~NikyNeko

NikyNeko
I'm not strange, I'm special
Nome: Nicole
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
Aniversário: 26 de Março
Idade: 16
Cadastro:

Holy Blood


Postado

Nome:
Shinoa

*Significado*
Shinoa: O nome "Shinoa", assim como a própria garota, também é um nome contraditório, cujo elemento "Shi" significa morte, enquanto "Noa" significa "amor", conjugando os elementos 乃 (no) e 愛 (a), que significam "meu amor, meu afeto".

*Apelidos*
•Shi-chan ou Noa-chan: Uma de suas irmãs inventou esse apelido. Como, não importa quantas vezes perguntassem se ela está bem, ela sempre respondia "tudo bem" irritada, decidiram que iriam simplesmente lhe chamar de Shi-chan quando percebessem que está irritada ou deprimida e chamá-la de Noa-chan quando estivesse de bom humor. Shinoa ficou interessada na inteligente forma de usar seus apelidos, então ela até gostou (também pararam de lhe irritar perguntando se estava tudo bem sempre que alguma coisa lhe irritava).
•Shiwa: Suas irmãs mais novas não conseguiam pronunciar seu nome direitinho quando eram mais novas, então o apelido "Shiwa" nasceu, que era a forma teimosa que algumas de suas irmãs mais novas cismaram de lhe chamar mesmo após aprenderem seu nome direitinho, mas ela acha fofo, então deixou passar.

Idade:
17 anos

Aparência:
*Imagens*










*Descrição*
•Seus cabelos são de um negro tão escuro que, quando a luz bate em seus fios, estes adquirem um tom azulado. Eles são ondulados e curtos, por pouco passando de seus ombros, e são muito sedosos - mesmo que difíceis de pentear - e ficam bem selvagens em dias úmidos. Ela tem belos traços, delicados, e uma pele tão clara que realmente passa a impressão de fugir do saudável. Às vezes ela parece um fantasma, e seu olhar, tão intenso, realmente não ajuda a melhorar essa imagem. Alguma coisa em seus olhos brilhantes parece hipnótica. Suas orbes azul-arroxeadas parecem etéreas. Sobrancelhas bem desenhadas e longos cílios emolduram seus olhos e ela possui um pequeno sinal na extremidade de seu olho esquerdo. Possui lábios róseos pequenos e carnudos e um sorriso caloroso. Com 1,61m ela não é muito alta, tem curvas medianas suaves, um pouco maiores na região das coxas, e uma cintura bem marcada. Bonitinha? Bem, ela tinha um complexo enorme pois, quando criança, além dos cabelos ainda mais curtos lhe fazerem parecer um garoto ela ainda era bem cheinha. Apenas aos 11 anos, com muito esporte, ela conseguiu o que tem agora.

Personalidade:
Ela é uma garota bem... durona. Determinada, persistente e teimosa, ela é o exemplo perfeito de alguém que faz as coisas do jeito que quer, quando quer e se quiser e se recusa a ouvir conselhos ou ordens. Ela age muito mais do que fala, por isso algumas coisas que ela faz realmente te pegam de surpresa. Ela não realmente liga muito para o que pensam sobre ela, a não ser que isso que a pessoa pense seja mentira ou ela ache que a desvalorize. No primeiro caso, ela realmente fique irritada e quer que saibam a verdade e no segundo sua atitude é bem mais simples, ela muda. Se sua insatisfação sobre algo em si mesma for maior do que seu normal desinteresse na opinião alheia ela simplesmente faz o possível e impossível para corrigir esse erro.

Apesar de passar a impressão de ser séria demais (o que, em vários casos, ela realmente é), ela tem momentos de alegria e bom humor. Se você tiver a manha, lhe arrancar um sorriso é uma tarefa fácil (mesmo algumas de suas irmãs ainda não se especializaram nessa arte). Ela sabe brincar (inclusive, ela o faz com uma expressão tão séria que faz a coisa ficar ainda mais engraçada) e inclusive ela tem algumas pessoas que acha divertido provocar (tem pessoas tão bobas que não tem como não querer enganá-las um pouquinho). Apesar de ela gostar de resolver as coisas de maneira... alterada demais, tem vezes que ela gosta de resolver a coisa de maneira mais estratégica e terminar com um sorriso debochado no rosto (ela pode ser bem cruel quando quer, principalmente quando resolve não resolver na base da violência). Com um senso de justiça enorme, ela não suporta atitudes como usar e abusar dos mais fracos ou utilizar suas vantagens para prejudicar alguém. Essas são normalmente as situações onde ela se sente na obrigação de fazer algo a respeito. Por isso crianças, tomem cuidado com o que aprontam na frente dela. Eu tenho pena dos filhos dessa garota. Ela tem um jeito tirano de ensinar lições.

