~illustration

illustration
/;draca.r. y. s.
Nome: ― vitória [/komskaikru] 🕷;
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 14 de Janeiro
Idade: 5
Cadastro:

― call me strange


Postado





✗ Nome Completo ✗

Seu nome de batismo é Sebastian Strange.

✗ Apelido ✗

Desde sua infância, costumavam o chamar de Sebs, mas o mesmo odiava tal apelido. Apresentava-se como Bash, porém, quase ninguém o utilizava.


✗ Idade ✗

Vinte anos.
Nascido em 22 de agosto, pertencendo ao signo de Virgem.

✗ Família ✗

Stephen Strange ― Pai:



Marie Laurent ― Mãe (Morta):



✗ Personalidade ✗

Sebastian Strange, ironicamente, sempre foi um garoto estranho aos olhos da sociedade, raramente interagia com as pessoas ao seu redor e quando fazia, pouco sabia o que falar. Gostava de sentar em silêncio e apenas observar o que estava acontecendo no momento. Surpreendentemente, sua capacidade perceptiva tornou-se uma maneira bastante benéfica de conhecer seus amigos e também, inimigos. Porém, por um longo período de tempo, o garoto continuou a ser vulnerável em relação aos demais, um alvo fácil. Isso o levou a criar uma “defesa” emocional, e consequentemente, uma mudança favorável em sua personalidade. Sebastian passou a interagir constantemente em conversas ou até mesmo durante experimentos realizados, com extremo sarcasmo e ironia. O silêncio vindo do garoto, foi preenchido por um bom senso de humor, com direito a diversas piadinhas fora de hora. Apesar das brincadeiras, ele era bastante prudente, sabia a devida hora de parar para não machucar, ou ofender, alguém. Sebastian não costuma se irritar facilmente, de fato, é bastante paciente com a vida, mas como qualquer outro ser humano, algumas situações apenas passavam dos limites. Entretanto, apesar das mudanças consideráveis, o garoto ainda possuía uma grande parte de sua timidez. Continuava não levando jeito nenhum com as mulheres, flertar, para ele, era como um enorme acidente de carro. Como um Strange, ele era bastante persistente e vivia tentando ganhar algum “passe livre” com garotas diferentes, mas com o tempo, Bash aceitou que era um mágico e não fazia quaisquer tipos de milagres.


✗ Aparência e famoso usado ✗



O menino, em primeira vista, pode parecer um pouco desleixado, por seu cabelo castanho visivelmente desarrumado. Suas madeixas estão sempre em tamanho mediano, possuindo também uma franja em sua testa, que percorre até suas sobrancelhas. São lisas e de coloração castanha escura. Assim como seu cabelo, seus olhos são castanhos escuros. Bash possui lábios finos, porém, carnudos.

Sebastian é alto, possuindo seus um metro e oitenta e três de altura. Além, disso, é extremamente magro. Magrelo é a palavra perfeita para o definir. Ao menos o garoto possui alguns músculos ao decorrer de seu corpo, deixando sua magreza um pouco de lado. É possível ver algo em seu braço, porém, nada em sua barriga. Não é um fisiculturista, mas também não é nenhuma salsicha de cachorro quente.



Devon Bostick

✗ Poderes e habilidades ✗

Principais Poderes:

Magia Arcana (Nível Indeterminado): A magia arcana manipula diretamente as energias mágicas do mundo, permitindo ao conjurador violar as leis naturais e alterar a realidade. Este tipo de mágica é dominado através de treino, estudo ou aptidão natural. Seus efeitos costumam ser mais impressionantes, destruidores e fantásticos ― como produzir relâmpagos, metamorfosear criaturas, transportar por longas distâncias e criar imagens ilusórias.

Telepatia Mágica: É um poder mental que permite ao usuário a capacidade de ler os pensamentos de outros ou mentalmente se comunicar com eles. Ela pode ser utilizada para manipular e controlar mentes, apagar memórias, causar dores mentais, entre outras formas de uso.

