~Nataori

Nataori
Daddy's lil Monster
Nome: Luan
Status: Usuário Veterano
Sexo: Masculino
Localização: Uberlandia, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 14 de Novembro
Idade: 18
Cadastro:

Ficha - Interativa - Suicide Squad


Postado



Eu diria que você me parece bastante exigente MUAHAHAH Mas ainda assim legal :3 (Seu Icon é um panda, como poderia não ser uma pessoa legal?)



1° Ficha – Antes de se tornar vilão


╋ Nome Completo: Brendon Ciaran O’ Brien


╋ Significado dos nomes:

Brendon = “princípe” ou “chefe”.
Ciaran = “negro como a noite”


╋ Apelido: Brendie


╋ Nacionalidade: Irlandês


╋ Idade: 19 anos


╋ Sexo: Masculino


╋ Sexualidade: Pansexual


╋ Dia do nascimento: 14/11/2001


╋ Signo: Escorpião (com ascendência em Aries e Lua em Escorpião)

Mostrar Spoiler: Mapa astral (Adoro essas coisas >//<):



╋ Aparência: Tem por volta dos 1,76 de altura, olhos claro, em uma tonalidade que parece sempre variar entre o azul e o esverdeado. Seus cabelos naturalmente tem um tom castanho e a pele uma tonalidade pálida como se espera de quem não vê frequentemente a luz do sol. Seu corpo é levemente definido, contendo músculos, porém não sendo “trincado” ou musculoso.








╋ Personalidade: Ele nunca foi uma pessoa de “muitas palavras” , pelo contrario, sempre teve um grande apreço pelos gestos, sendo um grande observador, em sua opinião, os gestos são mais verdadeiros.Não que isso necessariamente o tornasse uma pessoa paciente, na verdade, durante a infância, paciência era uma coisa que ele não tinha, a diferença é que no lugar de gritar ou xingar como as outras crianças, tudo o que ele fazia era abrir um pequeno sorriso e em seguida pular sobre você, com a real intenção de fazê-lo gritar de dor. Mas isso não era preocupante, apenas uma criança, certo? “Ele não sabe o que esta fazendo”. Entretanto, com o passar dos anos Brendon aprendeu a controlar melhor os seus impulsos, tornado-se, para todos os efeitos , uma pessoa equilibrada. Silencioso, observador, de gênio forte, inteligente, leal e até mesmo carismático. Tornou-se aquele tipo de amigo a quem você confia para contar um segredo e que sempre lhe guarda alguns comentários sarcásticos ou faz uma observação sobre coisas que ninguém notou, com divertimento. A verdade é que ele descobriu que tudo se torna mais simples quando todos gostam de você, é mais fácil manipula-las.Em resumo, um garoto aparentemente tranquilo, confiável e que gosta de brincaras “malvadas”, mesmo que essas não sejam mias do que piadas de mal gosto e veneno gratuito.


