~NayKarneval

NayKarneval
Nome: Mi-inLove
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Campinas, São Paulo, Brasil
Aniversário: 16 de Maio
Idade: 30
Cadastro:

Curiosidades de Héroe de mí Corazon 03


Postado

Curiosidades de Héroe de mí Corazon 03

HdmC Talk Show

Fãs de HdmC Talk Show começa agora seu programa favorito! Sou Mikayla a entrevistadora mais amada dessa seção! Hoje começamos uma série de entrevistas com uma família muito especial, e que recentemente conquistou os corações dos fãs de Rafael Hernandez. Para isso temos a companhia mais que querida da matriarca da Família, Esperanza Consuelo Hernandez. Seja bem-vinda minha querida!
A abuela já estava sentada confortavelmente no sofá ao lado da mesa da entrevistadora, vestindo um lindo vestido florido. Ela sorriu para todos e acenou.
- Gracias a todos! Me sinto honrada em ser convidada para uma entrevista aqui.
- Nós é que estamos honrados com sua presença, Esperanza!
- Me chama de Espie. – disse ela sorrindo.
- Muito bem Espie, as fãs tem algumas perguntas. A primeira delas é sobre seu marido. Ele não é citado com frequência na história, dando a entender que é falecido.
- Sim. Meu marido se foi há muitos anos, parada cardíaca. – falou ela triste.
- Nossos sentimentos pela perda. Existem mais perguntas sobre ele, mas se não se sentir a vontade nós podemos passar para outros assuntos.
- Não se preocupe, mi hija. (sorriu ela docemente) Meu Afonso já se foi há um tempo, agora só resta saudades.
- Bom, uma das perguntas era o nome dele e sobre como se conheceram. E também se ele chegou a conhecer seus netos.
- O nome dele era Afonso Manuel Hernandez, e ele era o filho mais velho do vizinho. Posso dizer que o nosso amor foi crescendo conosco conforme íamos envelhecendo. Casei-me jovem e nunca me arrependi. Ele era um típico macho espanhol, mas quando estávamos sozinhos era um Teddy bear. (risos) Infelizmente apenas Javier conheceu seu avô, pois ele morreu quando o menino tinha um pouco mais de um ano.
- Realmente uma pena, vocês tem muitos netos maravilhosos. Dá para perceber pelo modo como fala dele que vocês foram muito felizes juntos.
- Sim, fomos. Como todo casal passamos por nossos altos e baixos, mas superamos tudo juntos.
- Como foi que vocês lidaram com a mudança de país? Tiveram dificuldades?
- Para entrar não. Na época, eu e meu marido conseguimos vistos de trabalho. O mais difícil foram os vistos de estudantes para Rosa e Manuel que já eram nascidos. Nosso maior problema foi o preconceito. Algumas pessoas realmente são horríveis.
- Tem razão, Espie. Existem seres humanos que são pior que lixo.
- Já superamos tudo isso, e hoje somos uma família grande e feliz. (sorriso)
- Falando em família, sabemos que vocês tiveram “momentos turbulentos” como quando Rafael meio que foi descoberto fora do armário. Como foi lidar com isso?
- Eu sempre soube tudo sobre meus netos, mesmo que eles não saibam disso. Tenho um forte sentido de observação. Não me surpreendeu ele gostar de relacionar-se com homens. Não é como se ele tivesse trejeitos afeminados, longe disso, era olhar dele que entregava. Mas como isso nunca mudou o amor que sinto por todos os meus netos nunca exigi que ele se abrisse assim. O que realmente me chocou foi a reação dos meus filhos.
- Agiram de forma cruel?
- (suspiro) Eles começaram a ser rudes com o menino. Seus primos e seu irmão não sabiam como reagir então se afastaram. Mas o pior foi Miguel e sua esposa. Tive que intervir quando começaram a agredir verbalmente ele. Se eu não tivesse feito algo, temo que teria acabado em violência física.
- Isso é muito triste de se ouvir. As mudanças foram grandes a partir disso?
- Algumas coisas sim. Miguel e sua esposa são distantes, mas pelo menos já não agem de forma desprezível. Infelizmente seus pensamentos tacanhos foram incutidos em Tadeu. Ele não é um mal niño, só foi mal orientado. Já cuidei disso. (risos)
- (risos) Podemos perceber que você comanda a família. Todos te respeitam. Tem mais uma pergunta, um tanto desconfortável, é sobre Javier.
- Javier. – engoliu ela em seco. – Ele foi meu primeiro nieto. Sua personalidade era de muitas formas uma cópia perfeita do meu Afonso. O herói de todos os primos e principalmente dos irmãos. Quando voltou abalado daquela forma... – seus olhos brilhavam de lágrimas. - Todos nos ficamos abalados também. Queríamos ajudá-lo, mas ele não aceitava que tinha problemas.
- Sentimos muito pela perda. Como a família ficou ao saber que Evan tem um problema parecido.
- Estamos apreensivos. (suspiro) Não porque não gostamos dele estar junto de Rafa. É porque tememos que ele acabe fazendo o mesmo que Javier. Rafael não iria ficar bem com isso, então seria perder os dois de uma vez só. (sorriso) Mas mi nieto já nos assegurou que ele tem feito tratamento e que não irá tomar atitudes iguais as de Javier.
- Nos temos acompanhado Evan e temos torcido por sua recuperação. Temos certeza que com todo o apoio de Rafael os dois ficaram muito bem.
- E nós também pensamos assim.
- Foi um prazer conversar com você Espie, infelizmente nosso tempo acabou. Algo a dizer aos fãs?
- Gracias por amarem o meu Rafa!
- E o amam mesmo. Ficamos por aqui, até a próxima fãs de HdmC!!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...