~delacour-

delacour-
Nome: ❝ ◤ doll ◗ ✶
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo, São Paulo, Brasil
Aniversário: 18 de Março
Idade: 15
Cadastro:

A seleção — mackenzie edith lawrence.


Postado



''Porque então eu era dele. Eu sabia. Nunca estive tão certa.''





┈━═☆┣ Nome Completo ┫☆═━┈


Mackenzie Edith Lawrence.



┈━═☆┣ Idade ┫☆═━┈


18 anos. Nascida no dia 01 de Março, no auge do signo ♓ Peixes ♓.



┈━═☆┣ Província ┫☆═━┈


Hansport, de Illéa.



┈━═☆┣ Aparência ┫☆═━┈


A pele bem clara e bem cuidada é uma das coisas que chama mais atenção. Sem nenhuma marca ou mancha, a garota cuida muito bem da pele, pois, pela coloração tão esbranquiçada, qualquer pequena imperfeição já chama atenção de mais.

O rosto redondo e pequeno também se mostra atraente. Os belos olhos de coloração verde são intrigantes e brilhantes. Os lábios fartos e rosados formam uma boca pequena e beijável. Seus dentes bem brancos e alinhados originam um sorriso iluminador e encantador.

Por fim, o cabelo da garota é ruivo, bem ruivo. Os mesmos estão sempre bem hidratados e macios, possuindo o leve cheiro de limão.








┈━═☆┣ Casta ┫☆═━┈


Três.



┈━═☆┣ Tem profissão? ┫☆═━┈


Sim, ela deseja tornar-se uma médica.



┈━═☆┣ Personalidade ┫☆═━┈


Mackenzie é ambiciosa, isso é um fato. Não há quem negue isso. O único momento do dia no qual não está estudando para se tornar uma médica ou especializando seus conhecimentos para com a música – culpa do pai – é quando está com Richard, seu namorado, um cinco. Angeline é forte, mas perto dele, torna-se uma garotinha apaixonada que faz de tudo por seu amor. Inteligente, ardilosa, confiante e perfeitamente capaz de se defender por si mesma, não há nada que sequer ouse ficar entre ela e seus objetivos. Pode ser manipulativa a certo ponto, mas esse ponto em especial faz parte da personalidade usual de qualquer mulher.



┈━═☆┣ História ┫☆═━┈


Mackenzie nasceu em uma família de ouro. E era, desde pequena, influenciada por seus pais a ser o orgulho deles, quer queira ou não. A personalidade ambiciosa da menina evoluiu conforme os anos passavam. Os pais sempre a encorajaram a ser uma musicista nata, para que conseguisse entender sobre música em geral e um dia se tornar uma produtora famosa, exatamente como seu pai. A paixão por línguas também foi fruto desse empurrão exercido pelos pais.

Ela nunca teve tempo para se preocupar com coisas como amor, ou relacionamentos. Chegava em casa completamente esgotada pelas aulas e práticas que tinha durante os dias. O que lhe restava era deitar na cama e dormir até o próximo dia excruciante chegar. De qualquer forma, cresceu nesse antro de mentes fechadas, e continuaria o sendo até hoje, não fosse em um dia ter escapado das práticas e vagado até o hospital geral de Waverly.

Não poderia ter ficado mais chocada do que naquela hora. Ver as pessoas de Illéa daquela forma tão frágil pressionou um botão em seu inconsciente que a levaria a decidir se tornar uma médica mais tarde, para tentar salvar as pessoas. Para tentar devolver a vida a seus rostos. Com doze anos, já sabia o que queria fazer pelo restante de sua vida. Era realmente desnecessário dizer que seu pai não gostou nem um pouco da escolha da filha de ouro. Quem seguiria seus passos quando ele não mais estivesse andando pela nação de Illéa?

Claro, os pais eram novos o suficiente para ter um outro filho, mas precisavam lidar com a pequena rebelde de alguma forma, então seu pai decidiu que a filha iria acompanhá-lo em todos os seus compromissos com seus clientes. Só assim ele a deixaria fazer medicina na faculdade, e não teoria musical. Mackenzie aceitou o acordo, vendo-se encurralada. O pai não a dera nenhuma outra opção, então teve de cumprir com o acordo, acordando mais cedo todos os dias para estudar as matérias que deveria saber para conseguir passar nos exames, e durante o decorrer dos dias, estar com seu pai para auxiliá-lo em seu trabalho.

