando completamente em seu conto de fadas imaginário. Um certo dia, porem, o homem o soltou, voltando a dopa-lo e quando voltou a acordar tinha os longos cabelos loiros claros cortados, apenas um pano preto cobria seu corpo e estava em um lugar deserto. Foi nesse momento que surtou de vez. Seus amigos imaginários agora não saiam mais do seu lado, eles sempre sussurravam, lhe dizendo o que fazer, o que roubar, quem queria lhe machucar, quem ele devia machucar, que merecia morrer. Suas vítimas sempre foram aleatórias, desde crianças a policias, todos mortos estrangulados. Se tornou perigoso ao ponto de ser finalmente preso e depois jogado naquela maldita sala branca, preso por aquelas camisa de força apertada e passando a maior parte do tempo sob o efeito de drogas, cantarolando.

╋ Personalidade de Vilão: Não perdeu o sorriso gentil, o carisma e o jeito doce de falar, mas agora tagarela sem parar, começa a dançar em momentos aleatórios, adora cantarolar, dá pulinhos de felicidade e sempre fala sozinho respondendo seus "amigos" imaginários, a forma como age é semelhante a de uma verdadeira criança, gostando de fazer as coisas por pura diversão, nunca deixando de imaginar seu mundo dos sonhas, hora sendo o heroi, hora sendo a princesa, hora sendo o vilão. É completamente instável, infantil e certamente carente.

╋ Roupa de vilão:




╋ Armas:

Não possuía de fato uma "arma", a única coisa que usava para espancar suas vítimas era um pedaço de madeira, achado no lixo de alguma cada.




Informações


╋ Gostos:

- Desenhos animados
- Filmes
- Contos de fada
- Livros
- Parques de diversão
- Brinquedos
- Facas
- Algodão doce
- Desenhar
- Dançar
- Musica Pop
- Lugares bonitos
- Castelo
- Vestidos


╋ Desgostos:

- Pessoas "malvadas"
- Que lhe chamem de louco
- Quando batem em si
- Que tentem lhe encaixar em um padrão
- Silencio
- Armas elétricas
- Ficar sozinho
- Que tentem lhe trazer para a "realidade"
- Filmes de terror
- Lugares cheios
- Vegetais
- Correntes
- Quebrar a unha

╋ Manias:

- Dormir abraçando um travesseiro
- Conversar com seus amigos imaginários
- Cantarolar suas musicas preferidas sempre que elas estão em sua cabeça.
- Comer doces
- Se alongar

╋ Medos:

- Lugares fechados
- "Crianças malvadas"
- De ser acorrentado

╋ Objeto valioso:

[IMG]http://g01.a.alicdn.com/kf/HTB1U3xXLFXXXXbZXXXXq6xXFXXXR/Grande-globo-de-neve-bola-de-cristal-caixa-de-música-de-giro-flutuante-crianças-presentes-namorada.jpg[/IMG]

- É um globo de neve que toca uma musica no piano, Angel é apaixonado por esse globo pois acha o lugar dentro dele encantador, as vezes se imaginando lá dentro, como um dos bonecos. O roubou do bistrô onde trabalhava.


╋ Alguma meta de vida: Angel vive de sonhos, sempre sendo a pessoa que se perde em seu mundo particular, por isso, vive em função e tem como maior sonho conseguir alcançar esse mundo perfeito, que nunca mais o tirem de lá.

╋ Par:


( ) Escolherei eu mesmo
( ) Criarei o par do meu personagem
( ) Quero que a autora escolha por mim
(x) Não desejo um par, pois meu personagem não se interessa nem romanticamente, nem sexualmente por ninguém.

╋ Música do personagem:



╋ Frase que seu personagem sempre diz ou interpreta em sua vida: "Vejam so! Hoje teremos companhia para o lanche!"


╋ Algo a mais:

- Meu personagem tem genero fluido, o que significa que ele se encaixa tanto no genero masculino quanto no feminino, usando roupas e agindo de acordo com ambos os gêneros. Angel prefere ser tratado de modo neutro, mas como isso não é possível no português, você pode se referir tanto como " ele" quanto "ela".

- Seus amigos imaginários se chamam Rose ( a francesa que é apaixonada por livros) , Drake ( o americano que gosta de jogos e esportes) e Anna ( a inglesa que ama chá e contos de fadas), Angel fala frequentemente com eles.


- Por sempre ter uma aparência frágil, delicada e atípica, ele sofria muito preconceito das demais crianças, mas realmente tentava ser gentil com elas, o que lhe deixou ainda mais magoado.


╋ Sabe que posso matar seu personagem se preciso, não sabe?
- Sim :3

╋ Seu personagem será de minha autoria a partir dai, tem noção disso?

- Sim ~

[


Permalink Comentários (2)

Ficha - Interativa - Suicide Squad

Postado



Eu diria que você me parece bastante exigente MUAHAHAH Mas ainda assim legal :3 (Seu Icon é um panda, como poderia não ser uma pessoa legal?)



