~Natia-sama

Natia-sama
She's Lost in the Darkness
Nome: L. C. Donatti
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 2 de Janeiro
Idade: 19
Cadastro:

Um Pouco Só


Postado

Um Pouco Só

Bem, esse é meu primeiro jornal e eu nem sei para quê serve isso, mas eu resolvi colocar um texto que eu fiz e vi que esse era o melhor lugar. Provavelmente ninguém vai ler isso, mas eu nem ligo só quero escrever isso aqui.
O desejo de muitas pessoas como eu - e quando digo como eu, quero dizer pessoas problemáticas - é encontrar alguém que realmente se importe com os problemas dela, que a ajude a superar, que a faça feliz de todas as formas possíveis. É basicamente isso que muitas pessoas como eu e outras mais querem!
Bom, comigo é diferente... Eu só quero ficar sozinha. Às vezes parece que tem pessoas demais ao meu redor, parece que eu nunca tenho um segundo sozinha. Odeio essa falta de privacidade!
Queria simplesmente ficar em um lugar sozinha fazendo as coisas que eu gosto na hora que eu quiser. Desejo passar a semana toda na cama assistindo tudo que eu gosto, ao lado da minha casa teria uma livraria para eu poder comprar todos os livros que eu pudesse. Na minha cozinha teria um estoque infinito de comida e, de vez em quando, eu iria a uma cafeteria e ficaria observando as pessoas enquanto tomava um cappuccino e comia torta de maçã.
Queria poder sentar num canto da casa e chorar até as lágrimas acabarem sem medo de alguém me ver e começar a fazer perguntas indesejadas.
Nos fins de semana sonharia que todos os meus personagens favoritos iriam me visitar e então nós nos divertiríamos e eles não fariam qualquer pergunta sobre o meu estado, apenas me entenderiam e consolariam se eu estivesse triste. Na segunda de manhã eles iriam embora e deixariam a promessa de que voltariam.
Então eu retornaria para minha vida normalmente e tudo recomeçaria.
Na verdade eu só queria um pouco de solidão. Sei que isso faria bem para mim!
Porém, a vida não é do jeito que nós queremos, ela é cruel e difícil. Ela nos obriga a ser forte de todas as formas possíveis e é isso que nós fazemos até ultrapassarmos o nosso limite, no entanto nós ainda queremos lutar para viver, mesmo que cada pessoa ao nosso redor, que cada decepção, que cada célula do nosso corpo nos diga para morrer.
Nós não desistimos, procuramos força em Deus e aprendemos a ver as coisas boas que a vida têm, mesmo que sejam pequenas. Então nós sorrimos verdadeiramente e agradecemos por termos ultrapassado as barreiras impostas, pois não importa o tamanho do nosso sofrimento ele sempre vai passar você só precisa se manter em pé e persistir.
Se você não acredita em minhas palavras, tente olhar ao seu redor e procurar alguma beleza na sua vida, qualquer uma... Seja livros, filmes, séries, flores, família, amigos, internet, escrever, animes, música, comer, dormir.
Não importa o quanto você ache sua vida triste você sempre terá algo que te acalma, a única coisa que você precisa fazer é se apoiar nela para seguir em frente. Não desista de si mesmo, você tem toda força que precisa para se erguer novamente!

Escutando: November Rain - Guns' n Roses
Lendo: Divergente
Assistindo: Alice in Wonderland
Comendo: Nada, mas tem um bolo de chocolate na minha cozinha que está me chamando!

Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...