Quando está de bom humor ou cercada por pessoas que gosta, ela parece outra pessoa. Alegre e animada, ela libera seus sorrisos doces e amáveis que, caso algum dia você veja, pode se considerar uma pessoa muito importante, sortuda e abençoada (considere que você acabou de ganhar um guarda-costas muito confiável). Ela também se torna incrivelmente infantil e inocente nesses tipos de situações. A única razão pela qual ela é tão... extrema, é porque ela não confia no mundo. Acha que, caso não lute, vai acabar se machucando ou deixando alguém que gosta se machucar. Se você tiver medo de fazer algo você não fará, portanto, desde criança, para garantir que o mundo seria seguro para suas irmãzinhas e amigos andarem na rua, ela sempre tentou resolver os problemas com suas próprias mãos e colocava todo o peso do mundo nas próprias costas. Cercada de pessoas nas quais confia ou quando está tão feliz que acha que nada pode acontecer ela se permite confiar mais nos outros (tanto, que se alguém que gosta tomar alguma atitude suspeita, ela não vai sequer notar achando que é a coisa mais normal do mundo. Afinal, ela gosta de você, como você poderia fazer algo que a machuque?) e ser mais brincalhona, abaixando a guarda.

Apesar de desconfiada, ela é incrivelmente sociável e ela não tem problemas em conversar com as pessoas e sempre o faz quando acha que alguém está sozinho demais. Talvez nem ela perceba o quanto se importa com os outros. Ela já sentiu raiva de todos pelo menos uma vez na vida, mas nunca, jamais, houve alguém que ela verdadeiramente odiasse. Ela até tenta, mas não consegue guardar rancor. Quantas atitudes merecem uma vida inteira de ódio? (se bem que, quando uma de suas irmãs lhe fez ver um filme de terror chamado "centopéia humana", ela finalmente sentiu um ódio, e nojo, profundo pela primeira vez na vida, e adquiriu trauma de filmes de terror). Ela é mais doce e gentil do que realmente faz parecer. Ela não consegue não ajudar alguém que ache que precise e não consegue deixar ninguém pra trás mesmo que isso signifique se arriscar. Ela nem pensa. Quando percebe, já fez. Sua forma de ajudar os outros é completamente impensada e não exige nenhuma lógica. Ela voaria na frente de um carro para salvar um gato e não se irritaria mesmo se ele a mordesse e arranhasse depois, assustado. Aliás, Shinoa é tudo, menos alguém que segue a lógica.

Quer conhecer alguém que não pense antes de agir e literalmente siga seus instintos? É ela, e Shinoa tem instintos realmente muito afiados. Ela poderia achar o caminho para casa de olhos fechados apenas virando quando der vontade e parando quando quiser. Até ela fica impressionada com a própria sorte. Raramente acontece alguma coisa que ela olhe e pense, "nossa, que azar". Ela sabe que existe uma razão por trás de tudo, mas seja qual for essa razão ela não se importa. Pensar apenas serve para te atrasar e te fazer se arrepender depois. Agir de acordo com seus instintos nunca deixa você se arrepender, mas não seguir seus instintos e errar, isso sim te deixa uma dor que não vai parar tão cedo. Você quer alguma coisa? Pegue. Faça. Não pode? Dê um jeito. Aceite as consequências dos seus atos com honra, sejam elas boas ou ruins. Ela só não aceita ser fraca. Esconde seus sentimentos mais fracos os sobrepondo com raiva (medo, tristeza, saudade...). Nunca vai suportar sentar em um canto e remoer sua dor. Se algo lhe machucar ela vai fingir que não sente. Afinal, o que sofrer por dor já fez por qualquer um? Quem já adquiriu algo através do choro, também adquiriu através da pena, e não há nenhum sentimento que ela odeie mais do que pena. Afinal, o que é pena? Não é só um sentimento para alto satisfação? Sentir pena de alguém significa não querer estar na pele de alguém e, fingindo que essa pessoa é você, você a ajuda para se sentir melhor e se sentir realizado. Ninguém que sente pena está realmente pensando na outra pessoa.

