~illustration

illustration
/;draca.r. y. s.
Nome: ― vitória [/komskaikru] 🕷;
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 14 de Janeiro
Idade: 5
Cadastro:

― long may she reign


Postado


I will be a queen

♕Nome Completo:
Seu nome de batismo
é Madeline Chermont.

♕Apelido:
Para os mais próximos,
ela atende por Maddie.

♕Idade:
Dezessete anos.
Nascida em 22 de julho,
pertencendo ao signo de Leão

♕Aparência:

➸Antes de ser selecionada:





➸Durante a seleção:





♕Descrição:

Por ser loira de olhos verdes, Madeline possui uma aparência comum, porém, é muito mais do que um rosto bonito. Suas madeixas são muito bem alinhadas e batem aproximadamente na altura de sua cintura. Normalmente seu cabelo está liso, entretanto, algumas vezes é possível ver algumas ondulações. Seus olhos são brilhantes. O verde se destaca muito em sua pele quase pálida. Devido a coloração da mesma, seus lábios, além de finos, são rosados. O sorriso da menina é constituído por dentes perfeitamente brancos e alinhados. Os traços de seu rosto são finos e delicados, a dando uma beleza realmente estonteante.

Seu corpo é esbelto. Ela é magra, porém, não esquelética, seu corpo é normal. Possui longas e lindas pernas perfeitamente delineadas. Seus braços são finos, assim como sua cintura, que é acentuada. Seus seios, assim como seu bumbum, são de tamanho mediano, porém, se adequam perfeitamente em seu corpo. Tudo isso é muito bem distribuído por seus um metro e cinquenta e sete de altura.





♕Interprete:

Emilia Clarke.

♕Nacionalidade:

Francesa.

♕Província do país:

Paris, França.



♕Personalidade:

Madeline Chermont era uma caixa de segredos. A vida da garota nunca havia sido fácil, mas estava sempre procurando uma forma de levar a mesma de uma maneira otimista. Não costumava demonstrar afetos e carinhos por ninguém, além de sua família, mas era uma pessoa extremamente efusiva em questões sociais. Maddie não possuía inibições algumas ao se comunicar com os demais ao seu redor, era sempre muito bem humorada e carismática. Porém, apesar da aparência entregar pontos positivos, não poderia ser proclamada a pessoa mais gentil da província. Raramente, ao presenciar ocorridos desprezíveis pelas castas superiores, conseguia manter suas opiniões para si mesma. Poderia não vir de uma casta muito rentável, mas negava-se a abaixar a cabeça para os que achavam que terras e tesouros, os faziam melhores que pessoas com condições não igualitárias. Madeline, apesar de diversas inseguranças, era extremamente decidida no que se diz respeito a suas escolhas. Para ela, não importava possuir a razão ou a desaprovação, e sim, tomar as determinadas rédeas durante quaisquer situações. Entretanto, possuindo suas admiráveis qualidades e seus tenebrosos defeitos, a garota carregava um enorme orgulho consigo. Ver a mesma pedindo desculpas, era algo quase raro. Um dos maiores motivos para hesitar quaisquer ligações com a família real, era a sua admirável independência. Apesar da mesma a trazer um gigantesco impulso para atingir seus objetivos, também a trazia uma enorme desconfiança. Ela não suportava cogitar a ideia de alguém a olhando com extrema pena, tentando ajuda-la. Madeline nunca almejou ser a donzela em perigo, possuía plena consciência de sua força, não precisava de um cavaleiro montado em um cavalo branco para se sentir capaz.



♕História:

Em julho de 1999, na província da França, Diane Chermont deu à luz a uma bela menina de cabelos loiros platinados. Remy, o belo homem da casta 5, ficou abobado com a pequenina, quaisquer dúvidas sobre assumi-la, sumira de sua mente. Tornou-se o pai mais cuidadoso e responsável de toda a província, para ele, a garotinha era como um pequeno tesouro em suas mãos. Madeline Chermont cresceu com todo o carinho que poderia desejar. Diane sempre procurando a manter na formalidade e Remy a ensinando a ser uma criança extremamente feliz, com desenhos rabiscados a carvão, até voltas noturnas em Paris.