╋ História: Nasceu na cidade de Bella, no território irlandês, em uma família de ricos empresários do ramo tecnológico. Estudou nas melhores escolas de sua cidade, em casa, também sempre contanto com tudo o que desejava no quesito material. Ele literalmente nunca teve que “pedir duas vezes” por nada. Na infância, tinha um grande remorso de todo o tempo que estava distante de seu pai, e por isso adquiriu um comportamento introspectivo e até mesmo agressivo, o que o deixava longe de ter amigos ou qualquer tipo de relacionamento saudável com as outras crianças. Por muitas vezes seu pai sendo chamado até a escola para receber reclamação devido as constantes brigas do filho, porem ele insistia que era apenas uma fase de criança e que passaria logo. De fato, a “fase rebelde” não durou muito tempo, o garoto percebeu que além de atrapalhar seu pai com aquelas atitudes, ele apenas estava afastando todos de si.Decidido a mudar,começou a canalizar essa raiva em muitas outras coisa, esportes, jogos, o que fosse necessário para que ele começasse a pensar duas vezes antes de “atacar” alguém. Por fim, ele apenas sorria e ignorava seja lá o que estivesse o irritando, vezes ou outra preferindo soltar algum comentário malicioso ou sarcástico, constrangido a pessoa de modo efetivo. Já aos 15 anos, logo após entrar no “ensino medido”, seu pai veio a óbito. Após a morte de seu pai, sua guarda foi dada ao seu tio Kevin, uma vez que sua tia já estava casada e iria constituir uma família distante de sua terra natal. Brandon ainda estava muito sensível com a perda de seu pai, que considerava sua única família, então no primeiro momento ele apenas ficou feliz em poder se trancar por longos dias dentro do quarto de seu pai, tentando convencer a si mesmo de que aquilo não estava acontecendo. Foi apenas uma semana depois do ocorrido que ele saiu do quarto pela primeira vez e em uma conversa com o tio descobriu as novidades em sua vida, assim como descobriu o que de fato levou seu pai a óbito. Toda sua raiva contida por longos anos sendo liberada em um ataque de fúria que acabou quebrando completamente tudo feito em vidro na sua casa com apenas um único grito, esse também sendo responsável por uma significativa perda auditiva de seu tio, embora não tivesse causado nenhum dano ao garoto.



✖ Família ✖


▶ Nome: Rian O’Brien

▶ Idade: 40

▶ Relacionamento com o personagem: Embora pai e filho não tivessem tanto tempo juntos, devido ao trabalho e atividades escolares, o pouco tempo em que conviviam eram momentos extremamente importantes para os dois, em que aproveitavam para fazer todo e qualquer tipo de atividade juntos, desde cozinhar um café da manha ate ir a um jogo de futebol ou a um parque de diversões. Rian não conseguia ver defeitos em seus filho, muito pelo contrario, ele quase admirava o garoto pela força de vontade e as boas notas e o mesmo acontecia da parte do filho, que amava seu pai como nunca voltaria a amar alguém em sua vida.

▶ Aparência:


▶ Vivo ou morto: Morto. Seu pai foi morto por bandidos, em um suposto assalto a seu carro, na porta da empresa da família.

▶ Nome: Lana (O’Brien) McKelly

▶ Idade: 34 anos

▶ Relacionamento com o personagem: Embora também não sejam muito próximos (já que após se casar ela se mudou da sua cidade natal), a mulher é muito carinhosa com o sobrinho, sempre que tem a chance de encontra-lo, gostando de mima-lo com presentes e substituir um pouco a falta do pai para o garoto, o levando para passar alguns dias em sua casa, com a própria família.

▶ Aparência:


▶ Vivo ou morto: Viva.

▶ Nome: Kevin O’ Brien

▶ Idade: 37 anos

▶ Relacionamento com o personagem: Antes da morte do pai do garoto eles se davam bem, mas após conseguir a guarda do garoto o tio mudou com ele, não apenas por deixar de ter uma personalidade gentil e brincalhona, mas por se mostrar um verdadeiro “estudo” impaciente e controlador, capaz de fazer coisas terríveis. A partir desse momento Brandon o evita como evita a morte.

▶ Aparência:


▶ Vivo ou morto:Morto.

P.S: Você deve ter reparado que eu não acrescentei a mãe dele aqui.Isso porque na verdade porque ele nunca teve uma mãe, a progenitora dele é apenas uma amiga de seu pai, que “emprestou a barriga” para gerar o filho de seu amigo. O pai dele é assexual e aromantico e por isso nunca teve interesse nem por nenhuma mulher ou homem. Ele sempre foi pai solteiro.


2° Ficha – Vilão

╋ Identidade falsa: “O príncipe” , “The Prince”. Sua identidade é uma referencia a sua capacidade de manipulação, sua aparência bela e principalmente porque ele “se faz ser ouvido”.