1° Ficha – Antes de se tornar vilão


╋ Nome Completo: Brendon Ciaran O’ Brien


╋ Significado dos nomes:

Brendon = “princípe” ou “chefe”.
Ciaran = “negro como a noite”


╋ Apelido: Brendie


╋ Nacionalidade: Irlandês


╋ Idade: 19 anos


╋ Sexo: Masculino


╋ Sexualidade: Pansexual


╋ Dia do nascimento: 14/11/2001


╋ Signo: Escorpião (com ascendência em Aries e Lua em Escorpião)

Mostrar Spoiler: Mapa astral (Adoro essas coisas >//<):



╋ Aparência: Tem por volta dos 1,76 de altura, olhos claro, em uma tonalidade que parece sempre variar entre o azul e o esverdeado. Seus cabelos naturalmente tem um tom castanho e a pele uma tonalidade pálida como se espera de quem não vê frequentemente a luz do sol. Seu corpo é levemente definido, contendo músculos, porém não sendo “trincado” ou musculoso.








╋ Personalidade: Ele nunca foi uma pessoa de “muitas palavras” , pelo contrario, sempre teve um grande apreço pelos gestos, sendo um grande observador, em sua opinião, os gestos são mais verdadeiros.Não que isso necessariamente o tornasse uma pessoa paciente, na verdade, durante a infância, paciência era uma coisa que ele não tinha, a diferença é que no lugar de gritar ou xingar como as outras crianças, tudo o que ele fazia era abrir um pequeno sorriso e em seguida pular sobre você, com a real intenção de fazê-lo gritar de dor. Mas isso não era preocupante, apenas uma criança, certo? “Ele não sabe o que esta fazendo”. Entretanto, com o passar dos anos Brendon aprendeu a controlar melhor os seus impulsos, tornado-se, para todos os efeitos , uma pessoa equilibrada. Silencioso, observador, de gênio forte, inteligente, leal e até mesmo carismático. Tornou-se aquele tipo de amigo a quem você confia para contar um segredo e que sempre lhe guarda alguns comentários sarcásticos ou faz uma observação sobre coisas que ninguém notou, com divertimento. A verdade é que ele descobriu que tudo se torna mais simples quando todos gostam de você, é mais fácil manipula-las.Em resumo, um garoto aparentemente tranquilo, confiável e que gosta de brincaras “malvadas”, mesmo que essas não sejam mias do que piadas de mal gosto e veneno gratuito.


╋ História: Nasceu na cidade de Bella, no território irlandês, em uma família de ricos empresários do ramo tecnológico. Estudou nas melhores escolas de sua cidade, em casa, também sempre contanto com tudo o que desejava no quesito material. Ele literalmente nunca teve que “pedir duas vezes” por nada. Na infância, tinha um grande remorso de todo o tempo que estava distante de seu pai, e por isso adquiriu um comportamento introspectivo e até mesmo agressivo, o que o deixava longe de ter amigos ou qualquer tipo de relacionamento saudável com as outras crianças. Por muitas vezes seu pai sendo chamado até a escola para receber reclamação devido as constantes brigas do filho, porem ele insistia que era apenas uma fase de criança e que passaria logo. De fato, a “fase rebelde” não durou muito tempo, o garoto percebeu que além de atrapalhar seu pai com aquelas atitudes, ele apenas estava afastando todos de si.Decidido a mudar,começou a canalizar essa raiva em muitas outras coisa, esportes, jogos, o que fosse necessário para que ele começasse a pensar duas vezes antes de “atacar” alguém. Por fim, ele apenas sorria e ignorava seja lá o que estivesse o irritando, vezes ou outra preferindo soltar algum comentário malicioso ou sarcástico, constrangido a pessoa de modo efetivo. Já aos 15 anos, logo após entrar no “ensino medido”, seu pai veio a óbito. Após a morte de seu pai, sua guarda foi dada ao seu tio Kevin, uma vez que sua tia já estava casada e iria constituir uma família distante de sua terra natal. Brandon ainda estava muito sensível com a perda de seu pai, que considerava sua única família, então no primeiro momento ele apenas ficou feliz em poder se trancar por longos dias dentro do quarto de seu pai, tentando convencer a si mesmo de que aquilo não estava acontecendo. Foi apenas uma semana depois do ocorrido que ele saiu do quarto pela primeira vez e em uma conversa com o tio descobriu as novidades em sua vida, assim como descobriu o que de fato levou seu pai a óbito. Toda sua raiva contida por longos anos sendo liberada em um ataque de fúria que acabou quebrando completamente tudo feito em vidro na sua casa com apenas um único grito, esse também sendo responsável por uma significativa perda auditiva de seu tio, embora não tivesse causado nenhum dano ao garoto.



✖ Família ✖


▶ Nome: Rian O’Brien

▶ Idade: 40

▶ Relacionamento com o personagem: Embora pai e filho não tivessem tanto tempo juntos, devido ao trabalho e atividades escolares, o pouco tempo em que conviviam eram momentos extremamente importantes para os dois, em que aproveitavam para fazer todo e qualquer tipo de atividade juntos, desde cozinhar um café da manha ate ir a um jogo de futebol ou a um parque de diversões. Rian não conseguia ver defeitos em seus filho, muito pelo contrario, ele quase admirava o garoto pela força de vontade e as boas notas e o mesmo acontecia da parte do filho, que amava seu pai como nunca voltaria a amar alguém em sua vida.

▶ Aparência:


▶ Vivo ou morto: Morto. Seu pai foi morto por bandidos, em um suposto assalto a seu carro, na porta da empresa da família.