Por volta de seus oito anos, Remy veio a falecer brutalmente. Estava no trabalho, acompanhado de Madeline, quando bandidos invadiram o estúdio de pintura a procura do proprietário, querendo o dinheiro que o mesmo devia. Não satisfeitos com a resposta negativa, saíram atirando em todos presentes no local. A primeira coisa que passou pela cabeça do homem, fora a filha. Mandou a mesma ficar debaixo de uma das mesas e não gritar independentemente do que acontecesse e assim ela fez. Entretanto, quando o show de horrores acabou e ela deixou o local para verificar o estado do pai, viu Remy banhado em sangue e com os olhos abertos. De fato, a garota nunca se sentiu tão violada quanto naquele dia.

Poucos dias após o acontecimento, o ministro real veio até a família Chermont para proclamar o rebaixamento de casta. Como Remy não estava mais entre eles, a família deveria locomover-se para a casta pertencente a Diane. Isso ocasionou diversas dificuldades, uma delas, a complicação da gravidez da mulher. As condições na casta 6, eram demasiadamente precárias, e Diane mal conseguia fazer o trabalho de servente no qual se encontrava. Madeline, já uma jovem sabida, decidira ficar encarregada de trazer rendas mensais para a casa. Engressou em um trabalho de servente, assim como sua mãe, porém, costumava ganhar dinheiro extra, fazendo caricaturas de pessoas da casta 5. Apesar de ser algo proibido, nunca fora pega.

Quando completou seus dezessete anos, tudo acabou por ficar mais complicado. Apesar da saúde de Diane ter melhorado com o nascimento de Roy, a mulher não era mais a mesma. Vivia desanimada com a vida e fazia um enorme esforço para ser presente na vida dos filhos. Madeline já não conseguia mais balancear os dois empregos ao cuidar do irmão, piorando, mais uma vez, a situação de sua família. Entretanto, com a chegada da seleção, Madeline viu a oportunidade perfeita para não deixá-los caídos no esquecimento. Ela não queria ser um fardo para o príncipe e muito menos o dinheiro que ele possuía, ao menos, não para ela. Madeline não queria viver um amor infeliz, mas também não queria ser deixada sozinha no mundo, não outra vez.


♕Família:

Diane Chermont, quarenta anos. Pertence a casta 6.
Desde a morte de Remy, a bela mulher de madeixas douradas não fora mais a mesma, e devido a isso, sua relação com Madeline sofrera uma considerável mudança. Diane continuava almejando uma vida melhor para a filha, e fazia o possível para alcançar oportunidades para a mesma, mas afastou-se muito da garota logo após o acontecimento lamentável. Sua maior prioridade, tornou-se o filho mais novo, Roy Chermont.



Kate Winslet

Remy Chermont, quarenta e um anos. Pertencia a casta 5.
O belo homem nunca havia desejado casar-se tão cedo, queria aproveitar a vida ao máximo antes que o sistema pudesse interferir, mas ao ficar ciente da gravidez de Diane, sua perspectiva sobre os conceitos almejados, mudara drasticamente. Foi quando a pequena Madeline nascera de fato, que Remy amadureceu, tornou-se um homem bastante responsável. Sua relação com a filha fora melhorando conforme a mesma ia crescendo, eles estavam sempre unidos para todos os cantos e o homem costumava passar horas ensinando a menina a desenhar.



Leonardo DiCaprio

Roy Chermont, nove anos. Casta 6.
O pequeno garoto sempre esteve ciente dos problemas que sua família passava, mas isso não o tirava a enorme alegria que possuía. Ele costumava dizer que a sua pessoa preferida de todos os reinos, era Madeline. Os dois irmãos tinham uma relação bastante sólida para irmãos, raramente brigavam.



Jacob Tremblay

♕Segredos:

A garota possuía crises de ansiedade,
ninguém, além de Roy,
possuía conhecimento sobre isso.

Madeline vivia espirrando pelos cantos do trabalho,
devido a sua renite, mas ninguém nunca desconfiou de nada.

♕Manias:

Madeline possuí uma estranha mania de beliscar o polegar direito quando está nervosa, assim como morder os lábios ao estar apreensiva.

