~Lumia_

Lumia_
Lu-chan dos paranaue
Nome: Lumih-chi
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 10 de Agosto
Idade: 15
Cadastro:

Ficha- Ghosts On The Loose


Postado


Não há nada mais que eu queira agora
Eu não posso nem dizer se meu coração está batendo
Ao invés de conversas forçadas um com outro
Eu preferiria ficar em um silêncio estranho com você
Então, fique, onde quer que seja
Às vezes, quando a escuridão vem, eu serie o seu fogo
Neste mundo que é uma mentira, a única verdade é você
Essa é uma carta minha para você


✖ Ficha Feminina ✖

— Nome completo:
Kim Hye Jin
김혜진

— Idade:
17 anos
Nascida em 19 de fevereiro de XX
Aquariana com ascendência a Peixes


— Apelidos:

-Hae pelos amigos
Esse apelido foi lhe dado pelas amigas, pois o sol significa força, luz e esperança. As mesmas acreditam que Hye possa ser assim também, brilhar como a luz, ser forte e dar esperança a elas.

-Kiki pela familia
Quando criança seus pais costumavam chama-la de Kiki, um apelido que foi tirado de seu sobrenome, a garota amava quando seus pais lhe chamavam assim. Mas após se tornar uma fantasma preferiu que as demais meninas lhe chamassem apenas de Hae.

-Jiji pelo par
Ganhou o apelido de Jiji pelo par, no entanto não gostou do mesmo no começo e muitas vezes ameaça o garoto para que ele não lhe chamasse assim. Algum tempo mais tarde Hye já estava cansada e desistiu de tentar fazer com que ele parasse de lhe chamar de Jiji e aceitou o apelido apesar de muitas vezes ainda se zangar.

-G.G pelos alunos
Após os boatos sobre fantasmas existirem no colégio virarem o assunto mais falado entre os alunos muitos passaram a chamá-la de G.G, simplificação das palavras Girl Ghost, ou apenas Garota Fantasma.


— Aparência
Quando era uma criança costuma possuir cabelos numa tonalidade castanha bem escura e os mesmos eram ondulados. No entanto após os quinze anos ela passou a adotar um novo estilo, como ter longos cabelos numa coloração loira, que geralmente então soltos em dias frescos ou frios, quando o sol está muito quente ela tende a amarra-los em um bagunçado e pequeno coque. A garota tem olhos pequenos castanhos, eles podem parecer um pouco cansados, mais é só impressão, ao contrário, eles são pequenos, mas atentos a qualquer coisa, seu olhar é verdadeiro, mas também pode ser falso em certos casos. Quando está brava, irritada ou magoada muitos não conseguem distinguir como ela está se sentindo, pois suas emoções são muito parecidas uma com as outras.
Seu corpo é bem pálido e mediano, apesar de pequena ela possui lá suas curvas, fazendo assim com que o corpo tenha uma aparência fofa e ao mesmo tempo de uma quase adulta.
Ela tem uma boca pequena e rosada, que muitas vezes esconde um sorriso encantador e divertida. Suas mãos são pequenas e macias, assim como seu rosto, que é coberto por uma camada vermelha nas bochechas, porque ela fica corada com muita facilidade, apesar de tentar não demonstrar isso em público.
Hye tem longas pernas, mas na maior parte do tempo são cobertas por grandes meias ou calças que a deixam confortável, usa roupas bem largas ao mesmo tempo em que fazem de seu visual uma coisa divertida e simples.




— Gifs do seu personagem:


