~NinnaChann

NinnaChann
Lost
Nome: ???
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 22 de Junho
Idade: 15
Cadastro:

Ficha Diabolik School -Interativa-


Postado

Ficha Diabolik School -Interativa-

☆ Nome completo: Eliza D' Angelo.
(Eliza vem do Hebraico, que significa "Deus em abundância" ou "Devota de deus" (não tenho certeza do segundo significado). Algumas especulações dizem que o nome além de ser uma -derivação de "Elizabeth" também é derivado da palavra "Elisah" que significa "alegre".

☆ Apelido: Seu apelido é Elie (Pronunciado Elly). Ele foi dado por sua mãe adotiva, que sempre errava seu nome.

☆ Idade: Dezesseis anos.

☆ Sexo: Feminino.

☆ Sexualidade: Heterossexual.

☆ Aparência: Ela pode ser caracterizada como sendo uma menina meiga por causa de sua aparência. Possui cabelos curtos na altura do ombro, eles são de um beje tão claro que chegam a ser quase brancos, possuem um cheirinho de cereja e são muito macios. Seus olhos são de um claro verde, tão claros que parecem ser transparentes, dando uma aparência inocente a garota. Ela tem um nariz pequenino e lábios finos e delicados. Sua pele em si é clarinha e macia, tem um cheirinho de morango por causa de seu sabonete. Ela mede 1,55 de altura, ela é maga e em consequência disto seus seios são um pouco pequenos, mas ela tem o bumbum mediano e empinado.



☆ Personalidade: Eliza é uma garota muito calma, ela sempre é serena e gosta muito de ouvir as pessoas. Infelizmente, Eliza nunca consegue dizer quando gosta de alguém, então é muito difícil saber se ela lhe considera uma amiga ou apenas uma colega de classe. Tem muitos bons modos, a sua família adotiva é muito carinhosa e ensinou tudo de como se portar para a menina. Ela é doce, muito curiosa e atrapalhada, então se amam muito alguma peça de cerâmica sua, mantenha em um lugar onde Eliza não pode alcançar.
Ela quase nunca fala, ao invés disto ela sorri e pretende te ouvir, para tentar te ajudar. Ela não é boa conselheira, mas é boa ouvinte, então se quiser desabafar sobre algo pode recorrer a Eliza que ela lhe escutará com atenção. Ela é muito gentil e atenciosa, porém às vezes sensível demais. Como todos temos defeitos, Eliza não foge disto: ela também guarda muita mágoa, ela consegue se fazer de vítima e como é uma boa ouvinte sempre descobre o ponto fraco de todos. Também é intrometida (mas se faz de desentendida) conseguindo saber de tudo, sendo para seu bem ou para o mau de alguém. Ela não entende muito palavras de duplo sentido, mas ela sim pode lhe dar um belo tapa se a assediar, ela odeia quem a trata como se fosse um objeto de decoração, para ela o cérebro ganha do corpo. (Obviamente tábuas pensam assim.... Eliza, por que tá me olhando assim?.... Eliza, guarda esse chinelo... Eliza.... Coloca o chinelo no chão.... MÃE! *chorando*)

☆ História: Eliza é órfã, mas ao invés daquela história dramática, na verdade a de Eliza não foi assim. Desde que se considera gente, Eliza se lembra de estar no orfanato, ela nunca viu os pais verdadeiros e nunca soube o nome dos mesmos. A única coisa que Eliza carrega de sua mãe biológica é um colar e seu nome, pois ouviu que ela fora deixada na porta do orfanato quando tinha apenas um ano com uma carta dizendo "Cuidem de minha preciosa criança, sua mãe lhe ama... Eliza".
Ela passou pouco tempo no orfanato, até os seus dois anos. Nesta idade, fora adotada por uma família de classe média e muito acolhedora. Sua mãe, chamada Julieta (Olha que nome mais bonitinho) e seu pai chamado Romeu (Aaaain <3). Sim, os dois possuíam os nomes do belo conto de Shakespeare. Ela sempre soube que fora adotada, mas os pais a amavam como se ela fosse sua filha biológica. Ela sempre cresceu cheia de mimos e cultura, seu pai, um astrólogo e historiados, lhe mostrava e contava as constelações, além de contar inúmeras histórias do mundo. Sua mãe, musicista, lhe ensinava a linda arte do piano. Sempre nos outonos, Eliza ia com o pai acampar nas montanhas para ver e contar as constelações, até hoje Eliza é expert nisto. Mas sua família acabou entrando em uma crise, o pai não estava se saindo muito bem no emprego e a mãe não estava conseguindo muitos shows para se apresentar. Eliza, com toda uma pressão acabou fazendo uma escolha: Um internato estava abrindo novas vagas e também dando algumas bolsas de estudo, então Eliza começou a se esforçar. Ela passou dias, semanas e meses apenas estudando muito para conseguir uma bolsa neste internato, e foi selecionada. Eliza então deixou a casa dos pais para eles terem menos prejuízos e foi para a escola, onde por ser muito rigorosa só permitia os alunos saírem poucas vezes. Até hoje, Eliza não conhece a história de sua verdadeira família, e pretende deixar assim.