♕Medos/ Traumas/ Fobias:

Ao decorrer de sua infância, a garota adquiriu um enorme medo de alturas. Quando o número de sua casta foi elevado, ao chegar nas terras dos cincos, na escola, um dos garotos a trancou em um cômodo totalmente fechado, ocasionando a sua fobia de lugares fechados.

♕Gosta/Desgosta:

Gosta;
Uma de suas maiores paixões, são os clássicos. Madeline poderia passar horas assistindo filmes preto e branco, tanto quanto ouvir músicas antigas. Possuí um enorme apreço pela bebida do cafeeiro, não precisava de leite ou creme, apenas o preto bastava. Pinturas, desenhos e fotografias, são meio de artes de seu maior interesse. Maddie possuía uma gigantesca paixão por cães e quaisquer outros tipos de animais domésticos.

Desgosta;
A ignorância do ser humano era algo que Madeline não apreciava, assim como pessoas esnobes. Não suportava o cheiro de cigarros e charutos, era algo desprezível. A garota não era a maior fã de lugares empoeirados, devido a sua alergia. Apesar de ser extremamente sociável, Maddie gostava de festas bastante lotadas.


♕Hobbie:

Devido a seu pai, ela adquiriu uma enorme paixão por desenhos. Adora fazer rabiscos de lugares aleatórios e belos, assim como desenhar pessoas que possuem algum traço que a chame atenção.



♕Talento Secreto:
Desde muito pequena, Madeline ama o ballet. Quando subiu para a casta 5, ganhou a chance de aperfeiçoar esse talento.



♕Preferência de Príncipe:



Andrew Scherzinger.



♕Relação com o Príncipe:

Ela não possuí apreço algum pelos modos conquistadores do príncipe, os achava desrespeitosos. Ao menos entendia a razão por todas do reino quererem desesperadamente, dormir com Andrew. Entretanto, isso não a impedia de ter uma relação amigável com o mesmo, ela não esperava se apaixonar facilmente, então decidiu começar uma amizade com o garoto. Madeline agiria do mesmo jeito que agia com os poucos amigos que possuía, gentilmente e com sinceridade. Apesar do príncipe ser um pouco intimidante, ela não iria pensar duas vezes se ele precisasse ouvir a verdade.




♕Criadas:
Dorothy, trinta anos.
Troian Bellisario




Entre as três criadas cedidas, a garota possuía maior afinidade com Dorothy. A mulher estava sempre fazendo o possível pela candidata, não apenas por ser seu trabalho, mas por considera-la como uma amiga. Era sua confidente mais próxima ali no castelo, e também, uma ótima conselheira.

Lea, vinte e oito anos.
Crystal Reed




Madeline e Lea possuíam uma relação mais profissional, mas não deixavam de ser agradáveis uma com a outra. A mulher estava sempre mantendo a garota a caminho do trono, fazendo o máximo para deixar Madeline apresentável aos olhos do príncipe.

Gwendolyn, dezenove anos.
Nina Dobrev




Gwendolyn não era a maior fã da garota ou de qualquer outra candidata ao coração do príncipe Andrew. Em uma das viagens do rei, antes do mesmo adoecer, o castelo ficou completamente vazio e o garoto acabou dormindo com a criada. Gwendolyn não conseguia o esquecer desde essa época, por isso, fazia questão de infernizar a vida de Madeline.

♕Como se relaciona com as outras candidatas?

A sua relação com as demais selecionadas era relativa. Ela não queria passar por cima de alguém para conseguir a coroa, mas Madeline não iria abaixar a cabeça para confrontos, sendo eles fúteis ou não. Não oprimia o fator amizade, se sentisse empatia por alguém, iria se relacionar normalmente.

♕O que acha da seleção?

De fato, achava a seleção um meio brusco para encontrar um amor baseado em aparências, o império sempre viria em primeiro lugar, por isso, Madeline achava uma enorme perda de amor próprio. Entretanto, com as condições em que se encontrava, ela precisava encarar o concurso como uma grande oportunidade em sua vida e de sua família.

♕Coroa ou príncipe?