— Photoplayer:
Park Soo Young


— História:
Hye nasceu na cidade de Busan na Coréia do Sul, apesar disso nem sempre sua vida foi repleta de dificuldades geradas pelos pais.
Sua mãe era uma habilidosa médica que vivia sempre viajando e em uma dessas viagens ela conheceu um ótimo homem de caráter divertido e simpático, por quem se apaixonou e tempos depois Jiji nasceu, seguida de mais dois irmãos que vieram alguns anos mais tarde.
Sua infância foi um tanto normal, tinha amigos, viva em uma boa casa e em um ótima vizinhança, repleta de pessoas maravilhosas e acolhedoras. Seus problemas só começaram quando Hae completou cinco anos e o ultimo irmão veio a nascer.
Seus pais adotaram uma rotina difícil, se viam apenas aos finais de semana e os filhos ficavam sobre a supervisão de uma babá chamada Kiyoko, uma mulher japonesa que estaria em Seul para arranjar um emprego.
Quanto menos seus pais se viam, mais discussões surgiam e com isso veio à separação, deixando assim Jiji com o pai e os dois irmãos mais novos com a mãe.
Vendo que o trabalho do mais velho só aumentava a cada dia, o mesmo decidiu se mudar para Seul com a filha, deixando para trás o resto da família que um dia se viram felizes.
A mudança ocorreu quando Hye tinha apenas sete anos e por isso se adaptou rapidamente ao novo local, deixando de lado a magoa e a saudade da mãe e dos irmãos. Com quatorze ela se viu acompanhada de uma grande oportunidade de estudar no interior e partiu deixando o pai na cidade em que vivera metade de sua nova vida.
Alguns anos mais tarde ela retornou até Seul, agora com dezesseis anos. Para sua surpresa, o pai havia de se casar dois anos depois em que partiu e por isso ela não havia de conseguir voltar para o casamento, mas ficou um tanto contente pelo pai ter conseguido recomeçar sua vida. A nova ‘mãe’ era um tanto acolhedora e junto a ela, seu filho mais velho viera a acompanhar, tendo também a mesma idade de Hye. No mesmo ano Jiji se matriculou em uma nova escola para que pudesse retomar os estudos na antiga cidade, desde então ela conseguiu se adaptar rapidamente a nova rotina e fez muitos amigos.
Entretanto enquanto estava voltando para sua casa percebeu que nem tudo ia bem como ela esperava. Alguns meses antes de voltar para Seul ela passou por problemas envolvendo um fracassado relacionamento com um rapaz que também morava em sua cidade, eles nunca se entenderam muito bem e com isso vieram as brigas e em uma dessas ela resolveu se separar e voltar para casa, já que o rapaz havia lhe agredido na discussão.
Jiji voltou a Seul e se sentiu um pouco melhor com sua própria decisão, mas um pouco depois disso começou a receber mensagens de ameaças e ligações, no entanto ela apenas tentou ignorar as mesmas e por causa disso não contou aos pais ou a ninguém sobre seu problema.

— Personalidade:

Hye é dotada, frequentemente, de uma mente brilhante e de uma inteligência singular que brilha. Infinitamente intuitiva e única em sua forma de pensar, Jiji pode aparentar ter muito fria, mas ao contrário, é uma pessoa muito sensível e divertida.

Hae tem um espírito rebelde muito desenvolvido e é atraída facilmente por grandes causas como a liberdade, a igualdade e a justiça. Ela aprecia todo tipo de multidão e não conhece o sentido da palavra solidão. Com ela, as pessoas não ficam entediadas. Hye dá aos outros alegria e sua amizade sem contar e sem esperar nada em troca.

As pessoas a conhecem pelo jeito gentil que ela os trata e ao mesmo tempo pelo jeito determinado. É uma garota otimista, serena e divertida. Não mede esforços para ajudar seus amigos e espera que os mesmos façam isso por ela, na verdade espera que pelo menos os mesmos a alegrem nas horas ruins, difíceis e boas no decorrer do tempo.

Sabe como ser responsável em algumas horas, mas é muito distraída em muitas outras. Algumas pessoas se irritam pelo fato dela ser assim, mas fazer o que? Ela diz que não vai mudar por uma pessoa... Se todos ligassem para a opinião de alguns o mundo seria um desastre não é mesmo?
Hye possui muitas qualidades como a que ama a vida, nunca fica entediada e é muito estável em suas emoções, entretanto tem lá seus defeitos como ser nervosa e excêntrica.

Quando irritada, é um tanto problemática, mas não chega a bater boca ou agredir mesmo tendo uma força absurda. Às vezes se faz de durona, mas como todos sabem ela é uma pessoa de bom coração.

Não gosta de deixar os outros preocupados e faz o possível para ver todos sorrindo e ao mesmo tempo tenta alegrar a si mesma. Poucos sabem que a mesma é um tanto tímida na frente de garotos. E muitos sabem sobre sua determinação e coragem diante dos que ama.