▶ Nome: Lana (O’Brien) McKelly

▶ Idade: 34 anos

▶ Relacionamento com o personagem: Embora também não sejam muito próximos (já que após se casar ela se mudou da sua cidade natal), a mulher é muito carinhosa com o sobrinho, sempre que tem a chance de encontra-lo, gostando de mima-lo com presentes e substituir um pouco a falta do pai para o garoto, o levando para passar alguns dias em sua casa, com a própria família.

▶ Aparência:


▶ Vivo ou morto: Viva.

▶ Nome: Kevin O’ Brien

▶ Idade: 37 anos

▶ Relacionamento com o personagem: Antes da morte do pai do garoto eles se davam bem, mas após conseguir a guarda do garoto o tio mudou com ele, não apenas por deixar de ter uma personalidade gentil e brincalhona, mas por se mostrar um verdadeiro “estudo” impaciente e controlador, capaz de fazer coisas terríveis. A partir desse momento Brandon o evita como evita a morte.

▶ Aparência:


▶ Vivo ou morto:Morto.

P.S: Você deve ter reparado que eu não acrescentei a mãe dele aqui.Isso porque na verdade porque ele nunca teve uma mãe, a progenitora dele é apenas uma amiga de seu pai, que “emprestou a barriga” para gerar o filho de seu amigo. O pai dele é assexual e aromantico e por isso nunca teve interesse nem por nenhuma mulher ou homem. Ele sempre foi pai solteiro.


2° Ficha – Vilão

╋ Identidade falsa: “O príncipe” , “The Prince”. Sua identidade é uma referencia a sua capacidade de manipulação, sua aparência bela e principalmente porque ele “se faz ser ouvido”.


╋ Aparência de vilão: A única mudança de fato significativa são as tatuagens feitas em sua prisão. Além disso, ele também costuma trocar constantemente de penteados, a cor dos cabelos, assim como usar piercing e alargadores, entretanto esses sendo trocados com algumas frequência, geralmente por necessidade de se “enturmar” com os demais.



╋ Habilidades:

- Velocidade: Embora não seja uma “Super velocidade”, ele é rápido, como um bom humano que passou bons anos praticando esportes e tem o físico em dia.
- Agilidade: Sua agilidade também não é considerada algo “inacreditável”, ele apenas sabe bem como utiliza-la.
- Percepção: Ele é essencialmente um observador, dificilmente algo vai passar despercebido pelos seus olhos.
- Manipulação: Gosta de brincar com as pessoas, de manipula-las e fazê-las acreditarem no que ele quer.
- Carisma: Um jovem bonito, com um sorriso charmoso e uma lábia invejável, certamente ninguém acreditaria facilmente que ele é um vilão.



╋ Poderes:

- Fonosinese: Capacidade de criar, controlar e absorver o som para distorcer ou imitar sons, frequências, replicar e criar explosões sônicas de proporções tão devastadoras quanto uma explosão atômica ou tão forte quanto um tsunami e muito mais.

╋ Como conseguiu os poderes: Ele foi um herdeiro completamente planejado por seu pai, que sempre sonhou em ter um filho, suas características foram escolhias a dedo por seu pai e pela medica, que além de ser a melhor amiga de seu pai também foi a sua progenitora. O que Rain não sabia era que Kira seria capaz de usar sua ingênua confiança para realmente fazer experiências genéticas no bebe, não apenas escolhendo as características desejadas para a aparência do filho, como também lhe dando as habilidades que so viria a descobrir muitos anos depois. Entretanto, ninguém além da própria medica sabia disso.


╋ História de vilão: Revoltado com o ocorrido, seu tio passou a chamar o garoto de “aberração”, o levando forçadamente a todo tipo de médicos, foi então que a doutora Kira entrou em sua vida, lhe explicando que aquilo se tratava de uma modificação genética, um poder “dado por deus”, que ele devia aprender a controlar. E assim ele passou a frequentar a casa da doutora, que parecia saber muito sobre tudo o que estava acontecendo em seu corpo. Até de mais. Ele ficou cada vez mais desconfiado e começou a investigar, não apenas Kira, como também as verdadeiras causas da morte de seu pai. Em dois anos ele descobriu duas coisas: Kira estava o usando como um “boneco de teste”, mesmo antes de seu nascimento e Kevin havia assassinado seu pai para colocar a mão na empresa da família. Isso foi o suficiente para desencadear toda a ira do garoto de agora 18 anos perdeu novamente o controle de seus poderes, destruindo o consultório de sua medica a mesma em um novo ataque de fúria. Depois disso, ele passou 6 meses isolado dentro da casa que costumada dividir com os pai, planejando uma forma de se vingar do seu tio. A vingança não vindo muito depois, dessa vez, no lugar de seus poderes ele usou as armas do pai, que encontrou ainda guardadas em sua antiga casa. 30 balas certeiras desfigurando o rosto do homem.