╋ Aparência de vilão: A única mudança de fato significativa são as tatuagens feitas em sua prisão. Além disso, ele também costuma trocar constantemente de penteados, a cor dos cabelos, assim como usar piercing e alargadores, entretanto esses sendo trocados com algumas frequência, geralmente por necessidade de se “enturmar” com os demais.



╋ Habilidades:

- Velocidade: Embora não seja uma “Super velocidade”, ele é rápido, como um bom humano que passou bons anos praticando esportes e tem o físico em dia.
- Agilidade: Sua agilidade também não é considerada algo “inacreditável”, ele apenas sabe bem como utiliza-la.
- Percepção: Ele é essencialmente um observador, dificilmente algo vai passar despercebido pelos seus olhos.
- Manipulação: Gosta de brincar com as pessoas, de manipula-las e fazê-las acreditarem no que ele quer.
- Carisma: Um jovem bonito, com um sorriso charmoso e uma lábia invejável, certamente ninguém acreditaria facilmente que ele é um vilão.



╋ Poderes:

- Fonosinese: Capacidade de criar, controlar e absorver o som para distorcer ou imitar sons, frequências, replicar e criar explosões sônicas de proporções tão devastadoras quanto uma explosão atômica ou tão forte quanto um tsunami e muito mais.

╋ Como conseguiu os poderes: Ele foi um herdeiro completamente planejado por seu pai, que sempre sonhou em ter um filho, suas características foram escolhias a dedo por seu pai e pela medica, que além de ser a melhor amiga de seu pai também foi a sua progenitora. O que Rain não sabia era que Kira seria capaz de usar sua ingênua confiança para realmente fazer experiências genéticas no bebe, não apenas escolhendo as características desejadas para a aparência do filho, como também lhe dando as habilidades que so viria a descobrir muitos anos depois. Entretanto, ninguém além da própria medica sabia disso.


╋ História de vilão: Revoltado com o ocorrido, seu tio passou a chamar o garoto de “aberração”, o levando forçadamente a todo tipo de médicos, foi então que a doutora Kira entrou em sua vida, lhe explicando que aquilo se tratava de uma modificação genética, um poder “dado por deus”, que ele devia aprender a controlar. E assim ele passou a frequentar a casa da doutora, que parecia saber muito sobre tudo o que estava acontecendo em seu corpo. Até de mais. Ele ficou cada vez mais desconfiado e começou a investigar, não apenas Kira, como também as verdadeiras causas da morte de seu pai. Em dois anos ele descobriu duas coisas: Kira estava o usando como um “boneco de teste”, mesmo antes de seu nascimento e Kevin havia assassinado seu pai para colocar a mão na empresa da família. Isso foi o suficiente para desencadear toda a ira do garoto de agora 18 anos perdeu novamente o controle de seus poderes, destruindo o consultório de sua medica a mesma em um novo ataque de fúria. Depois disso, ele passou 6 meses isolado dentro da casa que costumada dividir com os pai, planejando uma forma de se vingar do seu tio. A vingança não vindo muito depois, dessa vez, no lugar de seus poderes ele usou as armas do pai, que encontrou ainda guardadas em sua antiga casa. 30 balas certeiras desfigurando o rosto do homem.

╋ Personalidade de Vilão: Sua sanidade na verdade sempre foi comprometida. Ele sempre teve uma personalidade controladora e na infância costumava ser extremamente agressivo com qualquer um que lhe provocasse. Com o tempo adquiriu a frieza e o equilíbrio, mas o instinto acabou falando mais forte. Foi apenas após ver o sangue do tio espalhado pelo chão da casa, e ter a sensação de poder ao ver a medica que lhe usou morta entre os escombros do que um dia havia sido seu consultório que ele percebeu o quanto amava aquilo. Ele amava causar dor, amava os gritos de desespero, amava poder fazer o que queria, quando queria, amava ser repeitado e visto com medo. Foi nesse momento que sua sanidade finalmente se foi. Agora ele havia se tornado um “monstro”, no melhor sentido da palavra. Sem família, sem amigos, sem sonhos, sem esperança, apenas movido por aquela sensação de se sentir poderoso, movido pela sensação de causar dor. Ele adora manipular, adora ver “o circulo pegando fogo”, criar discórdia, intrigas, isso o faz rir. É como se fosse uma grande divisão para si. Ele gosta de observar as pessoas, descobrir através de suas mentiras e hipocrisias e fazê-las chorar de dor e angustia.