☆ Gosta: Ela ama tocar piano, principalmente a música "Nocturne" que foi ensinada por sua mãe. Ela adora contar e ver as estrelas, se quiser ela pode dar uma aula de como ver as constelações. Ela adora ler e ouvir música, normalmente Eliza está com seus fones de ouvido dando adeus ao mundo. Ela também gosta de sorvete, mas isto é apenas uma curiosidade.

☆ Desgosta: Eliza detesta quem faz piadas sobre ela, que abusam de sua boa-vontade ou que a façam de tola. Ela não gosta de filmes de terror e de chocolate, sendo às vezes chamada de "esquisita". Ela odeia quem julga sem conhecer, para ela é uma falta de respeito, aliás ela também odeia pessoas desrespeitosas. Não gosta muito de falar sobre si mesma e nunca contou que fora adotada.

☆ Qualidades: Ela é boa ouvinte, observadora e gentil. Possui bons modos e adora ajudar os outros. Ela nunca irá te julgar sem conhecer suar razões, mas também não irá defender quem dá um soco em alguém, porém também não julga. Gosta de fazer amizades mas com um certo nível de distância, ela não gosta de pessoas muito próximas. Ela é leal sim, mas só a quem Eliza tem certeza absoluta de que a pessoa é boa.

☆ Defeitos: Ela é desconfiada, também muito rancorosa e às vezes falsinha *risos*. Consegue muito bem se fazer de vitima (Satana, acabe com ela! Atuação de Eliza: "Aí") e também descobrir seu ponto fraco. Ela é um pouco tímida e nunca conta anda da sua vida a ninguém, se irritando se alguém insiste no assunto.

☆ Habilidades: Muito boa em jogos de estratégia e raciocínio lógico, se prepare para perder se a desafiar no xadrez. Também tem habilidade com música e pintura.

☆ Hobbies: Principalmente toca piano, ela também desenha e pinta paisagens, às vezes consegue fazer um auto-retrato de alguém (Se estiver disposto a pagar). Ela gosta também de ler, ouvir músicas melancólicas e lentas de um violino ou piano e gosta muito de jogar xadrez.

☆ Quer par? Quem? Autora, eu posso pegar o Laito Sakamaki? Espera... Eu sou a autora... Então eu posso! AHUWHWUEHWU (subconsciente: por favor, alguém interna essa garota! Eu pago!)

☆ Como age com seus amigos? normalmente gosta de ouvi-los, se está triste ou com raiva ou qualquer outra coisa, não hesite em se abrir com Eliza, ela irá ouvir e tentar te compreender. Eliza não é boa conselheira, ela tem medo de que sua opinião possa estragar ainda mais os problemas de seus amigos. É muito gentil e está sempre disposta a ajudar, mas eu aviso: Nunca abuse de sua gentileza.

☆ Como age com o par? Ahhh, agora chegamos a parte em que Eliza vira a garota apaixonada. Ela sempre vai escuta-lo, ajudá-lo e anima-lo, nunca gostará de ver ele triste (e se prepare pessoa que o deixou triste) e tentará ao máximo colocar um sorriso em seu rosto. Eliza cora apenas por manter contato visual com Laito, então normalmente ela desvia o olhar. Ela é muito educada, mas nunca irá conseguir elogia-lo. Ah, ela provavelmente irá ficar com os olhos brilhando ao olhar para ele e ficará muito feliz com sua companhia. Porém, Eliza também não irá venerá-lo, dizendo que ele nunca poderia fazer tal coisa. Ela nunca vai se esquecer que antes de tudo Laito é um pervertido sádico e masoquista. Às vezes ela poderá deixá-lo muito corado, pois lhe dará um belo tapa se ele falar algo impuro. Ela também pode sentir ciúmes, mas nunca irá demonstrar.

☆ Age diferente com os irmãos de seu par? Ela os considera amigos, porém ela tem um certo medo de Subaru e de Reiji.

☆ Medos: Eliza tem medo do escuro, ela se recusa a sair do quarto depois das onze, que é quando a escola inteira deixa as luzes apagadas. Nunca subiu ou subirá no terraço, pois ela tem medo de altura e pode até desmaiar se ficar lá em cima.

Roupas: (opcional)

Uniforme:



Casual:



Festa:



☆ Algo à acrescentar?

Sim, seu colar:



Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...