╋ Personalidade de Vilão: Sua sanidade na verdade sempre foi comprometida. Ele sempre teve uma personalidade controladora e na infância costumava ser extremamente agressivo com qualquer um que lhe provocasse. Com o tempo adquiriu a frieza e o equilíbrio, mas o instinto acabou falando mais forte. Foi apenas após ver o sangue do tio espalhado pelo chão da casa, e ter a sensação de poder ao ver a medica que lhe usou morta entre os escombros do que um dia havia sido seu consultório que ele percebeu o quanto amava aquilo. Ele amava causar dor, amava os gritos de desespero, amava poder fazer o que queria, quando queria, amava ser repeitado e visto com medo. Foi nesse momento que sua sanidade finalmente se foi. Agora ele havia se tornado um “monstro”, no melhor sentido da palavra. Sem família, sem amigos, sem sonhos, sem esperança, apenas movido por aquela sensação de se sentir poderoso, movido pela sensação de causar dor. Ele adora manipular, adora ver “o circulo pegando fogo”, criar discórdia, intrigas, isso o faz rir. É como se fosse uma grande divisão para si. Ele gosta de observar as pessoas, descobrir através de suas mentiras e hipocrisias e fazê-las chorar de dor e angustia.

╋ Roupa de vilão:






╋ Armas:

Seu canivete foi um presente de seu pai para ele, quando ele completou os seus 15 anos e as pistolas gêmeas forem encontradas na casa de seu pai.





Informações


╋ Gostos:

- Jogos eletrônicos
- Boxe
- Natação
- Atletismo
- Musica eletrônica
- Peças de teatro
-“Vagabundear” pela noite, em busca de bebida e companhia
- Causar dor
- Manipular as pessoas
- Psicologia
- Luxos
- Conseguir o que quer
- Jaquetas de couro
- Mudar a própria aparência
- Café expresso
- Dormir


╋ Desgostos:

- Pessoas irritantes
- Ser contrariado
- Que mintam para ele
- Perceber que esta sendo manipulado
- Que lhe acordem
- Não conseguir convencer alguém
- Que lhe digam o que fazer
- Docês
- Calor
- Dia dos pais
- Reconhecer que está errado
- Leviandade

╋ Manias:

- Rodar suas pistolas nos dedos.
- Assoviar quando está feliz
- Sorrir quanto chega a seu “limite de raiva”
- Maliciar tudo
- Observar tudo ao seu redor, principalmente as manias e ações dos outros
- Revirar os olhos toda vez que escuta “algo idiota”
- Esconder os lábios quando alguém consegue o fazer rir

╋ Medos:

- Ficar sozinho
- Que sua tia acabe ferida por sua causa (já que ela é a ultima pessoa com quem ele se importa de verdade)
- Lugares fechados
- Não conseguir o que quer
- Insetos
- Morrer


╋ Extras da aparência:


- http://ftape.com/model/wp-content/uploads/2012/04/Luke-Worrall-The-Model-Wall-FTAPE-03.jpg

- http://tse2.mm.bing.net/th?id=OIP.Mb26a76317edeef6365e4c3013b9d388bo0&w=200

- http://media.tumblr.com/tumblr_l9kaoiQtQr1qduywv.jpg


╋ Alguma meta de vida: Quando ele perdeu seu único ponto de felicidade, ele também considera que perdeu qualquer perspectiva de futuro e sonhos, entretanto, no fundo ele ainda deseja ser capaz de ter uma família de novo.

╋ Par:


( ) Escolherei eu mesmo
( ) Criarei o par do meu personagem
(x) Quero que a autora escolha por mim

P.S: Eu realmente não tenho uma “preferência”, mas acho que para combinar com a personalidade dele a pessoa tem que ser um pouco masoquista, ou ao menos ter força o suficiente para não deixar a personalidade controladora e sádica dele se tornar uma coisa muito pesada no relacionamento.


╋ Música do personagem:




╋ Frase que seu personagem sempre diz ou interpreta em sua vida: “Observe ao seu redor, você vai entender porque eu sou o príncipe.” , além disso, uma marca registrada sua é o característico sorriso que sempre da antes de matar alguém, olhando profundamente nos olhos da sua vitima.


╋ Algo a mais:

- Embora não seja o tipo de pessoa que tem sexo como algo primordial na sua vida, ele faz sexo por diversão e tem um comportamento extremamente sexual, chegando a roubar beijos ou sentar sobre o colo de suas vítimas, quando esta as torturando e antes de mata-las.

- Apos a morte do tio ele se escondeu nos escombros da casa de seu pai, mas como suas contas bancárias foram interditadas, já que ele foi dado como " desaparecido", ele começou a trabalhar com traficantes e depois como assassino de aluguel para conseguir dinheiro.

- Conseguiu influencia no mundo do crime através da sua capacidade de enganar e manipular as pessoas a seu redor.

- Ele não tem total controle de seus poderes de voz e pode facilmente perder o controle deles, principalmente quando esta irritado.

- Seu veiculo favorito é uma moto Harley Davidson ,2016, Softail Slim S Fat Custom Bike.




╋ Sabe que posso matar seu personagem se preciso, não sabe: Sim, estou ciente.

╋ Seu personagem será de minha autoria a partir dai, tem noção disso: Sim ~







1° Ficha – Antes de se tornar vilão

╋ Nome Verdadeiro: Project Y.2-2001M

╋ Nome Completo: Floyd Connell


╋ Significado dos nomes:

- Floyd: Desejo, vontade
- Y: referente ao gene modificado
- “2” : Indica que ele é o segundo feto fertilizado.
- 2001:Indica o ano de nascimento
-M = male: Sexo do projeto


╋ Nacionalidade: Irlandês


╋ Idade: 19

╋ Sexo: Masculino


╋ Sexualidade: Homossexual


╋ Dia do nascimento: 14/11/2001


╋ Signo: Escorpião, com ascendência em Ares e lua em escorpião.