╋ Roupa de vilão:






╋ Armas:

Seu canivete foi um presente de seu pai para ele, quando ele completou os seus 15 anos e as pistolas gêmeas forem encontradas na casa de seu pai.





Informações


╋ Gostos:

- Jogos eletrônicos
- Boxe
- Natação
- Atletismo
- Musica eletrônica
- Peças de teatro
-“Vagabundear” pela noite, em busca de bebida e companhia
- Causar dor
- Manipular as pessoas
- Psicologia
- Luxos
- Conseguir o que quer
- Jaquetas de couro
- Mudar a própria aparência
- Café expresso
- Dormir


╋ Desgostos:

- Pessoas irritantes
- Ser contrariado
- Que mintam para ele
- Perceber que esta sendo manipulado
- Que lhe acordem
- Não conseguir convencer alguém
- Que lhe digam o que fazer
- Docês
- Calor
- Dia dos pais
- Reconhecer que está errado
- Leviandade

╋ Manias:

- Rodar suas pistolas nos dedos.
- Assoviar quando está feliz
- Sorrir quanto chega a seu “limite de raiva”
- Maliciar tudo
- Observar tudo ao seu redor, principalmente as manias e ações dos outros
- Revirar os olhos toda vez que escuta “algo idiota”
- Esconder os lábios quando alguém consegue o fazer rir

╋ Medos:

- Ficar sozinho
- Que sua tia acabe ferida por sua causa (já que ela é a ultima pessoa com quem ele se importa de verdade)
- Lugares fechados
- Não conseguir o que quer
- Insetos
- Morrer


╋ Extras da aparência:


- http://ftape.com/model/wp-content/uploads/2012/04/Luke-Worrall-The-Model-Wall-FTAPE-03.jpg

- http://tse2.mm.bing.net/th?id=OIP.Mb26a76317edeef6365e4c3013b9d388bo0&w=200

- http://media.tumblr.com/tumblr_l9kaoiQtQr1qduywv.jpg


╋ Alguma meta de vida: Quando ele perdeu seu único ponto de felicidade, ele também considera que perdeu qualquer perspectiva de futuro e sonhos, entretanto, no fundo ele ainda deseja ser capaz de ter uma família de novo.

╋ Par:


( ) Escolherei eu mesmo
( ) Criarei o par do meu personagem
(x) Quero que a autora escolha por mim

P.S: Eu realmente não tenho uma “preferência”, mas acho que para combinar com a personalidade dele a pessoa tem que ser um pouco masoquista, ou ao menos ter força o suficiente para não deixar a personalidade controladora e sádica dele se tornar uma coisa muito pesada no relacionamento.


╋ Música do personagem:




╋ Frase que seu personagem sempre diz ou interpreta em sua vida: “Observe ao seu redor, você vai entender porque eu sou o príncipe.” , além disso, uma marca registrada sua é o característico sorriso que sempre da antes de matar alguém, olhando profundamente nos olhos da sua vitima.


╋ Algo a mais:

- Embora não seja o tipo de pessoa que tem sexo como algo primordial na sua vida, ele faz sexo por diversão e tem um comportamento extremamente sexual, chegando a roubar beijos ou sentar sobre o colo de suas vítimas, quando esta as torturando e antes de mata-las.

- Apos a morte do tio ele se escondeu nos escombros da casa de seu pai, mas como suas contas bancárias foram interditadas, já que ele foi dado como " desaparecido", ele começou a trabalhar com traficantes e depois como assassino de aluguel para conseguir dinheiro.