Anos depois, quando estava o ajudando, conheceu Richard, um dos clientes que seu pai escolhera para lançar, por assim dizer. A Lawrence tinha dezesseis anos na época, e tudo no homem a fascinara. Era lindo e viu-se cada vez mais intrigada por ele. Richard tinha talento, ela percebera, e quando conseguiu falar com ele a sós, sem a presença do pai, percebeu que o homem era, no mínimo, uma ótima companhia. Não demorou para que começassem a sair juntos nas horas vagas da garota e ela queria ficar com ele a maior quantidade possível de tempo. Com o estágio e os estudos para seu exame, era difícil, mas sempre conseguia se encontrar com ele, às escondidas, é claro, pois o pai não aprovara aquela relação desde que Angeline começou a falar com Richard sem aquele toque formal.

Ele a fazia se sentir mais do que plena quando estavam juntos. Não faziam nada demais, uma vez que, mesmo que tivesse certeza de que ele era o cara certo para ela, era proibido em Illéa que os jovens fizessem sexo antes do casamento. Ela só não entendia porque um homem como ele ainda não estava casado. Claro, também tinha aquele inconveniente de ele ser um Cinco. Nunca se importou realmente com a diferença de castas, mas assim que teve idade suficiente para pensar em se casar, ele disse que nunca poderiam ser marido e mulher, porque não queria privá-la da vida que ela tinha.

Mackenzie sentiu-se um lixo por um longo tempo, e quase desistiu da medicina, mas assim que viu o anúncio da nova Seleção, limpou as lágrimas e inscreveu-se. Sabia que era errado, mas queria esquecer o ex-namorado. Existia forma melhor do que esquecer um homem substituindo-o? Ela não conhecia forma melhor.

Os pais apoiaram a decisão da jovem e levaram-na até o Departamento de Serviços Provinciais, animados com a possibilidade da filha se tornar a princesa de Illéa, e, mais tarde, rainha. Mackenzie não se sentia assim tão emocionada. Provavelmente não seria escolhida, de qualquer forma. Aquilo tudo era como um tiro no escuro.



┈━═☆┣ Família ┫☆═━┈


Lisa Barker Lawrence | 38 anos | Casta 4 | psicóloga


A mãe é sua melhor amiga, uma figura que lhe inspira e lhe orgulha. É uma mulher determinada e extrovertida, sempre rindo pelos cantos da casa das palhaçadas da filha.

Nicholas Lawrence | 41 anos | casta 3 | produtor musical



Ela e o pai tem uma relação complicada. Não são reconhecidos como pai e filha, pois tratam-se com formalidade tanto dentro quanto fora de casa. Frequentemente os dois tem pequenas discussões, mas, apesar disto, o pai tem um grande carinho pela filha e preocupa-se muito com o futuro da mesma.



┈━═☆┣ Como é sua relação com Príncipe ┫☆═━┈

Compreensão, risadas e uma verdadeira amizade são relativamente os adjetivos dessa complicada relação. Mackenzie deixara claro que não preencheu aquele formulário bobo pelo príncipe, no entretanto, mexer no assunto de seu ex-namorado é delicado. De princípio, não haveria nenhuma conexão amorosa, porém ambos se procuram para desabafar ou simplesmente quando possuem algo novo para revelar.



┈━═☆┣ Conhecia o príncipe de perto antes da Seleção? ┫☆═━┈

Não.



┈━═☆┣ Teria uma relação amorosa com algum guarda, ou com o príncipe Samuel? ┫☆═━┈

Não.



┈━═☆┣ Roupas ┫☆═━┈



❥Primeiro dia no castelo;
[1]
❥Casual;
[5]
❥Encontro;
[3]
❥Pijama;
[2]
❥Baile De Máscaras;
[1]
❥Bailes;
[4]



┈━═☆┣ Sonhos? ┫☆═━┈




┈━═☆┣ Qual sua relação coma família real? ┫☆═━┈



┈━═☆┣ Como veio parar na Seleção? ┫☆═━┈



┈━═☆┣ Qualidades e Defeitos ┫☆═━┈



┈━═☆┣ Música tema ┫☆═━┈



┈━═☆┣ Música tema com o Príncipe ┫☆═━┈



┈━═☆┣ Algo mais? ┫☆═━┈


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...