Mostrar Spoiler: Mapa astral




╋ Aparência: Tem por volta dos 1,69 de altura, olhos azuis intensos, pele clara, quase leitosa. Seu corpo é magro, porem livre de marcas de músculos, tendo por volta dos 60 quilos. Seus cabelos tem naturalmente um tom castanho escuro, chegando vez ou outra parecerem negros de acordo com a luz.




╋ Personalidade: Ele nunca foi uma pessoa muito problemática. Tendo uma personalidade calma, inteligente, gentil e de poucas palavras e mais abraços e sorrisos doces. O tipo de pessoa que raramente reclamava de qualquer coisa. Tendendo a ser extremamente obediente, o que também lhe tornava uma pessoa ingênua e facilmente manipulável por quem quer que quisesse o fazer. Não conhecia o significado de maldade ou se quer o de rebeldia, mas conhecia o amor, dor e o medo. (Essa primeira parte não tem muitos detalhes, mas vai se explicar o porque na historia)


╋ História: Kira, sua mãe, uma jovem medica dona de uma popular clinica de fertilização in vito, obsecada por experimentos genéticos, se via próximo a conseguir uma grande oportunidade de doutorado com suas novas descobertas que poderiam geneticamente “melhorar” o corpo humano, entretanto, mas uma vez sua proposta para testes em fetos humanos haviam sido negada, pois todos reforçavam que seus experimentos “feriam os direitos humanos”. Indignada em ter que deixar o novo “incrível” projeto de lado, ela buscou meio “ilegais” de continuar com suas pesquisar, encontrando apoio de um financiador anônimo. Porém, para conseguir que o patrocinador acreditasse em seu trabalho, ela deveria fazer sua primeira experiência no prazo de 1 ano, enviando para ele o passo a passo desse processo. Um mês depois, enquanto ela ainda pensava em meio para conseguir uma mulher grávida, ou que tivesse vontade de engravidar e aceitasse o processo de modificação genética, um de seus grandes amigos, chamado Rian, entrou em contato com ela perguntando-lhe se ela não gostaria de ser sua “barriga de solidaria” e gerar seu filho. Kira rapidamente aceitou a proposta, que lhe viria a calhar muito bem. Todo o processo de fertilização foi feito e sem o conhecimento do amigo ela começou suas experiências com a genética dos fetos, já que dois dos óvulos em seu ventre foram fecundados. Já que Rian apenas desejava um filho, o segundo foi mantido em segredo pela medica, não sendo difícil esconder tudo do amigo devido a sua confiança cega nela. Quando os bebes nasceram, um deles foi entregado a Rian, que o criaria e o outro escondido pela doutora para acompanhar seu desenvolvimento, Kira o batizando de Floyd.
A criança cresceu dentro do laboratório da doutora, passando os dias em observação por ela e os outros responsáveis pelo projeto. Floyd então passou os dias sendo alvo de inúmeras experiências para aumentar suas capacidades, assim como escondido do mundo. Todo o seu mundo era seu quarto e os corredores do laboratório. As únicas pessoas com quem teve contato, além da própria mãe, sendo com Helena, uma enfermeira carinhosa responsável por cuidar do menino e lhe ensinar o básico que uma criança deveria saber e Seán, um dos médicos da equipe de Kira que se encantou com o garotinho e por vezes perdia algum tempo lhe contando historias e lhe ajudando a controlar seus poderes. E foi assim que ele cresceu, trancado dentro de um quarto, em um laboratório, até o dia em que tudo o que conhecia, literalmente caiu em ruínas sobre sua cabeça.



✖ Família ✖


▶ Nome: Kira Connell

▶ Idade: 42 anos

▶ Relacionamento com o personagem: Tirando durante as experiências, eles raramente se encontravam ou tinham a chance de conversar, porém a mulher, de uma forma torta e estranha, realmente amava o filho e fazia questão de demonstrar isso mostrando coisas novas ao garoto (suas experiências). Apesar de tudo, Floyd a amava bastante.

▶ Aparência:



▶ Vivo ou morto: Morta. Durante o ataque de um outro “projeto” geneticamente modificado ao laboratório.


2° Ficha – Vilão

╋ Identidade falsa: Sonic

╋ Habilidades:

-Fator cura: Se cura muito mais rápido que um humano normal.
- Agilidade: É bem ágil, embora não seja forte.
- Fácil assimilação: Ele aprende qualquer coisa muito rápido.
- Conhecimentos científico: Ele foi criado vivendo diariamente com experiências medicas e sabe bem como realiza-las, embora nunca tenha tentado.

- Manipulação de faca: É muito bom com facas.



╋ Poderes:

- Fonosinese: Capacidade de criar, controlar e absorver o som para distorcer ou imitar sons, frequências, replicar e criar explosões sônicas de proporções tão devastadoras quanto uma explosão atômica ou tão forte quanto um tsunami e muito mais.

- Fator Cura: Ele é capaz de rapidamente curar as próprias feridas, entretanto não é capaz de regenerar membro perdidos.

╋ Como conseguiu os poderes: Através de experiências genéticas realizadas em seu corpo pela própria mãe.