- Conseguiu influencia no mundo do crime através da sua capacidade de enganar e manipular as pessoas a seu redor.

- Ele não tem total controle de seus poderes de voz e pode facilmente perder o controle deles, principalmente quando esta irritado.

- Seu veiculo favorito é uma moto Harley Davidson ,2016, Softail Slim S Fat Custom Bike.




╋ Sabe que posso matar seu personagem se preciso, não sabe: Sim, estou ciente.

╋ Seu personagem será de minha autoria a partir dai, tem noção disso: Sim ~







1° Ficha – Antes de se tornar vilão

╋ Nome Verdadeiro: Project Y.2-2001M

╋ Nome Completo: Floyd Connell


╋ Significado dos nomes:

- Floyd: Desejo, vontade
- Y: referente ao gene modificado
- “2” : Indica que ele é o segundo feto fertilizado.
- 2001:Indica o ano de nascimento
-M = male: Sexo do projeto


╋ Nacionalidade: Irlandês


╋ Idade: 19

╋ Sexo: Masculino


╋ Sexualidade: Homossexual


╋ Dia do nascimento: 14/11/2001


╋ Signo: Escorpião, com ascendência em Ares e lua em escorpião.

Mostrar Spoiler: Mapa astral




╋ Aparência: Tem por volta dos 1,69 de altura, olhos azuis intensos, pele clara, quase leitosa. Seu corpo é magro, porem livre de marcas de músculos, tendo por volta dos 60 quilos. Seus cabelos tem naturalmente um tom castanho escuro, chegando vez ou outra parecerem negros de acordo com a luz.




╋ Personalidade: Ele nunca foi uma pessoa muito problemática. Tendo uma personalidade calma, inteligente, gentil e de poucas palavras e mais abraços e sorrisos doces. O tipo de pessoa que raramente reclamava de qualquer coisa. Tendendo a ser extremamente obediente, o que também lhe tornava uma pessoa ingênua e facilmente manipulável por quem quer que quisesse o fazer. Não conhecia o significado de maldade ou se quer o de rebeldia, mas conhecia o amor, dor e o medo. (Essa primeira parte não tem muitos detalhes, mas vai se explicar o porque na historia)


╋ História: Kira, sua mãe, uma jovem medica dona de uma popular clinica de fertilização in vito, obsecada por experimentos genéticos, se via próximo a conseguir uma grande oportunidade de doutorado com suas novas descobertas que poderiam geneticamente “melhorar” o corpo humano, entretanto, mas uma vez sua proposta para testes em fetos humanos haviam sido negada, pois todos reforçavam que seus experimentos “feriam os direitos humanos”. Indignada em ter que deixar o novo “incrível” projeto de lado, ela buscou meio “ilegais” de continuar com suas pesquisar, encontrando apoio de um financiador anônimo. Porém, para conseguir que o patrocinador acreditasse em seu trabalho, ela deveria fazer sua primeira experiência no prazo de 1 ano, enviando para ele o passo a passo desse processo. Um mês depois, enquanto ela ainda pensava em meio para conseguir uma mulher grávida, ou que tivesse vontade de engravidar e aceitasse o processo de modificação genética, um de seus grandes amigos, chamado Rian, entrou em contato com ela perguntando-lhe se ela não gostaria de ser sua “barriga de solidaria” e gerar seu filho. Kira rapidamente aceitou a proposta, que lhe viria a calhar muito bem. Todo o processo de fertilização foi feito e sem o conhecimento do amigo ela começou suas experiências com a genética dos fetos, já que dois dos óvulos em seu ventre foram fecundados. Já que Rian apenas desejava um filho, o segundo foi mantido em segredo pela medica, não sendo difícil esconder tudo do amigo devido a sua confiança cega nela. Quando os bebes nasceram, um deles foi entregado a Rian, que o criaria e o outro escondido pela doutora para acompanhar seu desenvolvimento, Kira o batizando de Floyd.
A criança cresceu dentro do laboratório da doutora, passando os dias em observação por ela e os outros responsáveis pelo projeto. Floyd então passou os dias sendo alvo de inúmeras experiências para aumentar suas capacidades, assim como escondido do mundo. Todo o seu mundo era seu quarto e os corredores do laboratório. As únicas pessoas com quem teve contato, além da própria mãe, sendo com Helena, uma enfermeira carinhosa responsável por cuidar do menino e lhe ensinar o básico que uma criança deveria saber e Seán, um dos médicos da equipe de Kira que se encantou com o garotinho e por vezes perdia algum tempo lhe contando historias e lhe ajudando a controlar seus poderes. E foi assim que ele cresceu, trancado dentro de um quarto, em um laboratório, até o dia em que tudo o que conhecia, literalmente caiu em ruínas sobre sua cabeça.