— Relação com o seu par:
Hye não é muito expressiva quando se trata de ter um relacionamento. Ela gosta muito de estar com o rapaz, mas sua estupidez faz com que os dois tenham constantes brigas quando estão juntos a outras pessoas. Os amigos acham que isso acontece porque eles são muito imaturos não conseguem levar o relacionamento a sério quando estão junto aos companheiros.
Mas quando afastados dos demais, eles são um tanto carinhosos um com o outro. Ela ama o jeito que ele o trata e torce para que o garoto pare de brigar com ela na frente dos demais, pois isso lhe deixa um tanto desapontada e chateada. Ela sempre conta ao rapaz sobre seus problemas e confia no mesmo. Jin o ama, mas tem receio de magoa-lo ou o mesmo fazer isso a ela sem motivo algum.
Muitas vezes quando se mostra ao rapaz eles costumam sempre ir até o terraço da escola e quando possível se veem ao anoitecer, pois Jiji gosta muito de observar as estrelas e se muito mais feliz ao vê-las com alguém que gosta.
Antes que eu me aprisione na noite escura
Não me deixe
Você ainda me ama?
Se você sente, não me deixe hoje
Não pergunte por que tem que ser você
Apenas fique comigo



— Uma frase que defina seu personagem:
O significado da vida é o mais urgente das questões.
—Albert Camus



— Curiosidades sobre a mesma?

-Hye costumava ser chamada de Candy por algumas pessoas, apenas pelo fato de ser apaixonada por doces;

-Quando estava em seu relacionamento fracassado, o ex namorado chegou a lhe agredir diversas vezes, dentre uma dessas ela se feriu um pouco mais e como consequência teve que ser levada até o hospital, ganhou assim uma cicatriz em suas costas, algo que mantem em segredo e apenas as amigas mais próximas e o par sabem sobre ela.

-No mesmo dia em que foi levada a um hospital ela também foi auxiliada a ar depoimento sobre quem havia feito isso com ela, com medo de contar a verdade ela mentiu dizendo ter sido vitima de um assalto e que o agressor fugiu antes mesmo de pegar seus pertences.

-Jiji é uma pessoa muito agitada, mas apesar de tudo ela se fecha muitas vezes quando está sozinha, pois relembra os fatos que ocorreram com si mesma e se culpa por não ter contado a verdade para os pais.

-Hye possuía um pequeno colar em forma de sol que ficava junto a si em diversos momentos, no entanto enquanto estava andando pela escola o perdeu e como consequência disso ela acha que algum dos alunos o pegou.

-Hae sonhava em construir uma família junto á pessoa ideal, ter filhos e possuir um bom emprego, apesar de tudo esse sonho ficou para trás quando soube que era apenas uma fantasma.


— Que tipo de fantasma sua personagem é?
Hae é uma fantasma que gosta de assustar pessoas que não praticam o bem, como encrenqueiros e ao mesmo tempo amedronta os demais por ser uma pessoa muito brincalhona, é conhecida por fazer brincadeiras de reaparecer em lugares como banheiros, salas de aulas, laboratórios e até mesmo a biblioteca. Outra coisa que geralmente faz é cantarolar pelos corredores e lugares com pouca movimentação.


— Como se sente sobre ser uma fantasma?
No começo Hye se sentiu um pouco estranha, já que a sensação de ser uma fantasma não era a melhor coisa do mundo. No entanto viu aquilo como uma forma de se ‘’redimir’’ por não ter sido sincera e verdadeira quando estava viva, mesmo assim ainda se pergunta o porquê de ter sido mantida numa escola que nunca frequentou.


— Favoritou a fanfic?
Sim


— Palavra chave:
“O verdadeiro amor sempre levamos conosco.”


— Algo a mais?
Hye passou por situações muito difíceis envolvendo o ex-namorado e por causa disso sua relação com o par é um tanto complicada, ela muitas vezes se deixa levar pelo jeito que ele o trata, mas ainda assim não confia totalmente no mesmo, pois tem medo de que o mesmo estrague sua vida, apesar de já estar morta.
Essa melodia triste me lembra você
Isso me faz chorar, eh, eh
Seu cheiro é um crime doce
Eu te odeio tanto, mas eu te amo



Obrigada Por ler
Até Mais!!


Gostou da Jornal? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...