╋ História de vilão: Após o laboratório onde cresceu ter sido completamente destruído, ele não apenas perdeu seu lar, como também todas as pessoas que conhecia, isso porque Helena, Seán e sua mãe morreram durante o ataque ao laboratório. Ele próprio apenas acordou 3 dias, salvo dos graves ferimentos devido apenas a fator cura. Quando açodou, em um hospital, ele simplesmente entrou em desespero. Não sabia que, era, não sabia o que fazia ali, não conhecia nenhuma daquelas pessoas, nada daquele mundo. No começo conseguiram conter seus ataques com sedativos, mas um dia, quando já estava completamente recuperado, ele conseguiu usar seus poderes para escapar do hospital. A partir desse momento ele começou a conhecer o mundo ao seu redor. Sem dinheiro, família ou amigos ele começou a andar como um andarilho pelas ruas da cidade, até que foi encontrado por “John”, o “patrocinador” de sua mãe, um mafioso responsável pelo controle do trafico de drogas naquela região do país. Foi então que, manipulado por John, ele passou a realizar os “serviços sujos” para o mafioso, ganhando seu novo apelido “Sonic”, devido a seu controle sobre as ondas sonoras.





╋ Personalidade de Vilão: Após acordar e conhecer aquele mundo completamente diferente do que estava acostumado, ele ficou muito perdido. Começou a cometer pequenos furtos para sobreviver enquanto vivia nas ruas, fazendo as coisas sem saber que aquilo era errado. Ninguém lhe ensinou “o que era errado”, apenas haviam o ensinado a obedecer e agora que não havia ninguém para obedecer ele não tinha controle. Apenas fazendo as coisas pelo mais puro instinto de sobrevivência. Entretanto, após encontrar John ele acaba voltando a seu posto de origem, então apenas obedece as ordens do homem, sem hesitar, sem reclamar e sem opinar. Ele continua sendo calmo e no mínimo ingênuo, entretanto os sorrisos gentis deram lugar a um olhar vazio e a uma face inexpressiva, quase como um robô. Frio, sem emoções. Não que ele não as tenha de fato, ele apenas prefere esconde-la, não sabe lidar com elas, não sabe decifrar o que elas significam. Sua mente esta sempre em continuo caos e ele apenas tenta cumprir suas ordens sem uma grande reflexão sobre se aquilo é certo. Os únicos sentimento com que sabe lidar e identificar são tristeza (por ter pedido sua mãe e seus preciosos amigos), dor (que as constantes experiências lhe causavam) e amor (que sentia por sua mãe).

╋ Roupa de vilão:

- Ele não tem uma “roupa específica”, usando o que lhe for dado, entretanto existe o uniforme dado por John, quando ele realiza seus trabalhos.



Fora isso, usa roupas normais, como:




╋ Armas: Ele aprendeu a usar armas com o treinamento de Jhon e todas as suas armas foram dadas por ele.







Informações


╋ Gostos:
- Observar as pessoas.
- Aprender coisas novas.
- Fazer experimentos químicos.
- Ajudar John.
- Treinar seus podres.
- Assistir desenhos animados.
- Comer coisas diferentes e doces.
- Dias chuvosos.
- Neve.
- Sorverte.
- Conhecer novos lugares e pessoas.
- Desenhar.
- Escrever sobre tudo o que faz em seu diária, para organizar suas ideias.


╋ Desgostos:

- Ficar doente (embora raramente isso aconteça, devido ao seu fator de cura).
- Coisas que ele não entende.
- Ficar sozinho.
- Médicos.
- Dormir.
- Coisas amargas.
- Que suas vitimas supliquem para sobreviver.
- Agulhas.
- Não saber lidar com algo.
- Que lhe chamem de “ingênuo” ou “criança”.
- Que duvidem de seu potencial.
- Quando lhe chamam de “projeto”.

╋ Manias:
- Escrever tudo, para conseguir organizar suas ideias.
- Olhar as pessoas sempre nós olhos.
- Nunca responder a não ser que peçam.
- Levar o polegar aos lábios quando esta planejando algo.


╋ Medos:Agulhas, pessoas vestidas de branco e hospitais.


╋ Objeto valioso: Após seu lar ser destruído, a única lembrança que guarda de sua mãe é o colar que ela lhe deu no seu décimo aniversario. Na placa de metal esta escrito “Y.2-2001M” em um dos lados e no outro esta escrito “Floyd”.





╋ Alguma meta de vida: Descobrir quem atacou o laboratório onde estava e o porque. Seu maior sonho e conseguir entender como as relações e sentimentos funcionam.



╋ Par:


( ) Escolherei eu mesmo
( ) Criarei o par do meu personagem
(x) Quero que a autora escolha por mim.

P.s: Acho que essa pessoa teria que ser um pouco paciente, para saber lidar com a falta de conhecimento dele, mas fora isso, eu não tenho exigências :3

╋ Música do personagem:



╋ Frase que seu personagem sempre diz ou interpreta em sua vida: “Eu estive aqui.”, ele sempre diz isso como uma auto afirmação, para se lembrar que tudo aquilo não é apenas um sonho.




╋ Algo a mais:

- Ele e o Brendon são irmãos gêmeos, porém, um não faz ideia da existência do outro.

- Se gostar da ideia, posso fazer o John ter "dado" ele para a Amanda.