✖ Família ✖


▶ Nome: Kira Connell

▶ Idade: 42 anos

▶ Relacionamento com o personagem: Tirando durante as experiências, eles raramente se encontravam ou tinham a chance de conversar, porém a mulher, de uma forma torta e estranha, realmente amava o filho e fazia questão de demonstrar isso mostrando coisas novas ao garoto (suas experiências). Apesar de tudo, Floyd a amava bastante.

▶ Aparência:



▶ Vivo ou morto: Morta. Durante o ataque de um outro “projeto” geneticamente modificado ao laboratório.


2° Ficha – Vilão

╋ Identidade falsa: Sonic

╋ Habilidades:

-Fator cura: Se cura muito mais rápido que um humano normal.
- Agilidade: É bem ágil, embora não seja forte.
- Fácil assimilação: Ele aprende qualquer coisa muito rápido.
- Conhecimentos científico: Ele foi criado vivendo diariamente com experiências medicas e sabe bem como realiza-las, embora nunca tenha tentado.

- Manipulação de faca: É muito bom com facas.



╋ Poderes:

- Fonosinese: Capacidade de criar, controlar e absorver o som para distorcer ou imitar sons, frequências, replicar e criar explosões sônicas de proporções tão devastadoras quanto uma explosão atômica ou tão forte quanto um tsunami e muito mais.

- Fator Cura: Ele é capaz de rapidamente curar as próprias feridas, entretanto não é capaz de regenerar membro perdidos.

╋ Como conseguiu os poderes: Através de experiências genéticas realizadas em seu corpo pela própria mãe.

╋ História de vilão: Após o laboratório onde cresceu ter sido completamente destruído, ele não apenas perdeu seu lar, como também todas as pessoas que conhecia, isso porque Helena, Seán e sua mãe morreram durante o ataque ao laboratório. Ele próprio apenas acordou 3 dias, salvo dos graves ferimentos devido apenas a fator cura. Quando açodou, em um hospital, ele simplesmente entrou em desespero. Não sabia que, era, não sabia o que fazia ali, não conhecia nenhuma daquelas pessoas, nada daquele mundo. No começo conseguiram conter seus ataques com sedativos, mas um dia, quando já estava completamente recuperado, ele conseguiu usar seus poderes para escapar do hospital. A partir desse momento ele começou a conhecer o mundo ao seu redor. Sem dinheiro, família ou amigos ele começou a andar como um andarilho pelas ruas da cidade, até que foi encontrado por “John”, o “patrocinador” de sua mãe, um mafioso responsável pelo controle do trafico de drogas naquela região do país. Foi então que, manipulado por John, ele passou a realizar os “serviços sujos” para o mafioso, ganhando seu novo apelido “Sonic”, devido a seu controle sobre as ondas sonoras.