De suas irmãs ela é provavelmente a mais exigente, com ela mesma e os outros. Numa situação normal ela é desinteressada e não se importa com o resultado, mas quando realmente quer alguma coisa, para ela ou outro alguém, ela faz todos os envolvidos darem seu máximo e o brilho decidido em seus olhos deixa claro que ela não vai aceitar não como resposta. Se ainda assim alguém insistir em não ajudar ela vai cobrir o papel dessa pessoa e trabalhar em dobro. O castigo de quem não ajudou? Ver ela provando que pode resolver sozinha e que a outra pessoa era desnecessária. Ela pode esquecer de comer ou dormir, mas uma vez que inicie algo ela, por puro orgulho, se recusa a parar até terminar. Qual é o valor de seu esforço anterior se você desistir no meio do caminho? Se vai desistir, não se dê ao trabalho de começar. Se não lhe deixarem dar seu melhor, vão, pela primeira vez, ver lágrimas desesperadas correndo por seus olhos que antes exalavam força.

Apesar de não parecer (e poucos acreditarem mesmo depois de ver) ela tem muita facilidade em entender as pessoas. Talvez porque a cabeça de ninguém é realmente lógica, então é fácil pra ela entender coisas confusas. Mesmo que alguém faça algo de ruim, dependendo das intenções da pessoa ou de suas razões ela poderia simplesmente aceitar e perdoar sem nem mesmo levantar a voz. Esses são os únicos momentos que ela consegue ter alguma maturidade real. Ela segue a risca aquela história do "o que vale é a intenção". Ela é péssima em conselhos, porque os odeia, mas é muito boa em consolos. Tem pessoas que miram nos pontos fracos de alguém e as quebram. A especialidade de Shinoa é pegar os pontos fracos das pessoas e os fortalecer. Ela também usa muito o instinto pra isso. Ela sabe quando alguém precisa de ouvir, ser ouvido, ser abraçado e ser deixado sozinho. O maior ponto fraco de Shinoa é que ela é empática demais. Se você estiver feliz ela vai se alegrar e se você estiver triste ela vai entristecer, isso a torna ainda melhor em entender as pessoas.

Ela consegue ser muito carismática. Ela tem tanta confiança em tudo que diz ou faz que consegue convencer os outros a concordarem com ela. Ninguém consegue ignorar suas palavras, que ficam batendo em sua cabeça e te voltando pra ela de 5 em 5 minutos. Apesar de tentar tanto ser madura, sua esperança e confiança excessiva de que consegue fazer tudo se tentar duro o suficiente é um sinal claro de sua imaturidade e inocência. Quer saber, caso notasse, ela ainda não tentaria mudar essas características. Se ela perder depois de tentar seu máximo vai ser um impacto muito forte, mas ela sempre ganha alguma coisa mesmo quando perde. Seu esforço nunca foi um desperdício. Perder só vai lhe fazer ficar decepcionada consigo mesma e tentar mais na próxima vez, e ela vai sorrir confiante, aliviando a todos, quando suas energias voltarem e ela estiver preparada para dar seu melhor de novo. Ela faz você se sentir bem, como se tudo fosse possível e como se todas as suas preocupações fossem bobagem. Se todos fossem como ela os carros já teriam se tornado voadores a muito tempo.

Irritadiça, ela demonstra todas as suas insatisfações claramente com um semblante irritado e palavras cortantes. Imagine um pássaro preso em uma gaiola. Um pássaro normal soltaria uma canção triste todas as manhãs, mas ela esgoelaria e se jogaria nas paredes até alguém abrir a porta ou até a maldita gaiola quebrar. Ela acha que nada é mais miserável que se deprimir ou aceitar uma situação que te deixe descontente. Que problema no mundo você resolve aceitando? Ela sempre mantém sua esperança até o último segundo, mesmo que resolva mudar de estratégia e parar de se debater até encontrar uma forma de escapar, ela teimosamente continua lutando pela vitória até o momento que lhe provem que não pode mais voltar atrás ou que, caso consiga, a situação vai piorar. Aí ela vai chorar arrasada, e finalmente aceitar sua derrota, buscando outro objetivo. Ela é o tipo de pessoa que não aceita se aconchegar sem nada pra fazer. Ela precisa de algo para proteger. Ela precisa de algo para querer. Ela precisa de algo pelo qual lutar. Buscar o paraíso é muito melhor do que realmente viver nele. Não ter problemas é entediante demais para aguentar.

"Existem dois tipos de vida. Aquela estável, onde nada péssimo realmente acontece e um evento maravilhoso é apenas um sonhado milagre. E aquela instável, onde você chora querendo morrer, mas cada sorriso que você da faz tudo valer a pena. Independente da vida que você escolha, ambos os tipos são perfeitamente equilibrados, ninguém pode dizer que qualquer um deles é ruim."
- Shinoa

Par:
Shu Sakamaki

Roupas:
*Casual - Verão e Inverno*


*Pijama*


*Banho*


Quer hentai?:
Yup ^^


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...