╋ Sabe que posso matar seu personagem se preciso, não sabe: Sim :3

╋ Seu personagem será de minha autoria a partir dai, tem noção disso:Tenho \o/





Permalink Comentários (3)

Ficha - Uma nova historia - Interativa

Postado



Nome: Jamie Michael Shin

Razões para o nome: Jaime é o diminutivo do nome de seu avo materno (James) e Michael uma referencia ao nome de seu avo paterno (Min Shin).

Apelido: Mikcy

Idade: 15 anos

Nacionalidade: Anglo coreano

Gênero: Masculino

Orientação sexual: Bissexual

Data e Local de nascimento: 31/10 – Busan (Coreia do Sul)

Onde mora atualmente: Manchester

Raça: Puro

Altura:1,76

Peso: 60

Personalidade: É uma pessoa aminada, sempre andando de um lado para o outro, conversando com as pessoas de forma indiscriminada. Extremamente competitivo, ele gosta de ganhar e gosta de estar no centro das atenções, mas não é o tipo de pessoa que trapacearia para conseguir chegar em seu objetivo, sendo justo de mais para isso. Muito carinhoso e excessivamente brincalhão, esta quase o tempo todo com um largo sorriso em lábios. Detesta ver seus amigos em problema e faz o possível para ajuda-los. Não é a pessoa mais inteligente do mundo, mas esta longe de ser um tapado, na verdade ele se considera "esperto", o tipo que "pega rápido" as coisas e usa apenas isso ao seu favor. Extremamente confiável, o tipo de pessoa que nunca contaria um segredo para outros e que certamente estará lá ao seu lado quando você precisar. É o tipo popular, mas não é arrogante, detesta pessoas que se gabam ou agem como se fossem superiores aos outros. Não é muito esforçado, mas não acredita que isso seja um defeito. Pode ser um pouco possessivo com aquilo que "considera seu", mas apenas gosta mesmo de cuidar das pessoas que ama. Uma vez que esteja irritado, ele não vai ser capaz de controlar seus impulsos e vai partir para cima.

História: Nasceu em Busan, uma cidade próxima a capital da Coreia do sul. Filho de uma mãe inglesa e um pai de origem coreana, ambos de nobres famílias de bruxos. Aos 9 anos, sua mãe lhe deu um irmão mais novo, porém o bebe era muito frágil e tinha que ser bem cuidado por todos, isso despertou uma certa inveja na criança pequena que entendia que todos que amava estavam “virando as costas” para ele por causa do pequeno, por isso não se afeiçoava muito ao bebezinho. Um dia, ao ser deixado apenas com os elfos e seu irmão em casa, ele realmente ficou muito irritado com o pequeno e acabou por levita-lo de seu berço e mesmo não tendo a intenção de machucar o irmão, quando tentou gritar pela ajuda de um dos elfos, o bebe caiu no chão e não sobreviveu aos ferimetos, devido a seu estado ainda muito frágil. Mesmo após isso, ele viveu ate os onze anos em sua grande casa na cidade coreana com seus pais e os elfos domésticos da família. Todos esperavam que ele fosse ser aceito pela escola japonesa de magia e bruxaria, onde seu pai ja trabalhava a alguns anos como professor, mas foi uma agradável surpresa para todos quando sua carta de Hogwarts chegou. Foi enviado então aos 11 anos para a escola, selecionado para a casa da Lufa-lufa e no terceiro ano entrou no time de quadribol de sua casa, continuou sua vida tranquilamente, se tornando uma pessoa muito mas aberta e compreensível com todos. Desde então mora na casa dos avos durante a maior parte do ano, apenas voltando para a casa dos pais durante o período de férias escolares.

É sociável?
- Sim, bastante.

Tem irmãos? Eles estudam com você?
- Choi JongIn – Meio irmão (por parte de pai) -17 anos
Não sabe da existência dele. Não que eles não se conheçam, são da mesma casa, o problema é que seu irmão foi adotado por uma família trouxa, após a morte de sua mãe verdadeira, uma mestiça, e criado como tal. Nem mesmo o pai deles sabe que tem um outro filho com seu antigo amor de escola, muito menos que ele estuda junto a Jaime em Hogwarts.
Aparência: https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/b2/56/79/b25679cdf7620cac51b2d49070904cd1.jpg

Como é seu relacionamento com seus pais e como eles te tratam?
- JongJin Shin - Pai - 36 anos - Professor em Mahoutokoro
Embora o pai passe a maior parte do ano dando aula em Mahoutokoro e igualmente o filho passe a maior parte do tempo em Hogwarts, eles se dão muito bem. Mesmo que o homem seja muito rigoroso, tradicionalista e exija sempre o melhor do filho, ele também é um pai dedicado, que se esforça para manter contato com o filho único e com a esposa.
Aparência: http://tong.visitkorea.or.kr/cms/resource_etc/37/915737_image2_1.jpg

- Evie Emma McMorgan - Mãe - 39 anos - Auror
Ele simplesmente não entende como mãe e filho podem não se dar bem. Sua mãe é sua maior confidente e quase um exemplo, ele acha a mulher inspiradora por sua força e autonomia. A relação deles é realmente muito boa, são proximos e certamente é dificil para ambos ficarem tanto tempo longe um do outro.
Aparência: http://www.tresmil400.mx/wp-content/uploads/2015/05/Sin-t%C3%ADtulo-2.jpg