Resistência Mental: É a capacidade de gerar e criar uma forte resistência a ataques psiônicos ou qualquer tipo de dano mental.




Subpoderes:

Campo de força: Habilidade de criar um campo de força protetor ao redor de seu corpo ou em um local específico. Este campo pode ter diferentes propriedades e níveis de resistência.

Projeção astral: É o dom de projetar o próprio corpo, em uma forma astral de si. Assim, pode-se estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Habilidades:

― Engenharia mecânica;
― Computação;
― Fluente na língua Grega

✗ Limitações ✗

Gestos e palavras mágicas: Sebastian depende destes para usar a sua magia, e pode ficar em maus lençóis caso fique mudo ou com as mãos imobilizadas.


✗ Roupas ✗

> Casual <



>Pijama <



> Banho <



> Uniforme <


sem as purpurinas gay :v

> Treinamento <



> Formal <




✗ Nacionalidade ✗

Americano ― Filadélfia

✗ História ✗

Em agosto de 1996, na cidade da Filadélfia, em uma das bases de uma organização subversiva, pesquisadores trabalhavam arduamente para recriar o DNA de Stephen Vincent Strange, ou somente, Doutor Estranho. Quando tudo apontava para o fracasso, mais uma vez, uma das cientistas que estava envolvida no projeto, teve a brilhante ideia de adicionar o próprio gene, para tornar a manipulação estável. A iniciativa acabou por dar certo e a mulher ofereceu-se para carregar a criança no ventre durante esses nove meses, mas talvez esse tenha sido o seu maior erro. Marie Laurent, criou um enorme laço afetivo com o que era suposto a ser apenas mais um de seus experimentos, aquela pequena vida formando-se dentro de si, de repente tornou-se seu maior tesouro e ela não estava disposta a abrir mão da criança. Em uma noite fria, onde ficou para trabalhar até mais tarde no laboratório, a mulher decidiu fugir para bem longe daquele lugar, mas como era de se esperar, ela não conseguiu ir muito longe. Barão von Strucker, um dos encarregados chefes do projeto, a prendeu em uma das celas improvisadas e assim ficou até o bebê nascer. A mulher pediu por misericórdia, mas assim que o recém-nascido chegou as mãos da Hydra, Strucker a matou sem pensar duas vezes, na frente do pequeno bebê de olhos escuros.

Sebastian Strange cresceu em uma prisão reforçada, sem nunca poder ter visto o mundo exterior, tudo o que sabia sobre o mesmo, era o que constava nos diversos livros espalhados pelo cubículo em que dormia. Durante a sua infância, foi a pequena criança assustada que ao menos pensava em questionar o que estava acontecendo, calado, sofria as dores dos testes. Talvez esse começo horrível de sua vida, havia ocasionado a sua isolação em relação as pessoas ao seu redor. Apenas começou a questionar os ocorridos, quando entrou em sua adolescência. Ele, de certa forma, mudou drasticamente o jeito de ser, não era mais a pessoa que tinha o pavor de fazer uma ação, ao contrário, Sebastian queria desesperadamente fugir daquele lugar e talvez, apenas talvez, conhecer o seu pai.


✗ Alguma frase/palavra que seu personagem fala muito ou considera sua frase de efeito? ✗

Sarcasmo? Não, eu chamo isso de resposta inteligente para uma pergunta estúpida.

✗ Sexualidade ✗

Heterossexual.

✗ Quer par? ✗

Sim.

✗ Se sim, quem? ✗

Disponível.

✗ Sua relação com a equipe ✗

Sebastian interagia bem com os membros da equipe, apesar de discordar constantemente com o líder da mesma. Adorava fazer brincadeiras estúpidas com os colegas e os fazerem darem risada, especialmente Alice, era quase embaraçoso a forma que Bash olhava para a garota.


✗ Algo a mais? ✗


aparência by starlinha aparências


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...