Por mais que odeie, o motivo de estar ali é a coroa. Madeline precisava acabar com a vida precária que a família levava. Sua mãe vivia doente por causa do trabalho exagerado e Roy, com tão pouca idade, tinha que aprender a ser um garoto independente, deixando de levar uma vida normal de criança. Ela não queria isso para eles e nem para a sua vida. Seu pai, Remy, costumava a dizer que um pouco de ambição em sua vida não faria mal à ela, entretanto, ao conhecer o príncipe um pouco melhor, ela se sente extremamente culpada por pensar somente em seu dinheiro.

♕O que acha da família Real?

Madeline sempre os achou politicamente educados e gentis, mas visivelmente presos a diversas regras. Possuiu, por um longo tempo, a vontade de conhecer as figuras políticas que eles eram, entre as paredes do castelo. Quando isso aconteceu, a garota se surpreendeu com o fato de agirem da mesma forma que costumavam agir em frente às câmeras, mas de um jeito mais descontraído.

♕Relação com:

xRei Elliotx

A garota respeitava o homem e de certa forma, o admirava. Elliot passava por momentos difíceis e ainda sim, sempre com uma enorme alegria. Quando possuía a oportunidade de cumprimentar o rei, fazia o seu melhor para fazer o mesmo rir, e esquecer das tristezas que passavam em sua vida. Era um ato pequeno, mas gentil.

xPrincipe Jordanx

Ela possuí uma enorme empatia por Jordan, especialmente pelo mesmo não ser o típico garoto da realeza. Ele era único e isso deveria ser admirado pela selecionada que ele escolhesse. Seriam bons amigos que sentem a confiança para falar sobre tudo. Se Andrew possuísse um gênero ciumento, essa amizade com certeza o incomodaria.

xPrincipe Isaacx

A garota, assim como a maior parte do castelo, nunca teve um enorme contato com Isaac, devido ao fato do príncipe ser bastante fechado. Madeline era uma pessoa que não abaixa a cabeça tão facilmente, mas o garoto, com seu jeito agressivo, a causava arrepios.


xPrincesa Averyx

Ela, surpreendentemente, se relacionou muito bem com a princesa Avery. A mesma sempre passou uma imagem de madura, mas Madeline não conseguia imaginar Avery assim, pessoalmente. Porém, quando se encontrou com a princesa pela primeira vez, tiveram uma longa conversa dentre muitas gargalhadas e poderiam até ser consideradas amigas.

xPrimeiro Ministro (Américo)x

Madeline possuía um certo medo da figura,
mas sempre o tratava educadamente.

xGuardasx

Curiosamente, Madeline se relacionava muito bem com os guardas. Estava sempre conversando com os mesmos pelos corredores e geralmente, sendo repreendia por este ocorrido.

xCriadasx

Madeline preferia não as nomear como criadas e sim como amigas. Apesar das desavenças com Gwendolyn, ela confiava plenamente nas duas outras mulheres. Estava sempre ciente que poderia pedir ajuda e conselhos, sempre que precisasse.

♕Roupas

• Primeiro dia no castelo



• Encontro com o príncipe






• Dia a dia no castelo







• Jornal de Illéa






• Festa a fantasia/ Halloween




• Casamento



• Pijama





• Banho






♕Como lida com momentos de desespero ou pressão?

Madeline prefere não entrar desespero, lida calmamente com os contratempos de sua vida. Para ela, essa era a melhor forma de sair de uma situação sufocante.


♕ Como age quando está zangada?

Madeline não costumava fazer cenas. Geralmente, quando se encontrava zangada, apenas se mantinha distante da pessoa para não causar grandes conflitos.


♕ Cinco músicas que defina sua personagem:

Hold Me Down ― Halsey
White Blood ― Oh Wonder
Carousel ― Melanie Martinez
I Am Woman ― Helen Reddy
Unstoppable ― Sia

♕ Cinco músicas que definem sua relação com o par:

Young God ― Halsey
Pillow Talk ― Zayn
Secret Love Song ― Little Mix
Silhouette ― Aquilo
I Want You To Want Me ― MacKenzie Bourg

♕Algo a mais?

Não. Espero que goste.

♕Favoritou a fanfic?

Favorite sim.

♕Saiba que se parar de comentar o personagem será morto tragicamente.
Sim



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...