Características:
-Photo player: Byun Baek Hyun
- Cor do cabelo: Castanho escuro (quase negros)
- Cor da pele: Branca
- Cor dos olhos: Azuis
- Cicatriz ou marca de nascença? Não ~
- Estrutura física: Magro e franzino, sem muitos músculos
- Foto:




Como se veste quando não está com o uniforme:
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/9e/97/28/9e972839b22efb5f05eeede5c83b5d96.jpg
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/4e/65/40/4e65400e9a67dc0f7b5f30de04330cd9.jpg
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/7c/67/71/7c67718f304d249972c0bc7da0be01ef.jpg
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/0e/f1/fa/0ef1fad7e986ac26e69fe75a4a6faa08.jpg
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/41/15/9c/41159c0a9ff6c50121a511af9dba3ada.jpg
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/3e/ac/5e/3eac5e877b72804cbbedd6816c8318e9.jpg

Traumas/ Medos/ Fobias: Como ele se sente responsável pela morte de seu irmão mais novo, tem muito medo de acabar machucando alguém de novo, de qualquer modo, seja emocional ou fisicamente e por isso literalmente entra em pânico quando alguém começa a chorar próximo a ele.

Melhores memórias/ Mais felizes: O dia em que, após chegar em casa, depois de seu primeiro ano em Hogwarts, seus pais lhe esperavam com um grande sorriso em lábios e seu bolo confeitado favorito. Aquelas foram as melhores férias que teve ao lado de sua família após o ocorrido com seu irmão.

Há eventos na infância que ainda o afetam? Quais?
Apenas a morte de seu irmão mais novo.

Hobbies: Ele adora dança e também tem uma grande paixão por canto e teatro, frequentando muitas peças e orquestras com seus pais. Também gosta de ler romances, escrever cartas, dormir, sair com seus amigos e familiares, poder comer feijoezinhos de todos os sabores com seus colegas no salão comunal, caminhar pelos campos da escola e se sentar em baixo de uma boa sombra para poder apreciar o lago enquanto faz seus deveres.

O que gosta e o que não gosta:Acordar cedo, ser obrigado a fazer algo que não quer, magoar os outros, pessoas que se sentem superiores as demais, preconceito, falta de respeito, lições de casa, tarefas muito extensa, aulas chatas, ficar muito tempo parado no mesmo lugar, falsidade.

Deseja par romântico?
- Sim ~

ESCOLAR:

Em que ano entrará em hogwarts: Sexto ano

Em qual casa você ficará?
- Lufa- lufa

Varinha: A varinha é feita de Alder, flexível, com 11, 5 polegadas e núcleo de coração de dragão.

Tem animal de estimação? Se sim, qual?
- Sim, um gato chamado Hades.



Com quais alunos que não são da mesma casa você se sente mais próximo?
- Provavelmente ele se daria bem com alunos de todas as casas, mas devido ao “estereótipo” de cada uma, tem uma tendência maior a gostar de grifinorios.

Qual matéria você mais gosta/é melhor?
- Transfiguração.

Qual matéria você menos gosta/é pior?
- Herbologia.

Casa que mais gosta/Casa que menos gosta?
- A casa que ele mais gosta é a Lufa-lufa (O que fazer? Tem orgulho da sua casa) e a que “menos gosta” é a Corvinal, acha eles estranhamento obsecados de mais em tudo o que fazem.

Opiniões do personagem sobre e como é em cada matéria:

-Poções: Ele não gosta, nem desgosta, na verdade depende muito do quando a poção que está sendo ensinada chame sua atenção.
-Feitiços:Ele ama feitiços, é sua segunda matéria favorita, a acha muito interessante e principalmente muito útil.
-História da Magia: Chato, não tanto quando herbologia, mas ainda assim é uma coisa que o faz pensar “porque estou estudando isso”, mas ainda assim ele tenta se empenhar.
-Defesa Contra as Artes das Trevas: Ele realmente gosta dela, mesmo não sendo a as favorita, como feitiços ele a acha muito útil.
-Herbologia: Ah, ele realmente não gosta de herbologia, ele simplesmente não consegue entender, é como se estivessem lhe falando grego.
-Transfiguração: Em sua opinião, a melhor matéria, não que ele seja a pessoa com o maior talento, mas é um grande fã de transfiguração e de animagos, pois mostra o quanto tudo é mutável e nada é aquilo que parece ser.

Matéria opcional?
(x ) Adivinhação
(x) Trato das Criaturas Mágicas
( ) Astronomia
( ) Estudo dos trouxas
( ) Runas Antigas
( ) Aritimância
( ) Nenhuma

- Quer ser monitor(a) de sua casa?
- Não ~

OFF:

Irá comentar em todos os capítulos? Sim, eu sempre comento :3
Vão mostrar muito amor para essa fic? Moça, amor é o que não me falta para mostrar kkkkk <3
Se não gostarem de algo vão me avisar? Eu admito que vou falar sutilmente...>//< Mas sim, vou dizer <3

FICHAS EXTRAS E OPCIONAIS:

Quadribol:
- Qual a sua vassoura? Nimbus 2001
- Qual a sua posição? Batedor
- Se não puder ficar nessa posição, qual outra escolheria? Goleiro
- Possui algum trauma em relação ao quadribol? Não
- É competitivo? Por mais que tente não ser, ele é.
- Aceita perder? Aceita, se for de forma justa.

LIDO <3


Permalink Comentários (0)