╋ Personalidade de Vilão: Após acordar e conhecer aquele mundo completamente diferente do que estava acostumado, ele ficou muito perdido. Começou a cometer pequenos furtos para sobreviver enquanto vivia nas ruas, fazendo as coisas sem saber que aquilo era errado. Ninguém lhe ensinou “o que era errado”, apenas haviam o ensinado a obedecer e agora que não havia ninguém para obedecer ele não tinha controle. Apenas fazendo as coisas pelo mais puro instinto de sobrevivência. Entretanto, após encontrar John ele acaba voltando a seu posto de origem, então apenas obedece as ordens do homem, sem hesitar, sem reclamar e sem opinar. Ele continua sendo calmo e no mínimo ingênuo, entretanto os sorrisos gentis deram lugar a um olhar vazio e a uma face inexpressiva, quase como um robô. Frio, sem emoções. Não que ele não as tenha de fato, ele apenas prefere esconde-la, não sabe lidar com elas, não sabe decifrar o que elas significam. Sua mente esta sempre em continuo caos e ele apenas tenta cumprir suas ordens sem uma grande reflexão sobre se aquilo é certo. Os únicos sentimento com que sabe lidar e identificar são tristeza (por ter pedido sua mãe e seus preciosos amigos), dor (que as constantes experiências lhe causavam) e amor (que sentia por sua mãe).

╋ Roupa de vilão:

- Ele não tem uma “roupa específica”, usando o que lhe for dado, entretanto existe o uniforme dado por John, quando ele realiza seus trabalhos.



Fora isso, usa roupas normais, como:




╋ Armas: Ele aprendeu a usar armas com o treinamento de Jhon e todas as suas armas foram dadas por ele.







Informações


╋ Gostos:
- Observar as pessoas.
- Aprender coisas novas.
- Fazer experimentos químicos.
- Ajudar John.
- Treinar seus podres.
- Assistir desenhos animados.
- Comer coisas diferentes e doces.
- Dias chuvosos.
- Neve.
- Sorverte.
- Conhecer novos lugares e pessoas.
- Desenhar.
- Escrever sobre tudo o que faz em seu diária, para organizar suas ideias.


╋ Desgostos:

- Ficar doente (embora raramente isso aconteça, devido ao seu fator de cura).
- Coisas que ele não entende.
- Ficar sozinho.
- Médicos.
- Dormir.
- Coisas amargas.
- Que suas vitimas supliquem para sobreviver.
- Agulhas.
- Não saber lidar com algo.
- Que lhe chamem de “ingênuo” ou “criança”.
- Que duvidem de seu potencial.
- Quando lhe chamam de “projeto”.

╋ Manias:
- Escrever tudo, para conseguir organizar suas ideias.
- Olhar as pessoas sempre nós olhos.
- Nunca responder a não ser que peçam.
- Levar o polegar aos lábios quando esta planejando algo.


╋ Medos:Agulhas, pessoas vestidas de branco e hospitais.


╋ Objeto valioso: Após seu lar ser destruído, a única lembrança que guarda de sua mãe é o colar que ela lhe deu no seu décimo aniversario. Na placa de metal esta escrito “Y.2-2001M” em um dos lados e no outro esta escrito “Floyd”.





╋ Alguma meta de vida: Descobrir quem atacou o laboratório onde estava e o porque. Seu maior sonho e conseguir entender como as relações e sentimentos funcionam.



╋ Par:


( ) Escolherei eu mesmo
( ) Criarei o par do meu personagem
(x) Quero que a autora escolha por mim.

P.s: Acho que essa pessoa teria que ser um pouco paciente, para saber lidar com a falta de conhecimento dele, mas fora isso, eu não tenho exigências :3

╋ Música do personagem:



╋ Frase que seu personagem sempre diz ou interpreta em sua vida: “Eu estive aqui.”, ele sempre diz isso como uma auto afirmação, para se lembrar que tudo aquilo não é apenas um sonho.




╋ Algo a mais:

- Ele e o Brendon são irmãos gêmeos, porém, um não faz ideia da existência do outro.

- Se gostar da ideia, posso fazer o John ter "dado" ele para a Amanda.


╋ Sabe que posso matar seu personagem se preciso, não sabe: Sim :3

╋ Seu personagem será de minha autoria a partir dai, tem noção disso:Tenho \o/




Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...